*Featured Mercado

Os carros mais vendidos da primeira quinzena de outubro de 2017

jeep-compass-sport-4x4-101-1024x644 Os carros mais vendidos da primeira quinzena de outubro de 2017

A primeira quinzena de outubro apresenta mudanças de posição interessantes em relação às vendas do mês passado, mas uma coisa que não muda é a primeira posição. O Onix continua sem rivais em emplacamentos, mantendo ampla margem para o segundo colocado, o HB20. Este por sua vez respira aliviado diante da presença do Ka, um pouco mais atrás.



Na primeira metade do mês, uma dupla de sedãs aparece disputando, embora de segmentos e preços bem diferentes. Fechou na frente o Prisma, que ficou em quarto, tendo o Corolla em quinto. Ambos passaram pelo Gol, que ficou em sexto no período. Já o Compass, o primeiro de seis utilitários esportivos presentes no Top 20 da quinzena, ficou em sétimo, uma posição muito boa para um SUV que, assim como o Corolla, não custa pouco.

Logo atrás dele aparece o HR-V. Mas como está essa briga entre os dois? Como falamos no fechamento de setembro, a diferença entre eles era de 400 unidades, a favor do Honda. Agora, caiu para 242 exemplares. Ou seja, a disputa será bem acirrada até o fim do ano. O Mobi – que teve redução de preços – voltou a vender bem. Já o Creta aparece em uma boa décima posição.

Já o Argo, ainda continua na zona intermediária do Top 20. O Kicks também mantém um bom número de vendas, lembrando que a quinzena foi marcada por um feriado prolongado, o que tende a derrubar os emplacamentos. Discreto, o Voyage também mantém sua regularidade, assim como o Etios. Bom, então eis que aparece a estrela de setembro, o Kwid.

renault-kwid-2018-NA-33 Os carros mais vendidos da primeira quinzena de outubro de 2017

Cadê o Kwid?

Com vendas meteóricas no mês passado, o subcompacto “altinho” da Renault apresenta números modestos na primeira quinzena. Das duas uma: ou acelera rápido na segunda metade do mês ou permanece no segundo pelotão do Top 20. Como se sabe, a marca tem muitos pedidos e a fábrica acelerou a produção para entregar aos que estavam na fila. Assim, o volume expressivo de setembro e a repentina aparição em massa do carro nas ruas indica que os emplacamentos foram de unidades já vendidas. Agora resta esperar o fim do mês para vermos o real impacto do modelo.

Quanto ao Fox, o compacto – também “altinho” – emplacou até que bem para sua situação, agora resumida a duas versões, mais o CrossFox. O Renegade definitivamente está fora da disputa pela liderança do segmento, mesmo estando em terceiro. No entanto, sua posição está ameaçada pela presença do Creta. Já o HB20S fecha o trio bem vendido da Hyundai entre os 20 mais vendidos. O EcoSport, renovado, também garantiu um lugar no grupo, enquanto o up! se sustenta no limite do segundo pelotão.

Nos comerciais leves, a Strada ficou na ponta nesta quinzena e baixou a diferença para a Toro em 2017, que caiu de 1.148 para 639 unidades. A irmã-rival ficou em segundo, mas a Saveiro está bem próxima da picape da Fiat. Já a S10 continua vendendo mais que a Hilux. Nos demais, destaque para a Oroch que saiu de 11º para nono, derrubando a Fiorino para décimo e a L200 ocupando a 11ª posição. Master e HR mantiveram a ponta em seus segmentos, enquanto a Frontier se mantém com vendas bem fracas.

Confira abaixo os 20 automóveis e 20 comerciais leves mais vendidos na primeira quinzena de outubro de 2017:

Automóveis

  1. Onix – 7.528 unidades
  2. HB20 – 3.681
  3. Ka – 2.754
  4. Prisma – 2.478
  5. Corolla – 2.463
  6. Gol – 2.295
  7. Compass – 1.965
  8. HR-V – 1.807
  9. Mobi – 1.762
  10. Creta – 1.629
  11. Argo – 1.532
  12. Kicks – 1.420
  13. Voyage – 1.417
  14. Etios – 1.361
  15. Kwid – 1.301
  16. Fox – 1.279
  17. Renegade – 1.243
  18. HB20S – 1.196
  19. EcoSport – 1.169
  20. up! – 1.034

Comerciais leves

  1. Strada – 2.281 unidades
  2. Toro – 1.772
  3. Saveiro – 1.763
  4. S10 – 1.256
  5. Hilux – 1.134
  6. Montana – 683
  7. Ranger – 619
  8. Amarok – 563
  9. Oroch – 448
  10. Fiorino – 427
  11. L200 – 316
  12. Master – 211
  13. HR – 168
  14. Kangoo – 95
  15. Frontier – 86
  16. K2500 – 73
  17. Daily 3514 – 73
  18. Sprinter 313 – 41
  19. Partner – 27
  20. Ducato – 19

[Fonte: Fenabrave]

  • Marcos Souza

    Outra possibilidade a respeito do kwid é que pode ser que as pessoas que compraram estão esperando até o final do mês ou o início do próximo para emplacar. Outubro é mês de gastar com presentes pra crianças, então sobra menos para pagar um emplacamento… e quem compra carro de entrada tem um poder aquisitivo menor.
    Veremos se é isso até o final do mês.

