Novo Mercedes-Benz Classe C aparece antes do lançamento

Novo Mercedes-Benz Classe C aparece antes do lançamento

O Novo Mercedes-Benz Classe C apareceu antes do lançamento na Europa, surgindo tanto em imagens exteriores quanto interiores. O sedã de luxo alemão chegará ao Brasil importado, uma vez que a produção nacional se encerrou.


No visual, o Novo Classe C mostra uma frente mais envolvente, em sintonia com os novos Classes A e E, bem como do CLA. Os faróis parecem um pouco menores e mais afilados.

A grade aumentou de tamanho, enquanto o para-choque recebeu linhas mais fluidas. A carroceria também adicionou contornos mais suaves, deixando o conjunto visualmente mais leve.

Novo Mercedes-Benz Classe C aparece antes do lançamento

Na traseira, as lanternas ficaram mais afiladas, mas com luzes centralizadas no formato. Por dentro, a mudança foi bem radical, adotando um painel com linhas mais elegantes, mas o cockpit não segue o padrão da MBUX.

O cluster digital é separado da multimídia, que agora terá uma tela vertical da MBUX. Revestimento com riscas de giz, como num belo terno, além de difusores de ar arredondados e cromados.

Já o volante é totalmente novo e com aspecto esportivo. No para-brisa, um HUD de tamanho bem maior surge. Além disso, o túnel mantém a ausência da transmissão, ainda na coluna de direção.

Novo Mercedes-Benz Classe C aparece antes do lançamento

Feito sobre a plataforma MRA de tração traseira, o Mercedes-Benz Classe C chegará ao mercado sem a presença de motor de seis cilindros, assim como não terá V8 4.0 da AMG.

O foco do novo carro será usar motor de quatro cilindros 2.0 nas versões intermediárias e mais luxuosas. Espera-se ainda pelo M139 de 421 cavalos no modelo. Já a base começará com o M282 1.3 Turbo de 163 cavalos.

Com transmissão automática de nove marchas, o Novo Classe C terá ainda um sistema micro híbrido de 48 volts, mas também terá versões híbridas plug-in, indicando a mudança de postura para os próximos anos.

Nesse caso, o uso do M139 com um conjunto elétrico mais potente, deve fazer com que a potência combinada do próximo C63 AMG alcance ou supere os 500 cavalos.

[Fonte: Autocar]

 

Ricardo de Oliveira
Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

59 comentários em “Novo Mercedes-Benz Classe C aparece antes do lançamento”

  1. A MB renova seus carros, mas o “tablet multilaser” continua pendurado atrás do volante, sem ligação nenhuma com o resto do painel. Apenas no Classe E a marca saiu da zona de conforto e criou um desenho para harmonizá-lo com o restante.

    • Canalha, já dirigiu algum destes novos modelos com MBUX? É disparado a melhor ergonomia do segmento hoje, sem sombra de dúvida. Gosto muito do layout e sistema do meu Série 3 atual, mas confesso que não chega aos pés da solução da Mercedes. É o tipo de tecnologia que não dá pra analisar por fotos, porque ele só faz sentido em movimento mesmo. O dashboard se comunica com perfeição com o head-up display, é o melhor casamento que já vi num carro.

      • De fato!
        Tenho uma C180 2015, acho o interior mais bem feito de todos apesar das críticas do “tablet”.
        Compramos uma CLA 2020 nesse novo perfil de tela e achei esquisito no começo, mas usabilidade tá ótima!
        Meu pai tinha uma 320i 2015 que eu achava muito abaixo da qualidade e design da Mercedes, em foto é uma coisa, na prática do dia a dia, muda completamente. Ano passado ele pegou a nova 320i 2021, melhorou MUITO em relação à anterior, mas ainda assim, prefiro a Mercedes em todas as soluções.
        Quero muito essa nova! Mas nesses novos preços e realidade, realmente tá complicado… Mas reclamar do mercado é só mimimi, na prática, é o que é.. haahahah

      • Por que responder com uma análise ergonômica a uma crítica estética? Vocês são muito doloridos com críticas. Também não gosto da aparência desses tablets, e pessoalmente achei esse o pior interior de um Classe C até hoje. Muito feio.

        • O latino dá um valor excessivo pra estética e um valor baixo demais pra usabilidade. Aqui nos comentários sempre vejo críticas pesadas a certas tecnologias que a pessoa nunca sequer usou. Acho isso muito estranho. Enfim, só quis dar outro ponto de vista: o do uso do carro no dia-a-dia, que a meu ver difere muito de apenas vê-lo por fotos.

        • E te digo mais… pq não ter um acabamento fechando tudo e ligando o painel? Nem se trata de mudar posição, apenas ter um acabamento que liga o painel. Eu tbm acho mto feio da forma que foi demosntrada em fotos.

  2. Incrível como as alemãs, mais ainda a MB, adicionam cada vez mais as tecnologias dos seus carros mais caros nos de entrada. Esse interior é o da S, com a tecnologia da S, e com os moderníssimos faróis digitais da S, ponto pra Mercedes.
    Em tempo, esses são apenas alguns exemplos, no geral essa nova Classe C vai vir com tudo dos carros topo do marca.

  3. Eu particularmente não gosto nada dessas telas gigantes soltas no painel, mesmo que de para desligar e baixar o brilho, isso a noite enche o saco e atrapalha bastante, no classe A e classe E, ficou bacana e bem acabado, mas nesses novos C e S não gostei, bem desarmonioso e exagerado. Já nos motores, mais decepção, nem a amg me atrai mais, amg 2.0 hibrida não dá, mesmo com aquela frente horrível, eu preferia a nova M3 com seu 6 em linha turbo.

    • Pior que não atrapalha nada a noite. Ele tem um modo noturno bem inteligente, além de regular a luminosidade automaticamente. Fica bem discreto e até menos agressivo que muito painel analógico, por incrível que pareça.

  4. Me lembro que, muitos anos atrás, a única vez que cogitei adquirir uma C180 zero km ela estava sendo oferecida em promoção, dois meses antes de entrar um facelift. Estava por R$ 99,9 mil, com IPVA cortesia. Bons tempos…

  5. Tive o modelo anterior e gostava bastante, mas vá lá, era bem tiozão. Esse não inovou, mas está mais equilibrado e com jeitão mais esportivo. E o novo pack tecnológico está dando um banho nos concorrentes. Finalmente o novo Série 3 tem um concorrente atualizado nesse segmento, o que é ótimo.

  6. Tá parecendo chinês, acanhado, sem nenhum glamour, chinfrim mesmo… Até o Arrizo 6 consegue ser mais bonito e atraente por míseros 108 mil. Décadence sans élégance…

  7. Particularmente, não tenho curtido o visual dos Mercedes nos últimos 10 anos (no mínimo) não, parecem sem personalidade e uma série praticamente igual a outra, só maior.

  8. A Mercedes tá fazendo todos os carros parecerem o mesmo. CLA, CLS, A Sedan e agora a C. Não dá pra você comprar um carro como o CLS e ele parecer o carro de entrada da marca. Péssima escolha.

  9. Eu achei que a dianteira ficou meio “fofão” e a traseira muito “CLA e Audi”. Eu acho a anterior ( super criticada) tão “seu design passa uma suntuosidade que ela não tem.” Tão cara de Maybach.

Deixe um comentário