Esportivos Europa Opel Peruas Sedãs

Opel Insignia GSi 2020 com 230 cv perde força em momento de transição

Opel Insignia GSi 2020 com 230 cv perde força em momento de transição

Parece estranho, mas a notícia nos fez lembrar dos últimos momentos da Saab na Suécia. O alento, porém, é que a Opel não está indo para o ralo, mas mergulha num momento de transição de propriedade, deixando para trás o domínio de décadas da GM e abraçando novas possibilidades com a PSA.


O caso é que, nesse processo, o Opel Insignia GSi 2020 parece meio perdido. O luxuoso alemão vem sendo enfraquecido nos últimos meses com seus irmãos de Buick (Regal) e Holden (Commodore), saindo de cena e reduzindo sua produção na Europa. Agora, o esportivo perde força com 230 cavalos disponíveis, menos que os 260 cavalos anteriores.

Opel Insignia GSi 2020 com 230 cv perde força em momento de transição

Há um mês, o Insignia ganhou um facelift para aguentar até a próxima geração que, dizem as más línguas (no bom sentido), deve surgir como um crossover.

Enquanto isso parece em um distante 2022, o grande germânico em versão GSi reduz a cavalaria e ganha algumas novidades, como câmbio automático de nove marchas (da GM, naturalmente) e tração integral Twinster com vetorização de torque.

Opel Insignia GSi 2020 com 230 cv perde força em momento de transição

No caso do motor 2.0 Turbo, a suspeita é que seja o antigo revisado para baixo, a fim de reduzir as emissões de CO2, uma vez que a Opel é uma das marcas sensíveis ao 2021, ano em que a União Europeia reduz sua média para 95 g/km.

Esse tipo de redução não é novidade, bastando recordarmos que há mais tempo, o Golf R caiu de 310 para 300 cavalos, enquanto o Peugeot 308 GTi S baixou de 270 cavalos para 263 e até teve a produção paralisada por causa das emissões.

Opel Insignia GSi 2020 com 230 cv perde força em momento de transição

Revelado no Salão de Bruxelas, o Insignia GSi 2020 não teve seus números de performance revelados, mas acredita-se que perdeu desempenho. O antigo ia de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos.

Oferecido ainda com motor 1.4 Turbo de 145 cavalos e 2.0 Turbo com 200 cavalos, o Opel ainda tem um diesel 1.5 de 122 cavalos. Distante de máquinas como OPC, a Opel pode estar emplacando o último esportivo purista antes da hibridização.

Opel Insignia GSi 2020 – Galeria de fotos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • Ivan Gorato (RaptorStealth)

    Meu Deus, que carro lindo!

  • Daniel Deichmann

    Que carro maravilhoso de lindo.

  • THOGO EILERT LEMOS DOS SANTOS

    Perua top

  • 😎.

    Insignia vai virar um crossover ? Que 💩, poderiam manter ele em linha como sedan e perua e usar outro nome no crossover , Frontera seria bacana , foi um SUv grande da Opel.

  • leandro

    E pensar que o Insígnia foi o sucessor do Vectra… Chevrolet dos velhos tempos poderia ter segurado mais um pouco e trago este maravilhoso Opel ao Brasil… saudades…
    A versão perua é muito, muito linda!

    • Jonas

      “Trago”. Primeira vez que vejo essa aberração. Trazido, vc quer dizer.

      • leandro

        Obrigado por corrigir, mas a aberração aqui é seu desprezo pelo próximo por causa de um erro.
        Seu português é evoluído, mas como ser humano você falhou miseravelmente.

        • Rodrigo Cherigatto

          Falou bonito o cara foi bem ignorante deve ser um riquinho sem educaçao!

          • leandro

            Pois é! Não me incomodo em ser corrigido, sempre aprendemos com os erros e devemos evoluir…
            Mas caçoar em cima do erro alheio para se gabar é deprimente… típico de pessoas infelizes e inseguras..

          • Ernesto

            Riquinho sem educação? Sem educação eu concordo, mas riquinho? Qual o motivo de rotular o cara de riquinho? Existem pessoas ricas muito educadas, e outras, pobres, sem educação. E vice-versa.

      • Luis Burro

        Ao menos ñ foi tragado… e nem tragido, aí sim seria uma tragédia kkkkk…

  • Luconces

    Ninguém reclamando dos banco concha? Não creio!

    • th!nk.t4nk

      Verdade, mas esses bancos concha esportivos não têm nada a ver com a tosqueira que colocam nos carros populares brasileiros. Têm um monte de ajustes, incluindo lombar. Alguns têm até massagem. É comum terem os apoios de cabeça vazados também. E por fim, estes carros costumam ter “birds eye” (câmera 360°) e outros recursos pra facilitar manobra (compensando a perda de visibilidade).

      • Luconces

        Sim eu não duvido que seja outro padrão pois tem até aquecimento, resfriamento e massagem. Me refiro de maneira geral a bancos em concha. Aluguei um Boxster 2015 em que sofri com o banco, carro era uma maravilha mas o banco em concha me quebrou as costas.

    • Luis Burro

      O mais estranho é ter só na frente…os passageiros de trás q se lasquem???

  • Rodrigo Cherigatto

    Gente que perua mara!deveria vir pro Brasil como importada só pra eu ficar babamdo na rua,eu quero o retorno das peruas!!!!

  • Diego Nascimento

    Que carro! Ainda quero dirigir um desse.

  • Fábio A.

    Que carro espetacular! Pena que no Brasil as peruas foram deixadas de lado.

    Insignia foi o sucessor do Vectra.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email