Crossovers Hatches Lançamentos Peugeot

Peugeot 208 e 2008 ganham nova central multimídia como acessório

novo-peugeot-2008-NA-15-700x467 Peugeot 208 e 2008 ganham nova central multimídia como acessório

A Peugeot anunciou nesta semana que está disponibilizando uma nova opção de central multimídia para os modelos Peugeot 208 e Peugeot 2008 no mercado. O novo equipamento está sendo oferecido na rede de concessionárias da montadora francesa no País.



A central multimídia integra o “Kit Multimídia”, com direito inclusive ao sistema espelhamento com conexão WiFi via rede Hotspot (o motorista pode “espelhar” a tela do smartphone no display do carro), TV Digital e câmera de ré.

O preço sugerido desse kit multimídia é de salgados R$ 4.890, já com o custo de mão-de-obra especializada para a realização da instalação.

peugeot-208-2008-acessorios-1-700x467 Peugeot 208 e 2008 ganham nova central multimídia como acessório

Outra novidade é o “Kit Mobilidade”, exclusivo para o Peugeot 2008, que agrega duas barras de teto, porta-bicicleta e a instalação de um engate de reboque com ponteira removível, para facilitar o transporte de bicicletas neste suporte específico. O kit está disponível por um valor de R$ 1.390.

A linha de acessórios para os Peugeot 208 e 2008 inclui ainda módulo que automatiza o levantamento dos vidros anti-esmagamento, bolsa organizadora para porta-malas, sensor de estacionamento dianteiro, capa do retrovisor externo cromado, frisos de proteção lateral, soleira para porta, pedaleira de alumínio para freio e embreagem, entre outros.

O que você acha destes equipamentos oferecidos pela Peugeot, seus preços estão compatíveis com o mercado?

Galeria de fotos dos acessórios dos Peugeot 208 e 2008

  • Jossimar Pádua Júnior

    Que caro!

    • Franco da Silva

      Tudo isso por uma telinha de baixíssima resolução com pouquíssima sensibilidade ao toque e sistemas que são uma dor de cabeça para atualizar. Mas o seu vizinho vai ficar com inveja, então o pessoal paga!

      • leomix leo

        Não troco nenhum Pioneer de 2din por essas porcarias, isso pq é muito peb mais ainda é melhor que essas CMM. Melhor pegar um Alpine e etc…

        • duhehe

          Concordo, tem aparelhos da Pioneer que colocam muitas centrais de montadora no chinelo.
          O problema muitas vezes é que esteticamente não fica 100%, fica um pedaço pra fora, perde-se os botões do volante…

      • Linkera

        kcete! O vizinho tem que ter olho clínico pra diferenciar esta CM da CM que vem de série hahaha não acho que este seja o motivo

        Mas CxB péssimo para este adorno.

    • ObservadorCWB

      A Toyota já fez melhor…o cara comprava uma tela plana (quando ainda eram caras) e levava um Corolla para casa. Deve ser a nova “minha central multimídia / minha vida” para incentivar e alavancar as vendas.

      • Rogério

        Foi com o Feietios, não? Comprava o carro e ganhava uma tv 42″.

        • what_the_hell??

          Como o Etios tava encalhado, acho q era “compre uma TV e ganhe um Etios de brinde”.
          Se eu comprasse a TV, vendia o brinde na hora!!! :))))) Deus me livre um troço feio daqueles na minha garagem! De feio já basta meu vizinho!!!!! kkkk

        • Gustavo73

          Com o Corolla também.

  • Bruno

    Acho engraçado a ênfase que é dada geralmente para um carro por ter uma central multimídia ou um simples conjunto de leds nos faróis/lanternas. Pelo valor que estão cobrando vale mais a pena comprar por fora mesmo.

  • _William

    Que preço absurdo, esta mais caro que uma Smart TV 55” 3D de marca conhecida e que ainda vem com óculos de brinde.,… Ou dá até pra comprar um Xone ou um PS4 com jogos ainda. Tá doido!

    • Philomeno

      ou comprar um iphone 6+ 128gb (4,2k) baixar o waze, o mapa radar, comprar um suporte e um carregador automotivo no mercado livre (ou no aliexpress) e colar no vidro

      • Khusller

        Precisa nem ser um smartphone que é caro. Basta um tablet com suas 10″ ou mais. Um GPSzão por 2k.

        • Eu prefiro um GPS Garmin que vc paga 99 dólares em Miami. GPS de celular ou tablet não funciona direito sem internet ativa, fica uma porcaria.

          • Glaydson Arantes

            O Sygic funciona perfeitamente.

          • Ygor Soares

            Sem dúvida alguma! Estava vendo o HR-V outro dia e ele já vem com Garmin! Pelo que vi a central é Android 4.0

            • Philomeno

              Mas só o HR-V de 91900 (sem “curtain airbags”)

          • ObservadorCWB

            Todos que usem o aplicativo “cérebro 1.0” também preferem….kkkk

          • Carioca

            Eu usei o Here Maps da Nokia no meu S5 em Miami e Orlando e funcionou de boa… ele tem a opção de mapas offline.

          • Thiago K. Galiza

            Depende… já usei o Tom Tom, Navigon, e Sygic via satelite no IPhone e acho muito melhor que o WAZE
            Sygic e tom tom ainda mostra os radares, o Navigon só alerta que tem radar na rua mas não da o ponto correto.
            Fora que as vezes o Waze da uns caminhos sem cabimento… se vc não conhece um pouquinho a cidade vc roda feito barata tonta atoa

            • duhehe

              Só uso o Waze quando esta tudo completamente parado aqui em SP, ele vai levando por meio dos bairros… ajuda bastante.
              Do resto, é pedir para ficar rodando a toa.

          • duhehe

            Ha alguns softwares de GPS offline, eu uso o Here Maps.
            Se o celular tem GPS e Glonass a precisão é excelente( no caso da falta de sinal), onde tem sinal com o a-gps, a precisão é de 50cm +-.

          • Schwantes

            O “here maps” que vem nos lumias funciona muito bem. Se paga ate menos de 500 em um lumia 730 por exemplo com tela de 4.7 podendo o waze ou o próprio navegador nativo q funciona muito bem offline podendo baixar mapas de qualquer lugar do mundo de graca. Alem de todas as funcionalidades de um smart. Comprei um por nao confiar no tomtom q vem no r-link do fluence, q nao reconhece vias, desvios, etc de mais de 2 anos (está atualizado) alem de rotas sem noção.

            • Marcos Souza

              O here maps já está disponível para Android tbm…tenho ele e o waze no meu. Uso bastante o waze pra subir na pontuação…rsrs. E ele também avisa de acidentes e obras na pista.

          • Alessandro Lagoeiro

            O Nokia funciona sim Éber.

          • Khusller

            Se não fizer questão da internet, serve também, hehe.

          • iCardeX

            Sem contar que o Garmin suporta os mapas gratuitos da Tracksource Brasil.

          • Edson Fernandes

            Eber, o Here da Nokia funciona muito bem.

            Quando o uso sem internet, ele me ajuda e o sinal é praticamente imediato. Aquele programa é espetacular.

          • Thiago Fernandes

            O Nokia Here funciona offline , perfeitamente.

          • Felippe

            Depois que eu comecei a usar o Here Drive e Here Maps , eu nao quis mais saber de outro aplicativo de gps, os dois tem a opção de baixar os mapas e usar off-line

          • PPKX XD

            O Here Maps é grátis e funciona bem offline.

      • th!nk.t4nk

        Esse exemplo do iPhone 6 ficou pior que o do carro hehehe

        • leomix leo

          Kkkkkk verdade, acabou o custo benefício. Sem falar que os meninos vão ficar doido pra tomar quando vê-lo pendurado.

    • Bruno Wendel Marcolino

      fora que, se o carro for, sei lá, 50k num exemplo, o valor da central é quase 1/10 do valor do carro. ¬¬

      • É aquela história… com o preço de um bom carro atualmente você leva pra casa 20 iphone 6… dá o que pensar, não? Se for um popular bem equipado você leva uns 13 iphone… rs.

  • Gustavo73

    Todo o 2008 e acho que fora a versão de entrada, todo o 208 tem uma CMM. A diferença é não ter o sistema de espelhamento com conexão WiFi, TV Digital e câmera de ré. Mas tem todas as outras funções. Aí ele “joga a outra fora”, pois pelo que entendo só funciona em outro modelo da marca, e ainda teria que pagar quase 5k! Faz o seguinte Pug troca por um valor simbólico a CMM do 2008 já vendidos a torna esse item de série, acho que é essa nova que já vem no 208 (2016). E coloca essa CMM de série agora no 2008. As CMM retiradas, vende como (refurbished) por 1000 reais pros donos do 208 básico. Pronto agrada a todos.

    • Agrada aos clientes, mas fica sem lucrar quase 4.000 reais em cada central dessa que acabou de ser lançada.

      • Gustavo73

        Pois é Eber, mas é justamente isso. A Pug prefre ganhar na CMM que acabou de lançar e que nem todos vão comprar, que bender o próprio 2008(o carro com o melhor cxb da categoria e muito bem equipado) mas que vende pouco.

  • Philomeno

    Carro bonito, bem feito, preço convidativo, etc…
    Só que, pomba! Motor 1.6 aspro + AL4 e motor THP + MT…. Muito estranho

    • Jackson A

      Pg é boa em não entender o mercado.

    • André

      Já dirigi várias vezes o 1.6 aspirado automático de um familiar e mesmo não sendo um canhão como o THP, tem um desempenho bem razoável, e apesar das 4 marchas, o cambio funciona direitinho e suave. Os próprios testes e comparativos mostram que anda mais e é mais econômico que o Renegade. Então, a Peugeot oferece uma opção para quem quer um desempenho justo com o conforto do automático e para quem quer esportividade o THP mec. Quando oferecer o THP aut. vai começar o mimimi que o carro é muito caro e que o pos-venda é ruim e também não vai vender bem. O duro é vencer o pre-conceito.

