Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

O Chevrolet Onix foi e ainda é um dos carros mais vendidos no mercado de 0 km. Entre os veículos seminovos e usados, ele também faz sucesso e é amplamente buscado pelos consumidores brasileiros. O Onix 2014 aparece como o modelo usado mais em conta com câmbio automático entre as linhas do compacto, visto que ele foi o primeiro a trazer esta transmissão.


A gama do Chevrolet Onix 2014 é ampla e conta com três versões de acabamento, duas opções de motorização e duas de câmbio. Ao todo, são seis configurações diferentes. Hoje, seus preços partem de aproximadamente R$ 30 mil entre os usados.

Ele divide a preferência dos consumidores com o Hyundai HB20, o seu principal rival, além de outros modelos como Nissan March, Fiat Palio, Volkswagen Gol e Toyota Etios.

Abaixo, você pode conferir tudo sobre o Onix 2014:

Onix 2014 – novidades

Como comentado acima, a principal novidade da linha 2014 do Chevrolet Onix foi a introdução do câmbio automático como opcional para os modelos com motor 1.4 SPE/4 flex. Esta transmissão foi herdada de modelos como Sonic e Cruze e disponibilizada também em outros carros da marca, como Prisma, Cobalt e Spin.

O câmbio automático GF6 de seis velocidades usado no Onix 2014 é o de segunda geração. Ele é dotado de sistema adaptativo de trocas de marcha, módulo de controle integrado, freio-motor e o sistema Active Select, com opção de trocas manuais de marcha por um botão na alavanca.

Além disso, o Onix com câmbio manual recebeu melhorias como triplo e duplo cones, possibilitando ao motorista engates com menor esforço. Na configuração 1.4 flex, a transmissão adotou a ré sincronizada, que facilita a operação em manobras.

Ainda entre as novidades, o Chevrolet Onix 1.4 automático tinha como exclusividade o piloto automático e também o volante multifuncional, com comandos do piloto automático e da central multimídia MyLink. Esses itens eram de série na gama.

Por fim, o Onix passou a ofertar a opção de cor Azul Sky metálica.

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Leia também sobre o Onix 2015.

Onix 2014 – detalhes

Na linha 2014, o Chevrolet Onix conservou suas boas virtudes. Na época, ele se destacava pelo visual mais arrojado, interior com desenho interessante e acabamento dentro da média do segmento, bons equipamentos como central multimídia MyLink, suspensão com ajuste confortável e projetada para o solo brasileiro e o conjunto mecânico eficiente (apesar de antigo).

Com o câmbio automático, o Chevrolet Onix passou a ser considerado também por aqueles que buscavam por um carro compacto para o uso nos grandes centros, com maior conforto, sobretudo em paradas (como congestionamentos).

Vale lembrar que, antes dele, o concorrente Hyundai HB20 já ofertava câmbio automático – neste caso de quatro velocidades – desde o seu lançamento, em 2012.

Por outro lado, seus concorrentes Fiat Palio e Volkswagen Gol tinham câmbio automatizado (uma espécie de transmissão manual com um “robozinho” que efetua as trocas de marcha de forma automática). Em comparação com esses modelos, o Onix 2014 entregava um conforto superior e maior eficiência.

Onix 2014 – versões

A primeira geração do Onix foi comercializada nas versões de acabamento LS, LT e LTZ, sendo a primeira somente com motor 1.0, a segunda com motor 1.0 e 1.4 e a terceira somente com o 1.4. No caso do Onix 1.4, havia configurações com câmbio manual ou automático.

Ao todo, foram seis configurações do Onix 2014 comercializadas pela Chevrolet no mercado brasileiro. Confira abaixo a gama de versões da linha 2014 do Chevrolet Onix:

  • Onix LS 1.0
  • Onix LT 1.0
  • Onix LT 1.4
  • Onix LT 1.4 automático
  • Onix LTZ 1.4
  • Onix LTZ 1.4 automático

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014 – equipamentos

Chevrolet Onix LS 1.0

Airbags frontais para motorista e passageiro, freios ABS com EBD, cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura, direção hidráulica, para-choques pintados na cor da carroceria, abertura da tampa de combustível pela chave, alça dianteira retrátil para o passageiro, ar quente, limpador e desembaçador do vidro traseiro, rodas de aço de 14 polegadas com calotas e pneus 175/70 R14e brake light.

