*Featured Avaliações Crossovers Cupês Lançamentos Volkswagen

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Ele parece um Polo alto, mas com linhas próprias. Também fica longe do T-Cross. Esse é o Volkswagen Nivus, que chega ao mercado cheio de estilo e proposta jovial.


Atraente visualmente, ele aposta numa aproximação com os cupês, mas com uma suspensão elevada e características que o convertem em um crossover.

Outro ponto a favor do Nivus é o conteúdo generoso, mesmo em versões menos caras, atribuindo itens que só estão presentes, por exemplo, no T-Cross Highline, que custa muito mais.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Nesta mesma versão, avaliada pelo NA, o Nivus custa R$ 98.290, porém, com o pacote Launch Edition, ele fica em R$ 99.990. Esse era o preço do T-Cross Comfortline há pouco tempo.

Não é só isso, o Nivus inicia uma nova fase na VW com identidade renovada e conectividade ampliada com serviços a bordo da VW Play. Então, será que vale a pena?

Por fora…

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

É bonito. Não há o que negar em relação ao seu visual. A Volkswagen foi feliz ao criar o conjunto do crossover-cupê, deixando-o distinto do Polo não só em sua forma básica.

Os faróis full LED se fundem bem com a grade ampla e com frisos estilizados. O para-choque com faróis de neblina em LED e função curva se encaixa bem no visual das molduras laterais.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

A grade inferior e as molduras envolventes na base da carroceria reforçam sua proposta. Olhando, dá para perceber certa semelhança com o hatch.

Na traseira, as colunas inclinadas lembram os antigos hatchbacks que tínhamos no mercado nacional e evocam a memória de um fastback em especial…

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Nesta traseira espichada e alta, um conjunto ótico de LED num fundo escuro se destaca positivamente, indicando que o Nivus Highline é uma versão melhorada de outro carro.

Suas rodas aro 17 polegadas, por exemplo, se destacam mais que no Polo GTS e não só pelo acabamento em cromo escuro.

Mais longa, a carroceria elevada acabam expondo as rodas, que tem os mesmos pneus 205/55 R17.

Por dentro…

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

No interior, o painel é o mesmo do Polo, com aquele aplique em preto brilhante, promovendo as telas digitais. Apesar de dispor do Active Info Display, o Nivus foca a atenção em outra coisa.

A multimídia VW Play com tela capacitiva de 10,1 polegadas tem apresentação gráfica e nitidez que superam a Discover Media tradicional.

Intuitiva, ela permite rápido acesso às funções do carro, da mídia e também dos apps de serviços. Alterar as funcionalidades do cluster digital ficou mais fácil.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Além disso, a conexão com o 4G do aparelho celular dá acesso aos apps a bordo. O Waze é nativo e desativa o aplicativo que está no Android Auto do smartphone.

De acordo com a VW, ele utiliza antena e sistemas do carro para maior precisão. Na VW Play, ainda existem apps já instalados com o carro, oferecendo diversos serviços.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Dá para ouvir um livro inteiro numa viagem ou artigos mais curtos (de cerca de 12 minutos), além de encontrar estacionamentos conveniados ou mesmo pedir refeições.

Com o Sem Parar de fábrica, como outros modelos recentes da VW, pode-se pagar pedágios, estacionamentos, lanches em drive thru e combustível.

A VW Play vem ainda com serviços de seguro e atendimento de pós-venda, além de gestão de mídia e arquivamento de dados (até 10 GB), entre outros.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Pena que o Android Auto não seja sem fio. Tendo ainda câmera de ré, a VW Play parecia ter vida própria…

Não desligava ao sair do carro e mesclava telas como num travamento. Pode ser coisa da unidade testada apenas, mas incomodou.

Tirando isso, o conjunto apresentado é bem interessante. No Nivus Highline Launch Edition, o ambiente é bem completo, tendo ar digital e alavanca de câmbio padrão do Tiptronic.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

O que gostamos mesmo foi do volante. Com o novo padrão da VW, tem visual melhor que o anterior e uma pegada diferente.