    • Verdades sobre o mercado

      Imaginação não lhe falta … emplacamento final do ano é barato, e quem compra carro ZERO não espera para emplacar por falta de grana, se tiver duro entra no cheque especial, mas não vai ficar sem rodar. O problema já foi bastante divulgado, foi identificado problemas nos freios e a Renault mandou as CSS segurarem os carros até corrigir o problema. Fui gerente de CSS Fiat e isto vez ou outra acontecia também (especialmente com lançamentos).

    • Diego

      O problema do Kwid foi devido ao Recall, por isso não está ocorrendo emplacamentos, o modelo vem vendendo bem, toda produção deste ano já está vendida, quem quiser o seu indiano somente receberá depois do carnaval do ano que vem.

    • Zé Mundico

      Meio forçado isso. Ninguém deixa de comprar carro para comprar brinquedo……rsrsrsrs

      • Felipe Faria

        E se o carro for um carro de brinquedo? hahahaha

    • Davi Millan

      O Kwid está tendo um Recall “Branco” ou melhor, Recall “Antecipado”, pois a Renault está segurando a entrega dos carros e prolongando a data de quem está comprando agora para poder resolver os problemas nos freios. (Pelo menos a Renault está fazendo algo, melhor que outras…)

  • Iran Borges

    O que será que está havendo com o renegade? Será que o motor é tão ruim assim, pior que um creta 1.6? E o civic hein? Não entendo porquê essa geração (bem melhor que a anterior) tá comendo poeira do corolla…

    • Geraldo Xavier

      Preço. Simplesmente preço inclusive do seguro.

      • Iran Borges

        Você quer dizer em relação ao civic? Será que o seguro é tão mais alto que o corola?

        • Geraldo Xavier

          com certeza. ao menos no rj os carros da honda tem um preço elevadíssimo

    • tjbuenf

      Eu nunca dirigi um Renegade, mas a fama do motor está péssima. Fora o consumo alto que é denunciado pelas avaliações em site especializado.
      Sobre o Civic, a questão é que o Corolla se tornou símbolo de status com uma lavagem cerebral que a Toyota conseguiu fazer na cabeça do brasileiro. Fora que é um carro mais sóbrio, o que chama mais atenção das pessoas mais velhas que, em geral, são as mais bem sucedidas também. O Civic é um carro que atrai mais pela beleza e pseudo esportividade, ou seja, chama atenção de jovens que, em geral, estão quebrados.

      • MMM

        Tem muita gente na faixa dos 40 e poucos que compram carro “familiar” mas querem desempenho mediano. O Civic Sport seria ideal pelo visual mais acertado e ausencia dos cromados mas o carro oferece so o motor 2.0 aspirado e couro sequer como opcional. E na pratica por 10 mil a menos vc leva Cruze ou Jetta.

        • tjbuenf

          Então talvez por isso o Cruze esteja indo tão bem nas vendas.

          • MMM

            Não tenho duvidas disso. O Civic sempre vendeu bem mais que Cruze e anteriormente Vectra. Nessa geração, que é a melhor do Honda, deveria vender muito mais que o GM, só que a Honda gourmetizou o motor turbo e errou em todas as versões do carro.

            • Renan Abreu de Moura

              Simples: quem é mais velho, conservador, e tem mais grana, vai de Corolla.

              O jovem que tem dinheiro olha pro Civic, aparentemente esportivo pelo seu design, mas observa um carro manco com motor 2.0 aspirado e desempenho inferior a todos seus concorrentes, inclusive o Corolla (no caso por causa do câmbio). A única salvação seria o Civic Touring, mas com 125mil é pesado. Então, a tendência é só cair mesmo.

              Além do Civic “Sport” não ser Sport né, multimídia fajuta, sem couro, etc. Tá pegando fama de manco já

              • CharlesAle

                Acredito que, quem tem 125 mil, já prefere um andar acima. E já opta por Fusion, e até Classe C..

                • Gambixx

                  eu.

                • Gambixx

                  E justo fiquei entre um bom custo beneficio do cruze lt, mas falta de alguns itens, ou um fusion SEL. Não tem algumas traquitanas mas é melhor que Compass ou civic que não é atraente em nenhuma versão.

              • Marcelo Henrique

                Ao menos se fosse o K20 2.0 I-VTEC, poderia ter a alcunha de SPORT.

