Brasil JAC Motors

Novo JAC T60 chega ao Brasil no dia 3 dezembro

Novo JAC T60 chega ao Brasil no dia 3 dezembro

Chegando para concorrer com Peugeot 3008, Jeep Compass, Chevrolet Equinox e Volkswagen Tiguan, a nova geração do JAC T60 desembarca oficialmente no Brasil no dia 3 dezembro de 2019.


A JAC Motors, que apresentou recentemente uma gama de elétricos para o mercado brasileiro, também vai oferecer uma versão eletrificada do SUV médio por aqui. Vale ressaltar que a nova geração não é desconhecida. O T60 já é comercializado na China e, por lá, recebe o nome de Refine S4. Em sua versão elétrica, tem como “sobrenome”: iEV60.

Novo JAC T60 chega ao Brasil no dia 3 dezembro

O JAC T60 chinês (Refine S4) recebe motorização 1.6 de quatro cilindros aspirado. É o mesmo conjunto que equipa aqui no Brasil o T40 e T50. Além desse, o Refine S4 oferece uma versão turbo 1.5 de quatro cilindros que propicia 150 cv de potência. Ainda não há nada confirmado, mas em território nacional, a nova geração do SUV deve receber transmissão manual de seis velocidades ou CVT.

Com relação ao visual, o JAC T60 tem design robusto, com linhas que marcam bem o carro tanto na dianteira como nas laterais. Nas imagens, nota-se que os faróis não são tão grandes e eles se conectam com a barra cromada. O teto também tem um diferencial. Ele gera um contraste com a outra parte da pintura do carro. Na traseira, a JAC introduziu lanternas em LED.

Novo JAC T60 chega ao Brasil no dia 3 dezembro

O JAC T60 tem 4,41 m de comprimento, largura de 1,80 m, 1,66 m de altura e entre-eixos de 2,62 m.

Internamente é possível ver que a JAC zelou pelo acabamento. Linhas na horizontal deixaram o interior mais moderno. A central multimídia no centro e flutuante é um dos destaques.

Novo JAC T60 chega ao Brasil no dia 3 dezembro

O Novo JAC T60 é o primeiro carro feito pela montadora após fechar uma parceria com a Volkswagen. Mais informações sobre preços, versões e outros detalhes para o público brasileiro serão divulgados no dia 3 de dezembro. Então aguardemos.

Darlan Helder

Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011

  • G E O

    Cadê o Sino Weibo?

    • Comentarista

      Kkkkk deixa o cara ser feliz.

      • G E O

        Mas eu tô!

    • Sino Weibo

      O interior esta bem bonito, mas ele perde para o novo CAOA Chery Tiggo 8, que esperamos venha com o facelift que deram recentemente na China, ele sim vai vender muito. Mas que bom que a JAC não desistiu do Brasil ainda. Espero, na verdade, outras marcas como Changan, GWM Haval, SAIC MG Maxus e GAC.

  • Junoba

    Por falar em carro chinês, alguém sabe o destino da Lifan aqui no Brasil, pois a fábrica no Uruguai fechou, e consequentemente a importação dos veículos pro Brasil parou…

    • LL

      Os modelos atualizados nunca chegaram…

    • Mayck Colares

      Fico pensando em quem comprou aquele X80 por mais de 100k

      • Yuri Lima

        Cara, tem um X60 rodando em minha cidade. O carro tem as lanternas quase incolores simplesmente porque DESBOTARAM.

  • Junoba

    Mais um que vai chegar pra vender 20 unidades/mês

    • Marcus

      Acho que serão 20 por ano…

      • Marcus

        Um pra cada gerente de concessionária.

    • G. de F.

      Se vender isso tem bônus por cumprimento de meta!!!!!!

  • LL

    Manual??? DUVIDO…

  • G. de F.

    “Chegando para concorrer com Peugeot 3008, Jeep Compass, Chevrolet Equinox e Volkswagen Tiguan”

    É sério essa frase/pretensão/meta?

    • Yuri Lima

      O Chery Face tinha vindo para ser o concorrente do Fox.
      Não atingiu nem metade das vendas do VW.

      • Sino Weibo

        Um newcomer de marca desconhecida não venderia mesmo de um dos líderes de mercado, assim como o Fox não vendia nada na Europa, mesmo indo pra lá completo, sem o corta dedos da versão local, a versão que era exportada na época era uma das mais tops aqui beirava os 50 mil e lá era vendida a 5.999 euros em alguns países como a França, concorrente dos Dacia.

