PCX 2020: detalhes, preço, motor, ficha técnica, etc

pcx 2020 1

A Honda PCX 2020 foi um ano/modelo da então scooter mais vendida do país, sendo ainda hoje um player importante no mercado de duas rodas no Brasil.


Produzida em Manaus, a PCX é um modelo de foco urbano com motor de 150 cilindradas que tem no design e nas cores, um atrativo importante para os condutores.

Além disso, agrega ainda tecnologias, como Idling Stop-Go, que é o desligamento automático do motor, assim como conjunto ótico de LED.

Tem ainda partida com sensor de aproximação, carregamento de smartphone por fonte 12V, bagageiro interno com 25 litros e sistemas de freios CBS ou ABS.

Como rival, a Honda PCX tem a Yamaha NMAX 160 ABS, Dafra Cruisym 150 e Haojue VR 150, além de outras marcas menores.

PCX 2020 – novidades

pcx 2020 2

A Honda PCX 2020 chegou ao mercado com novidades em grafismos e cores, sendo oferecida em quatro versões PCX CBS, PCX ABS, PCX DLX e PCX Sport.

Ela foi atualizada na linha 2019 com facelift que trouxe farol de LED com luzes diurnas em LED, bem como lanterna em LED.

Na ocasião, também foram alterados alguns parâmetros da suspensão, de modo a dar mais conforto e estabilidade à moto, assim como regulagem de pré-carga do amortecedor traseiro em três níveis.

Com calibração da suspensão revisada, a Honda PCX ficou bem mais ágil e confortável durante a condução.

A Honda PCX CBS vem na cor azul perolizado, enquanto a PCX ABS dispõe da cor cinza metálico.

pcx 2020 3

Na versão Sport, a cor mescla prata com tons de azul e preto, enquanto a DLX era branco perolado com tons de bordô e marrom.

Com painel digital, a Honda PCX tem ainda compartimento no escudo, fonte 12V, faróis e lanterna full LED, carenagem integral e rodas de liga leve aro 14 polegadas.

Ela também com discos de freio ventilados nas duas rodas, exceto na versão PCX CBS, cujo freio traseiro é a tambor com 110 mm.

Seu motor monocilíndrico de quatro tempos é refrigerado a água e com comando OHC no cabeçote, contendo duas válvulas por cilindro.

Ele entrega 13,2 cavalos a 8.500 rpm e 1,38 kgfm a 5.000 rpm, tendo assim câmbio automático do tipo CVT com correia e polias.

Com injeção eletrônica, o motor de 149,3 cm³ é abastecido somente com gasolina, cujo consumo médio é de 40 km/l, muito em parte ajudado pelo desligamento automático do motor com a moto parada no trânsito.

PCX 2020 – detalhes

pcx 2020 4

A Honda PCX 2020 tem farol duplo de LED, mas com facho alto em lâmpada comum, dispondo ainda de luzes diurnas em LED, que se elevam pelo escudo frontal e incorporam repetidores de direção.

Na parte superior, um para-brisa de acrílico fumê dá um destaque extra ao visual da PCX, envolvendo e protegendo o painel 100% digital com velocímetro e nível de combustível, além de computador de bordo.

Luzes-espia ficam na parte externa do conjunto, nas extremidades do painel. O guidão tem acabamento cromado, mas é feito em aço, com dois reservatórios de fluido de freio (exceção versão CBS).

Com manoplas ergonômicas e manetes de aço, o guidão tem ainda acelerador, buzina, piscas, farol, pisca-alerta, corta-corrente e o Idling Stop-Go, o desligamento automático do motor.

Na parte interna do escudo, há um botão giratório de partida, uma vez que a PCX tem chave presencial que permite apenas girar a “chave” na moto.

Ao lado desse comando de ignição, há um botão misto para destravamento do assento e também do bocal do tanque, que é interno e tem oito litros.

No lado oposto, há uma tampa para acesso ao carregador de 12V e do smartphone que esteja sendo carregado.

Com carenagem completamente envolvente, a PCX tem banco em dois níveis com tons diferentes de acordo com a pintura escolhida.

O passageiro tem alças traseiras estilizadas, assim como as pedaleiras retráteis de design aerodinâmico e estiloso.

A lanterna traseira em LED incorpora também os repetidores de direção, enquanto o para-lama tem iluminação própria da placa e refletor.

A suspensão traseira tem braço oscilante com amortecedores e molas com três ajustes de pré-carga, enquanto a balança tem roda de liga leve aro 14 polegadas com pneu 120/70-14.

O freio tem tambor de 110 mm com barra de estabilização na versão PCX CBS, enquanto as demais versões possuem disco ventilado de 220 mm com sistema ABS e pinça de pistão único.

Do outro lado da balança, fica o conjunto propulsor com correia de borracha e polias variáveis, que são conectadas diretamente ao motor, na base do braço oscilante.

Em lado oposto, o motor possui uma ventoinha num pequeno radiador de água para refrigeração do propulsor.

Fixo, o conjunto sustenta ainda o silencioso volumoso e estilizado do escapamento. No outro lado, fica o sistema de gerenciamento de partida do Idling Stop-Go.

Também ficam no mesmo lado o pedal do cavalete central e do descanso lateral, quase oculto dentro da carenagem envolvente.

Na frente, a PCX tem para-lama envolvente na roda de liga leve aro 14 polegadas, calçada com pneu 100/80-14, que sustenta disco de freio com 220 mm e área ventilada, tendo pinça de dois pistões e sistema ABS.

A bangala da suspensão é protegida na parte superior pela carenagem envolvente, a mesma que apresenta apoios para os pés do piloto em duas posições, sendo uma voltada mais para passeios longos ou viagens.

Sob o assento, há um bagageiro para 25 litros de volume, abrigando um capacete, mochila e até capa de chuva.

Versões

pcx 2020 6

A PCX 2020 aproveita a oferta no mercado para dispor de quatro versões, atendendo assim quem não pode ou não quer os freios ABS, assim como não se importa em ter um freio traseiro a tambor, nesse caso.

  • Honda PCX 150 CBS
  • Honda PCX 150 ABS
  • Honda PCX 150 DLX ABS
  • Honda PCX 150 Sport ABS

Equipamentos

pcx 2020 9

Honda PCX 150 CBS – Motor de 150 cilindradas e câmbio CVT, mais rodas de liga leve aro 14 polegadas, pneus 100/80-14 dianteiro e 120/70-14 traseiro, freios a disco ventilado na roda dianteira e tambor na traseira, freios CBS, faróis de LED, lanterna em LED e luzes diurnas em LED.

Partida elétrica com chave presencial, abertura elétrica do assento e do bocal do tanque, bagageiro interno, retrovisores ajustáveis, painel digital, descanso lateral, cavalete central, pisca-alerta, corta-corrente, assento retrátil e carenagem envolvente.

Honda PCX 150 ABS – Itens acima, mais freio traseiro a disco ventilado, sistema de freios ABS e reservatório adicional de fluido de freio.

Honda PCX 150 DLX ABS – Itens acima, mais cores destacadas.

Honda PCX 150 Sport ABS – Itens acima, mais tonalidade chamativa.

PCX 2020 preço

pcx 2020 7

Qual o valor da PCX ano 2020?

A PCX 2020 chegou com quatro versões com preços diferentes, com exceção das PCX Sport e DLX, com valores maiores e iguais.

Essa proposta de diferenciação é típica da Honda, que faz o mesmo com outros modelos, como a CG 160 e a CB 250 F.

Os preços na época eram competitivos e a CBS era a mais barata por não ter o sistema ABS, assim como não dispor de freio traseiro a disco.

Em outros modelos, a diferença fica mais para a composição das cores, ainda que a linha CG 160 tenha enorme diferença entre as versões Fan e Titan, tendo ainda a Cargo.

A PCX, no entanto, aposta no luxo e na sofisticação para compor sua gama de versões e preços.

Qual é a PCX mais barata? É o modelo PCX 150 CBS, conforme lista abaixo:

  • Honda PCX 150 CBS – R$ 11.990
  • Honda PCX 150 ABS – R$ 13.190
  • Honda PCX 150 DLX ABS – R$ 13.590
  • Honda PCX 150 Sport ABS -R$ 13.590

PCX 2020 – motor

pcx 2020 8

O motor da PCX 2020 é um monocilíndrico de quatro tempos com refrigeração líquida e duas válvulas no cabeçote (OHC), com 149,3 cm³.

Esse propulsor é o mesmo encontrado na Honda ADV, sendo essa scooter, uma prima da PCX.

Com diâmetro x curso do pistão de 57,3 mm x 57,9 mm, o propulsor movido a gasolina tem taxa de compressão de 10,6:1.

Dotado de injeção eletrônica e radiador de água lateral, o motor entrega 13,2 cavalos a 8.500 rpm e 1,38 kgfm a 5.000 rpm.

O câmbio é automático tipo CVT com correia em borracha e polias de aço variáveis, além de sistema de desligamento automático do motor.

Com a moto parada e engatada, o propulsor da PCX é desligado e religado assim que o freio combinado é solto.

Isso garante menor consumo de gasolina, diante dos semáforos fechados nos grandes centros.

Já o câmbio CVT permite linearidade de funcionamento e conforto ao acelerar, além de manter o giro na melhor faixa de atuação com eficiência.

Desempenho

pcx 2022 4

PCX 2020 DLX

A PCX 2020 é uma scooter ágil que permite condução urbana agradável, sem perda de ritmo ou vacilos nas retomadas.

Com aceleração linear por causa do CVT, garante excelente desempenho e economia.

  • Honda PCX 150 – 0 a 100 km/h – 17,6 segundos
  • Honda PCX 150 – velocidade máxima – 110 km/h

Consumo

Honda PCX 150 2019 3

No consumo, a PCX 2020 é uma motocicleta com bom comportamento na eficiência energética, tendo consumo urbano de 35 km/l e no rodoviário em 45 km/l.

Deve-se considerar a média de 40 km/l, mas a própria Honda diz ser possível fazer 47,5 km/l no dia a dia.

  • Honda PCX 150 – urbano – 35 km/l
  • Honda PCX 150 – estrada – 45 km/l

PCX 2020 – manutenção e revisão

pcx 2020 10

A PCX 2020 tem plano de manutenção com três revisões obrigatórias na cobertura da garantia de três anos sem limite de quilometragem.

Após as três revisões pagas, o proprietário tem direito a sete trocas de óleo gratuitas na rede Honda Motos, mesmo fora da garantia.

Nas revisões, são verificados freios, suspensão, parte elétricas, pneus, líquido de refrigeração, fluido de freio e também lubrificação de componentes móveis.

São efetuadas trocas de óleo do motor, filtro do óleo, vela, líquido de refrigeração, fluido de freio, entre outros.

Também são feitos serviços de troca de itens de desgaste natural, tais como pastilhas de freio, lona de freio, amortecedores e molas, lâmpadas e LEDs, retrovisores, pneus, entre outros.

Na rede Honda Motos são feitos ainda montagem de rodas e pneus, pintura de peças e componentes, recall, venda de acessórios, venda de vestuário exclusivo e de equipamentos de segurança, como capacetes, por exemplo.

Concorrentes

Yamaha NMAX 160 ABS

A Yamaha NMAX 160 ABS 2020 foi uma rival da PCX 2020 e custava na época R$ 16.225. Com visual sofisticado e bem verticalizado, a scooter da marca japonesa é bem interessante.

Equipada com motor monocilíndrico de quatro tempos com refrigeração líquida, a NMAX tem seu propulsor com cabeçote SOHC, mas com quatro válvulas por cilindro e injeção eletrônica.

Mais forte que a PCX, a NMAX tem comando de válvulas variável (VVA), entregando 15,4 cavalos a 8.000 rpm e 1,40 kgfm a 6.500 rpm, tendo 155 cm³ e câmbio automático CVT por engrenagens.

Seu tanque é menor, com 7,1 litros, mas vem com dois faróis de LED, lanterna em LED e chave presencial com partida remota.

A NMAX 160 ABS tem ainda freios ABS a disco nas duas rodas com 230 mm, painel digital, Start&Stop, fonte 12V com porta-objetos e bagageiro sob o assento, comportando um capacete grande.

A bordo, tem ainda apoios de pés em duas posições, assim como o passageiro tem pedaleiras retráteis.

Haojue VR 150

haojue vr 150 fi 2020

A Haojue VR 150 Fi 2020 foi lançada no mercado como uma rival da PCX 150 e chegou custando apenas R$ 9.740.

O preço bem menor era um diferencial importante, ainda que a scooter fosse mais clássica que o conceito italiano das PCX e NMAX.

Seu motor monocilíndrico de quatro tempos é refrigerado a ar e com exatos 150 cm³, tendo comando DOHC e entregando apenas 10,8 cavalos a 7.000 rpm e 1,17 kgfm a 5.000 rpm.

Com câmbio automático CVT por corrente, a VR 150 trazia um conjunto ótico volumoso na frente, mas apenas a lanterna traseira era em LED.

Outro diferencial eram as rodas menores, com aro 12 polegadas na frente e 10 polegadas atrás, calçadas com pneus 90/90-12 e 100/90-10, respectivamente.

Com freios combinados, a scooter da Haojue chega a ter partida por pedal, além da elétrica.

Seu tanque tem 6,44 litros e há um baú sob o assoalho onde cabe um capacete de tamanho padrão.

PCX 2020 – ficha técnica

Motor150
Tipo
Número de cilindros1 em linha
Cilindrada em cm3149,3
Válvulas2
Taxa de compressão10,6:1
Injeção eletrônicaIndireta
Potência máxima13,2 cv a 8.500 rpm (gasolina)
Torque máximo1,38 kgfm a 5.000 rpm (gasolina)
Transmissão
TipoCVT
Tração
TipoCorreia e polias
Partida
TipoElétrica
Freios
TipoDisco dianteiro de 220 mm e disco traseiro de 220 mm ou tambor traseiro com 130 mm
Suspensão
DianteiraGarfo telescópico
TraseiraBalança convencional
Rodas e Pneus
RodasRodas de liga leve aro 14 polegadas na frente e aro 14 polegadas atrás
Pneus100/80-14 na frente e 120/70-14 atrás
Dimensões
Comprimento (mm)1.923
Largura (mm)0.745
Altura (mm)1.107
Entre eixos (mm)1.313
Capacidades
Bagageiro (L)25
Tanque de combustível (L)8
Carga (Kg)ND
Peso em ordem de marcha (Kg)124 (CBS) 126(ABS)
Coeficiente aerodinâmico (cx)ND

PCX 2020 – fotos

Autor: Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 26 anos. Há 15 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações.