Finanças Mercado

O custo do Inovar-Auto na crise do mercado automotivo

Pátio-de-automóveis-importados-da-Kia

O mercado nacional crescia galopantemente em meados de 2011. O Brasil já era apontando como um destino promissor até mesmo por marcas premium. O consumidor de baixa renda começava a ter acesso ao primeiro carro e a indústria estava ampliando o parque para dar conta da grande demanda.

No entanto, com a grande oferta e procura de carros novos, o mercado nacional atraía todos os interessados em crescer por aqui, incluindo as marcas chinesas. Diante do temor de “invasão” de marcas asiáticas, notadamente da China, o governo decidiu proteger sua indústria com a imposição de uma dupla taxação, a imposição de IPI majorado de 30% sobre a cota de importação, que acabava de ser implantada.

Estas foram introduzidas no programa chamado Inovar-Auto, que em contrapartida oferecia a oportunidade de promover o desenvolvimento e a pesquisa no Brasil, através de créditos que deveriam ser conquistados pelos fabricantes.

Mas, o objetivo real era reduzir a entrada de importados e favorecer o produto nacional que, com a concorrência, começava a ficar defasado. O ano de 2011 teve 3,35 milhões de carros vendidos, sendo 783 mil importados. Os chineses somaram 105 mil. Mesmo com o IPI majorado, o governo ainda manteve a taxa de importação de 35%, o limite máximo estabelecido pela OMC.

Pátio da Chevrolet

Em 2012, o dólar estava a R$ 1,95 e a dupla taxação podia ser administrada pelas importadoras, mas em 2016, o dólar está em R$ 3,82 em média. Dessa forma, o IPI majorado já não faz mais sentido como forma de proteção.

De acordo com a Abeifa, as marcas que fazem parte da associação fecharam 450 das 846 revendas no período. Dos 35 mil empregados, 13.560 foram demitidos. Além disso, a arrecadação para o governo, que foi de R$ 6,5 bilhões em 2011, caiu para R$ 2,1 bilhões em 2015. Ou seja, foram perdidos R$ 4,4 bilhões em impostos, que o governo decidiu abrir mão para reduzir a entrada de chineses e demais importados.

Hoje, a Abeifa diz que a venda de um carro nacional com margem de lucro de 2,5% para o fabricante e 10% para o concessionário, considerando um valor hipotético de R$ 36.000, não vai sair por menos de R$ 66.000 na hora da venda. No caso de um importado de mesmo valor de custo e margem, o preço sairia por R$ 96.000, o que significa R$ 25.000 de prejuízo. Caso saia da cota, o valor chega a R$ 162.000, R$ 83.000 de prejuízo.

Diante dessa realidade, a Abeifa prevê um mercado de apenas 1,8 milhão de automóveis e comerciais leves em 2016, bem abaixo dos 3,35 milhões de 2011. Ou seja, o mercado brasileiro perdeu 1,55 milhão no período. No caso dos importados, a previsão é de 39 mil esse ano, bem abaixo dos 249 mil de cinco anos atrás.

[Fonte: Isto É Dinheiro]

Agradecimentos ao Benício Recci.





  • Ailton

    No meu ver os ptralhas mudaram a regra no meio do jogo. Deveriam ter concedido prazos decentes para as chinesas e coreanas construirem suas fábricas e depois introduzir o super IPI ou que fizesse o aumento de forma escalonada.

    • LLace. Saudi Arabia power

      Na verdade, o PT não deveria nem ter reduzido o IPI! Foi uma medida populista para iludir as pessoas, O que se tira com uma mão, a outra depois cobra. Mais cedo, mais tarde a mascara iria cair.. Não tem jeito, não existe nada “grátis”. O pessoal vai ter que se acostumar com isto. O preço dos carros só estão voltando o que era antes.

    • Debraido

      Ailton, o super-IPI é uma anomalia, não deveria existir. Os últimos escândalos envolvendo montadoras mostrou como funciona o sistema para aprovação dessas MPs.
      A maioria que frequenta o NA e outros sites/blogs se lembra do bem que fez ao mercado nacional quando a concorrência era mais “livre”. O Cerato foi uma febre vendido de 49 – 55k. Imaginem, a pouco tempo atrás tínhamos a possibilidade de comprar um sedã médio por R$ 50.000,00. E o que aconteceu?
      Após mimimi das montadoras instaladas no país, o governo mudou todo o sistema de tributação. Isso ajudou o mercado interno? NÃO! Simplesmente deu margem para que as “nacionais” aumentassem seus preços. Some isso ainda a desvalorização da moeda que elevou o preço dos importados automaticamente, minando ainda mais a concorrência e dando mais margem para que as “nacionais”, novamente, subissem seus preços.
      Resultado, carros que custavam na casa de 60k agora custam 100k.
      Temos sempre que lembrar da inflação. Más a subida de preços foi impulsionada pelo Inovar-auto. Mercado fechado é isso.

      • Ainnem Agon

        Teve mês que o Cerato ficou atrás por menos de 100 unidades do Corolla, o líder.

        • Debraido

          Se não me engano ele chegou a liderar algum mês.

      • Ailton

        Eu apostaria que o super IPI rendeu ao menos R$ 1 bilhão para campanhas petistas. Lava jato nessas montadoras!

      • T1000

        onde assino?

      • Tosoobservando

        Faltou falar do Azera V6 que chegou a custar 70 mil completo em versão unica e top. Chery QQ chegou a ser vendido por 19.990 e eles diziam que poderiam abaixar mais, sem contar os planos da Tata de vender aqui o Nano, a Lada de voltar com o Niva, e por ae vai.. jogaram por agua abaixo muitos planos, poderiamos ter um mercado bem mais diversificado, dinamico e com carros e preços melhores ja.

      • Matheus Marques da Silva

        Cara.. trabalhei num projeto para trazer em série ao Brasil um veículo importado de uma marca X (que contratualmente não pode ser exposta). No “meio do projeto” as regras todas mudaram. Todo o empenho em construir um modelo de negócio sustentável para ambas as partes foi pro ralo e tive que ouvir dos gringos: “Como vocês conseguem viver sem saber qual vai ser a regra amanhã? Esse governo de vocês não pensa no bem estar do País? Quem em sã consciência vai trabalhar com quem do nada muda tudo?” Passei vergonha. Baixei a cabeça. No fim das contas alteramos o escopo do projeto e o restante da negociata não precisa ser exposta, mas passei muita vergonha por conta desse protecionismo ridículo que, na empresa que eu trabalhava, só prejudicou. Poderíamos ter absorvido muito em termos de tecnologia, produtividade e competitividade.

        • Debraido

          É um absurdo, a empresa de assessoria jurídica que atende a empresa onde trabalho, tem como um de seus serviços, prestar assessoria para empresas que querem se instalar no Brasil, a maior parte, quando explicado nosso sistema tributário, desiste de iniciar as operações aqui. Fico imaginando qual é o volume de empregos que deixa de ser gerado pela zona tributaria e institucional.

    • rodrigomalc

      PTistas sempre mudando as regras no meio do jogo… Normal pra coerência esquerdista desse povinho.

      • Rafael Trindade

        O bom é que esta corja não vai mudar mais nada agora!

        • Dezen Seide

          Pior é que vai
          Todos os políticos no Brasil são de esquerda
          Inclusive PSDB, PMDB, etc…
          Leia Olavo de Carvalho.. Vc vai se arrepiar de como funciona a política no Brasil
          Aliás, toda mídia é esquerdista e ninguém fala sobre foro de sao paulo, movimentos guerrilheiros como as FARC, MST, MIR, PCC….)
          Ta cheio de gramscista na globo, no estadão, na uol, enfim aonde vc imaginar
          Olavo de Carvalho pra quem quiser se inteirar

  • Na verdade as versões top de linha estão ficando com preço exageradamente maior. Lembre-se quanto custava um porsche 911 a 5 anos. A própria Ferrari tinha modelos na faixa de 1,2 milhão. Um mercedes sl de entrada custava na faixa dos 300 mil. Mas um fato a ser considerado que o texto não explica, o texto da a entender que o Brasil perdeu impostos ao criar o IPI maior pelo fato que no tempo presente se vende menos carros importados. Todavia quem antes comprava um mercedes SL hoje compra um carro mais simples se não teve melhora na vida financeira. O mesmo pode se dizer que quem comprou um Corolla a 5 anos atrás se não teve aumento salarial acima da inflação hoje vai comprar um carro mais simples. De fato , como o dólar influência o preço dos importados (dos nacionais também ) mesmo tirando o IPI maior se venderia menos importados , pelo simples motivo de que poucos possuem seu salário atrelado ao dólar. Tem muita gente que tinha classe c e bmw série 3 que hoje anda de corolla.

    • Ainnem Agon

      Mas o carro mais simples de hoje custa o mesmo do carro superior de ontem.

      • Rafael Trindade

        Este é o problema.

      • Edson Fernandes

        Além do que, a forma de pagar por esse carro é mais cara tbm.

    • Edson Fernandes

      Hoje eu penso que se tirassem o tal ipi a maior, as fabricantes não iriam repassar “a reduçao” ara o consumidor em sua totalidade (como foi a tal redução do IPI)

  • Marcos Andrew

    Isso mostra o quanto o governo tá cagando pro povo brasileiro é mostra tbm o quanto são incompetentes na gestão de um setor que estava em alta, para quebrá-lo em seguida..

    • Matafuego

      O setor não estava em alta, o governo forçou o setor a ficar em alta. Concordaria com vc caso a alta das vendas de veículos se dessem porque a população enriqueceu – no caso, estivesse comprando através de poupança e não através de financiamentos quase sem entrada e em 80x.

      • CignusRJ

        O setor estava em alta sim assim como a economia do Brasil. Nada excepcional.
        Mas o que vc falou tb é verdade.
        A questão é, o setor estava em alta e foi artificialmente estimulada a aumentar ainda mais pela política econômica burra do governo.Agora todos nós estão pagando por isso.

        Eu afirmo até um chimpanzé é melhor presidente que a Dilma.
        Nunca mais achincalharei os americanos. Eu gozava dizendo que o George
        W. Bush era um chimpanzé, pronto tivemos uma pior que isso.
        .

        • Matafuego

          A alta a que me referi foi a explosão de vendas causada pelo governo. Deveria ter sido mais claro. Antes de 2008, o mercado automotivo crescia de forma sustentável. Hoje temos o mesmo nível de vendas daquela época, com tendência a piorar.

          • Ainnem Agon

            A alta ocorreu pelas facilidades de crédito. Ou seja, por endividamento “forçado”.

        • Pedro Rocha

          Se falar o mesmo de Obama você vai preso.

        • Ainda bem que a Dilma saiu! Agora com Temer, tudo vai melhorar! #SQN.

          • Gran RS 78

            Pode ter certeza que irá melhor sem dúvidas, mas não será da noite para o dia, afinal 13 anos de PT arruinou o nosso país. Qualquer um é melhor que a Dilma, pode ter certeza disso.

            • Duvido que o Temer seja melhor do que a Dilma ou que vá fazer alguma diferença.

              PMDB é um saco de parasitas, caudatários e fisiologistas. Pensam mais em cargos do que o PT.

              É só vc ver a lógica: PMDB era a chapa vice do governo, foram eleitos junto com o PT/ Dilma. Qual era a posição deles? defender o governo da Dilma, afinal eles faziam parte.

              Mas o que eles fizeram? votaram em massa no impeachment. E vc acha que votaram no Impeachment pensando no Brasil?

              Votaram pensando no poder.

              Daqui a seis meses, conversamos.

              • Ainnem Agon

                É por isso que eu falo: PRECISAMOS DE UM IMPERADOR JÁ! Um sábio, que governe com MÃOS DE FERRO, e SEM TEMOR ou PENA, e ANIQUILE TODOS OS INIMIGOS, trazendo paz de 10 mil anos para a Galáxia!

              • Tosoobservando

                Nao duvide, afinal qualquer um é melhor que a Dilma, e ela demonstrava isso nos discursos sem nexo. O unico problema que ele pode enfrentar se deve aos rombos e buracos que o PT deixou, mas é so exonerar rapidinho essa corja de petistas nos cabides de empregos que estao, ja ja conseguimos pagar tudo e sanar as dividas.

                • O que a maioria dos brasileiros- talvez vc se inclua- não entende é quem governa é o partido. A Dilma não governava sozinha. Saiu a Dilma/PT pra colocar PMDB pra mim não adianta nada, só piora.
                  Aguarde e desconfie.

                  • Tosoobservando

                    Pois é o mesmo, quer partido pior que o PT ? Ouça as gravações de lula e seus asseclas, e sua resposta sera dada, eles sao daquele nivel.

                    • Pior do que o PT é o PMBD! disso não tenha dúvidas!
                      PMDB era vice da chapa, em vez de apoiar a chapa, passou a perna. Sempre mamaram junto com o PT, mas na hora do barco afundar, saíram como ratos.

                    • Tosoobservando

                      Quem afastou o PMDB foi o proprio PT, alias nao sei se percebeu, afastaram todos. A Dilma é truculenta e nao tem articulação politica, isso é fato. Soma-se a isso seu governo desastroso e o fato que nem discursar ela sabe direito. Simplesmente fizeram o que tinham de fazer e agora é esperar a justiça prender ela, o LUla e seus asseclas e nunca mais disputarem nem pra comanda uma quermesse.

              • Gran RS 78

                Logo de cara ele cortou 10 ministérios, isso só no primeiro dia.Só isso já demonstra o quanto de puxa sacos parasitas tinha no governo petista. Vamos esperar para ver o que ele irá fazer para depois comentarmos.

                • Cortou 10 ministérios, mas colocou 7 ministros que são investigados pela lava-jato!

                  • Gran RS 78

                    E vc acha que os minitros que a Dilma tinha não estavam sendo investigados? Vou citar 3 que eu me lembro; Jaques Wagner, Edinho Silva e Cardoso, sem mencionar o pior de todos o LULA, que só não tomou posse por causa do Gilmar Mendes. Gostei tbm do novo Ministro da Segurança, que falou que o Governo não irá tolerar MST e cia fechando vias e colocando fogo em pneus, e irá investigar todos esses participantes, pois segundo ele mencionou, eles estão usando táticas de guerrilha, portanto esses “movimentos sociais” tem muita coisa obscura por trás deles.

              • Edson Fernandes

                Até pq parece que aqui no NA, o pessoal enxerga que apenas presidentes irão mudar algo. Tem senado, congresso em si…. e nele TODOS OS PARTIDOS estão participando!

                O dia que brasileiro entender que POLITICA é mais do que torcer para um presidente e cobrar desses politicos mudanças reais, a coisa muda.

  • fbl

    Parabéns ao PT e aos petistas. Deve ta faltando vala pra esse povo enfiar a cabeça.

    • Louis

      Que nada, petista não tem vergonha na cara, só sabem colocar a culpa em terceiros.

      • Alvaro Guatura

        Exato, não basta dizer “não vai ter golpe”, eles ainda chamam aquela coisa de “presidenta”.

        • rodrigomalc

          Faço votos de que eles fiquem tão revoltados, que exijam um pedaço de terra só pra eles… Sem querer ser preconceituoso mas já sendo, pega uma área do Norte do país, de preferência fronteira com a Venezuela, e vão todos pra lá! Brasil do Norte e Brasil do Sul. Pronto. Fica todo mundo feliz =)

        • rafa93

          É triste ouvir esta defesa, o pior é que há grandes chances de que daqui alguns anos continuarão repetindo esta mentira puramente por questão ideológica partidária.

          Vejo que o golpe já foi aplicado no governo passado, quando a Dilma comprou o voto de deputados para alteração da meta fiscal, caso descumprimento seria um eminente crime de responsabilidade e esta mulher nem poderia ter assumido este novo mandato.
          O maior legado da Dilma a final de seu primeiro e segundo mandato foi fazer a Lei de responsabilidade fiscal de gato e sapato, afinal, o próprio pt votou contra o projeto de lei lá em 2000, de fato, fingiram que esta não existe e suas consequências estão ai, contas públicas destroçadas, dívida pública alta e um baita presente para a população, mas não, não houve crime de responsabilidade e as pedaladas fiscais não são operação de crédito, e os decretos, eu não sabia de nada.

          • Ainnem Agon

            Os mesmos deputados que agora votaram contra ela?

            • rafa93

              como estão em mandato eles perdem legitimidade em votar por isso? infelizmente com nosso sistema político visivelmente inconsistente, que permite este tipo de manobra, o que posso fazer é não gastar meu voto com este tipo de representante.

