*Destaque *Featured Crossovers Lançamentos Peugeot Preços

Peugeot 5008 chega com preços a partir de R$ 157.490

peugeot-5008-2018-3 Peugeot 5008 chega com preços a partir de R$ 157.490

O Peugeot 5008 finalmente chegou ao mercado brasileiro. O crossover de sete lugares da marca francesa desembarca em duas versões: Griffe e Griffe Pack. Elas custam respectivamente R$ 157.490 e R$ 166.490. Com 4,64 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,64 m de altura e 2,84 m de entre-eixos, o modelo é 20 cm maior que o 3008, com o qual compartilha quase tudo, exceto alguns detalhes de estilo e a configuração de assentos.



Já bem completo, o Peugeot 5008 chega com motor 1.6 THP de 165 cv a 6.000 rpm e 24,5 kgfm a 1.400 rpm, tendo ainda transmissão automática de seis velocidades, exatamente como no Peugeot 3008. Dotado de um entre-eixos longo, o crossover utiliza basicamente a mesma estrutura básica do Citroën Grand C4 Picasso, oferecendo assim bom espaço interno para acomodar bem uma família grande. Com todos os assentos ocupados, o 5008 tem ainda 237 litros no porta-malas, que pode chegar a 2.150 litros com todos os bancos rebatidos.

peugeot-5008-2018-3 Peugeot 5008 chega com preços a partir de R$ 157.490

Visualmente, o Peugeot 5008 compartilha o estilo com o Peugeot 3008, ostentando uma frente elevada e dotada de vincos bem pronunciados, bem como faróis full LED com diodos emissores de luz para os DRL´s e grade com ângulo negativo. Faróis de neblina, apliques em cinza, rodas de liga leve aro 19 polegadas, proteção nas saias de rodas e cromados laterais chamam atenção. Porém, as semelhanças com o 3008 terminam nas colunas B.



Dali em diante, o Peugeot 5008 diferente do irmão menor, ostentando portas traseiras maiores, bem como vigias laterais bem grandes. As colunas D são mais verticais e estreitas, sustentando uma das bases do arco cromado que passa sobre as janelas. A traseira é mais truncada e conta com lanternas em LED exclusivas, que igualmente representam as garras do leão. O para-choque também é mais proeminente.

peugeot-5008-2018-3 Peugeot 5008 chega com preços a partir de R$ 157.490

Por dentro, o Peugeot 5008 apresenta o i-Cockpit 2.0 com tela digital e configurável de 12,3 polegadas, bem como multimídia com Google Android Auto e Apple Car Play. Além disso, o modelo vem com alavanca de marchas eletrônica, freio de estacionamento elétrico, compartimento refrigerado com 32 litros, botão de partida, volante multifuncional em formato hexagonal, acabamento em tecidos no painel e portas, bancos em couro, assentos dianteiros com cinco tipos de massagem, teto solar panorâmico, entre outros.

Na versão Griffe Pack, o Peugeot 5008 acrescenta um pacote de segurança, bem como pintura em dois tons. Nesse caso, o crossover familiar adiciona controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão e frenagem automática de emergência, alerta de mudanças de faixa com correção, aviso de tráfego lateral e traseiro, monitoramento em 180 graus, sensor de fadiga, leitor de placas e farol alto automático.

Peugeot 5008 2018 – Galeria de fotos

COMPARTILHAR:
  • Eskarmory .

    Que venha o 508 agora!

    • Ricardo

      Em terra de SUVs 508 é rei.

  • afonso200

    E o 508

  • Erivelton Freitas

    Preço excelente, se consideramos que qualquer outro SUV Grande de 7 lugares, teria um valor de, no mínimo, $189.000. Essa é a versão Top de Linha Griffe, completa e bem equipada, e ta por $157.000. Tá ótimo!

    • Haggard

      Ótimo não tá não… mas “tá bom” para a categoria.

      • Pipo pipo

        Eu não gosto da Peugeot mas comparando com a Honda tá bom demais.

        • ObservadorCWB

          Minha questão é justamente esta: Por que raios querem cobrar 180k numa CRV ?? Hondinha Hondinha…..não vai vender não. Equinox. 5008 e até SAnta Fé são MELHORES E MAIS BARATOS

          • Adriano Raizer

            Concordo que o Honda está caro… mas analisando a realidade do mercado… daqui a 5 anos o honda vai estar valendo 100k e o 5008 vai tá valendo 60k. Eu já tive um 3008 e é um carro excelente…tirando o custo de manutenção, a fragilidade do carro e a falta de confiança do mercado..Fiquei extremamente aliviado quando consegui me livrar dele. Pouca gente quer um Peugeot usado.. e quem quer paga muito pouco.

            • ObservadorCWB

              Mas daí Adriano, o problema é o consumidor brasileiro. Nos EUA a marca importa quase anda da desvalorização. Todos depreciam às mesmas taxas anuais. Desconheço as fragilidades dos franceses, mas Honda/Toyota, as marcas do momento, não devem ser assim tão superiores. Na verdade vejo os carros nipônicos como simples (não possuem as perfumarias/gadgets) que outros possuem. Então creio que seja a satisfação o que importa. Repare que carros de LUXO e ESPORTIVOS depreciam MUITO…. mas fazem os donos felizes. Pode resumir um pouco quais os problemas que teve com o 3008 ? E principalmente: quantos Km rodou com ele até a venda ? Vendeu carro praticamente “novo”.

              • Adriano Raizer

                Era 2012. Vendi ano passado com 70 mil Km. Nos tres primeiros anos tudo certo… aí começou a dar problema…a bomba de alta pressao bobinas de ignição, mangueiras rachando (do turbo, da bomba de alta, da bomba de oleo) todas fora da garantia), vazamento na junta do cabecote… a ultima revisao custaria 12mil reais…Troquei na concessionaria mesmo porque tava demorando muito pra eu vender por fora e tava com medo de dar um problema maior ainda antes de eu me livrar do carro. E olha que peguei um 208 quase novo pensando em trocá-lo antes de 3 anos é claro. A minha impressão pessoal é que não dá pra ter um Peugeot por mais de 3 anos. Meu próximo carro vai ser um Civic ou CR-V (usados). Aí depois vou poder tirar uma conclusao se os japoneses são táo melhores que os franceses em construir carros.

