Onde os carros são mais baratos no Brasil?

Já não é segredo para ninguém que os nossos veículos estão entre os mais caros do mundo. Por isso, muitos consumidores procuram por regiões onde os carros são mais baratos.

Mesmo não sendo uma prática muito simples, é possível encontrar estados onde eles ainda são mais em conta.


Com uma carga tributária alta que é destinada aos governos, as montadoras (mesmo não admitindo abertamente) também estão sempre aumentando as suas margens lucro. No final, o peso todo fica em cima dos consumidores.

Nos caso dos modelos que vêm de fora, os custos são ainda mais altos devido à importação. Ao chegar no Brasil é necessário o pagamento de IPI, ICMS e PIS/COFINS, que é destinado ao INSS. Além de outros tributos mais famosos como a própria importação, IPVA e o licenciamento.

Onde os carros são mais baratos no Brasil?

Nos últimos anos, o mercado automotivo nacional não teve muito o que comemorar. Vindo com ótimas vendas, em 2015 o setor sentiu uma grande recessão gerando demissões e até a paralisação da produção.

Com a elevação da inflação chegando aos dois dígitos no fim de 2015, ocorreu posteriormente o aumento dos preços de veículos aqui no Brasil. É claro que o país ainda vive com essa crise, mas a indústria automotiva aos pouco vem se recuperando.

Onde os carros são mais baratos?

Onde os carros são mais baratos no Brasil?

Para fugir de pagamentos absurdos, muitas pessoas optam por comprar carros fora de algumas regiões e, sim, de fato, há estados e cidades onde eles são mais baratos do que em outros.

A Toyota, por exemplo, é uma das montadoras que deixa isso visível em seu site para o consumidor: em São Paulo, a Hilux SRX custa R$ 289.590 (pelo reajuste da alíquota do ICMS), enquanto no restante do país ela sai por R$ 280.390.

Na Zona Franca, a mesma picape custa R$ 215.439, enquanto no Macapá ela é tabelada em R$ 216.287.

Além dos impostos que informamos, a diferenciação também acontece devido ao número de concessionária e concorrência. Podemos analisar por algumas cidades grandes que, por terem muitas lojas e concorrentes, tem preços mais baixos.

Em cidades pequenas pode ocorrer de não ter alguns veículos, como no caso de alguns luxuosos. Isso também influencia para que algumas pessoas procurem outros lugares para adquiri-los.

São Paulo era uma das cidades com os carros mais baratos do Brasil. Por quê? É simples; como mencionamos anteriormente, a capital paulista possui muitas concessionárias e lojas particulares, então a concorrência acaba sendo maior e o valor chegava a ser 10% menor.

Isso tudo mudou, porém, com o reajuste do ICMS no estado paulista, que subiu de 12% para 13,3% (em janeiro de 2021) e depois para 14,5% (em abril). Isso tudo foi feito pelo governo estadual para diminuir o impacto da pandemia, que provocou uma queda na arrecadação.

Do lado das montadoras, essa diferenciação de São Paulo para outros estados fez com que muitas criassem uma tabela exclusiva para o estado, onde agora os carros novos são mais caros.

Mesmo sendo vantajoso em alguns lugares, não será fácil fugir das burocracias. Na hora de fechar o negócio em outra cidade/estado, é preciso decidir a melhor forma para transportá-lo: o comprador pode alugar um serviço de transporte como caminhão ou o próprio motorista poderá conduzi-lo.

É importante ficar ciente, se você decidir ir dirigindo seu carro novo até o seu destino, que antes é preciso ir até o Detran da cidade onde adquiriu o carro para solicitar uma autorização, para que seja possível andar pelas ruas e rodovias sem ser prejudicado caso seja parado em uma blitz.

Se optar por caminhões de transporte (fretados), apenas a nota fiscal é suficiente para realizar esse tipo de serviço. Ele ainda pode ser até mais vantajoso quando é necessário enviar o automóvel para cidades distantes e, claro, vale procurar uma empresa séria, de confiança e que possa oferecer um preço acessível.

Vale lembrar que é permitido transitar apenas 15 dias com o carro sem as placas, a partir da data do documento de expedição do veículo. A autorização para aqueles adquiridos em outros estados contam com o mesmo período.

Manaus também possui alguns preços atraentes para utilitários, picapes e motocicletas. Há incentivos fiscais na Zona Franca de Manaus, gerando parcerias e levando ao incentivo de desenvolvimento na região. Com as picapes, algumas montadoras oferecem isenção de IPI e ICMS.

Toyota Hilux 2018 11

Mesmo com bons preços, acaba não compensando comprar e levar para outro estado distante, como no Sudeste. As condições especiais oferecidas são para aqueles que irão usar o carro naquela localidade (Manaus). Para levá-lo a outra região, será necessário arcar com a diferença de impostos.

A infraestrutura da região, da mesma forma que outros fatores que apresentamos, também afeta no preço final do carro.

São Paulo conquistou o título de maior polo da indústria automobilística do Brasil. No estado estão as principais montadoras com as suas fábricas, como Volkswagen, Honda, Mercedes-Benz, Toyota, General Motors, entre outras.

No Amazonas se concentram uma grande parte das produções de motocicletas: Harley-Davidson, Kawasaki, Sundown, Suzuki, Honda, Yamaha e outras.

Em Goiás estão Hyundai, Mitsubishi, John Deere e Suzuki. Santa Catarina recebeu a BMW e a Chevrolet. Já a Nissan, Land Rover, PSA Peugeot-Citroën e MAN “VWCO” escolheram o Rio de Janeiro. Fizemos uma lista completa dos locais onde as principais montadoras estão no Brasil.

Os carros mais baratos do Brasil

mobi 2022 4

O Fiat Mobi Easy é o carro mais barato do Brasil, seguido por Renault Kwid, Hyundai HB20, Fiat Uno e Chevrolet Joy Black. Se quiser conferir a lista completa, veja nossa matéria com os 10 automóveis 0km mais baratos do Brasil.

Vale ressaltar, porém, que todos eles já foram muito mais baratos. O Kwid, por exemplo, que briga diretamente com o Mobi pela primeira posição nesse quesito, chegou por aqui custando R$ 29.990. Hoje ele parte de R$ 46.940.

Se você pretende adquirir um carro em outro estado ou cidade, não esqueça de analisar todos os aspectos e fazer um bom planejamento financeiro. Verifique o preço, veja quanto você tem e o valor que irá gastar para trazê-lo, mais combustível e outros impostos.

Se for um usado, a atenção deve ser em dobro, afinal, há muito risco em comprar um veículo de um desconhecido que mora longe. Publicamos recentemente aqui no Notícias Automotivas dicas essenciais para que você pretende adquirir um modelo usado.

Autor: Darlan Helder

Natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011