Europa Hatches Lançamentos Renault

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França

Antes do lançamento, o Novo Renault Clio teve imagens exteriores lançadas de forma oficial na França. As fotos mostram como é o hatch compacto da marca, que já teve seu interior mostrado pelo fabricante nesta segunda-feira (28).


O Novo Clio aparece com um visual mais encorpado, dotado de linhas mais fluidas e traseira com ancas proeminentes nas laterais. A linha de cintura subindo em direção às colunas C apresenta pequeno prolongamento para as maçanetas das portas traseiras, que são embutidas.

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França

Estas portas possuem uma boa área envidraçada e sem quebra-vento falso. Os retrovisores são apoiados nas portas e possuem acabamento preto na versão mostrada.


Com laterais que lembram um cupê duas portas, o Novo Clio vem com lanternas traseiras grandes e com lentes cortadas pela tampa do bagageiro. Já as portas dianteiras apresentam quebra-vento falso e ampliam a impressão de espaço interno. A frente, no entanto, não tem segredos, é fortemente inspirada no Novo Megane.

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França

Faróis full LED com luzes diurnas em LED, formando arcos, dão um aspecto esportivo ao hatch, reforçado por um para-choque com grandes entradas de ar laterais (com faróis de neblina) e boca grande na parte central. A grade segue fielmente a filosofia de estilo atual da Renault.

Pelo visual, o Novo Clio parece grandão, mas não é. Ele mede 4,048 m de comprimento, mas sua largura é de hatch médio: 1,798 m. Ele tem ainda 1,440 m de altura, porém, o entre-eixos não foi revelado, mas parece maior que o antigo. O hatch da Renault pode ter até rodas aro 17 polegadas. O aumento do espaço interno veio com um bagageiro maior: 391 litros, sendo 26 a mais que o anterior.

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França

O Novo Renault Clio 2020 chega ao mercado europeu com versões RS Line (no lugar da GT Line), RS e Initiale Paris, mais requintada. Haverá 11 opções de cores da carroceria. Feito sobre a plataforma modular CMF-B, o modelo terá versão elétrica em 2022, assim como uma híbrida E-Tech.

A marca não falou de motores, mas os 1.2 TCe de 120 cavalos e o 1.3 TCe com 160 cavalos devem fazer parte do pacote, assim como uma versão deste com mais de 200 cavalos no Clio RS. O câmbio de dupla embreagem EDC de seis marchas também estará incluído na oferta.

Renault Clio 2020 – Galeria de fotos

 

Novo Renault Clio é revelado oficialmente na França
Nota média 5 de 8 votos

  • Robinho

    que carro lindo…parabéns Renault.

    • JOSE DO EGITO

      Parabens ao REIDUCANDO CARLOS GONHS ,uma pena ter pedido demissao!

      • Robinho

        kkkkkkkk

    • vicegag

      Parabéns Renault, e também aos europeus que poderão tê-lo, pois por enquanto vamos ficando com carros de vampiro.

      • Rodrigo

        O jeito é torcer para que o acordo de livre comércio entre Mercosul e UE aconteça de verdade. Daí quem sabe poderiamos ter esse e outros carros de verdade.

    • Bruno Augusto

      daora esse clio

  • Theu

    Carro maravilhoso. Espero q um dia o nivel dos carros do Brasil seja igual ao dos europeus.

    • G E O

      Eu quero os carros europeus, o asfalto europeu, a educação dos europeus. :P

      • Bastaria para o povo brasileiro querer agir como cidadão europeu, coisa impensada por aqui, pois se idolatra os EE.UU e a grande maioria NUNCA vai abandonar o “jeitinho” e as “leis de gérson”

        • G E O

          Educação. Coisa que não temos muito bem desenvolvido por todo o país e não damos a devida importância.

        • leitor

          Será que europeus usariam a expressão “lei de Gérson”? Sinceramente nunca gostei. Baseado na fala de um atleta que representou o Brasil muito bem. Se a fala não foi feliz não deveria ser citado por isso. Principalmente porque seu melhor exemplo foi outro.

          • Sinto que a coisa de “levar vantagem em tudo” de grande parte dos brasileiros esteja atrelada a uma frase do ex jogador, num comercial de tv, porém infelizmente é algo que pegou desde os anos de 1970 e continua prevalecendo até hoje.