Essa versão não tinha qualquer opcional.

Chevrolet Onix LT 1.0

Comparado ao Onix LS 1.0, ganha recursos como detalhes de acabamento interno cromados, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, alarme antifurto, banco do motorista com regulagem de altura, e controle de luminosidade do painel de instrumentos, banco traseiro bipartido e rebatível, chave tipo canivete com fechamento de portas e vidros, tampa do porta-malas com abertura elétrica, volante com ajuste de altura, painéis de porta dianteiros com detalhe em tecido, maçanetas e retrovisores externos pintados na cor da carroceria, protetor de cárter, maçanetas internas cromadas, rodas aro 14 com pneus 185/65 R14, entre outros.

Opcionais: ar-condicionado e central multimídia MyLink.

Chevrolet Onix LT 1.4

Recebe rodas aro 15 com calotas, faróis dianteiros com máscara negra e lente decorativa na cor Ice Blue, lanternas traseiras escurecidas e saias laterais com acabamento em preto.

Opcionais: ar-condicionado e central multimídia MyLink.

Chevrolet Onix LT 1.4 automático

Ganha de série câmbio automático de seis marchas, ar-condicionado, central multimídia MyLink, volante multifuncional e piloto automático.

Chevrolet Onix LTZ 1.4

Em relação ao LT 1.4 manual, agrega ar-condicionado de série, vidros elétricos traseiros, computador de bordo, central multimídia MyLink, sistema de som com quatro alto-falantes, rodas de liga-leve de 15 polegadas com pneus 185/70 R15, faróis de neblina, retrovisores externos elétricos, entre outros.

Chevrolet Onix LTZ 1.4 automático

Recebe câmbio automático de seis marchas, piloto automático e volante multifuncional.

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014 – preços

A seguir, você pode conferir os preços do Onix 2014 quando ele ainda era comercializado como 0 km pela Chevrolet, entre os anos de 2013 e 2014:

  • Onix LS 1.0: R$ 30.990
  • Onix LT 1.0: R$ 32.590
  • Onix LT 1.4: R$ 36.190
  • Onix LT 1.4 automático: R$ 43.390
  • Onix LTZ 1.4: R$ 43.690
  • Onix LTZ 1.4 automático: R$ 47.190

Já abaixo, os preços do Onix linha 2014 no mercado de usados, de acordo com os dados da Tabela Fipe em outubro de 2020:

  • Onix LS 1.0: R$ 30.700
  • Onix LT 1.0: R$ 31.290
  • Onix LT 1.4: R$ 32.250
  • Onix LT 1.4 automático: R$ 35.500
  • Onix LTZ 1.4: R$ 35.600
  • Onix LTZ 1.4 automático: R$ 37.700

Como dá para reparar, o Onix teve uma desvalorização baixíssima mesmo após sete anos de uso, em especial nas configurações de entrada. Por conta disso, ele acaba tendo preço mais elevado que o de alguns concorrentes mesmo no mercado de usados.

Onix 2014 – cores

Na linha 2014, o Onix trouxe como novidade a nova cor Azul Sky metálica para pintura da carroceria. As demais cores já eram ofertadas na linha Onix 2013. Confira abaixo todas as cores do compacto da Chevrolet:

  • Azul Sky (metálica)
  • Branco Summit (sólida)
  • Vermelho Pepper (sólida)
  • Preto (sólida)
  • Laranja Flame (metálica)
  • Prata Switchblade (metálica)

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014 – motores

O Onix pode ser encontrado no mercado de usados com duas opções de motorização. Ele foi lançado com os motores 1.0 e 1.4, ambos da família SPE/4 (sigla referente a “Smart Performance Economy/ 4 cilindros”), que nada mais são que os mesmos 1.0 VHCE e 1.4 Econo.Flex que já equipavam modelos como Celta, Classic, Agile e Corsa, mas com aprimoramentos.