              • Leon Gonçalves

                É isso mesmo. Ficou fora do público alvo. Mais velhos não toparam o design, mais novos não topam o preço do aspirado.

                • Gambixx

                  civic tem a frente bonita, mas traseira do batmóvel, para eu que sou tiozinho.

              • dallebu

                Aqui na minha cidade tem um casal de idosos andando de Civic Touring branco, até destoa kkkkkkk

              • Edson Fernandes

                E a nomenclatura “Sport” depoe contra na hora de fazer um seguro.

            • Pedro Neto

              bingo!!!

            • Davi Millan

              Concordo em tudo! O Civic poderia ter tudo para brigar melhor com o Corolla, mas errou feio no preço e gourmetizou o turbo. As 2.0 são mancas em uma faixa de preço onde tem Cruze, C4 Lounge e Jetta todos turbo, se pelo menos o motor turbo estivesse disponível nessas versões dava para engolir melhor. Para piorar a Sport e EX tem uma multimídia fajuta. Já a Touring é muito cara brigando com outros carros de diversas categorias.

        • Igor Pricandi

          MMM o que acontece depois dos quarenta é que não somos movidos por testosterona. Descobrimos que a diferença entre sair costurando no transito, acelerando de semáforo em semáforo só resulta em stress desnecessário. Se você corre para escritório ou se vai na boa a diferença de tempo é ínfima. Uns minutinhos e olhe lá. Outro ponto é que não arriscamos de prima numa ultrapassagem em via de pista simples. A gente planeja e vai. O resultado além como já te disse de menos stress é que não gastamos mais combustível por isso. O único povo da terra que canta pneu de semáforo em semáforo que conheço é o meu, os italianos e seus carrinhos. Comparar carro por zero a cem é outra bobagem, ninguém faz isso. O mais importante é uma boa retomada. O consumo é importante, sim é, mas nem tanto. Para quem anda 1000km por mês uns 100 reais a mais ou menos num carro de 100mil não é tão significante. Na verdade o que conta é como o carro te trata. Você vai bem posicionado, sua coluna não sofre com a buraqueira e remendos do asfalto, o silêncio, e outros detalhes. Se eu tiver que optar por um carro potente ou um com arcondicionado potente eu ficarei com o segundo.

      • beto

        As melhorias de motor no Renegade 2017 o deixaram, neste aspecto, na média dos demais. O preço também está na média o problema se chama Compass, o que já está sendo corrigido com sucessivos aumentos deste.

        • tjbuenf

          Eu particularmente olho com desconfiança essas “melhorias”. Minha percepção é que esse motor não aguenta mais ser remendado.

          • beto

            Inserção de novas tecnologias, melhorias e aperfeiçoamentos são bem vindos em qualquer produto.

        • wagner

          Exatamente! temos muito concorrência no mesmo segmento, o Campass e a Toro também trazem dúvidas ao consumidor.
          Porém, na média as vendas do Renegade são muito boas, assim como os demais concorrentes.

      • Freaky Boss

        essa discussão sobre o civic faz todo sentido. Digo por mim e por meus amigos (faixa de 40 anos):
        1. quem dirige um motor turbo não quer aspirado nunca mais (e inclusive algumas mulheres!! minha esposa, amigas ,etc), e quem é jovem ou meia idade olha mais motor e performance.
        2. O civic turbo está lá em cima no preço $$$$. É um carro ótimo, mas nessa faixa o consumidor brasileiro já começa a olhar audi, bmw, MB, volvo, etc.
        Ou seja, a Honda está satisfeita com as vendas do civic??? Se estiver, tudo certo (e pra mim está….), se não, já teria se mexido pois as receitas estão muito claras, à sua frente.

        • Elisabeth Machado

          O motor turbo, para ser bem aproveitado, exige trajetos maiores, no qual o motor possa aquecer e desenvolver certa velocidade, o que não ocorre com boa parte dos usuários urbanos, que se deslocam em rotas curtas, travadas, pesadas, ou seja, a maioria das pessoas não precisa de motores turbos! Vejam o que vende o Golf e Civic, por exemplo! Eu nem gosto de muitos opcionais, pois alguns deles não sem necessários PARA O MEU USO, como teto solar, banco de couro, motor turbo, etc, opcionais que mais servem para aumentar os preços dos caros do que por necessidade dos usuários! Para que alguém, na região Norte e Nordeste, por exemplo, vai precisar de teto solar, se o ar condicionado estará sempre ligado! Para que banco de couro, no Norte e Nordeste e no Sul? No verão é quente e no frio e muuuuuuito frio!

          • ObservadorCWB

            Carros realmente TOP aquecem banco no inverno e refrigeram no verão……

      • Ernesto

        Lavagem cerebral? Quer dizer que uma montadora consegue fidelizar sua cliente devido a lavagem cerebral? Pensando assim, nunca que as outras conseguirão desbancar as vendas do Corolla.

