*Destaque Elétricos Mercado Preços

Paranaense Hitech Electric inicia venda de carros elétricos a partir de R$ 44.890

hitech-electric-2 Paranaense Hitech Electric inicia venda de carros elétricos a partir de R$ 44.890

A empresa paranaense Hitech Electric iniciou a comercialização de veículos elétricos de baixa performance. A gama é composta pelos modelos e.coTech2 e e.coTech4, que custam respectivamente R$ 44.890 e R$ 49.890. Além disso, a empresa comercialização ainda dois modelos de caminhão leve elétrico, chamados e.coCargo e e.coTruck.



Os dois modelos da Hitech possuem velocidade máxima entre 50 e 60 km/h, bem como autonomia de 120 km rodando com média de 35 km/h. O tempo de recarga para bateria de gel é de 6 a 8 horas, enquanto a de íons de lítio é feita em 30 minutos. Os e.coTech2 e e.coTech4 possuem duas ou quatro portas, podendo levar de duas a quatro pessoas. No Paraná, o custo da recarga é de R$ 4,50.

hitech-electric-3 Paranaense Hitech Electric inicia venda de carros elétricos a partir de R$ 44.890

Com foco no uso urbano e também em áreas fechadas, como condomínios, instalações industriais e parques, os Hitech e.coTech2 e e.coTech4 vem com freios a disco nas quatro rodas de liga leve e podem contar com ar-condicionado, som com USB/SD e airbag duplo.

Para a comercialização, a Hitech Electric está ampliando a rede de revendedores pelo país, através da qual pretende vender mil unidades até o fim de 2018.

hitech-electric-1 Paranaense Hitech Electric inicia venda de carros elétricos a partir de R$ 44.890

Fundada por Rodrigo Contin, engenheiro mecânico e chefe de equipe da Hitech Racing de Fórmula 3 desde 2009, a Hitech Electric tem sede em Pinhais, região metropolitana de Curitiba. A empresa firmou parcerias com bancos para financiamento e também com uma seguradora. Os dois modelos são importados da China, onde a Hitech fez um acordo com dois fornecedores. De acordo com a marca, a economia média anual em combustível é de R$ 10.000 e o retorno do investimento em 36 meses.

[Fonte: Revista PEGN/Hitech]

Agradecimentos ao Ricardo Piquet.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • Raphael Caprioli Peloi

    bela iniciativa!! Parabens!!

    • th!nk.t4nk

      Uma espécie de Renault Twizy mais simples. Se for projeto nacional (nao ficou claro), merece parabéns pela iniciativa mesmo. Se tivesse um apoio decente do BNDES *ou* condiçoes melhores pra empreender no país, sairia algo ainda melhor e com fabricação em solo nacional.

  • GMM

    São estes incentivos que o BNDES deveria apoiar, não ter abarrotado os cofres do sr Joesley

    • vicegag

      É que para o Joesley, algum do emprestado, acaba “voltando”, para as mãos dos corruptos.

    • Raul Pereira

      Espera sentado, quando saírem as coisas do BNDES vamos ver que ele só usava a nossa grana pra financiar os já muito ricos enquanto projetos assim (que poderia fazer nossa republiqueta de bananas para de exportar só commodities) vão pra fila do “legal, vamos dar uma olhada e daqui 3 anos damos uma resposta”

    • Marco Antônio

      BNDES não deveria nem existir.

    • Rodrigo

      NÃO MEU CARO, O BNDES NÃO PODE SER USADO PRA ISSO.

      BNDES – BANCO NACIONAL DO DESENVOLVIMENTO, não pode financiar importação, isso seria um desvio de finalidade. O BNDES tem como finalidade incentivar e desenvolver atividade econômica no (BRASIL)

      Sou empresario, tenho credito disponível no BNDES, e não usei justamente pelos impedimentos a finalidade de uso, eu não posso comprar equipamento importado com índice de nacionalização que não se enquadra nas regras do BNDES, quanto mais um veiculo com 0% de nacionalização.

      Oque o PT fez com o BNDES foi um desvio de finalidade para os amigos do chefe, que os retribuíam com propina.

      • Roger Bersch

        Exatamente por falta de incentivo o negócio é importado.

      • ALVIN_1982

        E o Porto de Cuba, pode?

        • Rodrigo

          Prezado, isso é um crime de um governo corrupto, desesperado por dinheiro e de empresários igualmente vigaristas.

          As regras de uso do BNDES são bem rígidas, sê trata de (dinheiro publico). O empresario não tem acesso direto ao dinheiro, o BNDES paga diretamente ao seu fornecedor como exemplo, fornecedor de maquinas, matéria prima, serviço, etc… assim o banco garante que o dinheiro será investido na empresa.

          Essa suruba com dinheiro publico, foi concedida apenas aos pagadores de propina do governo.

  • Rafael rafael

    Parabéns aos idealizadores!!!

  • Wolfpack

    Qual a diferença para um carrinho de golf? Importar da China e montar o lego qquer um faz e a segurança destes veículos?

    • arzanette

      lógico que e para uso urbano ….. vc nao vai andar na br 101 com um veiculo como este….

      • Marco Antônio

        Falta 5 estrelas nos testes de impacto.

    • Daniel

      Foi o que pensei. Só botaram portas, retrovisores, etc. para ser homologado para as ruas. E se é para uso urbano, a velocidade maxima não pode ser menor que a velocidade das vias. Com velocidade maxima entre 50 e 60 km/h vai é atrapalhar o trânsito.

      • Luccas Villela

        Em SP todas as vias são com limite de 50km/h. Excetuando-se as pistas locais das marginais que são 60km/h e a Avenida 23 de Maio e a pista expressa das marginais que chega-se a 90km/h. Pra um trânsito urbano, esse de 60km/h tá ótimo.

      • Roger Bersch

        A velocidade mínimo permitida pela legislação é de 50% da máxima, ou seja, tá liberado.

    • Douglas

      Sem falar nessa autonomia ridícula de 120 km.

      • th!nk.t4nk

        Aqui na Europa tá cheio de Twizy, um carrinho semelhante a esse aí. Também tem baixa autonomia e anda devagar, mas é ótimo para andar pelo centro histórico das cidades ou substituir uma moto. Quantas pessoas andam mais de 120 km dentro das cidades, diariamente? E sem nenhuma parada? São só 30 minutos pra recarregar a bateria de lítio. Dá pra rodar 120 km durante a manhã, recarregar durante o almoço e rodar mais 120 km à tarde, se for o caso (mas nem é essa a proposta do carrinho).

        • Rodrigo

          Twizy é enquadrado na Europa como quadriciclo. (cheio de limitações de uso)

          Essa coisa ai, que não tem 10% da segurança do Twizy, poderá ser utilizada até em rodovias no Brasil.

    • Roger Bersch

      0 estrelas, igual o Onix.

    • Rodrigo

      Eu também não entendi os “parabéns”.

      será que ele colocaria a sua família dentro dessa caixa de fosforo sem qualquer segurança.

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Show, com o passar do tempo com mais investimento, poderia se ampliar a autonomia pra 200 km pelo menos e velocidade de até 100 km/ h, e mudar o design, talvez um design parecido com o Tata Nano.

    • Yuri Calmon

      Ou seja : fazer outro carro !

  • Alexandre

    Achei muito interessante os dados de custo do carro. Usaria para ir para o meu trabalho com certeza. Só falta um pequeno incentivo do governo para reduzir os impostos e o custo já valerá muito mais a pena que qualquer “popular” das grandes montadoras ou ainda o transporte urbano (infelizmente). Eu vejo este nicho de pessoas que só querem um carro para ir e voltar do trabalho muito promissor.

    • Guilherme Batista

      Também pensei no uso para o trabalho, mas no meu caso ele precisaria alcançar pelo menos uns 80 km/h pois pego vias rápidas no caminho e ficar a 60 por hora nesse carro que não me parece ser muito seguro pra estrada não iria rolar.

