Etc

O que você faz quando perde o Focus?

ford_focus_3-door_uk-spec-620x465 O que você faz quando perde o Focus?

Por aqui temos falado de como nossa relação com o carro afeta nossas vidas e por vezes acaba por definir nossa psique. Por muito tempo eu fui definido pelos chegados como o “Rique do Focus”, tamanha era a vontade de ter aquele carro que causou uma brusca ruptura com o legado do finado Escort.



E como não sonhar com um Focus? Suspensão multibraços (nenhum outro hatch no segmento tinha), design ousado e bonito e ergonomia impecável (até aquele lançamento eu nem sabia o que era isso). Eu aqui tentando a partir de argumentos racionais explicar um gosto pessoal. É meio como querer justificar porque torce por esse ou aquele time. No final das contas tudo que nos relaciona acaba por se resumir em quatro palavras: querer, poder, desejar, realizar.

Se numa viagem o processo muitas vezes se sobrepõe ao resultado, em nossa relação com os carros cabe uma boa dose de analogia: Levei tanto tempo para conseguir comprar meu Focus que quando fui à concessionária aquele modelo que eu persegui por tanto tempo já estava fora de linha. Em 2005 a gente até havia ensaiado um namoro sério, mas àquela altura a Ford não tinha se dignado a disponibilizar o motor flex e acabei comprando um modelo mais econômico para fazer frente a uma vida na estrada.

Hoje vou trabalhar de Focus. Com isso tenho dois momentos felizes de segunda à sexta: a hora de ir e a hora de voltar. Num trecho curto, repleto de curvas, me convenço dia-a-dia do porque de tanto querer. Mas a gente deve tomar cuidado com o que deseja, porque nem sempre poder realizar satisfaz a sua querência.

Ontem minha filha foi comigo no supermercado perto de casa. No caminho ela vai falando o nome dos carros e isso me traz aquela felicidade de saber à quem ela puxou… Enquanto pagávamos a conta no caixa um danado de olho meio puxado olhava através do vidro. Primeiro eu fiz que não era comigo, mas os olhos do danado brilhavam com a luz da loja. Peguei na mão da milha filha e fui ter com ele. Olhei bem nos olhos dele e disse:

– Olha filha, era esse o carro que o pai queria ter…
– Mas pai, esse Focus é velho, o seu é mais novo, mais bonito…
– É filha, eu sei…

Devemos ter cuidado com o que desejamos. Eles podem nos definir, mas também podem não nos deixar em paz. Foi para pôr fim nessa dor que inventaram o crédito. Amém.

Por Rique Franco

COMPARTILHAR:
  • fschulz84

    Realmente… Não sei quanto ao nosso atual MK2,5… Mas nos MK1 e MK1,5, parece que o Focus te convidava a dirigir, mesmo que sem rumo…

    Foram 2 anos muito felizes que fiquei com meu MK 1,5, eu cuidava tanto dele, mas tanto, amava a cor verde ipanema, ia a todos os encontros do FocusClube aqui de SP… Em relação a paixão por direção, dentro do Focus foi onde mais senti isso…

    • JonathanAbud

      De todos os carros que dirigi, o meu mk 2,5 foi (e é) o carro que mais me deu prazer em dirigir. Parece que quando você está em algum lugar, quer ter algum motivo para sair, só para ter o prazer de dirigir. Nunca vi isso em outro carro, tirando o Vectra B, mas o Focus é ainda melhor…

    • Richard

      Agradeça ao Richard Parry-Jones, o pai do Ford Focus. Ele deu um novo rumo aos carros Ford no que se refere a dirigibilidade.

    • Magno

      Eu tenho um Focus 2.0 motor duratec modelo 2008 comprado pela webmotors, o carro tava muito bem conservado bonito mesmo, comprei meio que no escuro mais na base da confiança e, não fiz um teste driver mais adequado, só mais tarde fui perceber que o carro tinha uma trepidação horrivel. O veiculo vibrava inteiro pensei que tinha comprado uma bomba, então resolvi leva-lo num mecânico (mexânico)que me disse que isso era normal nos Focus 2.0 pois o motor era muito forte, não conformado pois sabia que isso não era normal em carro nenhum, levei-o em outro mecanico indicado por um amigo, de cara quando ele ligou o motor já me disse: Rapaz! isso é coxim quebrado, não deu outra! diagnóstico confirmado, mandei trocar logo os tres, só que para minha decepção nas concessionárias Ford não havia o coxim do câmbio, abri uma reclamação na Ford que ficou de analizar a situação. Depois de um mes veio a resposta da montadora dizendo que, não disponibilizava de tal item naquele momento em nosso mercado e, que ia tentar na unidade fabril da Argentina. Já se passaram cerca de 2 anos e ate agora nada. E pra evitar maiores aborrecimentos resolvir deixar prá lá, pois o coxim quebrado era da parte do motor e esse pra minha felicidade a Ford tinha disponível. Senhores! coxim trocado quando fui diriji-lo… ai sim que eu percebi o que era um carro de verdade, nada de vibrações, motor "sereno" mas… quando se pisa mais fundo no pedal do acelerador percebe-se do ele é capaz, anda muito…e para minha surpresa é muito econômico, até mais do que muitos 1.4 e 1.6 que rodam por ai. Pra resumir; Hoje o carro só me dá alegrias adoro diriji-lo ( aliás, pilota-lo) o carro parece um kart faz curvas sem reclamar é grudado no chão e, ao mesmo tempo oferece bastante conforto. Agora quanto aos coxins que não foram trocados o mecanico disse que eles estão em bom estado e que não oferecem riscos, só que de vez em quando eu mando dar uma checada "sabe como é né," cuidar da segurança nunca é demais. Obrigado a quem tiver paciência de ler esse meu relato. Abraços!

  • Zergling

    Eu não entendi nada do final do texto…

    • Geanmatheus

      Ao sair do supermercado, tinha um Focus que ele sempre quis, parado, "olhando'' para eles.

      ''- Olha filha, era esse o carro que o pai queria ter…
      – Mas pai, esse Focus é velho, o seu é mais novo, mais bonito…
      – É filha, eu sei…"

      No final ele diz que realizou o sonho, comprando um Focus do modelo mais novo, com o auxilio do crédito(ja que a ideia de ter um não saia da sua cabeça).

      • Zergling

        E por que ele não comprou a versão que tanto queria então, já que estaria mais barato???

        • Mr. Potato

          Ele disse, estava fora de linha. Particularmente não o culpo, não é fácil comprar um usado vendo como o povo maltrata seus carros. A maioria dos Focus do modelo anterior estão um bagaço.

          • Miguel Martos

            Concordo, e um Focus maltratado não fica nada barato para por em dia, minha mãe comprou um de um "playboy" a seis anos, já não estava nos seus melhores, ficou as traças praticamente até esses tempo, em que comecei a dirigir.
            Ai sabe né, problema atrás de problema, resultando um gasto de R$ 3600,00 por uma revisão de 80 mil km, isso mesmo, um carro 2003 quase nem rodado cheio de problema.
            Eles foram resolvidos, mas fica aquilo que pode dar um problema inesperado a qualquer momento, e é uma pena, que a mentalidade da minha mãe é de apenas fazer corretiva. Até uns tempos falava pra ela trocar por um carro com abs e air-bag (o freio do Focus sem ABS é visivelmente subdimensionado para o carro) , mas se for pra ter o mesmo "cuidado" que o Focus, melhor nem trocar… :/

        • Rique Franco

          Essa é difícil de responder… um dos motivos foi não ter conseguido um em bom estado na cor branca..

      • CyborgPilot

        Santa interpretação de texto Batman! Foi isso mesmo.

    • W_Costa

      Isso me lembra aquela famosa frase do velho Telecurso 2000, que dizia: "Vamos Pensar um pouco"…kkkkkkkkkkkk…, dedos rápidos cérebro nem tanto, o que mais impressiona é que é uma das postagens mais populares, Aff…..

  • mgbalbo

    Cuidado pra não perder o focus e deixar que tudo vire uma fiesta, abraço.

    • entoni94

      pode fechar o blog por hoje. UAHSUHASUHAUSUA

    • VeioRanzinza

      Melhor uma Fiesta do que uma Ka gada.

    • Mr. Potato

      Isso aqui virou A Praça é Nossa…

    • YoOdEx

      kkkkk e eu pensando em pegar um Focus GLX 2.0 manual ou Fiesta 0km Titanium AT… me senti ofendido! KKKKKKKKKKKKKK Claro, no lado bom da coisa!

      • VeioRanzinza

        Se voce dirige muito bem, vá de Focus.
        Se dirige mal, vá de fiesta titanium!