        • Sempre questionei o seguinte, se hj toda a população da Alemanha fosse morar no Brasil (com a atual infraestrutura ) e a população brasileira fosse pra Alemanha ( com toda infraestrutura daquele país ) em uns 10 anos o Brasil iria virar um país de primeiro mundo e a Alemanha um país em plena decadência. A Alemanha foi só um exemplo , pode ser Japão, Austrália entre outros.

          • Alemanha e Japão superaram traumas de guerra horríveis e se transformaram nas potências que são hoje, tudo com esforço do povo. A infraestrutura NUNCA caiu dos céus para eles e a que vemos hoje não tem nem 75 anos. Sabendo-se que neste período o brasil nunca passou por traumas de guerra, ou seja, teve tempo e dinheiro para se transformar numa potência, e não fez, duvido muito que tenhamos, salvo raras exceções, condições de manter algo que já é bom. PS. vale ressaltar que Japão, como é notório, sofreu dois ataques nucleares, e mesmo assim se reergueu, mais forte do que era. Quem faz a diferença é o povo, isso é fato que brasileiro não entende e nem aceita.

            • Danilo Pelucio

              Graças ao apoio incondicional dos EUA. No Japão, o Gen. MacArthur quebrou a espinha do fanatismo pela figura do Imperador. O resultado o mundo conhece.

            • Luis Gobbi

              lá os políticos fazem o que os daqui fazem?

        • G E O

          Esse “jeitinho” e “Leis de Gérson” é só para mostrar como o brasileiro é egoísta e nem um pouco nacionalista. Há um consenso dentre esses países desenvolvidos que a sociedade é unida em torno do coletivo. Ou seja, o país deve ser bom para todos.
          Quando o brasileiro usa o “jeitinho” ele quer é sair ganhando dos outros, em cima dos outros. Um político que rouba, o faz por egoísmo. Quer enriquecer a si próprio e sua família e o resto que se dane. Como sociedade somos péssimos pois não temos empatia e a visão de coletivo. Aqui é cada um por si.

          • Perfeito. Compartilho de seu pensamento ha pelo menos 15 anos e nesse tempo todo só via a coisa piorar. Acredito que nada, tirando as exceções de de sempre, nada é mais egoísta socialmente que brasileiros.

      • 4lex5andro

        O Brasil primeiramente precisaria ser uma nação pra ser um lugar desenvolvido. Como jamais passou perto de sê-lo, então só em sonho mesmo.

  • Mr. Pereba

    Evoluiu em tudo: design, acabamento e equipamentos. Acredito que poderia vir para disputar mercado com Polo Highline, que está na casa dos 80 mil com todos os opcionais. Seria uma concorrência muito bem vinda e é um mercado que ainda tem um potencial considerável.

    • Roberto

      Acho que vão fazer com o Sandero o mesmo que fizeram com o captur…
      Se vier com melhorias, o Sandero pode abarcar desde versão 1.0 de 50k até 1.3 turbo na versão RS… Na casa dos 70 mil…

      • Bruno Silva

        1.0 de 50k é preço do Polo, não vai colar se for Sandero.

        • Edson Fernandes

          Ele precisaria melhorar MUITO para bater de frente com o Polo.

          • Gran RS 78

            Mas nem lançando um novo Sandero ele conseguiria brigar com o Polo. Agora com o Novo Clio, aí as coisas são diferentes.

            • Edson Fernandes

              Seria interessante em nosso mercado, mas infelizmente não teremos.

  • Tochio

    Tirando a TV 32 do painel,o resto esta perfeito,por dentro e por fora !!

    • Ricardo

      Haha. Bizarro!

      • HugoCT

        Isso é tendencia. bizarro é radio nos carros brasileiros.

        • Gabriel

          Tendencia bizarra.
          Só por ser tendência não deixa de ser bizarro feio e ridículo.

          • leitor

            Feio e ridículo são os preços dos carros no Brasil. Isso é um detalhe que não tem problema. E como certas informações em telas precisam ser mais claras, se forem mostradas em tamanho maior fica mais fácil e rápido de reconhecer principalmente pra quem dirige. O papel desse “telão” é mais importante que sua “beleza” quando está desligado.

