Chevrolet Hatches Sedãs Segredos-Flagras SUVs

Novos Onix e Tracker são flagrados em rodovia paulista

Novos Onix e Tracker são flagrados em rodovia paulista

Um comboio com unidades do Novo Onix e do próximo Tracker foi visto pela irmã do leitor Diego, rodando na rodovia Carvalho Pinto, região do Vale do Paraíba. O grupo estava completamente camuflado, mas dificilmente impedia que alguém soubesse quais eram os carros, ainda mais portando placas de São Caetano do Sul.


O Novo Onix será o segundo modelo da Global Family Vehicle da General Motors a chegar ao mercado nacional, após o Onix Sedan. O hatch compacto crescerá e deverá receber um entre eixos mais curto que o sedã, contendo também seu porte. Ainda não revelado na China, o Chevrolet para mercados emergentes promete ter segurança de bom nível e conectividade ampliada.

Novos Onix e Tracker são flagrados em rodovia paulista

Com 4G LTE e hot spot Wi-Fi, o Novo Onix pode contar com itens de maior valorização, podendo mesmo ter teto solar elétrico, por exemplo. Além disso, o Novo Onix deve fazer do motor 1.0 Turbo seu principal e tendo potência de até 125 cavalos e algo em torno de 17,3 kgfm. Isso sem contar a transmissão automática de seis marchas.


O outro do flagrante é a nova geração do Chevrolet Tracker, que já é conhecida na China. O SUV compacto agora será feito no Brasil em lugar do México, devendo assim abastecer o mercado norte-americano com o nome Trax. Com 4,27 m de comprimento e 2,57 m de entre eixos, o utilitário esportivo é feito na mesma plataforma do Novo Onix.

Novos Onix e Tracker são flagrados em rodovia paulista

Com produção que pode acontecer em São Caetano do Sul ou Gravataí, o Novo Tracker pode usar também o novo motor 1.0 Turbo com até 125 cavalos e câmbio automático. Entretanto, o igualmente recente 1.3 Turbo de 163 cavalos, também pode fazer parte do pacote. Compartilhando muitos elementos entre si, a dupla deverá iniciar uma nova família global de automóveis compactos.

Apesar dos novos produtos, a GM não tem intenção de tirar imediatamente os atuais Onix e Prisma, assim como o Cobalt.

Novos Chevrolet Onix e Tracker 2020 – Galeria de fotos

Agradecimentos ao Diego.

Novos Onix e Tracker são flagrados em rodovia paulista
Nota média 4.4 de 7 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Kaian Reis

    Sei não, parece que o Tracker atual tem mais cara de SUV do que esse novo

    • O atual é um SUV mesmo, pois nasceu utilitário. Esse novo será um mero crossover derivado de carro de passeio.

      • fredggp .

        Todos os dois são Crossovers. Nunca que o Tracker foi SUV…

        • MonHoe

          Foi quando era um vitara com logo da Chevrolet

          • fredggp .

            Se foi o que ele quis dizer você está correto. O pessoal confunde por demais SUVES e Crossovers.

  • Rogério R.

    Como um fã de caminhões não teve como eu não notar. Tem um DAF XF105 em uma das fotos, essa marca holandesa com alma americana está conquistando o Brasil. Bacana de ver! Agora voltando ao assunto do tópico, eu acho que o Onix retrocedeu no design, pois a moda agora são lanternas traseiras que invadam a tampa do porta-malas. As lanternas do Onix me fazem lembrar as do 206.

    • Raimundo A.

      Também gosto de caminhões e admiro a DAF, mas esta precisa diversificar mais os produtos aqui até porque prometeu quando ia operar aqui no país lançar, por exemplo, o LF. Cobra-se e o mercado é grade, pelos pesados CF rígido. Também se vê nas fotos um bitrem sete eixos para transporte de cimento.

      Se for seguir tendência, vão dizer que está copiando isso ou aquilo. O sedã parece um mini Cruze, entrando na seara de condutas da VW, por exemplo, que brincam o Virtus ser um mini Jetta e por aí vai.

      Até melhor ao meu ver o Onix hatch não ter lanterna invadido a tampa e por manter isso se diferencia de outros que tem, pois se for como alguns veículos a peça auxiliar no design, mas não ter utilidade prática, vide a do T-Cross de ponta a ponta, deixa quieto.

      • Rogério R.

        Pelo que vejo nas falas dos executivos em entrevistas nos canais especializados no Youtube, a DAF pensa e estuda muito o mercado antes de tomar qualquer decisão. Acho que é por isso que os CF rígidos e LF ainda não chegaram aqui, apesar que na Europa a DAF é forte na linha de cavalos-mecânicos como está começando a ocorrer aqui. Em uma visita no site Mídia Trucks Brasil, vi um flagra de um XF com design Euro 6 sendo testado aqui, é bem provável que ele será o destaque da marca na Fenatran 2019.
        Pela placa de identificação de veículo longo na traseira do bitrem, acho que se trata de um bitrenzão de 9 eixos.
        Aquela baita lanterna do T-Cross funciona como as lanternas do Gol 1987-94? Se acendesse toda a extensão seria muito mais caro então. O pior que qdo eu olho aquela traseira eu me lembro do seu Madruga. Ficou horrível.

    • Matheus Rozante

      Esse Daf da foto ainda é um mais “simples”, outro dia parei na estrada ao lado do modelo xf 105 todo “tunado”( não sei como dizer) e é invocado e imponente demais!
      Como viajo toda semana à trabalho gosto de observar os caminhões, notei uma crescente nos Dafs e Mans mas, Scania e Volvo ainda dominam por aqui.

      • Rogério R.

        Na verdade esse XF da foto é a intermediária Space, a que você deve ter visto é a versão Super Space com 2,10 m de altura interna, a cabine é gigante. Os MAN estão começando a aparecer bastante mesmo, mas acho que os DAF estão aparecendo em número maior.

        • Matheus Rozante

          Tenho no computador um jogo chamado Euro Truck Simulator 2, já viajei muito com vários caminhões mas tem mais de 1 ano que não abro pra brincar um pouco. A imersão do jogo é muito boa, tendo volante e pedal de qualidade dá pra sentir a sensação de dirigir essas máquinas!

    • RicLuthor

      Se quando acesas o resultado for muito eficiente e ainda por cima belo, as novas lanternas farão muito bem ao design.

  • Dudu Pimentel

    1.0 Turbo, com 125 cv e 18 kgfm (espero seja na gasolina)…não está ruim, mas o Polo, seu principal concorrente tem 128 cv e mais de 20 kgfm…porém se o Chevrolet for mais leve, então compensa.

    • Hugo Leonardo Dos Santos

      O 1.0 ecoboost no Fiesta tinha 125 CV e 17 kgfm de torque, era muito bom e andava muito bem. Esses 20 kgfm de torque no Polo e Virtus acho exagero, tem que ver se vai ter durabilidade.

      • 4lex5andro

        Depende do regime de rotação em que esse torque é entregue também. Vai ser um ponto a favor da GMB, se esse torque for entregue em marchas/rotação reduzidas, e considerando só uso urbano, mesmo sendo um pouco (nominalmente) menor.

        • TFSI

          No Polo/Virtus, o torque vem cheio de 2 a 3,5 mil RPM. Por isso que em altas rotações o motor morre, principalmente depois de 5,5 mil RPM. Se a linha Onix conseguir de 1,5 a 4 mil RPM esse torque de 18kgfm, vai ser melhor que o motor da VW e andar mais rápido.

  • Peuooo

    acho uma besteira da chevrolet chamar esse carro de ONIX e PRISMA… nada a ver…

    • O sedã poderia usar o nome Cobalt ou Monza mesmo e o hatch novo Astra ou Kadett.

      • Peuooo

        teria que ver, astra não pode mais, pois é opel… kadett ou monza eu não sei se é opel ou chevrolet…
        mas poderia ser sim, cobalt e cobalt sedan… ou mesmo, poderiam voltar com o nome SONIC.

        • 4lex5andro

          Kadett é Opel também, assim como Monza (que na matriz era o ‘hatch’ do Senator).

        • Se o nome Astra estiver registrado pela GM do Brasil, poderia sim, a não ser que na venda da Opel para a PSA, os nomes em todo o mundo estejam incluídos no pacote. Monza já é usado pela GM na China.

  • Cardoso (não aquele)

    Quero saber é como vão ficar os preços.

    • awatenor

      Altos, decerto.

  • Rodrigo Schiavo

    Pelas especulações e os diferenciais do novo Onix, com motor interessante, possível teto solar e demais acessórios, podemos esperar algo próximo de 90 mil tanto no hacht quanto no sedã na sua versão mais completa, para uma possível saída a curto prazo dos Cruzes!!!!

    • leomix leo

      Seu por apenas R$ 89.990,00, ou entrada de R$ 50.000,00 + parcelas de R$ 979,00 e parcela residual.

    • Eric PB

      E qual o problema? o Virtus highline com todos os opcionais beira os 92mil. Ele não vai matar os cruze, este inclusive está vindo com a nova frente. O cruze parte de 95mil na LT preço de tabela (porém vendido a 85mil). Este é um fator atrativo na gm, seus carros são vendidos com ‘descontos’ leia-se – o verdadeiro valor que deveria ser cobrado – e o consumidor gosta. Um onix activ tabelado a 64mil por aí automático é vendido por menos de 58, sendo assim mais atraente q o novo argo trecking que é manual. o tracker tabelado a 107mil é vendido a 93, final do ano passado chegou a ser oferecido a 89mil. Acredito que estes novos onix serão tabelados a preços bem altos com vc citou, porém vendidos com 5mil de desconto para ”fechamento de venda” e o cliente sai feliz.

  • 4lex5andro

    No Onix, pelo jeito, as lanternas traseiras estão menores e mais elevadas. E o Tracker ficou mais largo, torcendo pra que ganhe mais porta-malas, o que pra os SUV nacionais seria um certo diferencial.

  • Domenico Monteleone

    2,57 de entre-eixos me parece pouco para o Tracker

    • Gran RS 78

      Isso não quer dizer muita coisa, pois o Creta tem esse mesmo entre-eixos e o espaço para os ocupantes e bagagem são bons.

      • Gorpo de Etérnia

        Já viu o porta mala da Tracker??

        • Gran RS 78

          Sim, é bem pequeno. O do Creta é bem maior.

  • Junikao .

    VW e GM , só leigo compra essas bombas

    • Gran RS 78

      Prazer, eu sou um leigo, pois tive muitos carros das duas marcas, e não tive nada a reclamar deles, especialmente da GM.

    • Fernando Gabriel

      Também sou um dos “leigos” que compram GM. Reclamação 0 com os carros, para terrenos lunares, muito importado badalado não aguenta o que um Celta, por exemplo, aguenta.

    • RicLuthor

      Quais seriam as boas opções? Fiat, Ford, Renault…?

    • Matheus Girelli

      Também sou leigo e muito feliz com o meu

    • Eric PB

      Sou outro leigo, já tive 4 modelos da Chevrolet, vou me abster dos modelos, o penúltimo com mais de 140mil km em 5 anos e zero, NADA de problemas. O atual segue o padrão do anterior, zero problemas.

  • Franco da Silva

    Muito prontos esses carros, devem ser lançados muito em breve, não no final de 2019 e 2020 como alguns sites falam.

  • Mayck Colares

    Essa traseira do Onix é igual a do Toyota yaris 1999. Pena que não da pra colocar foto aqui, mas deem uma olhada.

    • RicLuthor

      De repente ficará igual (ou lembrando) a do Vectra GT.

  • afonso200

    moro na regiao metropolitana de Porto Alegre,,,,, e 3x semana passo por gravatai na frente da fabrica da GM ,,,, vejo no ultimo mes todas vezes eles camuflados, ja nem sao novidades

  • Tommy

    GM deveria ter aproveitado e já deixado o Tracker e o Onix com o mesmo entre-eixos do Onix Sedan, seria um destaque da categoria e certamente vai ser o padrão da próxima geração de hatchs/suvs compactos (2,60+), daria uma folga pro carro se a geração 3 demorar

  • Diego Berri

    Quando recebi as imagens logo vi que era Onix e Prisma, o outro achei que era um derivado deles ou a Tracker mesmo.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email