Novo HR-V americano será feito na China pela GAC-Honda

hrv china 3

O Novo HR-V americano já roda em testes na China, onde será supostamente produzido pela GAC-Honda, uma das duas joint-ventures da marca japonesa por lá. A outra é a Dongfeng-Honda.


Duas imagens em alta mostram o Novo HR-V americano em sua versão chinesa com camuflagem, mas nota-se coisas diferentes do modelo que será vendido nos EUA.

As lanternas possuem contornos semelhantes, mas a iluminação em LED é diferente. Além disso, o para-choque possui duas bocas de escape aparentemente cromadas e o silencioso duplo pode ser visto sob o carro.

hrv china 5

Embora pareça maior que o HR-V americano, este chinês tem o mesmo porte e não há, pelo menos por ora, uma carroceria longa conhecida para o produto.

Por conta da imagem em alta e da posição do carro nas imagens, nota-se que parece ser um “flagra” oficial da Honda.

De qualquer forma, a revelação confirma que o Novo HR-V americano, com nome internacional diferente, será produzido em vários lugares.

hrv china 4

Tailândia, Indonésia, Índia e Japão, além dos EUA e/ou Canadá, deverão produzir o crossover médio, derivado do Novo Civic 11.

Aqui, ele já foi confirmado, mas ainda não se sabe de onde virá, uma vez que a linha de produção do Civic foi encerrada em Sumaré.

Como compartilha a mesma base do sedã, sem este, a Honda teria um custo maior de produção com menos compartilhamento.

hrv china 6

Ainda assim, ela pode seguir a Toyota com uma produção independente do crossover na fábrica de Itirapina.

Assim como no Civic, o novo carro pode dividir a linha de produção com os novos City e City hatch, assim como com o HR-V nacional, de nova geração.

Na linha de produção, os robôs e as fases de montagem mudam a cada volume de modelo produzido e a Honda reduziu para poucos minutos a reprogramação das máquinas.

hrv china 7

Se vier nacional, o Novo HR-V americano e o irmão menor, farão uma dupla de peso no mercado de SUVs.

Nesse caso, o motor 2.0 que será visto nos EUA não virá, ficando somente o 1.5 Turbo Flex que pode ter 180 cavalos com etanol.

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.