                • ObservadorCWB

                  Cara. A Tiguan está na mesma. Na família o pessoal mantém a VW pelo período da garanti. Depois é bola para frente….. Bom saber destes comentários dos donos. Acho o visual do novo 5008 bem legal. O painel dá de 1000 a 0 na concorrência. Mas…se for assim…vamos deixar para trás.

                • Francisco Helio

                  Um japa com 70.000km dificilmente teria tantos problemas.

                • sheldonDS3

                  esses são os principais problemas que apresentam o motor thp… bomba de alta, vazamento pela tampa de válvula, ruído na corrente do comando……

                • Cláudio Modesto

                  Aqui em BsB tenho amigos que estão levando sustos na Honda, revisões de 3 a 6 mil.
                  Condenaram o fit de uma colega de trabalho e o carro não tinha nada, era só trocar óleo e filtros.
                  Os que me surpreendem são os donos de toyota que levam carros mais velhos na css e não levam pancada.

                  Tive 2 307, fique 5 anos com o último e sem maiores problemas.

              • Leonardo

                Sua afirmativa, infelizmente, está errafa. Nos EUA a marca importa muito na revenda. Lexus, honda e toyota ganham muitos pontos com o consumidor de lá por causa disso.

                • ObservadorCWB

                  Bom…morei lá entre 2015 e 2016. Em termos de zero quilômetro, eles não se apegam não, tanto que as pratas da casa Ford e Gm vendem muito bem – veja vendas da F150 para ter ideia do abismo Brasil/EUA. No mercado de usados a coisa piora. As marcas melhores vistas são Porshe e Lexus (em pesquisa séria perante o consumidor). Toyota, Buick, Mercedes-Benz, Hyundai e BMW também são bem cotadas. A Honda não me recordo nem se aprece entre as 10 mais. O mercado só aceita coisas melhores. Honda é visto como carro simples. A “aqui toda poderosa” VW que eu me lembre também não constava. FIAT (como Fiat mesmo) a maioria desconhece. E lá….carro com mais de cinco anos já é refugo. Talvez neste mercado dos veículos de meia vida a marca/durabilidade importe.

              • Gustavo Rodrigues

                Ja viu algum Peugeot, Citroen ou Renault rodando nos EUA ?

            • Eduardo Alves

              Cara, como um carro frágil, sem confiança e caro de se manter pode ser excelente? Sobre o que voce passou, passei a mesma coisa. Tive um 408 thp e azul ( no brasil so gostam do prata/preto/branco). Na epoca, o preço que paguei nele se comprava no maximo um corolla com 4 anos de uso a mais. Era um carro recheado de opcionais que nem se comparava aos concorrentes com preços similares. Mas sofria pra achar peças de pronta entrega, até triviais como palheta e pastilha de freios. Pra completar, tive problemas com a turbina com 85 mil km ( km que eu acho muito baixa pra ter problemas numa peça como essa). Fazia revisões rigorosamente como esta no manual, mas acabando a garantia, sai da concessionaria pois simplesmente nao confiava no serviços deles ( um bate papo com os mecânicos pareciam ser bem fracos ). Comprei barato pra vender barato pois igual voce falou, te oferecem um pastel e uma coca e ainda querem o ipva pago. Não sei se teria outro, aqui em goiania pegueot e largado pela autorizada que é fraquissima. Sobre seu 3008, eu ia comprar um porem olha o que o mecanico me disse ( da propria pug): ” Cara, esse e o pior carro da pug no Brasil, ele nao aguenta nosso asfalto e nao tem peça, fica com esse seu mesmo”. Eu nao sei se compraria um novo, mas esse 3008 ficou muito lindo. E dificil tambem pagar muito mais caro num crv da vida no qual a honda acha que é uma land rover.

              • Adriano Raizer

                O excelente eu admito que quis ser ironico…ele é excelente em beleza e perfumaria e em todo resto achei ruim. E isso me lembra uma frase de um amigo que acompanhou meu drama com o 3008. “Frances sabe fazer perfume” . Enfim …..a minha experiencia nao foi boa com a Peugeot….é o que me limito a dizer.

                • Eduardo Alves

                  Resumindo, foi uma m%$da kkk.

                • Erasmo Artur

                  Tive um 3008 por 5 anos.
                  De problema tive tampa de valvulas e valvula termostatica. Vendi com 93 mil km e o carro estava muito inteiro ainda.

            • REDDINGTON

              Cara o que eu conheço de gente que passou raiva com esses franceses…Tá certo, a CRV tá proibitiva mas os caras da imprensa colocaram esse 3008 no Olimpo, mas esqueceram do pós-venda, desvalorização, do carro em si, se vai aguentar nossas estradas e ruas senegalesas. E o tanto que desvalorizam, depois nem a própria ccs quer pegar. É complicado, hoje eu não compraria, esperaria mais um pouco. Apesar de achar o 3008, C4 lindos demais.

              • Erivelton Freitas

                O programa PEUGEOT TOTAL CARE acabou com o pós-venda ruim, e na própria CCS, eles dão uma valorização de R$ 4.000 em cima do que o carro realmente deveria desvalorizar.

              • toninho

                Eu tenho um fluence, 2012 com 110.000km, esta novo, nem sequer uma lampada queimou, mas ele desvaloriza muito, mas enquanto não der manutenção fico com ele, as peças de desgaste natural são baratas, (4 pastilhas + 2 discos apenas R$800,00) as de acabamento uma fortuna. Mas vou levando, a grana esta curta e não vou trocar um top de linha com todos os opcionais por um gol básico. MAS DÁ UM MEDO SE QUEBRAR.

                • Rodrigo

                  Se seu carro tá quitado e tá funcionando bem, não tem porque troca-lo. Quer uma dica? Faz uma aplicação pequena (nem que seja 50/mês) só pra manutenção do carro. Quando precisar é um dinheiro que vc já tem reservado pra isso. Faço algo assim já há uns 3 anos e além de pagar a manutenção a vista (geralmente com desconto) sempre sobra um pouquinho pra próxima revisão.

