Peugeot Recalls SUVs

Peugeot 3008 2018 tem recall por risco de incêndio

peugeot-3008-2018-avaliação-NA-32 Peugeot 3008 2018 tem recall por risco de incêndio

O Peugeot 3008 2018 já está listado em um recall da marca francesa no Brasil. O comunicado, já enviado aos proprietários do modelo, é referente ao risco de incêndio. De acordo com o fabricante, um mau posicionamento do chicote elétrico do motor de arranque possibilita que o mesmo esteja exposto à alta temperatura e sua possível degradação pode ocasionar mau funcionamento ou aquecimento do motor de partida.



Segundo a Peugeot, em casos raros, o chicote elétrico pode provocar “deslocamento involuntário do veículo” e incêndio no cofre do motor, vindo assim a gerar risco de acidente com danos materiais e físicos no motorista, passageiros e/ou terceiros. O chamamento da marca inclui os veículos feitos entre 9 de setembro de 2016 a 24 de julho de 2017, indo dos chassis HSO03128 a JSO07249. O atendimento aos clientes começa em 16 de outubro e o serviço, que dura duas horas, pode ser agendado entre 9h e 17h.

A Peugeot ainda recomenda que – no momento do agendamento, se o cliente desejar – solicite o carro reserva, que faz parte do programa Peugeot Total Care. Lançado em junho com preço promocional de R$ 135.990 (agora R$ 139.990), o Peugeot 3008 2018 chegou com boa recepção por parte do mercado brasileiro, revitalizando assim as importações da marca francesa. De acordo com a empresa, o SUV tinha cota mensal de 250 unidades, mas agora já existe uma demanda de 900 unidades. Até o momento, 436 exemplares foram vendidos, colocando-o em 40º lugar no segmento de SUVs. As vendas animaram a marca à trazer o modelo 5008 em 2018, que tem sete lugares.

Feito sobre a plataforma modular EMP2, a mesma que agora chega importada do Uruguai, mas a bordo da van Expert, medindo 4,45 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,62 m de altura e 2,67 m de entre-eixos, o Peugeot 3008 2018 apresenta um design mais moderno em relação à geração anterior, ganhando aspectos estéticos mais voltado para o fora de estrada, embora seu foco na prática seja o uso sobre o asfalto (confira aqui a Avaliação NA).

Mas, mais do que aptidão ou não para o off-road, o Peugeot 3008 2018 se destaca para excelente acabamento, bem distinto da maioria dos modelos do segmento ao utilizar materiais exclusivos. O utilitário esportivo tem ainda outros itens que chamam atenção, entre eles bancos dianteiros com cinco tipos de massagem, bem como quadro de instrumentos digital e configurável, bem como multimídia com Android Auto e Car Play. O modelo tem ainda teto solar panorâmico, iluminação em LED e acabamento geral em couro, entre outros. A mecânica é a já conhecida 1.6 THP de 165 cv com 24,5 kgfm, bem como câmbio automático de seis marchas.

Agradecimentos ao Gilberto.

 

  • carroair30

    Quero ver os fariseus o que vao falar agora???

    • Moço, em tempos de recall à rodo para tudo que é marca e modelo, arredar um chicotinho elétrico para um lado em alguns minutos não quer dizer absolutamente nada. Nem troca de peças está prevista. Faz parte. Não há o que ser dito.

      • André

        Mas é carro francês, aí já viu né? O ódio gratuito se multiplica, isso porque a Peugeot fabrica carros desde do século 19.

        • Deadlock

          É, o defeito é de fabrica, pra que reclamar?

