Europa Finanças Opel

Opel lucra após 20 anos de prejuízo com GM e agora vai para Rússia

Opel lucra após 20 anos de prejuízo com GM e agora vai para Rússia

A Adam Opel AG está respirando aliviada. A montadora germânica de Rüsselsheim finalmente obteve lucro após 20 anos de prejuízo sob controle da General Motors. O resultado em 2018 surpreendeu a PSA, a nova controladora da empresa, pois esta esperava que as mudanças no fabricante alemão só resultassem em saldo positivo no próximo ano.


Foram € 859 milhões no último ano, algo que certamente elevou para cima as ações da Opel no mercado financeiro. Adquirida pela PSA – junto com a Vauxhall – em 2017, a montadora de Hessen passou por grande reestruturação, que resultou em demissão de 3.700 empregados e transferência de outros 2.000 para a França.

Cortando custos aonde podia, Carlos Tavares conseguiu uma redução nos estoques da Opel/Vauxhall que caíram em 32.000 unidades em um ano, além de ampliar a sinergia entre as duas marcas e o trio francês da PSA, especialmente no uso de motores Puretech e nas plataformas PF1 e EMP2, usadas nos bem-sucedidos SUVs Crossland X e Grandland X, respectivamente.

Mesmo com a operação da Vauxhall no Reino Unido, sob ameaça do Brexit, bem como ainda com produção de carros de projeto GM, como Insignia, Astra e Zafira, a Opel conseguiu passar de mais de US$ 250 milhões de dólares de prejuízo em 2017 para quase US$ 1 bilhão no ano seguinte.


Opel lucra após 20 anos de prejuízo com GM e agora vai para Rússia

O feito de Tavares está colocando em xeque a teoria de que não é mais possível obter lucro com margens altas em produtos tradicionais de baixo volume em mercados de elevado custo de mão de obra e insumos, como é a Europa. É por isso que a Volkswagen está sob pressão dos acionistas para aumentar as margens.

Agora lucrativa, a Opel parte para novos horizontes. A primeira parada será na Rússia, onde a PSA decidiu dar maior ênfase na marca alemã, enquanto direciona a Citroën para a Índia e prepara um retorno para os EUA com a Peugeot. Na próxima semana, o Novo Corsa deve finalmente aparecer e elevar ainda mais as expectativas em relação à marca.

[Fonte: Automotive News]

Opel lucra após 20 anos de prejuízo com GM e agora vai para Rússia
Nota média 5 de 4 votos

  • Rbs

    Seja bem vinda aqui . . nos meus sonhos!

  • Natán Barreto

    Espero que em breve tenhamos Opel no Brasil né?

    • Benedict Benedito

      Tomara, que a Opel venha para o Brasil e faz escola para a GM.

      • Rafael Oliveira

        O melhor dos mundos é a GM sai do Brasil e a PSA pega o vacuo deixado pela GM e traz a OPEL..

        • Ernesto

          Por que a GM sair do Brasil é bom? Não é melhor ter maior concorrência e o consumidor decidir qual carro comprar?

          • Rafael Oliveira

            GM saindo abre espaço para outras, incluse para a PSA trazer novamente a opel, você teria o corsa ao invés do onix, Astra ao invés do cruze, moka entre outros . Qui çà até um Insígnia

            • Ernesto

              Se um Corsa, novo, feito na plataforma do 208, tiver o mesmo preço que um Onix atual, então concordarei com você (sonho, né? Isso nunca irá acontecer).
              Como disse, deixe o consumidor decidir o que é melhor para o seu bolso.

              • Rafael Oliveira

                Ponto é que com esse tanto de subsídio que existe e a GM líder de mercado diz que não consegue ter lucros e outras tantas com menor volume de vendas não reclamam.. Que vá embora… Isso se esse ato da GM não for um showzinho como o da Ford. Decisão tomada a anos atrás.. Só se fazendo de difícil

                • Ernesto

                  Subsídio existe para todas. Novamente, melhor o consumidor decidir o que é melhor para ele. Se prefere um carro da GM, que o compre. É mérito da empresa ter conquista seus clientes.

                  • Rafael Oliveira

                    Sim como eu disse existe para todas, mas destas a GM está reclamando que é impossivel ter lucro, a Ford está fazendo teatrinho, mas no minimo está arrumando a casa para ter lucro.

  • Airplane

    Isso revela como a GM é péssima administradora !

    • Diego Lip

      E a dúvida, haha.

  • Diego

    Ótima notícia! Ainda quero dirigir um Opel, nem que seja um alugado! hehe

  • Marcus Vinicius

    Acho que marca de luxo DS obteria mais sucesso nos EUA e Canadá do que sua irmã francesa com o emblema do Leão

    • Diego Lip

      Melhor começar com uma marca mais mediana, pelos preços, além disso a DS tem poucos produtos de interesse no mercado norte-americano atual.

      • MonHoe

        Apenas o DS7. Mas da marca meu carro favorito é o DS5, desde que entrei em um num showroon da Citroen eu me apaixonei, o design, acabamento e itens, o carro é espetacular, pena que os endinheirados daqui preferiram os alemães pelados e sem graça na mesma faixa de preço

        • Michel

          Bom gosto o seu, eu tenho um DS4..rs

          • Linkera

            E eu um DS3 hahaha

          • Mayck Colares

            Já tive um em 2014 que carro! Lembro q comprei na época por 86k zero km e era 106, só que peguei um modelo 13/15

    • Wendel Cerutti

      Dia desse estava vendo a ilha de Saint-Pierre e Miquelon lá pertinho do Canadá no Google Earth e o que tinha de carro frances lá não era brincadeira .

      • cepereira2006

        A França colonizou o leste do Canadá. Falam francês por lá. Normal ter carro francês.

        • Wendel Cerutti

          Exatamente

      • Diego Lip

        Se tu pesquisares uma marca francesa mais USA no Google, encontrará vários exemplares por lá, é estranho vê-los com placa norte-americana.

      • Lorenzo Frigerio

        Provavelmente é essa a ilha que ainda faz parte da França. Perto da Nova Escócia. É território francês pleno.

        • Wendel Cerutti

          Exato .

  • Samluzbh

    Creio que o novo 208 sendo fabricado na Argentina, abra espaço para quem sabe fazer aqui o novo Corsa, afinal esse nome ainda tem força por aqui.

    • Diego Lip

      É capaz de fazerem em Porto Real, o Corsa.

      • Rafael Pereira da Silva

        seria meu sonho a vinda da Opel para o Brasil

      • oscar.fr

        Impossível, ele usará a mesma plataforma do novo 208. A Peugeot não irá trabalhar uma mesma plataforma em fábricas diferentes.

      • Dick Buck

        Mais fácil ser fabricado na Argentina, já que seu primo 208 vai ser feito por lá em breve.

      • Linkera

        Eu apostaria no novo 2008 para Porto Real, assim importariamos 208 e exportariamos o 2008 para a Argentina.

        • Ernesto

          Novo 2008 usará a mesma plataforma do novo 208, portanto, não tem chance de ser feito no Rio.

    • Dick Buck

      Só não sei se a GM autorizaria a Opel usar o mesmo nome, afinal aqui no BR, Corsa está associado à Chevrolet, e não á alemã. Eles já fizeram um acordo em que os carros da Opel com plataforma atual Chevrolet não podem ser vendidos em mercados inéditos, ou seja, alguns como os atuais Astra e Insignia estão restritos a mercados onde já eram vendidos antes da venda da Opel.

      • Diego Lip

        É bem provável que na venda da marca, os nomes tenham ido junto para a PSA.

  • Ina Marlina

    veja “The Lego Movie 2: The Second Part” neste site! tudo está aqui !! visite este blog: ONETWOTHREESERIES123.BLOGSPOT.COM

  • Alvarenga

    Carros Opel / GM tinham duas caracteristicas basicas, principalmente na europa e herdadas aqui:
    1-Motores minimamente aceitaveis em termos de desempenho, serviam só mesmo pra familia ir no clube, taxista urbano, etc…..
    2-Dirigibilidade extremamente subesterçante, lembro até do Top Gear zoando com um modelo.
    Antes que alguem venha com revolta, quero lembrar o seguinte quanto as versões nacionais:
    Kadett GS/I: tinha 112/120 CV
    Vectra Challenge: Tinha 138 CV
    Astra GSI: Tinha 128 CV
    Opala 4.1: Tinha 140CV……140 com 4.1L….e por ai vai, citei apenas as versões mais “bravas” nem falei das menos…..

    • Mr Rafael

      Um 250s já tinha 170 cv nos anos 70 com um 6cc …

      • Holandês Louco

        Mr Rafael, você está embaralhando as coisas.
        1) São 170 cv SAE (BRUTOS) nos anos 70, equivalem a uns 135-140 cv DIN (LÍQUIDOS). Isso também é válido para os Dodges, Galaxies, Mavericks e vários outros do mesmo período.
        2) cc significa centímetros cúbicos, no caso do Opala eram 4093 cc no motor 6 cilindros.

        • Mr Rafael

          Eita ! Escrevi cc ? Kkk queria falar canecos , a respeito a potência , levando em conta que naquela época alguns v8 nem beiravam os 200 cv , o 6 boca não é ruim … agora o do diplomata ( já tive um ) tinha menos ainda ( 118 cv no documento ) !

          • Alvarenga

            Verdade, teve uma época que os gasolina rendiam isso. Acho que foi quando eles foram emissionados pela primeira vez, mas ja não lembro com detalhes.

          • Holandês Louco

            O seu Diplomata era à gasolina? qual ano dele?

            • Mr Rafael

              Sim a gasolina , era um 89 azul ! Curti muito com ele kkkk

    • Jorge Castro

      c informe melhor mesmo nao sendo fan da gm ja em 93 ela tinha o vectra gsi com 150 cv , mais que o corola 2019 2.0 na gas .Ela teve motores modernos e tambem antigos .

      • Alvarenga

        Tem razão, Vectra GSI e Calibra foram as únicas coisas melhorzinhas por aqui e realmente tinham 150CV. Tinha esquecido deles , mas foram completa excessão, apenas vendas de nicho, dentro de toda uma linha de produtos bem sem graça.

        • Gran RS 78

          Vc se esqueceu tbm do belo Corsa GSi com seu 1.6 16v com 116cv que era um foguetinho, inclusive andava mais que o Gol GTI 8v em 1995/96.

          • Alvarenga

            Aí não concordo. Omega era muito pesado para o motorzinho de 160CV ( que aliás era muito pouco para 3.0L ). tinha desempenho de carro de titia. Ja o Corsa GSi acelerava rapido mas esguelava rapido tambem. Vi um tomar bucha de Voyage Sport 1.8, aquele que usava motor do GT.

            • Gran RS 78

              Nunca que um Corsa GSi tomava pau de Voyage 1.8, pois vide os vários testes com o Gol GTI 8v da época para constar o que eu estou falando. Quanto ao Omega, o que vale era o torque, que no modelo era bom, inclusive ele era o carro mais rápido fabricado no Brasil em 1993.

        • Gran RS 78

          E quanto ao Omega CD 3.0 com seu 6 cilindros em linha e 160cv? E se vc for analisar os concorrentes das outras marcas, somente alguns poucos carros tinham bons motores tbm.

    • Holandês Louco

      Quanto ao Astra GSi ter 128 cv era devido ao fato de ocorrer mudança de alíquota de impostos acima deste valor. Na prática ele possuía 135 cv. Também lembro dos importados Vectra GSi e Calibra GSi com o 2.0 de 150 cv

      • Alvarenga

        No lançamento era 128 CV, depois subiu pra 136CV. Acho que a versão sedan nem chegou a ter 136, morreu antes.

    • Gran RS 78

      Vc esqueceu de mencionar o Vectra GSi que tinha um belo motor 2.0 16v sfi alemão com 150cv que andava muito e não bebia nada.

      • Alvarenga

        Esse andava mesmo e andava gostoso. Excessão absoluta numa linha cheia de carros sem graça.

  • Junoba

    A GM lidera as vendas no Brasil e estava pressionando o governo com incentivos fiscais, para conseguir mais lucro, enquanto amarga prejuízo no mundo todo.

    • Henrique Guedes da Silva

      Pois é cagad@ da GM

  • Davi Millan

    Alô Dona Peugeot!!!
    Depois da Rússia da uma passada aqui pra trazer a Opel!

  • Benedict Benedito

    Agora é só Opel vim para o Brasil e fazer escola para a GM.

  • CanalhaRS

    A prova cabal de como a GM é incompetente.

  • Ricardo Blume

    20 anos dando prejuízo? Li certo isso? Tá parecendo estatal brasileira.

  • Henrique Guedes da Silva

    Com certesa de tivessem juntas a GM lucraria muito mais hoje no pais, a PSA poderia trase ela acredito que venderia mais que peugeot e citroen

  • Edgar

    A Opel aqui venderia mais que peugePe e Citroen… #soacho

  • Murilo Soares de O. Filho

    Vamos ver se a cura é definitiva ou temporária.

  • Michel

    Peugeot está sendo direcionada para ter reconhecimento mais premium que Citroen.

  • rodrigosr

    Não entendo essa babação toda por aqui em torno da Opel. É uma marca generalista como todas as outras (Peugeot, Citroen, VW, Ford, Honda, Nissan, etc)
    Até outro dia tínhamos vários deles rodando por aqui e nunca foram nada de mais e ninguém morria por eles… Daí a Chevrolet traz esses modelos coreanos e parece até que perdemos uma marca premium…

    • cepereira2006

      O Opel Astra quando foi lançado por aqui foi um marco, virou objeto de desejo, baita carro. Vendeu bem e por muitos anos. Fez história. Carro muito à frente do seu tempo, bom torque em baixa, confortável e bem equipado para a época. Muito melhor do que as porcarias que por aqui rodavam. Isso fez o brasileiro reconhecer a marca. Infelizmente a GMB descambou para a mediocridade e passou a oferecer carros cada vez piores por aqui, só restou a saudade do momento Opel, que por aqui já passou.

    • th!nk.t4nk

      Não é que a Opel seja premium, mas na época (até o início dos anos 2000) os modelos Opel vendidos pela GM no Brasil eram sim veículos de destaque no mercado. E se ainda tívessemos os modelos atuais, possivelmente seriam as melhores opçoes. Dê uma olhada em Adam, Corsa, Astra e Insignia atuais. Veja o Grandland X também.

      • rodrigosr

        Nao acho que sejam melhores que os VW equivalentes. Mesmo aqui, na epoca em que eram vendidos, nao eram.

    • Paulão

      A opel não era melhor que ninguém na Europa, era generalista e tal, mas aqui no Br, deitava e rolava porque só tínhamos lixo.
      Quando chegou o corsa b, nada no Br chegava aos pés, mesma coisa com astra belga, vectra a e b, omega alemão.
      É da época desses modelos que a gente lembra da opel/gm aqui no Br e mesmo esses modelos tendo aquela adaptação de praxe ao nosso mercado, ainda assim eram muito superiores ao resto.

  • Michel

    Todo mundo pedindo Opel no Brasil, mas será que compartilhando lojas com Peugeot e Citroën, tendo no máximo 150 ccs espalhadas no País vcs comprariam? Sabendo que é o mesmo pós vendas/ atendimento ao cliente e toda estrutura administrativa seria a que já existe da psa no Brasil.

    • falei sobre isso em outro site. Pedem Opel mas levam PSA disfarçado e com todos os históricos de problemas de pós venda. Não dá mesmo para entender esse desejo.

      • Marcos Pastori

        É porque para o brasileiro, carro é ”alemão” (ou japonês). Italiano e Francês = lixo, Americano = passável, principalmente se for baixo custo. Veja a legião de admiradores da VW, Honda e Toyota.

        Põe uma marca alemã ou japonesa para vender Peugeot 208 e Citroen C3 para você ver (caso da Opel). Vai vender igual ao Polo.

    • Se compram Jeep, com menos de 200 concessionárias… tudo depende do posicionamento que darão para a marca. Felizmente Carlos Tavares vai confirmar a aceitação na Rússia, para então introduzir a marca em outros mercados emergentes, portanto, logo devemos ter a Opel por aqui.

    • Paulão

      Eu compraria, minha mulher tinha até semana passada um 408 thp flex, e sobrava para mim levar carro em revisão e tal, bom foi o melhor pós venda que já vi!
      Ao mesmo tempo desse peugeot, teve um VW em casa e o pós venda era bem meia boca, com problemas que nunca resolveram e é ela a quem mais tem concessionarias no pais…

  • Milton Fabiano Camargo

    A Peugeot está com a faca e o queijo na não para o Brasil. Os Opel sempre fizeram muito sucesso por aqui.

    • rodrigosr

      Os Chevrolet fizeram sucesso aqui. Brasileiro nem sabe o que é Opel.

  • Andre Pestana

    Bons tempos quando tinham os carros da Opel no Brasil mesmo sobre a fabricação local da GM, se viesse para o Mercosul a Opel teria sucesso por aqui.

  • Viu, foi só encontrar um proprietário que gosta do que faz e tudo se resolve.

    • Fábio

      É , esse proprietário que faz o que gosta também fez uma faxina por lá, demitiu uma cambada e renegociou tudo para baixo. No final ficou com o lucro do que gosta né.

      • Bom, a GM queria era fechar tudo… Vou repetir o que me disseram quando lamentei o fechamento da Fnac: o mercado está transformando e as empresas estão se readequando à demanda. Aliás, faz umas décadas que a mão de obra humana vem sendo substituída por processos mecânicos ou robóticos. Se isso é bom ou mal, eu prefiro deixar esse assunto para outra hora.

        • Fábio

          A mão de obra não está sendo substituída por robôs. A demanda pela mão de obra é que está mudando. Uma máquina roçadeira faz o trabalho de muitos no campo. Mas…. ainda precisa de um operador, precisa de alguém para manutenção básica e específica. Esses que trabalham com a máquina são mais treinados e ganham mais do que os de antes que só passavam o facão sem nenhuma instrução. A demanda de mão de obra muda o tempo todo. Quem vive de passado é museu. Quem não acompanha as mudanças… esse vai ficar para trás, em todos os sentidos.

  • Fábio

    Obteve lucro pq cortou custos, e muitos foram de mão de obra. Quem trabalha em fábrica abra o olho, pq medidas de sucesso são adoradas sem muito planejamento em quem está seco por lucro. Leia-se fábricas no Brasil. A Ford já começou. Essa notícia tem muitos lados

    • Ernesto

      Se uma fábrica dá prejuízo, o que a empresa deve fazer então? Mantê-la até que prejudique toda a empresa?

  • Jean Lehn

    Não se iludam a OPEL se vier será os modelos novos com plataforma e mecânicas PSA PEUGEOT E CITRÖEN não GM querem mesmo isso ?

    • Paulão

      Sim, toda concorrência é bem vinda.

  • Marco

    Tudo isso trás à tona a péssima administração aplicada pela montadora norte americana, ávida por subtrair recursos governamentais e em explorar seus empregados ao redor do mundo. Meu sonho de consumo era ter a Opel por aqui, mas uma das cláusulas da General Monsters por ocasião da venda à PSA é não atuar em mercados onde a GM atua. Uma pena,pois é muito bem vista por aqui e creio que seria muito bem vinda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email