Novo Hyundai Creta é flagrado em São Paulo

Novo Hyundai Creta é flagrado em São Paulo

O Novo Creta nacional já está pronto e aguardando o momento do lançamento em preparação de marketing. O SUV da Hyundai será fabricado em Piracicaba, interior de São Paulo, visto na capital paulista e divulgado pelo canal @carsbysfs.


Lançada inicialmente na China, a segunda geração do Creta – lá chamado de ix25 – manteve o layout expressivo no modelo indiano. Contudo, o interior trocou a sofisticação de um painel mais elaborado com tela vertical por um mais simples e dispositivo horizontal.

Novo Hyundai Creta é flagrado em São Paulo

Esse conjunto visto no Creta indiano deve ser usado aqui, mas por fora, o que se vê é a junção do modelo russo com o indiano, gerando assim uma frente com faróis de LED triplos, incorporando também os piscas.

Acima, ficam as luzes diurnas em LED envolventes, enquanto abaixo, no para-choque, se alojam os faróis de neblina e luzes de convergência estática. A grade com elementos cromados realça o visual do Novo Creta, que já impõe uma aparência mais premium.

Novo Hyundai Creta é flagrado em São Paulo

Isso é bom e ruim ao mesmo tempo, afinal, se ele ficar muito sofisticado, pode acabar seguindo modelos como o Renault Captur 2022. A solução para manter a marca num patamar mais acessível com HB20, HB20X e HB20S é o Venue, que já foi visto em São Paulo.

Atrás, o conjunto ótico segmentado e os vincos pronunciados na tampa do bagageiro são os mesmos do modelo russo. O visual é bem exótico, tanto quanto o frontal, o que vai chamar atenção de muita gente por aqui.

Novo Hyundai Creta é flagrado em São Paulo

Diferentão, o Novo Creta do flagra exibe teto e colunas pretas, antena barbatana e as mesmas rodas de liga leve do irmão russo. O interior não foi visto, mas deve realçar o pacote com muito couro, inclusive no painel e portas.

Na mecânica, se espera o uso do motor Kappa 1.0 TGDI de 120 cavalos e 17,5 kgfm, usado no HB20, assim como o Gamma 1.6 TGDI com até 177 cavalos. No primeiro, automático de seis marchas, com o segundo tendo dupla embreagem e sete velocidades.

Ainda assim, na Rússia ele usa motor 2.0 NU e também o Gamma 1.6 de até 123 cavalos, o que também não seria surpresa por aqui, já que ambos equipam o Creta anterior, ainda em vendas.

[Fotos: Reprodução]

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.