Combustíveis Ecologia Esportivos Europa Governamental/Legal Hatches Mercado Peugeot

Peugeot 308 GT e GTi terão produção suspensa por causa de emissão

Peugeot 308 GT e GTi terão produção suspensa por causa de emissão

Os Peugeot 308 GT e GTi terão sua produção interrompida na França. O motivo não são baixas vendas ou alguma alteração na linha de montagem. A causa real é a nova política de redução de emissão de poluentes na Europa, que vai impactar diretamente nas vendas da PSA.


Para conter um avanço da média de emissão por frota, a Peugeot será obrigada a paralisar temporariamente a produção da dupla de esportivos. Atualizado em 2018, o Peugeot 308 passou a dispor na versão GT do motor Puretech Turbo 1.6 com 225 cavalos, um propulsor conhecido aqui como THP e que foi modificado para atender à norma Euro 6.1.

O problema é que, mesmo assim, as versões GT e GTi – esta última com o 1.6 THP de 265 cavalos, já podado dos 270 cavalos originais por conta da emissão – contribuirão para que a média geral do volume vendido pela Peugeot fique acima do permitido e isso acarretará em multas, que podem chegar a € 2 bilhões.

Peugeot 308 GT e GTi terão produção suspensa por causa de emissão


O Peugeot 308 GT tem emissão de 136 g/km de CO2, enquanto o GTi emite 148 g/km. A sequência de desligamento da linha de produção dessa primeira versão se inicia em junho, enquanto o GTi deve permanecer até o final de 2019. A versão diesel BlueHDI 2.0 continua.

Para compensar de forma geral, a PSA tem trabalhado em alternativas para manter as emissões no nível permitido. Comenta-se que em breve o 308 GTi terá uma versão híbrida plug-in com motor diesel, exatamente para ter emissão de CO2 bem baixa. Isso é possível nessa configuração, superando mesmo um equivalente a gasolina em condição igual.

A União Europeia determinou uma média de 95 g/km de CO2 para cada marca de automóveis no continente a partir de 2021. Hoje, o limite estabelecido é de 130 g/km, um corte bem abrupto na emissão de poluentes de cada fabricante. As empresas do setor buscam todas as formas de atingir essa média.

[Fonte: L´Argus]

 

 

Com o

Peugeot 308 GT e GTi terão produção suspensa por causa de emissão
Nota média 5 de 2 votos

  • kirig

    Daqui a algum tempo nada poderá ser feito na Europa, tamanha as normalizações e restrições impostas em todos os campos.
    Naufragarão!

    • Rafael Alves Dos Santos

      Pelo menos em algum lugar do mundo alguém pensa no futuro acima do capital.

      • TchauQueridos

        Ainda precisam eliminar a produção de energia elétrica com queima de carvão.

        • João Vitor

          Eu não aguento essa coisa de tornar o carro elétrico por causa de poluição,enquanto o mundo continuar a construir tudo na China ,andar de avião e com navios cada vez maiores , não vai adiantar nada.Mudaram os motores dos F1 para serem ecológicos, mas O avião que faz o transporte em 1 viagem,gasta mais combustível que todos os carros em toda a temporada.E tornando o 100% da frota elétrica,da onde vai sair tanta energia? Não existe energia 100% viável,cada uma gera um impacto ambiental diferente…

      • Junoba

        Preocupando com poluição e deixando as fronteiras abertas ? Isso não é pensar no futuro.

        • Helder

          Xenofobia, a gente vê por aqui

          • Junoba

            Xenofobia ? Por acaso não posso dar minha opinião ?? Você é mais um da massa que deseja que todos pensem igual a você, porque pensa que o mundo gira ao seu redor.

    • th!nk.t4nk

      Exagero. É só um ajuste. Não precisa nem cortar potência, é só colocar mais tecnologia (como o sistema de desligamento de cilindros, que o Golf já tem há anos).

      • Erasmo Artur

        Mas o golf gti saiu de linha por lá pelo mesmo motivo.

        As emissões deles são bem semelhantes.

  • Corujinha Feliz

    Não engulo essa pintura …

    • Piston head

      Coisa horrenda mesmo

    • Faheina

      Eu, Já a acho fantástica

      • Thiago

        Também acho top, diferente. Mas aqui no Brasil só curtem branco e prata mesmo. Até preto já não querem mais direito, tem que ser tudo igual ou então a briga está feita. Por isso quase não vem nada arrojado para cá…

  • TchauQueridos

    Deveriam vir no BR pra ver que um ônibus ou caminhão tem gerado de poluentes com aquela fumaça preta saindo do escape.

  • Gabriel

    Me pergunto como fica a media de emissões de marcas como Ferrari e Lamborghini que tem apenas esportivos, certamente não irão atingir essa media.

    • Eduardo 1981

      Deve ser uma média considerando-se o volume vendido. A partir de 1000 carros a média é tanto…

      • Gabriel

        Pode ser, ou então, talvez leve em consideração todas as marcas do grupo, sendo assim a Ferrari entraria na conta da Fiat e a Lambo da VW

    • Thiago

      Mas levam em conta a quantia total de carros por cada marca, a Peugeot vende muito lá, está sempre entre as mais vendidas… as esportivas que citou vendem pouco.

      • Gabriel

        Falando em media nao importa se vende 100 ou 100mil unidadea, vai se somar as emissões e dividir pelo número de vendas.

        Acontece que marcas como a Peugeot tem carros populares enpouco poluentes que vendem muito e que jogam a media para baixo, permitindo assim que os esportivos possam poluir mais.

        Ja as marcas que citei nao fazem carros normais e poucos poluentes para equilibrar a equação.

  • Ricardo

    Mimimimimi

  • Gugamonti

    o futuro dos carros é elétrico e sem graça….

    • Thiago

      Elétrico teremos que ver como vai ser para gerar tanta energia para dar conta de uma frota inteira, não terá impacto também? Mas, sobre a graça, acho que não, possuem carros potentes tão quanto os motores atuais a combustão que temos, até melhores… para mim, sem graça é o carro autônomo. Me pergunto para que eu iria comprar um carro que eu não guio ele… vou de Uber ou taxi e não preciso investir o capital no bem que não me dá lucro algum, impostos para mante-lo, seguro. Eu não compraria jamais, só se não houver mais opções no mercado.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email