*Destaque Europa Mercedes Benz Pickups

Para pegar Amarok V6, Mercedes Classe X ganha motor diesel de 258 cv

mercedes-benz-x350d-1

A Volkswagen já iniciou uma nova disputa de poder entre as picapes médias com a Amarok V6 no mercado brasileiro e europeu. Agora é a vez da Daimler responder com sua Mercedes-Benz Classe X, que obviamente cumpre agora com o que era esperado, a versão X350d. Assim como a rival da VW, a picape da marca de luxo chega com motor diesel V6 e com grande cavalaria.


Equipada com motor V6 3.0, a Mercedes-Benz X350d entrega 258 cv e 55,9 kgfm. Note que o propulsor da picape alemã é bem mais potente que o V6 3.0 TDI empregado pela Amarok no Brasil, onde entrega 225 cv e 56,1 kgfm. O torque, porém, é um pouco mais alto na VW. Esta ainda dispõe de mais 20 cv no modo Overboost por 10 segundos, incluindo 3 kgfm a mais de força.

mercedes-benz-x350d-2

Com essa cavalaria, a Mercedes-Benz X350d vai de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos, pouco abaixo dos 8,0 segundos obtidos pela Amarok V6. Mas, a picape da Daimler vem com o Dynamic Select, que permite alternar entre os modos de condução Eco, Sport, Manual e Off-Road.


Seu sistema de tração 4×4 permite ainda três opções, sendo a 4MAT para condução na estrada, 4H para o 4×4 em tempo integral e 4L para condições bem ruins, utilizando-se a reduzida. Normalmente, a tração 4×4 acionada oferece distribuição de força de 40:60. Além disso, a Mercedes-Benz X350d vem com a transmissão automática 7G-Tronic Plus de sete velocidades e paddle shifts para trocas manuais. A picape tem ainda o sistema Start&Stop, inexistente na Amarok V6.

mercedes-benz-x350d-5

Segundo a Daimler, o consumo médio da Mercedes-Benz X350d é de 11,1 km/litro, tendo emissão de CO2 de 237 g/km. O modelo vem ainda com faróis dotados de LEDs diurnos, rodas de liga leve aro 17 polegadas, bancos em tecido e couro, detalhes cromados, entre outros. Opcionalmente, as rodas de liga leve podem ter aro 19 polegadas, tal como ocorre na rival da Volkswagen. Na Alemanha, o modelo custa 53.360 euros ou cerca de pouco mais de R$ 211 mil.

Como se vê, quando a Mercedes-Benz X350d chegar ao Brasil, importada da Argentina, onde será produzida pela Renault-Nissan, a briga com a Volkswagen Amarok V6 será inevitável. Só não sabemos ainda se as duas marcas do grupo franco-nipônico, que farão esse modelo, também entrarão na briga com suas picapes Nissan Frontier e Renault Alaskan. A Ford, por sua vez, tem na Ranger Raptor uma rival em potencial, equipada com o novo motor EcoBlue 2.0 Biturbo, que tem 213 cv, mas pode chegar a 238 cv ou mais.

Mercedes-Benz Classe X 2018 – Galeria de fotos

COMPARTILHAR:
  • REDDINGTON

    Esse carro merecia uma traseira mais bonita, assim como as rodas. A final se trata de uma Mercedes, com público fiel e exigente.

    • Pedro Evandro Montini

      Acho a mesma coisa. Uma picape desse porte precisa de lanternas condizentes com a proposta para passar a impressão de robustez.

    • Catucadao

      alguem pode explicar porque a renault-nissan vai fabricar a pick-up da Mercedes?

      • Klaus Sothe Petry

        essa picape compartilha a mesma plataforma com a Renault e com a Nissan, por meio de parceria de desenvolvimento, ai eles irão produzi-la ali na Argentina. Particularmente não gostei muito da situação, mas não mando em nada mesmo rsrs

        • Catucadao

          entendi…. isso é uma coisa ruim? renault tem qualidade não acho que que seja uma má ideia

          • Cesar

            Não necessariamente. Renault e Mercedes tem desenvolvido algumas coisas em comum . O motor turbo que foi lançado no novo classe A foi desenvolvido em conjunto pelas três empresas .

          • Ernesto

            Creio que nessa parceria quem tem o Know-how para esse tipo de pick up é a Nissan, então a Renault e a Mercedes estão se beneficiando disso.

            • 110anosimigraçaojapa

              Nissan Frontier

      • Paulo Lustosa

        Simples, Classe X é uma Nissan Frontier gourmetizada, tanto que no mercado asiático, ao invés de vir com o 2.3 Biturbo de 190 CV da Renault, é equipada com o YD25DDTi High Power de 190 CV da própria Nissan.

    • Luis Burro

      É um Trans Nissan!Deveria ser só Mercedes.

    • Marcio Souza

      Picape não tem muito o que fazer na traseira e ai o estilo fica limitado.

      • REDDINGTON

        Vc tá falando sério??? Cara é uma Mercedes!!! Os caras fazem carros há mais de 1 século!!! Precisava usar a lanterna da Pampa????

        • Marcio Souza

          Vc falou certo, os caras fazem “carros” há mais de um século. Picape é a primeira. Mas tenho certeza que nas próximas gerações farão algo mais diferenciado.

          • REDDINGTON

            Respeito sua opinião, mas não concordo. Copiassem a traseira da Hilux, da Ranger ou da alemã Amarok, mas não da Pampa.

            • Marcio Souza

              O ideal seria como foi feito na versão conceito, mas como é um veículo de alto volume, o custo pesou mais e ficou sem graça.

              • REDDINGTON

                Ai eu assino embaixo!

              • Jeremias Flores

                o conceito era perfeito, até a dianteira era MUITO mais interessante

      • Jeremias Flores

        deixa a traseira da Alaskan (mesma camionete) que seria muito mais bonita

    • É… ao menos umas lanternas que tivessem design se alongando em direção à lateral… essas lanternas e para-choque se limitando exclusivamente à porção traseira ficou “2D” demais… rs. Remetem às velhas D-10 dos anos 70.

    • Paulino Lino

      Mas a MB é sempre assim: capricha em 80% e caga nos outros 20% kkkkkkk

    • Jeremias Flores

      concordo! essas lanternas de Pampa que não invade a lateral é muito feia pra uma pickup tão bonita.

  • th!nk.t4nk

    Dizem que é uma picapinha muito confortável, mas sinceramente essa traseira com lanternas pequenas me parece antiquada. O pior é que pessoalmente nao melhora nao. Parece que nao botaram nenhum esforço pra fazer algo diferente.

    • Gabriel Loio

      Pegaram a Nissan Frontier e gourmetizaram pra virar essa pick-up. Não tinha como esperar algo muito melhor kkkkkk

  • Dii Nascimento

    O carro é até bonito e de uma mecânica boa , porém fizeram descaso com essa traseira hein ?

    • Yuri Lima

      Se tivessem pego emprestado as lanternas da van Vito ou Sprinter, ficaria melhor.

    • vicegag

      Colocaram lanternas das antigas F100 ou Dodge.

  • Yuri Lima

    Desculpe minha ignorância, mas o Mercedes V6 e o da Raptor são diesel assim como da VW?

    • Matheus

      O da Raptor é a gasolina.

    • Pedro Henrique

      Ambos são diesel, se a raptor no caso for a Ranger, a F-150 raptor usa um motor a gasolina.

  • ObservadorCWB

    Será o Nissan mais caro que você poderá comprar no Brasil……kkkkkkkkkkk

    • Maycon Farias

      De fato! rsrsrs Infelizmente nunca vou conseguir olhar para esse carro sem essa associação a Nissan, não que a Nissan é ruim, é tão boa quanto a concorrência e uma das que mais vende no mundo, porem em relação a Mercedes ou BMW acho que tenho uma opinião meio purista.

      • Cesar

        Então tenho uma triste notícia para lhe dar: Alguns Mercedes agora usam motor de Pandero

        • Maycon Farias

          E será cada vez mais comum esse compartilhamento entre as montadoras.

          • Cesar

            Pois é o motor 1.35 turbo que foi lançado no classe A foi desenvolvido em conjunto pela Mercedes, Renault e Nissan e aparentemente vai ser usado aqui no Brasil inclusive no Pandero.

            • th!nk.t4nk

              Entao, mas esclarecendo que nao é bem em “alguns Mercedes” né, é só na versão de entrada do Classe A (que é mais usada por frotistas). Coisa de 99% da gama da Mercedes continua com motores próprios, mas o motor Renault tá muito longe de ser ruim também (é estupidamente econômico, perfeito pra frota).

              • Cesar

                Olha só os carros da Mercedes que usam motor Renault:
                Classe A, B, CLA e GLA, motor 1.5 dCi. Classe C C200 motor 1.6 dCi .
                Então, são sim “alguns Mercedes”.

                • th!nk.t4nk

                  Ah dos diesel sim. Mas repito, são todos modelos pra frotistas, nao pra uso privado. E sempre foi assim, no segmento de veículos para trabalho a ordem é economia de escala. Todas as montadoras premium usam essa mesma tática, eu nao entendo por que no Brasil as pessoas se espantam.

    • REDDINGTON

      Daqui a pouco chega a Alaskan rs rs rs. Porém linda, um show se comparado a essa Mercedes e a Frontier.

  • Natán Barreto

    Essa traseira é uma agressão ao desenho do carro.

  • vicegag

    Basta a VW ajustar o V6 para os valores da Audi se não me falha a memória são 290cv com 63kgfm.

    • Gabriel Loio

      Daí você pode dizer adeus a transmissão, pq tiraram a ZF 8 marchas pra colocar a Aisin 8 marchas na Amarok brasileira. A própria volkswagen já avisou que não aumentou a cavalagem e potência por estar no limite da força de atuação da transmissão.

      • Piantino

        o que vem a ser “cavalagem”?

        • Felippe2010

          deve uma nova unidade de medida kkk

          • Gabriel Loio

            Nossa, deve ser difícil demais entender que é o “cv” do carro, né? Desculpa.

            • Felippe2010

              🤣🤣🤣

      • Lem0nade

        Não é Aisin, foi uma notícia falsa replicada (inclusive aqui no NA), já desmentida. Continua o ZF 8HP, pode conferir na concessionária.

    • Lucas

      Sim! A Strike Brasil prepara facilmente esse motor V6, fazendo ele render 300 cavalos com segurança.

  • Raimundo A.

    Pelo preço que o MB poderá ter, não tem como ser concorrente da VW e nem da cara Hilux que nem motor mais potente tem. Outra, se a FCA trouxer a RAM 1500 a preço atrativo, tem que ser muito fã da MB para comprar um Nissan transformado para ser um MB.

    • Luciano RC

      Tem que querer um modelo exclusivo para desfilar. Agora eu quero ver quem vai ter coragem de colocar uns pneus MUD e fazer um off-road pesado com ela. KKKKK

  • Louis

    A traseira dessa MB parece de um ônibus circular, dessas que são feitas por encarroçadoras. Só falta o símbolo da Caio, Volare, Busscar….

    • Luís Paulo

      Faltou a Marcopolo!! kkkkkkkk

      • Louis

        Não coloquei Marcopolo porque esta faz ônibus bonitos, o que não é o caso desta traseira.

        • Paulo Lustosa

          Os Busscar também não são feios e tem acabamento melhor que os Marcopolo huahauha

  • Pipo pipo

    Mercedes x Vw? Essa briga só existe por aqui. Kkkkk

    • Edu

      Na Europa será entre MB classe X e Audi pick up 2019 que será uma Amarok com roupa de gala.

      • Luciano RC

        Se a MB fizer sucesso, não duvido que a Audi traga aqui e fique acima da Amarok mesmo.

    • Anselmo Reschini

      Na Europa, o classe C concorre com o Passat. E o Passat novo (B8) vende mais.O Golf vende mais que o classe A também.

      • th!nk.t4nk

        Concorrem em parte mesmo, mas só nas versoes mais equipadas. Pra deixar um Classe C no mesmo nível de equipamento de um Passat, chega a quase 10 mil € a mais, dependendo da motorizaçao que estiver comparando. Mas ganha coisas exclusivas, como acabamento mais refinado, tração traseira (fundamental pra muitos) e um pack tecnológico um pouco melhor (como o touchpad, que o Passat não dispoe, câmbio de 9 marchas, sensores mais sofisticados, etc). Eu diria que é uma concorrência parcial entre esses modelos.

        • Anselmo Reschini

          Em jan/18, as vendas na Alemanha foram assim: 18.684 VW Golf, 7427 VW Tiguan, 6328 VW Passat e em 4o lugar 5906 Mercedes Classe C. O Passat na Alemanha tem painel digital AID, faróis full led ativos, banco com massageador para o motorista, porta malas com abertura e fechamento automático, interior em couro legítimo ( Mercedes usa sintético na maior parte da linha C), park assist 3.0, câmeras 360 graus, traffic jam assist, ACC, front assist, lane assist ativo, head up display, side assist, entre outras coisas. Sem falar no espaço interno, que no novo Passat é maior. Eu tenho 1,98m e testei os dois antes de me decidir pelo Passat novo. Meu Passat veio com som Dynaudio com subwoofer e rodas aro 18 de fábrica. Na Alemanha tem a opção de tração nas 4 rodas também. Claro que não dá pra competir com o C63AMG, mas no resto da linha ele compete bem.

      • Pipo pipo

        Nunca concorreu e nunca vai concorrer.

        • Anselmo Reschini

          Whatever.

    • th!nk.t4nk

      VW na Europa é bem diferente cara. É a montadora popular que mais se aproxima das premium. Os modelos equivalentes da Opel e Ford atualmente ficam muito pra trás do que a VW oferece (nao foi sempre assim, antigamente a Opel era pau-a-pau com vários VW, mas hoje toma uma surra).

      • Eu acho que a Peugeot especificamente está chegando próximo ou até melhor que os VW. O interior de um 3008 não deve nada pra um premium mais barato.

        • th!nk.t4nk

          Nossa, de jeito nenhum haha. Já entrou no 3008? Apesar do visual moderno ele é bem simples na verdade, não tem nem sombra dos materiais usados nos premium (estofamento, qualidade da espuma, revestimento acústico, painéis das portas, ajustes dos bancos são super limitados, etc). Na verdade até o Passat (que nao é premium) espanca o interior do 3008.

          • Eu já entrei num 3008, quase comprei um ano passado. Acho que, comparados com os premium de entrada (Classe A, Série 1 principalmente), não deve nada. Concordo que não entrei no detalhe de qualidade da espuma do banco, mas no geral gostei muito mais, inclusive, que o Fusion que acabei comprando.

            • th!nk.t4nk

              Hehe então com todo respeito, mas creio que te falte um pouco de conhecimento de dia-a-dia com todos esses carros. E por coincidência, eu também tive um Fusion que na época achava um carrão, algo do nível de um premium. Hoje mesmo comparando com os premium de entrada eu vejo que o Fusion toma uma surra fortíssima em termos de qualidade de projeto e detalhes construtivos. Idem pro Opel Insignia, é outro repleto de falhas e economias irritantes que nem sequer nos premium de entrada você vai encontrar. São coisas que você só se dá conta tendo passado um bom tempo com carros de diversos segmentos. Se eu tivesse parado no Fusion, era capaz de até hoje estar achando que modelos como o 3008 estivessem no nível dos premium. Infelizmente passa super longe, ainda que seja sim um bom carro (pelo que custa). É no dia-a-dia que os problemas de economia de projeto aparecem.

  • Tochio

    Talvez seja o empurrãozinho que faltava pra vinda da Raptor !!

  • Mario

    A Amarok tem que comer muito arroz com feijão, para conseguir esse ‘poder’ todo. Nem aqui, nem no resto do mundo.

    • Luciano RC

      Se ela mantiver aquele interior com qualidade de Gol, nunca vai conseguir tirar um comprador da MB.

  • Wilson Feitoza

    Lanterna de PAMPA!

  • FFSB

    A MB pode ter superioridade técnica/mecânica, mas, ao meu ver, a Amarok é mais bonita e possui interior muito mais agradável visualmente. A pick-up da MB foi uma decepção visual sem tamanho.

    • Luciano RC

      Só visual, porque a qualidade da Amarok é de Gol.

      • vicegag

        É bem curioso, o Gol virou modelo para tudo, no começo alguns chamavam o Golf de Golzão premium, depois veio o Polo, que muitos juram que é sósia do Gol, agora até a Amarok também tem D.N.A. de Gol.

        • th!nk.t4nk

          Cada um compara com o que conhece melhor né.

        • Luciano RC

          Isso é você que está dizendo. Única coisa que eu falei é que ele tem qualidade de Gol. O acabamento tem qualidade de compacto, pode ser o Gol, o Sandero, o Palio, qualquer um deles. Usei o Gol para ser da mesma marca. Queria muito que a Amarok tivesse o maravilhoso acabamento do Golf.

      • FFSB

        Não mesmo. Imagino, por questões óbvias, que você deve estar comparando os plásticos utilizados no acabamento interno (painel, portas etc). Vale entrar nos dois carros em sequência: irás verificar que são materiais distintos, com vantagem clara para a Amarok. Não haverá soft-touch ali, no entanto. Mas, convenhamos: precisa mesmo?

        • Luciano RC

          Por 200 mil precisa sim… Eu não entrei nessa Amarok V6, mas dirigi durante um tempo uma 2.0 2014 e era triste aquele acabamento. Me senti num carro popular.

          • FFSB

            Agora você tem um argumento muito bem, confesso! De fato, por R$ 200 mil também concordo que deveria ter soft-touch no painel e, pelo menos, nas laterais das portas. Um ponto a se considerar, no entanto: nas versões atuais, o acabamento é melhor do quando foi lançada (não sei a V6).

            • Luciano RC

              Só se ela melhorou nas 2015 pra cá… antes disso, era triste. As primeiras então, nem me fale… aquilo era uma vergonha para o preço do carro.

  • Fabio Marquez

    Triste esse desenho da traseira, depois de um tempo acostumamos com a feiura… Para vocês verem, esse dias estava até olhando um Etios nos classificados e considerando como uma compra racional.

    • Luciano RC

      Racional ele é… emocional que nunca é. KKKKK

  • Ricardo Blume

    Essas quatro saídas de ar central do painel, sei não. Gosto duvidoso.

  • Eduardo Gushiken

    Desculpe, mas essas carroças montadas sobre chassis já deveriam ter sido extintas desde a chegada da Toro!

    • Paulo Lustosa

      Joga a Toro numa lama pesada e me conta depois

  • afonso200

    e o preço por aqui ???

  • Emilio

    A MB continua sendo minha marca de carros dos sonhos mas essa carroceria merecia maior capricho. Parece que a traseira é descolada da dianteira. Essa fresta tá mto grande!

  • Luis Burro

    Enquanto na Europa são concorrentes diretos aqui nem cogitam isto.Gostaria de ver um comparativo feito lá,no Brasil pela enorme diferença nos preços já estraga o embate.

    • th!nk.t4nk

      Na EU: Amarok parte de 32 mil €, e X-Class 37 € mil. Em outras palavras, o X-Class custa só 15% a mais (o que é até justo, considerando que o acabamento é um pouco mais caprichado e tem umas frescuras a mais de série). Mas a diferença é que na Europa isso é veículo pra trabalho, nao pra se mostrar. Sei lá se vale a pena ficar comparando muito viu, porque acabaria sendo só pra passar raiva.

  • Luis Burro

    Faltou originalidade,mas isto é o q acontece qndo só muda poucas partes.Qm não lembra do Tracker e do Vitara.
    Mas acho q é bem notória a diferença do gosto europeu pro norte americano em picapes.Os primeiros preferem mais próximos aos automóveis,enqnto o outro prefere mais bruto.
    Tlvz por isto a marca não fez a partir de um SUV.Acho q só a F150 deve vender mais q todas da europa somadas.

  • Mauro Banqueiro

    Esse é um Nissan Frontier ou Navara mais caro que eu já vi. Aliais, que irei ver, ainda não vi. 😁😁😁😁😁😁😁

    • Gomes

      Falou tudo

    • Paulo Lustosa

      Pelo que sei esas Hilux novas não estão aguentando o tranco como era com as antigas

      • REDDINGTON

        Meu pai tem uma vermelha SRX. Entra mais poeira que as outras 3 que ele teve. Fora isso é mais macia, mais silenciosa, mais confortável na frente e atrás, melhorou a dirigibilidade de um modo geral. É isso. Não sei de defeitos ou quebras prematuras ainda não.

  • صورية بن ساعد

    Fantástico

  • Diego HONORATO

    Frontier Gourmet, com traseira de pampa e frente de Sprinter europeia. E aposto que vai ter uma penca de gente pagando 60.000 a mais que a Nissan só pela estrelinha na frente

  • Costarlc

    Na verdade será uma pick-up Renalt/Nissan/Mercedes, com preço mais elevado em virtude do acabamento, além de outro custo elevado de manutenção do padrão Mercedes, fazendo a Amarok parecer Saveiro ao seu lado em custo benefício. É isso?

  • RFGV

    Briga de gente grande! Os japa vão ter que rebolar agora…

  • Antonio Carneiro

    Preparemo-nos para alguns acidentes de relativa proporção nas estradas.

  • Miguel

    Mesmo sendo Mercedes, achei horrível, bem mais ou menos…
    Por dentro e por fora não gostei de nada!

  • Aécio Henrique

    E a Toyota? Vai ficar calada?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email