_Destaque Europa Finanças GM Opel PSA Vauxhall

Opel e Vauxhall são oficialmente adquiridas pela PSA

opel-astra-2017-1 Opel e Vauxhall são oficialmente adquiridas pela PSA

A PSA oficialmente anunciou a aquisição das marcas europeias Opel e Vauxhall. O negócio foi fechado por 2,2 bilhões de euros, sendo 1,3 bilhão de euros pagos diretamente pelo grupo francês e outros 900 milhões de euros financiados pelo banco da GM na Europa, que recebeu 50% de participação do banco BNP Paribas ao lado da empresa francesa.

A compra da Opel e da Vauxhall envolve também as seis plantas de produção de veículos e componentes, bem como um centro de engenharia na Alemanha. Porém, o centro de estilo em Turim, Itália, fica com a GM. No total, 40.000 funcionários passaram para o controle da PSA.

Vauxhall-Corsa-2015-4 Opel e Vauxhall são oficialmente adquiridas pela PSA

A GM se comprometeu com o compartilhamento das tecnologias atuais da empresa na Opel e Vauxhall até um período ainda não determinado, mas sabe-se que isso deverá ocorrer até que a PSA possa introduzir sua própria tecnologia nas marcas anglo-teutônicas. A montadora americana deve estreitar os laços com os franceses para o desenvolvimento de outras tecnologias em conjunto, entre elas, os carros elétricos. a PSA garantiu que serão investidos 1,7 bilhão de euros na sinergia entre o grupo e as duas marcas ex-GM até 2026.

Com a aquisição das duas operações da GM na Europa, a PSA se coloca agora como o segundo maior fabricante de veículos do velho continente, enquanto a empresa americana deve encerrar oficialmente suas atividades na região. Ainda assim, está assegurado para a montadora de Detroit, acesso às ações do grupo francês.

Opel-Insignia-Sports-Tourer-6 Opel e Vauxhall são oficialmente adquiridas pela PSA

A Holden emitiu um comunicado que confirma que as operações entre Opel/Vauxhall e a marca australiana continuam. Nesse caso, a comercialização do Novo Astra e também do Novo Commodore 2018 (Insignia). Porém, não se sabe até quando isso ocorrerá. O certo é que haverá uma aproximação com a GM China e também com produtos oriundos do mercado americano.

O mesmo deve ocorrer com a Buick, que tem parte de seu lineup nos EUA e na China, oriundo da engenharia alemã da Opel. Nesse caso, o impacto nas operações chinesas da marca americana podem ser grandes na esperada mudança de origem dos produtos quando ocorrer.

opel-crossland-x-3 Opel e Vauxhall são oficialmente adquiridas pela PSA

Na Europa, a primeira mudança em termos de produto será o próximo Corsa, que voltou para as pranchetas, já que foi adiado para 2020, quando ressurgirá com plataforma da PSA, provavelmente a nova modular CMP, desenvolvida em parceria com a Dongfeng. Além disso, a empresa francesa garante cinco novos modelos Opel/Vauxhall com base PSA até 2023.

Desde 1929, a Opel fazia parte do grupo GM e quase chegou a ser vendida para a canadense Magna em 2009, diante da fase falimentar da montadora americana. Desse casamento, chegaram ao Brasil vários carros de origem germânica, tais como Opala (Opel Rekord), Chevette (Opel Kadett), Monza (projeto global com participação da Opel), Kadett, Vectra, Omega, Calibra, Tigra, Corsa, Astra, Meriva e Zafira. Já a Vauxhall foi adquirida pela GM um pouco antes, em 1925.

Send this to a friend