Chevrolet GM Recalls Sedãs

Onix Plus: conheça os detalhes do recall em comunicado da GM

Onix Plus: conheça os detalhes do recall em comunicado da GM

O incêndio do Chevrolet Onix Plus no Nordeste chamou bastante atenção no mercado nacional, não só pelo incidente que ocorreu logo depois do lançamento do novo sedã compacto da GM, mas também pela rapidez com que a montadora resolveu o problema.


Recebemos de fonte anônima, uma carta que foi distribuída pela GM aos concessionários Chevrolet, mas não comunicando o recall já conhecido e sim explicando os motivos pelos quais a montadora decidiu recolher os carros já vendidos.

Nela, Carlos Zarlenga, o presidente da GM América do Sul, conta como foi o processo por trás do recall, que é a comunicação obrigatória para chamamento dos clientes diante de um problema, cuja causa coloca em risco a vida das pessoas.

Onix Plus: conheça os detalhes do recall em comunicado da GM


No comunicado, Zarlenga fala que a empresa não sabia a causa do incêndio envolvendo o exemplar do Onix Plus na BR-316 e que ele foi avisado quando estava no Equador. Ele também informa aos revendedores que contatou o proprietário e que várias questões foram levantadas pela GM a respeito do que havia ocorrido.

Na carta, Zarlenga fala de acionar a engenharia da GM, que foi até o local do acidente para investigar o caso, inclusive entrevistando cliente, concessionário e até mesmo postos de combustíveis da região, já que era uma das suspeitas sobre o incêndio.

Até aí, haviam se passado três dias desde a ocorrência e no sábado (2), a GM ficou sabendo de mais dois carros na mesma região, haviam apresentado problema nos motores. Diante disso, a empresa decidiu recolher os veículos avariados no mesmo dia.

Na terça (5), de acordo com que o executivo argentino conta na carta, a GM havia descoberto a causa do incêndio. Nesse caso, “sob certas condições específicas, o software de gerenciamento do motor poderia enviar uma mensagem errada, o que poderia eventualmente causar uma falha do motor.”

Onix Plus: conheça os detalhes do recall em comunicado da GM

Em seguida, Zarlenga explica que, nessa condição, uma luz de alerta do motor se acende no painel e que, caso o condutor continue rodando com o carro dessa forma, o motor pode ser danificado e, em decorrência, o incêndio poderia ocorrer. Até aí, a GM ainda não havia desenvolvido uma solução para o problema.

Explicando que o motivo era para resguardar a segurança dos clientes, Zarlenga informou aos concessionários a decisão de recolher todos os carros vendidos e trouxe de volta dos EUA o responsável pela rede Chevrolet, que estava num treinamento em Detroit, a fim de coordenar os trabalhos para retirar das ruas mais de 7 mil unidades do Onix Plus.

Isso foi determinado no dia 5 e o diretor da rede chegou dos EUA na manhã seguinte. No final do dia 6, 80% dos clientes haviam sido contatados por telefone e 34% dos carros recolhidos nas revendas.

Com trabalho diurno e noturno, a engenharia da GM encontrou a solução no dia 7 de novembro, uma atualização de software que elimina o risco de incêndio.

Datada de 8 de novembro, a carta da GM aos concessionários Chevrolet explicava que a atualização ainda seria testada e que nos dias seguintes, já se iniciaria a correção dos carros.

De lá para cá, a montadora já teria conseguido atualizar todo lote ainda não vendido e marcou para o dia 18 o início do recall do Onix Plus com os números de chassi de LG100091 a LG139164, feitos entre 29 de abril a 6 de novembro.

Onix Plus: conheça os detalhes do recall em comunicado da GM
Nota média 4.4 de 13 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Tochio

    Tomara que tenha resolvido problema mesmo ! …..

  • Gabriel

    Errar todo mundo erra, que bom que foram (estão sendo) resolutivos e rapidos.

    Não sou cliente em potencial do Onix, mas se fosse não deixaria de compralo por esse probleminha que está sendo resolvido.

    • TFSI

      Fiz o teste drive hoje e o carro é muito bom. Fui neutro e saí muito surpreso depois do teste.

    • Daniel

      Carro que entra em combustão espontânea Probleminha? O que é um problemão pra você?

  • Renato Almeida

    O recall do meu já foi feito ontem. Acho que essa data, dia 18, deve ser o prazo maximo.

    • De Vieira

      O meu foi feito dia 09/11, Renato. Nem precisei de carro reserva.

  • Bruno Schat

    Cara como que o engenheiro projeta o motor do carro com saída de escapamento no painel frontal do cofre do motor??? Ar quente a proteção ali é mínima. Fora o vidro do painel que deve embarcar forçando o uso do ar para desembarcar o vidro. Gm pagando pato….

    • Flying Like a Bird

      Não seja ignorante meu caro, a saída de escape pouco importa. Você acha que sabe projetar um carro melhor? Mande seu currículo pra GM!

    • Comentarista

      Existem alguns excelentes carros no mercado com essa mesma solução. O que importa mesmo é se o projeto foi bem concebido.

      • fabio

        È nao foi!

    • Junior

      Amigo por um acaso você sabe o que é painel frontal?… painel frontal é diferente de painel de instrumentos..

    • Marcelo Alves

      Você fala da parede corta-fogo? Isso não tem nada a ver! Vários carros têm a saída de escape virada para esse lado, tanto os aspirados quanto os turbos, inclusive dentro do mesmo fabricante, por exemplo a VW, os motores antigos EA-111 tem o coletor de escape virado para o lado do pára-choque, já os motores da linha EA-211 o coletor de escape fica virado para a parede corta-fogo!!

  • Comentarista

    Se foi ‘só’ isso mesmo, maravilha.

  • Tibúrcio

    Vi um vídeo de um mongolóide do Backstage indo fazer chacota em uma concessionária GM.
    Como é que hoje em dia dão tanta atenção para esse tipo de “entusiasta”, que bate carro por imperícia, não manja muito mas tem canal no youtube com muitos seguidores e visualizações? Esse tipo de gente pode manchar desnecessariamente o trabalho de milhares!
    Acredito que a GM fez o que se esperava em resolver esse problema. A rapidez era o mínimo esperado, pois tem um time qualificado e detém recursos para avaliar e diagnosticar.
    Que dê tudo certo para a GM, assim como para qualquer montadora séria!

    • Gabriel

      Esse carinha ai é bem parcial nas opiniões dele, tipo fanboy de marca, não gosto do trabalho dele.
      Teve o caso tbm que pegou carro pra test drive e fez remap, ainda ficou putinh0 quando foi dedurado.

      • Cardoso (não aquele)

        Até onde sei ele não tem mais relevância nenhuma, tanto que nem foi convidado para o lançamento do Ônix.

        O Brasil é muito pobre em reviews isentos e de qualidade para carros.

        • Railson Corrêa

          Melhor atualmente é o Juliano Barata!

          • Gabriel

            O barata é de outro mundo.

        • Leo

          Tem o “Tô na pista”.

          • TchauQueridos

            Tenho visto ultimamente o ComprecarTV.

            • Roberto

              esse é o melhor atualmente no youtube fico impressionado com suas avaliações

        • Fernando

          Ele na verdade tem rixa com a GM, que ignora ele.

      • fabio

        Esse cara nao passa de um Playboy mimado que ganha a vida com a monitizaçao do YT que ja da pra ele ir no MEQUI,mas conteudo de informaçoes uteis ESQUECE!!

    • Cesar

      Tentei ver uns vídeos dele mas ele é meio intragável.

    • acelerandonaweb

      O dono do Backstage têm ganhado destaque pelas opiniões fortes e independentes, ou você prefere assistir ou ler análises que somente elogiam os veículos emprestados pelas montadoras?
      Eu detesto ler ou assistir algo feito por alguém que recebeu para elogiar um veículo, coisa onde por exemplo o NA se destaca, por sua imparcialidade.
      Óbvio que trata-se de um jovem que ainda vai aprender muito sobre o meio automotivo.

      • Fernando

        Acredito que destaque ele tenha ganho só com quem segue ele, aonde a maioria, não tem nem carro.Aí entra a diferença de um profissional do ramo a um youtuber de modinha.

      • TchauQueridos

        Como o amigo disse abaixo, deve ser um publico muito jovem que ainda nem possuem carros.
        De cunho jornalistico tem outros canais com mais destaques: ComprecarTV, To na Pista, Acelerados, etc…

      • Tibúrcio

        Ir a uma concessionária fazer chacota não parece ser opinião forte e independente.
        Também não gosto de ver review que só elogia na cara dura por ser alinhado com a montadorsa que emprestou o carro.
        Por isso mesmo eu vejo outros canais e juntando tudo o que vi, dá pra ter uma idéia na somatória das opiniões, além da minha própria experiência avaliando alguns carros.
        Eu até curtia o backstage após o fim do Top Speed, mas, de um tempo pra cá notei uma infantilidade e desconhecimento agravantes neste canal.
        Coisa de moleque mesmo, onde só se vê arrancadão como justificativa para perceber qualidade.
        Realmente é um jovem que precisa mesmo aprender sobre o meio automotivo, pois é notório sua seleção por VW e tentativa de ridicularizar o que ele não acredita ser bom.
        Mas todo mundo cresce, evolui! Espero que ele também, pois seu alcance é grande!

    • G. de F.

      Chamar ele de mongoloide você ofende… Ofende quem tem essa síndrome, na verdade, porque o “menino” em questão é mais um daqueles que basta ter uma câmara na mão e se autointitular “influenciador digital”, para fazer o que ele anda fazendo. E o pior, se vangloriar disso!

    • Lyn

      Sejamos justos. Ele não se vende como profissional do ramo.

      • Matthew

        Vocês estão confundindo imparcialidade com molecagem. Esse cara é arrogante, prepotente e mimado. Nem dá pra chamar aquele canal de review, de fato, é só o vlog de um playboy riquinho com a vida ganha que esculacha pessoas que dependem do trabalho pra viver. Tira sarro de Polícia Rodoviária Federal, quebra carros de locadora gratuitamente, e ainda paga uma de isentão. Absurdo chegar na concessionária filmando sem pedir autorização, fica provocando e constrangendo os funcionários, falando “é por causa do fogo, né?”. Mesmo não sendo profissional do ramo, ele precisa ter mais responsabilidade e respeito pelos que são.

        • Ander33x

          A hora que ele tomar um processo do nível de uma GM, ele vira fumaça.
          Se com a Honda ele levou apenas uma “chamada” por mexer num HRV dele ou de amigos não lembro mais os detalhes, e já ficou “mansinho”, imagina num processo oficial.

          • Pablo Henrique

            O HR-V era da própria Honda…

          • acelerandonaweb

            Nitidamente você não conhece a Constituição. caso seja processado ele irá alegar que é jornalista e no máximo será obrigado a publicar uma retratação.

      • Bruno Alves

        De fato, ele nunca disse que era jornalista.

    • RPM

      Esse garoto não é o dudu corolla,do finado orkut??

      • Bruno Alves

        Famoso Dudu Corollinha.

    • Fernando

      Os Vídeos dele nem devem ser levados a sério, considero mais zoeira de menino criado com vitamina de pêra. Canais sérios, eu considero o da Giu Brandão, do Camanzi e um que acabei de descobrir mês passado, o ComprecarTV, que é muito detalhadas as análises, mostrando o o bom e ruim de cada carro.

      • TchauQueridos

        Realmente nem pode ser considerado de cunho jornalistico muito menos um canal para amantes de automobilismo já que não te um mínimo de racionalidade no videos.
        ComprecarTV tem sido excelente nos reviews automotivos.

  • Cesar

    A atualização de software que foi feita, foi o On Star ligar direto para o Bombeiro.

  • Cardoso (não aquele)

    Tomara que o problema realmente tenha sido resolvido, porque seria uma pena um carro com tanto potencial ser estragado por um problema gigantesco desses

  • G. de F.

    “Só” uma atualização de software???? Pode até justificar, mas não explica. Presume-se que durante o período de testes desse novo motor, seja em ambiente controlado, seja em testes nos mais diversos tipos de piso, clima, carga, uso de etanol/gasolina 100% ou qualquer mistura dos dois, tenham sido eliminada grande parte das condições e diagnosticado o seu funcionamento. Será mesmo que tudo não foi capaz de aventar a possibilidade do problema que, com pouco tempo na mão de clientes, aconteceu da forma que se deu?
    Enfim, se eu fosse dono de um modelo envolvido no recall, a confiança não iria ser mais a mesma…

    • Paulo Lustosa

      Sim, uma atualização de software resolve isso… de forma a trabalhar exatamente como os Ford, que no momento que enfrentam algo parecido, desligam na hora e só saem do local com guincho, assim como pode mudar todos os parâmetros de funcionamento e o mapa de injeção do carro, que acredito eu que foi o modificado nessas unidades, de forma a ter uma mistura mais homogênea nessas cargas de rotação onde houve o problema.

      • G. de F.

        Mas será que o problema “diagnosticado” somente com os veículos já na mão de clientes, logo após o lançamento, em nenhum momento foi detectado pela GM? Isso é que fica meio que inexplicado, pelo menos para mim…

        • Paulo Lustosa

          Pelo que parece foi detectado pela GM por intermédio do OnStar… mas acredito eu que eles tenham enriquecido um pouco a mistura pra não sofrer mais pré-detonação com gasolina, embora, gasolina batizada é bastante prejudicial a motor turbo.

          • G. de F.

            Mas esse “On Star”, para neófitos em tecnologia, teria a capacidade de diagnosticar esse problema, e mais, reportar a GM?

            • Cesar

              Se ele tiver comunicação em tempo real com a GM, sim.
              Veja o caso do AF447 na mesma hora que caiu, enviou uma série de defeitos a Airbus.

            • Paulo Lustosa

              Tem, pois o módulo do sistema do Concierge está intimamente ligado ao ECU do carro… é assim desde quando surgiu o OnStar em 2008 nos EUA.

              • Fernando

                Se eu não me engano, os erros aparecem até para o proprietário, no aplicativo do celular.

                • Paulo Lustosa

                  Aparecem sim

          • Só um comentário construtivo:
            Não existe o termo “pré-detonação”.
            Há pré-ignição e há detonação.
            No caso do GM, muito provavelmente foi pré-ignicão.
            Existem diversas ações que podem mitigar o risco de pré-ignicao em baixas rotações…mistura é só uma delas.

            • Paulo Lustosa

              mistura, gasolina adulterada e ponto adiantado possui risco de pré-ignição

    • Cardoso (não aquele)

      Realmente é bizarro que esse erro não foi pego durante os testes, visto que pra descobrir o que estava errado e consertar foi tão rápido

      • G. de F.

        Exatamente! Disse tudo. Se foi tão rápido “descobrir” e “solucionar”, será mesmo que os testes aconteceram como presumidamente deveriam ser? Eis a pergunta…

        • Fernando

          Alguns erros só aparecem anos depois, outros logo, que foi o caso apresentado. Lembra dos AirBags mortais da Honda e Toyota? Entrou recall de veículos de mais de 20 anos.

      • Cesar

        Lembre-se que tiveram acesso a outros carros que apresentaram falha. Como hoje em dia estes motores são comandados por computadores, basta plugar o computador na saída do carro que ele vai te dar os códigos de erro.

        • Já parou para pensar que nem tudo possui código de erro associado? Rs….
          Não é tão simples assim…
          E olha que tenho 15 anos nessa área!

    • Marcelo Alves

      Isso levanta a questão se eles tiveram tempo suficiente para testar o carro no Brasil, já que essa injeção indireta e flex não é usada na China onde esse carro foi desenvolvido, ou se eles não quiseram gastar mais $$$ fazendo mais testes e testes mais completos, embora sempre existe a possibilidade de um problema só aparecer quando o carro de fato começar a rodar com os clientes em várias regiões diferentes e sob várias condições diferentes que são impossíveis de se detectar em testes controlados por melhor que seja a metodologia que eles usarem.

      • Paulo Lustosa

        Na verdade o projeto foi concebido na Alemanha até 2017, depois que foi transferido para trabalhar em conjunto a matriz chinesa e norte-americana. Ainda acho que desse carro sairão os novos Holden Barina, pois esses carros compactos possuem público grande na Austrália.

  • Eddie

    Só a GMB não explica o incêndio no patio da fabrica, está claro que foi mesma causa do incêndio na rodovia do Nordeste. Faltava uma semana pro lançamento do carro, quando incendiou em Gravataí e não foi feito nada, justamente pra não vazar na mídia a causa antes de lançar o carro. Espero que a Engenharia da GMB tenha acertado na causa e sua correção.

    • Cesar

      O incêndio na fábrica se deu do meio do carro para trás. Veja a entrevista do Vice Presidente da GM na folha que ele dá indícios do que ocorreu.

      • Eddie

        Se vc não abrir o capuz fo motor a chama em alguns carros passa pro interior através da fiação. Não acredito que são problemas sem correlação. Assisti um vídeo que diz algo como a resistência elétrica do bicos injetores, que se não desligar pode provocar chama.

  • De Vieira

    Estou bem tranquilo. No dia 07/11. A assistência da concessionária já havia ligado informando como ia ser. Curioso a reportagem dizer que a comunicação foi feita no dia 08/11, porque recebi a ligação um dia antes. Na sexta-feira, dia 08/11 pegamos o carro reserva sem nenhum custo, nem pagamento de caução, Chevrolet, como foi informado para nós. E no mesmo dia o reparo foi efetuado, por volta das 19h00. No sábado dia 09/11, foi devolvido o reserva e já rodo tranquilamente com o Onix Plus. O povo faz um alarde pra umas coisas. Tinha uma falha, ok, o carro do cliente pegou fogo? Pegou, mas alguém leu o depoimento que o painel avisou sobre desligar o carro e o cliente do Maranhão foi pegar a estrada? Rs presta atenção, galera. Se você que não tem Onix Plus ta preocupado, eu digo que quem tem tá curtindo o carro bem tranquilo. 😎

  • Jacson M. R. de Moura

    Pelo sim, pelo não… vou continuar com meu Prisma 2019 mais uns 4 anos, daí vejo as opções disponíveis no mercado e se é viável continuar na GM ou partir pra outra marca…

  • Ander33x

    O importante nisso tudo foi a fábrica ser mesmo muito rápida em agir, ponto pra Chevy nesse aspecto.
    Espero que isso resolva por definitivo o problema desse grande lançamento.
    Tá bem legal mesmo esse carro.

  • Cromo

    Simplesmente a causa do problema não está explanada, o fenômeno não foi explicado.

  • Daniel

    O que mais me surpreendeu é o diagnóstico do problema: gerenciamento do motor entra em pane em certas condições de combustível e temperatura. Como é que é? Esse tipo de problema eu espero de uma chery da vida, não de uma gm! Gm, teste direito esses carros, especialmente o onix, que é projetado na China! Rode em todas as condições possíveis por milhares de km! A solução será trocar a programação do módulo de injeção, que vai fazer o carro ficar bem mais manco. E quero ver qdo o pessoal for “chipar”, colocar stg1 stg2… Será um festival de explosões! Na boa galera, fujam dessa bomba!

    • Pablo Henrique

      O motor foi projetado na Alemanha, pela Opel

      • Daniel

        Quem falou de motor? Eu falei do carro como um todo.

  • nimraad

    Sei que é o carro mais vendido do país e tem vários compradores aqui. Mas jamais eu compraria um carro que está com problema físico na mecânica do motor e que foi reparado com uma gambiarra de software. Tenho certeza que outros carros que passaram pelo tal recall irão pegar fogo num futuro breve…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email