_Featured Hatches Lançamentos Sedãs Test Drive Toyota

Novo Toyota Etios 2017: Impressões de todas as opções de motor e câmbio

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (13)

O Novo Toyota Etios 2017 chega ao mercado nacional a partir do dia 28 de abril com preços entre R$ 43.990 e R$ 60.895, trazendo novidades em termos de mecânica, tecnologia embarcada, acabamento e segurança.

Com novos motores 1.3 e 1.5 Dual VVT-i, o Novo Etios 2017 agora dispõe de mais força em baixas rotações e disposição, entregando 88/98 cv no 1.3 e 102/107 cv no 1.5, respectivamente com gasolina e etanol. No torque, a força foi ampliada para 12,3/12,8 kgfm e 14,0/14,4 kgfm, respectivamente 1.3 e 1.5.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (17)

Além de propulsores mais potentes, o Etios 2017 recebeu duas novas transmissões, sendo a manual de seis marchas e a automática com quatro velocidades, ambas oferecidas em todas as versões do compacto da Toyota. A marca japonesa também ajustou suspensão, direção, freios e isolamento acústico.

Por fora, nada mudou. Por dentro, a novidade fica por conta do quadro de instrumentos digital, que possui uma tela TFT de 4,2 polegadas com velocímetro, conta-giros (com duas visualizações), nivel de combustível, temperatura da água e computador de bordo.

O acabamento recebeu melhorias e o nível de equipamento foi ampliado, tendo agora piloto automático, apoio de braço para motorista (auto), volante multifuncional em couro, cinto de três pontos e apoio de cabeça para o quinto ocupante, entre outros.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (54)

Impressões gerais

O Novo Etios 2017 só é novo por dentro. O compacto nipônico mantém o visual simples e sem emoção da parte exterior. No interior, o destaque sem dúvidas fica para a instrumentação digital, que tem visualização personalizada no campo direito, onde fica computador de bordo e conta-giros.

O estilo é interessante e o computador oferece várias funções, inclusive uma que permite saber o gasto com combustível ao inserir o valor por litro no sistema. Além disso, o Etios 2017 conta com gráficos de consumo e econômetro bem destacado.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (38)

A visualização das informações é bem superior ao do modelo anterior e a aparência é agradável. Sob sol forte, a tela é um pouco ofuscada, mas consegue-se ver perfeitamente os dados apresentados. A multimídia nas versões mais caras é simples e sem navegador, mas tem espelhamento para smartphone, entrada SD, USB, auxiliar e HDMI. Na versão XS é um rádio mais simples, enquanto a X só tem espaço para um rádio 2din.

O volante multifuncional é parecido com o do Corolla e tem acabamento em couro nas opções mais caras, mas a parte central com material costurado é de série em todas as versões. Tem somente regulagem em altura. Nas XLS e Cross, vem com piloto automático na coluna, a clássica alavanca da Toyota.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (31)

Bancos em couro também são oferecidos nas opções tops. O banco do motorista ganha apoio de braço na versão automática XLS e Cross, garantindo mais conforto ao dirigir em viagens. O banco traseiro com pacote de segurança completo é elogiável. A nova padronagem também agrada, mas o ambiente em geral é simples e prático, sem luxo, apesar dos detalhes em preto brilhante e texturas diferenciadas.

Desde a versão X, o Etios 2017 já vem com trio elétrico completo, direção elétrica e ar-condicionado, além de chave com controle remoto. O espaço interno continua bom, enquanto o porta-malas do sedã mantêm-se generoso com seus 562 litros. Mas, por exemplo, falta um banco traseiro bipartido, assim como reposicionamento do comando dos espelhos. Sensores de estacionamento também seriam importantes como item de série.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (9)

Impressões ao dirigir

Mogi das Cruzes/SP – Dirigimos todas as opções de motor e câmbio do Novo Etios 2017. O teste começou pelo Etios 1.3 X automático. O compacto se mostrou bem-disposto com o novo propulsor e com transmissão automática de quatro velocidades, que possui uma boa calibragem para a proposta do modelo.

O motor 1.3 Dual VVT-i sobe rapidamente de giro e as trocas ocorrem normalmente a 3.000 rpm. As retomadas também agradaram, assim como o vigor nas acelerações. Ainda assim, com quatro marchas, o propulsor acaba inevitavelmente passando de 4.000 rpm e o nível de ruído é prejudicado. Lembrando que o isolamento foi atualizado. A caixa possui um sistema de gerenciamento eletrônico que permite analisar o tipo de condução e ajustar as trocas.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (43)

Rodando a 110 km/h, o Etios 1.3 X automático marcava no display 2.800 rpm, um nível bom para manter o ruído adequado e favorecer a economia na estrada. A condução do modelo, que já era boa no modelo anterior, ficou mais agradável com o propulsor atualizado.

Além do automático, andamos no Etios 1.3 X manual. Com seis marchas, o compacto surpreendeu pela boa calibragem entre motor e câmbio, que proporcionou boas retomadas e a manutenção de marcha alta em rotação baixa, revelando a elasticidade do propulsor. Para uma condução normal, as trocas a 2.500 rpm são mais do que suficientes. Rodando a 110 km/h, o marcador aponta para 2.500 rpm. Agradou bastante.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (48)

Partimos então para o motor 1.5 com transmissão automática. Nesse caso, a força maior do propulsor garantiu ainda mais conforto e agilidade na condução. As trocas também ocorrem perto de 3.000 rpm, mas o propulsor maior trabalha a maior parte do tempo em 2.500 rpm, mesma rotação alcançada a 110 km/h. O casamento motor/câmbio também é adequado. As respostas são mais pontuais, assim como as retomadas.

No caso do 1.5 manual, também avaliado em um Etios Sedan, o desempenho foi nitidamente superior. A elasticidade do 1.5 Dual VVT-i pôde ser observada ao rodar abaixo de 1.000 rpm sem trepidação.

Em sexta marcha, é possível andar a 50 km/h sem engasgos e aparente falta de força. Moderando-se o pé e acelerando de forma gradual, não demora para se alcançar 120 km/h sem alteração de marcha. Nas ultrapassagem a 80 km/h, pode-se jogar uma quinta que o Etios 1.5 vai tranquilamente. As retomadas são muito boas e as saídas são mais do que adequadas para a proposta do carro.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (53)

Rodando a 110 km/h, o marcador também se mantém em 2.500 rpm. Falando da sexta, ela não foi feita para manter um cruzeiro econômico no Etios 2017, respondendo normalmente ao acelerador. O escalonamento de marchas, tanto no 1.3 quanto no 1.5, é muito bom. A embreagem de acionamento hidráulico é macia e tem curso adequado.

No consumo, a Toyota recebeu nota A para o Etios 2017 nas duas categorias, tendo de 8,5/10,3 e 12,5/15,0 km/litro no Etios Sedan 1.5 com etanol e gasolina em cidade e estrada, respectivamente. Com câmbio automático, o modelo faz 8,4/10,4 e 12,2/14,9 km/litro, na mesma ordem. No hatch 1.3 automático, por exemplo, os números são de 8,2/9,2 e 11,8/13,3 km/litro, respectivamente.

novo-toyota-etios-2017-impressões-NA (1)

No geral, o Novo Etios 2017 melhorou o que era bom e ganhou mais pontos em performance. O compacto da Toyota pode ainda não ser aquela beleza em termos de estilo e ergonomia, que continuam devendo e muito. Mas, o novo conjunto mecânico, bem acertado, e o painel digital de boa aparência, se destacam entre as novidades. Os preços infelizmente continuam altos, atingindo os R$ 60.000, mas na concorrência também não é muito diferente.

A proposta da Toyota é oferecer um bom conteúdo e uma condução mais prazerosa em detrimento de estilo. A receita, inicialmente criticada, parece ter dado certo e as vendas do Etios estão de acordo com o planejado pela marca japonesa, que não pensa em grandes volumes, mas em quantidade que seja rentável.

Galeria de fotos do Novo Etios 2017:

Evento a convite da Toyota.





  • Ailton

    Não sei se sou muito chato ou exigente, mas tinha que ser o velho câmbio at de 4 marchas? E ainda tem gente que baba ovo pra essa Toyota!

    • ricmoriah

      melhor seria um CVT, mas quem sabe na próxima geração…

      • Vou resumir: Bom desempenho, bom consumo, bom custo de reparabilidade (CESVI), bom espaço interno, boa rotação andando a 110 km/l, interior melhorou demais com painel digital central que lembra o C4 VTR, mecanica que já era elogiada e agora ficou melhor ainda com comando de valvulas, boa rotação andando a 110 km/l, bom espaço interno, otimo pos venda (primeiro lugar no ranking), todos com vidros eletricos nas 4 portas (nada de manivela), 4 estrelas no latinncap, e agora vem com cambio automatico (nada de mono embreagem, ou cambios defeituosos). Por sinal, olhando a tabela de consumo, o cambio automatico está com consumo quase identico em relação ao manual. Cambio Toyota com calibragem Toyota é outro nivel. Vai vender é muitooo!

        • Lucas Mendanha

          No Etios tem tudo pra essa caixa casar melhor que no Corolla. O motor tem bom torque (pra um 1.5) desde baixa rpm e a carroceria é leve. Se não tiver o limitador de engate da 2° a 95km/h, ficaria ótimo!

          No Corolla o que mata é que o motor só acorda acima de 4000 rpm. E por ter o limitador de engate da 2° apenas até 95km/h (mesmo ela cortando a 125 quando já engatada) sacrifica muito o desempenho do carro em rodovias pista dupla (tao comuns em MG, acrescidas de Serra e Bi-trens).

          No meu Focus as relações são bem parecidas, mas pelo Duratec ter um bom folego ja a partir de 3000 rpm, e a 2° poder ser engatada enquanto tiver rpm livre, faz com que o desempenho em pista seja muito melhor, mesmo sendo quase 200kg mais pesado.

          • fbl

            e na cidade o duratec é morto ou nao é? Ainda mais AT4.

            • Lucas Mendanha

              Acho que ja respondi no outro comentário, mas, o meu não é nao.. Bem mais forte que o 1ZZ-FBE.

          • Caio Ferrari

            Você poderia, por gentileza, postar as médias de consumo que você consegue com seu Focus em cidade e estrada?

            • Lucas Mendanha

              Caio,

              No momento estou dividindo moradia entre Belo Horizonte e João Monlevade, duas cidades de relevo bem irregular e transito não tão fluido. Da mesma forma, as rodovias são montanhosas, pista dupla e com grande movimento de carretas bi-trem.

              Meu carro é um Focus Sedan GLX AT, ano 2009, com injeção Ford monocombustivel. Está equipado com rodas aro 18″ e pneus 235/40.

              Minhas médias dirigindo de forma tranquila e fluida são:

              Gasolina E27
              Urbano BH: 8 a 8.5km/l
              Urbano JM 7 a 7.5km/l
              Rodovia 11.5km/l

              Mistura E66 (pouco mais de 50% de etanol + gasolina E27)
              Rodovia 10km/l

              Se pisar, anda bem demais, mas as médias caem. Tenho buscado andar tranquilo pra nao pesar tanto no bolso.

              Como comparação, Pai tem um Corolla 1.8 AT 09/10 e o consumo médio tem ficado na faixa de 7 urbano BH e 10 a 10.5 estrada BR381/262, abastecendo no mesmo posto.

        • João Cagnoni

          Eu tenho um C4 e minha irmã tem um Etios. Fiquei inconformado com a comparação do painel.

          • Roger Bersch

            Eu também ficaria…se tivesse um Etios. Esse monocromático com fundo amarelo é horrível. O do etios é melhor. Claro que não da para comparar o geral do painel, mas focando no painel central o estilo é o mesmo.

            • João Cagnoni

              Não tem jeito, o pessoal aqui gosta de lixo mesmo. Desisto.

              • invalid_pilot

                Falou o senhor dono da verdade !

                Eita dificuldade de assimilar opiniões contrárias

              • Roger Bersch

                Deixa de mimimi cara, a comparação é justa. O c4 tem lcd monocromático de calculadora e o etios tem lcd colorido, é bem melhor a aparência. Ninguém entrou no mérito do carro em si. Óbvio que, no geral, como eu disse, o c4 tem um painel melhor até por ser um médio e não popular, mas já é um carro antigo.

            • João Cagnoni

              CHEGA de discutir! Eu vou embora desta discussão! Fui…

              • Bittencourt

                Se a velocidade for 227 km/h, parabéns por colocar a vida dos outros e a sua própria em risco.

                • João Cagnoni

                  Risco de vida é um carro com tambor atrás igual o Etios.

                  • Bittencourt

                    Não tente defender o indefensável; ainda mais com um argumento medíocre desse.
                    Tentou tirar onda, mas só mostrou o quanto é irresponsável.

                  • Caio Ferrari

                    Risco de vida é um irresponsável dirigindo. Mesmo que seja um Volvo..

                    • Eu não imagino alguém responsável precisar dirigir a mais de 200.

                    • João Cagnoni

                      Irresponsáveis existem em todos os carros, mas a segurança do carro é primordial.

                  • Que bom que carro com freio a disco atrás não sofre acidente e não mata! Ufa!

                    • João Cagnoni

                      Sofre menos.

              • fbl

                Mais alguns km parou com zica na bomba de combustível e foi passear de prancha. Ê citroen…

            • ViniciusVS

              E já foi o tempo que era inovador o painel do C4.

              não é um carro ruim, não é feio mas é bem “cansado” já.

            • Edson Fernandes

              Como é que é? Esse fundo amarelo é melhor para a visualização e o posicionamento de longe é melhor para se dirigir. Perceba pela foto que inclusive nem a iluminação externa causa ofuscamento, coisa que do Etios ainda que tenha melhorado ao anterior, ainda é inferior.

          • Thales Sobral

            Também fiquei inconformado. O do Etios tá muito melhor… rsrsrs

          • Wagner Lopes

            Parabéns! Carro de verdade com padrão europeu. Jamais trocaria por um feietios…..

          • Gabriel Oliveira

            comparar com o painel do c4 foi de doer mesmo, kkkk

        • João Cagnoni

          Eu NUNCA pagaria 54 mil em um HB20, 53 mil em um Ônix ou 47 mil em um Etios. Sinceramente, não pagaria metade com um financiamento sem juros. Já tive um Palio Fire 0km que paguei 21,5k em 2010, já foi dinheiro demais pra pouco carro, nunca mais vou cair nessa cilada.

          • Eu nao disse que vale o valor, afinal está é tudo caro mesmo. Apenas enalteci que diante dos concorrentes está com preço bem inferior. Eu compraria um medio usado sem pensar duas vezes. kkkkkk

        • Jaspion

          vc encontra hb20 por 48k, 54 é preço de tabela.

          • Ernesto

            Pois o Etios também sempre foi vendido com desconto.

          • Edson Fernandes

            Por 48000 automatico???

            • Jaspion

              sim, na webmotors tem a rodo… tb já achei em loja multimarcas por 49K, o AT

              • Edson Fernandes

                Orra, de repente será mais um para eu andar e ver o comportamento.

        • Denis Lopes

          Vou resumir mais: Bom e feio.

        • Curioso.. De repente ESP perdeu novamente a importância. Espero um post de Fiat, VW ou Ford que a importância dele volta…

          • Unico concorrente com ESP é o Fiesta.

            • Ka. Mas vai ser bom lembrar disso quando outros concorrentes lançarem novos carros ou novas versões/modelos dos carros existentes.

              • Tendi eh nada onde vc ker chegar. Ka nao tem cambio automatico. Alem do mais, de onde saiu esse papo de ESP? Eu nunca falo dele em nenhum outro modelo, de nenhuma concorrencia. Vc deve estar me confundido com alguem, ou dando reply pra pesssoa errada.

      • Edson Fernandes

        Moriah, pode me tirar uma duvida? O controlador de velocidade do Etios tem indicação da velocidade ajustada? Ou apenas informa que o Cruise Control está ativo?

    • Caio Ferrari

      No final, o que importa? A performance e economia ou o número de marchas?

      • Lucas Mendanha

        Pra revistas/blogs/sites, quanto mais marcha melhor.. dane-se se a calibracao e o casamento com o motor são horriveis.

        Daqui a pouco exigem uma Opticruise de 14 marchas da Scania.. hahaha

        • Caio Ferrari

          O HB20 AT6 bebe para caramba, o Etios AT6 anda bem e é super econômico. Mas o pessoal quer duzentas marchas.
          Nos EUA eu aluguei um Yaris AT4 e cumpriu bem seu papel, e foi bem econômico. No final, o que importa é a performance e o consumo. Como o fabricante fará para atingir isso, problema dele..

          • João Cagnoni

            A questão é, você já andou em um carro semelhante ao Yaris com 6 marchas? Notou a diferença? O Corolla de geração anterior era bom com 4 marchas, mas a diferença para o manual de 6 marchas era gritante. Se comparar com o novo CVT, não dá nem graça.

            • Caio Ferrari

              Ja. Já andei com o HB20 AT6. So dois sao muito bem resolvidos.

          • Roger Bersch

            Etios é só AT4. É MT6.

            • Caio Ferrari

              Errei. Quis dizer AT4.

          • Lucas Mendanha

            Pois é. Se o cambios de 6 marchas tivessem uma relação close-ratio, beleza.

            Mas normalmente acrescenta uma 1° marcha curtissima que praticamente nao é usada e uma sexta ainda mais longa (normalmente na casa de 0.6x) e que tbm é pouco usada no dia a dia..

            Em Drive, meu Focus usa muito pouco a 1° marcha (2.81×4.20) dado o torque do Duratec e a redução do conversor antes do stall.

          • Etios AT6?

        • João Cagnoni

          Lucas, não estamos discutindo apenas número de marchas. Estes câmbios de 4 marchas realmente possuem buracos, basta guiar um pra perceber.

          • fbl

            Certamente nunca dirigiu um corolla da geração passada. Não confunda esse cambio com o lixo 4 marchas que vinha nos PSA. Obviamente que o cvt do corolla atual é melhor mas o etios é um carrinho de entrada. Popular. À pergunta que nao quer calar: ele bebe mais e anda menos que os seis marchas do mercado? Nao ne. E certamente nao ira trepidar como uns e outros e ira aguentar milhares de km tranquilamente. Toyota é outro patamar.

            • João Cagnoni

              Isso aí! Toyota é Toyota!

            • Lucas Mendanha

              O cambio é bom, suave e com boas relações. O problema é o entrosamento dele com o motor 1.8, que com baixo torque em baixa e limitador de redução para 2° a 95km/h, mata o desempenho do carro.

              • fbl

                Cara, sinceramente eu acho o contrario. Ele é muito melhor de baixa do que de alta o 1.8. Em alta falta um pouco nas retomadas mas em baixa ele tem bastante força. Vc liga o ar, sai de um sinal e ele vai muito bem. Tive um focus duratec manual e ao ligar o ar na cidade, era preciso dar giro pra sair no sinal, senao ele dava aquela murchada chata pra depois ganhar força. Pode ser que no AT4 seja menos perceptível mas creio que é uma característica desse duratec. Pra ser sincero ainda acho que na geração passada do corolla o 1.8 pra quem roda mais na cidade é melhor opção do que o 2.0. Ja andou nos AT4 da PSA? Uma lastima.

                • Lucas Mendanha

                  Essa questão do Focus depende muito de qual versão de software instalada na ECU (tem várias versões). O meu é um 2009 AT monocombustivel. Quando peguei (era de um senhor de idade), também achei lerdo. Mas foi só acostumar ao meu pé e modificar a captação de ar (uma simples SRI) que o carro virou outro. Arranca e retoma que é uma beleza. Tenho orientado essa modificação nos clubes e o pessoal tem sentido o mesmo efeito.

                  No Corolla, que pai tem desde 2009, nao tem essa patada. Ele melhora bem quando passa de 4000rpm, mas antes disso ele vai pesado.. e quando passa de 5000 ele ja começa a ficar áspero, coisa que vc nao sente no Duratec (que gira 9000rpm em versões preparadas). No alcool é ainda mais aspero.

                  Reparo bem nesses detalhes quando to dirigindo.

                  Ja pensei em fazer uma SRI no Corolla tbm, pois a tomada de ar dele é bem longa. Mas sabe como é coroa né.. me olhou com uma cara feia quando toquei no assunto..

                  Quanto ao AL4, ja andei sim.. desisti de um 307 Griffé anos atrás por causa dele.. Além de problematico, tem uma calibração burra (na minha opiniao)

                  • fbl

                    Bom, estava falando do carro original sem modificações. O meu era um ghia 2011 manual e totalmente manco em baixa, porem muito forte e elastico em alta. O corolla AT é o contrario.

                    • Lucas Mendanha

                      Mas em tese o carro continua original.

                      A versão de software são as atualizações feitas em concessionária. Não sei dizer o que realmente consta nelas, mas muda bem o comportamento do carro. Pode ser que o seu estivesse com a programação mais “lerda”. Isso já foi reportado aqui mesmo no NA.

                      O SRI citado é uma modificação onde ao invés do ar ser captado proximo ao farol direito, por um duto longo, esse duto é retirado e o mangote fica apontado direto pra grade. Muda sensivelmente o tempo de resposta em qualquer faixa.

            • Wagner Lopes

              É outro patamar nos EUA você quis dizer….

              • fbl

                Boa, lá também desfrutam da imagem de robustez acima da média para aquele mercado. Não atoa vendem muito Camry, Corolla, Tundra, etc. Cada mercado com o portfólio que merece.

            • Gabriel Oliveira

              todos os at4 são uma bosta, do corolla inclusive

          • Lucas Mendanha

            Guio diariamente meu Focus AT4, e funciona muito bem com o Duratec. Da mesma forma guio com frequencia o Corolla AT4 de pai e nao casa bem com o motor 1ZZ-FBE.. Como disse num outro comentário, é questão de casamento motor x cambio.

        • Ah sim… Se ele tivesse marchas a mais a calibração seria pior não é?

          • Lucas Mendanha

            Apesar de não ser exatamente o mesmo motor, mas o CVT mudou da agua pro vinho o rendimento do Corolla 1.8, justamente pq chega e se mantem na faixa de melhor rendimento dele (acima de 4000rpm) muito mais fácil.

            Mas não vou render não pq a gente sempre discute aqui no NA quando o assunto é cambio automático.

            • Edson Fernandes

              A questão é que agora, estão endeusando cambios de 4 marchas onde há até comparativos de melhoria para muitos carros inclusive o Focus com mais marchas.

              Tanto em consumo como no aproveitamento. Oor mais que ele seja suave e tenha bom rendimento, vejo também comentarem médias absurdas no Focus powershift.

      • invalid_pilot

        Pessoal reclama de beleza como impeditivo de se comprar o carro…

        E os adeptos das fichas técnicas adoram falar em caixas de 6 ou mais marchas.

        • Ailton

          Quatro marchas está ótimo, pra que colocar o câmbio do corola nesse carro? Correto?

          • invalid_pilot

            Longe de ser moderno, mas se cumprir o papel e for robusto, econômico em consumo, qual problema?

            Não vou emitir opinião sobre o Etios com esse cambio pois desconheço

            Prefiro um AT4 que qualquer Dualogic ou I Motion lixento

        • Caio Ferrari

          O pessoal sofre com a falta do que fazer.
          Se você só compra carro bonito e acha o Etios feio, não compre!
          Se você quer carros com muitas marchas, compre AT6 ou um CVT e não o Etios.

          As pessoas que comentam notícias são muito críticas, vem aqui destilar veneno sobre os carros que não as agrada, mesmo sem nunca terem dirigido. É muito chato isso. Só coisa ruim, só reclamação. Que mania do brasileiro de reclamar de tudo

          • invalid_pilot

            Exato!
            Uma coisa é criticar pontos fracos (isso todos os automóveis tem), outra coisa é vir querendo pregar verdades sem ao menos nunca ter dirigido tal veículo.

            O Etios é um carro bem feito (menos o interior, que apesar de melhorias ainda acho meia boca), mecanicamente competente e num preço compatível com a categoria dele.

            • João Cagnoni

              Em muitos casos não é necessário dirigir um veículo pra expressar uma opinião. Ninguém tem condições de dirigir todos os carros do mercado. Coincidentemente eu já dirigi o Etios, é muito bom pra manobrar, o volante é leve e o carro é pequeno. Mas eu acho ele muito caro e o carro é fraco, não tenho o direito de dizer isso?

              • invalid_pilot

                Pode falar até que Fiat é o supra sumo da industria nacional, agora querer que todos concordem com a sua posição e fazer o que fez nesse post que estou respondendo (se irritando e achando que não pode ter sua opinião sendo que não disse o contrário), não tem direito.

                O espaço aqui justamente é pra debate e troca de ideias. Aliás ganho nada se concordar ou discordar de mim ou de outras pessoas.

                É tão infantil e patético quem se ofende com opiniões contrárias sobre determinado tema.

              • Ernesto

                Fraco em qual sentido?

            • fbl

              Preferem dualogic, i-motion e powershit trepidadores, entendeu? Haja super trunfo para esses engenheiros de blog

              • Curioso: Porque “esqueceu” os câmbios de Hyundai e Chevrolet?
                Trepidação no Powershift? Isso é defeito das unidades não característica do câmbio.

                • fbl

                  Eu não esqueci o da chevrolet, eu simplesmente comentei que os automatizados mono embreagem sao piores certamente do que o at4 da Toyota. Inclusive, quanto ao cambio automatico da GM, por azar ou nao, tive na família uma pessoa que ficou mais de um mês sem seu cruze por defeito no câmbio, esperando a troca pela GM com o carro parado numa ccs do PR. Pode ter sido somente azar o dele. Mas agora vc querer chamar de defeito de algumas unidades no caso do powershift vc ta cego ou de brincadeira ne? Rsrsrs Quer mesmo comparar a quantidade de casos com os das outra marcas? É um defeito desse projeto obviamente. Nao tem desculpa. É problema global amigo.

                  • Mas se esqueceu da Hyundai…
                    Ok, o problema da Ford é imperdoável e lançar um carro em 2016 com 4 marchas não é. Ok.
                    Dúvidas? Olha o post do 3008 sobre o câmbio de 4 marchas. Toyota pode. Peugeot não. “Ah, mas o 3008 é de outra categoria”. Sim, mas Onix e HB20 não.
                    Temos nesse post 180 comentários até agora. Sou o primeiro a lembrar a falta do ESP, e inclusive alguns celebraram ele como um carro seguro. Pois bem, olhe nos posts sobre o up! o quanto essa ausência é lembrada. Toyota pode. VW não. Bom, pelo menos eu posso regular a altura do cinto ao contrário do VW não é? Não, espera…

                    • fbl

                      Uma pergunta: vc conhece esses carros que esta falando? Ja dirigiu? Ja dirigiu um PSA 4 marchas pra comparar com outros 4 marchas? 3008 at4??? E outra, novamente antes que precise desenhar, compare um carro com seus pares do seu segmento.

                    • Já. No caso do PSA, tive um. Quis falar 2008, desculpa. Eu já comparei, Onix e Hb20. E você se silencia sobre o Piracicabano. Porque será? Pode desenhar para mim?

            • E o fato do câmbio ter 4 marchas você não acha que é um ponto fraco?

              • invalid_pilot

                Depende, se for mal casado sim, mas se atender , for robusto e ter baixo consumo não vejo problemas.

                Pessoal esquece que Etios é o carro de entrada da marca

                • Porque será que Toyota, Renault, Chevrolet e Ford investiram em câmbio de 6 marchas/automatizados/CVT então?

                  • invalid_pilot

                    To falando do Etios em específico, nao vou crucificar esse cambio AT4 sem conhecimento, mas pela própria matéria diz que ele nao faz feio.

                    Entre ele e um automatizado I Motion ou Dualogic prefiro o AT pela confiabilidade e operação mais suave.

                    O 4 marchas no HB20 era horrível pois deixava o carro beberão ao extremo, ja nesse motor da Toyota parece que nao sofre do mesmo mal.

                    Foi opção da Toyota provavelmente pra conter custos, eles mesmos tem CVT melhor,mas que talvez custaria mais.

                    • Edson Fernandes

                      Só que o do HB20 casava muito bem ao motor. Mas assim como do Corolla ou mesmo do Etios, devem ter buracos devido a ter 4 marchas.

                    • invalid_pilot

                      Por enquanto me baseio com os reviews, mas o fato de ser 4 marchas nao acho demérito total. No caso do HB20 era o consumo a maior reclamação, desempenho é ok.

                    • Edson Fernandes

                      Sem dúvida. O problema é que vemos aqui dizerem sobre usar apenas o casamento de motor e cambio como argumento.

                      Quem anda mesmo nesse cambio de 4 marchas sabe que há sim buracos que cambios de 6 marchas resolvem esse aspecto e isso deveria ser pensado pela Toyota pq não dá para acreditar que hoje com uma empresa que detem a fabricante de transmissões diga que seria muito mais caro aplicar uma de 6 velocidades.

          • João Cagnoni

            Caio, estamos em um site automotivo em uma sessão de comentários que serve justamente para comentar. Por que você quer evitar isso? E qual é o seu problema em achar que isso acontece somente com brasileiros? Se você queria ver todos concordando com você, está no lugar errado.

            • Caio Ferrari

              Comentar é uma coisa, ser um Hater é outra bem diferente. As pessoas criticam tudo.

              O Brasil tem basicamente duas frentes em sua mídia automotiva: A imprensa “das rebarbas e do plástico duro” e os especialistas em ficha técnica.

              Dirigir o carro e escrever as impressões ao volante, nada.

          • Rafael Henrique Arruda

            O brasileiro esquece q está em um país sub desenvolvido, quer dar o passo maior q a perna. Só reclama, mas n faz nada de útil p melhorar o país, aí vai p eua da vida e fica se gabando, é fácil ir p um país já desenvolvido sendo q vc n contribuiu com nada naquele país é muito menos no de origem.

            • Edson Fernandes

              Mas pera…. se eu vejo um carro com um cambio mais moderno e custando praticamente o mesmo, porque eu não devo questionar a atitude da empresa Toyota em não fazer o mesmo ou melhor?

          • Cristiano Resende

            Que carro no Brasil é caro todos concordam. Dentro das opções o etios é um bom carro sim. Não ligo apenas pra beleza (e até acho a frente bonita). pra mim o problema do etios é o painel central, prefiro o painel convencional. Mas acho que teria um etios sim!

          • raf mandwolf

            Sessões de comentários, cara, é que nem rede social. A coisa mais fácil é falar mal, apontar defeito é realmente moleza. Pior é que se for falar de alguma outra coisa aí já vai vir o “é por isso que a gente não vai pra frente, se contenta com pouco”.

            O problema do pessimismo é que ele é extremamente racional e se justifica. Na boa, pra ver só coisa ruim é só ligar a TV.

            Falando do Etios, dirigi um no começo do ano, carro super bacana, o display desse modelo novo ficou legal, com esses acabamentos black piano combina bem. (Só não sou fã de velocímetro digital mas tudo bem).

          • Lucas Mendanha

            Concordo.. vejo muito comentário a respeito de cambio automático por pessoas que não gostam/nao usam no dia a dia/nao conhecem o funcionamento e começa a ditar regra pra falar o que é bom ou ruim, baseado em ficha técnica e opinião de quem escreveu a matéria.

            Tem hora que eu to preferindo nem comentar ou quando comento, evitar render discussão.

            • Caio Ferrari

              A ordem do dia é reclamar, criticar. Se tem um AT4, deveria ser AT6. Se tem AT6, deveria ser AT9. Se é AT9, deveria ser CVT.
              Se é CVT, deveria ser bonito, se é bonito, deveria custar 30 mil reais.

              Eu desconfio que esse pessoal não gosta de carro, e por isso transforma toda discussão num fla flu. O pior é que sempre regado a raiva e a ignorância sobre o carro. Credo

              • Lucas Mendanha

                Esqueceu que o CVT tbm nao presta, pq parece que o carro tem motor eletrico.. kkkk

      • Bittencourt

        Em algumas situações de estrada, e até em alguns momentos na cidade, uma marcha intermediária faz falta.
        Palavra de dono de um AT4.
        Um abraço.

        • Caio Ferrari

          Aposto que faz. Num 5 marchas também faz. Mas adotam-se soluções de compromisso.

      • Acho que ela andaria menos, gastaria mais e seria menos silencioso com um câmbio de 6 marchas?!??

    • Lucas Mendanha

      Pela minha prática (desde 2009) com automáticos, afirmo que é melhor um 4 marchas com ótimo entrosamento com o motor, do que um 6 marchas “atual” mal casado, e com uma 5° e 6° tão longa que o baixo torque do motor nao da conta de empurrar.. Pelo menos o motor do Etios não é 8 ou 80 como o do Corolla, já tendo uma boa disposição desde baixo giro, junto com uma carroceria leve, o que ja melhora o casamento com essa caixa.

      • Rafael

        Falando nisso, tive um New Civic AT com 5 marchas 2010. O cambiozinho que me irritava. Com o baixo torque do motor Honda, andando q 120 na estrada ele sussurrava a 2200 rpms mais ou menos nao tinha força.

        Mas qualquer subida era redução de marcha pra terceira marcha. Como moro em Minas, cheia de serras, eu sofria viu. Peguei até certo trauma de câmbio AT por conto dele. Em quinta marcha era fraco demais, em terceira ele subia para 4500 rpms e o motor acordava até demais (quem já dirigiu Honda sabe como é). Enfim, lutava sempre na estrada com o câmbio. Daí nem precisa falar do consumo ne
        . Na cidade, sem problemas.

        • João Cagnoni

          Não posso falar muito pois nunca dirigi o Civic, mas andei diversas vezes no passageiro (Uber!) e dá pra perceber como o câmbio fica perdido com a falta de força do motor em baixos giros. Me lembrou muito os carros 1.4 da GM com câmbio AT.

        • Marco

          Rafael, concordo plenamente. É justamente o que sinto, e falo, do meu, que é modelo 2015.

          • Rafael

            Eu não digo que o carro é ruim, de jeito nenhum e até recomendo o carro. Mas tem essa ressalva que realmente me incomodou. Agora, o 2.0 2014 eu achei bem melhor na estrada. Além de mais torque o câmbio a 120 fica com um giro mais alto, ganhando mais força. Nesse caso eu achei o câmbio ok. Já o câmbio do 408 THP, achei excelente.

            • Edson Fernandes

              Mas tbm conte com o motor 1.6 THP que ajuda e muito nisso.

        • Edson Fernandes

          E vc acha que quando estava no Corolla a situação era diferente? (o cambio de 4 marchas)

          Vc tbm pode dizer sobre alguns buracos no Civic em subida ingrime. As vezes ele subia mas não atendia a amarcha de melhor performance para atender a necessidade.

      • João Cagnoni

        Concordo com o começo do seu comentário, mas no final você bostejou…

      • Bittencourt

        Tenho um AT4 e não gostei do AT6 do HB20, mas gostei do do Cruze.
        É por aí mesmo. Calibragem correta conta muito.

      • Mas olha a comparação! Você está comparando um carro bem ajustado com um com ajuste ruim! Se for assim eu prefiro um hidramático 3 marchas que não dê problema um CVT que esquente como o do Lancer!
        Câmbio da Chevrolet é desajustado? Não. Da PSA é desajustado? Não. Da Ford é desajustado? Não. Da Honda é desajustado? Não. Da Hyundai é desajustado? Do Etios é desajustado? Não. Mas não é melhor que esses outros.

        • Lucas Mendanha

          Tem horas que eu acho que você entende muito bem o que a gente ta falando, mas acha motivo pra discutir. Ta parecendo irmã mais velha cara.. desencana disso.

          Vou nem render nao..

        • Edson Fernandes

          Alessandro, só que a Mit já resolveu o problema de aquecimento. Era problema da especificação de oleo que não era bom para nosso clima. Agora eles usam um oleo desenvolvido junto a Petrobras e te digo…. está resolvido.

          • Ah sim, mas a questão é outra: Sempre quando surge a conversa de câmbio vem a mesma história… “Prefiro um carro de 4 marchas bem reguladinho que um de 6 marchas sem ajuste”. Não seria melhor comparar as coisas com o funcionamento perfeito e não o pior caso de um com o melhor caso de outro? Tipo “Prefiro um carro 1.0 bem regulado que um 1.6 fraco”. “Prefiro um carro 1.8 a injeção que um 2.0 carburado”. E por aí vai.

            • Edson Fernandes

              Concordo contigo. Ao invés da pessoa nivelar com o melhor do mercado, prefere com o pior. Tanto que eu vou olhar o Etios, mas estou inclinado ao March CVT.

    • Rbs

      Se o casamento do cambio com o motor der certo a quantidade não tem muita relevância.
      Vou comprar um levar no martelinho de ouro e mandar puxar esse painel para o lugar.

      • invalid_pilot

        Esse painel é estranho, mas acho que se acostuma depois de um tempo, ainda mais agora que é digital (leitura bem melhor que o analogico)

        Eu fiz um TD rápido do Etios com o painel analogico fundo preto e apesar do estranhamento não é tão ruim quanto parece

        • Rbs

          Meu irmão tem um e disse isso que você falou.

        • Olha, minha experiência: Estava com modelo básico que não tem contagiros e o velocímetro é até maior. E se nele a posição já não era ideal, imagino no completo com velocímetro menor. Não sou contra a solução do painel central, mas tem que ser bem feito, como o citado C4 e C3 Picasso, e até no antigo Twingo. Do Etios tinha a pior visualização desses.

    • fbl

      Pelo menos nao trepida ne

  • Tosoobservando

    Era muita coragem pagar o que pediam nesse carro, e ainda é!

    • Pacheco

      Mas agora ele se tornou uma compra mais interessante. Eu curti e gostaria de ter um Hatch XLS 1.5 Automatico. Gosto do carro pelo acerto e pelo conjunto, e agora com cambio automatico, painel digital e piloto automatico eu compraria. Pena que custa tão caro.

      • Rafael

        Concordo com você. Se ele tivesse um design melhor seria compra certa. Quero ver comparativos entre Onix, HB20 e Etios, todos AT.

    • Se voce olhar a concorrencia a manivela, vai raparar que está 5 mil reais mais em conta. O problema é que está TUDO caro.

      • Tosoobservando

        O objetivo do cartel é esse, aumentam tudo pra vc pensar, é esse ta barato perto dos outros kkkk

  • Gabriel Mariano

    Me surpreendeu no escalonamento, motor 1.3 automático.

    • afonso200

      mas o picanto é 1.0 AT e vai bem

  • Cassiano Mafra

    Desde quando o Etios foi lançado, eu sempre simpatizei com ele. Fui conhecê-lo em 2013 e acabei não levando-o para casa devido ao painel central de difícil visualização e por ter ser um tanto pelado na questão de equipamentos. Agora nessa linha 2017 eu teria bastante vontade de ter um, mas com o preço bem próximo ao HB20, teria que decidir na ponta do lápis mesmo.

    • Pacheco

      Ele tem um acerto muito bom e é bem economico. O 1.5 Automatico seria otimo para meu uso diário. Quem sabe eu possa pensar nele até o final do ano.

    • Bernardo Figueiredo

      Olha dirigi os Etios e o HB20 ambos Hatch. Eu tenho um HB 1.6.
      Se for pra comprar 1.0 melhor ir no Etios mesmo que seja o 1.3.
      Mas se vc for pensar num carro 1.5 ou 1.6 vai no HB20 1.6 que é outro carro (recomendo), ou tente testar o 1.0Turbo. Quanto a consumo eu imagino que o Etios é mais econômico. O HB não é dos mais econômicos do mercado, mas tudo depende do pé do dono. O meu é 1.6 mais econômico que meu Gol 1.0 era mesmo pisando.

      Agora questão de estilo é complicado, o HB20 é realmente MUITO mais bonito por dentro e por fora, mas se vc for uma pessoa mais racional que não liga pra isso, tanto faz a escolha. A mecânica HMB não deixa nada a desejar para as outras marcas orientais.

  • bryan_1993

    Um carro que não chama atenção, confortável, espaçoso, at de verdade, bom de manutenção, seguro barato, automatico mais barato do mercado, revisões justas, marca com ótimo pos venda.

