Crossovers Lançamentos Peugeot Test Drive

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

O Peugeot 2008 2020 chega com a mesma proposta de antes, mas agora em um formato mais enxuto e com faixa de preço bem definida. Custando entre R$ 69.990 e R$ 99.990, o crossover da marca francesa ganha uma repaginada no visual, mudanças no conteúdo e finalmente traz a desejada transmissão automática para a versão Griffe com motor THP.


Agora com estilo semelhante ao dos irmãos 3008 e 5008, o Peugeot 2008 2020 adota um conjunto ótico atualizado, com mais expressão, assim como uma grade que passa a harmonizar-se com a proposta de estilo atual da marca, bem como para-choque com linhas mais aerodinâmicas e capô alto e reto, reforçando a proposta de utilitário esportivo do modelo.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

O 2008 em sua forma renovada, traz também um apelo mais esportivo e aventureiro, visto nos detalhes em preto ou preto brilhante. Por exemplo, os para-choques perdem os detalhes em cinza, enquanto as barras no teto e defletor de ar traseiro se apresentam pretos, tal como os retrovisores. As saias de rodas, por exemplo, passam a dispor de molduras protetoras, dando um aspecto mais voltado para o off road, mesmo que passe longe na prática.


Proteção na base das portas, assim como teto panorâmico, deixam o Peugeot 2008 2020 mais jovial. No interior, com exceção do tecido dos bancos da versão Allure, a Griffe praticamente mantém o padrão de couro e tecido em tonalidade marrom. O conjunto de cluster amplo e elevado, bem como volante pequeno e ovalizado, que lembra um kart, dá ao utilitário esportivo uma exclusividade no segmento.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

O mesmo em relação à alavanca de freio de estacionamento em forma de manete, enquanto a tela da multimídia continua elevada e com tela de 7 polegadas, tendo Google Android Auto e Apple Car Play como principais sistemas, assim como a câmera de ré. O acabamento cromado no volante, difusores e tela continuam impressionando pela qualidade percebida.

 

O ar condicionado dual zone também é outro diferencial, assim como o enorme porta-luvas. A persiana elétrica com acionamento entre os bancos só não está disponível no Allure de entrada, mas é um item que continua chamando atenção no pequeno crossover. Ainda assim, o Peugeot 2008 2020 continua a oferecer o mesmo espaço interno, sendo pouco para quem vai atrás, visto que a plataforma tem entre eixos do 208 (2,54 m) e não do C4 Cactus (2,59 m).

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

O porta-malas também manteve seus 355 litros. Na segurança, airbags laterais na Allure e de cortina na Griffe, que na versão com motor 1.6 THP, dispõe de controle de tração e estabilidade. Além disso, há Isofix e cintos completos. O 2008 2020 vem nas cores Branco Banquise, Branco Nacré, Marrom Dark Carmin, Cinza Aluminium, Cinza Grafito, Preto Perla Nera e Vermelho Rubi.

De série, a versão Allure vem com rodas de aço aro 16 com calotas, luzes diurnas em LED, trio elétrico, direção elétrica, ar condicionado manual, multimídia com Android Auto e Car Play, barras longitudinais no teto, limitador e regulador de velocidade, quatro airbags, entre outros. Na Allure Pack, adiciona-se faróis de neblina, volante em couro, câmera de ré; alarme e rodas de liga-leve aro 16. Nesse caso, o preço sobe para R$ 79.990.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Na Griffe, o Peugeot 2008 renovado vem com ar condicionado dual zone, roda de liga-leve aro 16 diamantadas, teto panorâmico, bancos em couro e tecido, sensor de estacionamento, sensor de chuva e crepuscular. Aí, ele salta para R$ 89.990. Em todas estas, vem com motor 1.6 EC5M de 115/118 cavalos, mas com 16,1 kgfm nos dois combustíveis.

No 2008 Griffe THP, além do Grip Control, o crossover vem com console central em preto brilhante e faróis de neblina com função curva, bem como os itens de segurança já mencionados. Seu motor 1.6 THP Flex tem 166/173 cavalos e 24,5 kgfm. Em todas as versões, o 2008 vem agora com transmissão automática de seis marchas.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Chama atenção nesta opção, que custa R$ 99.990, a ausência de badge alusivo ao motor THP, como ocorre no C4 Cactus, por exemplo. Assim, para distinguir do 1.6 aspirado, só mesmo observando estes detalhes internos ou a iluminação em curvas.

Peugeot 2008 2020 – Impressões ao dirigir

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Tuiuti-SP – O Peugeot 2008 2020 foi disponibilizado para test drive entre São Paulo e o Haras Tuiuti, no interior do estado. O modelo era da versão Griffe 1.6 AT. Com este motor EC5M de quatro cilindros e 16V, o crossover feito em Porto Real-RJ tem desempenho suficiente para suas pretensões.

O propulsor aspirado sente o peso de 1.248 kg do 2008 Griffe AT, buscando fôlego em rotações mais altas, especialmente em retomadas e ultrapassagens, onde pode chegar a 5.000 rpm para cumprir sua missão. É muita coisa, mas se estiver com etanol, será perto disso que os 16,1 kgfm aparecerão plenamente, isto porque o torque máximo nesse combustível está em 4.750 rpm, diferente da gasolina em 4.000 rpm.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

A coisa não muda com as potências de 115 e 118 cavalos, ambas a 5.750 rpm. Embora o câmbio tenha uma relação mais curta para aproveitar mais a força do propulsor, este não atende plenamente, girando a 2.600 rpm a 110 km/h e tendo respostas em tempos acima do desejável. Infelizmente, é o que se nota hoje mais facilmente numa comparação com os motores turbinados. A falta de força em baixa e a lentidão na resposta são, contudo, esperadas.

O câmbio tem engates suaves e modulam bem as trocas nesse motor 1.6. No modo Sport, a rotação fica bem mais elevada e o motor sempre cheio, mas apenas com reações um pouco melhores, gerando também muito ruído de motor. Essa busca por força não é agradável de ouvir nesse tipo de propulsor. Mesmo com mudanças manuais, pouco evolui.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Mediano em performance, o Peugeot 2008 2020 com motor 1.6 aspirado tem um bom comportamento, tendo direção levíssima em baixa velocidade e firme em cruzeiro, sendo um dos pontos altos do carro. Os freios também cumprem bem sua função, assim como a suspensão tem uma calibração macia para enfrentar o dia a dia e se comporta bem na estrada. Em curvas, ela tende a inclinar mais o carro, mas nada que a desabone.

Com posição de dirigir agradável e ampla visão da instrumentação, o motorista rapidamente se acostuma com o volante pequeno e o ambiente atraente visualmente. De acordo com o Inmetro, essa versão aspirado do Peugeot 2008 2020 vai de 0 a 100 km/h em 1,24/12,7 segundos e com máximas de 186/184 km/h, respectivamente etanol e gasolina.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

Agora, se a opção é ter um Peugeot 2008 que anda, então o Griffe THP é a escolha certa. Nesse caso, testamos o crossover turbinado na pista fechada do haras. Com seus até 173 cavalos e torque de 24,5 kgfm a 2.000 rpm, o crossover deixa de lado a falta de motor e passa a querer um conjunto geral mais firme.

Com foco no conforto, mas oferecendo desempenho acima da média, o 2008 THP agora tem o reforço do câmbio automático e nas curvas travadas dessa pista, o crossover consegue facilmente realizar desvios rápidos de direção sem se perder, mesmo com elevada inclinação de carroceria. Mesmo exigindo ao máximo, os controles de tração e estabilidade agem de forma exemplar para evitar uma saída ou rodada. A tendência é de sair de frente, mas controlável. A traseira apenas inclina e deixa uma das rodas no ar, nada mais.

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir

A direção, nesse caso, se mostra um tanto leve para manobras e curvas rápidas numa pista bastante travada, mas mesmo assim, o Peugeot 2008 2020 surpreende positivamente, afinal, seu conjunto de suspensão mantém o foco no conforto e não na esportividade, amplificada com pneus altos 205/60 e rodas aro 16 polegadas. O propulsor THP no modo Sport, explora todo o potencial, deixando a condução mais esportiva e empolgante.

Não se trata de um esportivo e, portanto, não se espera reações mais entusiasmantes por parte dele, mas no dia a dia com o câmbio automático, o Griffe THP é uma opção bem melhor que a antiga, manual. Isso vamos verificar mais adiante numa Avaliação NA. Por ora, as primeiras impressões foram boas nesse caso.

Peugeot 2008 2020 – Galeria de fotos

Peugeot 2008 2020: Impressões ao dirigir
Nota média 4 de 4 votos

  • Jr

    Quando foi lançado, tinha um câmbio velho de 4 marchas e motor THP exclusivamente com câmbio manual.
    Agora sim ficou bom.
    Merecia um tapinha na traseira, mas não vou criticar, pois o facelift na dianteira executado pela equipe brasileira ficou muito bom, muito bom mesmo.
    E o interior dá um banho em certos concorrentes. Aprovado ✓

    • dallebu

      “E o interior dá um banho em certos concorrentes” Cof cof T-Cross cof cof

  • Alexandre

    Tomara que a PUG e PSA prosperem e consigam melhorar a oferta no mercado nacional. Precisamos de mais concorrência e melhores preços. Observei alguns modelos na concessionária, desde o 208 e 2008. Gostei muito do acabamento e posição de dirigir. Com um motor bom e mais concessionárias tem tudo para dar certo.

  • Joao Victor

    Os franceses (exceto a Dacia) sempre oferecendo excelentes carros a preços justos, por isso que não vendem…

    • Dacia é romena, e não francesa.

    • Unknown

      A Dacia é romena.

  • LuisG32

    Carro de 80 mil reais sem Esp e assistente de partida em rampa não dá né dona Peugeot !!!! Ainda mais sendo ou querendo ser um SUV.

  • dallebu

    Caso eu tivesse e estivesse disposto a gastar 100k num Suv completão, seria a minha opção, prefiro o 2008 ao C4 Cactus.
    Contudo, essa minha escolha se deve a falta de um Renegade 1.3 Turbo heheh

    • Ducar Carros

      Creio que a escolha entre os dois se resuma, na versão topo, além do design, ao que é mais importante para o consumidor: mais espaço interno (Cactus) x mais porta-malas (2008).

    • Edson Fernandes

      Isso é uma realidade. Meu cunhado tem um C3 e eu andei de test drive no 208 Active pack.

      Mas perante o 208, não dá graça o C3.

  • Rodrigo

    Perdeu o DRL em LED ou é impressão minha?
    Poderiam ter aproveitado a reestilizacao de meia vida e pelo menos ter adotado ESP e TC na versão 1.6 aspirada. De resto não notei evolução nenhuma.

    • Edson Fernandes

      Ele possui a partir da Allure Pack. A Allure perdeu.

      • Gomes

        Todos tem, é o mesmo farol para toda linha, não tem diferença

    • Lyn

      O fod* é que cada vez mais eu vejo que os motoristas desconhecem o triangulo, preferem ligar o pisca alerta e só. Não sei se é preguiça ou desconhecimento mas isso tem me chamado a atenção ultimamente

      • rafael

        Preguiça, sem dúvida.

  • Raphael Pereira

    Ja disse e repito, se tivesse uma versão de entrada com cambio manual na faixa dos 65, peitaria fácil os hatch’s aventureiros, além de fazer um chamariz pras CSS. Visto que um Argo 1.3 parte de 59 mil.

    • Eduardo Alves

      Partiria nada, so de ser um Peugeot ja nao teria muita repercursão ( palavras de quem ja teve um ).

  • Mr Tony

    Alguém sabe quando vem o argentino? Tão falando no final do ano. To muito contente com meu C4 Cactus, não veria nenhum problema em ir pra Peugeot.

  • RKK

    Ridículo, até agora nada essencialmente novo no 2008. O veículo continua sem barras de proteção laterais (que até o Cactus tem) e com controle de estabilidade ESP/ESP somente na versão top que só deve chegar no final do ano.

  • Claiton David

    Inmetro agora mede o tempo de 0 a 100km/h ?

    • Nicholas Jensen

      Que eu saiba sempre mediu, e mede consumo também.

  • Miguel

    Uma pena ele ter mais visual de crossover do que SUV, porque tinha tudo pra fazer sucesso se fosse uma versão menor do 3008.
    Quem sabe na próxima geração…

  • Rogério R P Jessy

    “A traseira apenas inclina e deixa uma das rodas no ar, nada mais.” é sério isso???

  • Nicholas Jensen

    Ah! Eu desanimei com a PSA. Primeiro cortam os 308cc e RCZ, ai retiram o 308 e 408, depois anunciam que o C4 Picasso (o carro que mais sonhei em ter na vida) sairá também de linha no Brasil. Eu gosto muito dos carros, mas assim não da PSA!

    Como que outras marcas mantém carros que não vendem quase nada? Vide Kia, Lexus, Mini, dentre todas as outras. Não consigo pegar a jogada deles.

    • e3965

      Sim, não sobrou mais nada no grupo PSA, só sobrou C4 lounge, o resto tudo Crossover e Hatchs compactos.

    • Luconces

      As outras marcas também estão capengando. Eu entendo a PSA. Se não tem ninguém comprando, retira de linha. Eles realmente seguem a cartilha da oferta vs procura de maneira correta kkk

      A C4 Picasso era meu sonho tb mas está abrindo espaço pro C5 Aircross, o povo quer SUV infelizmente.

      O 308/408 foram embora tarda na real…

      • Nicholas Jensen

        Infelizmente a febre SUV está matando os outros gêneros. E o pior é que apesar de lá fora ainda existir outras opções, os SUVs estão aos poucos engolindo o mercado também, vide a marcas como Jaguar e Porsche que eram tradicionais em carros esportivos baixos estarem aderindo a essa moda. É de desanimar, mas pelo visto teremos que mudar de gosto. #Savethewagons

  • Julio Magalhaes

    Com essa nova politica de marketing da Peugeot e novas versões, além da aparencia de mini-3008, talvez esse carro entre no top 5 de vendas.

    • Luconces

      Eu torço pela marca mas acho difícil Top5… o carro apenas tem a nova frente e a cor preta em algumas peças… Continua sem ESP e TC e pelo visto sem barras nas portas.

      • Julio Magalhaes

        Na verdade não é apenas a modificação estetica (deve contribuir também). Falo mais na estrategia mais agressiva de vendas (o marketing). Os valores ficaram interessante comparados ao conteudo.

        • Luconces

          Ah sim eu me referi muito ao produto ali. Só achei desnecessário vir sem ESP e TC. E vem com calotas o que acho besta.

          Como estratégia de mercado, vamos ver como reagem a isso. Espero que tenham resultados positivos mas acho difícil chegar no patamar de vendas de Renegade, HRV, Kicks, Creta, Ecosport, Captur e Duster.

          Pode ser que chegue perto das vendas do Cactus e olhe lá. Mas espero estar errado.

    • Unknown

      Sonha…

  • Paulo Lustosa

    Foda da Peugeot é a rede de concessionária

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email