    • W_Costa

      KKKKKKKKKKKKKKKKKK, mandou bem….

    • Galera inspirada nesse dia…

  • PabloRJ

    Cara, compartilho o mesmo sentimento que voce. Há alguns anos meu sonho possível em termos de carro, era ter um Focus desse modelo até 2009, precisamente um GLX 1.6 Flex Ultima Série, que vinha com rodas do Ghia e outros mimos a mais.

    Ano passado vendi meu ex Corsa Classic e com o dinheiro em mãos, fiquei um bom tempo a procura do Focus perfeito. Porém nesse tempo encontrei um Honda Fit EX top 2007, pouquíssimo rodado e a razão falou mais alto do que a emoção. Era um melhor negócio do que o Focus, então fui de Fit e até hoje não me arrependo. O carro é sensacional.

    Porém toda vez que vejo um Focus 2008/2009 na rua, olho diferente para o carro. Ainda mais se for o Ultima Série.

    Um dia ainda terei um Focus, porém agora quero do modelo atual ou do novo que ainda será lançado, pois pretendo ficar com meu Fit mais 2 anos.

  • RafaelMeyrelles

    ???

  • fabio_augusto

    Boa crônica! Sou mais um fã do Focus MK1, e pra mim ele foi revolucionário pra sua época. Vi um guia ano 2000 com 100.000 km, porém impecável. O dono era tão cuidadoso que fazia questão de pagar 300 reais por mês de estacionamento só pra não arranharem o carro. Quem disse que ele vendia?

    • LEOFX182

      O interior do MK1 , digo o Painel é muito mais bonito, eu sonhei um tempo com um Focus, mas com tempo percebi que precisava de um carro grande, acabei me apaixonando por um carro mas vagabundo, a Palio weekend, mas estou de olho numa Dubló Adventure :D

      • Eugenio C.

        Por "carro grande" você quer dizer "porta-malas maior", né?

    • YoOdEx

      Essa época de 2000~2003 foi uma época sensacional nos Hatchs médios.. Tinhamos Astra, Golf, Focus e Stilo, com 307 entrando. Cara um melhor que o outro. Era sonho de consumo de muita gente essa trinca. Cada um com suas qualidades particulares. O mercado hoje é melhor? Talvez sim, com 308, Bravo, Cruze, Focus e cia, mas perdeu (pelo menos pra mim) aquele charme, aquele desejo que era na época dos antigos hatch medios.

  • bilharinho

    Rapaz, isto aí tá mais para uma poesia automotiva do que notícia automotiva. rsrsrs :D

    • gcarlos

      Ou seria um ´´Conto Automotivo“`.

      • KzR

        Melhor! Esse titulo é mais adequado.

  • DarlonSC

    Increvelmente, tem gente que não entendeu o final do texto, ou mesmo, o texto inteiro. O final é uma mensagem figurada: pelo espelho, ele via um Focus ("um danado de olho puxado"). Ele tentou ignonar, mas o Focus (o modelo antigo, objeto de desejo dele) continuou a "encará-lo". Ele pegou a filha e resolveu "tirar satisfação", ou seja, conferir o caro de perto. Para a filha, era um modelo ultrapassado; para ele, o eterno carro dos sonhos.

  • Andrex2501

    Dizem que o Focus é um ótimo carro! Tem uma performance mto boa, tanto desempenho do motor quanto a sua estabilidade elogiável.

    Eu to pensando em comprar um 2004, e estou em busca de um que possua Airbag e ABS. Alguem pode me dizer se ele é confiável? Quebra constantemente? Peças de reposição caras? Consumo do 2.0.

    • PabloRJ

      Eu recomendo que pegue com motor Duratec 2.0 ou Rocam 1.6, encontrados a partir de 2004 ou 2005. Antes disso é motor Zetec 1.8 e 2.0, muito bom também porém de manutenção mais complicada.

      • fschulz84

        O acabamento dos primeiros MK1 são os melhores… Os Ghias eram completíssimos…

        Mas realmente a mecânica é um pouco mais complexa e mais cara… Do Rocam 1.6 (que era meu caso) a manutenção não era cara, mas tinha que tomar cuidado em relação a peças originais (eu particularmente sempre prefiro tentar comprar as originais)… De resto, a única coisa que eu achava que poderia ser melhor no Rocam era o consumo, que achei muito próximo do Duratec (o meu fazia próximo de 10km/l na cidade na gasolina).

        • RodWH

          Mais ou menos. Os Ghia vinham com controle de tração até 2004 acho, mas só a partir de 2005 passou a vir com ar digital, computador de bordo e acredito que teto solar de série.

          • acorreia

            Na verdade o Focus passou a ter ar digital no modelo 2003. No modelo 2004 ele passou por um facelift. O teto solar de série só foi instituído no modelo 2007 ou 2008. Antes ele era opcional.
            Gostei muito do artigo. Eu era "cliente" do Escort, mas quando lançaram o Focus começei a ficar de olho nele. O desejo só aumentou depois que dirigi um. Fiquei fascinado e em 2005 comprei um Focus sedan Ghia 2004 (um MK 1,5). Um carro simplesmente fantástico. Quando lançaram a nova versão fiquei sonhando em comprar meu primeiro carro zero e troquei o Ghia 2004 por um Ghia 2009 (Mk 2,5).
            Assim como o autor, tenho um prazer muito grande em dirigir meu Focus na ida e volta do trabalho. No final de semana é ainda mais prazeiroso. Se viajar por uma estrada sinuosa, passa a ser uma sensação ótima, já que esse é o habitat natural do Focus.
            Agora estou me preparando para a aquisição da nova geração do Focus (MK3).

    • Junior Gouveia

      Cara, eu tive um Zetec Ghia 2001, no tempo que fiquei com ele, só troquei as correias, não vou mentir, gastei quase R$ 1.000,00 entre mão de obra e peças, mas peças todas originais, eu vendi ele com 138.000 km e não dava nem sinal de querer visitar o mecânico…sobre o consumo, ele era comportado, na cidade, fazia 10km/l com ar ligado e na estrada cheguei a fazer 17km/l, rodando a media de 110km/l, cheguei ate achar e comentar com minha esposa que o ponteiro do marcador de combustivel havia quebrado, mas não, quando parei pra abastecer no primeiro posto "confiavel" da rodovia, o carro só havia bebido pouco mais de 17 l. de gasolina e até hoje, acho que que foi um dos meus melhores carros que ja tive. Recomendo ele pra todos que querem um usado com ótimo custo/beneficio.

    • tonyecs

      Amigo, comprei um GL 1.6 Flex 07/08 depois de ler e ouvir tantos elogios. Já tive outros carros e o Focus é, disparado, o melhor que já tive e dirigi. Confortável, estável e quase não dá manutenção. As peças são um pouco mais caras, mas, pra mim, está sendo uma ótima experiência. Recomendo.

    • Jose Bacana

      Tenho um 2008 sedam 2,0, além de muito estável faz incríveis 12,5 km de média. No rodoviário já fiz 16.4 Km. Quanto ao desempenho ainda não achei carro para acompanhar a potência. Recomendo, é ruim de comércio no Brasil, mas esta é uma questão cultural ou melhor de falta de cultura…. O custo beneficio compensa, o carro é excelente de nível superior, diferente do resto mundo, não vende bem no Brasil, mas quem sabe um dia a Ford Brasil será administrada por alguém….

      • jonas perola

        Sou apaixonado por um focus sedan, 1.6 flex de preferencia, gosto dessa versão igual da foto acima.

    • marciors01

      André, não é apenas estabilidade, o focus tem um algo a mais para quem gosta de dirigir, e deste algo a mais fazem parte uma suspensão que proporciona grande estabilidade e ao mesmo tempo conforto, nenhum outro médio do mercado é tão equilbrado neste ponto, a direção é precisa e tem uma grande suavidade de rolamento em asfalto liso, além da posição de dirigir e tudo mais, é diferente.
      Eu realmente adoro o meu focus.

    • Vitor

      Meu caro: estou vendendo meu Focus 04/04, hatch, prata com 55mil km td original e era de uso de minha esposa desde 0km, com ar dh, som e estepe sem uso. Só troquei os 4 pneus e coloquei o som. Peço R$ 18.000. Se interessar me contate vmos@estadao.com.br grato

  • MateusPicapeiro

    Pelo que entendi, ele tem o novo focus e mostrou pra filha o modelo antigo ( o que ele sonhava)
    ou eu to errado? kkkkkkkkkkkkk

    • icarothomas

      Exatamente.

      • Mr. Potato

        Acho que a maioria só entendeu que ele tinha um carro, e que talvez fosse um Focus.

  • VRJunior

    Sei bem o que é isso mas no meu caso foi com o Vectra B, estou em vias de me desfazer do meu para pegar um carro novo mas sempre bate aquela dor no coração quando penso em trocá-lo.

    • Leandro1978

      Cara, tenho o mesmo sentimento em relação à minha perua Escort. Ela tem dado uns probleminhas chatos, de idade mesmo. Daí penso em trocá-la, mas é só andar um pouco com ela que a vontade passa. Mas eu vejo que está chegando a hora de nos separarmos… :(

  • Thorngeen

    O texto é ótimo, e definitivamente separou os homens do meninos.

  • Você está com um dos melhores carros do mundo para viver em um cidade congestionada. E o velho Fit é melhor que o novo. Continue com ele e junte grana para ter um carro divertido para trackdays. Um Focus MK1.5 2.0 Duratec já se encontra a 23 mil reais. Com uns 30 mil dá para pegar um desses e fazer uns acertos legais na suspensão, rodas e freios :D

    • PabloRJ

      Sim sim, é uma boa ideia também! Um Focus Duratec para ficar de brinquedo é coisa de gente grande… hehe

      Mas para isso preciso de mais grana, ainda não tenho condição de ter 2 carros. Para um futuro próximo (2 anos), penso em vender meu Fit e pegar um New Fiesta semi novo, acho esse carro lindo e gosto muito do prazer que os carros da Ford entregam ao dirigí-los.

  • Levei 5 minutos até entender que o indivíduo da matéria não foi falar com um japonês que estava olhando o carro dele.

    • DarlonSC

      Nossa. Você precisa começar a ler com mais frequência.

    • MateusPicapeiro

      eu também kkkkkkkkkkkkkkkk

    • MJunior

      Pois é, e você ainda não entendeu. Ele foi olhar o Focus mk 1,5, produzido de 2005 a 2008, carro que ele tinha vontade de comprar, mas quando conseguiu dinheiro já tinha sido remodelado e ele comprou o modelo em linha no caso Focus mk2

  • Rafael

    Hã…ok

  • duhehe

    Só 1 vez na vida tive o carro que eu queria, que foi um Jetta 2009.

    Todos os outros foi "aquele que deu certo" preço bom, condição de pagamento, entre outras variáveis.
    Já comprei carro que tinha jurado para mim mesmo que nunca teria.

    O principal problema é que para quem entende de carro, nenhuma opção abaixo de R$ 70.000 supri os anseios. E como os carros aqui na bananalandia são absurdamente caros, esse mesmo carro de R$ 70.000 ainda não é " o carro".
    Falar que gosta de carro e de dirigir e andar de popular se dizendo satisfeito é o fim da picada e, infelizmente esse é o tipão mais comum no nosso mercado.

    • zeuslinux

      Com menos de 60 mil reais (clclaro que não é um valor exato mas algo em torno disso) não se comprar carro 0km bom de verdade no Brasil, no máximo maquiado.

      O Jetta antigo era um carrão. Fiz o test drive num 2010 uma vez e achei o carro uma delícia e forte demais. Acabei não comprando porque sabia que iria sair de linha no ano seguinte e por estar já no limite superior do meu orçamento mas depois acabei me arrependendo de não ter comprado.

    • FLR1

      Concordo com o seu terceiro parágrafo… por isso fico feliz por ter adquirido uma Grand Tour 2013, com tudo o que tem, por 46k… infelizmente, foi mais uma opção que cessou no nosso mercado…

    • fschulz84

      Realmente… Comigo a mesma coisa… O único foi realmente o Focus, que levei 4 meses procurando até achar do jeito que eu queria…

      Meu carro atual foi "oportunidade de negócio" e eu tinha curiosidade em saber como seria ter um Mégane, gosto muito do carro, mas não tenho a mesma paixão que eu tinha pelo Focus.

      Agora pro ano que vem, eu estava pensando em tentar algo arriscado, mas que é minha vontade, que é comprar um Impreza WRX (um 2009 ou 2010 já está ótimo) mesmo sabendo do quanto o custo vai aumentar pra mim… Mas talvez eu adie este sonho mais um pouco :(

      • Andre Dias

        O Impreza é ótima, mas a manutenção é absurda. E não estou falando de mecânica (essa quase não dá problema) e sim de peças que invariavelmente vão estragar eventualmente devido às nossas estradas, como amortecedores. Prepare o bolso.

  • Felix_S

    Eu já passei por isso. Sempre quis muito ter o Focus MK1, mas quando pude comprar um ele já estava quase saindo de linha… e comprei um Vectra GT por indicação de um amigo. Bom carro, mas bem sem graça: direção lenta, carro pesado, motor áspero. Com 40 mil km me desfiz do Vectra e peguei o tão sonhado Focus MK2, hatch e 2.0. Bom carro também, adorava sua direção e conforto, mas quanto peso e que motor frustrante esse duratech (muita promessa no papel…). A minha conclusão? Existe um excesso de expectativas e uma fantasia exagerada sobre alguns veículos. Mas ainda sonho sim com um carro, mas um belo hot hatch leve e potente (quem sabem um dia?)

    • Edson Roberto

      Felix, saiba que esse Focus mais atual sofreu alteração na relação de marchas para segundo a Ford: "Ficar mais economico". Sério, eu nunca vi quem reclamasse de alto consumo no Focus 2.0 anterior. Nem mesmo os motores 1.0 que ferraram com a relaçã od ecambio do atual.

      O motor 1.6 sim, mas parece que os atuais Fiesta Rocam tem sofrido com alto consumo e um desempenho pessimo na gasolina. Dirija o modelo anterior, verá que realmente o desempenho do carro é outro. Faz mais jus ao que citam do Ford. Alias, eu vi uma pessoa que montou em cima do Focus 2.0 Duratec topo de linha (Ghia) o kit inteiro do ST. Ficou lindo e ele ainda pintou com a cor azul dos carros de Rally da Ford. Ficou maravilhoso. Caro para se fazer, mas maravilhoso. Pergunta se ele vende? rs

      • tonyecs

        A maioria dos que já tiveram o MK 1 ou o MK 1,5 e que compraram o MK 2 dizem que as gerações anteriores eram muito melhores em quase tudo. É só dar uma olhada nos fóruns, hehehee.

        • Eu tenho um 1.6 2006 (último ano que saiu somente à gasolina) e toda vez que me senti tentado a trocar pelo novo Focus, ficava decepcionado com a pobreza interna e mais ainda com o rodar mais anestesiado, sem graça. E olha que só dirigi os 2.0!! O negócio é achar um MK1 ou MK1.5 em estado impecável e comprar. Garantia de felicidade toda vez que for dirigir :D

          • tpbastos

            Tenho um do mesmo ano. O carro é ótimo. Será que um dia terei coragem de vender? Já cogitei em comprar um mais novo, mas o carro é só alegria.

      • RafaelPimenta

        cara eu tenho o fiesta rocam 1.6 de 2004, e ele é bem nervosinho pra andar. mas realmente dizem que os mais novos sao bem mais comportados

      • Felix_S

        É, eu esperava demais do Focus MK2 2.0, mas muito é conversa de bar. É só ver o tempo do Fullpower Lap do Focus: ele perdeu do Corolla XRS (automático de 4 marchas e ainda sem o Denis Girani como piloto!)

    • marciors01

      Felix, parte do problema é o acelerador eletrônico com excesso de delay, isso deixa o carro anestesiado e chato de dirigir, procure pelo sprint booster, é um equipamento colocado entre o acelerador e o motor, ele tem três niveis de regulagem e literalmente elimina este delay, não é barato mas a experiência de dirigir o focus mk2 é muda completamente.
      No site eles falam em potência e torque, balela, o que o equipamento faz é eliminar este delay e deixa o carro ágil e sempre acordado.

      • Felix_S

        Realmente tinha esse delay, mas não é só isso. Já passou da hora da Ford de trazer um motor mais moderno para o Focus.

        • marciors01

          Concordo contigo, assim como todas as outras.
          Apesar de mais potentes, os 2.0 das japonesas não oferecem um projeto mais moderno ou maior tecnologia, o do cruze é um lixo, o apezão do golf e jetta idem, a peugeot tem um 2.0 que também apesar de forte não é mais atual do que o duratec.
          Motores realmente mais moderno somente o 1.6 turbo da psa, até mesmo o 2.0 turbo da renault oferece algo a mais mas não é um motor moderno, é o mesmo F4R que duster e que equipava o megane.
          Se a ford oferecer este 2.0 duratec atualizado com 160cv e injeção direta como foi anunciado meses atrás será o aspirado mais moderno a equipar um sedã médio feito no mercosul, é, a coisa está ruim mesmo.
          Caso receba o ecoboost no modelo top será junto com o 1.6 da peugeot os dois motores mais modernos a equipar um carro produzido no mercosul.

  • CanalhaRS

    Sempre adorei o Focus, desde que o conheci por fotos em 1998 (numa Revista 4 rodas). Apesar de já estar 2 duas gerações pra trás, eu o ainda considero uma boa opção para minha próxima compra…quem sabe???

  • pauloreis

    atualmente eu tenho MK1 2008 flex, a ultima leva e, tenho desde 0km, também comprei porque era um sonho ter esse carro. Hoje esta com 130 mil km, com revisões em dia e tudo o mais. Mas, por mais você cumpra as preventivas, o carro não é o mesmo de quando 0km, tenho saudades de quando era. Perguntem se eu quero trocar de carro? Minha intenção é fazer dele um carro preparado, mas sem exageros, deixar mais do que os 112 cv do roncam e suspensão entre esportiva e conforto.

    • Edson Roberto

      E pensar que eu quero um desses para preparação de track day… mas procuro um 2.0 dessa leva (e claro, um pouquinho mais velho), mas acho que vale a pena. Só preciso de dinheiro e resolver minhas prioridades.

  • julinho76

    KA pra nós… Você não deve jamais perder o FOCUS da sua vida, pois ela nem sempre é uma FIESTA. Resumindo, devemos sempre manter os pés no chão, pois nem sempre podemos ter aquilo que almejamos. Se fosse por desejo eu teria um mercedes compressor ou um audi a4, quem sabe com mais dinheiro uma ferrari. Há sonhos "quase" impossíveis de se alcançar, depende de sorte, e outros que com o tempo, se vc tiver paciência, vc terá em mãos. Tive como primeiro carro em 1997 um escort hobby 1.0 sem ar, sem nada, mas com um charmoso relógio digital de cor verde cintilante acima do espelho retrovisor interno. Para mim, naquela época, era tudo de mais requintado que havia. Nem sentia falta de ar condicionado, e olha que moro no nordeste!!! Com o tempo, fui trabalhando, estudando, passei o bom e velho escort para frente e sempre tive minhas predileções com relação a carros. Já desejei Focus, Fiesta, Civic, Golf e de 1997 para agora já consegui alcançar alguns desses sonhos um dia inalcançáveis. Hoje, com o financiamento mais facilitado, podemos ter um sonho concretizado na garagem. Eu vejo meu Golf 2010 esperando por mim e penso: quem diria, um dia tive um escortizinho bem pé-de-boi e hoje já sinto o prazer de dirigir um golf. O grande problema do "bicho" homem é ficar mal acostumado com o conforto. Hoje se vc me perguntar se eu quero um escort novamente certamente direi não. O que era sonho no passado passa a não ser mais no presente, pois vc já conseguiu superar "estágios" da sua vida. Mas se vc parar para pensar carro foi feito para meio de transporte e não objeto de consumo de um sonho desenfreado. Quer queira, quer não carro é e sempre será indicador de status, prestígio. A diferença na verdade está na cabeça de cada um, o que realmente é importante na sua vida. Os sonhos existem para serem alcançados, de forma natural, mas não devemos tornar-mos escravos deles. Alcance seu sonho, mas com sabedoria!!!

  • Marcos Martelli

    Minha história com o Focus foi por caminhos opostos…
    Quando comprei, em 2003, eu não dava tanta bola para ele. Estava tentado a pegar um Golf, que eu já dirigia de vez em quando (havia dois na família).
    Entretanto, surgiu uma ótima oportunidade de levar um MK1 1.8 semi-novo e a razão falou mais alto.
    Aos poucos fui me encantando com o carro: as linhas internas, a qualidade do acabamento e, principalmente, sua dirigibilidade.
    Tanto que me desfiz dele para entrar em um MK2,5 2.0 novo, que também me deixou plenamente satisfeito.

    Aliás, estou pensando em trocá-lo apenas pelo tempo de uso (4 anos), mas as opções de hatch médio atuais não me encantam. Entrei, fiz test drives e o único que me despertou algum interesse foi o 308 THP.

  • _rabitz

    de real, acho que só quem tem, ou teve um focus, vai entender o texto… excelente… é um carro que disperta paixão, e que, depois de tê-lo, acaba por não se contentar mais com o "mais do mesmo"… fica carente da qualidade, do capricho com que os engenheiros se dispuseram a trabalhar neste carro. Tenho um, modelo 2005, Duratec 2.0… e, acho mesmo, que nunca mais venderei ele.

  • Marco_ABP

    Tive um MK1 de 2001 até 2007. Nos primeiros meses tive problemas com o módulo da injeção. Fiquei parado na rua várias vezes depois de o motor apagar sozinho com o carro andando. Sempre quando levava pras concessionárias (foram 13 vezes!), o scanner não apontava problemas. Até que finalmente deu pau dentro da concessionária. Só aí que resolveram trocar o módulo (já estava fora do prazo da garantia mas consegui mostrar no Procon que o problema era antigo). Depois do módulo novo instalado, nunca mais tive problemas com o motor. Aliás, nem outros problemas mecânicos. Nesse período (quando vendi, ele tinha uns 70.000 km rodados), só troquei os pneus, discos e pastilhas de freio (claro, e o óleo na quilometragem certa). Nunca queimou uma lâmpada ou apresentou algum problema de acabamento.
    Fiquei numa sinuca em 2007 porque queria trocar ele mas o que tinha no mercado ainda era o MK1. Era trocar seis por meia dúzia. Eu sabia que seria lançado um modelo novo mas ficaria pra um ou dois anos depois, não me lembro. Acabei comprando um 307 1.6. Em termos mecânicos, ele não era tão bom quanto o Focus mas pelo menos tinha ABS, airbag duplo e freio a disco nas quatro rodas (a prioridade pra mim na época era segurança). Em 2011 troquei o 307 pelo Focus atual. Pra meu azar, também tive problemas na injeção até que fizeram uma atualização de software. Depois disso, só alegrias!
    Ano que vem, se sobrar alguma grana depois da troca do meu outro "carro" (uma Kombi furgão 1997) pela Dobló ou pela T5, vou ver se consigo trocar o Focus. Por enquanto, só estão no páreo o 308 e o Focus novo (quero um hatch).

  • Gaf1991

    Me identifiquei demais com você , mas no meu caso sempre foi o Monza que mexeu com meu subconsciente , qualquer dia desses eu vou ver se escrevo uma cronica que nem essa falando sobre o Monza .

    • rodrigorsr

      no meu caso era o VW Pointer! Era louco por esse carro!

  • Marbil

    Lembro quando cheguei em uma concessionária Ford para trocar meu Escort Zetec 16V por outro Escort mais novo, chegando ao showroom um Focus Ghia Hatch acabava de ser colocado para exposição. Entrei naquele carro e tive um choque, ergonomia, acabamento, design. Não pude neste evento fazer um test drive, graças a Deus, pois na época não estava podendo arrematar um Focus Zero Km, levei mesmo outro Escort 16V para casa. Mais tarde, por volta de 2003 realizei esse meu desejo por um Focus. Hoje tenho um Mk1 XR 2003 que é meu "xódo", além de um Titanium 2012 que nunca me fez sentir essa emoção do Mk1, talvez porque a evolução do Mk1 para o Escort era como mudar de mundo. Ah! Tenho um Escort também…RS! Ele sempre, que vou dirigir, me lembra excelente ergonomia do Focus.

  • Costa

    Tive um Focus Ghia Duratec 07 por cerca de 1 ano, era o top manual. Gosto não se discute mas não trocaria pelo mk2 equivalente. Só vendi meu Focus pq fui seduzido por um Passat B6 2.0T. Mesmo sendo uma nave, às vezes me pego pensando no meu antigo mk1,5..

  • Thiago

    Tive um focus 2005 sedan glx 2.0 Duratec automatico, comprei usado em 2007 e Troquei ele em 2009 pela redução do IPI (peguei uma TR4 zero automatica com cambio de 4 marchas sequencial, que realmente era uma decepção – consumo alto, pouca estabilidade e pouca aceleração). Realmente ainda lembro do meu por me proporcionar uma otima sensação de dirigibilidade (apenas tocava o forro na roda se estivesse com 5 ocupantes).
    Após 2 meses de troca soube que o novo dono deu PT no carro e ainda me mandou as fotos…
    Ainda tenho saudades deste carro…

  • anderson_sp

    Meio "lúdico" isso.

  • rodrigobertoldo

    Esse foi meu primeiro carro BOM de verdade, antes dele tive um KA e um Fiesta (2006) sempre achei lindo, mas era fora do alcance do bolso, só quando consegui engrenar no trabalho que deu pra comprar um desse. Até hoje tenho saudade do carro, meu irmão tem um dessa geração (modelo 2008) até hoje.

  • JulioCMO

    Esse é o carro que não me faz desejar nada no mercado 0km. Próximo carro depois do 1.6L 2006/2007? Um 2.0L 2007/2008 rsrs'

    Uma ida à padaria, a 200m de casa, fica divertida em um Focus, basta ter uma curva. Em meio a hatchbacks todos iguais, macios, moles e sem característica alguma, a perfeição dinâmica do Ford faz qualquer trajeto esboçar um sorriso no motorista. A posição dos pedais é boa, a alavanca de marcha é boa, a direção… nossa, a melhor parte do carro, o volante parece estar conectado ao carro de maneira quase psíquica, precisa ser um BOM esportivo para se igualar.

    Quem é apaixonado por direção, não tem outra. Ou tem, se chama(va) BMW. rsrs'

    • Bicho

      Texto preciso. Exatamente isso. Pé embaixo nas curvas… E nada da bicheira se perder. Eu tenho um Duratec Ghia 2011, manual. Pura diversão.

  • leandrocn

    Sempre fui fã de GOLF, mas depois que a VW manteve o modelo por mais de 10 anos sem mexidas, desinteressei…

    Fora o Golf, eu sempre curti o desenho e desempenho do Mk1, mas na época tinha que tirar 2 carros com 1 carta de crédito… resultado, 2 fiestas na garagem.
    Depois, convencido a ficar na marca, tomei coragem e comprei um mk2,5. Adoro meu carro, mas não o coloco em pedestal. Vai comigo onde precisar ir, as vezes um raladinho no fundo, mas sempre que posso estou arrumando e mantendo-o como novo.

    Hoje não consigo me ver vendendo meu focao pra comprar um hb20 pelo preço que ele vale hoje ( cerca de 40, 45 mil ). Acho que é assim com todo mundo q compra um médio.

  • Diegorji

    Nossa, pareceu que eu escrevi este texto.

    Meu primeiro carro foi um Escort Hobby 1994, um tempo depois me tornei Servidor Público Federal, então decidi me presentear, escolhi o Ford Focus, foi uma busca ardúa, mas encontrei o modelo que eu queria: Banco de Couro, Air Bag, Abs, freio a disco nas 4 rodas, Computador de Bordo, Rodas de Liga, mala elétrica, retrovisor elétrico, vidro elétrico nas 4 portas, todos com one touch, chave com tele comando que abre e fecha os vidros…ano 2003, é conhecido como Focus Venezuela hiper completo.

    Eu sou muito criterioso com a qualidade do interior, o Focus é o melhor que pode ter na faixa de preço atual. Paguei 16,900 Reais no meu carro a vista em julho do ano passado, já rodei 20 mil km e só troquei velas, filtros, óleo, disco, pastilha de freio e os 2 amortecedores traseiros. O carro veio com 5 pneus Pirelli P7 zerados

    Viajo direto com meu Focus, distâncias entre 700km a 1000KM, na estrada o carro é só alegria, o motor 1.8 16v empuura com vontade, mesmo com o ar ligado, bagagens e passageiros.

    Melhor investimento que eu fiz, pois não entrei na onda do popular 0km e percebi que podemos ter algo digno por um preço bem em conta.

    Focus é O CARRO !

  • Diegorji

    Nossa, pareceu que eu escrevi este texto.

    Meu primeiro carro foi um Escort Hobby 1994, um tempo depois me tornei Servidor Público Federal, então decidi me presentear, escolhi o Ford Focus, foi uma busca ardúa, mas encontrei o modelo que eu queria: Banco de Couro, Air Bag, Abs, freio a disco nas 4 rodas, Computador de Bordo, Rodas de Liga, mala elétrica, retrovisor elétrico, vidro elétrico nas 4 portas, todos com one touch, chave com tele comando que abre e fecha os vidros…ano 2003, é conhecido como Focus Venezuela hiper completo.

    fiz um upgrade no meu carro, comprei o rádio original com MP3 Ford e 4 maçanetas cromadas do modelo ghia, combinaram muito com interior cinza escuro desta versão

    Eu sou muito criterioso com a qualidade do interior, o Focus é o melhor que pode ter na faixa de preço atual. Paguei 16,900 Reais no meu carro a vista em julho do ano passado, já rodei 20 mil km e só troquei velas, filtros, óleo, disco, pastilha de freio e os 2 amortecedores traseiros. O carro veio com 5 pneus Pirelli P7 zerados

    Viajo direto com meu Focus, distâncias entre 700km a 1000KM, na estrada o carro é só alegria, o motor 1.8 16v empuura com vontade, mesmo com o ar ligado, bagagens e passageiros.

    Vou trabalhar todos os dias com ele, rodo 70km por dia na condição estrada, faz uma média de 13,5km/l

    Melhor investimento que eu fiz, pois não entrei na onda do popular 0km e percebi que podemos ter algo digno por um preço bem em conta.

    Focus é O CARRO !

  • Trevor_Z

    Tá muito claro o final do texto, pena muitos aqui terem uma interpretação de texto tão pobre pra achar que era um japônes..
    enfim, não é uma análise automotiva, mas é um belo texto. Sempre temos um carro, mesmo antigo, que gostamos

  • Marcelosp

    Tenho um Focus 2004 Sedan 1.6 e não me arrependo de 1 centavo sequer que eu gastei nele. Carro muito estável e gostoso de dirigir. Estou de olho em um carro automático, senão ficaria com o focus por bons anos ainda…

  • Magnus

    Muito bom o texto , me identifiquei muito . . . . Lembro de 19 anos atrás . Voltando no tempo , na época eu com 17 pra 18 anos de idade feliz da vida por ter ganho de meu pai um Passat Pointer 1986 . Naquela época uma tia tinha casa no Guarujá , o paraíso dos milionários(Naquela época litoral norte só tinha índio e maconheiro)e eu ia para lá quase todos os finais de semana , tinha a chave da casa da minha tia querida e podia usa-la a vontade . . . Minha mãe tinha acabado de tirar da concessionária um Daewoo Espero top de linha 0km por absurdos 17.900 reais . . . . Quando chegava no Guarujá na temporada , eu me sentia um mané , pois a maioria dos meus amigos andavam de GM SS , XR3 e GSi conversíveis , BMW 318 Compact , e eu de Passat Pointer . . . ficava feliz da vida quando minha mamãe ia junto de Espero , um importado de respeito , pois havia apenas 3 anos que o mercado teria sido aberto as importações . . . . Dentre os carros que eu via naquela cidade forrada de endinheirados , assim como a maioria de meus amigos , um chamava a minha atenção , pela beleza , imponência e potência , toda vez que via uma na estrada a caminho da praia ou lá mesmo com algum playboy passeando me dava até frio no estomago!!Era ela , a Volvo 850R SW . . . . . Este carro marcou tanto a minha vida(Foi o primeiro carro turbo que andei , do pai de um amigo na época)que foi paixão a primeira vista . . . . . o tempo passou , tive vários carros bons , nacionais e importados , me casei , tive filhos . . . e há 1 ano atrás , depois de quase 20 anos , eu acabei comprando uma ano 1995 . . . . devo dizer . . . é o melhor carro que eu ja tive na vida , e o que mais me dá prazer em dirigir . . . . já até falei pra minha esposa que quando eu morrer quero ser enterrado nela . . . hehehehe . . . pois com certeza este é um carro que ficará comigo para o resto de minha vida . . . . tenho outros carros , inclusive um bem mais novo , mas nas viagens de final de semana com a família e nos passeios , é com ela que eu ando . . . . . .

  • kikofar

    Tive algo assim com o Golf que começou a ser montado aqui em 98. Fiquei apaixonado pelo carro. Lembro-me que numa viagem de volta de BH para Ouro Preto (onde fiz faculdade), parei numa concessionária VW à beira da estrada em Cachoeira do Campo (distrito de Ouro Preto) com a desculpa (para minha namorada, hoje esposa) que iria ver o preço de uma peça do carro dela (que era um Fusca! kkkkkk) só pra ver o Golf.

    Em 99 me formei e mirava um carro daquele para aquisição. Mas… salário de recém-formado (na área de saúde e não-médico) me deu um tapa de realidade na cara. Não poderia ter um carro daquele tão cedo. Alguns meses adiante, porém, passei num concurso e durante o curso de adaptação para o cargo que eu assumiria, peguei carona com um colega que fazia o mesmo curso e o cara tinha um Golf 2.0 prata novinho! Meu Deus… pedi licença pro cara e fiquei admirando o carro… pegando no painel, no para-sol, o 'pqp' que tinha mola para não voltar bruscamente, aquele painel azul com ponteiros vermelhos, sensor de chuva (nunca tinha visto um!), design limpo, a coluna C típica do modelo que lhe confere um ar de carro robusto, estável…

    CONTINUA…

  • kikofar

    Claro que o tempo passou e a vontade e o sonho ficaram pra trás em função de prioridades e do fato do carro ter ficado ultrapassado, sem falar no modelo enjambrado que a VW 'honrosamente' adaptou pro nosso mercado….

    Quem sabe com o Golf VII, agora que tenho plenas condições de adquirir um, eu não reviva esse sonho pra ter um? Obs: o único problema é que hoje eu sei o que é um pós-venda da VW do Brasil… uma lástima e caro, o que me desanima muito!!!

  • tonyecs

    Me identifiquei demais com o texto, hehehhee. Depois de ler inúmeros elogios em sites e blogs sobre o Focus, resolvi comprar um pra mim, mesmo podendo comprar um carro mais novo, mas talvez, com uma motorização menor. Então, no final do ano passado, vendi meu Corsa Maxx 2008 1.0 completo e comecei a pesquisar pelo Focus. Já que a primeira geração já saiu de linha, então coloquei na cabeça que, se quisesse ter um em bom estado, que deveria ser logo. Foi difícil, mas acabei encontrando um Focus GL Flex 1.6 (queria o Duratec, mas não achei nas mesmas condições que esse) 07/08 por praticamente o preço que havia vendido o Corsa. O carro tinha apenas 34 mil KM (confirmado pelos carimbos das revisões), banco de couro e num excelente estado de conservação. Comprei o carro. E desde novembro venho numa lua-de-mel com o Focão. O carro anda muito bem. Tem excelente dirigibilidade, ótima estabilidade, o motor, apesar de ser 1.6, responde muito bem. O isolamento acústico é excelente, o carro é confortável e, apesar da idade, pretendo passar mais uns 2 anos com ele. E, desde agora, já fico pensando na saudade que vou sentir, afinal de contas, já dirigi diversos carros, mas poucos me deram tanto prazer e segurança ao dirigir.

  • Vinícius

    Só quem tem um entende o que o autor quer dizer. Tenho um 2006 1.6 desde quando comprei em 2009. Hoje está com 130mil km. Também sou apaixonado pelo carro. Ficamos exigentes após se acostumar com a qualidade do Focus. Hoje é difícil pensar que, para comprar um carro zero com qualidade semelhante, tenha que gastar no mínimo uns 40mil para cobrir a diferença.

  • Mr. Potato

    E pensar que o próximo Focus a chegar por aqui foi duramente criticado como um produto inferior ao nosso atual… Lá vem mais saudades.

  • ctnmartins

    Hoje tenho o privilégio de utilizar um no dia-a-dia. O único que carro que adoro dirigir.

  • san

    Tenho um guia hatch 2009, modelo novo, carro muito bonito, completo e tal, porém parece ser mais mal construido e mais frágil que o modelo anterior, o qual tinha um hatch 2006/2007 1.6 e definitivamente era melhor, acabamento, isolamento, a construção do carro em si, passava esta impressão, foi o melhor carro que ja tive…gosto muito do focus, mas da a impressão que ele em termos gerais involuiu nesta geração atual, apesar deste atual ser mais bonito e chamativo…

    • marciors01

      San, agradeço se puderes especificar quais são exatamente os pontos que te desagradam no teu atual focus. Abraço

      • san

        Marcio, tive um MK1,5 por 3 anos, comprei com 82.000km em um feirão em POA, o carro nunca deu problema algum, só fiz o normal, filtros, oleo, adtivos, pastilhas e pneus, pois fiquei 32.000 km com o carro, carro muito bom. Já este guia possuo há pouco tempo, escolhi a dedo, guardei dinheiro e comprei dentro de uma Ford, porém este apresentou barulhos na frente, parece amortecedor, mas não é, vi em fóruns desde carro que é crônico do modelo, foi trocado calço do motor, foi ajustado o setor, pois um novo custa 4 mil e agora tem um barulho na esquerda, que a ford disse que é uma balança com folga, custo da piada 2 mil, isto mesmo, 2 mil uma simples balança dianteira esquerda que é uma pecinha de ferro com borracha, até este é um comentário a parte, o valor absurdo, totalmente fora da realidade das peças desde carro, na ford não vou mais, só arrumo em outras mecânicas….dentro do carro o acabamento é muito inferior ao anterior, apesar de ser mas bonito e moderno, mas a qualidade em si é muito pior e este carro tem uma coisa que nunca vi, um barulho na parte superior de borracha do painel, onde ela emenda na estrutura, um nhec nhec muito chato, além dos bancos de couro que "gemem" e o forro do teto que parece de papelhão, também o isolamento acústico do motor é fraco, ronca bastante dentro do carro…é neste sentido que falo, o carro é muito bonito, tem muita presença, tens prazer em dirigir, porém parece bem frágil, o calço do motor quando quebrou eu senti o soco e a trepidação na frente, quebrou em uma rua irregular a 20km/h, ai fica difícil confiar na qualidade do carro, pois só tem 3 anos e pouco de uso e 70 mil km e era para ser um modelo topo de linha, o meu tem tudo, só não é automático. Comprei este carro dentro de uma ford, com procedência, nota, manual com carimbos, segundo dono, mas infelizmente não funcionou minha estratégia…Enfim, apesar de gostar do meu carro e ser o carro que desejei por muito tempo, acho ele inferior ao anterior em muitos aspectos.
        Grande abraço.

  • Lexus GS300

    Não conheço ninguém que tenha tido um Focus e tenha se arrependido. É um carro que no mercado externo é concorrente em vendas ao Corolla. Isso quer dizer que é um carro "queridinho" nos quatro cantos do mundo onde é vendido.
    Mas infelizmente, como brasileiro só valoriza a droga do motor de correia dentada, no ato da ignorância, prefere este ao com a famosa e durável corrente de tensor.

    • JPaulo10

      "Não conheço ninguém que tenha tido um Focus e tenha se arrependido."
      Conheço vários. Motivos: acabamento, motor, câmbio, suspensão (sim! defeitos nela), pós-venda.
      Enfim, esperemos que a nova versão, tão adiada, venha com parâmetros convenientes para atender à clientela.
      Antigamente, a ford era referência em acabamento. Vamos ver se ela consegue retornar a essa.

      • Lexus GS300

        Falo das pessoas que conheço que possuem o carro e próximos. Afirmo que eles não se arrependeram do carro apesar do pós vendas ser ruim da Ford.

  • Felipe

    Um dos melhores carros produzidos pela Ford.

    Uma pena ter reduzido a qualidade do acabamento e revestimento nos últimos anos. É assim que a redução de custos acaba com um carro.

  • 356

    O meu 2009 ultima série, que é meu carro de uso diário, virou hoje 49 mil km. Pretendo ficar com ele pelo menos até os 150 mil km.

  • Marcelo Schwan

    Entendo perfeitamente o sentimento.

    Alguns anos atrás comprei um Focus 2003 1.8 16V e dei de presente pra minha esposa.

    Que tesão de carro. Não é um foguete, mas dificilmente te deixa em situações difíceis na estrada ou menos ainda na cidade. É prazeroso de dirigir. Te dá vontade de pegar o caminho mais longo só pra tirar uma casquinha a mais do carro. Se tiver curvas no caminho então, melhor ainda.

    Econômico nos gastos em geral. Nem combustível bebe tanto assim. Na mecânica só tenho elogios. Nunca me deixou na mão e só manutenção preventiva normal de qualquer carro. E lá se vão 175.000 km de alegrias com esse carro. E praticamente sem grilos ou barulhinhos. Fantástico.

    O único problema apareceu de uns tempos pra cá: a hora de trocar por um carro mais novo.

    Já levei minha esposa pra ver vários carros, inclusive o New Fiesta recém lançado e não tem jeito. Pra ela, ou pego outro Focus ou ela fica com o atual mesmo.

    De longe o melhor carro que tivemos em casa.

  • Fabricio

    Tive um Focus sedan 2001 2.0 GLX manual com motor zetec. Carro bom, a suspensão é macia sem ser molenga nas curvas, o motor é girador, anda bem se não tiver medo de pisar pois é meio preguiçoso em baixa, mas pra quem saiu de um Palio 1.0 era mais que o suficiente, vendi 2 meses atrás, com 256000 km ( a dona anterior usava muito ele pra viajar) e o motor redondinho sem fazer um barulho, só fazendo o básico mesmo,troca de oleo (sintetico) e filtro a cada 7500km, radiador sempre com o aditivo,etc. Mandei pintar logo que comprei, pois a pintura estava queimada, com um prata diferente do original, " prata Tecno mitsubishi", pintei as borrachas laterais e aquele friso cromado atrás, poli os faróis que estavam amarelados, tirei os piscas laranjas laterais e do parachoque e coloquei branco, tirei as capas que tinham nos bancos, mandei lavar e tirar todas as manchas que tinham, e várias outras coisinhas… Quando a dona anterior viu, ela não reconheceu o seu ex-carro, eu buzinei e ela olhou tipo "Quem é esse cara que ta buzinando?" (ela nao usava insulfilm), só quando abaixei os vidros que a ficha caiu, fiquei com pena, parecia que ela tinha se arrependido e queria de volta, pois tinha ficado 10 anos com esse Focus. Agora to com um 307 feline 2.0 at.

  • GabrielVTR

    Tive essa paixão, e ainda tenho, com o C4 VTR, sempre via o VTR do Sebastien Loeb nos rallys e esse ano pude pegar um impecável, modelo 2009…sempre invento alguma coisa pra fazer, só pra dirigi-lo mais vezes ao dia…motor forte e estabilidade espetacular!

    • 356

      Putz, eu tenho muita vontade de ter um VTR também… Problema é eu convencer a patroa a deixar eu comprar outro brinquedo :(

  • masoguim

    Tenho um Hatch, preto, 2.0 2009 ainda com 14.000km e é só prazer, notadamente qdo pego uma boa estrada!

  • JPaulo10

    Que post parcial e floreado …
    "tenho dois momentos felizes de segunda à sexta: a hora de ir e a hora de voltar." Labor poético desceu às ruas ……………..
    Mesmo na ford existem carros muito mais emblemáticos do que esse focus. tais como o Thunderbird e o Mustang. No Brasil, o Maverik.
    Hoje, você admira um desse exemplos como clássicos. O focus pode ser bom, mas nunca será um deles.

    • Alex

      O texto não é sobre carros emblemáticos na história automotiva, mas sim sobre a realidade de uma pessoa. Ele deixa claro que se trata de "gosto pessoal".

  • Junior Antonini

    Eu tenho um duratec, fiz os upgrades devidos para "mais diversão" e digo: se o carro originalmente é excelente, ver o bicho cortar a 7500rpm com força e parecendo que poderia ir a 8000 sem problemas é uma delícia. Suspensão justa, freios bons e pneus decentes, tudo o que precisa pra fechar o pacote e ser um excelente faz tudo, que te leva pra viajar, pra passear com a esposa, pra carregar tralhas, pra tudo. O meu, casei…

  • KzR

    Difícil resumir tantas qualidades e desejos em um único carro, ainda mais sendo um modelo vendido por aqui dentro de uma expectativa palpável de compra. Eu ainda teimo em perseguir usados completos que procurem satisfazer minhas necessidades automotivas. Não cheguei a um consenso. Dos hatches usados, Audi A3 1.8 Turbo, Alfa Romeo 145 e Honda Civic VTi. Dos atuais, meus gostos ficam para Fiat Punto e Bravo T-JET e Citroen DS3.
    Então Parabéns ao Rique.

    O Focus MK1 é mesmo um carro muito bom e até entendo porque alguns entusiastas do modelo não gostaram muito do MK2. O MK1 já era muito e mais leve. Lembro como ele era revolucionário para um Ford em 1999. Segundo o MAO do AutoEntusiastas, o melhor é o MK1 de 1999-2004/2005 porque daí a Ford mexeu em muitos detalhes do carro. O cara teve os dois carros e explica bem em seu relato. Fica a dica para quem está interessado no hatch.

  • Edu 147

    Tenho o meu a 3 anos, vivi uma paixão intensa , mas o tempo e a manutençao absurda, fizeram me desiludir com o focus.
    Dirigibildade , estabilidade, conforto excelentes.
    Valor das peças , disponibilidade das peças , e mão de obra para mexer no focus , é que me fizeram, me desiludir com o mesmo.
    Ataualmente estou vendendo e curtindo 2 paixoes nostalgicas um XR3 92, e uma 147 78.

  • andre luiz

    Comigo foi a mesma coisa, quando fui trocar de carro queria um polo sedan, o dinheiro tava curto e peguei um corsa, já se vão 3 anos de uma boa convivência mas, o polo ainda vive na lembrança.

  • Mak06

    Carro bom é aquele que você consegue comprar e que a manutenção entra no seu orçamento esse é o melhor carro.

    • gustavo

      Porque alguém com essa linha de raciocínio entra em blogs de carros?? Nada contra vc nao gostar de carros, mas nao gostar e vir em blogs opinar é contraditório

  • dudupruvinelli

    Eu acho o focus brasileiro atual muito bonito (melhor que a geração atualizada, que a meu ver, ficou muito exagerada). Ainda não tive a oportunidade de dirigi-lo, mas quando tiver tempo, o farei. É uma pena que a ford tenha capado os itens de segurança até da versão guia.

  • Verdade, às vezes eu vejo um Chrysler Cirrus pela rua, aqui em Curitiba tem um branco, um preto, um vermelho e um verde, ah… sei que ele é um arquivo zip com uma centena de problemas compactados naquela bela carroceria… mas como eu gostava dele… sei não se eu não faria um besteira se me deparasse com um à venda…

  • Fabio D.

    Acho que nunca dirigi um carro tão gostoso quanto esse… Tanto o de primeira geração quanto o segundo são deliciosos… Contando que, do primeiro, dirigi um Focus Ghia 2007 2.0 mecânico… era animal, além de bom de curva tinha motor de sobra. Era do meu padrinho, e ele se arrepende até hoje de ter se desfeito do carro, tava usando muito pouco depois que comprou um Journey pra carregar a bagulhada da filhinha que acabara de nascer. Dava pra ficar com os dois. Hoje tem um Lancer GT AWD, um C5, um J3 e uma HD 1250cc Night Rod. Mas o bendito Focus ainda faz falta pra ele!

    O de segunda geração é de meu irmão, um GLX 1.6 2011. Animal também, bom de curva, puxa bem, mas não tanto quanto o Duratecão…

  • Costa

    lembro quando saiu o Focus XR… era doido nele!!
    o Focus perfeito na minha opinião e que não existiu: mk1 com teto solar e motor Duratec.. aí sim!!!

  • W_Costa

    Pode crer, me identifiquei totalmente com o texto e coincidentemente também namorei bastante o Focus (New Edge) por muito tempo, mas como eu não tinha grana na época (e ter saído de linha) acabei indo em outra opção mais recentemente, mas assim como o protagonista da história, fico meio que hipnotizado quando vejo um nas ruas com seu belo, inesquecível e inigualável design (apesar de ter hoje um belo carro na garagem com direito a assinatura de designer famoso), porém nem o crédito foi capaz de me ajudar na época, pois estava bem enrolado, rsrsrs…., com certeza meus olhos brilham ao ver as fotos de um tão desejado Focus RS na web, não definiria como uma psique ou obsessão, pois cada um de nós em uma determinada época da vida tem seus anseios, realizações e momentos que marcam, o que é perfeitamente normal (bom exemplo disso são as músicas que gostamos que nos fazem lembrar dos momentos que vivemos quando as ouvimos pela 1ª vez e definem o nosso gosto musical pro resto da vida). Com isso acabei gostando dos que possuem um belo e bem trabalhado design, se carros fossem pinturas, o Focus New Edge seria a Mona Lisa, se fossem músicas, seria a 9ª sinfonia de Beethoven…etc…rsrsrsrs…..

  • W_Costa

    Pode crer, me identifiquei totalmente com o texto e coincidentemente também namorei bastante o Focus (New Edge) por muito tempo, mas como eu não tinha grana na época (e ter saído de linha) acabei indo em outra opção mais recentemente, mas assim como o protagonista da história, fico meio que hipnotizado quando vejo um nas ruas com seu belo, inesquecível e inigualável design (apesar de ter hoje um belo carro na garagem com direito a assinatura de designer famoso), porém nem o crédito foi capaz de me ajudar na época, pois estava bem enrolado, rsrsrs…., com certeza meus olhos brilham ao ver as fotos de um tão desejado Focus RS na web, não definiria como uma psique ou obsessão, pois cada um de nós em uma determinada época da vida tem seus anseios, realizações e momentos que marcam, o que é perfeitamente normal (bom exemplo disso são as músicas que gostamos que nos fazem lembrar dos momentos que vivemos quando as ouvimos pela 1ª vez e definem o nosso gosto musical pro resto da vida). Com isso acabei gostando dos que possuem um belo e bem trabalhado design, se carros fossem pinturas, o Focus New Edge seria a Mona Lisa, se fossem músicas, seria a 9ª sinfonia de Beethoven…etc…rsrsrsrs….., pra mim o Focus morreu, esse atual poderia muito bem ser chamado de New Escort.

  • W_Costa

    Pode crer, me identifiquei totalmente com o texto e coincidentemente também namorei bastante o Focus (New Edge) por muito tempo, mas como eu não tinha grana na época (e ter saído de linha) acabei indo em outra opção mais recentemente, mas assim como o protagonista da história, fico meio que hipnotizado quando vejo um nas ruas com seu belo, inesquecível e inigualável design (apesar de ter hoje um belo carro na garagem com direito a assinatura de designer famoso), porém nem o crédito foi capaz de me ajudar na época, pois estava bem enrolado, rsrsrs…., com certeza meus olhos brilham ao ver as fotos de um tão desejado Focus RS na web, no entanto, não definiria como uma psique ou obsessão, pois cada um de nós em uma determinada época da vida tem seus anseios, realizações e momentos que marcam, o que é perfeitamente normal (bom exemplo disso são as músicas que gostamos que nos fazem lembrar dos momentos que vivemos quando as ouvimos pela 1ª vez e definem o nosso gosto musical pro resto da vida). Com isso acabei gostando dos que possuem um belo e bem trabalhado design, se carros fossem pinturas, o Focus New Edge seria a Mona Lisa, se fossem músicas, seria a 9ª sinfonia de Beethoven…etc…rsrsrsrs….., pra mim o Focus morreu, esse atual poderia muito bem ser chamado de New Escort.

  • Claudio

    Seu design na época, estava a frente de todos os outros e permaneceu por um bom tempo, fazendo escola para outras montadoras, o que tem ocorrido até hoje!

  • Winri

    Há anos desejo um Volvo c30.
    No entanto comprei um civic 06/07 por 33.000. Nesta oportunidade, o volvo desejado estava por 49.000, nao podia bancar a diferença, estava tambem comprando minha casinha. Paciência.
    Provavelmente eu nunca compre o volvo, mas é um sonho, que tive, e acho que não combina mais com minha realidade. Em breve devo casar, duas portas serão um problema, a manutenção fica proibitiva, pois o carro fica muito velho: enfim, nao compensa tanto.
    Uma pena vermos que um sonho que desejamos tanto, não se encaixa mais na nossa realidade..

  • Leandro

    Minha história é parecida, comprei um Corsa mas nunca deixei de sonhar com o Omega, no meu caso o problema nem é o valor do carro em si, ja que o meu corsa hoje vale cerca de 17 mil, é o medo de comprar um e não conseguir manter.
    Ninguém aceita que eu quero um carro mais velho, não flex e beberrão, todo mundo acha um absurdo eu não me importar com o ano do carro e desprezar a tecnologia flex, mas isso não tem a menor importância, vou só esperar a minha convocação pelo concurso que fiz e ir atrás do meu sonho.

  • Tenho 21 anos ( na realidade faço amanhã rs ) e minha atual paixão é o Tiida. Não tem um, não tenho dinheiro para ter um mais mesmo assim sou louco por esse carro. Estou ciente que mais cedo ou mais tarde essa paixão aos pouquinhos vai passar,afinal, vão vir carro novos que poderão me deixar apaixonado tbm, assim como estar sendo com o tiida. O engraçado é que eu não tenho um e mesmo assim eu vivo um paixão platônica ( ?? ) pelo o carro. Quem sabe um dia né, só espero que não demore muito. Em quanto isso vou me alimentando de felicidade depois de muito esforço e trabalho ter conseguido tirar minha Carteira ( CNH ) e que mês agora ( Junho ) pego a definitiva.
    Ah, comecei com um Monza 1.8 Branco. "Carrin" bruto de bom que tive um pouquinho de dor de cabeça aos meus 12 anos no início em que eu estava aprendendo a dirigir ainda.

  • MauroRF

    Tive um GL 2003 1.8, depois um GLX 2008 1.6 Flex completo, aquele com as rodas de liga, e agora um GLX 2.0 2013. É tão bom de dirigir que fica difícil "desviciar" do Focus. O que me dá mais saudade é o 2008, peguei zero e fiquei até o meio do ano passado, rodei 70 mil km e nada demais, apenas bateria e manutenção normal.

  • gustavo

    o seu focus NÃO é o Venezuela

  • macaense

    "mas àquela altura a Ford não tinha se dignado a disponibilizar o motor flex"

    *risadas*

  • fuas_herv

    Parabéns pelo texto, um dos melhores posts que li no NA.

    • Rique Franco

      Obrigado! Em breve teremos novos posts.

  • GUGASP

    Tenho um Focus Hatch Duratec Flex mec 2010/2011 comprado zero km. O carro é insuperável em prazer em dirigir (em casa há uma saveiro cross, i30 e corolla). Mas o Focus dá trabalho e o pós-venda da Ford aqui no interior de SP é despreparado.
    Revisões semestrais obrigatórias caríssimas, suspensão traseira que desalinha com facilidade e consome os pneus são fatos certos do dia-a-dia do Focus.
    Tirando isso, o carro é espaçoso, silencioso, ótimos freios, muito estável e faz 9 km/L de álcool na estrada. Recomendo a compra.

  • webmotors

    É IGUAL O SKYLINE R34 NINGUEM VENDE POR NADA, SE DER UM NOVO NÃO TROCA

  • Cristiano Pires

    Passei pelo mesmo, tive um escort e agora tenho um focus, comprei usado pois sempre sonhei com o MK1.5 e o painel do "novo" nunca me agradou.
    Ótimo carro ficarei com ele atéeeeee….., não me desfiz do escort, estou reformando para andar com ele pra passear, espero quando trocar fazer o mesmo com o Focus!

  • Zammak

    Pena que o modelo 2 portas nunca foi vendido por aqui….

  • Paulo Araujo

    Eu tenho uma história muito boa com o focus, apesar de estar com ele há apenas 8 meses passei por dificuldades imensas por conta do estado com q peguei o carro. Muito trabalho e dedicação me fizeram arrumar a mecanica do carro toda e hj ele está impecavel. Troquei todas as juntas do motor, embreagem, suspensão completa, correias, discos, pastilhas e fluído de freio. Hj tenho um carro completo em mãos. Possuo um Focus Ghia Vermelho Itália ano 2001 com todos os mimos q um focus pode ter, ñ me arrependo de arrumar esse carro todo agora só me traz alegrias. Vou aos encontros Focus Clube e ta lá o meu.. unico do clube aki em SP dessa cor… O unico absurdo q eu vejo é q o povo brasileiro ñ sabe ver carro prefere pagar caro num pelado 1.0 doq num carrão desses, me ofereceram 15mil no meu ghia pq acharam a cor diferente… ridiculo.. ñ vendo por menos de 20mil e olha q gastei mas q isso pra arrumar. Abraço

  • Ronnivox

    Meu primeiro emprego foi numa concessionária da Ford, era 1998 e eu tinha 18 anos !! Lembro muito bem o dia que o Focus chegou na revenda, tivemos inclusive uma festa para lançamento do carro. Era o meu sonho de consumo !! Em 2006 consegui comprar meu primeiro carro e foi o Focus Hatch GLX 1.8L Zetec 2001/2001. Só me restam lembranças daquele carro, foi a melhor fase da minha vida !! Vendi o carro em 2010 para um vendedor de uma concessionária da Ford e sempre que faço visitas a esta loja bate aquela vontade de tê-lo de volta.

  • Acport

    Tive um focus flex 07/08 comprado 0 km, vendi no fim do ano passado depois de 112 mil km rodados de pura alegria. O focus era excelente de andar, principalmente em estrada (onde passava a maior parte do tempo). Não tenho nenhuma queixa do focus, muito confiável, pois nunca me deixou na mão. Hoje mudei de marca e modelo, mas ainda guardo um carinho pelo old focus.

  • Felipe

    Não há dúvida que o Focus é um dos mais bem-acabados do segmento, ainda mais esse modelo que você pegou, um dos primeiros, na minha opinião são os melhores (2000 a 2003), tem banco de veludo, acabamento melhor e o motor 1.8 16V é bem melhor que o 1.6 "FREX".

  • carlos eduardo

    muito bom post…
    pra um amante de carros

    sem mais

  • Fred

    Tenho um Focus MK1 09/09 GL, rodas do GLX, dos últimos. Sou apaixonado..

    Baita texto. Estou para trocar de carro, quase fiz a loucura de comprar um GLX 2.0 MK 2,5 azul completaço 0km, mas… desisti. Estou esperando o novo chegar, porém, confesso, não estou muito empolgado… Vou acabar pegando um Lancer. Se eu tivesse condições, buscaria um MK1 2.0 GLX Azul e ficaria com ele pra sempre, mesmo que não fosse meu titular.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email