PCD: MP acaba com isenção de IPI para carros acima de R$ 70.000

A Presidência da República assinou uma Medida Provisória número 1034 na noite de 1 de março de 2021, limitando de forma imediata a isenção de IPI para carros até R$ 70.000.

Na prática, isso acaba com o benefício para quem tem deficiência física e quer um veículo acima desse patamar limite, que existe no país desde 2009. Para aqueles que já tiveram os processos iniciados antes dessa data, continua valendo a isenção sem limite de valor.


Assim como o ICMS, agora o IPI fica barrado nos R$ 70.000, fugindo bem da faixa onde players como Jeep Renegade, VW T-Cross e outros, atuam forte no segmento.

A ação do presidente Jair Bolsonaro visa compensar a União dos benefícios que serão concedidos ao óleo diesel, de modo a reduzir os custos dos fretes e evitar uma greve nacional dos caminhoneiros.

Na MP, fica liberada a venda do veículo após dois anos, mas a compra de um novo carro com incentivos fiscais para PCD, somente em quatro anos.

Com a medida, as vendas de SUVs devem ser afetadas, visto que modelos como Renegade e Compass tem um enorme percentual de vendas relacionadas com essa categoria.

Já para quem busca a isenção plena no limite de R$ 70.000, as opções PCD estão ficando cada vez menores. Nos SUVs, apenas Nissan Kicks, VW T-Cross, Jeep Renegade e Chery Tiggo 2 permanecem, visto que o Ford EcoSport morreu.

A má notícia é que a GM havia refeito as contas e trouxe de volta o Chevrolet Tracker PCD (veja aqui Chevrolet tem ofertas com descontos de quase R$ 94 mil para PCD), o que aconteceu em novembro. Porém, num lote limitado e hoje já não está disponível novamente.

Para quem não consegue um carro mais alto, terá ainda algumas opções de hatches e sedãs com transmissão automática, mas devemos lembrar que Ka e Ka Sedan também saíram de cena, reduzindo assim a oferta.

Com a alta dos preços, logo as marcas começarão a criar versões peladas de carros mais simples para poder se encaixar nesse limite…

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.