Avaliações Lançamentos Sedãs Volkswagen

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

O Voyage está com quase 35 anos de mercado e nos últimos anos perdeu terreno para rivais mais atualizados, entre eles Chevrolet Prisma e Hyundai HB20S. Para recuperar o tempo perdido, a Volkswagen promoveu mudanças na linha 2017.


As alterações foram poucas – até menos mudanças que no Gol – tendo a parte frontal recebido faróis atualizados, grade remodelada e novo para-choque, cujo estilo lembra o Golf GTI. No restante do visual exterior, apenas rodas de liga leve e calotas.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Por dentro, a mudança foi a substituição do painel e novos sistemas de áudio e entretenimento, além de um prático suporte de smartphone. Houve mudanças na padronagem dos tecidos também. Além de tudo isso o motor 1.0 8V cedeu lugar ao mais moderno 1.0 12V, que tem três cilindros.


Nesta Avaliação NA, o carro cedido pela Volkswagen é o Voyage Trendline 1.0 com opcionais ar condicionado e Interatividade Media, que ajudam o preço a subir de R$ 40.990 para R$ 44.625. Apesar dos pacotes, ele continua um sedã muito simples de fábrica. O preço básico está abaixo da concorrência, mas com estes itens, fica na faixa de acesso dos rivais.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Por fora…

Visualmente o Voyage 2017 reforça a importância do Gol para a Volkswagen, já que ganhou somente mudanças na frente, enquanto o hatch recebeu alterações até na tampa traseira, bem como lanternas.

O Voyage com a frente nova ganhou um pouco mais de vida, mas a traseira sem alterações nas lanternas – que não agradam – ficou desequilibrada. Estas poderiam ter aumentado de volume e recebido baixo relevo duplo para estarem em harmonia com as mudanças do Gol. Na Trendline, calotas aro 14 completam as poucas alterações no estilo. Maçanetas e retrovisores pretos dão a dica da opção mais espartana da gama.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Por dentro…

No interior, o Voyage recebeu um painel com visual bem mais moderno que o anterior – que não mudava desde a chegada dessa geração, que ressuscitou o sedã – tendo como destaque os difusores de ar horizontais e retangulares, quadro de instrumentos atualizado e novos sistemas de áudio.

No caso do Trendline 1.0, além do ar condicionado (R$ 2.800), o sedã estava equipado com o Interatividade Media, que consiste no rádio 140G, quatro alto-falantes e dois tweeters e suporte de celular. O aparelho vem com USB e auxiliar, assim como Bluetooth. O cluster tem iluminação vermelha e indicador de marcha, além de conta-giros. Faltou um computador de bordo de série.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

O painel tem acabamento geral preto e textura na parte central. O suporte de celular é bem prático e vem com entrada USB para carregamento, podendo ainda ser removido. O volante é novo, semelhante ao do Golf, só que bem mais simples.

Ele não tem regulagem de altura, apenas o assento do condutor conta com isto. Há vidros elétricos apenas nas portas dianteiras e os retrovisores são manuais. O Trendline fica devendo uma chave canivete com comandos remotos. Abrir e fechar na chave física é bem ruim no dia a dia.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Muito simples, o Voyage Trendline 1.0 apresenta ainda banco traseiro rebatível e duas luzes de leitura dianteiras. O espaço continua o mesmo para os ocupantes, assim como para bagagens (480 litros). No geral, poderia oferecer alguns itens a mais de série. Afinal, ele é praticamente R$ 1.000 mais caro que um Nissan Versa 1.0, que tem retrovisores elétricos, computador de bordo e chave com telecomando, entre outros, por exemplo.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Por ruas e estradas…

Se carece de itens, pelo menos o Voyage 1.0 2017 ganhou pontos nos quesitos performance e eficiência em comparação com o anterior e até mesmo dos rivais. O motor EA211 1.0 de três cilindros e 12 válvulas foi a melhor mudança implantada no clássico sedã da VW. Ele entrega 75/82 cv e 9,7/10,4 kgfm, respectivamente com gasolina e etanol.

O pequeno de três cilindros apresenta performance superior ao antigo 1.0 8V, respondendo muito bem acima de 3.000 rpm, quando o torque máximo – de até 10,4 kgfm – entra em ação até os 3.800 rpm. Nessa faixa, ele parece um 1.4 no leve Voyage. Em saída, ele trepida um pouco em baixa (menos com coxins hidráulicos), mas logo que o giro sobe (a partir de 2.000 rpm já tem 85% do torque), seu funcionamento é suave.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

O câmbio de cinco marchas teve as relações levemente alongadas e mantém a maciez nos engates e a precisão já conhecidas da caixa MQ200. Nas retomadas, o Voyage 1.0 é adequado à proposta. Ou seja, na cidade vai bem, mas na estrada é recomendável reduzir mais e manter o giro bem alto para ter disposição nas ultrapassagens ou subidas íngremes.

Rodando a 110 km/h, o ponteiro marca 3.500 rpm. O consumo urbano ficou em 12,1 km/litro, enquanto o rodoviário em torno de 14,2 km/litro, ambos com gasolina. Números bons para um sedã 1.0. O indicador de marcha também ajuda muito nessa parte. O nível de ruído interno é adequado, enquanto a direção hidráulica responde moderadamente. Poderia ser elétrica e oferecer mais leveza em manobras, mas não é todo ruim.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Os freios agora possuem discos maiores e poder de frenagem melhor. Além disso, o Voyage 1.0 recebeu pneus de baixa resistência a rolagem, que ajudam a reduzir o consumo. Por conta da pressão, também auxiliam na estabilidade, que já é boa neste carro três volumes.

Por fim, a suspensão continua ajustada para a realidade brasileira, absorvendo bem a buraqueira e dando conforto relativo aos passageiros. O escape agora é de aço inox, aumentando assim sua vida útil. No todo, o Voyage com esse motor 1.0 ganhou vida nova.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Por você…

A vida não é fácil num mercado onde os sedãs pouco equipados e acabados começam na faixa de R$ 45.000. O Voyage teve redução média de 5,7% e uma recomposição dos opcionais para ter melhor custo-benefício.

A versão Trendline 1.0 está no mesmo nível de alguns rivais em preço, mas ainda deve em equipamentos. Por R$ 44.625, o rádio é um diferencial bom, mas o sedã peca pela falta de retrovisores elétricos, chave com telecomando, direção elétrica, computador de bordo e detalhes na cor do carro, itens que denotam maior preocupação com o visual e acabamento.

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais

Em performance, o VW Voyage 1.0 2017 agrada, assim como no consumo, tendo um equilíbrio maior entre ciclos urbano e rodoviário. Claro, se fosse 100% a gasolina, teria um ganho maior em economia, mas isso seria apenas fora do Brasil, já que aqui impera o Flex. Os preços das revisões não foram divulgados ainda, mas devem ficar no mesmo patamar. A conclusão é que, no desempenho, ele vale a pena, mas no conteúdo, não.

Medidas e números…

Ficha Técnica da Volkswagen Voyage Trendline 1.0 2017:

Motor/Transmissão
Número de cilindros – 3 em linha
Cilindrada – 999 cm³
Potência – 75/82 cv a 6.250 rpm (gasolina/etanol)
Torque – 9,7/10,4 kgfm entre 3.000 e 3.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão – Manual de cinco marchas

Desempenho
Aceleração de 0 a 100 km/h – 12,9/12,7 s (gasolina/etanol)
Velocidade máxima – 173/175 km/h (gasolina/etanol)
Rotação a 110 km/h – 3.500 rpm
Consumo urbano – 12,1 km/litro
Consumo rodoviário – 14,2 km/litro

Suspensão/Direção
Dianteira – McPherson/Traseira – Barra de Torção.
Hidráulica

Freios
Discos dianteiros e tambores traseiros com ABS e EDB

Rodas/Pneus
Aço estampado aro 14 com pneus 185/65 R14

Dimensões/Pesos/Capacidades
Comprimento – 4.218 mm
Largura – 1.656 mm
Altura – 1.463 mm
Entre-eixos – 2.467 mm
Peso em ordem de marcha – 974 kg
Tanque – 55 litros
Porta-malas – 480 litros
Preço: R$ 40.990 (básico)R$ 44.625 (versão avaliada).

Galeria de fotos do Novo Voyage Trendline 1.0 2017:

Novo Voyage Trendline 1.0 anda melhor, mas continua simples demais
Nota média 5 de 1 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email