*Destaque Hatches Linha 2018 Projeções Renault

Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

renault-sandero-vibe-1.0-sce-2-1024x682 Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

Novo Sandero 2018 está sendo vendido no Brasil sem grandes novidades em relação a linha anterior. Originário de um projeto brasileiro, o modelo nasceu sobre a plataforma B0 da Renault, esta por sua vez oriunda do Dacia Logan.



Com grande entre eixos para um modelo popular, o Renault Sandero 2018 chama atenção pelo porte volumoso de seu projeto. Anteriormente, o hatch compacto era movido por motores longevos 1.0 16V Hi-Torque e 1.6 16V Hi-Torque, além de ter opção automatizada Easy´R e até câmbio automático de quatro marchas.

Na atualização, surgiram os novos e melhores motores SCe com 1.0 e 1.6 litro, sendo estes de três e quatro cilindros. Mas, a novidade foi a chegada da versão esportiva R.S. com o velho motor F4R 2.0 16V, agora Flex e com programação esportiva com dois modos, mas não entregando mais do que 150 cv. O câmbio curto com seis marchas e os ajustes da divisão Renaultsport deram ao compacto de baixo custo uma performance de esportivo, pena não ter motor turbo.

Lançado em 2007, o Renault Sandero começou sendo feito no Brasil, mas logo ganhou espaço nas fábricas da marca francesa na Romênia, Colômbia, Marrocos, Rússia, Irã e África do Sul. A segunda geração passou a ser feita também na Argélia e em outra fábrica no Marrocos. O projeto de baixo custo deu certo e o modelo ainda é considerado o mais barato do mercado em países como o Reino Unido, por exemplo.

A plataforma passou a ser a M0 na segunda geração, que deu origem ao Lada Granta. Na Europa, pode ser equipado com motor de três cilindros 0.9 TCe (turbo), 1.2 de quatro cilindros e diesel 1.5 dCi. Aqui no Brasil, o modelo é feito junto com o Novo Logan e é o produto mais vendido da Renault, tendo emplacado 45.530 carros de janeiro e julho, se colocando em quarto lugar entre os automóveis mais vendidos em 2017.

E o futuro? O Renault Sandero 2018 ainda não dá um vislumbre do futuro. A projeção acima mostra como seria a próxima atualização, adotando um visual mais global. No entanto, a terceira geração do hatch pode abraçar a plataforma CMF A+ para compartilhar os custos de produção e desenvolvimento com os Nissan March e Versa 2019. Com essa plataforma, o compacto pode perder até 100 kg, tornando-se mais eficiente e com melhor performance.

No caso dos motores, o Renault Sandero 2018 dispõe de três, mas a terceira geração pode introduzir um novo propulsor de trÊs cilindros 1.3 que substituiria tanto o 1.6 SCe quanto o 2.0 16V, entregando em versão aspirada por volta de 120 cv e cerca de 170 cv com turbo, passando a equipar o R.S. e também outros modelos da Renault, como o Captur e o próximo Fluence.

Em termos de transmissão, a caixa CVT X-Tronic da Nissan deve chegar ainda nesta geração do Renault Sandero, assim como chegou no Duster. O Renault Logan 2018 é outro que irá se beneficiar desse câmbio, que trará economia e conforto ao dirigir. O Renault Sandero 2018 logo mais deve abandonar a automatizada Easy´R, dando assim ao consumidor uma opção 1.6 SCe CVT mais eficiente. Fora isso, o R.S. continua com seu câmbio de seis marchas e os demais com cinco.

A próxima geração do Renault Sandero 2018 deve aparecer também com direção elétrica, partida a frio sem uso de tanquinho, Start&Stop de série, quatro airbags de série, entre outras novidades. Com isso, o hatch pode candidatar-se à disputa pela liderança de mercado, mas a capacidade instalada de Curitiba pode não dar conta.

Assim, ela pode necessitar de mais investimentos ou importações da Colômbia, que recentemente fechou um acordo comercial com o Brasil e que favorecerá quem fabrica dos dois lados da fronteira. Os preços devem se manter competitivos nos próximos anos para poder se colocar próximo do líder Chevrolet Onix. Como um carro global, o Renault Sandero 2018 é uma importante arma do grupo franco-nipônico em mercados emergentes e no leste europeu, revelando que a simplicidade tem suas vantagens no mercado internacional.

Renault-Sandero-RS-Racing-Spirit-21 Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

Renault Sandero 2018 – detalhes

Aqui, nenhum produto da Renault tem o novo estilo visto na Europa, mas isso deve mudar em breve, pois informações internas da Renault indicam que uma atualização visual vem por aí para o Sandero. Aguardando um facelift do Renault Sandero 2018, o leitor Filipe Augustus decidiu fazer uma projeção com a próxima atuação visual do hatch, que aproveita a mesma carroceria, mas recebe o mesmo padrão estético da França.

O Renault Sandero 2018 da realidade tem um porte volumoso com seus 4,06 m de comprimento, 1,73 de largura, 1,53 de altura e 2,59 de entre eixos, tendo um bom porta-malas de 320 litros. Por fora, faróis duplos, grade em formato de “U”, friso cromado, para-choque com molduras envolventes, suspensão elevada, retrovisores com bom tamanho, lanternas traseiras compactas, tampa do bagageiro bem lisa e protetor traseiro adequado. O capô chama atenção pelo amortecedor, que permite manter a tampa levantada sem ajuda de haste metálica.

Por dentro, o Renault Sandero 2018 é simples, mesmo na versão R.S., tendo basicamente difusores de ar laterais circulares, centrais quadrados, materiais plásticos em abundância, volante com ajustes de mídia na coluna de direção, ar-condicionado simples ou automático, rádio 2DIN ou multimídia MediaNav com tela de 7 polegadas e navegador GPS com dados de tráfego da Tom Tom, bem como score para eficiência na condução e dados de viagem.

Renault Sandero 2018 tem bancos com visual interessante, dependendo da versão, chegando mesmo a ter uma aparência bem esportiva. Mas o baixo custo pode ser visto até em versões intermediárias ou no R.S, com o banco traseiro inteiriço. O hatch tem alavanca de câmbio alta e de engates pouco suaves. A direção é eletro-hidráulica, sendo dura em manobras. Não há regulagem da coluna de direção em profundidade, outra redução de custo.

Para falar nisso, o Renault Sandero 2018 não dispõe de partida a frio por pré-aquecimento, tendo o antigo sistema de injeção de gasolina com o tanque de combustível instalado no cofre do motor. Portas e painéis são simples, assim como os revestimentos e outras peças montadas. A aposta do modelo é mais no visual, tendo a Renault sabiamente adicionado padrões de cores, revestimentos e padronagens bem chamativas e dentro da moda.

O habitáculo do Renault Sandero 2018, no entanto, é bem espaço, tanto em largura, quanto em altura e especialmente em espaço para as pernas de quem vai atrás. O bagageiro de 320 litros é bom e é melhor aproveitado com o banco bipartido disponível em algumas versões. O modelo é alto e tem estrutura com aços simples e esquemas de produção simplificada para reduzir os custos e tornar os preços atrativos. Por isso o esportivo R.S. é o mais barato do Brasil, custando R$ 66 mil.

Pacote aerodinâmico com spoilers, saias laterais, difusor traseiro, defletor de ar no teto, volante em couro, bancos em couro natural e sintético, programação eletrônica de performance, sistema Start&Stop para desligamento automático do motor, câmbio automatizado Easy´R, rodas de liga leve aros 15/16/17 com diversos desenhos, detalhes personalizados, entre outros, são alguns dos vários itens que o Renault Sandero 2018 oferece ao consumidor, incluindo também indicador de marcha e gerenciamento energético da bateria, com recuperação de carga.

renault-sandero-vibe-1.0-sce-9-1024x682 Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

Renault Sandero 2018 – novidades

Imaginando um Novo Renault Sandero 2018, Augustus inseriu os mesmos elementos estéticos vistos lá fora, incorporando novos faróis de dupla parábola com repetidores de direção internos, mas LEDs diurnos envolventes, que descem até o para-choque, formando um gancho. A grade também é nova e tem a parte central rebaixada, além de frisos cromados e um enorme logotipo da Renault.

O para-choque, naturalmente, ganha um aspecto diferenciado com grade inferior maior, nova disposição de faróis de neblina e um spoiler centralizado. Na traseira, saem as lanternas compactas e entra um conjunto duplo imitando LED, dividido pela tampa do bagageiro, cujo formato está mais quadrado. Com isso o para-choque também é redesenhado e um escape cromado se molda ao conjunto. Novas de liga leve completam o visual.

Mas voltando ao Renault Sandero 2018 que temos na vida real, pelo menos o popular da marca francesa ganhou motores atualizados, os 1.0 e 1.6 SCe. O 1.0 tem apenas três cilindros e entrega 82 cavalos, sendo mais econômico que o 1.0 anterior de quatro cilindros. Já o motor 1.6 do novo Renault Sandero 2018 tem até 118 cavalos e um desempenho bem interessante.

renault-sandero-stepway-1.6-sce-2-1024x631 Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

Renault Sandero 2018 – versões

O Renault Sandero 2018 é vendido nas seguintes versões:

Renault Sandero Authentique 2018
Renault Sandero Expression 2018
Renault Sandero Stepway 2018
Renault Sandero RS 2.0 2018
Renault Sandero Stepway Easy-R 2018
Renault Sandero Vibe 2018
Renault Sandero GT Line 2018
Renault Sandero RS 2.0 Racing Spirit 2018

Renault Sandero 2018 – equipamentos

O Renault Sandero 2018 é oferecido no Brasil nas versões Authentique, Expression, Vibe, GT Line, Stepway e R.S. Confira abaixo os principais itens de cada versão do hatch compacto feito em Curitiba, Paraná.

Renault Sandero Authentique 2018 – Motor 1.0 SCe com transmissão manual de cinco marchas. De série airbag duplo, freios ABS, sistema de travamento das portas ao rodar, alerta de cinto de segurança, maçanetas na cor preta, travas elétricas, ar-condicionado, direção eletro-hidráulica, indicador de marcha, limpador e desembaçador do vidro traseiro, capô com amortecimento e banco traseiro rebatível.

Renault Sandero Expression 2018 – Motores 1.0 SCe ou 1.6 SCe com manual de cinco marchas. Itens acima, mais colunas B com acabamento preto, maçanetas na cor do carro, retrovisores na cor da carroceria, portas com maçanetas cromadas no interior, volante com regulagem de altura, vidros dianteiros elétricos com função antiesmagamento, luz no porta-malas, computador de bordo, bancos exclusivos Expression, rádio com Bluetooth/USB e comando satélite na coluna de direção.

Renault Sandero Vibe 2018 – Motor 1.6 SCe com transmissão manual de cinco marchas. Itens acima, mais retrovisores elétricos com acabamento em dark metal, rodas de liga leve aro 15 polegadas Nepta (opcional), bancos exclusivos Vibe, multimídia MediaNav com GPS, faróis de neblina, retrovisores com repetidores de direção e sensor de estacionamento.

Renault Sandero GT Line 2018 – Motor 1.6 SCe com transmissão manual de cinco marchas. Itens acima, mais volante em couro, rodas de liga leve aro 16 polegadas, bancos exclusivos GT Line, ar-condicionado automático, chave com fechamento global e sistema de desligamento automático do motor (Start&Stop).

Renault Sandero Stepway 2018 – Motor 1.6 SCe com transmissão manual de cinco marchas. Itens acima, mais rodas de liga leve aro 16 polegadas exclusivas da versão, bancos exclusivos Stepway, bancos em couro natural e sintético (R$ 1.200), rodas de liga leve aro 16 Panache (opcional por R$ 890), barras longitudinais no teto e banco traseiro bipartido.

Renault Sandero Stepway Easy-R 2018 – Motor 1.6 SCe com transmissão automatizada Easy´R com cinco velocidades – Itens acima, mais ESP + HSA (controle eletrônico de estabilidade/assistente de arrancada em subida).

Renault Sandero RS 2.0 2018 – Motor 2.0 com transmissão manual de seis marchas e modos Sport e Sport+. Itens acima, mais rodas de liga leve aro 16 exclusivas da versão, rodas de liga leve aro 17 polegadas Grand Prix (R$ 1.000), bancos exclusivos RS, retrovisores em preto brilhante, faixas exclusivas RS e kit aerodinâmico RS.

Renault Sandero RS 2.0 Racing Spirit 2018 – Motor 2.0 com transmissão manual de seis marchas e modos Sport e Sport+. Itens acima, mais rodas de liga leve aro 17 polegadas Grand Prix de série, bancos exclusivos da versão, monograma RS personalizado, retrovisores na cor do carro, stripping nas portas, para-choque com filete pintado, pinças de freio vermelhas e pneus  PS4 Michelin.

Renault Sandero 2018 – preços

Renault Sandero Authentique 2018 – R$ 42.900
Renault Sandero Expression 2018 – R$ 46.450
Renault Sandero Stepway 2018 – R$ 60.700
Renault Sandero RS 2.0 2018 – R$ 63.400
Renault Sandero Stepway Easy-R 2018 – R$ 64.150
Renault Sandero Vibe 2018 – R$ 49.000
Renault Sandero GT Line 2018 – R$ 56.600
Renault Sandero RS 2.0 Racing Spirit 2018 – R$ 66.800

renault-sandero-stepway-1.6-sce-9 Novo Renault Sandero 2018: versões, preços, fotos, desempenho, consumo e detalhes

Renault Sandero 2018 – motor

O Renault Sandero 2018 dispõe de três motores, sendo o 1.0 SCe, o 1.6 SCe e o 2.0 16V Flex do R.S.. O 1.0 SCe é um três cilindros com duplo comandos de válvulas variável e bloco em alumínio, assim como o cabeçote, quem tem 12V. Esse propulsor compacto entre 79 cv com gasolina e 82 cv com etanol, sempre a 6.300 rpm. O torque dele é de 10,2 kgfm na gasolina e 10,5 kgfm no etanol, ambos a 4.000 rpm.

O outro é o 1.6 SCe que tem quatro cilindros e cabeçote de 16V com bloco e cabeçote em alumínio. O 1.6 SCe pode ter Start&Stop, que é o sistema de desligamento automático do motor. No Renault Sandero 2018 ele entrega 115 cv na gasolina e 118 cv no etanol, ambos a 5.500 rpm. Já o torque nos dois combustíveis é de 16,0 kgfm a 4.000 rpm.

Por fim, o Renault Sandero 2018 vem ainda com motor F4R 2.0 Flex, que tem cabeçote em alumínio com 16V e comandos variáveis, bem como bloco de ferro fundido. O propulsor tem programação exclusiva na versão RS com os modos Sport e Sport+. Ele entrega 145 cv com gasolina e 150 cv com etanol, ambos a 5.750 rpm. Já os torques são de 20,2 kgfm no derivado de petróleo e 20,9 kgfm no subproduto da cana, ambos a 4.000 rpm.

O Renault Sandero 2018 dispõe de câmbios manuais com cinco ou seis marchas (apenas R.S.), bem como automatizado Easy´R.

Renault Sandero 2018 – desempenho

Aceleração de 0-100 km/h

  • Renault Sandero 1.0 SCe – 13,0 segundos
  • Renault Sandero 1.6 SCe – 9,8 segundos
  • Renault Sandero 1.6 SCe Easy´R – 11,0 segundos
  • Renault Sandero 2.0 R.S. – 8,0 segundos

Velocidade máxima 

  • Renault Sandero 1.0 SCe – 163 km/h
  • Renault Sandero 1.6 SCe – 185 km/h
  • Renault Sandero 1.6 SCe Easy´R – 185 km/h
  • Renault Sandero 2.0 R.S. – 202 km/h

Renault Sandero 2018 – consumo

Motor 1.0

Média de consumo de 8,6 km/l com etanol, entre cidade e estrada
Média de consumo de 12,5 km/l com gasolina, entre cidade e estrada

Motor 1.6

Média de consumo de 7,8 km/l com etanol, entre cidade e estrada
Média de consumo de 11,4 km/l com gasolina, entre cidade e estrada

Renault Sandero 2018 – revisão e garantia

As revisões do Renault Sandero 2018 são feitas com preço fixo, mas o configurador no site é muito ruim de acesso e os preços abaixo são valores médios. A Renault ainda tem revisões com pacote fechado, que inclui alguns serviços e peças com pagamento adiantado, que pode ser parcelado junto com o financiamento na hora da compra ou pagos à vista.

Revisão

Custo

Quilometragem

Preços 1.0 SCe

Preços 1.6 SCe

Preços 2.0 R.S.

10.000 km

R$ 259

R$ 259

R$ 259

20.000 km

R$ 559

R$ 559

R$ 559

30.000 km

R$ 489

R$ 489

R$ 489

40.000 km

R$ 714

R$ 714

R$ 714

50.000 km

R$ 489

R$ 489

R$ 489

60.000 km

R$ 686

R$ 686

R$ 686

Renault Sandero 2018 – ficha técnica

Motor

1.0 SCe

1.6 SCe

2.0

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Número de cilindros

3 em linha

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

999

1597

1998

Válvulas

12

16

16

Taxa de compressão

12:1

10,7:1

11,2:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Multiponto

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 79 cv @ 6300 rpm / Etanol: 82 cv @ 6300 rpm

Gasolina: 115 cv @ 5.500 rpm / Etanol: 118 cv @ 5.500 rpm

Gasolina: 145 cv @ 5750 rpm / Etanol: 150 cv @ 5750 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 10,2 kgfm @ 3500 rpm / Etanol: 10,5 kgfm @ 3500 rpm

Gasolina: 16,0 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 16,0 kgfm @ 4000 rpm

Gasolina: 20,2 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 20,9 kgfm @ 4000 rpm

Transmissão

Tipo

Manual 5 marchas

Manual 5 marchas ou Automatizado Easy´R 5 marchas

Manual 6 marchas

Freios

Tipo

Disco ventilado/ tambor

Disco ventilado / tambor

Disco ventilado / Disco

Direção

Tipo

Eletro-hidráulica

Eletro-hidráulica

Eletro-hidráulica

Suspensão

Dianteira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

Eixo de torção

Eixo de torção

Eixo de torção

Rodas e Pneus

Rodas

Aço aro 14 polegadas

Aço aro 14 polegadas / Liga Leve aro 15 polegadas

Liga Leve aro 16 polegadas / Liga Leve aro 17 polegadas

Pneus

185/65 R15

185/65 R15

195/55 R16 / 205/45 R 17

Dimensões (mm)

Comprimento total (mm)

4060

4060

4060

Largura sem retrovisores (mm)

1733

1733

1733

Altura (mm)

1536

1501

1499

Distância entre os eixos (mm)

2590

2590

2590

Capacidades

Porta-malas (litros)

320

320

320

Tanque (litros)

50

50

50

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

456

450

458

Peso em ordem de marcha (kg)

1011

1053

1161

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,35

0,35

0,35

Renault Sandero 2018 – fotos

Agradecimentos ao Filipe Augustus.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

4.0

COMPARTILHAR:
  • Leandro Balmant

    Dessa vez eu não sou capaz de opinar.

  • Rbs

    Frente e lateral perfeita! A traseira ficou próxima disso.

    • Hugo Victor

      Traseira a lá Clio Europeu? Gostei demais!

    • About Carros

      A lateral não é projeção

  • Compro Vidro de Perfume Vaziou

    Por fora Renault, por dentro Dácia, quero ver melhorias internas em acabamento e qualidade dos plásticos, não creio que vão melhorar a segurança em um modelo velho, apenas em um novo projeto veremos uma qualidade maior em segurança!

    • Cesar

      Modelo velho? O que é um modelo novo? O atual Sandero é de 2015 portanto, tem somente dois anos de vida. E em questão de segurança, saiba que esta geração ganhou 4 estrelas no Euroncap. Se for discutir plataforma, saiba que está é nova também.

      • Handlay P.B.

        Na verdade o atual Sandero é de 2012 que chegou ao Brasil anos depois. A plataforma dele é a M0 derivada da L0 que é usada no Dacia Logan de 2004, não é uma base nova.

        • Logan não foi lançado em 2004, mas sim em 2007 no Brasil, com a plataforma B0, derivada simplificada da B. A plataforma M0 segue projeto similar a plataforma B, todavia, tem 70% de materiais e peças diferentes da B0, sua antecessora, sendo moderna e robusta, com maior rigidez torcional que a anterior e maior leveza. Na Europa sim, que a primeira versão dele veio em 2004, com a plataforma L0, e esta não foi comercializada no Brasil.

          A atual linha Sandero e o atual Logan, são datados de 2012, e utilizam esta plataforma M0, que pela compleição, é moderna.

          • Handlay P.B.

            Sim, porém você se equivocou pois já afirmei que o que foi lançado em 2004 foi o Dacia Logan e não o Renault Logan brasileiro.

            • O Logan com a B0 foi só em 2007.

              • Handlay P.B.

                Não, o Logan começou usar a B0 em 2004.

      • Compro Vidro de Perfume Vaziou

        Sandero foi lançado em 2008, ta velho, motor novo, retoque no visual externo e interno não torna o modelo novo. Teste Europeu de nada vale já que estamos no Brasil, aqui Latin Ncap marcou em 2012 sem Airbag 1 estrela adulto e 2 estrelas criança
        http://www.latinncap.com/po/resultado/20/renault-sandero-no-airbag

        Carro não é seguro, carro é velho, plataforma brasileira deve ser inferior ao Europeu .. Mas vende pq tem um bom custo beneficio, porta malas de hatch médio (320L) e tem Central multimídia

        • Cesar

          O Sandero está na segunda geração. A primeira é de 2008.

          • Daniel

            Segunda geração relativamente recente e motores novos, mas feita sobre a base do Sandero de 1a. geração

            • Cesar

              A Renault diz que 70% da plataforma é nova.

              • Rodrigo Alves Buriti

                Cara, sinceramente, praticamente a maioria dos carros populares usam plataformas derivadas de outras mais antigas. Não sei porque o povo se impressiona com essa de “derivada” ou “feita sobre base”. Redução de custos, oras! Até segmentos de médio isso acontece….

      • EJ

        Errou feio,errou rude. A plataforma do Sandero é a mesma desde seu lançamento. Mudaram só carroceria (que pelo jeito confunde algumas pessoas).

      • Whering Alberto

        2014, mas tá valendo.

    • carroair30

      O pessoal aqui fala como se fosse so o SANDERO um carro baixo custo.Todo mundo esqueçe que igual ao SANDERO tem ONIX,FOX,GOL,PALIO,KA,HB20………………..

    • Pedro Filipe

      e motor!!!

    • Franco da Silva

      Sempre via o Sandero atual e achava interessante. Fui fazer um test drive. Que triste aquele interior!
      Não que seja ruim (pior que os concorrentes), mas é sem graça, lembra carros do início dos anos 2000.
      Mas nada que seja impossível de melhorar sem muito custo. Só que não é do interesse da dona Renault.

  • André

    É natural que o Sandero sofra um up grade com a chegada do Kwid, não deve ser só em preço para não tornar o carro sem sentido.

  • Muscle_V8

    Ficou muito bom!
    Pena que na realidade não será essa(provavelmente).

  • Felipe Miranda

    A frente ficou bonita, já a traseira ficou um insulto de tão feia

    • Tosca16

      O mais bonito foi a traseira ao meu ver, até parece outro carro …

      • Felipe Miranda

        Ficou feia porque tentaram remeter à traseira do Clio europeu, que por sinal é muito bonita mas nao ficou bem projetada nesse Sandero. A traseira do clio europeu tem porte maior. Mas é tudo questão de gosto kkk

        • Tosca16

          Justamente isso que gostei, deu porte maior ao carro .

      • Vinícius

        Também gostei dá traseira, alias, acho que o pior no Sandero atual é justamente a traseira, portanto por mais que essa não tenha ficado perfeita, melhorou 100%

        • Hugo Victor

          Pra tu ver questão de gosto, né?
          Dos populares, eu acho o Sandero o carro mais acertado quanto ao desenho. Onix e suas lanternas traseiras esquisitas e com capô que parece uma testa grande.. Gol e suas lanternas traseiras retas e quadradas, não casando em nada com o carro, Ka e HB20 com suas rodas minúsculas e peças bonitas, mas quando uni tudo, o desenho não fica legal… 208 e seus excessos de vincos e curvas…

          O Sandero acho simples e bonito, sem extravagancias.

        • Marcelo SR

          Aquelas lanternas traseiras com contornos cromados são mesmo HORRÍVEIS!!!!

      • Carlos Augusto Morais – Grupo

        Você pode fazer o melhor possível, sempre tem um banana pra achar feio. Com certeza ele acha algo feio, bonito. É o tal do gosto invertido…

    • Leonardo Teixeira

      Eu já achei a frente horrorosa e a traseira bonita kkkk

      • rafael morozini

        Somos 2 kkk

        • Felipe Miranda

          Ficou feia porque tentaram remeter à traseira do Clio europeu, que por sinal é muito bonita mas nao ficou bem projetada nesse Sandero. A traseira do clio europeu tem porte maior. Mas é tudo questão de gosto kkkkkkkk

  • Leonel

    Tenho que parabenizar a projeção, lindo mesmo. A Renault poderia investir mais em segurança e sofisticação no interior, que é muito simples, até mesmo no Captur.

    • ViniciusVS

      Aquele painel requentado de Duster é complicado.

      Botões todos espalhados pelo carro, até na frente do Freio de mão tem botão… Fica claro que é gambiarra

      • Gustavo Adriano

        Hahaha, eu entendo que é um carro que nasceu para ser simples. Mas mesmo para os padrões Europeus, bem que poderiam se atentar mais a esse quesito. Até o interior do extinto Clio III poderia servir como base, na minha opinião (Sim, eu sei que é um Renault “de verdade”, mas acho que não seria trabalho algum reaproveitar alguns elementos):
        https://preview.netcarshow.com/Renault-Clio_III_5door-2005-1600-13.jpg

        • Luconces

          Talvez dê para reaproveitar a maçaneta da porta e a tampa do porta-luvas! kkk

          Sei que é de 2005 mas que interior estranho.

          • Gustavo Adriano

            Era super moderno pra época, se tu pegar essa leva de Renault desta época, verá que é muito bem acabado, e uns beiram o futurismo, vide Vel Satis, Laguna e Avant time.

      • Leonel

        Deprimente né?

  • Racer

    Ficou muito bonita, o cara acertou a mão nesta projeção.

  • Júnior Nascimento

    Ficou interessante essa atualização visual. A gente espera que a Renault/Dacia saiba fazê-la bem.

  • Gustavo Adriano

    Infelizmente a dianteira não seria uma boa escolha em virtude de ser muito similar, até igual, a usada no Megáne. No entanto para um carro tão verticalizado como o Sandero/Logan, um conjunto ótico traseiro horizontalizado viria muito à calhar, particularmente achei muito bem aproveitado.
    Complementando, é claro que o conjunto ótico dianteiro também deveria possui linhas horizontais, mas não da forma como foi abrangido.

  • Handlay P.B.

    Não gostei. Além disso acho muuuuuito improvável que um face-lift desses aconteça. Nunca fui fã do Clio IV.

  • Matheus Amorim

    A atualização poderia seguir essa filosofia inspirada no Megane e Talisman (mas com certos limites, o Sandero por ser compacto ficou meio desproporcional com as linhas da projeção).
    Creio que o tanto que o Sandero ficará mais refinado vai depender muito dos preços do Kwid, caso se confirme que as versões completas irão custar menos de R$40.000, a Renault não deverá mexer muito no Sandero, melhorando (um pouco) o acabamento e atualizando o estilo.

  • Ric53

    Se melhorarem o acabamento do interior e o for bem avaliado no Latimncap, meu próximo carro será um Sandero RS, sem dúvida já que me decepcionei com o Argo

  • J_Eduardo

    Gostei, são projeções que não devem nem sei e tornar reais, mas Ainda assim a frente ficou bem interessante e harmoniosa, a traseira, me parece, que carece de uns poucos ajustes. A lanterna e para-choques formam volumes horizontais que não parecem harmonizados. Falta, me parece uma melhorada na parte inferior, ou seja,um para-choque mais agressivo, com outras perspectivas em outros ângulos para dar uma perspectiva mais robusta.
    A solução para a parte inferior da lanterna me pareceu interessante, pois não compromete o estilo e reduz os custos, mantendo a chaparia do antigo, gostei….

  • RRROL

    Show! Com melhor acabamento no interior, CVT, 6 airbags, barra de proteção lateral, 3 apoio de cabeça no banco traseiro, Esp e tc, (ao menos nota 4 no latincap) bancos em couro, ia ficar melhor que o “premium” fiat Argo. Mantendo o preço, pois argo top a 80k é piada! Aliás qualquer Argo está com o preço absurdo. Para mim deveria diminuir 7k em cada versão.

    • Cleidson

      Sandero tem ESP opcional nas versões 1.6 e de série na 2.0

  • Paulo Vítor

    Um delírio essa projeção. Não podemos esquecer que a origem do Sandero é Dacia e que a Renault costuma incorpora-lo no seu portfólio com sutis alterações de estilo.

  • André Gonçalves

    A grade q não gostei

  • Lucas086

    Até que ficou bonito viu, pena que será quase impossível, dada a origem do projeto, as linhas do sandero e logan já estão desgastadas.

  • Maycon Farias

    Provavelmente fique apenas na projeção esse Dacia. Se ocorresse uma atualização assim, chegaria como Mega Super Premium ou acabaria se tornando um SUV médio ja que o Kwid foi falado com SUV. O futuro das atualizações ou modelos novos de qualquer marca aqui é sombrio, foi se o tempo que esperávamos atualizações com a expectativa de não chegar caro demais. Depois do preço do Argo não espero nenhum milagre mais.

  • Brasil_MG

    Parabéns ao Filipe, ficou boa a projeção, só gostaria de ver a lanterna traseira um pouco mais pra cima, próxima do vidro

    • Tsi

      O bacana seria um novo Sandero, com painel decente inspirado no Clio europeu

    • Celso

      Ia dizer a mesma coisa, de modo geral as lanternas traseiras dos carros poderiam ser um pouco mais altas, tanto de hatchs quanto de SUVs.

  • Samluzbh

    Ficou bonito, mas como o Sandero é um veiculo de “baixo” custo, provavelmente não terá lanterna traseira dividida!

    • carroair30

      O pessoal fala do SANDERO como baixo custo como se fosse apenas e tao somente ele,ora e os OUTROS???? ONIX,KA,FOX HB20………………………………….

      • Samluzbh

        Você tem razão, mas a Renault assumiu isso desde a criação do Sandero/Logan, olha a Fiat com o Argo, “compacto premium”, será?

        • carroair30

          Claro que nao,esse negocio de chamar “compacto premium” nao passa de uma frase de “manobra” e induz o leigo a achar que esta adiquerindo um carro “superior” Infelizmente nos Brasileiros somos facilmente MANIPULADOS em todas as areas e aproveitando essa materia muitos aqui estao induzindo a achar que o SANDERO nao é um bom carro e tem muitos aqui acreditando nessa mentira.Pra vc ver e ler como somos induzidos a erros

  • ####Carlao GTS

    Se tirar essa maçaneta por uma decente ,fechou.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Dficilmente será assim, deve seguir os moldes do novo Dacia Sandero 2017, mas se fosse assim seria bacana

  • Mayck Colares

    Melhorou muito!! Principalmente a dianteira.

  • Aires Jone

    Se viesse assim…oba

  • Vinícius

    Em minha opinião as tres coisas que menos gosto no atual Sandero são: lateral (principalmente maçaneta), traseira (que ao meu ver nessa projeção ficou bem melhor) e interior, que é um problema de quase todos os renaults oferecidos aqui.

  • Sergio

    Gostei dessa projeção, mas a Renault tinha que ser mais agressiva com o seu best seller, Sandero! Precisa de direção elétrica. Agora que estão vindo com a eletro-hidráulica enquanto todos os concorrentes já usam a elétrica. O conceito das portas do Sandero é ultrapassado, portas sobrepostas à lateral ( e não embutidas, como na maioria dos outros concorrentes). Esse conceito dificulta o isolamento acústico. Falta um teto solar na versão mais top, ou um teto panorâmico. O carro tem potencial para vender mais, porém tem que melhorar muitas coisas!

  • Wagner Lopes

    Deu uma melhorada boa nesta projeção. O Sandero hoje me preocupa bem mais pela fragilidade da carroceria que pelo acabamento ou mecânica.

  • Fabão Rocky

    A msm carroceria de 10 anos atrás de qdo foi lançado e plataforma jurássica do Clio dos anos 90.

  • Edinaldo_Tapica

    Já vi aqui algumas projeções do Filipe Augustus… Acho que ele foi muito feliz nessa do Sandero. O resultado ficou muito bom e realmente em diálogo com a linguagem atual europeia da Renault. Gostei muito!

  • Hebert Neves Sampaio de Andrad

    Não entendi, este é um projeto feito por um leitor?
    Se é isto, o cara é muito bom em design automotivo.
    Ele conseguiu remodelar o Sandero sem perder as caraterísticas da Renault.
    Mais sóbrio do que o europeu, posso estar enganado, mas o de lá é cheio de vincos, coisa que o coloca mais perto dos Peugeot.

  • Douglas

    Continuou feio.

  • marcosCAR

    Linda traseira, parabéns

  • Se o Sandero ficar assim, será um dos melhores da categoria, sem dúvidas!

  • Nelson Beffart

    Se realmente ficar assim ou próximo disso ficará esteticamente bem melhor.
    Vindo Com boms materiais de acabamentos e bons equipamentos de série e vier com bom posicionamento de preço tem tudo para vender bem.

  • Gustavo

    É mais fácil que a Renault siga o desenho da Dacia http://www.dacia.pt/gama-dacia/novo-sandero-ph2/galeria-multimedia/fotos/ em um eventual face lift de Sandero/Logan

    • André Pira

      Realmente faz sentido. Podemos ver que no novo Duster essa frente da Dacia já é uma realidade aqui em terras tupiniquins…😁

  • Marcus Vinicius

    Imagino que os retoques vão ser apenas na parte frontal !

  • Itamar

    gostei

  • NaoFaloComBandeirantes

    Ficou excelente a projeção (de muito bom gosto). “Conversa” com outros modelos Renault sem ser cópia.

    Entretanto, acho que a Renault, quando for reestilizar o Sandero, deveria forcar no interior.
    O interior do Sandero passa uma sensação de simplicidade exagerada. Mesmo com multimídia, passa sensação de simplicidade.
    É uma questão de materiais e acabamento. Falta um refinamento.

  • Alexandro Henrico von Mann

    Pohâ, ficou top. gostei mesmo!

  • Marcelo SR

    Melhorou.

    • Marcelo SR

      Mas o interior tem que acompanhar tb, pq atualmente é muito sem sal.

  • klaus

    chupa, Golf

  • zeh

    …a casca sempre a mesma….até 2025…kkkk

  • Vattt

    A frente ficou show, e não seria difícil adotar esse para-choque que ficou muito bom!!! Mas infelizmente já foi visto a foto real do carro 2018 num Symbol (logan) e vi que será mais simples o farol!!! A traseira ficou muito boa, mais dai, alterar a chapa da carroceria e a aplicação de conjunto óptico na tampa traseira seria sonhar d+ pra Renault brasil mexer nisso. Mais fácil só redesenhar (economia porca) as lanternas, kkkkkkkk.

  • Carlos Augusto Morais – Grupo

    Lindo demais, espero que vire realidade. Seria um dos mais bonitos do nosso mercado.

  • Guilherme Batista

    Bem bonito a frente, mas a traseira não ficou legal não

  • Luconces

    Feia por que? Ta lembrando bem o Mégane 2017.

  • Eduardo Contro

    Parabéns, ficou horrível

  • fabricioaguirre

    Matéria equivocada, pelas especificações, é o 2017 ! O 2018 é baseado no sul africano e tem opção de CVT.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email