    • what_the_hell??

      Também ri muito após ler essa frase!

  • Andre Freitas

    Será que esse pelo menos sobe rampa? O T50 CVT não consegue nem sair da garagem.

    • th!nk.t4nk

      Quem se importa? Sendo bonito, o povo vai comprar.

      • Sino Weibo

        Mas essa afirmaçãó não é verdadeira, foi um youtuber que fez, e o carro que ele “testou” visivelmente tinha problema, vários relatos nos comentários mesmo falam isso, mas como sempre acontece com carros chineses, eles levam um defeito ou problema como verdade para todos os modelos chineses.

      • Mauro Rocha

        Brasileiro infelizmente nao sabe oque e un carro de verdade !!!!! Compra um Renault , jac , chery …. Mais nao compra uma bmw ou Volvo . Tenho una bmw x3 aquí na América , está com 200.000 milhas !!!!! Isso mesmo , motor e transmissao perfeitos , e o mecánico que levo para Fazer revisao disse que vai mais umas 100.000 milhas dando risada ! Estamos falando de un carro com 320.000 km , depois dizem que carro e honda e Toyota ….

    • Sino Weibo

      Esse vídeo já foi desmentido pela propria JAC.

      • Aquele T50 realmente estava com problemas na embreagem do CVT, por isso não subia rampa. Era um defeito de fábrica, não uma realidade da linha e do veículo. Acontecia fato semelhante no Lifan X60 CVT.

    • João Silva

      Dirigi o anterior desse T60, era T6 somente, motor 2.0 e cambio manual com escalonamento mal feito.
      Ele se arrasta, “buracos” nas trocas de marchas e sem torque algum… entrei num terreno com brita para fazer uma volta e o “demonho” quase ficou por ali mesmo, queimei embreagem feio pra tirar a encrenca da brita….

  • Renato Alves

    Se vier 1.6 manual é mico na certa! A JAC BR anda meio perdida em estratégia

  • Bruno Silva

    Tem que acertar nos preços e muita propaganda. O Tiggo 5X esse mês está batendo recorde de vendas, já passou das 800 unidades.

    • Sino Weibo

      Tiggo 5x é nacional agora, é outra realidade.

    • Klaus Costa

      Exato! O Tiggo 5X já vendo 4.871 unidades nesse ano. Propaganda, preço, conjunto etc…

      • Arthur

        Legal, no ano todo vendeu um mês de Compass.

  • Vinícius Barreto

    Legal, vai vender um total de 3 unidades

  • Elton Fischer

    Para ter sucesso depende apenas do custo malefício…

  • Sino Weibo

    Eu nunca entendi pq diz que o Sérgio Habib’s foi lá na China e visitou à epoca um monte de marcas e selecionou a JAC pq ela usava um studio em MIlão pra fazer seus modelos, que realmente os primeiros JACs tinham grande inspiração em carros italianos no estilo, mas mesmo à epoca algumas marcas que hoje tem portfólio muito melhor já despontavam, e ele não quis, como GWM Haval, Geely, Changan, SAIC MG Maxus e GAC. A JAC pelo andar da carruagem irá ser engolida pela VW se tornando uma submarca na China, e a VW deve impedir ele de continuar importando, visto que a VW não gosta de suas submarcas por aqui. Ae quem sabe ele resolva trazer alguma outra.

    • A JAC foi a única que aceitou parceria com o SHC, aos moldes dele, fazendo as centenas de alterações para o mercado brasileiro, por isso foi a escolhida. MG, Changan, Geely e Great Wall já tinham representantes por aqui, e ao final, nenhuma delas deu certo por aqui, sendo que a Great Wall sequer estreou.

      • Sino Weibo

        Não deu certo pq nao teve nem tempo, antes do Inovar Auto e da crise que se instalou no governo Dilma.

  • Klaus Costa

    Concorrer com Peugeot 3008 (321 vendas em SET/19), Jeep Compass (4.554 vendas em SET/19), Chevrolet Equinox (266 vendas em SET/19) e Volkswagen Tiguan (1.228 vendas em SET/19)?! É sério?! A JAC inteira, num trimestre, não vende 400 carros.

    • João Senff

      A JAC inteira no ano não deve chegar a 2 mil unidades.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email