      • From Rivia

        Não acho que a “culpa” da boa fama do corolla é da toyota…pelo contrário, a gente quase não vê marketing pro corolla. Foi o brasileiro que colocou essa fama no carro, e parece que não vai embora tão cedo. Mas há opções melhores no mercado, assim como há piores.

    • Verdades sobre o mercado

      Renegade é um excelente SUV porém tem 2 pontos bem fracos: motor 1.8 fraco e gastão (por mais que tenham melhorado e colocado start-stop ainda deixa a desejar) e porta-malas de compacto. Atualmente é altamente dependente de Venda Direta(Locadoras e PCD) pois no Varejo está lá atrás …

      • dallebu

        Acho que o maior ponto fraco mesmo é o porta-malas, pois é a reclamação que ouço do usuário comum quando falo sobre o carro, e em seguida o segundo maior problema se chama Compass, considerado muito mais bonito.

        • Edson Fernandes

          E o curioso é que sem exceção leio comentários que o Compass tem um rodar bem inferior ao Renegade…rs

          • dallebu

            Quem dirige o Renegade sempre fala de uma grande sensação de solidez e robustez, mas não lembro de ter ouvido muito isso de quem dirige o Compass, sendo mais elogiado o conforto. Essa diferença também foi sentida num comparativo entre Renegade e Toro, aonde o primeiro passava maior sensação de grande robustez ao rodar. Não andei em nenhum deles, mas o meu palpite é estático, pois dentro deles, com o carro parado, quem passa maior sensação de robustez é o Renegade, devido as colunas grossas, para-brisa mais reto e distante etc, então pode ser uma questão de sensações influenciadas pelo ambiente também, pois a Toro tem uma rigidez de carroceria maior que o Renegade.

            • Edson Fernandes

              Eu tbm nunca andei em Toro ou Compass. O Renegade eu já andei de carona. O carro tem um rodar legal mesmo. Nem parece rodar de carro alto.

              Voce tem uma posição alta de dirigir mas com o rodar de um sedan, é realmente incrivel essa sensação. Mas tirando isso, o motor é fraco sim e não achei tão interessante na cidade. (alias andei de carona em uma versão manual)

              Parece que a Fiat qdo fez o Renegade quis impressionar pelo dirigir e não exatamente pelo que o carro entrega de performance. Mas eu só teria o renegade se fosse a diesel pelas minhas impressões.

              • João Cagnoni

                Tem um rodar bom mesmo, tenho um amigo que quase capotou na Bandeirantes desviando de um cachorro. E estava 20 km/h abaixo do limite, no seco. Não confio em carros altos.

            • Leon Gonçalves

              O carro parece que nunca vai acabar. Tudo o que se toca é grosso, de toque agradável, robusto… estranho mesmo, nunca havia sentido isso em nenhum carro. E olha que tenho um s10 /2014, que é um tratorzinho.

          • ObservadorCWB

            E ambos tem um rodar inferior ao pobre Creta….. pena isso. A marca possui história, mas parece que andam pecando aqui.

        • FabioH

          Eu prefiro o desenho do Renegade do que o Compass, acho que tem mais personalidade, mas tenho consciência de que não sou a maioria, o que pega mesmo é o motor 1.8 etorq que tem desempenho fraco, mas daí tem a opção do diesel (apesar de caro), agora, o porta malas é sem condições mesmo.

          • Elisabeth Machado

            O problema do Renegade e do Compass diesel é o comando de válvulas por correia! Isso lembra a Amarok, e seus problemas insanáveis, devido ao motor diesel de Golf, com correia de comando fininha, motor esse adequado para um automóvel, na Europa, mas não para uma caminhonete com capacidade de carga de uma tonelada, no Brasil! Meu marido até pensou em comprar um Renegade ou Compass diesel, mas pensou melhor, está aguardando até ver o que vai acontecer nos próximos anos com o motor diesel!

      • Igor Pricandi

        A solução é o compass.

    • Maycon Farias

      Acho que o Renegade está muito bem de vendas ainda. Vale lembrar que ele foi líder da categoria várias vezes alternando com o Hrv. Kicks e creta são extremamente mais recentes no mercado e não conseguiram lutar por liderança e perdem frequentemente para o modelo da Honda. E agora mesmo com o irmão e os outros concorrentes ele ainda vende uma margem de diferença para eles acima relativamente bem pequena, e ainda mais que existem outros novatos abaixo. Eu ainda acho o Hrv, Compass e Renegade 3 grandes sucessos de vendas ainda.

      • Ernesto

        Não é CRV, é HRV, correto?

        • Maycon Farias

          Exato Hrv

        • Maycon Farias

          Corrigido, obrigado.

    • CharlesAle

      Não sei se afeta as vendas. Mas que o motor flex é fraco e beberrão, isso é.Quem não quiser acreditar, basta consultar site de opiniões de donos, e comparativos em diversos sites automotivos..

    • Leon Gonçalves

      Aluguei um Renegade 17/18. Realmente, falta motor em retomadas, principalmente em estrada. Mas com o botão Sport – que equipa a versão 2018 – melhora bem. Ou seja, não incomoda a falta de mais motor – desde que não seja um motorista apressado, sendo que a solidez aparente e o acabamento de nível verdadeiramente premium, na minha opinião, justificam a compra. Já dirigi bastante um civic 2014, automático, 1.8 e digo que ele e o renegade apresentam desempenho bem semelhantes. Ambos meio lerdos em retomadas.

      • beto

        Realmente o botão sport transforma o carro.

      • dallebu

        Pergunta. Quanto está a franquia pra alugar um Renegade?

        • Leon Gonçalves

          Diária 130, caução 1700.00, na Localiza.

          • dallebu

            130 sem as proteções extras né? Aqui na minha cidade se for manual tá 190,00 e se for automático 240,00 com proteção pro veículo e pra terceiros.

            • Leon Gonçalves

              154 tudo, automático, 17/18, em Curitiba. Na reserva me ofereceram Duster 😩 e eco, pelo mesmo preço.

      • FabioH

        Legal, acho que vou fazer esse teste também Leon!

    • Pedro Neto

      tb não entendo porque o Civic que pela primeira vez deixou de ser TioCivic,e stá comendo poeira do Vovorola. Parece que sedan, tem que ser tiozão

    • Igor Pricandi

      O que há com o Renegade chame-se Compass.

    • Fernando Dupas

      O carro já não se mostra novo diante da concorrência. Alem de começar a surgir Compass seminovo que pode interessar bem mais quem busca um Jeep e não faz questão de ser zero km.

  • Bruno Gomes

    Renegade sofreu após a chegada do Compass, Ônix parece estar reinando absoluto, mas acredito que com a chegada do Polo o mercado comece a dar uma estremecida e ele venha a sofrer. Tudo vai depender de como a VW vai jogar o carro mercado. Se cometer o mesmo erro cometido no Up, vai ter mais um fiasco em produção. O Creta parece ter caído no gosto pelo fator marca, não o vejo como um bom produto diante dos concorrentes. Vamos esperar o fechamento do mês pra termos uma ideia melhor.

    • Verdades sobre o mercado

      Creio que o Polo vai mexer pouco com o Onix. Se perder 10% das vendas é muito.

    • Vattt

      O Polo não vai mexer em nada, afinal as opções mais interessantes do Polo vão vir mais caras que Onix.

      • Pedro Neto

        só dentro de casa, a canibalização será de 6 mil unidades (Fox, UP Tsi e até versões completas do Gol). Pode esperar o Polo no top5

    • Lucas086

      O cara que vai ver um onix, não vai nem olhar o Polo, no máximo o hb20 ou fox

    • Esquilo Tranquilo

      Realmente conforme comentaram, não vai mexer nas vendas não, pois o Polo será consideravelmente mais caro que o Onix e sabemos que a GM é apelona no financiamento, que é onde ela fisga pela boca os compradores.

      • Edson Fernandes

        O que pode talvez acontecer é a redução de vendas das versões topo de linha do Onix e só. A VW precisa trablahar MUITO a questão de preço de peças e também do seguro. Fazendo isso, ela poderá fazer relativo sucesso no nicho do Polo,mas sobre o Onix é bem como vc disse.

        • Pedro Neto

          o Polo est´abem posicionado no mercado e oferece muito em relação a concorrência. O que falta, é uma versão Trediline com o motor do Up, por 60K

    • Davi Millan

      Para o Onix o Polo é nada. Ele continuará vendendo como está e se houver alguma redução, será no máximo de 10%.
      Já quem realmente pode sofrer com a chegada do Polo são HB20 e Gol.

    • Traveller

      Pra mim, a chegada do Polo só vai sepultar de vez as vendas do Golf…

  • Ricardo

    Impressão minha ou o Civic novo não pegou muito entre o público-alvo? Achei o design sensacional, mas só compraria a versão Touring, se quisesse um sedã, que não é o caso.

    • Uranium

      O carro é caro e não oferece nada demais, deixando todos os atrativos para a versão Touring de 125 mil, o que é ridículo. Ouvi dizer que o Touring responde por quase 50% das vendas.

      O design é bem chamativo, o acabamento é bom e a dinâmica é a melhor do segmento, mas a atratividade para por aí.

      • Ricardo

        Problema também é que o Civic tem um design esportivo, porém o desempenho não é nem comparável a um Jetta, por ex, em esportividade, especialmente por conta do cvt. Somado a isso o fato de a esportividade em si não ser um atributo particularmente buscado pelos mais velhos, que preferem a sobriedade (sem graça) do Corolla. Então o Civic acaba não agradando tanto nem quem busca esportividade nem os mais velhos que buscam sobriedade, é complicado.

        • Uranium

          Sim, ficou meio sem sentido de modo geral. A versão de entrada Sport, com aro 17, visual esportivo e tal, vem com motor 2.0 e câmbio manual (que ninguém quer mais) e CVT (que é o oposto de Sport), que poderia ser atrativa se não custasse 95 mil. Daí pra cima, o conteúdo não cresce quase nada no EX e EXL, só os preços, além de manter esse 2.0 CVT morno pra caramba e beberrão, que toma couro do Corolla.

          Só então vem o único Civic que se justifica, o Touring, que vem com tudo aquilo que se espera dele, motor turbo e tal, mas aí o diabo custa preço de carro premium, coisa que ele não é. A Honda não quis vender muito, é a única explicação.

          • Renan Abreu de Moura

            Simples: quem é mais velho, conservador, e tem mais grana, vai de Corolla.

            O jovem que tem dinheiro olha pro Civic, aparentemente esportivo pelo seu design, mas observa um carro manco com motor 2.0 aspirado e desempenho inferior a todos seus concorrentes, inclusive o Corolla (no caso por causa do câmbio). A única salvação seria o Civic Touring, mas com 125mil é pesado. Então, a tendência é só cair mesmo.

            Além do Civic “Sport” não ser Sport né, multimídia fajuta, sem couro, etc. Tá pegando fama de manco já

            • Uranium

              Gosto do Civic Sport, porém ele simplesmente não vale o preço. 95 mil num carro que não oferece nenhum equipamento de destaque é tenso. Ainda mais usando um CVT que não colabora com o desempenho. Eu teria um Civic Sport MT, caso eu tivesse dinheiro e o carro de fato existisse no mercado, pois a Honda praticamente só vende por encomenda.

              Outro aspecto é que, nessa faixa de preços do Civic 10, muitos donos do Civic anterior, que custava muito menos (faixa dos 70, 80 mil), não têm condições de trocar pelo novo.

              • th!nk.t4nk

                Pra mim a realidade é até mais simples do que parece. O povo vai sim por equipamentos e desempenho, mas vai muito mais pelo desenho e custo x benefício. O Civic como dito anteriormente tem um índice de rejeiçao alto no segmento pelo visual moderninho, numa faixa de preço onde quem tem grana é mais “tiozão”. Curiosamente, não é só no Brasil que o Civic atual enfrenta esse mesmo dilema, mas a Honda parece confortável com isso. A realidade é que o Civic nas suas últimas geraçoes não foi pensado pra ser um concorrente perfeito para o Corolla, mas sim uma opçao ousada, até exótica. E que bom que é assim.

              • Edson Fernandes

                Se vc fosse olhar um carro MT, vc olharia muitos que dariam prazer na condução e iria ponderar a necessidade de ser sedan. Porque vc só teria se precisasse de carro médio. Caso contrário a possibilidade de vc escolher um compacto divertido poderia ser grande tbm.

            • Hugo Borges

              Não é simples assim, até os jovens estão indo no Corolla. Entre os dois (Civic e Corolla), eu iria no Toyota mesmo, essa geração do sedã médio da Honda parece baixo custo, inovou em nada.

              • Edson Fernandes

                Além do que, o que vem num Corolla XEi é bem mais completo em muitos aspectos que o Honda.

          • Leon Gonçalves

            E olha, já tive cvt e é chato pra caramba. É “automático” para “dona Maria” rodar na cidade.

      • Edson Fernandes

        Não é o melhor em dinamica não. Ainda o Focus é superior. Vale uma lida do comparativo lá no Best Cars que explicam no detalhe isso.

    • Lucas086

      O Civic ficou com a traseira larga, eu mesmo não gostei, sem falar que a Sport cvt por 95 mil é brincadeira de mal gosto… mas a Honda nem deve estar preocupada, o quanto de Fit alto ela está vendendo, o lucro deve ser enorme.

    • Duh

      Os preços do Civic são proibitivos, a de entrada é quase 90mil com câmbio manual e bem pobre, sem tirar que o 2.0 dele é inferior ao Corolla, aí a única versão interessante tem um preço absurdo até para o padrão Brasil de preços.

  • predadordemarea .

    Li em uma reportagem que o Renault Kwid teve problemas nos freios traseiros e a Renault teve que dar uma segurada para corrigir o problema.
    Com isso ela impediu a entrega do carro(mais de 3 mil unidades).