      • Renato Duarte

        Bizarro são algumas criaturas aqui no site defendendo a política de preços das montadoras. Achando que isso é justificável…

        • Ricardo

          Otários!

          • Renato Duarte

            E ainda tem a ousadia de se acharem os inteligentes só por que conseguiram juntar a “fortuna” que as montadoras pedem por cada modelo vendido.

    • Gabriel

      Até o Chevrolet Onix que é um carrinho sem vergonha é mais elegante nesse aspecto tendo sua multimídia integrada ao painel.

      • th!nk.t4nk

        Só que no Onix é uma mera multimídia. Já nesses modelos europeus são centrais que reúnem todas as informaçoes do carro e da via, tendo importância bem maior. Faz sentido que pra isso a tela precise ser maior mesmo. A questao maior não é se é belo ou não, e sim que seja funcional em primeiro lugar (já no Brasil o visual é tudo, como dito). Torço pra que um dia no BR as pessoas parem de olhar só a imagem da coisa, e passem a olhar conteúdo e funcionalidade também.

        • Gabriel

          Não comparei a eficiência das multimídias, e sim a forma que foram alojadas.
          Seria igualmente funcional se fosse construida integrada ao painel e não perderia qualidade alguma.

          • th!nk.t4nk

            Mas é integrada ao painel. Não é um suporte mequetrefe. Só nao é completamente embutida, e isso leva a uma grande vantagem: assim pode ser posicionada de forma mais elevada, tirando menos a atençao do trânsito. Caso contrário o painel ficaria alto demais (ou a tela ficaria baixa). É uma escolha pela ergonomia, e nao pela beleza.

    • Jad Bal Ja

      Embora pareça feio, essa posição é a ideal para a ergonomia, uma posição onde vc desvia o mínimo possível os olhos da pista e ainda permite uma tela grande.

      • th!nk.t4nk

        Exatamente. Aqui na Europa recebemos informaçoes sobre o trânsito em tempo real nessas telas. Elas mostram muito mais que o mapa. Há ali leitor de placas, feed das autoridades de trânsito, sugestoes de locais com totem de recarregamento (no caso de híbridos e elétricos), informaçoes sobre os sensores do carro (ex: se há formaçao de gelo em algum deles, ou se a traçao traseira por algum motivo está desabilitada temporariamente, se a pressão de algum pneu caiu subitamente, etc). Nos Mercedes novos (com MBUX) até o número dos prédios aparece ali em realidade aumentada, deslizando sobre o live feed de vídeo da rua. Enfim, essas telas grandes são absolutamente fundamentais em carros modernos. É que no Brasil não há estrutura pra isso e a maioria das pessoas nem faz ideia das tecnologias já existentes, por isso acham que é uma mera “tela multimídia” pra ver filmes ou carregar um navegador simplório.

        • Marcus Fumagalli

          Tentei achar um comentário do ThinkT4ank sem conter “Aqui na Europa…”mas falhei novamente.

          • th!nk.t4nk

            Cara, a matéria é sobre o lançamento do carro na França (logo, Europa). Ele não vai ser vendido no Brasil.

    • leomix leo

      Poxa, eu na vanguarda em 2010 pendurava um iPad acima dos difusores e a galera pagava pau para meu som, hoje todo mundo anda com esse tablets, seja a tesla, Ford, Renault…

      • Tochio

        Porque tu não patenteou ! rsrsrs

  • Ricardo

    No Brasil seria R$ 80.000.

  • Carlos AM

    Imaginando o dia em que Sandero, Captur e cia terão um interior desses.

    • Tochio

      Como dizia minha vó, dia de são nunca ! rsrsrs

      • Cesar

        Então vai ser dia 1º de novembro.

  • Indio Magalhaes

    Por que a Volks traz para o Brasil as plataformas, os motores e demais equipamentos (com relação ao câmbio de dupla embreagem parece haver uma incompatibilidade com as condições de nessas estradas) e as outras montadoras tentam nos empurrar soluções Xing ling?

    • Chap

      Os alemães têm uma gestão melhor dos negócios (são mais eficientes, organizados, disciplinados etc) e ainda conseguem vender sem precisar dar descontos enormes. Então a soma desses fatores viabiliza a vinda de carros como o Polo.

      Já a Renault e também a Ford, além de serem empresas menos eficientes quanto a VW e os japas e coreanos, ainda precisariam praticar descontos gigantes para fazer volume. Logo, preferem partir para soluções de baixo custo para não acabar rasgando dinheiro por aqui.

      O “new” Fiesta por exemplo piorou e muito a situação financeira da Ford no Brasil, creio que deve ter sido o pior investimento da Ford ao redor do mundo nesses últimos anos. Mas o anterior (vulgo Fiesta RoCam), que era uma derivação de baixo custo do modelo que existia na Europa, era rentável, mesmo com os descontos agressivos que a Ford já praticava na época.

      • Incitatus

        Nobre Chap o que tem a ver a capacidade organizacional dos alemães com o cambio DSG? Nada. O Dsg seco é dão tantos problemas quando o powershif. Só não há mais relatos por conta da massa crítica. O número de fiestas, focus e ecosports vendidos com esse câmbio é muitas vezes superior que os do golf. Logo, o número de reclamações ser muito superior. O mesmo problema não ocorre com o dsg úmido. Mas enfim, eu discordo, os alemães são sem dúvida organizados e disciplinados. Não alemanha tudo funciona, é impressionante. Mas eles não superam os americanos. Dou exemplos, se eles tem bmw, mercedes, etc, os americanos além de gm, ford, tesla e fca, têm NASA, Apple, Microsoft, Google, Boeing, IBM, Lockheed, etc. Sem esquecer que quem inventou a linha de montagem, ou geração de escala, que possibilitou a industrialização como conhecemos. O que houve especificamente na indústria automotiva americana não foi incapacidade, mas dormirem sobre os louros. Décadas e décadas dominando o mercado mundial fizeram com que eles não investissem tanto quanto os que vinham atrás. O resultado está aí. Tomaram um belo nabo. Mas estão correndo atrás do prejuízo. Apostas em produtos que não emplacam afeta a todos, a vw na década de 70 é bom exemplo. Com relação ao new fiesta, que eu tive e troquei num polo, o erro foi não tirar de linha fiesta rocam. Reposicionaram um para baixo e outro vendido como premium. Mataram os dois.

      • Stéfano

        Kkkkkkkk a VW praticava preços agressivos/descontos com o Up! Até perceber que ninguém queria de role de caixa de sorvete. Só isso já desmorona seu texto.

    • Domenico Monteleone

      A VW dá com uma mão e tira com outra, como? simplificando o acabamento e utilizando peças baratas de baixa qualidade.

    • leitor

      Enquanto a produção e cultura do Brasil forem tupiniquins, o xing-ling é vantagem.

    • Caulazaro

      Porque a Volks tem milhares de fãs aqui (Mas os carros não tem a mesma qualidade dos vendidos na Europa).
      As outras, quando trazem coisa que presta, não consegue vender.
      A Renault só conseguiu vender, quando trouxe as porcarias da Dacia.

  • Roberto

    Que beleza.
    Assim eu teria coragem de ter um hatch: espaço razoável e porta-malas familiar.
    Espero que o Sandero siga o mesmo caminho.

  • HugoCT

    Parabens Renault. Muito melhor que o Polo e Fiesta

    • Airplane

      Só se for o Polo e Fiesta brasileiros porque dos europeus não ganha não, no máximo um empate !

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Esqueçam. Por aqui SUV Rulez!

  • Augustus do Aveiro

    ejaculei vendo esse carro

    • Verdades sobre o mercado

      Rapaz, o carro realmente é lindo, mas você deve estar com algum problema sexual.

      • Gabriel

        Seria esse aquele comedor de (escapamentos)carros 1.0 que apareceu no YouTube?? kkkkk

      • Augustus do Aveiro

        calma rapaz, figura de linguagem hehe

      • leitor

        Quando era criança tinha a história de qual se preferiria entre uma mulher e um carro. Levava vantagem quem preferia o carro porque com mulher não se conquista um carro, pelo contrário. seria até arriscado ficar sem. KKKK, mas que horror!

      • leomix leo

        😂😂😂😂😂😂😂😂

  • Gabriel

    Bonito.
    Traseira me lembra o Argo, acho que é pelas lanternas.
    Tela ridícula dentro do veiculo.
    Mais de 200cv em um carro como esses deve ser a Disney kkkkkkkkkk

  • Tom Costa

    QUERO!

  • Benedict Benedito

    Lindo demais.

  • Verdades sobre o mercado

    Bonito por dentro e por fora, aparentemente espaçoso e com ótimo porta-malas, só ficou exagerado o mega-tablet no painel. Pena que não teremos por aqui.

  • fschulz84

    O modelo anterior já era um espetáculo e em minha opinião, melhorou mais ainda!

    Um Clio SW atenderia muito bem minhas necessidades.

  • Brasil_MG

    De qualquer ângulo que se olhe o carro é bonito. Design muito bem feito. Tomara que dê um surto na diretoria da Renault e eles resolvam trazer este CLIO pra cá!

    • AT9

      Seria um bom concorrente na faixa dos R$ 65.000/80.000

      • 4lex5andro

        Não fosse tantos impostos e restrições a importados, um Clio desses poderia vir na faixa de uns 30-35 mil reais no Brasil.

        O mesmo válido pra Polo/Virtus, C3, 208 e Argo/Cronus {nesse caso da Fiat poderia ser o Tipo}.

    • Gabriel

      Esse carro é uma exceção ao que vem acontecendo com a estética dos carros atualmente, parece que todos(quase) os carros vem ficando mais feios (ou menos bonito), ja esse clio foi na contramão e ficou lindo.

      • leitor

        Desta vez o Clio melhorou. Mas aquela primeira mudança, que trocou aqueles faróis no estilo saboneteira para olho de mosca, ficou bem mais feio.

    • Tsi

      lindo mesmo. Poderia vir pra cá

  • Filipe Augustus

    Achei as lanternas traseiras parecidas com as do Argo! Gostei do Clio, só que ele é apenas uma evolução simples da geração passada, não mudou muito, continua sendo um bom carro, porem mais moderno!

    • Gabriel

      Tbm as achei parecidas com as do argo, não que seja ruim, são bonitas.
      Achei esse Clio um dos compactos mais bonito dos últimos tempos

  • Domenico Monteleone

    Belo compacto não muito compacto, só espero que a Renault não faça como o captur e traga só a carroceria adaptada numa plataforma velha.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Vai, hehehe

  • Whering Filho

    Terrivelmente lindo.

  • th!nk.t4nk

    Que pena que mudou pouco. Mesmo assim ficou bom. O maior avanço acabou sendo no pack tecnológico, no fim das contas.

    • leitor

      O interior do carro ficou lindo.

    • marc west

      Eu tive que olhar bem as fotos para notar as diferenças em relação ao atual! Mas como vc disse, ainda assim ficou bom no quesito visual.

  • Piston head

    Essa história de mini não sei o que já está chata, mas virou mesmo um mini megane. Ficou bem bonito. Quanto otimismo de quem acha que virá para o Brasil.

  • Ueldes Damasceno

    Todo mundo rezando pra que venha pro Brasil. Aí quando chega aqui “credo carro francês” “ carro de verdade é Toyota” 🙄

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      É por isso que a Renault traz Dacia, quando veio ao Brasil com carros equiparados aos da Europa ninguém comprava. Agora faz carros com plataforma simplificada e marca Dacia aí tá vendendo. Pra que mexer em time que está ganhando

  • Hernan Carlos Granda

    No Mercosul temos o Sandero, Sandero………

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Com certeza será inspiração pro Sandero 3, mas a minha curiosidade é saber como ficaria um Logan com esse design

  • Quem te viu quem te vê Clio..se consumidor brasileiro tivesse abraçado o carro quando chegou aqui, quem sabe não teríamos essa geração.

  • Junio Tavares Silva

    Com ficou bonito esse carro, visual moderno, interior agradavel, se viesse para o brasil iria mudar a imagem que a renault tem por aqui.

  • Andre Pestana

    Se viesse para o Brasil, seria o melhor Hatch premium da categoria destronando o VW Polo e Fiat Argo. A Renault com Sandero aqui fica difícil competir com o Polo, Argo e 208.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Sandero concorre com Gol e companhia, acho que o Sandero 3 que vai pegar esse faixa de Gol até Polo num carro só, com motores 1.0, 1.6 e 1.3 turbo. Claro que o carro aqui vai ser um Clio simplificado

  • Junio Tavares Silva

    Essa porta traseira com maçaneta “escondida” deu um ar mais esportivo ao carro, a principio ate achei que era 2 portas, me encantei com o visual dele.

  • Quando o Clio começou a ficar tesão parou de vir para cá…

  • Júnior Nascimento

    A Renault venderia bem dele no Brasil, ainda que simplificado e na plataforma do Sandero.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      Em outro site falam que vai ser isso, Sandero 3 com visual inspirado no Clio e plataforma simplificada pra não ficar muito caro assim como novo March vai ter uma plataforma mais simplicada do que o Europeu

  • leitor

    Por dentro ficou muito lindo, bacanão. Show! Só não consigo ver beleza no exterior dos carros da Renault. Mas pelo menos tem melhorado nesse caso.

  • Guilherme Gimenes

    208 na França: 14.500 euros / Brasil: 56.990
    C3 na França: 13.200 euros (modelo mais atual) / Brasil: 53.990
    Polo na França: 14.810 euros / Brasil: 52.360
    Clio na França: 15.300 euros / Brasil: NÃO EXISTE

    Pq o clio aqui deveria custar 80, 90 mil como dizem? seguindo a lógica, seu preço justo aqui seria na casa dos 60.000 (A PARTIR DE, claro) ..fabricando aqui, importando, nao importa.. se a dona Renault quisesse, poderíamos sim ter o Clio. .isso de ser caro pro Brasil eh balela! Mas claro, preferem investir no DACIA Sandero..esse sim carro de terceiro mundo.. uma pena… Certeza que o Clio faria sucesso aqui .

    • leitor

      Que adianta reclamar do Sandero porque é Dacia se o Clio da Renault que já houve por aqui não era melhor? Esses Dacia que temos no Brasil não deixam a desejar em relação aos Renault que temos no Brasil. Ou, o Brasil não é interessante para a Renault.

    • th!nk.t4nk

      Lembrando ainda que em cima desses valores em Euro ainda dá pra conseguir descontos bons. O Polo é um que é sempre vendido por menos nas concessionárias, em relação ao preço de tabela. Já os franceses gostam de vender versoes superiores pelo preço das básicas, tem promoção direto (Fiesta e C3 já vi um par de vezes bem equipadinhos por 9.990 €).

    • Cosi fan Tutti

      Simples, a Renault não quer a liderança no Brasil. Fato! Seria muito fácil pra eles fazer o Clio na plataforma do Sandero aqui pra concorrer nesse segmento que vc cita, mas eles tem interesse? Não. É igual o Captur, lançaram pra ser coadjuvante.

  • syfus

    primeiro carro da renault que eu compraria =O

  • Jean Lehn

    Não é uma nova geração é um facelift do 5 ficou muio bom mesmo!

  • Marcio Souza

    Isso é Renault! O resto é Dacia.

  • Edgar

    Segundo a “Renacia do Brasil”, o novo Sandero (ou seu sucessor no Brasil) será totalmente baseado no novo Clio, talvez até o nome possa ser do antigo Hatch Francês… Tendo em vista que a Renault nao usará mais Carros de uma marca com o logo de outra… Ou seja, a base será o Sandero, a casca será de Clio… Assim como acontece com o Captur/Duster …
    Esperemos…

    • Edinaldo_Tapica

      Era o que havia sido determinado até Ghosn ser preso .Vamos ver agora né?

  • Ricardo Blume

    Que briga boa que daria com o Polo por estas bandas. Uma pena Dacia ter logo Renault no Brasil; acredito que haveria espaço para as duas.

  • Bruno Gomes

    Se a Renault se ligar na atual mudança do mercado, traz esse carro mesmo com suas devidas alterações para o mercado brasileiro.

  • Mateus Pinheiro de Carvalho

    muito bom, em geral só um amadurecimento das linhas do mk4! faz inveja

  • afonso200

    quero é cambio AT6 de verdade e nao Dupla embreagem

  • FocusmanBA

    É facelift do anterior?

  • Diego

    Bicho lindo!

  • Mauro Banqueiro

    A nissan está fazendo milagres

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email