*Destaque Audi Esportivos Lançamentos

Oettinger lança preparação para carros da Audi no Brasil

Audi-RS6-Oettinger-9 Oettinger lança preparação para carros da Audi no Brasil

A Oettinger, especializada na preparação de automóveis do grupo Volkswagen, está oferecendo opções para os modelos da Audi no mercado brasileiro. A novidade foi anunciada nesta semana pela Strasse, que representa a preparadora em nosso País. Num primeiro momento, a empresa oferece o serviço para seis modelos da Audi, mas a intenção é chegar a 22 automóveis em breve.



Entre eles, há o Audi A3 equipado com motor 2.0 TFSI, que passa dos 220 cavalos para 300 cavalos de potência. Essa preparação é ofertada pela Oettinger pelo valor de R$ 17,9 mil.

Audi-RS6-Oettinger-9 Oettinger lança preparação para carros da Audi no Brasil

Já o hatch esportivo RS3 e o crossover esportivo RSQ3, dotados de um propulsor 2.5 TFSI de cinco cilindros, conseguem entregar 430 cavalos de potência e 63,8 kgfm de torque com a preparação, contra os 400 e 372 originais, por R$ 39,9 mil. Com isso, o hatch passa a acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e atinge velocidade máxima de 300 km/h, ao passo que o utilitário-esportivo cumpre a mesma prova em 4,4 segundos e alcança máxima de 260 km/h.

A lista inclui ainda o utilitário-esportivo Audi Q7 com motor 3.0 litros V6 TDI a diesel, que rende 272 cavalos e 61,2 kgfm originais, podendo saltar para 320 cv e 68,8 kgfm com as modificações oferecidas num pacote de também R$ 39,9 mil. Ele pode acelerar de 0 a 100 quilômetros por ora em 6,1 segundos e alcançar máxima de 240 km/h.

Audi-RS6-Oettinger-9 Oettinger lança preparação para carros da Audi no Brasil

O RS6 Avant e o RS7 Sportback também entram na lista. A perua e o cupê de quatro portas podem alcançar potência de 720 cavalos e torque de 102 kgfm, ao invés dos 605 cv e 71,4 kgfm do modelo na configuração Performance Plus. Com isso, ambos atingem os 100 km/h em 3,2 segundos e máxima de 320 km/h. Neste caso, a preparação mecânica é ofertada por R$ 59,9 mil, mas há também a opção de sistema de escape com válvula de controle de som por outros R$ 59,9 mil.

Galeria de fotos do Audi RS6 preparado pela Oettinger

COMPARTILHAR:
  • Lucas

    kkk só se tiver algum dono de Audi que seja louco. Dá pra fazer o mesmo na Reiko por 20% desses valores…

    • Rodrigo

      Pelo que entendi ao fazer pela Oettinger a garantia de fábrica do veículo é preservada (pelo menos é assim para o GTI).

      • Jonas

        Não é bem assim. Passei um email pra saber. Você perde a garantia de fábrica e “ganha” a garantia de dois anos com o pessoal da Oettinger.

        • Rodrigo

          Puxa não sabia… Sendo assim não vejo muita vantagem, pois será apenas dos itens que eles modificarem. Imagine você tendo um problema com um item de conforto e conveniência, a quem recorrer?

          • Danilo

            A garantia deles cobre tudo, não só as peças instaladas ou modificadas, como comentário abaixo.

      • Leonel

        Humm interessante. Mas de qlqr forma o mais importante é ter a garantia, afinal, o Audi também são 2 anos (até onde eu sei). E a Oettinger é uma empresa de confiança e sólida experiência na área. E por fim, cara que tem grana para um RS6/7 da vida nem liga (creio eu) rss..

    • Jonas

      Olha aí a resposta deles:
      Ao converter um carro 0km em Oettinger, perde-se a garantia de trem-de-força (motor, cambio e tração) da VW, porém nós da Strasse assumimos essa garantia, por um período de 2 anos ou 50.000 km, contados a partir da retirada do carro da concessionária. Deste modo, na prática o carro continua inteiramente coberto por garantia, dado que a VW mantém a cobertura para os demais sistemas (por exemplo, ar condicionado, vidros elétricos etc).

  • vicegag

    Amarok com V6 de 320cv seria legal, heim!

  • Ricardo

    Já estaria satisfeito com um RSTT ou RS4 original.

  • V12 for life

    Apesar de proibitivo para o Golf, nos modelos mais caros esses valores devem ser interessantes para quem pode ter esses modelos.
    A Strasse provavelmente tem o retorno esperado, já que além de Oettinger e Brabus me lembro de terem planos para a Gembala.

  • Filipe Augustus

    Se eu tivesse mais de 600 mil para gastar na RS6 eu faria essa modificação de quase 120 mil reais! Ficaria demais *-*

  • Gustavo Adriano

    Não me levem a mal, mas… Pagar só para ter potência extra? Digo, a preparadora não altera o tipo de pneu, freios, câmbio? Nada disso? Eu sei que quem tem grana e está afim de obter potência extra não vai se importar em gastar 60 mil, mas o indivíduo não irá estar se importando com segurança e dinâmica? Somente com velocidade?

    • Ricardo

      Sim, do que adianta potência sem controle, o RS3 não tem estrutura adequada para toda essa potência.

      • Gustavo Adriano

        A diferença entre o modelo “convencional” e o preparado é de fato irrisória, mas com relação aos números dos modelos RS6/RS7, convenhamos que é bem razoável, sei que são modelos que já são fabricados utilizando alto padrão de equipamentos, ainda assim acho muito dinheiro “somente” para ter potência extra.

      • Alexandre Viotto

        Ironic mode detected! Rsrs

        • Ricardo

          Mas é verdade!

          • Alexandre Viotto

            Tá doido? O RS3 é quase um superesportivo!

            • Ricardo

              Sim, mas projetado para uns 270 km/h, 300 já é demais, duvido que pneus e suspensão deem conta como deveriam dessa cavalaria a mais e consigam transmitir toda ela para o chão.

    • Alexandre Viotto

      Gustavo, estes carros já tem estrutura de freios e pneus suficientes para receberem este upgrade!

  • Francisco

    E os número de performance do A3 2.0?

    • ObservadorCWB

      Boa….pessoal fica discutindo ficha técnica…e parece que ninguém quer ver o resultado. É criança brincando de “Super-Trunfo”.

  • Estevão Gonçalves

    Galera, na real?
    Os carros já vem com uma puta potencia e torque!
    Não mexeria no que já é ótimo!
    Claro que aumentando a potencia e torque além do previsto do projeto vc perde a garantia da fábrica.
    Acho desnecessário.

    • PEDAORM

      Ganha garantia da preparadora, mas não acho um bom negocio.

    • Rodrigo

      Rapaz isso é um vício igual aqueles marombados de academia. Pode estar tudo bem, mas nunca estará bom.

  • th!nk.t4nk

    Nunca vou entender por que o pessoal paga por este tipo de preparaçao no Brasil. Nem sequer tem estrada pra extrair o potencial original do carro, que dirá modificado.

    • Alexandre Viotto

      Track days?

      • th!nk.t4nk

        Aí sim! Um segundo a menos faz imensa diferença!

      • Rodrigo

        Se 5% de quem faz essas modificações faz só para os trackdays em circuito fechado no BR, já acho muito. A esmagadora maioria faz pra racha de rua / estrada mesmo, não sejamos hipócritas…

        • Alexandre Viotto

          Não sei, pois este nível de carro nem é a minha realidade… mas para ser sincero não vejo muito estes carros tirando racha por aí, o que vejo são gol quadrado, golf e outros “tunados”. Claro que um carro deste deve te instigar a dar umas aceleradinhas de vez em quando… rsrs

          • Rodrigo

            Rapaz, não quero ser leviano em dizer que todos fazem isso. Mas faça um teste: digite o nome do seu modelo esportivo favorito + a palavra velocidade ou versus ou pega ou qualquer outra que remeta competição no Youtube e vc vai ver que eu nao estou de todo errado.

            • Alexandre Viotto

              Da mesma forma que se você digitar gol quadrado, gol bola, golf etc, o resultado será o mesmo! rsrs
              Mas você não está de todo errado, com certeza. Tem muitos que têm estes carros e tiram “rachas” sim.

    • Isaac Ferreira Santo

      Exatamente o que eu penso. É mais por vaidade mesmo. Na prática não tem validade.

    • zekinha71

      Deve ser pra bater e depois virar notícia.

    • Romualdo Vieira

      Penso da mesma forma. Um RSQ3 já é muito veloz para nossa realidade!

  • Danilo

    R$ 40 mil pra preparar um RS3 e ganhar apenas 30 cavalos??? É isso mesmo?

    • Marcelo Henrique

      Pra quem ganha 40 mil reais por semana deve compensar.

  • Marcelo Henrique

    O carro já vem bruto, não precisa disso.
    Se querem gastar dinheiro para melhorar o tempo em track day, gastem com suspensão e curso de pilotagem.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email