      • RyanSX

        Não funciona ruim, mas não é la essas coisas porém só coloca la no “D” e seja feliz. Eu mesmo não ligo se é CVT, AT4 ou Automatizado (de dupla embreagem) pro dia a dia nada melhor do que não ter mais uma preocupação com mudança de marcha. É muito mimimi que ta rolando, pois se falamos de Hyundai falam que não é um cambio moderno, mas que atende a proposta, mas se falam de Peugeot ai não, é um porcaria, cambio velho etc etc. Tudo bem é um carro caro e deveria oferecer algo melhor, mas sinceramente, qual empresa que esteja passando por uma situação como a da Peugeot vai investir alto em algo que pode não ter o retorno esperado devido ao preconceito do próprio povo brasileiro??

        Outra coisa que mata essas marcas menores são avaliações, como a do canal top speed no youtube que frisam os defeitos pequenos dos carros, algo que passaria despercebido por você eles insistem em frisar nos video. Um exemplo é a avaliação do 3008 do canal, eles insistiam que o cambio demorava a reduzir e que ficava segurando a marcha com a rotação alta e falou, falou disso e tratou o cambio como se estivesse em um joystick em casa, falam como se fosse algo tão ruim sendo que é apenas uma característica que por vezes tende a proteger o motor e cambio do veiculo e evitar trocas excessivas, caso o motorista queria retomar a pegada forte e aproveitar a aceleração (faço isso por varias vezes nos meus carro). Ao invés de falar apenas desse detalhe, não, ficou brincando com carro. Acho valido falar essas coisa, mas se percebe que quando não é um carro do interesse deles, eles simplesmente não agem da mesma forma, não tem aquele animo dos outros videos.

        Os videos aqui do N.A são bons pelo simples fato de eles serem bastante imparciais e críticos, existe um padrão que não se vê em outro lugar. Já nas matérias escritas também se tem essa imparcialidade, porém apontam e criticam os erros e elogiam os acertos, mas sem exageros, ninguém merece fans de marca “X” ou “Y” redigindo um texto ou fazendo um vídeo.

        • Ygor Soares

          Me desculpe, eu também acho esse canal péssimo! Em um vídeo antigo eles já metem o malho na PSA sem mesmo ter começada a “avaliação”!

          Carro para eles é AUDI e BMW!

          E concordo com você que o câmbio de 4 marchas possa atender, porém acredito que colm de 6 o consumo melhore significantemente!

          • O problema do AT4 da PSA atualmente é unicamente consumo e rotação em ritmo de viagem. De resto, não há o que se reclamar do seu funcionamento e/ou confiabilidade.

            • Supernescau

              Neste ponto eu discordo: eu fazia 13 km/h com AT4 em um carro de 1400 kg na estrada. Melhor ou igual aos meus colegas que iam na mesma viagem com carros de 5 ou 6 marchas.

              • Bom, aí é aquela coisa do consumo: tudo depende demais de como se utiliza o veículo. É muito provável que seus colegas com carros de 5 ou 6 marchas estejam utilizando seus carros em ritmo de viagem ou com carregamento significativamente superior àquele com que você fez as medições em seu carro. E tem utilização de ar-condicionado, tipo de motorização de cada um dos carros… em consumo cada caso, uma sentença. A informação de que “meu carro de 4 marchas consome menos que o de colegas com carros de 5 ou 6 marchas em rodovia” é extremamente vaga e de significância nula.
                Agora, pegue como exemplo um Peugeot 208 manual de 5 marchas e outro automático com AT4 e os coloque em uma rodovia andando na mesma velocidade e com carga semelhante e não haverá discussão, o manual de 5 marchas vai gastar bem menos. A conta é simples: a 120 km/h um roda na faixa de 2800 RPM enquanto o outro roda bem acima dos 3000. Não há santo que vá fazer o automático gastar menos que o manual.
                A propósito, minha esposa tem um 208 automático de 4 marchas e eu tenho um C4 THP com 6 marchas. Dá pra saber um pouco do que estou falando… rs.
                Abraço.

                • Supernescau

                  Concordo com a parte do “extremamente vaga” mas é exagero a parte da “significância nula”. Fizemos a viagem juntos, andando no mesmo ritmo. Não estou falando que um câmbio de 4 marchas é a melhor coisa do mundo, mas só acho equivocado a repetição do carma. Também tenho um AT6 THP no momento. Muito melhor na estrada, mas na cidade, faz apenas 1 km por litro a mais e que AT4 (a grosso modo, para evitar detalhes exagerados).

                  • Na cidade realmente não vejo nenhuma desvantagem no AT4 com relação aos câmbios com relação mais numerosa.
                    Quanto ao termo “significância nula”, foi meio mal colocado, digamos. Mais certo é dizer que ele carece de detalhamento bem maior para ter seu significado avaliado corretamente. Acho que ficou melhor assim… rs.
                    Em termos do 208 automático, se você andar com ele na faixa de 110 km/h, ok, ele te dá um consumo razoável. Mas de começar a abusar e passar constantemente dos 120, ele assusta na velocidade em que o ponteiro de combustível baixa. É aí que o maior número de marchas na relação fazem sua diferença.

            • Colorado

              meu 307 2.0 at4 ta fazendo 4.5 com álcool na cidade, isso triscando o pé no acelerador, mas compensa na estrada pela estabilidade e potencia

              • Meu irmão tem um 307 2.0 manual, e consegue médias de 9,8 a 10 km/l na cidade (tudo bem, ele anda como a uma tiazinha, mas vale a informação… rs). A caixa automática de 4 marchas cobra o preço no consumo, sem dúvidas.

                • Edson Fernandes

                  Ubaldir, apesar de achar caro, sempre achei o 208 lindo e sempre me chamou atenção.

                  Poderia falar um pouco mais? Qual a rotaçã oque o 208 automatico fica em 120km/h? Quais os consumos gerais?

                  E os barulhos internos? O banco tem alguma proximidade de carros médios? E a rodagem? tem algum tipo de acolchoado nas portas para encostar o braço? Desculpe as perguntas, mas pessoalmente não dá para notar muita coisa sem rodar com o carro.

                  Abraços!

                  • Olha, o carrinho ainda está muito novo, rodamos pouco com ele. Por isso fica difícil de falar sobre o consumo por enquanto. Assim que tiver mais dados eu te repasso.
                    Quanto ao interior, o acabamento dele é bem feito, agrada aos olhos. Ele possui alcochoamento com o mesmo revestimento dos bancos (o da minha esposa eu mandei colocar couro) nos descansa braço e no apoio de braço central. O volante vem revestido em couro.
                    Ruídos internos, de diferente eu notei aquilo que é meio de praxe em carros de carroceria hatch, que são pequenos ruídos vindos ali do tampão do porta-malas, mas é coisa que só os mais “chatos” vão notar mesmo, sabe como é… rs. As portas dele possuem fechamento bem agradável, semelhante ao que se vê em carros médios. A dinâmica dele é muito boa, com direção muito direta e levíssima em manobras, a despeito do volante pequenino. A suspensão é confortável e proporciona boa estabilidade, mas “quica” um pouco em pisos mais irregulares, em um comportamento semelhante ao que eu tenho no C4.
                    O espaço interno é muito semelhante ao que se tem no Polo, a despeito do entre-eixos significantemente maior no Peugeot. O teto panorâmico é agradável, e o forro de vedação estanca totalmente a luminosidade quando fechado.
                    Fazem falta alguns detalhes, como indicador individual de portas mal fechadas (e um só para todas), a necessidade de chave para abrir o tanque e a inexistência de iluminação nos espelhos do para-sol.
                    Quanto ao câmbio de 4 marchas, suavíssimo nas trocas. Na cidade é difícil dizer que se sente a falta de mais marchas, a não ser para os mais atentos, que notarão que a primeira e a segunda “esticam” além do que se vê em outros carros. Na rodovia ainda não andei com ele, mas tenho certeza de que a falta de mais marchas vai ser mais sentida, uma vez que já observei bem ele a 80 km/h. A rotação a 120 com certeza passa dos 3000 giros.

                    • Uma pequena correção: o indicador de portas mal fechadas do painel realmente é único, com um desenho só para todas as portas. Mas a central multimídia exibe individualmente o alerta de qual porta não está fechada. Notei isso ontem… rs. Portanto, uma “falta” a menos no carrinho.

                    • Edson Fernandes

                      Bem ao estilo PSA de ser…rs

                      Eu vi um 208 exatmanete assim… com o interior feito em couro. Como ele tem alguns arremates e vi o acolchoado (vi nesse final de semana..rs), colocaria o couro cinza grafite ou claro. Ficaria bem bonito…rs

                      Mas é meu gosto. Sobre o quicar: Isso acontece no meu C3. Sinto falta do Xsara nisso… pq ele não quica e tem otima estabilidade direcional.

                      Tipico do gosto europeu. Porém falta em buracos de nossas cidades (bate seco). O C3 me mostrou que é um carro super robusto que logo estarei trocando. (efetivamente trocarei por um sedan médio a patroa finalmente aceitou e troco entre 1 e 2 meses). Já está decidido mas logo mais comento disso…rs

                      Sobre o cambio automatico e suas rotações… ao menos mesmo sendo um cambio de 4 marchas, hoje ela ter feito suas trocas entre 2100 a 2500rpm certo? Devido a ajustes da central que a PSA andou realizando.

                      A 120km/h imagino eu o regime de rotação a 3500rpm… bem tipico seja dos motores 1.6 ou do motor 2.0 qdo equipado com esse cambio.

                    • Isso aí mesmo. Do câmbio eu só não gostei muito do barulho que ele faz externamente quando engatado. Quando você está fora do carro e se coloca o câmbio em “D” ou “R” ele faz um ruidinho baixo, mas notável para os mais observadores. Tipo um zumbidinho de abelha. De qualquer forma, é algo que não se nota dentro do veiculo.
                      Aliás, o isolamento acústico dele é muito bom, comparável ao do C4.
                      Gostei da central multimídia. Muito intuitiva, fácil mesmo de utilizar. É melhor que a do C4, mais completa e com touch screen que deixa tudo mais simples de se usar.
                      O acabamento interno do carrinho fica muito próximo do que se vê no Lounge. Tirando a falta da superfície soft touch no painel e no topo dos forros de portas, o resto é tudo feito em um padrão semelhante. As superfícies macias vistas no C4 são substituídas por um acabamento acetinado, que agrada muito à vista. Claro que há um requinte maior no modelo médio, em especial no conteúdo do console central, mas os materiais utilizados são compatíveis, digamos assim.
                      Na acomodação, o teto na parte traseira é bem baixo. O espaço para pernas é um pouco maior do que o que eu via no Polo, mas o teto é realmente baixo, a ponto de incomodar bem quem tem mais de 1,80 metro de altura.
                      Em termos de equipamentos, vidros de apenas um toque para todas as portas e retrovisores rebatíveis seriam bem vindos. A disponibilização de sistema “keyless” seria também de bom tom em um modelo tão bem equipado. Mas convenhamos que não é algo que se encontra na categoria. Os faróis da versão Griffe ficaram muito bonitos com a iluminação diurna embutida neles, dando um efeito muito superior ao que se vê nas versões mais simples, onde as três “luzinhas” amarelas no topo do farol acabaram ficando a dever no visual.
                      Em termos de condução, uma observação: as grandes aletas de passagem de marcha atrás do volante (a despeito de serem ótimas para a operação do câmbio) e a alavanca adicional disposta do lado esquerdo para controle de limitador/controlador de velocidade, somadas ao volante de pequeno raio, acabam por exigir um certo costume no manuseio do carro. Uma certa confusão na hora de acionar as setas acaba acontecendo nos primeiros dias com o carro.
                      Bom, achei uma boa escolha, no fim das contas. Para quem procura um carro compacto com requintes de carro médio, é uma boa pedida. Foi isso que procurei para a minha esposa. Pra ela, quanto menor o carrinho mais ela fica satisfeita… rs. Os seis airbags pesaram muito na escolha.

                    • Edson Fernandes

                      Geralmente as criticas desse carro são de barulhos no forro do teto e o teto baixo (quando possui justamente o teto panoramico).

                      O cambio AT8 hoje tem um nivel de acerto muito bom, só peca como no HB20 em consumo.

                      O barulhinho que vc se refere é real e é funcionamento do caixa. Ela faz isso porque a atuação do conversor de torque nas duas primeiras marchas (ainda que se ouça mais na primeira marcha) é constante.

                      Sei que poderiam eliminar o ruido, mas creio que resolveram dar atenção em outros detalhes. Fico eu imaginando hoje, quem compra o C3 em detrimento ao 208. Eu considero muito mais carro. Palavras de um dono de C3…rs

                    • O grupo PSA acabou fazendo um novo arranjo dentro de sua gama de compactos. O 208 acabou ficando responsável por atuar em uma fatia mais elevada do mercado, enquanto que o C3 atingiu patamares mais baixos. Ao se entrar dentro dos dois modelos a diferença que isso surtiu é notada imediatamente nos materiais de acabamento interno.
                      Não sei se foi muito válido. O C3 teve enorme aceitação no modelo da primeira geração. Na segunda, a despeito de se tratar de um modelo conceitualmente bem melhor que o primeiro, acabou vendo suas vendas minguadas, enquanto que a Peugeot não experimentou ganho tão expressivo nos números do 208.

                    • Edson Fernandes

                      Na realidade, a simplificação realizada pela Citroen no interior dos modelos aqui no Brasil de certa forma criou uma rejeição.

                      Ok, desde o modelo de entrada, a versão origine passou a ser mais completa que a GLX (do modelo anterior) e de detalhes superior a Exclusive 1.4 (ABS e incorporou o computador de bordo da exclusive).

                      Perde-se som, mas se ganha no funcional. (além da segurança)

                      Mas o maior problema é que um dia a marca que sempre soube equilibrar os itens de série (Citroen) passou a criar um pulo gigante de preços entre o que é de entrada e o que é topo de linha.

                      E então, de repente para ser um C3 origine para o Exclusive é de altos R$12000. Para ter o que? Ar digital, bancos em couro e….. teto “alongado”. Ok… tem o motor… mas é muito pouco para justificar o preço mais alto. E ainda considere que sequer citei os opcionais My Way (GPS tal qual seu C4 Lounge só que sem uma série de funções) e opcional de segurança além das cores opcionais.

                      Antes de pensarmos no Fiesta, o C3 todo completo no lançamento da atualização já tinha versão de R$60000 (como referencia tinhamos Polo, Punto e Sonic, sendo esse ultimo na sua versão sedan LTZ por R$58000.

                      A citroen chutou o balde e me fez o favor de remover o motor 1.6 manual da exclusive para botar o 1.5 por R$1000 a menos. Enfim… essas coisas fizeram do C3 um carro mal situado no mercado que apesar de ser um bom produto, tem um preço não condizente com o que oferta…

                      Eu sem duvida optaria pelo 208. Alias é um carro que só falta um cambio e o ESP para ser muito atrativo e não ter muito o que dizer do Fiesta frente ao 208 que considero inclusive de interior um mundo superior de diferença. E perceba que a Peugeot até pela questão do preço, tenta vender o 208 a um preço por vezes alto e isso ferra o produto.

                      Quando ela lançou o Allure 1.6 automtico por incriveis R$46000, foi deveras interessante porque na epoca todos os demais já estavam acima R$50000. Agora esse também já custa esse valor. (na verdade mais)

            • Ygor Soares

              O problema é que comprando esse carro agora, em dois anos você terá um baita mico na mão! Visto que já existe projeto de vir uma caixa com 6 marchas em 2016/2017!

              • Ouço esta “notícia” de que os compactos do grupo PSA no Brasil adotarão câmbio mais modernos a tempo demais. Não sei se vai acontecer mesmo, em especial observando o nível de vendas. Sei que o grupo tem extrema dificuldade em viabilizar um câmbio automático de 6 marchas para sua plataforma de compactos (C3, 208, 2008).
                A verdade é que o grupo PSA fica entre a “cruz e a espada”. Por certo que a adoção de um câmbio mais moderno teria potencial para ampliar o leque de interessados em seus produtos. Entretanto, esta medida (trocar o câmbio AT4 para transmissão de 6 velocidades) já foi adotada em seus produtos da linha média (408, C4, 308), com resultados nulos em termos de ampliação das vendas. Será que vai valer a pena investir em um projeto de câmbio mais moderno para os compactos? Será que esta medida vai resolver o problema de vendas desses produtos? Eu sinceramente não acredito. As francesas são acometidas por um estereótipo no Brasil, em alguns aspectos justificável (o atendimento no pós-venda tem que melhorar), mas em grande parte ligado a preconceito mesmo. Há vários de seus produtos com adjetivos suficientes para estarem brigando no topo da tabela de vendas, mas que não deixam de patinar em posições de intermediárias para baixo.
                Portanto, não conte com a adoção de uma caixa mais moderna para a plataforma compacta do grupo. Ainda mais com a crise instalada no nosso mercado.

                • Ygor Soares

                  Justamente devido a crise eles devem trazer novas opções! Se vendem o que tem agora com essa dificuldade toda, imagina com crise e um cambio antiquado!
                  Eu tenho um 308 e não compraria outro carro da Peugeot! Paguei R$ 62 mil no meu zero e no mês passado queriam pagar R$ 34 mil na troca por um 2008! Deu vontade de rir! O 2008 é completamente mais seco de interior, nem apoio de braço o carro possui e mesmo assim a versão de entrada é mais cara que um 308!

                  • Bom, o caso do 2008 mais caro que o 308 já não é particularidade da Peugeot. Essa modinha dos crossovers (ou mini SUV’s) pegou o mercado inteiro e as montadoras se sentem a vontade para sobretaxar os lucros para esses modelos. O consumidor paga, elas agradecem.

          • RyanSX

            Sem duvidas, o AT6 melhora bastante, sei disso pois aqui em casa ja teve um 307 2.0 AT4 e um 308 2.0 AT6, a diferença entre os dois é que no primeiro caso o carro parece mais “amarrado” e no segundo o carro anda mais tranquilo digamos assim. Fora que as trocas de marchas acontecem sempre em uma rotação confortável e mesmo com o carro pesado e cambio em “D” no aclive. Detalhe é que parece nesse cambio quando você começa a subir o morro, mesmo não dando o famoso kick down ele ja baixa as marchas para aproveitar o “embalo” do carro e subir tranquilo. com o motor cheio.

            • Colorado

              tenho um 307 2.0 AT4 que só abasteço com álcool, o carro é um foguete andando na estrada, é “amarrado”, mas dando kick down em uma ultrapassagem, sai da frente! se não tirar o pé do acelerador o bicho passa dos 200km/h no velocímetro sem vc perceber, detalhe só ando em estrada de mão simples cheia de bitrens, não tenho do que reclamar em ultrapassagens do motor e cambio do pug, quero trocar por um carro seminovo na faixa dos 50 k, mas não acho nada melhor

          • _William

            Esse canal Top Speed é ridículo, canalzinho ruim danado esse!

        • André

          Aquele menino do Canal Top Speed que testou o 3008 ainda é uma criança que precisa amadurecer. Se acha o Senna ao volante, dirige em vias públicas com se estivesse em circuito de F1 e detona alguns veículos com um palavreado exagerado e totalmente desnecessário. A turminha igualmente infantil, fã dele, adora isso. Já o parceiro dele, parece ser um cara bem mais maduro e seus comentários fazem sempre sentido, além de dirigir como um ser normal. É ele que traz algum profissionalismo para o canal.
          Espero que a infantilidade do primeiro não estrague o trabalho de ambos até agora por causa de boicote de montadoras para ceder carros para teste ou até mesmo alguma outra ocorrência mais grave. Mas enfim, torço por eles, gosto de ver a persistência destes jovens para achar seu espaço na mídia.

          • RyanSX

            Ele é muito exagerado nos comentários e faz coisas desnecessárias, tipo testear o ESP em via publica, não precisa disso, todos sabem que se está ali é para ajudar. tem que maneirar um pouco senão só vai dar mau exemplo, e ninguém quer isso, ainda mais hoje em dia com tantos carros nas ruas.

          • Paulor1899

            O famoso Dudu Corollinha dos tempos do Orkut.

        • THE GUNSLINGER

          Top Speed é uma verdadeira porcaria.

  • Wagner Lopes

    5K em uma CM ??? Só para os “sem noção” mesmo…

    • V12 for life

      Da pra economizar 3,5 com uma da Pioneer que é melhor que muitas de fabrica.

  • Peraldiano

    Por falar em chifre, alguém já teve a grata alegria de ver um 2008 rodando por aí?
    Confesso que ainda não vi esse mimoso nas ruas, ou se tiver visto, passou despercebido.
    E eu trocaria todas essas bugingangas chinesas por um câmbio automático decente.

    • Ygor Soares

      Tenho visto bastante no RJ, na seguinte ordem: HR-V > 2008 > Renegade

      • Fernando S.

        Moro na região metropolitana de SP e por aqui vi a seguinte ordem: Renegade > HR-V > 2008

        Aliás, sinceramente eu ainda não vi um 2008.

        • Ygor Soares

          Tenho visto bastante na cor Marron e Vermelho, são lindos e acho mais completo que o HR-V! O Renegade eu até gosto, porém a mala dele e o motor 1.8 do Bravo…….

          • Rmx

            Qual mala??
            Ahhh Aquele segundo porta luvas atrás do banco traseiro!

        • Edson Fernandes

          Eu já vi branco (perolizado) e marrom. Ele é lindo… pena faltar o cambio aut no THP. Mas meu caso daira na mesma, porque o que pedem por esses altinhos eu não tenho disposição de pagar.

      • Gustavo73

        Tenho visto também. Mas a proporção dos outros dois ainda é maior. Também moro no Rio.

    • Tiago

      Na minha região (RS) Renegade> 2008> HRV. HRV quase inexistente.

    • Gregory Felito

      Curitiba ta cheio de 2008 nas ruas.

    • Atley jackson

      Aqui em Curitiba já vejo 2008 aos montes, o difícil aqui é ver o Renegade.

    • Vinicius Vasques

      Em BH vi apenas um 2008 rodando desde o lançamento. O HRV é o que mais dá as caras e uns poucos Renegade por aí.

    • Thirten

      São Paulo ZS – Seguinte ordem HRV disparado, 2008 e Renegade..

    • zekinha71

      Eu também até hj não ví nenhum, agora HR-V e Renegade virou mato.
      E os Renegade na maioria são laranjas ou vermelhos.

  • Peraldiano

    Aquele baú no porta malas deve servir para levar umas cervejas.
    Se bobear, serve como porta-sogra também….

    • Rmx

      Depois que vc cortar ela em pedacinhos temperar com bastante sal grosso !
      Da pra levar a velha pro chusrrasquinho!
      To dando uma de uns 55 KG se quiser vim pegar. Já entrego temperada!

      • Peraldiano

        Tremenda sacanagem levar carne de pescoço para churrasco….

  • Fernando S.

    Eu acho essas centrais multimídia praticamente inúteis. Tem (muita) gente que prefere pegar carro 1.0 com essa telinha do que um 1.4 ou 1.6 sem ela.

    • V12 for life

      Oque não tem utilidade para você tem para os outros, tv no carro pra mim não serve para nada mas tem gente que gosta, nem todos preferem ou precisam de mais desempenho.

      • Gustavo73

        Realmente ainda não vi utilidade na tv nessas centrais.

        • V12 for life

          Conseguiu ver o link da CMF que mandei?

          • Gustavo73

            Não li ainda não. Mas você tem razão com relação a modularidade da plataforma.

            • V12 for life

              Tem 3 variações, CMF-A que vai estrear com o Kwid, CMF-B que ainda não tem nenhum modelo e eu acho que o primeiro vai ser o novo March, e a CMF-CD que estreou com o Qashqai, é a mais utilizada por enquanto.

      • Fernando S.

        Mas aí que tá o X da questão. Com esse valor cobrado, é muito melhor pegar um GPS com TV e plugar na tela. Quanto ao desempenho, é como eu disse em algum outro comentário… se vc pode optar pelo mesmo modelo ou um modelo parecido com motor mais forte e sem a telinha, é mais negócio, especialmente quando se coloca quatro pessoas + bagagem no carro numa viagem.

        • V12 for life

          Só é útil se tem crianças, no meu caso são 5 adultos, ou conversam a viagem toda ou ouvimos musica, e mesmo que seja para crianças não tem necessidade de tv na tela principal um dvd de teto é mais útil e visível para quem vai atrás.

          • Edson Fernandes

            E mais confortavel. O pessoal pensa que a tela bem no rosto é bom… só que a posição se cansa depois de um certo tempo, como é possível deixar um pouco mais distante essas telas centrais (ou dvds portateis), fica mais confortavel para se visualizar.

      • Edson Fernandes

        Sabe qual é a dureza? As vezes a pessoa já tem uma central multimidia sem ter exatamente uma tela (o som é bom e tem tudo que se precisa) mas o cara quer ter uma tela LCD de cerca de 7 polegadas para enfeitar o painel.

        As vezes, a pessoa poderia ter um carro melhor equilibrado em termos de itens de série como um motor superior com um som que não possua um display de 2 din mas ainda assim com aparelho… tal qual os sons da ford onde apenas geralmente as versões de topo tem uma tela touchscreen (caso do Fiesta titanium plus e o mesmo para o Focus, além do Fusion e Edge).

        Então poderia existir um equilibrio. Eu pelo menos optaria pelo equilibrio.

    • netovski

      Telinha não, mas GPS a depender do hábito de uso é bem útil, e o integrado é melhor pois é bem inconveniente ter que ficar montando cada vez que for usar.

      É algo que nos Dacia-Renault custa 1k por exemplo, o Media Nav (ou até menos já que esse pacote agrega ainda sensor de estacionamento e ac digital para as versões 1.6).

      • Fernando S.

        Pô, cara. Vc fala como pegar um GPS e plugar no para-brisa fosse algo tão difícil de fazer. Eu entendo o que vc está dizendo, mas é preferível, no MEU modo de ver, um motor mais forte em que vc consiga andar com 4 pessoas + bagagem sem terminar a viagem parecendo que levou uma surra.

        • netovski

          É bem difícil de fazer, em particular quando tem gente no carro.
          “Ah não monta essa tranqueira não, deixa que eu sei o caminho” e até acaba constrangindo o motorista.

          E quando você está dirigindo e decide usar o GPS fica complicado parar o carro só pra montar o acessório.

          É muito mais prático te-lo sempre à disposição, melhor ainda se puder aciona-lo por comando de voz ou comandos no volante.

        • Edson Fernandes

          Po, mas no caso da Renault ela cobra muito pouco para ter uma central.

          Ali ela te incentiva levar o aparelho. Ao contrario das demais que cobram essas quantias que tiram o desejo da compra. No caso do 208 ou 2008, eu nem trocaria, porque as funções não fazem sentido para mim e na tela original já tem GPS e auxiliar para instalação de camera e tv digital se quiser (mas é cobrado um desbloqueio que sai bem mais em conta).

  • Chicão

    E não tem Carplay nem Android auto.
    Lançar uma central hoje sem isso é não saber pra onde as coisas vão.

    • ObservadorCWB

      Eles sabem…garanto….mas vão lançando as “novidades” paulatinamente…. ano que vem eles agregam estas funções … e quem sabe ousam cobrar +R$500,00 por esta funcionalidade.

      • Chicão

        Faz sentido hahaha

        • Marcos Souza

          Falta os q se adaptam ao sistema windows. Acho que num futuro próximo, vai fazer falta…

      • Edson Fernandes

        Duvido…. o Fox lançando a central…. complicou a vida das demais.

        E irão apelar para isso pq para o momento é interessante.

        A Chevrolet vai apelar para isso qdo disseminar o Mylink2 para todos os modelos.

  • Dorcas Luca

    O carro é excelente, ruim são as configurações: 1.6 com câmbio automático porcaria e versão turbo apenas com câmbio manual. Peugeot sendo Peugeot!

  • Tosca16

    Se for pra cobrarem quase 5 pilas seria melhor que fosse no tão esperado câmbio automático, não acham ? Eu acho que sou um dos poucos que gosto do 2008 manual, esse THP é belezinha demais… Até na garagem do Bellote o mesmo ficou sem ter o que dizer, é muito prazeroso esse Crossover .

  • zekinha71

    Gostei dos suportes pra bike.

  • Fanjos

    Não vi nenhum 2008 na rua ainda.

  • Bugrezilla

    Perda de tempo total, nem adianta ficar inventando moda enquanto não tiver um automático decente.

  • Leandro Queiroz Jucá

    Pensei que seria uma atualização de verdade (Sistema iOS e Android)

  • Zeca Piroto

    Os caras instalam um EzCast no carro e querem cobrar quase 5 mil por isso?! loucura kkk
    E essa galera ainda não entendeu que a onda não é espelhar o celular, e sim ter o sistema já no aparelho, no maximo usando o 3g do celular, isso sim é muito mais eficiente e estável…

  • Alexandre Maciel

    5 mil reais num acessório para um carro de 50 mil… deixe-me pensar… huuuuuuuuuuummmm … não… obrigado!

    Isso só pode ser piada.

  • Romulo Moreira

    Poderia ter lançado com isso já, mas a mão da ganância é maior!

  • netovski

    Pode ser instalado na versão Active?

  • Amaro Amado

    Por essas e outras é que a Peugeot não consegue deslanchar no Brasil, onde desgraça ja se viu um preço absurdo da *orra desse? Este tal kit é uma central pra substituir a existente? Se for o idiota do proprietário fica com a original em casa; se for alguma peça/software para aplicar na central existente, aí é que o roubo é de lascar mesmo. Uma central com todos os recursos desse famigerado kit fica em torno de 3 a 3.500 reais.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend