Europa Land Rover SUVs

Novo Land Rover Defender 2020 é revelado antes da estreia

Novo Land Rover Defender 2020 é revelado antes da estreia

Ele é o modelo mais esperado da Land Rover nos últimos anos. Afinal, ele pretende ser o mais purista dos produtos da marca desde o fim da geração anterior, por ser tão rústica e antiquada, que não podia receber modificações para atender normas de segurança e emissão atuais.


Apesar disso, o modelo clássico é um dos 4×4 mais famosos e resistentes do mundo. Agora, a Land Rover tem a responsabilidade de traduzir isso novamente, mas de olho no futuro. Numa revelação de imagens que estão circulando pelas redes sociais, o Novo Defender 2020 aparece do jeito que chegará aos consumidores no próximo ano.

A versão em destaque é a Defender 90, menor, em formato de jipe, como o anterior. Nas fotos, ele aparece do jeito que muitos entusiastas adoram, simples e pronto para viajar. Com rack no teto cheio de equipamentos, bagagens e acessórios, o novo Land Rover também vem com rodas que parecem de aço estampado e estepe na tampa traseira.

Nesta, cuja abertura é lateral, as lanternas são reveladas, sendo dois quadrados (com dois menores) numa faixa vertical preta, criando assim uma identidade única para o Novo Defender. Essa faixa preta simula as antigas colunas do modelo clássico. Nas laterais, as colunas B são bem valorizadas e inclusive possuem molduras estilizadas nos modelos 90 e 110 mais luxuosos.


Novo Land Rover Defender 2020 é revelado antes da estreia

Em outra parte do catálogo, imagens revelam que o painel anteriormente visto e divulgado na internet é de fato aquele que será disponibilizado no modelo. O conjunto é bem próximo do para-brisa e chama atenção pelo cluster compacto e digital, assim como a multimídia com tela de 10 polegadas próxima da alavanca de câmbio, que é no painel.

Bancos envolventes e luxuosos, carregamento indutivo e o sistema Terrain Response 2 fazem parte do pacote, que ainda traz acessórios diversos, incluindo compartimentos externos presos às janelas traseiras.

O Novo Defender tem carroceria de alumínio e suspensão independente nas quatro rodas. A motorização diesel será de 180 ou 240 cavalos, além de uma versão híbrida com motor 3.0 seis em linha com 400 cavalos. Ele estreará no Salão de Frankfurt, neste mês.

[Fonte: Soflorovers]

 

 

Novo Land Rover Defender 2020 é revelado antes da estreia
Nota média 4.9 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Eric Locatelli Martini

    Não é para o meu bico, mas curto esses jipes com cara de jipe! Que passam a impressão que se você estiver no meio da selva com um desses, você chega a qualquer lugar.

    • Fanjos

      Com o modelo antigo vc chegaria, já esse dai iria quebrar na metade do percurso

      • Baetatrip

        …Concordo!
        Carros modernos só dao conforto
        Resto e problemas…….!
        Eletronica de carros modernos vão dar mt dor de cabeça……..!

        • David Diniz

          Carro antigo é bom até a hora que começar a dar pau no carburador, platinado começar a da pau etc… Ai você reclamaria que preferiria um “plastimóvel” que é mais fácil de arrumar etc.

          • André

            Concordo totalmente com vc. Hoje, um carro moderno bem tratado roda 200, 300mil km sem dar problemas, antigamente, isso era impensável. Talvez um mix de mecânica moderna mas simples, ao melhor estilo Suzuki Jimny, seja a melhor opção para todas as situações.

          • Racer

            Muito pelo contrário….Hoje tem sensor espalhado pelo carro inteiro, e se um deste pifar…já era. Um motor antigo tinha sensores de temperatura, pressão do óleo…e deu. E um carburador tu até dá um jeito “no meio do mato”. Injeção eletrônica….é troca de peça. E sem um scanner pra saber o que estragou, nem isto consegue…

            • David Diniz

              Prefiro um bom carro moderno do que uma velharia antiga que pode dar problema e para arrumar é dor de cabeça. Mas respeito quem ainda curte ficar limpando Gigle, ajustando platinado etc etc…

              • Racer

                O moderno também pode dar ( e dá muito mais) problema….e pra arrumar, dá bem mais dor de cabeça. A questão é saber o que se está fazendo.

                • David Diniz

                  Continuo preferindo o carro moderno com injeção eletrônica e outros confortos.

                • Sérgio

                  E quando era um com motor diesel antigo parrudo com muito torque e pouca frescura que rodava um milhão de km sem abrir era melhor ainda, o bandeirantes até hoje é aclamado pelos jipeiro.

              • Paulo Lustosa

                Aham, tenta ir em um percurso de rock crawling com esse jipe monobloco com suspensão independente que nem tem como fazer lift e pneus 37 que ele para no meio do percurso, enquanto o Defender antigo, que é diesel à moda antiga, Troller, Wrangler e Willys, que são com chassis de longarina e eixo rígido, passam tranquilamente.

        • konnyaro

          Land Rover como todo carro de DNA inglês (apesar dos donos atuais serem indianos) tem fama de dar problema elétrico. Junto isso a um carro que vai trafegar em áreas alagadas e lamacentas e está aí a receita para o desastre.

      • Filipe Augustus

        Se for igual os Freelander pode ir até a oficina que chega! hahahaha

      • Ricardo Piccolo

        “O melhor dos mundos”: O Jipe igual ao antigo (que é bem mais legal) com a modernidade desse novo modelo.

  • Chris

    A versão 2 portas me lembrou uma Pajero full 3D. A proposta é super interessante, de fato não me lembra em nada a geração anterior (opinião).

    • Francisco Helio

      Verdadeiro tanque o Pajero 3D.

  • Danilo

    Impressionante como a LR conseguiu unir o visual robusto ao moderno. Ficou show!

    • rodrod

      Pena e o estepe na tampa…

  • konnyaro

    Vai vender mais que o antigo só por causa da moda SUV, mas em termos de robustez e confiabilidade para trilhas vai ser uma lástima pelo fato de deixar de lado o chassi, os eixos rígidos e caixa de transferência manual.
    Deveria seguir o que fizeram a Mercedes com a sua classe G e a Suzuki com o novo Jimny.

    • Tommy

      Não sei de a ideia da Land Rover é ter opções simples e luxuosas ao mesmo tempo ou só luxuosas com visual e nome retrô, mas se a proposta for só focada em tecnologia e luxo não vai vingar, pelo menos não com os puristas.

  • Baetatrip

    Bonitinho…….
    Mas dá medo de comprar viajar e ficar preso na viagem por problemas eletronicos!
    Passo!

  • th!nk.t4nk

    Curti muito! Cara de mau, mas tecnologicamente bem atualizado! E concordo que LR não é nenhum exemplo de confiabilidade, mas se o cara tem bala na agulha pra manter, tá valendo!

  • leomix leo

    Como já comentaram em outro post, não pode subir no capô, no teto, não é um legítimo defender, esse aí é mais pra shopping mesmo.

    • Danilo

      Me explique porque eu compraria um carro pra subir no capô ou no teto? Sério, quero entender.

      • João França

        Voce não entenderá nunca !!! Só quem é apreciador de Defender entende !! Defender não é um carro, é uma lenda !!

      • Vinícius Sza

        O Defender original era tipo um tanque de guerra, esse novo é só um Evoque quadrado

      • Racer

        Bom…o Defender original tinha vários “apoios” para subir na carroceria….e certamente não eram só para enfeite.

      • Paulo Lustosa

        O Defender original era feito pra terreno ruim, e pros terrenos mais adversos possíveis, tanto é que era reforçado ao extremo e com apoios inclusive para por bagagens no teto, e curiosamente, era o único Land Rover que tinha a parte elétrica confiável por ser extremamente simples, e era isso o DNA do Defender, que perdeu com essa geração aí.

        • Danilo

          Obrigado pela explicação.

  • Ewb Vasconcellos

    Evoquezaram o Defender…

  • MonHoe

    Falando muito, todos já testaram a eficiência do carro no fora de estrada pelo visto.

    • Paulo Lustosa

      Eu duvido esse carro fazer rock crawling ou travessar um riacho como o antigo fazia, já que além do Snorkel, tinha várias preparações de lifts de suspensão, de chassis e ainda pegava com as preparações citadas anteriormente, pneus de quarenta polegadas, e todos de uso misto ou uso lameiro. Esse novo além de ser suspensão independente, é monobloco e usa pneu de asfalto, e tem eletrônica complexa que não existia no anterior, e não existe em nenhum concorrente dele (Troller T4 e Wrangler), então, pra uso off road extremo, na Land Rover somente os antigos que eram no chassis e eixo rígido mesmo.

  • Guh MDNS

    Realmente ficou lindo, eletronico, moderno e com um toque de nostalgia no design!!!
    Mas impossivel fazer um offroad raiz com esse painel eletronico e esse monte de firulas modernas no motor!!!
    Como coloca esse painel digital pra atravessar um riacho, ou descer pra desatolar (ele ou outro) e entrar imundo de lama em um interior tão nutella como esse?!?!?!?!
    Repito que ficou lindo… mas a forma não se aliou a função…
    Vamos ver se vai ter versão raiz de verdade!!!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email