Na linha 2014, o Chevrolet Onix trouxe como principal novidade a opção de câmbio automático de seis velocidades. A transmissão sem o pedal de embreagem era ofertada como opcional nos modelos com motor 1.4, o que inclui o intermediário Onix LT e o topo de linha Onix LTZ.

Quando comparados com os motores antigos, os então “novos” 1.0 SPE/4 e 1.4 SPE/4 receberam mudanças como a adoção de um novo sistema de injeção sequencial com ignição independente por cilindro, blocos de sustentação redesenhados, inversão do coletor de admissão, novos comandos de válvulas, novos acessórios como (alternador, correias, compressor do ar-condicionado e direção hidráulica) e novo corpo de borboletas.

O Onix 1.0 com o motor SPE/4 consegue gerar 78 cavalos de potência com gasolina e 80 cavalos com etanol, a 6.400 rpm. O torque é de 9,5 kgfm com gasolina e 9,8 kgfm com etanol, disponível a partir de 5.200 rotações.

Ele trabalha exclusivamente com um câmbio manual de cinco velocidades.

Já o Onix 1.4 SPE/4 consegue entregar 98 cv com gasolina e 106 cv com etanol, a 5.600 rpm. Seu torque é de 12,9 kgfm e 13,9 kgfm, respectivamente, a 4.800 giros. Neste caso, 90% do torque máximo está disponível a partir de 2.300 giros.

O câmbio deste modelo é o automático GF6 de seis marchas, a segunda geração desta transmissão da Chevrolet, com o sistema Active Select. Ela foi disponibilizada também em modelos como Prisma, Cobalt, Spin, Sonic e Cruze.

Tal transmissão oferece um sistema adaptativo de trocas de marcha, módulo de controle integrado (que elimina cabos entre o módulo e a transmissão) e freio-motor, que mantém a marcha selecionada mesmo quando o motorista alivia o pé do acelerador.

Outro recurso é o sistema Active Select, que permite que o motorista realize as trocas de marchas de forma manual. Todavia, ele dispõe de somente um botão nada prático na alavanca para as trocas manuais – alguns concorrentes oferecem trocas manuais movimentando a alavanca ou até por paddle shifts atrás do volante.

Na linha 2014, a transmissão manual recebeu triplo e duplo cones, permitindo ao motorista engates com menor esforço e trocas mais precisas. O Onix 1.4 trouxe ainda câmbio manual com ré sincronizada, que facilita a operação em manobras.

Onix 2014 – consumo

A seguir, os números de consumo de combustível na cidade e na estrada com gasolina ou etanol, de acordo com os dados divulgados pelo Inmetro no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE):

Chevrolet Onix 1.0

Etanol

  • Consumo de 7,8 km/l na cidade;
  • Consumo de 11,5 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 9,2 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,5 km/l na estrada.

Chevrolet Onix 1.4

Etanol

  • Consumo de 7,9 km/l na cidade;
  • Consumo de 11,5 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 9,6 km/l na cidade;
  • Consumo de 13,6 km/l na estrada.

Chevrolet Onix 1.4 automático

Etanol

  • Consumo de 6,9 km/l na cidade;
  • Consumo de 8,5 km/l na estrada.

Gasolina

  • Consumo de 9,6 km/l na cidade;
  • Consumo de 12,2 km/l na estrada.

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014 – desempenho

Confira a seguir os números de desempenho do Onix 1.0 manual, Onix 1.4 manual e Onix 1.4 automático, conforme os dados de fábrica divulgados pela Chevrolet:

Chevrolet Onix 1.0

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 13,3 segundos;
  • Velocidade máxima de 167 km/h.

