Governamental/Legal

O que é Gravame do veículo?

Saiba o que é Gravame do veículo.

O que é Gravame do veículo?


Comprar ou vender um carro não é um processo relativamente simples. A complexidade se dá por demandar muita atenção do comprador/vendedor para analisar algumas questões burocráticas.

Além de averiguar o estado do automóvel, antes de fechar negócio, o cidadão que deseja adquirir um carro ou uma moto, precisa avaliar suas condições financeiras para arcar com aquele bem nos próximos anos/meses.

O que é Gravame do veículo?


Nessa hora que é analisado todas as opções e facilidades existentes, entre eles: o financiamento, leasing, à vista, crédito direto ao consumidor e consórcio.

Ao falarmos de Gravame, estaremos falando especificamente do financiamento – uma das modalidades mais utilizadas entre pessoas físicas no Brasil.

Gravame

Podemos dizer que gravame é um cadastro que alguns veículos (financiados) possuem junto do Departamento Estadual de Trânsito, o Detran.

Ao mesmo tempo, esse carro também está alienado – palavra utilizada para essa modalidade – a uma organização financeira, um banco.

O que é Gravame do veículo?

Quando um indivíduo opta pelo financiamento, embora o carro esteja no nome do cliente, esse veículo ainda pertence à financeira. Portanto, qualquer ação que você vier a fazer com aquele automóvel, o banco deve estar ciente.

É o gravame que tem o poder de vetar a transferência do carro para outra pessoa.

O proprietário só pode vender o bem após conseguir um gravame negativo e isso só é possível quando você quitar todo o financiamento e qualquer outro débito.

O que é Gravame do veículo?

Conclusão, um carro com gravame não pode ser vendido. Tanto o Departamento Estadual de Trânsito quanto a própria financeira podem imediatamente anular essa negociação.

É possível fazer a consulta de um gravame? Como saber se existe?

Consultar se um carro, moto ou caminhão possui um gravame é muito simples. Ele fica registrado nas observações do documento do automóvel. É possível verificar no Certificado de Registro de Veículos (CRV).

O que é Gravame do veículo?

Há também outro meio de verificar, no portal do Detran na internet você consegue checar se existe um gravame ligado aquele carro.

Lembrando que essa ferramenta é muito importante para os clientes, pois, ao terminar o financiamento, o banco precisa informar e atualizar o Departamento Estadual de Trânsito.

Há relatos de pessoas que ficaram impedidas de vender o carro porque a financeira não atualizou o Detran (dar baixa no gravame). Sendo assim, ao pagar a tão sonhada última parcela, entre em contato com o banco para solicitar a baixa no órgão estadual.

O que é Gravame do veículo?

Caso isso não ocorra, o consumidor pode contar com o auxílio de um advogado, afinal, a prática é considerada falta de respeito com o cliente e o não cumprimento do que foi firmado.

Para você que está querendo adquirir um veículo que já teve ou está para finalizar o financiamento, não deixe de consultar todo o histórico antes de efetuar a compra.

Quanto custa para obter o Gravame do veículo financiado? É gratuito?

O que é Gravame do veículo?

A resposta é não. Para obter ou retirar o gravame após quitar todas as parcelas, é preciso pagar e o valor varia de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de cada região.

Em Minas Gerais, sai por R$ 86,24; no Rio de Janeiro sobe para R$ 160,75; na Bahia, R$ 53,14; em São Paulo: R$ 204,28; no Paraná: R$ 53,43; no Espírito Santo: R$ 177,93; no Mato Grosso do Sul: fica em R$ 229,82; no Tocantins: 69,88; na Paraíba: R$ 83.32.

O que é Gravame do veículo?

Os preços aqui apresentados foram consultados diretamente no portal de cada Detran na internet – podendo haver divergência. Recomendamos sempre entrar em contato com o órgão.

Agora ficou mais fácil entender o que significa gravame e se o financiamento é um bom negócio para você.

Entre as principais vantagens dessa escolha de pagamento: você sai com o carro mesmo sem ter todo o dinheiro; quanto maior a entrada, menores serão os juros; é viável o adiantamento das parcelas.

Porém, entre as desvantagens: o bem fica atrelado a uma instituição; os juros poderão ser altos; há burocracia para aprovação de crédito; parcelas atrasadas podem acarretar bola de neve e outros problemas.

Financiamento

Financiamento nada mais é do que um empréstimo do banco para lhe ajudar a adquirir um bem, aqui, por exemplo, um veículo. Com o dinheiro recebido, você pagará a loja e sairá com o seu carro.

O que é Gravame do veículo?

No valor emprestado são embutidas algumas taxas de juros e encargos. Entre eles, o CET – Custo Efetivo Total.

Caso o consumidor não consiga arcar com os custos do financiamento, o banco pode pegar o bem de volta. Além disso, vendê-lo ainda ligado a uma financeira pode gerar algumas burocracias, isso porque o cliente deve informar e pedir autorização à empresa. Após quitar tudo, o veículo passa a ser então do dependente.

Antes de entrar em um financiamento, é importante saber que fazer a devolução do automóvel não significa que a dívida com a financeira será quitada.

O que é Gravame do veículo?

Muitas pessoas acreditam que, ao não conseguir manter o pagamento das parcelas, basta devolver para o banco que não será cobrado mais nada. Contudo, essa prática não é verídica.

Deixar de pagar pode custar muito caro. A dívida com o banco vai aumentando, podendo virar uma bola de neve. No caso de apreensão, eles podem, inclusive, cobrar todas as despesas de guincho e pátio.

Pesquisar é primordial para quem opta pelo financiamento. Além dos grandes bancos, é possível contratar através das instituições financeiras das próprias montadoras. Por conta disso, os valores são divergentes em todos os lugares.

O que é Gravame do veículo?

A indicação é pesquisar diretamente nos bancos, na concessionária e em uma loja de carros multimarcas.

É muito importante perguntar qual o valor final do carro e os juros que serão cobrados no empréstimo, aquele que mencionamos anteriormente: CET – Custo Efetivo Total.

Segundo o Serasa, Custo Efetivo Total corresponde ao valor total de uma negociação, incluindo: todas as taxas de juros, tarifas, tributos, gravames, IOF, registros, seguros e outras despesas que a empresa financeira pode ter com aquele acordo. Anualmente é atualizado o percentual (%).

O que é Gravame do veículo?

Basicamente é um valor cobrado pela prestação de um serviço.

Sabe quando você compra um ingresso para o cinema ou um show através da internet e a empresa faz aquela cobrança chamada de “taxa de serviço/conveniência”? Essa prática não deixa de ser um Custo Efetivo Total e deve ser levado em consideração antes de efetuar a compra.

Saiba o que é Gravame do veículo

O que é Gravame do veículo?

O que é Gravame do veículo?
Nota média 4.7 de 3 votos

  • Verdades sobre o mercado

    O gravame pode ser excluído não apenas com a quitação da dívida. É possível levantar o gravame colocando-se outro veículo como garantia da dívida, de forma que ao colocar o gravame no novo veículo garantia a instituição financeira faz a baixa do gravame do veículo substituído.

  • Verdades sobre o mercado

    Gravame não é para uso exclusivo de financiamento (CDC). Consórcio também utiliza o gravame.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email