Para que serve a válvula termostática?

Para que serve a válvula termostática?

A válvula termostática faz parte do sistema de arrefecimento do motor, que é um dos mais importantes de um veículo. Ele é essencial para que o motor funcione em temperatura adequada, evitando assim superaquecimento e danos catastróficos ao propulsor.


Mas, um item é essencial nesse conjunto e se trata de uma válvula. Afinal, para que serve a válvula termostática?

Um motor refrigerado a água precisa trabalhar numa determinada faixa de temperatura. As explosões na câmara de combustão geram uma energia térmica muito elevada e é necessário que haja uma troca de calor entre cabeçote/bloco e o ar atmosférico.

Neste último caso, a válvula termostática é o dispositivo que fará toda a diferença no equilíbrio entre esses dois pontos. A válvula termostática consiste em um dispositivo térmico localizado entre radiador e motor, geralmente próxima do primeiro.

Ele permite ou não a livre circulação de água do sistema de refrigeração do motor dentro do radiador. Ela utiliza uma cera expansiva que, em temperaturas mais altas, aumenta seu volume e empurra um pino de passagem, tensionado por uma mola.

Com esse movimento, o pino permite a passagem da água do motor para o radiador.

Leia também: qual é a diferença entre carro 8 válvulas  e 16 válvulas

Para que serve a válvula termostática?

Para que serve a válvula termostática?

Então, para que serve a válvula termostática? A válvula termostática tem como função permitir que a troca de calor ocorra entre motor e a atmosfera através do radiador.

Em níveis de temperatura mais baixos, a água ou líquido de refrigeração circula dentro das galerias do bloco e do cabeçote, permitindo aquecimento até o nível adequado de funcionamento.

Esse pré-aquecimento é rápido e necessário para que o motor possa funcionar numa temperatura adequada. Só então, a partir de 90° C, é que geralmente a válvula termostática entra em ação, deixando que o radiador possa fazer uma troca de calor do líquido de arrefecimento, retornando este para o propulsor em temperatura mais baixa.

Calibrada para determinada faixa de temperatura, quando esta abaixa, a válvula termostática se fecha novamente. Mas, por que ela não fica aberta direto? Se isso acontecer, a temperatura do motor nunca atingirá a faixa adequada de funcionamento e isso prejudicará seu desempenho e consumo.

Num carro com injeção eletrônica, a válvula termostática travada aberta obrigaria o sistema a enriquecer a mistura ar-combustível e isso acarretará em falhas, bem como consumo elevado e alto índice de emissão de poluentes. Se ficar fechada, então, ocorre o contrário.

Com a passagem sempre fechada, o motor irá superaquecer, podendo queimar a junta de cabeçote e outros componentes mecânicos. Por isso, é fundamental que qualquer alteração na temperatura do motor, um dos itens que devem ser verificados é a válvula termostática.

Para que serve a válvula termostática?

Este dispositivo possui temperaturas pré-determinadas, então, em caso de substituição, a nova válvula termostática tem que ter a mesma indicação de temperatura da anterior.

Normalmente, ela inicia a abertura por volta de 80°C e fica completamente aberta aos 95°C.

No passado, quando os carros eram carburados, muitos trocavam a válvula própria para álcool por gasolina, pois, a temperatura inicial de abertura era menor que no caso do combustível vegetal, evitando assim que o motor superaquecesse.

Obviamente, isso alterava bastante o funcionamento do motor e para o lado negativo.

Para que serve a válvula termostática?

Existem dois tipos de válvula termostática. A primeira é do tipo By-Pass – que possui uma flange com mola, como descrito acima – ou Refil, onde a válvula é inserida dentro de uma carcaça de plástico ou alumínio, podendo ser substituída de forma rápida.

Nesses dois casos, o processo de abertura é termomecânico. No caso da chamada eletroválvula, esta possui acionamento elétrico através de sensor de temperatura da água. Em carros abastecidos com 100% de gasolina, a abertura ocorre aos 97°C.

No caso do etanol, a temperatura de abertura da válvula é de 100°C.

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.