                  • toninho

                    Comprei ele a vista em 2012 era R$80390,00 e eu pague R$72444,00 as revisões eu sigo o manuel e troco tudo em postos de confiança, de R$ 700,00 pago em media R$230,00 troco todas as peças oleo, filtro ar, gaso, motor e verifico as peças. OBRIGADO PELA DICA.

            • Erivelton Freitas

              Eu colocaria mais 20K nessa des-valorização do Peugeot. Essa onde de Carro francês que desvaloriza já não existe mais com a mesma frequência de antes. Vi um Peugeot 208 Allure 2017 sendo vendido por $46.000 numa loja de semi-novos. Fico me perguntando… Quanto custa a versão Allure 2018-2019?

            • what_the_hell??

              Um carro desses por 60k? Mesmo ciente da desvalorização dos Peugeot, sinceramente, acho difícil! Só se for depois de 6/7 anos!
              Pelo que tenho visto, é lógico que ele vai ser vendido por menos que o Honda, que custa mais de 20k a mais! Mas a maior desvalorização no francês é a inicial!

              Ou seja, na minha opinião, se vc costuma passar menos de 2 anos, não aconselho comprar Peugeot (ou Citroen). Mas se vc passa 4 anos ou mais, a desvalorização, pelo que tenho analisado, é a mesma dos demais, pois vc vende mais barato porque tb comprou mais barato! Elas por elas!

          • Gran RS 78

            Não se esqueça do Kia Sorento, que agora tem versão com motor 2.4 por 167 mil reais.

            • ObservadorCWB

              Verdade. Literalmente um “grande carro”. Pena que Kia/Hyundai ainda não trazem tudo o que tem lá fora. Principalmente os GDi e CRDi.

            • cepereira2006

              Vi um V6 na rua essa semana. Tá bonito.

    • th!nk.t4nk

      Sendo franco em relação ao preço, está adequado porque o carro também não é tuuudo aquilo (tem o mesmo pack tecnológico de um Polo e é barulhento em alta velocidade). Outro fato é que seu irmão mais curto (3008) foi bastante criticado na Europa pela eletrônica pouco confiável (dê uma pesquisada a respeito), dando dor-de-cabeça pra um bocado de gente. Dito isso, ainda é um bom carro pra categoria, mas tem obrigação de ser barato, já que é um projeto simples e com diversos cortes de custo (embora o visual interno passe a impressão de ser algo muito acima do que ele realmente é). Esse carro cai no mesmo caso do Escape/Kuga, onde a aparência/tamanho tá muito acima do produto em si (no caso do Ford, no visual externo, mas também na quantidade de itens de série).

      • REDDINGTON

        Eletrônica pouco confiável…Rapaz….

        • th!nk.t4nk

          Pra um carro que solta o freio de mão aleatoriamente ao passar pelas estaçoes de rádio, sim, ele está entre os modelos de eletrônica menos confiável do mercado. É isso o que acontece quando você economiza em P&D pra lançar um carro mais completo e de bom acabamento com preço abaixo da concorrência. Não tem milagre.

          • REDDINGTON

            Não confio nos carros franceses e não tenho a mínima vontade de tê-los. Minha esposa teve um C3 o que eu gastava de manutenção no Civic ela gastava 3x mais, num carro 1.4 manual…ambos só revisados na ccs. São bonitos? Sim. Mas tenho pena do meu suado dinheiro. CRV por 180 mil eu passo, 3008 passo, acho que iria de Compass mesmo, ou HRV e economizaria uma boa grana rs rs.

            • Leandro Rodrigues

              no, não confio num 5008 por causa de um Citroen C3 kkkkkk, cada um….

              • REDDINGTON

                Já vi que vc é um especialista ou RASGA dinheiro né. Mas não compraria o 5008 de forma alguma, ainda prefiro o 3008.

                • Leandro Rodrigues

                  especialista não, hoje tenho um carro da Hyundai por gostar de troca de marcas mesmo, não sou fan-boy de nenhuma, mas ja tive um 307 por 5 anos, que não gastei um centavo a não ser as manutenções preventivas/rotinas mesmo….

                  • REDDINGTON

                    Palmas pra vc!!!

      • Fabrício Sanches

        Poderia elencar esses diversos cortes de custos por favor?!

        • th!nk.t4nk

          Veja por você mesmo, nos testes de longo prazo (ex: https://www.telegraph.co.uk/cars/peugeot/2017-peugeot-3008-long-term-review/ ). É um carro de projeto barato, com visual de carro premium. Essa é a realidade. Mas nao é algo ruim, se você considerar que o custo também é baixo. Você recebe pelo que paga, e nesse ponto ele é justo.

          • Fabrício Sanches

            É, problemas todos tem, e tem gente que acha que só os brasileiros tem, guardadas as devidas proporções é claro.

          • Cláudio Modesto

            Seria legal informações estatísticas, pois 1 carro sendo avaliando pode acontecer de tudo, certo?

      • Erivelton Freitas

        Cara, eu tô fazendo um esforço muito grande para considerar as coisas que você fala, porque a cada comentário, fica mais difícil.

        O Carro está no preço bom já que não é ‘tudo aquilo’. Meu amigo, eu não moro na Alemanha e muito menos na França, moro no Brasil, então eu vou te dizer uma coisa sobre o Brasil. Por aqui, esse carro estupra sem lubrificante e camisinha os concorrentes no quesito de ‘Equipamentos e Itens’. Não há concorrente para o 3008 que ofereça o que a versão Griffe Pack oferece, nem Equinox, nem RAV4, nem Sportage, nem New Tucson, ninguém simplesmente oferece em território Brasileiro, o que a Peugeot oferece em itens de série. Alguns podem ganhar em potência do motor, outros em economia, outros em espaço interno e outros em confiabilidade e durabilidade, mas em termo de ‘mimos, luxos e ostentação’, infelizmente, nenhum tem o mesmo patamar.

        No caso do 5008, estamos falando de um carro que, teoricamente, briga com os ditos SUVs Grandes, sendo pelo menos 25%-30% mais barato e tendo 10%-15% mais itens que a versão top de linha do concorrente que é o mais vendido da categoria por aqui. E isso é fácil afirmar, porque o mais vendido dos SUVs Grandes aqui, é o Toyota SW4, a exemplo de todo Toyota, ele é caro e capado!