          • Defeito de fábrica é resolvido desta forma, em recall e garantia. Linha de montagem é assim mesmo. Você pode até minimizar bastante esse tipo de intercorrência, mas eliminá-las é algo fora de propósito pelo custo que seria envolvido. Não é atoa que o recall é um artifício bastante utilizado por quase totalidade da indústria manufatureira mundial, e não só na automobilística. Faz parte do processo.
            Agora, deu defeito, o fabricante virou as costas, aí sim, a reclamação é cabível. Em um caso no qual o fabricante detecta a eminência de um problema e toma as devidas providências, no que se assentaria uma reclamação? Sei lá… o mundo anda caminhando para um “mimimi” que me assusta.

            • Davi Millan

              Tudo bem Ubaldir? Como anda a viatura?
              Pelo menos a Peugeot não está fugindo do problema como a VW vem fazendo com o Up!.

              • Opa. Beleza, amigo?
                Rapaz, as viaturas lá de casa (208 e Lounge) andam em grande forma aos 50 mil km rodados. Não há muito o que relatar. O 208 da patroa, ao longo desse 50 mil km, acabou de apresentar o primeiro defeito que vou pedir para ser resolvido na revisão que vou fazer semana que vem: o esguicho do limpador do vidro traseiro entupiu. Os pneus ainda vão rodar uns 10 mil km antes de exigir troca.
                Já o C4, teve algumas intervenções em garantia, mas tudo resolvido eficientemente e sem maiores dores de cabeça pela autorizada. Um ruído no rebatimento dos espelhos externos na revisão de 10 mil km, uma troca dos amortecedores (indicada pela fábrica) dianteiros aos 20 mil, uma intervenção na direção aos 30 mil (não sei porque, eu não tinha notado nada de diferente) e uma correção no sistema de correia aos 40 mil (o carro apresentava um “tec-tec” até uns 20 segundos após a partida – li que foi algo comum nos THP em uma época, incluindo os Mini). Essa foi a folha corrida.
                Na revisão dos 50 mil trocaram fluído de freio, pastilhas dianteiras (retificaram os discos) e indicaram a troca de um coxim do motor. Os pneus demandam uma troca a cada 30 mil km, isso é um fato, mesmo que o seu desgaste seja absolutamente homogêneo.

                • 1 Raul

                  Ubaldir, seu thp já soltou a mangueira do turbo alguma vez?

      • Gomes

        E ainda pode pegar um carro reserva:)

        • Davi Millan

          Pois é, outras marcas nem carro reserva tem direito.

        • rrodrigo ROOH

          mas pelo que entendi, é plano que o comprador paga um pouco a mais quando compra o carro correto ?

          • Bruno Dantas

            O programa da direito a carro reserva a todos os modelos da série 8, mesmo fora da garantia. Não é preciso ter pago nada a mais por isso. O carro reserva é Peugeot, claro e se tem direito a ele caso o teu carro fique imobilizado por mais de 4 dias na oficina da CCS. Provavelmente pra esse caso da 3008 é uma exceção, pois a intervenção pra reposicionar o chicote não leva mais que um dia.

      • Gilberto Silva

        Disse tudo! Me considero um feliz proprietário do novo 3008 , e não tenho motivos pra reclamar até agora , vamos ver o pôs vendas se de fato mudou. A concessionária que eu retirei o veículo foi péssima , AGO aqui no RJ, não coloco meus pés mais lá , revisão será feita em outra fora do Grupo SHC.

      • Gilberto Silva

        Disse tudo! Me considero um feliz proprietário do novo 3008 , e não tenho motivos pra reclamar até agora , vamos ver o pôs vendas se de fato mudou. A concessionária que eu retirei o veículo foi péssima , AGO aqui no RJ, não coloco meus pés mais lá , revisão será feita em outra fora do Grupo SHC.

      • Gilberto Silva

        Disse tudo! Me considero um feliz proprietário do novo 3008 , e não tenho motivos pra reclamar até agora , vamos ver o pôs vendas se de fato mudou. A concessionária que eu retirei o veículo foi péssima , AGO aqui no RJ, não coloco meus pés mais lá , revisão será feita em outra fora do Grupo SHC.

      • Gilberto Silva

        Disse tudo! Me considero um feliz proprietário do novo 3008 , e não tenho motivos pra reclamar até agora , vamos ver o pôs vendas se de fato mudou. A concessionária que eu retirei o veículo foi péssima , AGO aqui no RJ, não coloco meus pés mais lá , revisão será feita em outra fora do Grupo SHC.

      • Gilberto Silva

        Disse tudo! Me considero um feliz proprietário do novo 3008 , e não tenho motivos pra reclamar até agora , vamos ver o pôs vendas se de fato mudou. A concessionária que eu retirei o veículo foi péssima , AGO aqui no RJ, não coloco meus pés mais lá , revisão será feita em outra fora do Grupo SHC.

        • Anderson

          O problema não deve ser o grupo, mas css p css. Reclame no Sac que agora com o Total Care deve se resolver.

    • André

      Os fariseus dificilmente teriam um 3008, esses certamente teriam uma CR-V.

    • foraTemerGloboTrumpBrexit

      todos tem q fazer recall

  • Esquilo Tranquilo

    Peugeot 3008 Motor Fire

  • Lucas

    Acontece. É preferível assumir o erro e fazer o recall, mesmo para uma quantidade pequena de produtos, do que fazer que nem a Ford que nunca se responsabilizou pelos problemas no PowerShift ou a Toyota que não troca airbag defeituoso.
    No contexto do nosso país, onde grandes empresas zombam do consumidor sem nenhuma sanção, é melhor do que nada.

    • Bruno Silva

      A Toyota não tá trocando porque não quer, é porque o fornecedor não está conseguindo atender a demanda mundial, são milhões de carros com problema (e isso não é culpa da Toyota). Pelo menos o airbag foi desativado e aos poucos os carros estão sendo chamados para troca.

      • Roni Menezes

        Para que serve um airbag desativado? E se nesse meio tempo acontecer um acidente, a Toyota vai se responsabilizar se alguém se ferir ou morrer pela falta do airbag? Se o fornecedor atual não está dando conta de atender a demanda isso não é problema de quem comprou um carro Toyota. Foi a Toyota que aceitou a Takata como fornecedora de airbags. Agora ela que se vire para trocar todos os airbags defeituosos e não ficar colando adesivo. Mas aqui no Brasil como sempre o problema é repassado para o consumidor. E o pior é que tem gente que defende a Toyota.

        • Deadlock

          Sim, se vendeu tem que se responsabilizar.

          • Ernesto

            E por acaso a Toyota está fugindo da responsabilidade?
            E esse caso de desativação do air bag não é uma regra. Meu carro mesmo estava nesse recall. Liguei para uma concessionária e agendei para dois dias depois a troca. Feito sem qualquer problema.

      • afonso200

        entao quer dizer que a fileder que tenho aqui, que esse ano levei na toyota pra resolverem, eles desativaram, o serviço durou 1 hora. sera que desativaram, na nota colocaram a substituição do airbag do passageiro tava 77,00reais na nota

        • Adrian

          Não, quando eles desativam eles colocam um adesivo avisando.

      • Davi Millan

        Não interessa se o fornecedor não consegue atender a demanda. Se o consumidor comprou um carro com airbag e ele assim exigir a Toyota é obrigada a fazer o pedido a um outro fornecedor. Não é porque teve problemas com um de seus fornecedores de peças que ela está isenta, afinal o consumidor comprou o carro da Toyota e não foi no mercado comprar as peças para montar um carro.

        • Ernesto

          Davi, essa questão de desativação não é uma regra. Meu carro foi chamado para recall e então liguei para uma concessionária para a correção. Agendei para dois dias depois e a troca foi realizada sem problemas.

          • Davi Millan

            Sim, essa questão de desativação realmente não é uma regra, pois pelo vi pelo menos nas capitais não estão tendo esses problemas. Mas desativar o airbag e deixar a pessoa sem realmente não é uma atitude muito legal. Ok que o fornecedor não está conseguindo cumprir com a demanda. Mas se um consumidor tiver o airbag desativado e não aceitar rodar com o carro sem airbag e exigir que seja feito a troca a Toyota é obrigada a realizar e não interessa se não tem demanda, pois a mesma poderia pedir a um novo fornecedor para realizar a substituição. Como eu disse, a pessoa compra um carro na Toyota e não interessa se o fornecedor é X, Y ou Z, se a pessoa exigir o item, ainda mais de segurança a Toyota é obrigada a ter.

  • Bruno Silva

    Engraçado que quando é japonesa o pessoal larga o aço, mas francesa não pode.

    • dallebu

      Só porque todo mundo fala que Japonês não dá defeito, aí quando dá é bom jogar na cara mesmo pro pessoal deixar de ser besta.

      • João Cagnoni

        Sim, todas as auto peças que trabalham com carros japoneses possuem produtos apenas para enfeite, afinal carro japonês não quebra…

        • Ernesto

          João, você não cansa, hein? Quem fala que carro japonês não precisa fazer manutenção são os haters como você. Quem tem sabe muito bem que precisa. A diferença é que donos de Honda e Toyota normalmente levam seus carros para revisões em concessionária pois sabem que o atendimento é bom e as peças com preços não abusivos. Visite a oficina de uma concessionária Toyota. Você verá que tem Corolla antigo, Hilux antiga. Agora vá numa oficina da Citroen para ver se tem carros mais antigos.

    • Vinicius Vasques

      Foi o que comentei acima, CRV com 6 recalls e FIT com 10 recalls somados nos últimos 5 anos. E carro japonês não dá defeito …

      • Thiago Gomes

        E as japonesas agora ainda tiverem o escandalo do aluminio adulterado no Japão….

  • Daniel

    Mil vezes melhor que o adesivo da Toyota.

  • Ricardo

    hahaha Isso é um balde de água fria nos fanboys do 3008. Eu vou aguardar pacientemente um test drive no novo CRV.

    • Lucas

      Rapaz, o CRV vem por no mínimo 180 mil. Esse lixo de carro totalmente obsoleto que é a geração atual já custa 150!

      • Ricardo

        Meu teto é +ou-150mil, então se vier acima já estou fora, mas nos EUA a versão top custa $35,000, o que me faz crer num preço de mercado no BR de 159mil mais ou menos no máximo.

        • Lucas

          Mas amigo, não existe a menor possibilidade de chegar numa versão aceitável por 159 mil reais. O atual, com motor aspirado fraquíssimo, acabamento chulo, câmbio da década passada e beberrão custa 150! Como o CRV novo, totalmente reformulado, mais leve, com motor turbo e câmbio mais eficiente poderia custar apenas 10 mil a mais?
          Com esse valor eu compraria um SUV seminovo a diesel. São mais robustos, andam mais, bebem menos e podem ser vendidos mesmo com altas quilometragens sem muita depreciação.

        • kkkkkkkkkkkkk Honda no Brasil nãot trabalha com preços aceitaveis, e sim com o se colar, colou! Vão cobrar muito mais que isso, e em versões peladas.

    • Gabriel Oliveira

      Tem balde de água fria nenhum jovem, me fala uma marca sem recall?

    • Erasmo Artur

      Realmente ter que mudar um chicote de lugar prova que o carro não vale nada. Um lixo!

      Fico com dó dos haters, tem que se apegar a uma notícia de recall simplório para tentar falar mal do 3008 tsc tsc.

    • Gilberto Silva

      Continuo com água “morna” hauahauha

    • Mr. Pereba

      aluguei essa nova CRV no mes passado e fiquei bem frustrado com o carro, principalmente com a mediocridade visual do interior e os tipos de material utilizados…

  • João Cagnoni

    2 pesos e duas medidas… Agora pouco o NA noticiou o recall do HB20 e só existem comentários positivos: “Boa iniciativa, mostra que tem mínimo de respeito pelo consumidor”

  • G. Filho

    Já?

    • Erasmo Artur

      O carro já tem algum tempo de lançado. Aqui no BR que é recente.

    • Davi Millan

      Pelo menos ela já detectou e fez o recall, melhor que a Renault que está parando a fabricação do Kwid para resolver os problemas nos freios traseiros, mas ainda não fez um recall para os já entregues e a VW que tem Up! TSI com problemas nos freios a rodo e não faz recall para resolver (Eu tenho um Up TSI).

      • Samuel Justus

        O freio do seu ficava trepidando? O meu aconteceu isso mas foi resolvido em garantia, e olha que nem precisei implorar na css que aliás até me surpreendeu não querendo me empurrar serviços desnecessários nas revisões…até agora nada a reclamar do pós vendas da vw que sabemos que é ruim. Mas mesmo assim gosto mais dos vw, gosto é gosto…

        • Davi Millan

          Que bom que onde você mora a concessionária VW é boa. Aqui é péssima, onde as melhores são as japonesas, coreanas e francesas.
          Fico até triste aqui, pois os carros tem bons equipamentos, são seguros tem motores bons, mas quando tem um pós-venda ruim…
          O meu problemas é que o freio fica “chiando” como se já precisasse trocar (isso com 2mil km) além que quando colocado a stress (descida de morro) ele fica duro muito rápido. Mas não tive problema de trepidação não.

      • Gomes

        Kwid tá assim mesmo?

        • Davi Millan

          Sim, a Renault teve uma queda brusca nos emplacamentos dessa primeira quinzena do mês devido aos atrasos nas entregas por causa do problema no freio traseiro, algo que está apresentando até nos já entregue, mas ainda nada de Recall. Outro carro com problemas nos freios é o VW Up! TSI que nessa linha 2018 vem com problemas nos freios dianteiros que ficam “chiando”, com desgaste prematuro e quando submetido a um stress (mínimo) tende a endurecer o pedal. (O meu Up! está assim).

  • julio

    Não acontece isto com o o Honda CRV ou HRV. Porque será? Por estas q so compro Honda e Toyota.

    • Vinicius Vasques

      Não sei se você já entrou no site da Honda, mas de 2015 pra cá, só a CRV tem 6 recalls de itens diferentes, entre eles 3 recalls de airbags e um de sensor de combustível. O FIT tem nada menos que 10 recalls, como troca de tanque de combustível, airbags, ECU e problema no cubo das rodas traseiras.

    • Lucas

      amigo, deixe de ser massa de manobra e ficar repetindo esses discursos populares prontos, que são cheios da ignorância típica do brasileiro.

    • Erasmo Artur

      E viva o folclore brasileiro.

  • Davi Millan

    “A Peugeot ainda recomenda que – no momento do agendamento, se o cliente desejar – solicite o carro reserva, que faz parte do programa Peugeot Total Care.”
    “Até a Peugeot” tem pós-venda melhor que o da VW…

    • Gilberto Silva

      E olha que o serviço demora apenas 2 horas pra ser concluído

      • Davi Millan

        Pois é, por isso que considero fortemente um 3008. E isso que não gosto muito de SUV.

  • julio

    Pessoal, comprem carros Toyota e Honda. Não dão problemas, não pegam fogo. Obrigado por me parabenizarem por comprar estas marcas. Eu sabia q estava, e estou certo. Os iludidos os meramente pseudo-entendidos em carros q continuem comprando peugeot e outros lixos. Na hora d revender eles vão entender. kkk

  • KOWALSKI

    Será que é só no Brasil que o povo fica falando: Honda é Honda, Toyota não quebra? Já encheu o saco isso!

  • Fernando Staatssicherheit

    O Peugeot 3008 pode se tornar um Renault Fuego

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend