India Renault Salões do Automóvel SUVs

Novo SUV compacto da Renault não dá as caras no salão indiano

Novo SUV compacto da Renault não dá as caras no salão indiano

Ele já foi flagrado diversas vezes e teve até teaser divulgado pouco antes da principal mostra automotiva da Índia. Contudo, os dias de apresentações se foram e a Renault não disse nada. Afinal, cadê o novo SUV compacto da marca?


O chamado projeto HBC não apareceu em Nova Déli, para decepção da imprensa local e do público, que naturalmente queria conferir mais uma novidade em um segmento altamente competitivo na Índia.

A Renault mostra o Triber em pintura dois tons, que mais parecia um SUV compacto do que minivan. Também revelou o Duster com motor 1.3 turbinado para reforçar suas vendas no país.

Novo SUV compacto da Renault não dá as caras no salão indiano

Só que o HBC, cujo projeto envolve ser um rival direto de Ford EcoSport, Tata Nexon, Hyundai Venue e Honda WR-V, não deu as caras. Aliás, seu principal concorrente surgiu, o Maruti Brezza atualizado, fora o mais recente Kia Sonet.

Com menos de 4 metros, o Renault HBC é derivado do Kwid e possui a plataforma modular CMF-A+, podendo ter o mesmo entre-eixos do Triber, mas com layout mais robusto e para cinco pessoas.

Seu potencial é considerado global, uma vez que mercados como o Brasil, por exemplo, são regiões oportunamente boas para esse tipo de veículo, especialmente numa faixa de preço abaixo do Duster, que aqui chega em nova geração no próximo mês.

Por lá, se espera que o HBC entregue um propulsor 1.0 de três cilindros com ou sem turbo, além de uma unidade diesel dCi e também um câmbio automatizado para compor a oferta local.

Em sua investida global, o uso desse propulsor será fundamental para oferecer eficiência energética como atratividade além do preço menor. Agora, sem sua aparição no evento indiano, o mistério paira no ar.

O que teria acontecido para a Renault ter desistido? Seja qual for a razão, o carro já está pronto e não deve demorar muito mais do que semanas.

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Cesar

    Mistério

  • Rogério R.

    Desse salão com a ausência do HBC que segundo algumas mídias se chamará Kiger, o que mais me chamou a atenção foi o lançamento do Duster 1 2020 equipado com o motor 1.3 TCe com opções de câmbio manual e CVT, mostrando que possivelmente está será a mecânica adotada pelo Duster 2 brasileiro que também é a mesma do Arkana russo. Fiz um [OFF] no tópico “Chevrolet Equinox RS chega com visual expressivo no mercado americano” aqui no NA com um link mostrando um vídeo dele. Para mim a futura Oroch reestilizada será inspirada nesse Duster indiano.
    Agora essa ausência do HBC(Kiger) é muito estranha. Só se resolveram adiar o lançamento do SUV.

    • Cesar

      Aqui por mais que digam o contrário, o 1.3 TCe usará o CVT.
      A Renault não tem tradição e não é louca de usar aqui o DCT ainda mais pelo histórico do Powershift e da própria VW abandonar esta tecnologia.
      Ademais, na Europa publicações dão conta que a Renault pretende deixar de usar o DCT por lá.

  • Humberto Carvalho

    Esse teaser nunca foi do suv, era do Renault Symbioz, que a Renaukt disse que mostraria no salão, e mostrou! Ela não divulgou e nem prometeu mostrar o suv, foi só especulação da mídia!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email