        No mais, não vejo absolutamente nada dessas reclamações de ‘problemas na parte elétrica’, até porque, se isso realmente acontecesse em uma escala grande, ele jamais seria considerado como O CARRO DO ANO 2017. Só lembrando também, que não podemos tratar 100 usuários de um carro que ta vendendo 100.000 na Europa como ‘maioria’.

        Outra coisa, não vejo o porquê usar o argumento de ‘projeto barato que parece premium’. Você fala disse como se fosse um grande erro das montadoras, e que carro bom, fosse aquele cujo o projeto estivesse na casa dos Bilhões.

        A Peugeot e a Ford estão certíssimas no que estão fazendo, investindo pouco, reduzindo os custos, e entregando produtos com qualidade superior aos concorrentes, a ponto de serem elogiadas e terem seus carros sendo considerados como produtos melhores até que concorrentes de categorias acima.

        Se ‘projeto barato que é finalizado como premium’ não é um ponto positivo para você, para as montadoras e qualquer capitalista de alto nível mundial, é exatamente essa a ideia perfeita: Gastar pouco e Lucrar muito!

        No mais, não use a Europa e o que acontece na Europa para justificar e explicar o nosso mercado, pois a disparidade de realidade é tão grande, que é impossível associar A com Z.

        • th!nk.t4nk

          Ele foi considerado o carro do ano antes de começarem a pipocar os problemas. Se pra você um sistema elétrico projetado nas coxas tá muito bom, beleza. Até concordo que tem que ver a realidade do mercado. Mas por outro lado continuo achando MUITA grana pra simplesmente aceitar um produto com tantos problemas e ainda aplaudir. Insisto que se for pra pagar tao caro, tem que exigir SIM produtos melhores.

        • BlackDoc

          Extremamente bem pontuado. Um dos comentários mais coerentes que pude observar.

        • Gustavo Rodrigues

          Se voce valoriza luxos e mimos e não se importa de ter os luxos e mimos 3 meses parado na concessionária por falta de peça, vai fundo, voce é o consumidor alvo da Peugeot!

          Tive um 206 e um C3, ambos tiveram problemas básicos e sérios antes dos 80 mil kms, como vazamento de óleo na junta do cárter (206), travamento da direção elétrica com o veículo andando (C3), problema crônico no funcionamento do compressor do Ar Condicionado (C3), explosão da mangueira do compressor do ar-condicionado (206 – alem do problema, um susto grande!) e o terrível atendimento nas concessionárias aliados à falta de peças para reposição nos casos reportados (206 e C3).

          Acho o 3008/ 5008 um carro muito completo e bonito, assim como na versão anterior, e assim como a maioria dos modelos da Peugeot – Citroen, mas arriscando estar influenciado pela ma sorte nas unidades que tive, não compraria nem por preço consideravelmente inferior aos anunciados.

          • Erivelton Freitas

            “mas arriscando estar influenciado pela ma sorte nas unidades que tive, não compraria nem por preço consideravelmente inferior aos anunciados.” – Você! Sua opinião! Baseada em uma experiência pessoal!

            “E não se importa de ter os luxos e mimos 3 meses parado na concessionária por falta de peça, vai fundo, voce é o consumidor alvo da Peugeot!” – Generalização! A Transformação de uma experiência pessoal numa verdade universal.

            Existem pessoas que compram carros de X marca, tem experiências ruins e vão para a internet falar: Não compre carro da marca X porque EU tive uma experiência ruim.

            Agora as pessoas que compram os carros da marca X, tem boas experiências e continuam felizes com ela, não vejo elas endeusando uma marca na internet. Sabe porque?! Porque todo mundo aponta o erro, mas ninguém elogia o acerto!

            No mais, Peugeot 206? 206???? Não é nem o 207, é o 206?!! Meu amigo, em terra de 208, quem é mesmo o 206. Detalhe, imagino que essa experiência, tratado-se de um 206, deve ter, no mínimo, 10 anos.

            Adivinha só?! Tempos mudam! Carros, marcas e conceitos também!

            • Gustavo Rodrigues

              “Não é nem o 207, é o 206!!”
              Amigo, o 207 Brasileiro é o 206 com novo farol, lanterna e painel. A plataforma é a mesma, vendida aqui de 1998 até 2013! De longe a plataforma da marca mais vendida no Brasil!

              E óbvio que o que comentei foi a minha opinião, não estou pedindo pra voce seguir ou deixar de seguir, estou expondo a minha opinião assim como voce esta expondo a sua.

        • Adriano Lazzari

          Nos últimos 15 anos é a primeira pessoa que defende a Peugeot…kkkkkkkk.

          • Erivelton Freitas

            Eu vejo pessoas defenderem a VW com aquele Design pastelão de Gol para toda a linha e preços 20% maiores do que cada carro realmente vale.

            Eu vejo pessoas defendendo a Toyota com seus carros que… SÓ tem Durabilidade, Confiabilidade e valor de Revenda, porque preço compatível, Design atraente e equipamentos, não tem.

            E você achou estranho eu defender a Peugeot?! Assim, cada um com suas incoerências, né?!

      • Schack Bauer

        Até o Tesla está nessa. O monitor central do model 3 tá se acionando sozinho. às vezes durante a noite, e comendo um belo pedaço de bateria.

        • th!nk.t4nk

          O Model X é outro bem problemático. Lembra do caso da porta automática, cujo sensor dava pane e em certos casos simplesmente empurrava a pessoa contra o tráfego na rua? Gosto da Tesla, mas temos de ser críticos com esses problemas. Idolatria nao ajuda em nada.

          • Schack Bauer

            Verdade!

      • Cláudio Modesto

        Esqueça que vc está na Alemanha por um segundo….
        Aqui o Civic e Corolla são carros de luxo.
        Peugeot 3008 é uma nave espacial pros nossos padrões.

  • Hoffmann

    Melhor custo x benefício entre os SUVs de 7 lugares. Parabéns, Peugeot! Agora é só trazer o maravilhoso 508 também.

    • Adriano Raizer

      Analisando custo inicial eu concordo. Mas um Peugeot usado tem um dos piores custo x benefício que eu conheço, principalmente nessa categoria. Depois da minha experiencia com o 3008, que graças a Deus já foi embora, eu digo que vale mais pegar uma CRV 2013 do que um Peugeot 3008 / 5008 2018. Mas quem tem dinheiro de sobra pra gastar e dá mais importancia pra beleza a curto a prazo eu diria pra ir no Peugeot.

      • Mas uma CR-V 2013 custa bem menos que um 3008 / 5008 2018… Quem quer carro zero muitas vezes não vai olhar um usado.

        • Schack Bauer

          Mas não tem 7 lugares, infelizmente.

      • Hoffmann

        Carro não é investimento, simples assim.

      • Raphael Oliveira

        Adriano respeito sua opinião, mas falar isso ” digo que vale mais pegar uma CRV 2013 do que um Peugeot 3008 / 5008 2018 ” – kkkkkk , Um 2008 THP , ja basta para esse CRV 2013 ai.

  • Bruno Silva

    Achei muito feia a traseira. Tbm acho que tá na hora da Peugeot dar um Up nesse motor, o 1.5 do CR-V tem 190cv e o 2.0 do Equinox 262cv desenvolvem mais que 3008. O 5008 está praticamente sozinho, só vejo Outlander como concorrente mesmo (já que Santa Fé não vem mais 7 lugares).

    • Boleta7

      O 5008 tem 24,5 kgfm de torque, enquanto que a CRV tem 24,7 kgfm. De nada adianta ser mais potente, e não ter torque…

      • Bruno Silva

        Vc no seu comentário só reafirmou o que eu disse, Honda com motor menor extraiu mais potência. E apesar dos motores do Honda não terem torque como principal atributo, se saem muito bem nas pistas.

        • Jurandir Filho

          Vocês compram um Suv pra apostar corrida?? o torque e a potencia dão que sobram pra um consumidor comum. quer correr?? pega os 160 ou 190 mil e partam pra um Gti

      • Ernesto

        No seu comentário você diz que o 5008 tem 24,5 kgfm de torque, enquanto o CRV, com motor 1.5, tem 24,7 Kgfm. Então o motor da Honda tem mais torque que esse Peugeot, é isso?

    • Tommy

      A nova geracao virá com 5 e 7 lugares pra ca

    • Erasmo Artur

      O up já foi feito na europa. Agora se chama Puretech e rende 225cv com 30kgfm de torque e está sempre associado ao aisin EAT8.

    • Eduardo Alves

      Tbm concordo, esse thp ja ta passando da hora de reformula-lo

  • Bruno Alves

    Se tivessem uma picape iriam usar esse mesmo motor. Equipa de tudo na PSA nos últimos anos.

    • Erasmo Artur

      Que bom!

    • Darlon Anacleto

      Mais tranquilidade pra quem compra, ou seja, motor super consolidado.

      • Unknown

        Mas é gastão por ser de baixa cilindrada e turbo (downsizing)!

        • Curioso que é exatamente esse conceito que torna muitos motores atuais econômicos…

          • Unknown

            Sim, mas este objetivo não foi atingido no caso deste motor 1.6 THP da Peugeot, talvez por ser já de concepção um pouco antiga…

        • what_the_hell??

          Você já teve um?? Pois não é o que informa o inmetro! Na categoria dele é um dos mais econômicos!

          Mas é bom saber que motores de baixa cilindrada e com turbo são gastões! Toda a revolução da indústria automotiva nesse sentido deve ser uma farsa!

          • Unknown

            Gastão em relação aos concorrentes de mesma concepção de motor (baixa cilindrada e turbo). A revolução da indústria a que você se refere não é somente para gerar economia, mas também para melhor desempenho e nível de emissões…

          • Adriano Lazzari

            Bebe bastante sim. 308 THP na familia. Na cidade (São Paulo), gasolina, não faz mais que 7.5km/l com pé leve. Se apertar faz menos. Média de 24Km/h.

  • No_Name

    Ótimo crossover, padrão Europa. Só peça em alguns detalhes que os franceses são mestres em tornar complicado em vez de prático (como o controlador de velocidade atrás do volante), mas tem um acabamento top, algumas soluções de minivans, dirigibilidade acima da média da categoria e preço bastante atrativo.

  • Haggard

    Muito lindo na minha opinião, pena não ter ao menos uma versão AWD.

    • th!nk.t4nk

      É projeto de menor custo, entao usaram um pack tecnológico bem limitado pra poder segurar preços.

  • Natán Barreto

    Até q não saiu caro considerando os preços praticados no Brasil. Mas falta motor. A PSA precisa de versões mais potentes. A gama inteira utilizando esse THP

    • Erasmo Artur

      Acredito que as versões mais potentes necessitem de gasolina de qualidade.

      O 508, por exemplo, é equipado com as versões de 180cv e 225cv. Se vier pra cá certeza que é na programação de 165cv.

    • Davi Millan

      A Peugeot tem motores com maior potência, porém os atuais são homologados para o Euro6 e com isso seria necessário realizar testes para ver se o motor conseguiria atender as normas de emissões e durabilidade quando abastecido com a nossa “mijolina”.
      A Peugeot tem os EP6FDTX, EP6FDTR e o EP6CDTR.
      Não sei se ela ainda fabrica o EP6CDTS que atendia ao Euro5.

      • Erasmo Artur

        A psa lançou recentemente uma atualização do THP, que agora é chamado Puretech tal como o 1.2 de 3 cilindros.

        Na configuração padrão são 225cv com 30kgfm de torque, ou seja, ficou mais bruto.

        Mas acho que vai demorar um pedaço para esse motor chegar aqui.

    • what_the_hell??

      Concordo! Talvez até o 3008 esse motor ainda dê conta, no limite. Nesse 5008 acho que já fica faltando motor, para o meu uso! Para uma condução bem conservadora talvez fosse suficiente.

  • Davi Millan

    Primeiro carro da PSA que fico em dúvida se o EP6CDTM (THP165) é suficiente para levar esse carro junto ao EAT6.

    • Erasmo Artur

      O carro é leve.
      A título de exemplo, ele tem desempenho melhor que compass diesel.