    • Geraldo Xavier

      Pessoalmente esse kwid é feinho demais. Além de ser extremamente estreito. É dose ter que dirigir encostando ombro no passageiro e ter que alisar perna do passageiro pra passar a quinta marcha

      • Verdades sobre o mercado

        Realmente ele é bem feinho, principalmente quando visto de frente ou de traseira, situações em que fica evidenciado o quanto é estreito. Acho a proposta do carro bem interessante mas vale apenas para pessoas de até 1,70m.

      • CharlesAle

        E os pneus finos! Fica parecendo aquelas gordinhas da cintura pra cima, mas de pernas finas..rsrs

      • Duh

        Kwid é bem pequeno ao vivo mas feio não, feio é Up, Etios e Creta.

        • Geraldo Xavier

          Etios não é feio. É horroroso

      • FabioH

        A traseira parece aqueles carros chinês, alto, estreito e com pneu fino, bate um vento e tomba.

  • Eduardo Sad

    Acho que parte do sucesso imediato do Creta deve-se a fama que a Hyundai ganhou de anos bem sucedidos do Tucson e outros SUVs. O carro já chega bem credenciado. Isso não acontece com o Kicks, que por si só tem que convencer o Mercado, pelo não histórico da Marca no segmento.

    • Mauro Schramm

      Nissan não é muito bem afamada no mercado. Histórico de assistência técnica ruim. E os caras vivem se atrapalhando com o LatinNCAP. Eu não poria a minha mão no fogo por esse modelo.

    • Maicon Meneguetti

      Comprei um Creta 1.6 e estou adorando o carro! Muito bem acabado, estou achando muito econômico (pelo menos no meu uso), muito seguro, e pelo preço, está bem mais atrativo que os concorrentes. Não tem o desempenho de um sedãn médio, mas não deixa a desejar até porque acelerar não é a proposta do carro.

  • Hernán Diego Ceccarelli

    Onix. El auto MAS INSEGURO es el MAS VENDIDO ? ¿ Quen piensa un brasilero cuando compra un féretro con 4 ruedas ?? Acaso no valoran su vida ??? Exigan ESP en vez de Waze, no compren autos in ESP.

    • Aqui é Brasil, o que importa é a central multimídia.

  • Dherik

    Tinha dado um bug no post e estava exibindo comentários de um artigo parecido (vendas mensais) de 5 anos atrás. A galera posta quase sempre as mesmas coisas que hoje (golf não vende nada, dúvidas na contagem dos carros, etc), tanto que demorei para perceber o problema rs.

    • Mauro Schramm

      Kkkkk

  • Dherik

    Up! em 20… Uma pena. O carro é muito bom. O pessoal afirma que o problema é preço, mas me parece mais ser o visual dele, pois esta é a opinião mais comum que vejo das pessoas quando avaliam ele como potencial compra.

    • ViniciusVS

      Preço e equipamentos. O UP é muito pelado

    • Jok Jok

      Preço visual e preconceito por nem ter andado e ter um julgamento prévio.

    • Leo

      Até o MPI é gostoso de guiar. É um carro surpreendente em solidez, estabilidade, desempenho e conforto de rodagem.

      • CharlesAle

        Excelente carro. E se é bom, o Brasileiro torce o nariz. Mas se vem coisa da Índia bem pior, ai o Brasileiro corre para as lojas…

        • carroair30

          E qual o problema de um carro ser projetado na INDIA ? ou em qualquer outro pais??? ENGENHARIA é uma ciencia exata ,ou seja , engenharia é igual no mundo todo !!! como tem gente ignorante!!

          • CharlesAle

            Para um cara qu chama outros de ignorante, você não é grande coisa.. O que eu disse, e os outros entenderam muito bem, coisa que vc não conseguiu, é que o Kwid é um projeto inferior ao UP, de procedência Indiana. Enquanto o Up foi projetado na Alemanha, com muitos detalhes de primeiro mundo, mercados exigentes. O Kwid a Renault trouxe pensando em gente como você..

        • André

          Me lembro que nos anos 70 meu pai era gerente numa css VW e ele ficava indignado como o brasileiro comprava Brasilia a rodo com ágios altíssimos e as Variant ficavam todas encalhadas porque ninguém queria, nem com descontos altos ficando mais barato que as Brasilias. Contava ele que numa época a VW teve problemas de fornecimento de bancos do lado direito(passageiro) da Brasilia e eles simplesmente entregavam os carros com 2 bancos esquerdos, ou seja, o puxador do encosto do banco direito ficava do lado interno. Mesmo assim, as vendas não foram prejudicadas e as Variants continuavam encalhadas, mesmo tendo mais espaço, porta malas maior e principalmente muito mais estabilidade. Conto isto apenas para dizer que a ignorância do povo vem de longa data.

        • dallebu

          O problema do Up! é a feiura e esquisitisse, brasileiro já paga caro, não quer levar um “carrinho fofo”, quer um carro com mais presença.

        • Maycon Farias

          Eu sempre gostei dele antes mesmo de lançar. Meu desejo era um de duas portas para colocar rodas 17, branco com teto Black, couro bege. Mas quando lançou desisti de ter como segundo carro porque já chegou caro demais. E então pensei em pegar o 500 mas nessa época ele já custava mais de 45. Eu não tinha noção que seriam carros de nicho aqui, porque la fora são carros muito barato.

      • Geraldo Xavier

        Ninguém quer andar em um carro com visual interno de fusca dos anos 60. Ferro nas portas, bancos interisso, saída do ar condicionado fixa no centro do painel, painel horroroso e simples. Externamente ele até que não é tudo de ruim, mas seu interior…

        • Leo

          O Mobi é tudo isso e vende….pra mim o problema do Up é mesmo o preço.

    • Zé Mundico

      Já foi dito pela ONU e confirmado pela NASA e pelo INMETRO:
      Brasileiro não gosta de carro bom e sim de carro grande.

      • Retrato do Papai

        me vê 6m2 de onix pra viagem

      • invalid_pilot

        Ou carro que todo mundo acha barato e que parece ser maior, vide Kwid.

      • Jok Jok

        Sera?….sandero e logan sao maiores da categoria. Mas as vendas….

    • Robinho

      Preço e Visual.

    • Franco da Silva

      Quando o Fox se for, vai voltar para os 3000 mensais de sempre. O que é uma vantagem, pois vendia 3000 quando custava 40 mil e vai continuar vendendo 3000 agora que custa 50 mil. Mas, por enquanto, o pessoal tem levado o Fox, que está bem mais barato, para terminar o estoque.

    • invalid_pilot

      Ainda acho que é mais preço que visual, 49k pelo Move Aspirado é caro demais.

      • Dherik

        Converse com as pessoas que conhece. Verá que eles descartam o up antes de saberem o preço.

        • invalid_pilot

          Quando o preço era mais dentro da realidade, vendia o dobro de hoje.

          • thi

            Vendia mesmo

  • Retrato do Papai

    É sério que ninguém percebeu a ausência do sandero na lista? Huehuehue

    • Também senti. Estranho isso.

    • Maycon Farias

      E olha que estão planejando lançar o modelo novo só em 2019.

  • zekinha71

    Esse mês o Kiwi meio que flopou, e já vi um KIwi escadinha, foi o carro mais rápido que vi virar escadinha, vamos ver se aguenta o tranco.
    Se aguentar vai ser o sucessor do Mille.

  • Joaquim Grillo

    Cadê o polo?

    • Cesar

      Em pré venda.

  • Leon Gonçalves

    Em breve um salto do Peugeot 2008. A Localiza acaba de receber um lote do mesmo para integrar sua frota. Cegonhas cheias…

  • HugoCT

    O vw car fez até o dia 10, onde os VW apresentavam melhor volume de vendas kkkk. Quanto ao Argo, só não vende mais pois carece de uma versão AT no motor 1.3, para ter preços parecidos com o do Onix LT At6.

  • REDDINGTON

    Cade o Civic???

  • Franco da Silva

    Alô, Sandero! Você está aí?! Precisa de ajuda?!
    Se foi o Renault que colocou a marca no Brasil. Vai com Deus. Foi um bom trabalho.
    Aliás é uma pena. A Renault vai vender esse Kwid anos 90 por 35 mil e tinha Sandero por 38 (o famoso preço “pra levar” na loja).

    • invalid_pilot

      Lucro por unidade do Kwid deve ser absurdo, bem maior que do Sandero.

      E eu aposto que é capaz do Sandero existir apenas no 1,6 em sua próxima geração.

      • Franco da Silva

        Sim. A Renault deve estar rindo a toa. Mas tem que aproveitar o Kwid, pq essa ideia de “elevar” o Sandero na próxima geração vai fazer dele só mais um no mar de compactos, no Brasil e na Europa. Custando o mesmo que futuras gerações de Onix, HB, Argo, Polo, vai ficar difícil.

  • Freaky Boss

    como eu sempre falo nesses tópicos sobre vendas:
    Kicks é um bom carro (seria meu SUV nesse nicho), vende bem, e só escancara para a Nissan que o negócio agora é SUV. Se eles trouxessem rápido X TRAIL, Qashqai , etc, estariam já vendendo muito, e com carros em tese com melhor margem de lucro que o sentra, que imagino esteja sendo obrigado a oferecer descontos grandes..
    Mas os caras dormem. O que sobra de agressividade em alguns para lançar carros (fiat/jeep, etc), sobra de lerdeza em outros…
    Vai entender.

  • MarcioMaster

    Mês passado o kiwi era o melhor carro do mundo, acabou com o Mobi, a Renault acertou em cheio, vai ser o primeiro lugar etc etc etc. Esse mês desabou e vem as desculpas, é recall, não tem para entregar etc etc etc. Somos todos torcedores mesmo. kkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend