Hatches Peugeot

Peugeot 207 vs Peugeot 208: leitor comenta sobre as diferenças

peugeot-208-coquetel-1-620x465 Peugeot 207 vs Peugeot 208: leitor comenta sobre as diferenças

Há tempos que vemos a indústria automobilística nacional nos empurrar novidades aqui que são apenas maquiagem. O facelift se tornou uma forma relativamente barata e vindoura para que um modelo ganhasse sobrevida antes de uma boa remodelação. Já até nos acostumamos com o termo. Não se pode dizer o mesmo da Peugeot com seu 208. É realmente um carro novo.



Estive em um coquetel de lançamento esta semana. O carro não é só bacana, é sim digno de entrar em uma nova categoria, a dos Compactos Premium. O carrinho faz jus a ela. Ele é ligeiramente menor, sete centímetros. Mas mantém o mesmo entre-eixos de seu antecessor. No 208 agora precisa de um malabarismo um pouco maior para encontrar um ponto de conforto. Os bancos ajudam, mas o túnel da marcha que se une ao painel bate na perna.

O mesmo acontece na porta. Para pessoas altas e volumosas (como o meu caso) é um senhor incômodo. E mesmo com tais predicados que podem distingui-lo negativamente, será capaz de gerar o furor que o 206 personificou. A vida a bordo pode ser um mar de rosas. O painel é o grande barato do carro. O volante menor, com um digno toque esportivo, se soma aos mostradores em posição distinta, de boa visibilidade no geral.

peugeot-208-coquetel-4-620x465 Peugeot 207 vs Peugeot 208: leitor comenta sobre as diferenças

Não nego que os números podiam ser um pouco maiores. A tela de funções, sensível ao toque, dá aquele ar de extrema modernidade e elegância. O 208 mais básico não vem com ela, mas juro que não me fez sentir falta. Para aquele motorista mais conservador, este painel sem a tela será uma boa pedida.

Na parte de trás, posso dizer que me senti confortável. Havia apenas dois encostos de cabeça, ao meio só cabe mesmo aquela criança de até oito anos. Cintos de três pontas nas extremidades. Teto relativamente alto. A minha cabeça não bateu nele. Eu que tenho 1,81m de altura senti já aquela coçadinha quando era o teto de vidro, um pouquinho mais baixo. Coisas da segurança moderna. O porta-malas faz jus ao carro, com seus 285 litros. Um pouco mais que o modelo da geração anterior, uns 15 litros, de acordo com dados da Peugeot. Algo que não confere predicados familiares. Ele não é o carro de viagem.

Não existem nele as rebarbas que são tão visíveis no 207. O carro apresenta linhas fluidas, algumas angulosas, que dão aquele tom masculino, porém capaz de gerar um frisson nas mulheres também. Pode até gerar a mesma dúvida que o atual C3 cria, de ser um carro com caracteres masculinos e de grande atração ao público feminino. Não se pode afirmar, porém, de androginia. O 208 tem feições masculinas, principalmente na dianteira. A frente vem com o novo toque da Peugeot internacional, de valorização de formas felinas, uma cara invocada de quem pede passagem e uma grade que lembra um rugido.

peugeot-208-coquetel-5-620x465 Peugeot 207 vs Peugeot 208: leitor comenta sobre as diferenças

Há também o mesmo desenho de garras nas lanternas. Inaugurado primeiro no 408 aqui no Brasil, quando com as luzes acesas, e que depois seguiu para todo o resto da frota. No caso do 208, pode ainda se perceber o desenho de patas, como se tivessem dobradas e as luzes fossem as próprias garras. Personalidade para uma categoria que a exige, e que o 208 tem de sobra.

E é com esta que enfrentará concorrentes de peso como o Punto, o “New” New Fiesta, o C3 e o já cansado Polo. Não nos esqueçamos do Sonic da GM. Há muita batalha a ser travada. E nesta categoria, a que mais se renovou – ou melhor, ganhou formas – nos últimos anos, ainda tem muito a nos reservar. Ela foi responsável também por alguma elevação de qualidade nos subcompactos. Carros que antes eram chamados de completos só com ar, direção, travas e vidros elétricos, hoje se completam com itens de segurança que não lhe cabiam.

O que hoje é preocupante é elevação de preço que eles também criaram. Neste lançamento, a versão mais básica estava em R$41.790,00 e a mais completa estava em salgados R$57.990,00 . Por esse preço já se pode pensar no 308 ou em outros compactos médios que ainda se encontram nesta faixa. Por exemplo, o J5 está completo com ar digital pelo preço de R$54.990,00, o preço que se encontra no site da Peugeot para o modelo completão do 208. É certo que haverá uma elevação do preço dos médios. Mitsubishi Lancer parte dos R$66.900,00, como também acontece outros japoneses. É bem capaz de o Novo Focus vir também nesta faixa.

Quando o New Fiesta veio, a preocupação da Ford era colocar um carro na tabela dos R$40.000,00 aos R$ 50.000,00. Quando chegou, a versão mais barata estava nos R$51.000,00. Com a nova geração, eles afirmam que irá para este patamar. Mas versões mais completas dos compactos premium contrastam com as chamadas mais básicas da categoria logo acima. A Peugeot afirma que pretende vender em torno de três mil unidades mensais.

Na Europa, ele já é responsável pela renovação da marca, que lhe trouxe fôlego após um grande período nebuloso. Já é o carro mais vendido do ano. No Brasil, penso que não será capaz de barrar as vendas de consagrados como Punto ou New Fiesta. Sua briga será mais interna, com o C3, pois há um público que se identifica com os carros franceses, em sua elegância e presença. Ainda há aqueles que não fogem das quatro grandes, apesar de as vendas do Sonic não decolarem.

O 208 vem para brigar com esta fatia de um público exigente, que mescla homens que querem um bom carro para o dia a dia, e mulheres que aprenderam a ter gosto por carros bons, que exigem uma tradução de suas personalidades e que sejam fáceis de dirigir, sem agredi-las com manobras chatas. Ele tem todos os predicados que este público exige e pode elevar ainda mais o gosto por bons carros. Só mesmo os próximos meses é que comprovarão estes argumentos aqui lançados. Assim que tiver como fazer um teste de direção darei as impressões sobre o modelo.

Por Marcio Calixto

COMPARTILHAR:
  • cavevolution

    É mais fácil comparar o 208 com o 308 do que com o 206-207. Até os preços do 208 são bem próximos ao do 308. Abaixo do 208 "básico" fica um grande espaço em relação ao 207. Podemos dizer que há também uma grande diferença de tecnologia entre os dois.

    • Pedrosa

      Pude ver pessoalmente o 208 ao lado do 207 e realmente não existe comparação. Existiria se tivesse sido lançado o 207 verdadeiro.

      Em termos de design é um carro irretocável.

      Com as vendas do 208, a Peugeot pode subir 3 posições no ranking de vendas das marcas. E passar a Citroën, que só deve se recuperar quando lançarem os novos C4 hatch e sedan.

      • Edinho

        Bem, tenho um 207 (ou melhor, um 206,5…) e experimentei o 208 (Allure). Posso dizer que o modelo novo é um show em design, beleza e acabamento, mas o espaço interno é visivelmente acanhado, especialmente para os passageiros do banco traseiro. É certo que o teto de vidro rouba espaço para a cabeça de pessoas de estatura mais elevada, mas é difícil acreditar que com o teto convencional a situação melhore muito. E é um pecado, pq o carro é muito bonito e muito bem construído. Meu irmão, que é mais baixo que eu e se acomoda com relativa facilidade e conforto no 207, simplesmente não coube no 208 e teve que andar olhando para o próprio umbigo. Até compreendo que um carro desses não foi feito para acomodar 5 adultos de estatura elevada, mas encolher o espaço disponível é uma falha clamorosa, especialmente se levarmos em consideração que há tendência de crescimento da estatura das pessoas, tanto aqui, quanto na Europa. Este fator, fundamental no meu ponto de vista, e o preço elevado, não justificam uma troca futura do 207 pelo 208…

    • rafa_marcao

      Seria bom se no Brasil saisse o 207 e chegasse o 208 no lugar. Como foi no resto do mundo. Correto?

      • Vellored02

        O 207 ainda é vendido na Europa

        • EuMeSmObYmYsElF

          mas não foi o 208 que subiu e, sim, o 207 que desceu.

          • Mr. Potato

            Exato. Até mesmo na Europa o 208 fica num segmento superior ao 206 (nosso "207" falso). Natural que o preço suba sim, porém não tanto também. O modelo de entrada (40 mil) me pareceu bem razoável, mil vezes melhor que Gol, Palio, Fox, etc. O motor 1.5 é muito econômico, além de mais suave que os concorrentes.

        • Ubaldir

          O 207 da Europa é outro modelo, e não o 206 com face lift daqui. É bom lembrar desse detalhe.

          • ICG 3320

            Boa noite Ubaldir. Na europa tem o verdadeiro 207, que com lançamento do 208, virou 207+. O nosso "207" é o 206+ na europa. Obrigado

  • VictorHugo

    So Falto um ESP

    • fkas

      E seis air-bags, pelo menos nas versões "Top" (embora eu ache que nessa faixa de preço deveria ser de série em todas as versões).

      • pegadasdamarcha

        o punto 1.8 tem opção de 6 air-bags

        • fkas

          A matéria é sobre o Peugeot 208…

          • gcarlos

            mas o cara não deixou de mencionar os 4 concorrentes dele! o New ´´new fiesta´´ , punto, C3, e Polo.

            • Juniorfillingam

              O CARA pode ser abrangente em exemplos sim aqui e um blog livre para esses tipos de discussão sim. Ele está de terno mais não de gravata para se achar isso tudo aqui no Brasil. esses versão ai de 47k no site e 45 e uma coisa bem mais simples faltou como trio-elétrico.

              • Mr. Potato

                Exato, é fundamental comparar. Besteira endeusar modelos, tem que ver o que ele oferece de fato.

    • dudupruvinelli

      "só"

    • granrs78

      E um preço mais baixo e tbm uma versão com o motor THP e cambio automatico de 6 marchas.

  • fip_mengo

    Acho que a versão topo de linha nem deveria existir, até porque o mais racional já é levar o 308 ou um outro hatch médio ! Esse carro deveria ser no máximo 45 mil, assim como todos os hatchs compactos !

    • hal_cwb

      É que aí fica a dúvida se você quer um carro maior com o básico ou um menor completo com tudo que o maior completo tem.

  • Zito

    Parei de ler na parte do compacto premium.

    • xton

      Nossa parei nessa parte também! rs

      • Junior_MG

        eu tbm…ainda tentei voltar a ler mas essa parte ai não saiu da minha cabeça….vou ler outra matéria mesmo.

        • Sr. Otário

          Que massa você, cara. Sério mesmo, muito produtivo esse teu comentário, foi incrivelmente brilhante, todos deveriam saber disso, irei postar banners sobre seu alto QI, outdoors na Av. Paulista, propagandas na Globo, panfletos nas estações de metrô. Realmente, você mudou a vida de todos que leram a matéria. Aliás, queria sinceramente dizer que sou um grande fã do seu alto conhecimento automotivo, e da sua alta auto análise de ignorância. Parabéns e um bale "vá se danar". Porque mandar tomar no c* e ir se f*der é falta de educação.

          • Junior_MG

            Nossa mas você ta nervosinho hein?

            Você também mudou a minha vida e a de muitos fazendo um comentário a meu respeito sem me conhecer e baseando-se em uma declaração que dei. Se você pretende fazer outdoors na Paulista ou propagandas nessa emissora que você assiste fique à vontade, a vida é sua, desperdice como quiser.

            Se ficou com raiva de mim por uma frase, seja mais esperto e não leia mais o que escrevo.

            Aqui é um lugar para debates sobre o mundo automotivo e não um espaço pra ofensas pessoais.

            Fazer um xingamento, por mais que não use palavrões, também é falta de educação.

            Uma atitude infantil dessas era mesmo de se esperar , uma vez que se auto denomina Otário.

    • thales_sr

      O mais "legal" é que… Cadê a comparação?

  • Focusman

    Parei de ler quando vi – Compacto Premium…

    Quando vão parar de repetir essa droga de termo.

    Esse carro é um compacto e pronto. Apenas possui evoluções em relação ao seu antecessor.

    É normal a gente crescer com o passar dos anos e isso que ocorre com os carros em todo lugar do mundo.

    Aqui no Brasil, o que acontece? As pessoas se acham inferiores.

    • MM_

      O Brasil não é todo lugar do mundo e cada país possui características diferentes.

      Nos Estados Unidos, Focus, Cruze, Civic, etc são "compactos", enquanto aqui são "médios". Não existe nada de errado nisso.

      Da mesma maneira que esses compactos mais luxuosos e completos, recebem uma denominação diferente dos antigos "populares", que são os compactos "pelados", pois é uma categoria diferente.

      E no final das contas é só uma questão retórica. Não usar a denominação "compacto premium" não vai fazer com que esses carros abaixem de preço.

      • Junior_MG

        Desculpa mas eu discordo, quando a questão e status o nome ou a categoria que se dá influencia sim no preço, simplesmente por que influencia no volume de compra do produto.
        Veja bem na cidade que moro, há alguns anos tem um carro bom ou estar bem financeiramente era ter um golf, com o lançamento do new Civic mudaram correndo para o Honda…ai o golf que estava absurdamente caro ha anos caiu de preço inclusive do usados.
        Perguntei a um vendedor na ocasião ele me disse "é assim mesmo, o status e ter um Civic''

        As pessoas estão mais dispostas a pagar mais caro por um 'compacto premium' do que um compacto normal. Nem todo mundo entende de carro.

        • MM_

          Aí que está: as pessoas TEM que pagar mais caro por um compacto premium do que por um compacto normal! Simplesmente pq os compactos premiums são superiores.

          Vcs podem até não gostar da nomenclatura mas acho difícil admitir que Ka e New Fiesta, Celta e Sonic, Uno Mille e Punto se encontram na mesma categoria!

          • riccorreasp

            MM, não se encontram porque aqui não houve evolução com substituição dos antecessores. Simplesmente o novo foi trazido para um segmento acima, que não existia mas deram um jeito de criar. Se tivesse ocorrido, um Fiesta seria naturalmente sucessor daquele que aqui no NA chamam de Elza Soares, se não me engano. O Punto seria o sucessor do Palio, o Sonic do Corsa, o Polo do Gol, etc.

          • Junior_MG

            Pois é MM, mas eu acho que New Fiesta , Sonic e Punto como vc citou são na verdade carros que representam a evolução natural desses carros menores.
            Evolução sim por se tratar de plataformas mais novas, mais seguros, com melhor nivel de acabamento, entende meu ponto de vista?
            Eu quis dizer, e talvez não tenha me expressado corretamente, que os compactos 'simples' estão defasados em segurança, acabamento e por mim não existiriam mais no mercado de novos e esses compactos premium tomariam o lugar como carros de entrada das suas respectivas marcas.

        • Ubaldir

          Olha, há uma diferença bem nítida entre o que se chama de "compacto premium" e os compactos comuns. Em geral são carros compactos com nível de acabamento e equipamentos dos médios. Há mercado para eles. Tem muito consumidor que prefere um carro com nível construtivo diferenciado, mas que quer um carro de dimensões reduzidas, em especial quando a utilização do produto se dará quase exclusivamente em cidade.
          Eu particularmente vejo com bons olhos a categoria. Não custa lembrar que os compactos tradicionais de entrada (Gol, Pálio, Fiesta, dentre outros), quando equipados com todos os opcionais se enroscam em preço com os chamados "premium". Um Gol ou Palio "completíssimo" empatam em preço com um Polo, um Sonic ou um New Fiesta. Sem levar em consideração o quesito design, não há como comparar a qualidade de construção e a escolha de materiais de acabamento de um Polo com a de um Gol, por exemplo.
          Há a limitação do volume de vendas claro para este grupo, uma vez que o status proporcionado pela categoria imediatamente superior (hatches médios) é significativamente mais vultoso. Mas é uma opção para aqueles que preferem o bom acabamento e nível elevado de equipamentos em embalagens menores.

          • Sias

            Já coloquei isto, o "porque" de chamarem de premium. Se eles fossem os comuns, como seriam chamados então os outros…

      • granrs78

        Discordo,pois a denominação premium pelo menos para mim só vale em modelos que realmente são premium como marcas de luxo, exemplo Mercedez. Audi, BMW, Lexus etc, que trazem motorização moderna,junto com um acabamento impecável sem falar na segurança. Esse 208 é muito bonito, mas em que ponto em difere dos demais compactos? Na minha opinião nada, somente os preços altos que eles alegam ser um compacto premium.

        • MM_

          A questão não é absoluta, mas relativa. Eles poderiam se chamar compactos plus, compatos +, compactos oscambau, mas é óbvio que eles diferem dos demais compactos, além dos preços. Ou realmente vc acha que Ka e New Fiesta, Uno Mille e Punto, Celta e Sonic, estáo no mesmo segmento?

          • granrs78

            Concordo em partes, pois vou citar dois exemplos: O Punto e o Palio estão no mesmo nível e na lógica era somente para termos o Punto com os preços e no lugar do Palio. O mesmo vale para o Gol e Polo, que na Europa só existe o Polo o Gol nem em sonho, e quando a VW lançou o Polo no nosso mercado estava claro que ela queria o que o Polo ficasse no lugar do Gol, tanto que no lançamento do modelo, ele tinha opção com motor 1.0 16v. Mas como o Polo custava mais e o GOL continuava a vender muito, ela acabou criando essa categoria ridicula chamada "compacto premium", que somente difere em um acabamento um pouco melhor que os outros compactos, pois em segurança ou motorização são muito parecidos. Vc comparou Celta com Sonic, mas compare o Onix com o Sonic para vc ver, que os dois são muito parecidos tanto no interior quando nos equipamento, mas bem diferentes no preço. Os modelos como Mille e Celta, são modelos que nem merecem ser mencionado, pois estão fazendo hora extra no mercado a muitos anos e estão com os dias contados.

    • xton

      Concordo com o que disse! Além do que o que vemos é redução de preço na construção dos veiculos só que no Brasil é sempre o contrario gastam-se menos e ganham-se muito mais!!!!

    • danieldourado_2

      É só o nome da categoria, cara! Por que o povo pega tanto no pé? Aqui no Brasil ele é premium. Se na Índia ele é um sedã médio, não importa. Nós estamos no Brasil, e um carro desse num país onde a média salarial é 1200 reais, ele é sim, premium (não que eu gosto dessa classificação, mas pra realidade brasileira, é verdade)

      • daniel

        Bom, cada tem o que quer….se você não liga em pagar mais num carro que deveria ter um preço compatível com a versão anterior daí é uma escolha sua.

        • MM_

          E vc certamente paga o mesmo em um Ka ou New Fiesta só pq acha que o nome está errado, não?

      • EuMeSmObYmYsElF

        as pessoas se acostumaram tanto com o acabamento ridículo dos nossos carros que quando aparece um melhorzinho chamam de premium.. isso é revoltante

        • wilian

          Exatamente. O 'premium' brasileiro é uma invenção, uma nova moda dos departamentos de marketing pra vender mais caro um produto que entrega apenas o obvio. Eles sabem que o encantamento do consumidor passa por um visual sedutor, uma aura de status que o cliente busca no produto, um acabamento revisado e equipamentos de serie – nisso o ab2 e abs, em breve obrigatórios, ajudam a emplacar a ideia de 'premium'. Esses departamentos sabem também que a base comparativa do consumidor padrão, mesmo quando tem um senso crítico melhorzinho, resume-se a modelos medíocres, que entregam menos que o mínimo. O que falta, mesmo, é aprendermos a dizer 'não'.

  • PabloRJ

    Acho que prefiro o New Fiesta, mas é questão de gosto. O 208 tem tudo pra acabar com a má fama da Peugeot no Brasil, basta não vacilarem nos preços de peças comuns custando fortunas e trabalharem bem na pós-venda.

  • Alguém ai tem um Peugeot? Ouço muitas criticas desse carro em relação as peças dizem que são muito caras, e verdade mesmo? E outra, dizem também que a manutenção segue a mesma linha. Se alguém tiver experiência com o carro algum modelo compartilhe ai, curto muito as marcas francesas.

    • Darwin

      minha namorada tinha um 207 sw 2010 e trocou por um honda fit 2008. Acho que as peças do fit ainda sao mais baratas que do as do peugeot.
      Peugeot tem manutencao e peça super caras mesmo. Isso é verdade.

    • Caulazaro

      Peças caras são nas concessionárias autorizadas.
      Eu já tive um Citroën… quando acabar a garantia você procura um bom mecânico que você terá gastos como um carro qualquer da Fiat, VW, GM ou Ford.
      Só para você ter uma ideia… há 3 anos atrás, perguntei na css o preço dos limpadores do pára-brisas. Enquanto na rua valia de 30 a 50 Reais, na css era 150,00 pilas :P

      • expresso222

        É bem por aí mesmo Caulazarro.

      • João Cagnoni

        Amigo, toma cuidado com esses limpadores de 30 reais… Uma vez resolvi colocar um desses e fui viajar, estava no meio de uma rodovia sem acostamento no Paraná, chovendo muito, quando passa um caminhão na outra pista e joga aquele monte de água em cima do meu carro. O limpador do lado do motorista foi embora junto com a água, e precisei dirigir por quase 20km sem enxergar praticamente nada. Não economize nessas coisas, um limpador de qualidade (Bosch) vai custar no mínimo 80 ou 100 reais mesmo.

      • AlexandreCE

        Não é bem assim… agora mesmo estava atrás do braço inferior do Honda Fit e não achei. Aliás, queria o braço por conta das buchas, já que elas não podem ser substituídas sem aquele. Não é bem tudo que se acha em loja de peças.

        Por outro lado, eu queria trocar a coifa do câmbio do meu 2009 que estava começando a descascar. Preço na css: R$ 127,00. Comprei por pouco mais de R$ 40,00 de um distribuidor dos EUA e mandei vir com roupas e tênis RL e um relógio. No final das contas o imposto ficou diluído e saiu muito mais barato do que comprar aqui. Aliás, eu mesmo troquei e economizei os 70 conto da 1/2 hora de trabalho da css, a qual seria consumida para desmontar o console central, o qual precisa ser retirado para tirar a coifa, já que ela é parafusada.

        De qualquer forma, eu não me sinto muito à vontade para arriscar num carro francês já que não tenho dinheiro disponível para fazer manutenção "extraordinária", que exceda os limites de buchas, óleos, filtros, ajustes, pneus, etc… e não sou eu que digo que eles são mais "sensíveis" e têm manutenção um pouco mais salgada… são os mecânicos que conheço aqui em Fortaleza. Também por isso eu prefiro ficar focado nos usados, tal qual esse que tenho, comprado com 1 ano de uso e 20 mil Km rodados.

    • danieldourado_2

      Tenho um 206 2007, 100.000 km rodados. Fiz revisões na CSS até os 75.000km. Realmente, na CSS as peças são caras (cerca de 3x o valor fora da CSS). Mas o carro é muito durável, nunca deu um problema sério. Com o mecânico que eu vou hoje, acaba que sai bem barato as manutenções.

    • _oliveira

      Tenho um 206 1.4. 70mil Km. Todas revisões na concessionária.
      Revisão na concessionária é cara em qualquer marca. E Peugeot não é exceção..
      Os valores são compatíveis com o de um Palio.. talvez ligeiramente mais caro…
      Mas no Peugeot tem um detalhe: Menos mecânicos conhecem, e pode ser difícil achar um paralelo que saiba mexer no carro.
      Como o colega comentou nunca deu um problema grave.. e parece estar bem longe de acontecer um…
      Um problema critico do carro é a suspensão.. constantemente tem que trocar alguma peça.. Dizem ter melhorado no 207.. e também no 208
      Com R$2000 por ano em média você consegue manter um Peugeot sempre levando na concessionária

      • danieldourado_2

        Cara, você não sabe se da pra colocar a suspensão do 207 no 206? São praticamente carros iguais, a suspensão do 206 é muito dura mesmo…

        • _oliveira

          Não sei se é possível.. mas trocar a suspensão seriam várias peças né?! Acaba que ficaria consideravelmente mais caro, do que só trocar a peça defeituosa..
          Eu imagino que o problema é o 206 não ter sido adaptado para o asfalto (ou a falta dele) brasileiro.. Aí ele acaba não aguentando..
          O 208 tiveram um cuidado maior nesse aspecto.. Tive oportunidade de dirigir um a duas semanas atrás, e realmente ficou bem melhor.. Bem mais macio…

  • Renato_Duarte

    concordo com o cavevolution, 208 esta mais proximo do 308 do que pra versão antiga dele mesmo,, a PUG está se precipitando muito nos preços , ta certo que 3000 unidades por mes ,, não é lá impossivel,, mas nem tão facil assim dona PUG,, New Fiesta 2014 esta chegando ai com versões a partir de 32.900 reais,, e com muito mais possibilidades de vendas do que o francês.

    • gcarlos

      vc acredita nesse valor mesmo de 32900, se vier deve ser tão pelado q talvez não venha nem as 4 rodas

      • Renato_Duarte

        uai quem sabe,, o proprio pessoal da Ford disse que a nova geração teria como principal alvo, as versoes mais baratas do HB20 da Hyundai, pode ser versoes mais caras porem com preços parecidos com esses.

  • mgbalbo

    Eu tenho um 208 griffe mecanico, eu a única coisa que decepciona é o fato de terem tirado o esp e os airbags laterais e cortina… De resto o carrinho é muito show. E o som claro, eu não consigo me acostumar com o som original dos carros, estou providenciando um som de qualidade.

    • Mario Aguiar

      Agradeceria muito se me informar de onde vc é e qdo recebeu o carro? comprei um premier e estou aguardando até hoje e não vejo a hora de pegá-lo, pq sei que é show…

      • mgbalbo

        Ribeirão Preto, SP. Fiz um test drive na quarta e peguei o carro nessa segunda-feira. Tinham a pronta entrega algumas unidades, tá vendendo rápido. O lançamento oficial é dia 13 parece, aí as coisas começam a agitar mais. Quanto ao premier, não sei de nada rs.

        • riccorreasp

          Pagou ágio?

          • mgbalbo

            Jamais!

    • JulienAvril

      Acabei de comprar um Griffe mecanico também, não vejo a hora de pegar o carro!
      me deram um prazo de até sexta feira, mas duvido muito !!

  • Moises

    Esse 208 ta bonito mesmo. Mas chamar de compacto premium é esticar demais, não acham? Pra mim, carros como punto, new fiesta, sonic, 208 etc são todos compactos populares e pronto. Quanto aos outros carros sofríveis da categoria abaixo deles como gol, pálio, celta, ká, uno etc.. esses são apensas meios alternativos ao ônibus. Nem existem em mercados que se prezam. Ao meu ponto de vista, compacto premium é o audi a1, o novo classe A, o mini cooper, a bmw serie 1, etc. Esses sim são compactos premium. Se a gente ficar indo nessa onda, já já vão estar lançando uno mile com banco de couro de série e chamando de compacto premium.

    • mgbalbo

      Compacto premium acho que só tem o A1 e o mini one. A3, classe A e cooper já seriam médios. Imagina se lançam o termo médio premium… Aí acabou de vez.

  • dudupruvinelli

    "O carro não é só bacana, é sim digno de entrar em uma nova categoria, a dos Compactos Premium" NÃO, CARA! ESSA CATEGORIA NÃO EXISTE! QUE MERDA! ISSO É NOVA GERAÇÃO E PONTO. A ANTIGA TEM DE SAIR DE LINHA OU BAIXAR O PREÇO!

    TOP 10

    1. Gol g3 vs. Gol g4
    2. Uno vs. "Novo uno"
    3. Pálio vs. "Novo palio"
    4. Fox vs. Polo
    5. Onix vs. Sonic
    6. Prisma vs. Classic
    7. "Novo prisma" vs. Sonic Sedã
    8. Agile vs. Onix
    9. Parati vs. Spacefox
    10. Fiesta vs. Novo Fiesta

    • Junior_MG

      concordo contigo em tudo que disse….só tenho algumas pequenas discordâncias na sua lista.

      Onix e Sonic são quase idênticos em tamanho mas sim mas a proposta e muito diferente, o Sonic é um compacto. O Onix é um compacto 'de baixo custo' inclusive qndo se encosta as pontas dos dedos na lataria ressoa no carro inteiro como se fosse um Bumbo sem afinação, então não são exatamente nova geração do mesmo produto tendo em vista que o Onix chegou depois e é um produto bem inferior como alternativa mais barata.

      O restante to com você no mesmo raciocinio.

  • João Cagnoni

    Vou comentar o que todo mundo já sabe… É um belo carro, até o 207 já é, e esse parece melhor ainda. Mas e o pós-venda? Ah, e até hoje não consegui encontrar nada de masculino no C3.

    • DaniloSouza

      207 europeu é um belo carro né? Pois o nacional é uma bosta insegura.

      • João Cagnoni

        Até o Clio europeu é muito bonito (:

    • ocduarte

      Eu tinha um C3. Se você abrisse a porta comigo dentro encontraria algo bem masculino nele!

      • João Cagnoni

        hahaha, será mesmo? Mas brincadeiras à parte, um carro não define a sexualidade do seu dono. Há várias exceções, mas na minha opinião o C3 é um carro voltado ao público feminino, assim como o Fiat 500.

        • ocduarte

          Ainda discordando de sua opinião, mas contente pelo seu bom humor. Alguns levariam essa brincadeira como uma ofensa. Mas mesmo assim eu me arrisco. Abraço!

  • DougSampaNA

    Já nasceu capado em relação a terra natal…é pra brasileiro né?

  • Tosca16

    Peugeot colocou um produto bom, no mas deveria melhorar suas revendas e por preços melhores pra não haver disputas internas com o 308 .

  • CanalhaRS

    Eu não pagaria mais de 40 mil por nenhum compacto, por mais maravilhoso que fosse, isso é um absurdo.
    Só brasileiro "deslumbrado" para aceitar isso.

    • Horacio

      Mas aqui no USA é a mesma coisa… Oq muda é só o nome das categorias, por exemplo:
      Você tem os sedãs pequenos (Civic, Corolla e etc…), e os sedãs médios (Accord, Camry e etc…), a lista de equipamentos dos sedãs médios são bem maiores que as dos sedãs pequenos. Se você quiser um sedã pequeno com equipamento de sedã médio, vai ter que partir para as marcas premium (e vai pagar preço de sedã médio).

    • João Cagnoni

      HB20 1.0 completo beira os 40 mil

  • Monty0112

    Eu realmente babei quando entrei nesse carro no salão do automóvel, não senti um incomodo grande nas pernas, pois o volante dele é menor do que o convencional, isso porque tenho quase 2 metros. Enfim, será uma possível compra para o futuro, um usado claro, vejo muitos carros da peugeot com uma desvalorização alta depois de uns anos.

  • IgorGuimasi

    Senhor editor, mude "comenta sobre diferenças" para "comenta diferenças". Bem melhor.

  • TacodeSinuca

    " Neste lançamento, a versão mais básica estava em R$41.790,00 e a mais completa estava em salgados R$57.990,00 "

    Por mim apodrece na concessionaria,ate ter o preço anunciado e mais alguns brindes… é o minimo a se exigir

  • O_Corsario

    Desculpe, mas não consigo engolir um carro "premium" em 2013 com vidro na manivela e dois air-bags.

  • Dragoniten

    A única versão que tinha um bom CxB do 208 era aquela versão Premium vendida por 55 mil que tinha o motor 1.6, 6 airbags, (ESP?), GPS, e todos os mimimis possíveis e imagináveis pra um compacto premium.

    • João Cagnoni

      Ainda é um compacto, deveria custar a metade com os mesmos acessórios.

  • ToNemAi_

    Premium o que cacete! Isso é um popular 2013. PAREM DE INVENTAR ESSA BOSTA!!!
    Que absurdo já ta beirando os 60k antes do que pensei… E vai chover otário comprando isso… E pensar que no final de 2012 dei 57k num sedã grande que da de 10 a 0 nesse papularzinho 2013

    • Gil

      Só porque voce comprou um sedan semi novo, se acha mais esperto que os outros, ao ponto de chamar de otário quem compra um 208 ?

      Cada um tem a sua necessidade cara. Eu por exemplo nao queria mais carro de tiozão, nem SUV e nem hatch defasado, e com visual ultrapassado.

      O unico que me serviria seria o Cruze, mas além de custar 15k a mais, ja vai sofrer face lift no final do ano, e nao tem para entrega rapida….

      • ToNemAi_

        Eu disse isso? Algum momento disse que sou ou era mais alguma coisa que alguém? Tenho certeza que não mas quem da 60k num popular 2013 é sim um otário e não é só 208 que representa essa classe ae.

  • blindzector

    Engracado…

    Antigamente… " poxa o carro nem tem airbag duplo qe paia… " Hoje… " O carro nao vem com sensor crepuscular, ESP… "

    Enquanto isso… em alguns outros modelos, comprasse carro sem nada apenas com vidros e travas e o som, masssss… kd a seguranca?

    Tem qe ser cobrado estas coisas desd o carro sendo basico… afinal a tecnologia vem ai barateando coisas qe antigamente eram coisas qe vinham em carros mais caros… Pq nao estar num Gol ESP? 7 Airbags… e ai vai!

  • Fer P

    o Sonic é mais carro, mais espeçoso e mais duravel

  • _oliveira

    Esse carro ficou muito bom…
    Fora toda a beleza do design que se pode ver nas fotos.. o carro é excelente de se dirigir.. Esse negócio de volante pequeno realmente ficou muito bom..
    Tudo no carro foi revisado.. Motor, suspensão, cambio.. O carro ficou ótimo!
    No mesmo dia que dirigi o 208, dirigi também um 408.. Fiquei seriamente favorável ao 208 no quesito dirigibilidade….
    Quem puder fazer um test-drive.. recomendo..

  • 16vti

    Gostaria de ver um comparativo profundo entre 208 Allure e C3 Tendance. Façam aí pra gente ver

  • fabio_augusto

    Afinal o 1.5 da PSA é manco ou dá conta do recado? Tem publicação que diz que falta desempenho, mas tem outras que dizem que o 1.5 é bom, e tem bom torque em baixa.
    Alguem que tenha o novo C3 pode me falar um pouco mais do 1.5?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email