O aro tem maior espessura que o volante antigo da VW e isso faz uma boa diferença ao dirigir. Ficamos imaginando ele no Polo GTS, por exemplo, dada sua proposta de desempenho.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Já o Active Info Display é o mesmo do Polo e Virtus, porém, agora sem navegação na tela.

Como não há um navegador nativo, embora exista o GPS para uso do Waze, não há necessidade disso no cluster. Agradecemos também a ausência do suporte de celular.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Sem posição de dirigir alta, é aí que reside a semelhança com o Polo. Os bancos possuem padronagem diferente, mas são os mesmos dos irmãos.

Atrás, mesmo com a inclinação do teto, alguém com até 1,80 m ainda vai bem. Já o espaço para as pernas é o mesmo do Polo, não houve ganho, visto que a base é a mesma. Bem diferente de T-Cross e Virtus.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

O porta-malas é bom e vai satisfazer quem procura levar muita bagagem ou compras. Neste caso, ele atende perfeitamente.

Por ruas e estradas…

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Dizer que é um Polo Cross não é totalmente certo, visto que a carroceria é muito mais longa. Andando, isso traz alguma diferença.

Equipado com o mesmo EA211 1.0 TSI de três cilindros, duplo comando variável, turbocompressor, intercooler e injeção direta, o Nivus anda bem.

Mais leve que o T-Cross, pesando 1.130 kg, o Volkswagen tem uma boa resposta ao acelerador com seus 116 cavalos na gasolina e 128 cavalos no etanol.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Com 20,4 kgfm a 2.000 rpm, o crossover estiloso garante uma condução prazerosa, bastando apertar um pouco mais o pedal para que a reação seja efetivada, sem pedir água.

Assim como em Polo, Virtus e T-Cross, o pequeno propulsor ronca com vigor e entrega tudo de si, subindo para além de 6.000 rpm antes de mudar de marcha.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Retomadas e ultrapassagem pouco exigem do 1.0 TSI, que é sem dúvidas o 1.0 turbinado mais forte do mercado. O câmbio Tiptronic de seis marchas tem boas relações e atende bem.

Buscando manualmente, o sistema te dá certa liberdade para explorar os limites da faixa vermelha. Tirando o pé, o Nivus navega a 2.000 rpm em 110 km/h.

Isso ajuda a ter um consumo rodoviário de 16,5 km/l. Na cidade, a força em baixa não exige mais do 1.0 TSI, aparecendo em torno de 1.500 rpm. Ali, o consumo foi de 11,2 km/l.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Guiando, o Volkswagen Nivus – como já antecipamos – apresenta uma posição de dirigir semelhante à do Polo, mas o novo volante dá uma sensação melhor.

Bem calibrada, a direção elétrica tem respostas muito boas, que trabalham em sintonia com uma calibragem de suspensão mais firme, apesar da missão de ser um “SUV”.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Nas curvas, com a traseira mais longa em relação ao Polo, o Nivus é um pouco mais neutro, não tendo tendências de inclinação exagerada, mesmo porque, apesar da proposta, não é um carro alto: tem 1,493 m de altura.

Com freio a disco nas quatro rodas e todas as assistências eletrônicas, o VW Nivus tem uma boa dinâmica de condução.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Os freios atendem bem e a suspensão tem uma boa calibragem. Embora mais firme, garante algum conforto, filtrando boa parte das irregularidades, apesar dos pneus largos.

O controle de cruzeiro adaptativo é outro recurso encontrado no Nivus que garante muito conforto em viagem, detectando os veículos à frente e ajustando a velocidade.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Além disso, a frenagem automática de emergência garante mais tranquilidade no dia a dia, em caso de vacilo na atenção, apesar do sensor de fadiga.

Assim como os demais VW da MQB-A0, o Nivus é um carro bom de dirigir e agora com um toque a mais na sensibilidade ao volante.

Por você…

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

O Volkswagen Nivus tem uma boa proposta, ainda mais nesse pacote de lançamento, que realça alguns detalhes do carro, como teto e retrovisores pretos, além das rodas escurecidas, etc.

O pacote oferecido é bem generoso e, para realmente ficar completo, faz falta apenas um teto solar panorâmico. Ele repete os deslizes de acabamento do Polo também, sim, é verdade.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

As portas são de plástico duro sem grande atenção ao acabamento, tendo apenas puxadores de cor cinza para uma leve diferenciação em relação aos irmãos e nada mais.

Contudo, herda coisas boas, como difusores de ar traseiros, por exemplo. Batendo nos R$ 100.000, o Nivus está melhor que muitos SUVs do mesmo caro segmento.

Novo Volkswagen Nivus reúne estilo, desempenho e conforto

Só na Comfortline, a proposta supera todos em conteúdo. Mas, o Nivus trafega em outra faixa e não dá exatamente para compara-lo com os utilitários esportivos comuns.

Pela primeira impressão e já avaliando, o Nivus se mostra um carro agradável e, sim, vale a pena.

Medidas e números…

Ficha Técnica do Volkswagen Nivus Highline 200 TSI 2021

Motor/Transmissão

Número de cilindros – 3 em linha, turbo, flex

Cilindrada – 999 cm³

Potência – 116/128 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol)

Torque – 20,4 kgfm a 2.000 rpm (gasolina/etanol)

Transmissão – Automática de seis marchas com mudanças na alavanca e no volante

Tração – Dianteira

Desempenho

Aceleração de 0 a 100 km/h – 10 segundos (etanol)

Velocidade máxima – 189 km/h (etanol)

Rotação a 110 km/h – 2.000 rpm

Consumo urbano – 11,2 km/litro

Consumo rodoviário – 16,5 km/litro

Suspensão/Direção

Dianteira – McPherson/Traseira – Eixo de torção

Elétrica

Freios

Discos dianteiros e traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus

Liga leve aro 17 com pneus 205/55 R17

Dimensões/Pesos/Capacidades

Comprimento – 4.266 mm

Largura – 1.757 mm (sem retrovisores)

Altura – 1.493 mm

Entre eixos – 2.566 mm

Peso em ordem de marcha – 1.130 kg

Tanque – 52 litros

Porta-malas – 415 litros

Preço: R$ 98.290 (preço base) R$ 99.990 (Launch Edition)

Volkswagen Nivus Highline 200 TSI 2021

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • LSM300C

    No final são 100k em um polo de salto alto.

    • Jeanphil

      Os carros em geral estão caros… o Polo Highline aqui em Florianópolis chega a 89k… Pensando em quem prefere comprar 0km, mais vale gastar um pouco a mais e levar um Nivus HL… Fiz um test drive, o design chama a atenção, só que fica devendo um melhor acabamento e o motor 1.4 TSI (nem que seja com o Aisin 6 marchas…).

      • Verdades sobre o mercado

        tem 20/20 por 79.990 em Criciúma e 19/20 pelo mesmo valor em Blumenau.

    • Mayck Colares

      E esse salto não são nem 2 centímetros direito. Não muda praticamente nada em questão de se sentir “alto”

      • Verdades sobre o mercado

        São 2,75 cm, já dá uma diferença em relação ao solo, mas internamente é a mesma posição de dirigir, pois a altura do banco em relação ao assoalho é a mesma

    • radiobrasil

      Pelo menos o Polo de Salto Agulha tem freio a disco nas traseiras… ja o Onix de Salto não! Tamborzãooooooooo

      • LSM300C

        E você acha que um freio a disco na traseira justifica o valor de 100k? Nenhum dos pseudosuvs de shopping se justifica nos valores atualmente cobrados, até as montadoras dizem abertamente que as margens nestes veículos são muito maiores ao ponto de algumas abrirem mão de produtos consagrados para investir nestes veículos com rentabilidade maior.

        • radiobrasil

          Não justifica, apenas foi uma CRÍTICA minha ao Onix altinho… tem gente pagando mais de 110k nesse carro SEM FREIO A DISCO na traseira…

          • David Diniz

            E que diferença faz ter tambor ou disco atrás? Só para encarecer mais ainda a manutenção?

            • radiobrasil

              Os freios convertem energia cinética em calor por meio do atrito. O freio a disco por estar exposto ao ar,
              com ranhuras e fendas (ventilado), o freio a disco dissipa o calor para o ar de forma muito mais
              rápida e eficiente que o tambor. E evita que o freio sofra perda acentuada de ação por superaquecimento, quando a
              temperatura do fluido de freio chega ao ponto de ebulição. Como vapor é compressível, isso torna o freio muito menos eficiente por não transferir a pressão de frenagem devida às pinças. Outra vantagem do disco é o tempo de resposta: ao se liberar o pedal de freio, apenas se alivia a pressão das pastilhas ao disco. O que faz as pinças — e em consequência as pastilhas — se afastarem do disco é a própria oscilação lateral do disco.

              • Leonardo Teixeira

                O onix mesmo com freio a tambor, teve a frenagem mais curta que o virtus com disco na traseira. Esse item só faz diferença em modelos mais pesados

                • radiobrasil

                  Mas lembre-se que não só os freios são responsáveis por uma frenagem mais rapida… bota tambem os pneus na conta aí. Experimente um carro com um Michelin Primacy e depois pegue um baratinho qualquer e teste em pista seca e molhada!Lembro que o ultimo Vectra aqui testei com freio a tambor e versão com freio a disco na traseira.. a diferença era GRITANTE!

              • Paulo Lustosa

                70% da frenagem de um carro é na frente.

                • radiobrasil

                  Depende o projeto, distribuição de peso entre os eixos… nem sempre é 70%!

              • David Diniz

                Tá agora explica por que um carro que tem proposta ZERO em desempenho deveria ter freio a disco atrás e qual seria a diferença para 99.99.9% do comprador do carro que não está preocupado se tem disco ou tambor para fazer o papel do freio.

  • JFX

    Bonito, moderno, equipado, na moda… Todos são adjetivos do novo Pointer 2021.
    Ou seja, vai vender muito.
    Que venha a versão R Line, S Line, GTS, ou qualquer coisa do tipo, mas com motor 1.4 250 TSI e câmbio automático, bem como a versão 170 TSI de câmbio manual (básica, pelada ,STD, o que seja).
    Em tempo: impressionante como B$ 100 mil não valem mais nada. Ora, é um derivado de hatch compatco, não tem nada de SUV.

    • Joao Victor

      Esqueceu o principal adjetivo: caro! Não sei se vai vender muito, nessa faixa de preço tem concorrentes fortes

      • Luis Burro

        Ah ñ sei, br adora mas igual fanboy Volks nunca vi pra comprar carroça e ainda achar q tá abafando num equivalente europeu!😅

    • Luis Burro

      Vdd, Novo Pointer combina bem com o modelo, pois além do tamanho o antigo ñ oferecia mto espaço tbm!

  • Valfredo Scheidt

    Não fui conhecer ainda, mas achei muito bonito, o que me preocupa são os materiais internos usados pela VW que são inferiores a outras montadoras. E outro detalhe o barulho interno, mesmo vendendo bem o T Cross tem muita reclamação nesse sentido. Vamos ver.

    • Johnny Cage

      testei o carro no sabado dia 25 de julho. De fato os plasticos internos dão impressão de qualidade inferior a toyota e honda. É bonito, confortável e bem equipado. Vale 99k? pelos equipamentos e nível de conforto sim, resta saber se o carro vai durar igual toyota e honda.

      • JFX

        Durar ele dura.
        Mas o motor 1.0 turbo com injeção direta e correia dentada deve exigir uma manutenção mais cautelosa que os motores aspirados e com corrente da Toyota.
        Então é uma questão de escolha: quem vai ficar 5 anos ou mais deve pensar no modelo de mecânica mais simples.

  • Tosca16

    Será que esse será o projeto brasileiro de maior sucesso lá fora? Será que o Nivus venderá mais que o Fox?

    • Allifen Marques

      Eu ia comentar isso, ele tem um projeto muito bem sucedido pra superar

      • th!nk.t4nk

        Difícil. O T-Cross já é bem barato na Europa e mesmo assim vende menos do que o T-Roc, que é um modelo mais sofisticado e caro (e ambos perdem de lavada pro Tiguan em vendas). No geral europeu prefere pagar mais por algo melhor.

        • PEDAORM

          Acho que brasileiro também prefereria, se tivesse poder de compra para isso… 😅

        • Verdades sobre o mercado

          Na verdade o Europeu tem “bala” para comprar um produto de maior valor. Se o brasileiro tivesse este poder também compraria produtos melhores.

    • JFX

      Não sei.
      Geralmente eles têm um preconceito terrível com tudo que vem do Brasil, principalmente na europa.

    • Gran RS

      Vender mais que o Fox lá fora, o Nivus não vai precisar de muito, pois o Fox foi um fiasco de vendas na Europa.

    • Matafuego

      Tem a Meriva A que foi desenvolvida pela GMB tb. Não sei o quanto ela vendeu.

      • th!nk.t4nk

        “Desenvolvido no Brasil” = usou 90% de componentes de desenvolvimento da matriz européia (câmbio, motor, plataforma, sistemas auxiliares, eletrônica, etc). Basicamente o desenho e o cálculo estrutural da carcaça é que foram feitos no BR. Idem pra Ecosport, Fox, Nivus, etc.

        • Verdades sobre o mercado

          Na verdade o Fox teve maior desenvolvimento da VW BR que o Nivus, visto que tem apenas a base do Polo 4. A carroceria foi toda desenhada pela VW BR, enquanto o Nivus é essencialmente um Polo com frente mais alta e traseira esticada, tendo sido aproveitado todo o “miolo” do Polo 6 (portas, teto, assoalho, cofre do motor, etc).

        • Rodrigo

          EcoSport foi desenvolvido no Brasil, apesar de você não aceitar.
          A não ser que a diretoria de Engenharia, a própria Engenharia que trabalhou nos projetos em Camaçari e inclusive a matriz da Ford estejam todos errados, menos você…

    • Caulazaro

      A Ecosport fez um relativo sucesso na Europa, tanto que em 2018, a Ford bateu recorde de vendas de SUV lá e graças a Eco.

    • Verdades sobre o mercado

      O Fox tinha 2 problemas para ser vendido na Europa: interior horroroso e era um produto Made in Brazil. O Nivus é um produto atualizado (afinal é um Polo com alguns diferenciais) e será MAde in Europa (Espanha para ser mais exato).

    • omaisbanidodona

      Vender mais que o FOX ??? o Fox chegou a ser dado como brinde na compra de uma TIGUAN na Finlandia e mesmo assim ninguem quis.

  • Tibúrcio

    É bonito! Mas ao vivo, me decepcionou…
    Não é um Polo de salto alto, é um Polo de tamanco pois nem é tão mais alto! E CAAAAARO pelo o que é!
    Vale esperar um ano até pegar um usado, pois se desvalorizar como ocorreu com o Polo, aí vale!

    • Charlis

      Eu nem vi ele ainda ao vivo, e nem estou curioso.

      Bela definição sua, eu concordo.
      Ele é apenas 2,7 cm mais alto que o Polo. E desses cm, na suspenção é apenas 1 cm. O resto vem do pneu.
      Largura é exatamente a mesma…
      Parece que até as portas são as mesmas do Polo, idem pro parabrisa.

      []s

      • Verdades sobre o mercado

        Mas o miolo é todo do Polo, não poderia ser diferente. O que muda é a frente que é mais alta que a do Polo e a traseira que é mais comprida.

  • Roberto

    Senti falta do “Publieditorial”.

    • Verdades sobre o mercado

      Isso acontece com todos os produtos. Realçam bastante as vantagens e criticam de forma sutil as deficiências. Não esqueça que a imprensa especializada e os fabricantes tem uma relação que tem ser amistosa, pois os primeiros dependem dos segundos e vice-versa.

  • Janio O’ brien

    Francamente o Design desse carro é muito bacana e a motorização é suficiente para ser um Cross over que todo nós sabemos que quem compra “Suv” hoje é só pra passar em buraco e quebra molas na cidade e subir rampa de condomínio, então tá de excelente tamanho. É modinha

    • JFX

      Mas é preciso ter em mente que a suspensão não foi reforçada para passar em buraco ou lombada.
      É um carro normal.
      Esses plásticos que circundam as caixas de roda têm efeito meramente estético.

  • Hugo Henrique Silva Lange

    por fora é ate bacana, por dentro é um VW… seco,sem graça e chato. proxima tentativa VW…. pra mim ainda nao colou.

  • Pablo Lee Peter

    Achei q era propaganda

  • Victor Costa

    teria, mas é muito caro.

  • VR6icardoW

    Bonito, pena que é um SUV!

    • guima

      Não é não

  • Joao Victor

    O ruim dos vw é o interior, que coisa pobre, em termos mecânicos, de qualidade estrutural (menos no gol, Voyage, Saveiro e Fox), de rede de concessionária e assistência e atendimento pós venda eles são ok, mas os interiores matam os carros, o que custa colocar um pedaço de couro nas portas? Um plástico um pouco melhor no painel? 800 reais?

    • Verdades sobre o mercado

      Nem precisava de couro, mas um plástico de melhor aparência faria toda a diferença e não custaria estes 800 reais

    • Johnny Cage

      fui testar o carro dia 25 de julho e de fato o plastico interno me desanimou. O carro é bonito, confortável e bem equipado. O motor não é tudo isso que falam, apenas empurra o carro numa boa. Pra vocês terem uma ideia, tenho um yaris hatch top de linha com teto solar… e apesar dos plasticos internos… o acabamento e bancos de couro do yaris são melhores. Quem duvida, vá na VW e veja com os proprios olhos…

      • PEDAORM

        Fui ver esse Yaris antes de comprar meu Polo HL em 2020. Realmente o acabamento interno passa uma impressão melhor, e tem o teto solar como diferencial, no mais achei o Polo superior em tudo. Principalmente motor e equipamentos, mas até no comportamento dinâmico mesmo e ainda custava ligeiramente menos. Polo é basicamente um produto europeu com acabamento piorado, e o Yaris um etios, para países emergentes, como aspecto visual e acabamentos melhorados. Na minha opinião.

        • JFX

          Acho que nesse caso você está romantizando demais o Polo e os carros da VW, acreditando muito no marketing.
          Nada garante que o Polo montado no Paraná é idêntico ao europeu, mudando somente acabamento.
          Só a palavra do vendedor.

          • PEDAORM

            Amigo, é um produto mundial, com certas adaptações, contra um produto primordialmente para mercado emergentes. O cambio é algo que não vemos na Europa, e o padrão de acabamento também é abaixo, no mais, usa mesma plataforma, motor e maior parte dos equipamentos, alguns exclusivos para a categoria na época, além de manter um alto padrão de segurança.

            Compara o Polo europeu vs o brasileiro e o Yaris europeu vs o brasileiro, fica fácil verificar.

            Não caio em romantização, conheço e gosto muito do mercado de automóveis. Na minha opinião, cai no marketing de montadora quem opta pelo Yaris, mais caro e oferece menos.

            Cada um com seu gosto, e que valorize o que preferir, mas é inegável que o Polo nacional é um produto nível global. Por fim, acho que a VW nem explorou isso no mkt.

      • JFX

        O motor 1.0 TSI é equivalente a alguma coisa entre 1.6 e 1.8.
        Só que tem a vantagem de trazer a potência pra baixo giro, não precisa esticar muito as marchas pra fazer o carro andar (como todo carro turbo moderno)

      • Gustavo Melo

        Disse tudo, o Yaris tem acabamento melhor, não que do Nivus seja ruim, no mais (dinâmica, segurança e tecnologia) o VW é melhor.

    • PEDAORM

      800 reais no volume de produção que esse carro tem significam milhões e milhões de custo a mais. Será que se refletiriam em vendas? Tem a ainda a questão do ganho de escala, usando componentes idênticos ao dos irmãos, é uma conta complexa, mesmo que custasse bem menos que esses 800.

  • VR6icardoW

    Rebaixando e com perfil de pneus mais baixos dá um belo hatch!

  • Geraldo Xavier

    Ainda não vi ao vivo, mas por foto é o mais belo vw.

    • mjprio

      Ao vivo achei ainda mais bonito.

    • Gustavo Melo

      Sem dúvida nenhuma é o carro mais belo da VW.

  • daniel

    Foda é pagar 100 mil num milzinho, sabendo que nao poderia valer mais de 75 . carro zero ta foda de comprar

    • Verdades sobre o mercado

      chamar de milzinho é demonstrar uma certa ignorância sobre a realidade dos motores de hoje, além do que o carro oferece. O problema maior não são os preços, mas sim nossa renda e os impostos.

      • Sino Weibo

        Na verdade hoje o problema está no dólar, mas antes o que minou a concorrência foi o Inovar Auto, sem ele o mercado estaria bem mais competitivo e com inúmeras opções, e dificilmente esse carro custaria o que custa e mesmo que custasse, não venderia nada.

        • Verdades sobre o mercado

          Que teria mais concorrência não tenho dúvidas, mas tenho minhas dúvidas se os preços seriam tão mais baixos do que os praticados, além de que em contrapartida ao Innovar Auto provavelmente não teríamos motores tão eficientes quanto os que surgiram nos últimos anos.

          • Sino Weibo

            Mas exatamente nessa parte de motores eficientes que o Inovar fracassou mais, pois era fácil mudar isso, era so no caso, como eu disse no comentário, mudar essa legislação que beneficia apenas 1.0, pra outras cilindradas. Na Argentina por ex é assim e vendem bem modelos de outras cilindradas, muitos são mais econômicos que os 1.0. Agora a principal mancada do programa foi nessa questão dos híbridos/elétricos, numa época que todos os países do mundo já se falava disso. Hoje vemos ae o patamar que eles estão na tecnologia e o Brasil não. E em relação a motores modernos, é irônico pensar que o Kia Picanto naquela época já vinha com 1.0 turbo, e que hoje é usado no HB20, ou seja, os tais motores eficientes já existiam e continuariam vindo importados e até equipados nos nacionais ao longo do tempo, evolução natural do mercado.

            • Verdades sobre o mercado

              Os motores evoluíram bastante desde o Inovar Auto. Até os sedans médios hoje tem bons números de consumo. Claro que temos uma legislação burra que privilegia os motores 1.0, quando na verdade sabemos que os motores de melhor eficiência para nossos automóveis são entre 1.200 e 1.400 cm3, sejam aspirados ou turbinados.

    • Eng. Mecânica 2014

      Você tem mais de 50 anos. Acertei?

      • Thiago

        E você tem menos de 12 anos de maturidade mental. Acertei? Ao invés de chamar os outros de velho, rebata com conteúdo, Sr. Engenheiro.

  • Luis Burro

    Gosto é uma questão pessoal msmo… mas é espantoso como a imprensa automotiva no Brasil pareça fazer um lobby pras marcas (ou só pra algumas) pq considerar q o modelo é diferente do Polo é a msma coisa dizer q o Argo e o Cronos acontece o msmo… ele é um Polo camuflado e mais caro, e q por esta descrição: “Por vc… As portas são de plástico duro sem grande atenção ao acabamento, tendo apenas puxadores de cor cinza para uma leve diferenciação em relação aos irmãos e nada mais.”, gera duvida se realmente vale o q se pede!

    • JFX

      Mas o papel dos sites e blogs automotivos é justamente dar visibilidade para os produtos.
      Ou vc achava que eles faziam o quê?!

      • Verdades sobre o mercado

        Exato. Imprensa especializada e fabricantes são dependentes um do outro. Não vão queimar produtos, a não ser em casos mais sérios como air-bags matadores, câmbio powershit entre outros.

      • Luis Burro

        Acho q seria o esclarecimento pro consumidor, mas ao ler ñ é mto bem isto q ocorre, quase ñ se vê críticas como se vê elogios, e msmo com a unica crítica q citam do acabamento falam como se o carto fosse mto superior ao Polo e justificasse o valor… olhe, se custasse uns 5 mil a mais q o Polo no máximo até poderia ser considerado, mas só dizer sem apresentar quesitos q possam corroborar a isto, acho suspeito!

  • Pablo Lee Peter

    Achei que era propaganda

  • Carlos

    Não é um carro para quem tem família, apesar do bom porta-malas. Bem apertado para quem senta atrás.

    • Verdades sobre o mercado

      Se for uma família de pessoas altas realmente não é uma boa escolha. Melhor um “SUV” mesmo.

  • Elias Silva

    Fui levar meu Polo para revisão na concessionária e aproveitei dar uma olhada no Nivus. Minha impressão: é um Polo com novo volante e nova central multimídia. O restante (da vista apenas do condutor) é bem igual. Não me interessou, ainda mais pelo fato de não possuir navegador nativo. O navegador nativo é ruim na minha opinião, mas é uma mão na roda quando vc não tem tempo de conectar o aparelho (ou ligar o bluetooth quando está economizando bateria rsrs) e quer um mapa rápido. Enfim, não me impressionou.

    • PEDAORM

      Navegador nativo também da uma impressão visual bem bacana para o virtual cockpit, impressiona para quem não conhece. Além disso, se vc estiver em região com conexão ruim, como praias etc, te leva na direção correta sem necessidade de internet. Apesar de alguns equipamentos exclusivos bem interessantes, não vejo sentido em trocar um Polo top de linha, por exemplo, nesse carro. Só se for um Polo MSI. Agora para quem tá chegando agora na família Polo, pode ser uma opção interessante.

      • Carlos AM

        Penso da mesma forma.
        Para quem já tem Polo/Virtus acredito que a migração para o Nivus não faça muito sentido.

    • Tibúrcio

      Eu achei bonito, porém pequeno e CARO! E um ponto que vai me gerar xingamentos, mas vi um estacionado ao lado de um Focus 2012, e de relance, achava que o Focus era o Nivus.
      A traseira tem semelhanças na forma…

  • Johnny Cage

    Fui testar o carro e gostei do visual. A parte que não agradou foram os plásticos internos e o teto preto que não é preto…. Também não achei o motor lá essas mil maravilhas que falam mas é bem confortável e possui bom isolamento acústico. A central multimidia de fato é otima e rapida. Vale 99k? Pelo nível de equipamentos eu achei justo… controle adaptativo, sensor crepuscular, camera e sensor de re, 6 airbags, freio a disco nas 4 rodas, multimidia top de linha, ar digital, chave presencial, suspensão bem confortável, retrovisor eletrocromico e pelas 3 revisões gratis …. Recomendo o test drive.

  • Daniel dos Santos

    acabamento das portas de carro popular…..

  • Junior Siqueira

    Li rapidamente e pensei ter visto um informe publicitario

    • Tibúrcio

      É! A VW estrá gastando para divulgar bem o produto!

  • Fernando Piston

    Olha, gostei do carro. Visual bem bacana. Externamente, nada a alterar. Mas internamente….A VW pensa que acabamento pobre é característica dos seu carros abaixo de 150 mil. Plástico feio, falta da bendita capa dos trilhos dos bancos é um desleixo e economia de palitinhos que não precisava ter. Será que não acompanham as críticas de proprietários e de possíveis compradores nesse aspecto? Não é possível ser tão omissa assim.

    • Matheus

      Realmente Fernando. Acho que os plásticos dos trilhos é um deslize grotesco, pois até o antigo polo já tinha (desde 2003). E o acabamento em si tem bom encaixe e sem rebarbas, mas deveria ter mais tecido nas portas por exemplo, já ajudaria. Porém, no geral, está muito melhor em conteúdo e preço que seus concorrentes. Espero que se mantenha o preço…rsrs

  • Matheus

    Realmente carro com tecnologia e segurança a preço, digamos que para a realidade atual do Brasil, justo. Achei que as fotos da parte traseira estavam com os bancos dianteiros totalmente para trás, o que deu a impressão de ser super apertado. Causou uma impressão diferente da realidade. Já andei em polo e tem bom espaço para as pernas.

    • T1000

      Bom espaço para anões, você quer dizer

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

Notícias por email