      • Davi Millan

        Pois é, fui procurar saber mais sobre esse carro, que é um dos carros da PSA que menos conheço.
        É que fiquei mal acostumado em associar o motor THP com desempenho excelente. Não que seja ruim o do 5008, mas que com o peso de 1632kg acaba ficando ótimo para o segmento, mas sem grandes surpresas no geral.
        Pelo que vi ele vai dar conta e terá o trunfo no consumo quando equiparado ao seus concorrentes.
        Mas eu ficaria feliz em ver o 5008 com um EP6CDTX, EP6FDTX, EP6FDTR ou quiça um EP6CDTR.

    • Felippe2010

      o 5008 tem potencia praticamente identica ao da Tucson V6 daqui de casa, se o desempenho for igual ao da Tucson, então eu considero que vai ser bom porque mesmo ela tendo cambio AT4 e tração integral o desempenho é bom

  • Luciano

    Olha os diodos emitindo luz em mais um post hahahahaha

  • Mauro Banqueiro

    Falta o fastback 508

  • 💀GHOC💀

    Carro de bambi velho

  • José Barbosa

    Só por curiosidade: o que o CRV tem, fora a marca, para custar tão mais caro que um 5008?

    • Felippe2010

      nada além da ganancia da Honda

      • Unknown

        Confiabilidade e robustez! Mas somente isso não justifica o valor cobrado…

    • th!nk.t4nk

      Cara, o CRV parece bem mais pobre por dentro, mas nao se engane: é um carro de projeto bem mais sólido que o 3008. Sempre reparo que os brasileiros só avaliam carro pelos itens de série + visual, mas a qualidade de projeto é reflexo do quanto a montadora investe em P&D pra aquele modelo, e isso é repassado no custo do veículo. Procure na internet avaliaçoes de longo prazo do CRV e do 3008, ou Tiguan e 3008. O Peugeot nao é mais barato à toa, infelizmente.

      • Eduardo Alves

        Nao adianta, o povo é imediatista e agem pela razão. O pug nao tem esse preço atoa, e a pug esperta meteu um interior bonito que remete a um seguimento superior o que faz a razão bater mais forte. Mas nao sei se valem a diferença que o crv cobra a mais.

    • Jurandir Filho

      A fama e só, robustez e motor confiável os dois tem, o 1.6 thp turbo já está aí há alguns anos e não vejo grandes relatos de problemas, brasileiro é muito preconceituoso e parece que vai demorar pra mudar, é só lê os relatos dos haters dos franceses

      • what_the_hell??

        Concordo. Com certeza, se formos procurar, haverá relatos de problemas com esse motor e esse carro, assim como se encontrará EM QUALQUER carro já fabricado!
        Até os tanques de guerra inquebráveis aqui denominados “Toyota Corolla” tem problemas! Meu tio teve um problema no câmbio AT de um Corolla com menos de 40mil km, cujo orçamento foi de 23mil reais! Deu sorte que o carro estava a 3 dias de perder a garantia!
        Mas os fatos que temos que analisar são:
        1- o Peugeot 3008 foi eleito o carro do ano 2017 na Europa;
        2- ele foi responsável por um aumento considerável de vendas da PSA (pelo que li, foram vendidos quase 260mil 3008 em 2017)
        3- o motor THP foi eleito por vários anos seguidos o melhor motor de 1.4 até 1.8 litros. Se fosse um motor problemático, eu acho que ele não iria ganhar por tantos anos seguidos.
        Eu acho q esse 5008 tem um peço adequado para a proposta de carro de 7 lugares. Custo x benefício comparado ao do Dodge Journey, que tem um motor mais potente, mas é um modelo mais defasado.

        • Ernesto

          Você leu o que o th!nk.t4nk escreveu sobre o 3008 ter sido eleito o carro do ano na Europa?

      • leomix leo

        Sai do Japa e fui para o francês, posso perder na revenda daqui a 5/10 anos, mais é muito superior em motor, custou muito menos e está atendendo minhas necessidades muito bem.

  • JCosta

    Proposta interessante, mas merecia um motor que não fosse manco.

    • Unknown

      Não diria que é manco, mas também não chega a ser surpreendente!

    • Jurandir Filho

      O que é manco pra você? um cara compra um carro de 7 lugares pra disputar corrida?
      Em estradas e ultrapassagens o motor dá que sobra…

  • Jose Junior

    Carro muito bonito. Mas minha experiência com a Peugeot não esta sendo boa. Tenho um 3008 12/13, com somente 35mil km. Todas as revisões realizadas na concessionária Peugeot. O carro apresentou um ruído de rolamento, parecendo um carrinho de mão sem lubrificação. Ficava até com vergonha de andar com o carro nestas condições. No último dia 05/03 entrei com o carro na concessionária Pisa Peugeot de BH. Somente no dia 09/03 me passaram o orçamento do concerto (quase 6 mil reais). No mesmo dia entrei em contato com o 0800 da Peugeot na confiança de que com a nova política de atenção aos consumidores (Total Care) pudesse ser bem atendido, pois não entendo como um carro dito top tenha um problema deste, com baixa quilometragem. Até hoje não me deram uma resposta do que poderiam fazer. Conclusão, desde o dia 05/03 estou sem carro, e sem previsão de quando começarão o serviço (a concessionária já avisou que não possuem as peças e terão que fazer o pedido). Desprezo total com o consumidor. Minha impressão é que o programa Total Care é só propaganda para pegar bobo. Assim que tiver uma resolução deste problema, quero fazer uma avaliação completa do carro e do atendimento que recebi da Peugeot para publicação aqui no Noticias Automotivas.

    • th!nk.t4nk

      Sinto muito pelos seus problemas. O pior é que infelizmente o novo 3008 continua repleto dessas falhas de projeto, a imprensa européia está batendo bastante no carrinho (e olha que no lançamento eram só elogios a ele). Agora imagina, se até as concessionárias européias estao tendo dificuldades em solucionar os problemas, imagina no BR :(

      • Vitor C

        Pode mandar as fontes? frequento vários sites europeus e não vi nada relacionado a isso.

        • th!nk.t4nk

          Postei acima. Sou engenheiro do setor automotivo justamente na Europa, acompanho de perto esses problemas. Infelizmente o carro tá dando muita dor-de-cabeça sim, tal como já acontecia com o modelo anterior. Faça pesquisa no Google em francês, vai achar inúmeros relatos.

    • Bruno_Mgá

      Amigo, concordo que é ´estranho` um rolamento dar problema com 35.000km, porém, o veículo já tem 6 anos de fabricação. Fica um pouco complicado para a empresa dar garantia 6 anos depois. Situação delicada.
      Já olhou no mercado livre para ver se acha essa peça?

      • Eduardo Alves

        Os 408 tiveram um recall por causa da manta que encostava na turbina e podia fazer o carro pegar fogo. Tive o meu trocado mesmo nao estando nos carros contemplados, porem era uma peça que custava 300 reais. Mas o que o amigo passou ai por falta de peça eu sofri bem, e vendo esses relatos é dificil acreditar que as coisas mudaram tanto igual anunciaram.

      • Unknown

        Não é comum um rolamento apresentar problema com 6 anos de uso e apenas 35 mil Km! A realidade é que a durabilidade dos veículos da PUG é menor do que a média, isto justifica parte do preconceito que as pessoas tem com a marca!

        • Vitor C

          Se fosse um problema de durabilidade haveriam muito mais casos como esse relatados, inclusive em outros países onde o 3008 é vendido já que é exatamente o mesmo carro vendido em toda Europa, não é isso que acontece.

          • Unknown

            Pode até ser um problema pontual, mas você não vê com tanta frequência estes relatos em marcas como Toyota, Honda e outras… portanto, por mais que eles possam ter melhorado, depois que a fama pega é difícil de reconquistar a confiança.

            • Vitor C

              Isso varia muito de marcado, a Peugeot não tem essa fama na Europa por exemplo, isso que o grupo é simplesmente o segundo maior da Europa só atras da vw, além de ser grande na China também.
              Eu acho que o que pega aqui é sim o preconceito por causa dos primeiros modelos mal adaptados.
              Sinceramente em casa já tivemos muitas marcas e todas deram problemas, inclusive toytota, não acredito nessa confiabilidade toda da marca mesmo.

              • Unknown

                Você tem razão, acredito que o maior problema foi mesmo no início, quando os modelos eram mal adaptados para as condições brasileiras e os veículos apresentavam muitos problemas, especialmente de suspensão, e aí a fama pegou. Mas também temos que fazer uma ponderação que o tratamento dado aos clientes, pela marca, na Europa, com certeza é bem diferente do que é dado aqui…

      • leomix leo

        Certeza de achar, e pagar muito menos fora da CSS, fazia isso com um Honda, nada era executado dentro de CSS, basta arranjar um mecanmecde confiança, um amigo me indicou um e nao saio dele por nada. Coloca os de CSS no bolso.

      • Cezar Lopes

        Pois é…. 35 mil em seis anos, dás duas uma, ou o carro só saiu da garagem às vezes ou só rodou pequenos trechos, o que é classificado como uso severo e acaba moendo o carro.

    • Anderson Vieira

      é bem difícil defender a pug, tenho um 208 2015 com 20 mil km e estava apresentando uma trepidação entre 1800 e 2200 giros.
      Na revisão informei o problema, um técnico dirigiu o carro por 5 minutos e percebeu o anomalia. Falei para o técnico que achava que era coxim, visto que trepidava somente em algumas rotações. Levantaram o carro e condenaram amortecedor e mola, o carro ficou parado 02 dias. Solicitaram as peças e deixei o carro para os reparos, mais 2 dias e me ligaram falando que o problema persistia e que poderia ser um coxim lateral….

    • Unknown

      Sinto muito pelos problemas que você vem enfrentando com o seu carro. Sei como é ruim não estar com o carro do jeito que queremos e eu tbm tenho vergonha às vezes de dar uma carona e o carro com algum barulho na suspensão, etc. Faça sim a sua avaliação aqui no NA, será de grande valia para todos nós!

    • SK15

      Aproveitando a deixar e dizer que também ando meio desapontado com a PUG tenho um 208 16/17 já Puretech que queimou a bomba de combustível com 5.000km eu disse para eles que era a bomba mas foi um parto fazer eles trocar, o carro estava sem força, não queria ligar as vezes, levei umas 4x na CSS e eles andavam no carro e diziam que estava normal, briguei com o mecânico deles que dizia estar perfeito sendo que a bomba estava fazendo um “choro” que se ouvia de longe e ele dizia que não ouvia nada, até que um dia as luzes do painel acendeu igual uma árvore de natal, acendeu luzes que nem eles da CSS conhecia, e eu estava em rodovia aff quase fiquei na mão, ai levei de novo e eles falaram que estava normal mas insisti que ficasse com o carro e após 3 dias me ligaram dizendo que era a bomba que queimo de vez na mão deles e carro não ligava mais, ai demorou mais umas 2 semanas pra bomba vir da fabrica, como um item simples desses eles não tem em estoque, só sei que fiquei mais de 1 mês sem carro nesse lenga, lenga ando penso seriamente em trocar de carro.

  • Kaian Reis

    Se for para ficar dentro da PSA prefiro o C4 gran Picasso

    • what_the_hell??

      Eu acho que tanto o 3008 quanto o 5008 terão uma aceitação melhor no mercado do que as minivans da Citroen, já que os SUV´s são a bola da vez e o carro tem um design interno e externo que tem agradado a maioria, pelo q vejo.

  • Piston head

    Cara, se a gente se ligar muito nos comentários vai todo mundo andar de uber pra sempre ou estudar mecânica por anos e aprender a realizar manutenção nos próprios veículos. Parece não existir um carro isento de falhas.

    • Erivelton Freitas

      A verdade é que: Não existe Carro perfeito!

      E todos querem o carro perfeito!

      • Piston head

        Para esses fica a pergunta, vocês são perfeitos?

        • toninho

          Isso sim é um tapa na orelha dos mimizentos, gostei.

      • E por carro perfeito, entenda-se um veículo com pelo menos 200cv (porque abaixo disso é “manco”, afinal, somos todos pilotos num circuito diário), todos os itens de conveniência e segurança conhecidos pela tecnologia, design de superesportivo com capacidade para 5 adultos grandes e gordos viajarem com muito conforto sem se esbarrar, sem defeitos mecânicos, que custe 25k na hora de comprar ZERO e que na revenda só saia por pelo menos o dobro disso, pois todo mundo sabe que carro bom é aquele que valoriza na hora da revenda.

      • Jose Junior

        Concordo que nao ha carro perfeito. Mas ha marcas que respeitam mais o consumidor e valorizam o seu próprio nome. E pela minha percepção inicial, nao é o caso da Peugeot.

    • BTRJ

      Não é bem assim…Há 22 anos como consumidor de veículos, somente passei por duas marcas, GM, com kadetts, Astras, Vectras e até um Celtinha, depois, nos últimos anos, Hyundai, sendo que nunca conheci um gincho, tendo alguns destes carros ficado comigo por mais de 100 mil km. Acredito que as Japonesas tb gozam da mesma qualidade, vide sua fama e valor de revenda, mas as francesas e a ford, que conheci por tabela, infelizmente não seguem o mesmo padrão, apesar de serem carros normalmente mais bonitos e recheados. O 3008 é tentador, assim como esse 5008, mas acho que não arriscaria. Abs

      • th!nk.t4nk

        Nao adianta. Aqui nos comentários tem a meia dúzia de modelos que o povo idolatra cegamente. Mesmo colocando fontes e tudo mais pra provar que o carro tem sérios problemas de engenharia, insistem que é tudo mentira, que é coisa de “hater”. O povo só avalia o visual e itens de série mesmo. Se for bonito e completo, é “carrão”, e ai de quem ouse apontar os defeitos. Depois ficam se perguntando por que o mercado automotivo brasileiro é tão ruim de opçoes. Falta senso crítico.

  • Ramon Oliveira

    melhor carro sub 200k

  • 💀GHOC💀

    Carro de machão novo

  • Abdallah

    Não gosto de Peugeot mas esse carro chamou minha atenção.. muito top e completo, uma pena que como todos veículos no Brasil, o preço é alto, mas levando em conta a concorrência, ele é o que se destaca.

    • what_the_hell??

      É o que acho também! Levando em consideração o que ele oferece e os preçso da concorrência, o preço está aceitável. Vi esse carro numa viagem ano passado e achei muito bonito.

  • Beluga

    A Peugeot só tem esse motor?

    • th!nk.t4nk

      Que tenha tecnologias da BMW, sim hahaha (ainda que de quase 20 anos atrás heim!). Os franceses vao sugar até a última gota.

      • Felippe2010

        esse motor não é da BMW, é resultado de um Join-venture entre a PSA e a BMW

  • Miguel

    Estou achando essa nova safra de SUVs da Pug bem bonita e interessante, com bom custo beneficio.
    Mas o pessoal também fala muito da confiabilidade e pós venda, o que é uma pena! Tô louco num 3008.

    Outra coisa, a Pug não costuma fazer testes com os carros dela no Brasil antes de lançar? Não lembro de ter visto.
    Deve ser por isso que a durabilidade de algumas peças deixa a desejar, já que não foram aclimatadas às nossas ruas ou temperaturas comportadas…

  • fsjal

    Belo carro, preço competitivo.
    O acabamento é muito bonito e a lista de equipamentos é digna de um carro desse porte..
    Estou no meu segundo Peugeot e até o momento não tenho do que reclamar da marca.

    Mas já passou da hora de dar uma melhorada nesse 1.6 THP. Bebe demais, é barulhento e no 3008 ficou manco.

  • Guido Serpa

    Vem ca, um carro de 166 mil com motor 1.6 e 165 HP?? Kkkkkkkk….só aqui no Brasil. Nesse preço compre um Dodge Journey com motor 3.6 285 HP. Aí vc vai ver o que carro e o que é torque.

    • Vitor C

      Só nisso o dodge é melhor né ? além do mais bebe muito mais, longe de ser eficiente.
      Agora tecnologicamente o 5008 é muito superior ao journey, não tem nem o que comparar.

      • Guido Serpa

        Só nisso? kkkkk…..O cara gasta 166 mil reais ai vem se preocupar com consumo? Realmente não tem o que comparar. Só quem tem um Journey e ja teve Peugeot pode falar. Por isso falo.

        • Vitor C

          E o cara que gasta 160 mil reais vai querer gastar em um carro pelado como a journey, com dirigibilidade aquém, mal equipada, mal acabada e ainda com um projeto que implora uma geração nova ?
          A dodge mal tem condições de concorrer com esse carro, enquanto o Peugeot é simplesmente um sucesso.

  • Claudia Silva

    Aquele carro que a gente nunca vai ver pessoalmente

  • salvibr

    ele ate que eh bonito, mas vamos no meu caso, eu tenho um forester 2015 que adoramos, pra mim quase perfeito, falta um pouco de potencia em pista simpes carro cheio, mas eh uma viagem ao ano nessas condicoes e olhe la!! em casa seria muito bem vindo um sete lugares, para eventual amiguinho da escola, nos somos em 5. minha ideia eh um carro com seguranca, 7 lugares sem gastar muito, o citroen grand picasso eh o mesmo conjunto do pug mas com preco 35mil mais barato, sem muito mimos!! no preco do pug eu acho q iria de sportage 2.4 159mil.
    mitsubishi poderia ser opcao se tivesse seguranca na confort, motor manco e manutencao cara e concessionaria ruim ainda sim, mas seria uma opcao pra brigar com citroen.
    Tb gostaria de um carro nao muito grande, pois a patroa eh quem mais dirige o carro, e as vagas em sampa nao sao das melhores!!
    por isso, acho q o PUG nao daria certo pra mim. vamos ver o que vem durante o ano, aguardo a vinda do novo all new tiguan e do xtrail, so espero que peguem leve nos valores!! CRV ta de brincadeira!!

  • Eduardo Throne

    Futuro meia-fipe kkkkkkk

  • Gabriel Oliveira

    Um dia troco meu 408 num 3008 ou novo 508 (pode até ser antigo 508, ambos naves). Tô tao apaixonado pelo meu carro que só troco em outro peugeot.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email