    É a melhor opção na categoria até 48 mil

    • Hernan Carlos Granda

      chama la atençao pelo feio

    • Pacheco

      Concordo… bem acerto e economico. Pena que é feio… kkkkk

      • Bernardo Figueiredo

        Só comprei o HB pq o Etios é mto feio…e olha que eu nem ligo tanto pra isso, mas é complicado.

        • delvane sousa

          HB é tão feio quanto

          • Bernardo Figueiredo

            Tem gente que acha isso…mas seu gosto eh minoria. Já o etios ser feio eh algo que a maioria pensa.

          • duhehe

            não mesmo

        • Pedro Henrique

          Também, comprei o onix em 2013 pq o Etios é muito feio, se fosse pouco OK, mas é muito.

          Tirando a beleza (algo subjetivo e de minha opnião) é um carro que vale muito a pena, muito bom, com esse painel então, se fosse bonito (subjetivo) ia ser lider fácil.

        • Pacheco

          Eu até acho interessante, mas antes ele era muito capado e o painel era ruim mesmo. Agora melhorou em algumas áreas e se tornou uma boa compra.

    • invalid_pilot

      Nao esquece que 85% compra carro pela aparência…
      A Toyota pelo jeito nao arrumou o interior meia boca com triangulo e macaco jogados no habitáculo kkkk

      Mas o carrinho é bom de dirigir

  • pedro rt

    acho q a versao X deveria vir com o som da XS e a XS com multimidia, seria mais competitivo como produto

    • Prefiro que venha sem nada, e eu mesmo coloco uma CASKA Multimidia.

      • Artur

        Tem multimidia Pioneer completa com GPS e TV digital mais barata e melhor que Caska.

        • Mas é que normalmente o kit moldura já vem com Caska.

          • Artur

            Ah sim. Isso é verdade. A Caska faz centrais multimídia específicas para encaixar no painel dos veículos. A da Pioneer seria interessante para a versão X que vem com o duplo din vazio.

    • invalid_pilot

      X podia vir ao menos com alarme volumétrico de fábrica, visto que é um porre mandar instalar por fora e ficar com aquelas gambiarras de sensores nos vidros dianteiros

  • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

    No meu 2.0 a 100km/h estou nos 3000rpm esse at4 me serve bem!

    • rafael morozini

      3000 acho alto ! Meu fusion fica em ums 1900

    • Lucas Mendanha

      Ja no meu 2.0 eu rodo a 2100rpm a 100km/h.. Focus AT4

      • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

        3000 e ainda é manual, mais um ponto negativo para meu chines…

  • pedro rt

    se tornou a melhor opcao de compra abaixo dos 50mil e ate pouca coisa acima disso tmb

  • Luís Paulo

    bacana terem melhorado ainda mais a parte mecânica do carro que já era elogiada mas bem que podiam ter dado uma repaginada no visual externo do carro!
    você olha na rua um modelo 2017 e um 2013 por exemplo e não sabe, externamente, qual é o mais novo dos dois!
    achei meio mancada isso mas boa sorte pra quem tem condições de comprar pois é uma boa opção no mercado de compactos

    • Pacheco

      Sim, poderia ter dado uma melhorada. Toyota bobeou nessa dai.

    • T1000

      Não acho o design do carro um primor, mas só de ter melhorado um pouco este painel, já ficou comprável, na minha opinião.

  • Hernan Carlos Granda

    a transmissão automática de 4 marchas de psa e inaceptavel, mais no toyota e magnifica….

    • bryan_1993

      São diferentes uma é fabricado pela peugeot a outra e aisin, sem comparação.

      • Hernan Carlos Granda

        etios e un carro só para fanaticos da toyota, voce deve ser umo

        • Lucas Mendanha

          Nada.. a caixa AL4 da PSA é horrivel mesmo.

          Nao sou fan de Toyota, mas devo admitir que a Aisin A245E é uma caixa das melhores.

          O que mata normalmente em carro com cambio automático epiciclico (com conversor de torque) nao é a quantidade de marchas, como o povo tanto prega, mas sim o motor ter uma boa curva de torque. No Corolla o que mata é isso, a curva de torque dele não é das mais planas. Com isso, o motor só responde bem acima de 4000 rpm. Com isso, a caixa de 4 marchas nao rende bem nele e acaba levando a culpa..

          Um bom exemplo é o Focus Duratec 2005 a 2008. Os carros com cambio automático tinha uma calibracao do motor bem diversa do carro equipado com cambio manual. No AT, a curva de torque era bem plana, alem de usar bobinas individuais. No MT, a curva era mais picuda, em rotacao mais alta, e rendia alguns cavalos a mais em alta rpm. Cada motor atendia muito bem ao fim que era proposto.

          • João Cagnoni

            Meu C4 tem um bom torque em baixa, mas a caixa de 4 marchas ainda deixa um “buraco” entre 40 e 60km/h. Tal força melhorou MUITO depois que reformei o câmbio, mas ainda assim o carro não gruda você no banco nessas velocidades que citei.

            • Lucas Mendanha

              Não seria pq nessa rpm a caixa ja está em 3° ou 4° não? no meu se eu andar normal, a 4° ja entra nessa faixa de 60. Aí fica bobao mesmo.

              • João Cagnoni

                Não, pois pisando ele reduz para a segunda. A questão é que a segunda marcha vai até 130km/h.

      • João Cagnoni

        Aisin é Toyota. Lembrando que a caixa AT6 da Citroen/Peugeot também é Aisin.

    • João Cagnoni

      Podemos dizer que a caixa de 4 marchas da PSA não tem boa durabilidade, mas discordo na parte de conforto ao rodar. Você pode ter andado em um carro em que a caixa já estava prejudicada, mas ela é extremamente confortável e não deve nada para o AT4 do Corolla.

  • Diogo Oliveira

    Toyota Etios 2017:
    Design de 2005
    Interior de 2007
    Câmbio de 2010
    Preço de 2055

  • afonso200

    olhem o sonsumo, o 1.5 é mais economico, kkkkkk falando de verdade, o AT com menor cilindrada antes era o 1.4 da GM, agora é esse 1.3 toyota,,,,no aguardo do cambio AT ou CVT chegar no 1.0, assim como o picanto

    • Thales Sobral

      Só trazer os Kei Cars pra cá… CVT num 0.66

    • T1000

      picanto tem AT faz muito tempo e é 1.0.

    • Portuga Goleta

      Esqueceu do Picanto 1.0 AT.

  • pgoytaca

    Passei em css toyota na esperança de bons descontos no modelo atual e nada. Estão pedido o valor do site da Toyota.

    • Depende de como você tentou negociar, e quem sabe, como estava o estoque da concessionária.
      Comprei o meu sedã XS com R$ 4.800,00 de desconto pagando a vista no dia 30, deu pouco mais de 8% de desconto. Estou muito satisfeito!

      • pgoytaca

        Realmente a css estava com pouco estoque e por esse motivo não viram necessidade de dar desconto. Sobre sua compra achei um ótimo negócio, mesma versão que me interessou.

  • Lucas

    É tão difícil assim colocar o velocímetro no lugar correto?

  • Wellington Myph13

    Com imaginei, o 1.5 tem menor consumo do que o 1.3…
    Um Etios XS 1.5 AT4 negociado por volta de 50mil é uma excelente opção de Automático, se o design externo e o painel central não for um problema pra quem for pegar…
    Eu até aprendi a gostar do Hatch, o sedã já acho mais desproporcional…
    Ano que vem vou sair em busca de um carro de entrada com cambio Automático/CVT/Automatizado com manutenção, seguro e consumo baixos… Vamos ver o que teremos no mercado e o que poderei negociar…
    Peugeot 208 1.2T AT6
    Toyota Etios XS 1.5 AT4
    Nissan March SV 1.6 CVT
    Chevrolet Onix LT 1.4 AT6
    Hyundai HB20 Comfort Plus 1.6 AT6
    FIAT Palio/Punto 1.6 AT6
    Volkswagen Fox 1.6 AT6
    Ford ??

    Da lista toda, o que tem maiores chances de ser mais barato é o March… vamos esperar pra ver…

    • Paulo Oliveira

      Ótimo exercício essa comparação.
      Ford, Fiat, GM e VW estão longe de oferecer os melhores produtos. Ainda vendem muito mas oferecem menos, especialmente no pós venda. O Ka, infelizmente só manual, e o Fox, com o bom motor 1.6 mais atual, talvez sejam opções interessantes nessas quatro fabricantes. A Peugeot peca ainda mais no pós venda e os carros desvalorizam muito. Tem muito preconceito sim mas o fato é que não é uma escolha tradicional. Deve ser o mais bonito e bem acabado do grupo e esse motor tem tudo para estar entre os melhores. Hyundai, Nissan e Toyota são os que oferecem algo a mais com melhores pós venda. Pena que March e Versa tenham notas baixas no Latin NCAP. O motor é bem moderno e a expectativa para o CVT é alta. O HB20 1.6 é outro carro quando comparado ao 1.0 e o 1.0 turbo parece atender somente à moda do mercado mas não supera o 1.6 em nada. Enfim, Etios e HB20 parecem os melhores, seguidos pelos Nissan. Eu dirigi o Toyota 1.5 e o Hyundai 1.6, que é mais esperto, ambos na versão manual. Um bom test-drive pode resolver a disputa mas nunca vai responder a pergunta: essas coisas valem 55 mil reais? Preço de Civic ou Corolla de três anos de uso pouco rodados….

      • Artur

        O problema do Fox é ser automatizado. Se visse com o Tiptronic do Golf seria uma boa opção.

        • João Cagnoni

          Sério que é só esse o problema do Fox? Então a VW pode colocar o Tiptronic no Fox e tirar até o Passat de linha. Quem vai querer um Passat enquanto se pode ter um Fox?

          • Artur

            Dê uma lida melhor no comentário do colega acima que você vai entender que estamos falando apenas de alguns modelos especificos com câmbio automático e automatizado.

        • Wellington Myph13

          Mas o Fox vai receber o AT6 do Golf no Highline com motor 1.6 16V. Seria essa a minha opção a considerar, mas eu já tive I-Motion com o 1.6 8V e foi o melhor automatizado de uma embreagem que tive, e teria um tranquilamente dependendo da negociação…

          • Artur

            Eu também já andei no Fox I-Motion e sofri com alguns “trancos” nas trocas de marcha no início, até acostumar a dosar o acelerador e isso não mais ocorrer. É o mesmo esquema do Dualogic, mas ainda prefiro este último (dirigi um Bravo com Dualogic Plus e achei que o comportamento geral do carro melhor – o Fox que dirigi, por exemplo, insiste em colocar 3ª já em 30km/h em uma subida leve, o que não acontecia no Bravo).
            É óbvio que esses automatizados monoembreagem são muito mais confortáveis que os câmbios manuais comuns, mas realmente não dá para comparar com os automáticos “convencionais” (conversor de torque, CVT) e automatizados de dupla embreagem.

            • Wellington Myph13

              Kkkkk, engraçado que comigo já foi o contrário.
              Tive um Bravo dualogic e acostumei com ele, mas sempre tinha uns momentos de marchas erradas. Já no gol com i-motion que tive, o funcionamento era excelente. Acredito que depende muito do trecho percorrido por cada um, da maneira de usar…. Nunca é bom pra todos…

              • Artur

                Tem razão. Na minha cidade há muitos trechos em que se para em toda esquina, poucas vias de trânsito mais rápido. E também tem poucos aclive ou declives (e os que tem não são muitos íngremes).
                Talvez seja por conta disso também.

      • Wellington Myph13

        Versa e March tiraram 4 estrelas como “todos” os outros.
        O Hyundai 1.6 antigo é gastão, já esse novo deu uma melhorada boa por conta das mudanças no motor e no cambio.
        E infelizmente eu tenho que engolir esses preços e negociar o melhor que puder, pois rodo pra trabalho com o carro cerca de 50-80km por dia, só em cidade, então é muito buraco, curva, anda e para, etc, pra pegar um carro usado e ter que ficar parando por causa de peça, e fora o fato de serem médios, os pneus custam mais, suspensão…
        No máximo tenho que caçar estes modelos usados com no máximo 10-15mil km pra tentar tirar o máximo possível de perda em desvalorização.

      • T1000

        Peugeot 208 desvaloriza muito pouco. Quase não tem usado vendendo, quando aparece, já tem interessado.

    • Paulo

      Wellington, tudo bem? Velho o peugeot 208 vai vir mesmo com o AT6? Estou aguardando para trocar de carro e com a chegado dos novos puretech meu interesse no pug aumentou bastante.

      • Wellington Myph13

        Paulo, pode aguardar sim que o 1.2T vem pra substituir o 1.6 e o AT6 pra substituir o antigo AT4. Como lançaram um Facelift agora, e veio o 1.2 Aspirado, então só vem ano que vem como modelo 2018… Mas vem.

    • Artur

      Eu esperaria o 208 com o PureTech.

  • DTF

    Muito legal esse painel digital…..mas só isso…no demais o carro continua uma aberração terceiro mundista…

  • Cvrtlik

    Nunca dirigi o carro, mas muitos dizem que é ótimo nesse questio. Mas tem que colocar o painel de instrumentos no lugar normal, atrás do volante. Acho até que é questão de segurança. E controle de tração e estabilidade já deveria ter, mas é toyota, vão esperar a lei obrigar.

  • Rafael

    Bem interessante esse consumo do AT 1.5. Aliás NA, seria interessante um Ranking dos carros automáticos mais econômicos do país até 100 mil reais, ou algo do tipo.

    • João Cagnoni

      Consumo é muito subjetivo, vai dar briga uma matéria sobre isso… rsrs

      • Thales Sobral

        Fazendo a medição do INMETRO dá pra comparar bem. Claro que tem sempre alguns que não entendem e vem falar “ah faço 35 km/l com meu carro na subida carregado de segunda marcha”.

        • João Cagnoni

          Não querendo discordar, mas já discordando, ainda não vai refletir a realidade. Eu mesmo passei de um 1.0 manual (Palio) para um 2.0 AT4 (C4), meus números passaram de 6km/L para 8km/L. A diferença é que pra andar no 1.0, os giros ficaram sempre altos, enquanto agora só dou uma encostadinha no acelerador pra andar a mesma coisa. E o carro tem literalmente o dobro da potência e peso. Acelerando mais forte, o consumo cai pra 5, mas também dá pra conseguir até 10km/L na cidade andando igual vovózinha (sempre com ar ligado).

          • Thales Sobral

            Se todo mundo pensar igual a gente não sai do lugar, lugar pra debater (educadamente) é bom.

            O teste do INMETRO serve pra colocar todo mundo numa mesma base de comparação. Se não é o ideal (afinal, o que é o ideal?), pelo menos fica melhor do que comparar carros em condições distintas.

      • Rafael

        Sim, claro. Consumo cada um faz o seu, rs. Mas o ranking seria baseado nos dados do Inmetro, que teoricamente padroniza o teste para ficar justa a comparação. Algum modelo não consta nos testes do Inmetro, como o caso do Onix, se não me engano? fica de fora.

        • João Cagnoni

          O Inmetro testa o carro em condições sintéticas, não reflete o uso no dia-a-dia.

          • Rafael

            Não reflete mas existe para servir de parâmetro de comparação. Como os testes simulam, repito, teoricamente, uma mesma condição de rodagem, se um carro A faz 15km/l nesse teste, e outro carro B 13km/l no mesmo teste, na prática, no dia a dia, ele será em torno de 15% mais economico.

            Se na sua realidade o A faria 10km/l se fosse o B você teria em torno de 8.5km/l.

            O Inmetro servr para comparar e não para te contar ao pé da letra qual será o consumo daquele carro.

            • Artur

              Exato. Até porque o consumo na vida real varia bastante sob a influência de inúmeros fatores. Usar os dados do INMETRO é a melhor solução.

            • João Cagnoni

              Concordo que o Inmetro é o melhor teste comparativo, mas dificilmente vai bater com o consumo de uma pessoa dirigindo o mesmo carro.

    • paulluis

      Sendo AT é interessante mesmo, o meu sedan 2015 com gasolina faz 12 na cidade, e isso porque não me preocupo com consumo, carro pra mim foi feito pra andar, não pra se arrastar, esse motor é ótimo.

  • Leandro

    Contrastes da versão de entrada: um câmbio automático, mas não tem um mísero sistema de som.

    • T1000

      sistema de som você vai no camelô e compra por R$90. Se o carro já tiver preparação para som, você mesmo pode tirar a tampinha do painel e conectar os plugs que já sai funcionando.

  • A Toyota tinha tudo pra ser líder em mais este segmento. Tem potencial para desbancar HB20 e Onix e cia; tem prestigio; mecânica consagrada; qualidade etc… mas com esse patinho feio não será dessa vez… quem sabe na próxima ela faz um carro com cara de Toyota (pq pra mim o Etios parece um chinês), e ela conquiste a liderança…

  • Pedro Cunha

    Pra quem quer um carro pra usar e usar mesmo, tá aí a pedida. O acabamento e qualidade geral do carro subiu muito desde o lançamento, apesar do design ainda ser essencialmente o mesmo, o que revela o interesse da marca em aprimoramento técnico. Não sou fanboy da marca, inclusive por jamais pensar em possuir/adquirir um Toyota qualquer que seja, mas o produto e a postura da marca merecem a nota.

  • Ricardo Marchesi Primo

    Esse carro não é feio, ele é medonho. Como o dinheiro é meu, eu gasto num médio logo, pois pagar caro pra ter um carro com mecânica boa mas feio de doer, melhor investir em algo que ofereça boa mecânica e seja bonito. No fim das contas design também é importante. O cx aerodinâmico desse carro não é ruim (0,31), ante a concorrência, por exemplo, o prisma tem cx de 0,32, mas tem design muito melhor, mais harmônico e que não causa pesadelos.

    • João Cagnoni

      Esse carro poderia ser quadrado, não tenho coragem de dar 120km/h em um Etios. Nesse final de semana andei em um trecho de estrada com um Novo Uno (novo mesmo, era 2016 rsrs), eu estava a 110km/h e precisei freiar pois um carro quebrou no meio da rodovia. Quem disse que o carro para? Tive que soltar o freio e desviar. Já dirigi o Etios e notei a mesma insegurança, um pouco menor, mas ainda existente.

      • Ricardo Marchesi Primo

        Isso é um detalhe. Esse carro é da toyota, e no Brasil toyota pode tudo, até cobrar 103k em corolla top, cobrar mais caro por uma Hilux SW4 do que um Land Rover e tá tudo de boa. Toyota é toyota né! (ironic mode on)

        • João Cagnoni

          Acabei de escrever o “Toyota é Toyota” em outro comentário sem o “ironic mode on”. Será que alguém vai perceber a minha ironia?

          • Ricardo Marchesi Primo

            AAAAAAAhahahahahahahahahahahah…
            Se tem gente que acredita que os comunistas lutam pela democracia, pode acreditar que alguém vai falar que você é fanboy.

    • T1000

      boa sorte, os médios começam na faixa dos R$70k. Dá pra comprar quase 2 etios com o preço de um médio.

      • Ricardo Marchesi Primo

        Como eu disse, ao invés de pagar mais de 60k num carro desses, melhor procurar um sentra, que também tem ótima mecânica e bom índice de reparabilidade, e pagar um pouco mais por ele, sendo que o carro é maior, mais refinado, mais seguro e custando pouca coisa a mais.

  • Wagner Lopes

    Esse etios cross me causa vontade de vomitar……

  • sigma7777777

    A Toyota fez um ótimo trabalho e deve vender muito. Só me preocupa o isolamento acústico em uma viagem e nisso aguardo maiores informações. Também fico curioso para saber sobre a atuação da suspensão em pisos irregulares, pois o Corolla é um primor e se o Etios for 70% do que é o Corolla seria um grande atrativo.

  • fbl

    Ja falei. A toyota consegue numeros iguais ou melhores que a concorrência com o tal 4 marchas mimimi. Agradeçam pq se ela trouxer um Yaris da vida com cambio ainda melhor ela quebra o mercado e os super trunfos da galera vao ficar só nas revistinhas.

  • paulluis

    A Toyota está dando prioridade para a parte mecânica, podem ter certeza que eles não investiram nessa fábrica de motores à toa, se eles quiserem é só colocar um turbo no 1.5 para concorrer com o motor turbo da Honda, que por coincidência também é 1.5…

  • Celso

    O nome da marca no Brasil é muito forte. Com esta estética (medonha), este painel deslocado para o meio (q ideia de girico), a verdade é q a Toyota ainda não chegou. Imagine qdo chegar.

  • Aires Jone

    Desculpe a frieza, carro de cocó

    • Redpeak77

      o que significa “cocó” em Angola?

      • Aires Jone

        Por acaso reparaste que sou moçambicano e não angolano?

        • Redpeak77

          Desculpe!
          Tem muitos angolanos por aqui, mas não moçambicanos!
          Mas pelos teus comentários sobre carros, percebi que era de algum país lusófono, mas não Europeu.
          O que significa cocó em Moçambique?

  • renanfelipe

    Desculpe, a feiura desse carro sempre vai soar como uma ofensa pra mim. Esse Cross deve ser o carro mais feio em produção no Brasil…

  • Mauro Schramm

    O consumo da versão AT ficou excelente. Se tivesse procurando um carro dessa categoria, seria um forte concorrente a ocupar a garagem aqui de casa.

  • Marco

    É difícil saber onde esse carro é mais feio, Se por dentro ou por fora. Chega a ser ridículo. Se tivesse um visual descente (estilo Toyota VIOS) seria um campeão de vendas. Uma pena realmente, pois a mecânica Toyota é muito boa. Obrigado Toyota, mas minha resposta é NÃAAAAAAAAAAAO !!!.

  • Osni Duarte

    Mein Gott! Por R$ 60 mil esse carro não tem a metade dos equipamentos de conforto e segurança da mina Grand Tour, que em 2012 custou R$ 44 mil, 0km!!!! Minha esposa quer um Peugeot n 2008 que no CNPJ se consegue por pouco mais de R$ 66 mil (Allure). Como eu posso argumentar contra?

    • T1000

      e um etios com cnpj, quanto ficaria?

  • Everton Lourenço

    Belas alterações, carrinho confiável, bom de estrada, bom de cidade, econômico, ficou mais bonita essa frente…

  • Felipe S. Rangel

    Passei numa concessionária na semana passada só por curiosidade, pois nunca tinha tido interesse num Etios. Como já sabia do lançamento da versão automática, tirei várias dúvidas lá, embora o modelo chegue no dia 28/04. Porém, esperava preços menores, por saber que é um carro espartano e que aproveitará uma defasada (mas boa) caixa de cambio. O Top (completo à moda Toyota, que inclui o básico) está na faixa de R$ 58.000. Esse preço é o que se consegue na prática para um HB20 premium com 04 airbags e ar digital (embora sem multimídia e couro). Na hyundai o carro é mais bonito, queridinho do mercado, tem mais motor e mais cambio. O Etios Top AT4 era pra custar uns 52.000,00 (ainda caro), mas pra ficar melhor posicionado… No ano que vem pretendo trocar de carro e quero outro compacto automático (Possuo um Onix LTZ At6).

    As opções hoje são:

    Peugeot 208, Etios XLS, Onix LTZ, Hyundai HB20 premium… tudo na mesma faixa de preço, em torno de R$ 58.000-59.000 na prática. E aí, José?

    • Pedro Henrique

      Olá amigo, se vc não se importar com usados, talvez hatch médio seminovo com até 30.000 km seja uma boa. Abraço.

    • Roberto Ribeiro

      Só se for na sua cidade o HB20 aqui no Rio o premium básico custa R$ 65.175,00. Esse preço que ai seria de um comfort plus.

  • Lucas Irrthum

    Compraria um hatch 1.3 manual básico, sem sombra de dúvidas.

  • Eder Angelo Soares

    Temos um etios 2014, 1.5 sedan, espetacular consumo, na reta sem transito , entre Macaé e Muriaé MG, fizemos uma média de 21 km/l…. preciso falar mais ? Se tivesse uma sexta marcha talvez iria a 24 km/l

  • Carlos Henrique Kroeber

    Melhor carro.
    Com o ESP em 2017 vai destruir a Concorrência
    O Vios chegando ano que vem vai destruir aquela carroça chamada HB20S,Cobalt Elite e Honda City

  • Carlos Henrique Kroeber

    PAPA…PAPA



Send this to friend