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 13,7 segundos;
  • Velocidade máxima de 162 km/h.

Chevrolet Onix 1.4

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos;
  • Velocidade máxima de 180 km/h.

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos;
  • Velocidade máxima de 180km/h.

Chevrolet Onix 1.4 automático

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12 segundos;
  • Velocidade máxima de 171 km/h.

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 12,7 segundos;
  • Velocidade máxima de 171 km/h.

Onix 2014 – manutenção e revisões

Por se tratar de um carro com um bom tempo de atuação no mercado, o Chevolet Onix tem boa oferta de peças de reposição e é daquele tipo de carro que qualquer mecânico de confiança sabe fazer algum reparo.

Além disso, as peças, sobretudo as mecânicas, são facilmente encontradas e a preços acessíveis, visto que os motores são praticamente os mesmos de carros mais antigos da Chevrolet. E ainda: o 1.0 SPE/4 é usado até hoje no Chevrolet Joy 2021, versão de entrada da linha Onix no mercado de 0 km.

Abaixo, você pode conferir os preços das revisões do Onix 2014, conforme o site da Chevrolet em outubro de 2020:

Chevrolet Onix 1.0

  • Revisão de 10.000 km: R$ 292
  • Revisão de 20.000 km: R$ 688
  • Revisão de 30.000 km: R$ 788
  • Revisão de 40.000 km: R$ 580
  • Revisão de 50.000 km: R$ 980
  • Revisão de 60.000 km: R$ 880
  • Revisão de 70.000 km: R$ 576
  • Revisão de 80.000 km: R$ 580
  • Revisão de 90.000 km: R$ 788
  • Revisão de 100.000 km: R$ 1.072

Chevrolet Onix 1.4

  • Revisão de 10.000 km: R$ 292
  • Revisão de 20.000 km: R$ 688
  • Revisão de 30.000 km: R$ 788
  • Revisão de 40.000 km: R$ 580
  • Revisão de 50.000 km: R$ 980
  • Revisão de 60.000 km: R$ 880
  • Revisão de 70.000 km: R$ 576
  • Revisão de 80.000 km: R$ 580
  • Revisão de 90.000 km: R$ 788
  • Revisão de 100.000 km: R$ 1.072

Onix 2014: preços, manutenção, motor, consumo, equipamentos, versões

Onix 2014 – ficha técnica

Motor1.0 SPE/41.4 SPE/4
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm39991.389
Válvulas88
Taxa de compressão12,6:112,4:1
Injeção eletrônicaSequencialSequencial
Potência máxima78 cv (gasolina) e 80 cv (etanol) a 6.400 rpm96 cv (gasolina) e 106 cv (etanol) a 6.000 rpm
Torque máximo9,5 kgfm (gasolina) e 9,8 kgfm (etanol) a 5.200 rpm13 kgfm (gasolina) e 13,9 kgfm (etanol) a 4.800 rpm
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchas ou automático de seis marchas
Tração
TipoDianteiraDianteira
Direção
TipoHidráulicaHidráulica
Freios
TipoDisco (dianteira) e tambor (traseira)Disco (dianteira) e tambor (traseira)
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga-leve de 14 polegadasAço ou liga-leve de 15 polegadas
Pneus185/70 R14185/65 R15
Dimensões
Comprimento (mm)3.9333.933
Largura (mm)1.7051.705
Altura (mm)1.4751.475
Entre eixos (mm)2.5282.528
Capacidades
Porta-malas (L)280280
Tanque de combustível (L)5454
Carga (Kg)400400
Peso em ordem de marcha (Kg)1.0341.039 (MT) e 1.108 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx)0,350,35

Onix 2014 – fotos

Leonardo Andrade

Leonardo atua no segmento automotivo há quase nove anos. Tem experiência/formação em administração de empresas, marketing digital e inbound marketing. Já foi colaborador em mais de sete portais do Brasil. Fissurado por carros, em especial pelo mercado e por essa transformação que o mundo automotivo está vivendo.