              • Ainnem Agon

                Eu só quis dizer que todo mundo ali é comprado, seja por alguém ou por alguma empresa, devido à uma situação.

                • rafa93

                  exatamente, mas como a única forma de entrarem ali está no voto, esta é a forma inicial de combater isso.

                • Edson Fernandes

                  Lendo os comentários finalmente vi que alguem enxerga além da presidencia! Isso mesmo! O brasileiro PRECISA entender isso.

                  • João Felipe Machado Silvestre

                    e não é só votar, a urna eletrônica “lembra” (e muito) aqueles telefones antigos (e temos, ainda, uma população analfabeta, analfabeta funcional ou analfa política…)…o que precisamos entender definitivamente é que só apertar os botões a cada 2 anos e não fazer mais nada não resolve…tem que saber quem é seu vereador, deputado estadual, etc e cobrá-lo. Um dia, propus um desafio aos meus amigos, só pra reflexão. Cenário: Churrasco amanhã e vc foi encarregado de comprar as carnes…UM açougue apenas na cidade faz uma promoção de R$15/kg qualquer peça de carne (coxão, maminha, picanha, alcatra, etc…tudo a R$15). Só que…O açougue é do lado da câmara de vereadores e, no mesmo dia, eles votam o aumento em 100% dos impostos municipais E a cassação (ou não) de um de seus pares, comprovadamente corrupto…E aí? o que vc faz? Compra a carne ou vai pressionar os seus funcionários??? Só pra reflexão…nem precisa responder…

                    • Edson Fernandes

                      Bem… só te respondendo… eu seria capaz de conseguir cancelar um churrasco todo por isso. Eu sou extremamente racional, de forma que, se praticarem abuso comigo, não verão meu dinheiro.

                      Alias, foi o que fiz em não comprar atualmente um carro zero. (não tenho a intensão de mudar a opinião das pessoas ok?) Só não compactuo em pagar preço abusivo. Entretanto, o que eu faria? Se tivesse tempo para comprar a carne a preço justo, compraria, caso contrário cancelaria. Iria chocar a todos, porém não pagaria um preço abusivo. E digo mais: Se ficasse responsável pela compra das carnes, não esperaria para o ultimo dia para comprar (tendo esse possivel problema).

                      São variaveis, procurei responder nesse aspecto e minha resposta abaixo compreende bem como eu penso (mas sem intensão de mudar a cabeça de ninguem é o que eu gostaria porém vale apenas para mim). E eu concordo com o que disse sobre a urna.

                      Eu só gostaria (trazendo para o mundo dos automoveis) que as pessoas que fossem adquirir um modelo 0km pudessem ser mais seletivas conseguindo adequar a realidade do seu dia a dia o custo x beneficio.

                      Então o cara compra sim o carro 0km mas sem alimentar que “vizinho, fulano de tal e conhecido” dizem ser confiavel. Mas sim porque foi pesquisado em custos, reparabiliddes, facilidade de manter um determinado veiculo de determinado porte.

  • Marco Antônio

    O governo quer é sobreviver, e para isso vai dispor de toda a qualidade de vida dos cidadãos. A ditadura das estatísticas, se o PIB vai mal, imprima dinheiro, mesmo que cause inflação. Se a balança comercial for mal, impeça as importações, mesmo que isso causa inflação e restrição de mercado.

  • Franco da Silva

    – Ah, nossa indústria está ficando pra trás…!
    – Tenho uma brilhante ideia! Não precisamos aumentar a competitividade de nossa indústria, basta socar impostos altíssimos nos importados! A CAOA e outras empresas já se dispuseram a pagar uma nota preta pra nossa bancada se aprovarmos isso!
    E viveram todos felizes por 13 anos…
    Agora, apodreçam na cadeia!!

  • Mestre Fioda

    Esse program Inovar-Auto só serviu para prejudicar os consumidores, o governo e atrasar o desenvolvimento do mercado nacional de veículos. Só foi bom para as marcas já estabelecidas no país. Um grande retrocesso. Quando as japonesas começaram a invadir os EUA com produtos de qualidade o governo americano não protegeu sua indústria. As três grandes de Detroit tiveram que se adequar a nova realidade. Mais um erro estratégico do nosso governo.

    • Hélio

      apesar das regras do jogo daqui, temos que agradecer muito a hyundai

    • Heisenberg

      O lobby feito pelas montadoras já instaladas, pois as nacionais são ínfimas (para não dizer inexistente), que gerou tal retrocesso. A política nacional está na mão das grandes (Odebrecht é só uma delas), graças ao financiamento eleitoral (toma lá, dá cá).

    • Marcio Almeida

      Até certo ponto vc está certo mas lá existe algo chamado patriotismo americano, que so comprou carro japonês após massivos investimentos, em publicidade, em distribuição, em manufatura. Carros japoneses feitos por americanos com aupervisao americana, na época até a Toyota fez associação com a GM para transferência de seus métodos produtivos e detalhe, mesmo assim durante muito tempo tiveram que provar ser melhores que os americanos, principalmente oferecendo opcionais e diferenciais dr preço. Bem diferente daqui, se vc oferecer algo importado é melhor só existe preconceito com chinês mas é questão de tempo pq brasileiro em sua maioria compra aquilo que ele tem melhor barganha não valor percebido.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Complicada essa conta por que os maiores importadores sempre foram as marcas já aqui instaladas por que dispõem de imagem e rede de distribuidores consolidadas. Mais do que importar carros prontos a pressão é pelo favorecimento da importação de suprimentos

  • Bruno Wendel Marcolino

    Quero ver se com a queda do Dolar vão baixar o preço dos carros, pois sempre rola essa desculpa pra aumentar, pra baixar também pode né?

    • Exatamente, tudo é desculpa pra aumento

      • Bruno Wendel Marcolino

        Só falta dizerem que o o Impeachment da Dilma causou problema financeiro e vão ter que aumentar o preço kkkkkkk

        Esse país é uma piada mesmo.

        • Impeachment saiu, e nada de dólar cair!!

          • Tosoobservando

            MAV Detected! Chola mais vai…

            • o que é MAV?

              • Tosoobservando

                Mobilização em Ambientes Virtuais (termo cunhado pelo proprio PT para sua militancia virtual, geralmente cargos comissionados, ou pessoas pagas so pra isso mesmo)

                • Muito pelo contrário! kkkk nem votei no PT, fiz campanha aqui no meu trab contra DIlma ser reeleita! meu voto era da Marina no segundo turno, mas acabei votando no Aécio.
                  Mas daí a apoiar esse impeachment sem pé nem cabeça, é diferente.
                  o povo não elegeu a Dilma? deixasse ela terminar o governo. Dois anos não iam fazer mta diferença.

                  • Tosoobservando

                    2 anos nao iam fazer muita diferença… fala o entendedor de economia kkk amigo pela primeira vez desde os anos 30 vamos ter 3 anos seguidos de recessão e PIB negativo, e vc queria mais 2, é brincadeira ou tu é burro?

                    • Eu sou burro, você que é esperto.

                      Você acha que o Temer vai fazer mágica, fazer o que a Dilma não fazia!

                      Muito esperto você

                      Onde tá escrito que com a Dilma no governo ia ter necessariamente recessão?

                      Baseado em que você pode presumir que o Temer vai tirar o país da crise? na habilidade dele com poemas?

                    • Tosoobservando

                      Ja esta fazendo, enxugou ministerios, cortou cargos, ira economizar, so de tirar os cabides de emprego do PT vc vai ver, em 1 ano ja voltaremos a crescer.

                    • CignusRJ

                      começou o vitimismo?

                    • E mais uma: governo ruim não é motivo para impeachment, sabia?

                    • Tosoobservando

                      Pra mim é um motivo muito forte pra impeachment. Afundar a economia e destruir o país, alem do que ela cometeu crime sim, fez pedaladas, ta la na lei do impeachment.

                    • CignusRJ

                      Isso apenas no que esta descrito no pedido de impeachment. Fora outros crimes, como a compra de passadena por 27 vezes o valor de mercado, afundar a petrobras em dívidas e prejuízos, tentar obstruir a justiça, cometer estelionato eleitoral, mentir descaradamente dizendo que o Brasil não tinha problemas, depois dizer que existiam problemas mas ela só percebeu depois das eleições ganhas, dizer que a culpa era da crise internacional (crise esta que não existia) depois dizer que a culpa da crise era por causa da investigação da lavajato e agora a culpa da crise é da oposição. Ou seja de acordo com a conveniência a crise, a pior da história do Brasil, é de qualquer um menos dela e do PT.

                    • CignusRJ

                      Sim. Governo burro ou incompetente é motivo.

                      O PT de 1990 a 2002(em 12 anos) enviou 50 pedidos de impeachment, em média 4,2 por ano ou um a cada 3 meses. Aí não era golpe.

                      Aconselho ler um livro, o primeiro e talvez o único a tratar sobre o tema no Brasil.
                      “O impeachment” de Paulo Brossard.

                      Imagine a seguinte cena, vc e sua família estão num ônibus e vê que o motorista ruma aceleradamente em direção a um penhasco.

                      Vc vai ficar sentado assistindo tudo isso só pq o motorista é habilitado a dirigir tal veículo e ninguém mais dentro do ônibus o é, ou vc tentará fazer algo?
                      Vc impedirá que alguém tente assumir o volante com o seguinte argumento, ele foi eleito, ele foi diplomado, temos que esperar o ônibus parar para fazer alguma mudança.
                      Depois de estatelados no fundo do penhasco vc ainda se vangloriará dizendo que defendeu o “mandato” do motorista até o final mesmo que todos os passageiros tenham que ter morrido para tal, incluindo aí sua família?

          • Matheus_P

            ?????? Caiu já de 4 para 3,5!!!

            • O dolar tava caindo já antes do processo ter inicio.
              Temer assumiu ontem, o dolar caiu com ele assumindo? não.

              • Matheus Marques da Silva

                Guedes, na verdade o dólar não tem caído por conta de intervenção do banco central (e isso não é só desde ontem). Se eu não me engano existe um consenso (que não me recordo a fonte, então não posso confirmar) que o equilíbrio do dólar hj ficaria em torno de R$3,50, o que vem acontecendo através de intervenção de compra e venda de papéis.

                • Sim o BC tem atuado mas se a força do mercado quisesse, o dolar cairia msm, assim como subiu até os 4.15 reais

  • Retrato do Papai

    particularmente não acho que o nosso mercado automotivo (assim como outros) andou para trás, ele simplesmente abandonou o mundo da fantasia e voltou para a sua realidade… a chamada “nova classe média”, criação própria tão elogiada pelos petistas, não passava de gente pobre que possuía acesso fácil ao crédito, e daí surgiam as expressivas vendas de “gol sem entrada em 60x” e etc, que inflavam artificialmente as vendas do nosso mercado… agora com o crédito mais escasso, o povo colocou os pés no chão e só compra carro 0km quem realmente tem dinheiro para isso (coisa que o brasileiro médio não tem)…

    • Ainnem Agon

      À rigor seria isso. Pode fechar o tópico, modera.

  • gap

    Conforme mencionei no tópico sobre os consumidores de menor poder aquisitivo, mesmo que a crise se vá nos próximos meses/anos, os valores não retroagirão.
    O problema de aumentos desenfreados é este, quando houver estabilização a população já estará acostumada com os atuais valores e as fabricantes/concessionárias não farão o mínimo esforço para diminui-los.

  • rodrigomalc

    [MEIO OFF]
    Bom, agora entra o Serra pra ministro das relações exteriores, o que pega a parte do comércio. Se tiver peito de barrar isso aí será ótimo. E bem que como medida emergencial pra tentar reaquecer o setor e desovar os encalhados, podia rolar uma isenção de IPI e incentivo para diminuição da tx de juros.
    Falei besteira?

    • Fanjos

      Não é besteira, mas não deu certo antes, não tem como dar certo agora.
      A melhor solução é uma total e completa reforma tributaria, e liberar a concorrência com os importados de maneira mais justa, e deixar o mercado livre para se regular sozinho sem muita intromissão do governo.

      • PedroHMC

        Acho difícil, senão impossível, isso tudo acontecer nesse eventual governo Temer. Precisaríamos de um governo liberal e um estado pequeno para efetivamente realizar essas mudanças, não dá pra abaixar impostos e manter um governo gigante e ineficiente como está nesse momento. Se o Temer começar a privatizar empresas estatais e reduzir o tamanho do estado e sua interferência na vida das pessoas já terá minha aprovação, mas nesse momento ainda é incerto

        • Fanjos

          Sim sim, esqueci de complementar abaixo com, é o que precisávamos mas que provavelmente jamais teremos =/

          • Edson Fernandes

            Além do que as fabricantes iriam absorver essa redução sem repassar ao consumidor. Logo: Preços altos sem beneficios reais ao consumidor (que iria depois de lançar versões novas, acabar com os aumentos). Sinceramente nao vejo solução par ao preço dos carros.

            • Fanjos

              Tem uma solução…
              Liberar a compra livre de qualquer país que tenham carros que atendam a nossa legislação, para pessoas físicas ou jurídicas de carros novos ou usados ate uns 5 anos com imposto baixo, tipo no máximo uns 25% para novos e 10% para usados que passariam por avaliação do Inmetro mas sem burocracia para rodar e pronto, resolvido.

              • Edson Fernandes

                Ajudaria de fato a reduzir os preços. Mas em contrapartida perderíamos empregos. Mas é uma forma de segurar lucros abusivos.

                • Fanjos

                  Se houvesse uma reforma tributaria que deixasse os impostos mais justos aqui dentro tambem, creio que nem haveria tantas demissões, talvez no começo, mas como o mercado daqui tem um potencial muito grande, o que as empresas iriam fazer na marra é se adaptar, oferecendo mais por menos e melhorando a qualidade para concorrer, é assim que funciona lá fora.
                  Mas sim, no começo seria um choque, iriam espernear, mas quando caísse a ficha que não teria mais volta iriam resolver o problema

            • Hoff

              Acredito em uma inversão da carga tributária. Saindo sobre o consumo para o patrimônio e renda.
              A regressão tributária é o que mais diferencia nosso modelo econômico do resto do mundo.

    • Matheus_P

      não funciona. quando houve ipi zero, houve uma perda gigante de arrecadacao que ipva e outros impostos não supriram mesmo com aumento de vendas. reforma tributária é o que há para que se cresça com sustentabilidade e se evite mudança na regra do jogo a cada 5-10 anos…

  • Vinicius Maciel

    por isso sou liberal. primeiro, a medida foi contra o povo, pois reduziu a concorrência, qualidade e ainda elevou o preco dos produtos; segundo, foram eliminadas centenas de concessionárias, bem como milhares de empregos. por tudo, resta novamente a lição que a intervenção estatal apenas produz crises.

  • FocusMan

    Os pseudo comunistas-liberais tentaram resolver o problema da maneira mais fácil como sempre, na base da canetada.

    Fosse feito o mínimo estudo sobre a situação, isso jamais teria ocorrido.

  • Wagner

    parabens Dilma, parabens PT

  • CanalhaRS

    Mais uma vez provado que a proteção as montadoras nacionais não beneficia a economia e nem o consumidor.

  • The Monster Man

    Vai melhorar, nosso lixo de governo já está indo pro inferno.

  • Marcos Drawer

    Esse “Inovar Auto” foi exatamente o que a matéria disse: Um meio de barrar a oportunidade de termos mais concorrência (o que em geral, é bom para o consumidor), pois como o governo é composto de políticos e não de técnicos, não sabem que a maioria das tecnologias dos veículos são trazidas de fora, só pra ficar num exemplo (injeção direta, ABS, Air-bags não foram inventados aqui). Se houvesse interesse em desenvolver a indústria local, o governo pararia de escutar a Anfavea e diria: “Olha, os importados vão entrar, mas vamos diminuir as montadoras nacionais de impostos na mesma proporção, para gerar equilíbrio de forças.” Claro, que isso é utópico e na verdade, quis ganhar (extorquir) grana dos dois lados, nacionais e importados. O resultado está ai.

    A velha engrenagem: “Vocês podem competir do jeito que quiserem, desde que EU, Governo, ganhe.”

  • Matheus_P

    o famoso protecionismo que NUNCA funcionou em lugar algum. Acabaria com alguns empregos de fabricas que fabricam lixo no brasil, como betim e algumas do abc? SIM, mas tb acabaram com impostos e empregos na venda de carros importados…

  • Paulo Andre Zardo

    custo da falta de visao do PT como “governo”.



Send this to friend