      Tomara que façam um modelo desse tipo em breve

      • Daniel

        O Gurgel Itaipu de 73 tinha maxima de 50km/h e autonomia entre 60 e 80km!!!!

        Estamos falando de um carro projetado por um engenheiro brasileiro a qse meio seculo atras! (E era mais bonito! :P)

        • Guilherme Batista

          Bem lembrado, pena que na época não teve incentivo

  • sigma7777777

    Estava empolgado no início da leitura achando que fosse uma solução nacional, mas ao final parece que é mera importação, ou estou enganado?

    • Raul Pereira

      É fabricado lá, só. Projeto e empresa são daqui.

      • Daniel

        Pelo que diz a reportagem, dá a entender que é só importação.

    • Marcio Almeida

      Não entendi também, mas se o projeto for nacional mas uma vez demonstra a capacidade de não sermos competitivo com o mercado global

  • Raul Pereira

    Ah, se nosso país fosse menos atrasado, corrupto e favoritista. Projetos assim poderiam ter incentivo, transformar isso em um carro de produção, colocar segurança e melhor engenharia no projeto… um sonho distante.

    • invalid_pilot

      Se essa fábrica começar a fazer sucesso, o Cartel Anfavea faz lobby pra dificultar a vida desses caras.

      • Raul Pereira

        Certeza, bem capaz de termos um ‘incêndio inesperado’ no depósito hahahaha

  • Elfo Safadão.

    Corre Nanico, a concorrência tá braba.

  • DrG

    Torcendo pela empresa, que se desenvolvam! Parabéns aos donos pela coragem de empreender nesse setor no Brasil

  • Diogo Augusto

    Achei muito legal a iniciativa, espero que vendam e cresçam mas… que carro feio!!

    • Marcio Souza

      Beleza não é o chamariz dele (por enquanto) e sim a economia.

  • Gustavogm

    Ótima notícia, mas como estamos na internet e criticar é preciso… Precisava ser tão feio?

  • Mr. Car

    Por este preço, eu compro um carro de verdade, he, he! E dá até para levar um 0 km.

    • Marco Antônio

      E de preferencia queimando combustível fóssil.

    • Marcio Souza

      Me fala onde vc compra com 45K um carro de verdade….rs

      • Mr. Car

        Na concessionária, he, he!

      • Douglas

        Aqui na minha cidade estão anunciando o Ka SE por 40 mil.
        É um carro simples, mas bem melhor que esse ai.

        • Luccas Villela

          100 reais de etanol pra rodar 400m, nesse outro você roda 400km com 20 reais. Tem uma diferença enorme né?

          • Douglas

            Com o Ka posso viajar para longe, além de ter mais segurança.
            Isso ai é um carrinho de golfe com portas.

            • Luccas Villela

              Tô longe de ser eco chato, mas se você mora numa casa com dois carros, esse pode ser muito bem um carro urbano para o dia a dia, com a economia que fará com esse elétrico, compra um Ka Sedan 1.5 e terá um carro que enfrentará bem viagens e outro para usar no dia a dia da cidade com trânsito parado. EU apostaria nisso. Como único carro? talvez, visto que que alugar carros hoje em dia é bem fácil.

              • Se vc viaja de vez em quando, com um elétricozinho na garagem pode andar na cidade gastando o mínimo, e quando for viajar, terá economizado para alugar um Fusion ou um Volvo V60 e ainda estará mais seguro.

            • Adriano Lius II

              Boa, prefiro trabalhar mais pra pro etanol , e andar num carro, pq isso ai não é carro… ainda estou procurando algum adjetivo menos ofensivo para dar a essa carruagem elétrica.

  • eeucomisso mano

    Eu já vi um desses de 04 lugares em exposição. Olha, não é querer desanimar, mas para ficar razoável tem que melhorar muito.

  • DinhoRoxxx

    Para mim é um carrinho de golfe com portas e preço de carro de verdade. Parabéns pela iniciativa e sucesso no negócio

  • Márcio Motta

    lembrei do desenho da quadrilha maluca.

  • Marco Antônio

    isso não é um carro.

    • Tosca16

      O mais vendido do país deve ter a segurança igual ou até pior…

      • Marco Antônio

        Estou cagando pro líder. Mas isso ai não é um carro.

        • Tosca16

          Cara, para uso em ambientes fechados tá de excelente tamanho… eu usaria de boas num parque ou bairro, não pegaria uma marginal mas um trecho urbano num bairro rodaria de boas.

          • Marco Antônio

            kkkkkk eu entendo que tenha seu uso. Embora eu não goste de carros por sua utilidade, mas pelo que representam sentimentalmente. Se for pra ser utilitarista eu ando de ônibus, metrô, compro uma bike. Abraços.

            • Tosca16

              Transporte público ? BR ? Nem se for a última opção kkkk

              • Marco Antônio

                kkkkkkkkkkk neée??

    • Ludwig

      É o quê então? um submarino?

      • Douglas

        Carrinho de golfe.

      • Marco Antônio

        Sei lá oque é.

    • Rodrigo

      Marco Antônio, esse “Tosca16” nem mesmo sabe oque está falando.

      Isso não é um carro, é um (quadriciclo on-road) em qualquer país minimante responsável e provavelmente será licenciado dessa forma no Brasil

      O Renault Twizy vendido na Europa, é o (quadriciclo on-road) mais seguro que tenho conhecimento, e mesmo assim recebeu apenas 2 ESTRELAS em teste (especifico para quadriciclos). COMPARAR ESSA COISA DA MATÉRIA COM UM AUTOMÓVEL, É DE UMA IGNORÂNCIA MONUMENTAL.

      Como já disse aqui esse cidadão “Tosca16” é nada mais que um HATER, pra esse tipo de pessoa pouco importa a logica, o importante é discordar, mesmo que não tenha argumentos para tal.

      • Marco Antônio

        Pois é, só de ver eu sabia que não era um carro. Tava na cara, e obrigado por valiosas informações ditas. Agora eu sei que é um quadriciclo on-road. Vlw.

  • Sergio Quintela

    Economia por economia, melhor comprar uma bicicleta elétrica.

    • th!nk.t4nk

      E morrer atropelado no trânsito brasileiro? Tenho vários colegas que aderiram à moda de largar o carro e ir pro trabalho de bike. Um já se acidentou duas vezes, mas escapou com sorte. O outro nao deu tanta sorte, quebrou a perna e chegou a perder a memória por um tempo.

  • Pipo pipo

    Velocidade não permite uma utilização normal. A autonomia não seria um problema embora fosse desejável em torno de 200km. Existe pelo menos uma empresa no Brasil que converte carros a combustão para elétrico por aproximadamente R$ 30.000,00. Fica a dica para uma matéria desse tipo aqui no NA.

  • Ricardo

    Futuramente só esses carros deveriam ser permitidos nos centros das cidades!

  • Marcio Souza

    Vida longa e próspera a essa empresa e que sirva de inspiração para outras. Nosso país está carente de iniciativas assim.

  • Adriano Cardoso

    Que bixo estranho !

  • zekinha71

    Coisa feia, cara pra carvalho e ainda é importada da china, bela porcaria, mais que não vai dar em nada, como o Obvio e tantos outros.
    Pra fabricar carros tem que começar contratando designers, e não administradores cortadores de custos, daí sai essas coisas caras que ninguém nem pensam em ter.

  • Austin&Katya

    Bati o olho rápido pensei que fosse um banheiro químico

    • ####Carlao GTS

      Tirou. Kkkkkk

    • Adriano Lius II

      o melhor comentário, vou rir ate 2022 , kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Flavio Bongiovanni Ferreira Li

    Adorei a ideia e tudo mas o design parece mais um banheiro químico rs….

  • MarcioMaster

    Tem um monte aqui dizendo que esse carro de golf é legal e em outros post fala de segurança e crash test, vai entender.

  • Yuri Calmon

    “com freios a disco nas quatro rodas” Precisa disso ?
    Os dois modelos da Hitech possuem velocidade máxima entre 50 e 60 km/h

    • th!nk.t4nk

      Tudo depende do custo. As bicicletas de médio custo têm freio a disco nas 2 rodas, por exemplo. Dependendo das exigências de projeto, o custo baixa muito e acaba compensando.

  • ####Carlao GTS

    Seríssimo. 7 mil.

  • Isso é pra que, campos de Golf?

  • Douglas

    Quem vai querer um carrocom autonomia de 120 km e que não passa de 60 km/h?
    Deveriam trazer o e-Up!, isso sim.

    • Alexandre

      Tem que abrir a mente colega. Eu utilizaria, e muitas pessoas que pagam muito mais para ir de carro próprio ou transporte público. Esta velocidade atende 90% das áreas urbanas com tranquilidade.

  • Luccas Villela

    Bom hein? 50 mil reais num carrinho que anda a 60km/h, é diferente e engraçadinho no desing, deve render pelo menos 100km com 4,50 reais… SENSACIONAL. Teria sim, da pra andar até na pista lateral das marginais. Com ar condicionado, compraria fácil.

    • Douglas

      Ele tem ar-condicionado

  • Victor Hugo

    Não gostei. Feio, aparentemente inseguro, as dobradiças do lado de fora, autonomia baixa. E ainda é caro… um brinquedo desses poderia ser vendido pela metade do preço.

  • Alisson Bona

    Vi muito destes nos estados unidos, usados como neighborhood cars em bairros e condomínios. mas estes veículos tem espaço em shoppings, aeroportos, resorts, clubes, entregas em locais próximos. Vi tanto elétricos, quanto movido a motor monocilíndrico.
    Porem os que eu vi la não tinha nem airbag nem ar condicionado.
    Lembrando que aqui no brasil esta sendo usado muito um triciclo com motor de 125cc que tem mesma função e velocidades que este tipo de equipamento.

  • Bikudin

    Muito bom, parabens, mas acho q estou meio por fora, ja esta liberado rodar com carros elétricos no Brasil?

  • Vinícius

    Creio que a plataforma utilizada foi carros elétricos para golf. É uma bela iniciativa, mas para vingar, um design melhor deve ser adotado e se, com esta autonomia, conseguir fazer o veículo andar a 100 km/h, ou, no mínimo, a 80 km/h, terá uma boa aceitação dentro da proposta do carro. Beleza não põe mesa, mas aumenta a vontade de comer. Gostei muito da proposta de veículos de 02 lugares é um nicho de mercado interessante, já que a maioria dos carros no trânsito tem apenas o motorista como ocupante, se tiver um preço bom, será uma ótima opção para ser o segundo ou terceiro carro da família.

  • VaeVictis

    crash test? kkkkkkk

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Mais um daqueles projetos sem presente e sem futuro que o pessoal passa a mão na cabeça por ser “nacional”.

  • Cláudio Lima

    Achei que seria projeto nacional, nas no final da reportagem diz que são importados da China .

  • Vattt

    Um carro de golf bem feio!!!

  • Ibrahim Shehata

    Que bicou é esse?!!! Prefiro andar a pé, é mais saudável……….

  • Martini Stripes

    Basicamente um carrinho de golf modificado….

  • Wendel Cerutti

    Por um momento , achei que seriam nacionais ………..

  • hinotory O

    Que decepção… Parece que saiu de um filme do Charlin Chaplin.

  • Adriano Lius II

    Ai vc pega os modelos importados e compara com os Brasileiros, poderiam estudar design pelo menos. Nem Carro esse Brasil podre sabe fazer. Eu não pago nem 10 mil nessa coisa horrível. Prefiro fazer umas horas extras e por etanol no meu civic 2017.

  • Feionho mais o de duas portas com bateria de lítio se não fosse tão caro daria pra ir numa boa para o trabalho todos os dias.

  • Rodrigo Rios

    Por que carro elétrico tem que ser feio?…

  • Era só o que faltava, carrinho de golf por 50mil, aff.

  • Hugo Barbosa

    Parece um banheiro químico.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend