Argentina Hatches Peugeot Segredos-Flagras

Novo Peugeot 208 testa versão GT Line na Argentina

Novo Peugeot 208 testa versão GT Line na Argentina

O Novo Peugeot 208 continua seus testes tanto no Brasil quanto na Argentina. Lá, o hatch compacto da marca francesa apareceu de um jeito diferente recentemente. Um flagrante do site Autoblog mostrou o modelo com aerofólio na tampa traseira. A visão, que seria animadora se pensarmos num eventual GT ou GTi, é na verdade o GT Line.


O Novo 208 foi visto na rodovia que liga Córdoba à Santa Fé, ambas no norte da Argentina, rodando com camuflagem, mas ostentando o defletor de ar e rodas de liga leve de acabamento preto e desenho esportivo, embora estas já tenham sido vistas nas demais unidades flagradas do Peugeot.

A versão GT Line é uma intermediária entre as opções comuns e a esportiva GTi. Como se sabe, esta última sairá de cena na Europa, substituída por uma versão totalmente elétrica e de alta performance. Assim, essa alternativa se torna a topo de linha do 208.

Novo Peugeot 208 testa versão GT Line na Argentina


No velho continente, ela é oferecida com gasolina, diesel e agora eletricidade. Aqui, o Novo 208 terá uma gama de pelo menos três motores inicialmente, sendo que dois deles serão do Puretech 1.2, sendo um aspirado – aqui flex com até 90 cavalos – e outro turbo, com algo em torno de 136 cavalos.

A Peugeot pode fazer uma mudança de postura em relação ao novo carro, deixando de oferecer opção 1.6 THP, centrando assim as atenções em seu propulsor de três cilindros. Já o 1.6 16V ainda é tido como opção, de acordo com os argentinos. Provavelmente o GT Line será oferecido apenas na versão mais potente e com transmissão automática de seis marchas.

Aqui, o câmbio automático ganha cada vez mais espaço e não justificaria apostar num manual para o Novo 208 GT Line, que provavelmente terá um preço no mesmo patamar de produtos como Chevrolet Onix Premier, Toyota Yaris XLS e Volkswagen Polo Highline.

[Fonte: Autoblog]

Novo Peugeot 208 testa versão GT Line na Argentina
Nota média 5 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Alvarenga

    Pena tirarem a versão com 1.6 THP. O único carro da Peugeot que teria algum atrativo em minha opinião. Voce perde dinheiro mas pelo menos pode curtir um pouco.

    • Verdades sobre o mercado

      Nada impede de futuramente lançarem novamente.

      • Eduardo 1981

        Os esportivos estão para as peruas. Morrendo. Mais fácil lançarem um esportivo elétrico então.

  • Éder Sibilin

    Esse pug está muito bonito. Um dos mais bonitos da categoria. O atual 208, eu já acho bem bonito, pena que a marca como um todo, não se ajuda.

    • Benny Blanco

      Estou com um bem melhor hoje, mas sinto falta do meu 208zinho Griffe. Carrinho da hora.

  • Rogério R.

    Essa versão é bem bonita, mas mesmo com o atual 208 a Peugeot do Brasil não consegue alavancar nas vendas. No início dos anos 2000 o 206 equipado com o motor 1.0 16V Renault ajudava o hatch a se manter no top 10 tranquilamente, mesmo com os problemas de suspensão que já eram relatados na época, após a Peugeot decidir tirar essa versão de linha e colocar no mercado uma versão 1.4 com preço de 1.0 não conseguiu mais se manter no topo do ranking de vendas. Falando do novo 208 na Europa a versão GT Line é oferecida com motores 1.2 Puretech de 100 cv MT6, 1.2 Puretech de 130 cv AT8, 1.5 BlueHDi de 100 cv MT6 e elétrico de 136 cv AT. Aqui o 208 GT 1.6 THP não aparece mais no site da marca. Acho que esse 208 GT Line que será vendido aqui poderá ter o motor 1.6 aspirado com caixas MT6 e AT6.
    Falando em GT Line, essa é uma versão que gostaria que voltasse no Sandero, achava essa versão com o melhor custo x benefício da gama antiga.

  • Bruno

    Pelo visto nenhuma versão vai ter os belos faróis de LED por aqui no mercosul, todos os flagras até então são com o conjunto simples. Espero que não cortem o freio de mão eletrônico, painel digital, multimida de 10 polegadas e as outras novidades. Esse novo 1.2 Turbo deve andar bastante.

  • FREDRED

    Meu próximo carro.

  • Derico

    A Peugeot precisa não dar as mesmas mancadas com o 208 novo igual com o antigo. Eu queria comprar um (mais de uma vez), mas acabei desistindo pelos motivos: não é tão seguro quanto o europeu, câmbio manual longo e pouco preciso, lançaram com aquele AT de 4 marchas ruim (depois corrigiram), acabamento tem material bom mas com rebarbas aparentes, etc.

  • RKK

    “A Peugeot pode fazer uma mudança de postura em relação ao novo carro, deixando de oferecer opção 1.6 THP, centrando assim as atenções em seu propulsor de três cilindros. Já o 1.6 16V ainda é tido como opção, de acordo com os argentinos. Provavelmente o GT Line será oferecido apenas na versão mais potente e com transmissão automática de seis marchas.”

    -> Se não vier a versão 1.2 Puretech TGDi será um retrocesso.

  • esmori

    Pelo visto já caparam o farol de LED. O que vai sobrar do carro?

  • Ricardo Silva

    Alguém sabe a previsão pra essa nova versão sair no Brasil?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email