Ecologia Europa Peugeot

Peugeot promete cumprir novas normas de emissão sem precisar de carro elétrico

peugeot-208-e-2008-at6-2018-1 Peugeot promete cumprir novas normas de emissão sem precisar de carro elétrico

Jean-Philippe Imparato, presidente mundial da Peugeot, fez uma declaração surpreendente para a revista inglesa Autocar. O chefe da marca francesa revelou que a empresa pode cumprir as novas normas de emissão de CO2 na Europa, sem um carro elétrico. De acordo com o executivo, a montadora cumprirá as metas de 2021, que serão extremamente rigorosas em relação ao atual Euro VI.



Imparato diz que ao invés de lançar um carro elétrico apenas para cumprir essa meta, pretende eletrificar seu portfólio para alcançar esse objetivo. No entanto, a Peugeot não terá uma gama apenas com carros a gasolina e híbridos. O chefe da marca francesa fala em um ecossistema com diversas tecnologias, agregando carros movidos por gasolina, diesel, híbridos e elétricos.

Até 2020, a Peugeot quer ter 50% da gama com opção eletrificada, incluindo aí híbridos, híbridos plug-in e elétricos puros. “Eu quero fazer um plano de negócios rentável e sustentável, com o mix correto de powertrains, a fim de lidar com os regulamentos sem perder dinheiro. Estaremos prontos com nosso ecossistema global para atingir as metas não apenas em 2021, mas também em 2025 e 2030″, explicou Imparato.

peugeot-208-e-2008-at6-2018-1 Peugeot promete cumprir novas normas de emissão sem precisar de carro elétrico



Para a Peugeot, a prometida eletrificação começa em 2019, quando 8% da gama terá energia elétrica como auxílio ou fonte principal de propulsão. Sabe-se que no Salão de Paris, o 208 ganhará uma nova geração sobre a plataforma modular CMP, que garantirá ao compacto fazer parte desse grupo de eletrificados. Há algum tempo, a marca apresentou um conceito do 208 com novas tecnologias para baixar o consumo e as emissões, chegando mesmo a ter uma versão diesel no Reino Unido com 79 g/km de CO2. O problema agora é o combustível, que sofre pressão em várias cidades da Europa.

Preparando-se para uma eventual entrada no mercado americano, de onde saiu há bastante tempo, a Peugeot focará também na mobilidade com o compartilhamento de veículos como forma de ampliar o alcance nas viagens e inclusive o uso de condução autônoma como forma de ganhar tempo ou descanso dos clientes nesse aspecto.

Atualmente, a Peugeot vive tranquila dentro da PSA, visto que cresceu 10,4% em 2017 enquanto Citroën e DS caíram 7,5% e 38,5%, respectivamente, emplacando 2.119.845 unidades. A marca é embalada pelo sucesso do 3008 e pretende investir mais no segmento. Na Europa, se espera até por um novo crossover abaixo do 2008 e também pelo 4008, que terá um estilo mais próximo de um cupê, provavelmente inspirado no belo Peugeot 508 2019, outra mudança de rumo da marca, que busca mais esportividade com o novo produto.

[Fonte: Autocar]

COMPARTILHAR:
  • pedro

    Eu vejo os eletrificados mais interessantes para todos, pois barateia a manutenção, porque compartilha peças e, especialmente os híbridos, possibilita autonomias altas, os plug-ins ainda são inviáveis, restringem-se às cidades.

    • Wolfpack

      Sim, a manutenção poderá ser feita em qualquer oficina, pois são poucas ECUs para programar e manter atualizadas. As baterias são eficientes, seguras (ions Li) e custam bem barato. A infraestrutura está pronta, assim como a produção de energia pode ser facilmente equacionada para atender aumento de demanda. O pobre carrinheiro catador de lixo pagará mais caro pela energia consumida em sua residência para atender aos donos de Teslas. Sim, sábia decisão!

      • FrankTesl

        Vou te contar um segredo. O dono de uma SUV diesel que custa 200 mil reais paga menos imposto e um preço menor no barato no diesel que consome em sua nave off road importada, do que na gasolina do que no UNO 95 que o catador cortou o teto para transformar em caminhãozinho de levar aparas de papelão.

        • Saulo Gomes

          Matou a pau !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        • Wolfpack

          O Diesel é subsidiado dreamer, deslumbrado. Quando vc pagar mais caro pela energia nass fabricas e casa quero ver o sorriso… isso ai é coisa pra gnomos terra do nunca e deslumbrados…

          • FrankTesl

            caro ludita apegado ao passado, hoje em dia ja é possivel gerar energia en casa e pagar tarifa minima na conta de eletricidade.

            • Rubem

              isso se a posição de sua casa permitir e vc não viver cercado de prédios o qual prejudica a geração de energia. não é bem assim não.

      • FrankTesl

        Sem falar que os donos de Tesla no EUA muitas vezes também possuem um Solar Roof e um Tesla Wall em casa…

        • Wolfpack

          Estados Unidos quase não existe subsidio a Tesla kkkkk e vamos torrar urânio pra energizar tudo isso, mas pode escolher óleo do xisto ou carvão. Muy ecológico

          • Mr. On The Road 77

            Pessoal esquece que energia elétrica na maioria dos países do hemisfério norte é ‘suja’…

        • FocusMan

          Ontem um Tesla bateu e explodiu. Será que é seguro andar cercado de baterias de Lithium-Polimer.

    • Existem modelos híbridos plug-ins bem interessantes no mercado, como o Outlander PHEV e o Golf GTE. Acredito que esses modelos não seriam bem mais baratos se fossem híbridos simples. Portanto acho que dá sim para ter uma oferta de plug-ins que também sejam bons de viagem. Quanto aos elétricos puros, ainda têm a evoluir quanto à autonomia, mas estão indo rápido nessa direção, o que pode deixar em desvantagem os que não estejam investindo já.

    • FocusMan

      Não concordo que seja mais simples. Um unidade motriz a combustão hoje em dia dá pouca manutenção. Um motor elétrico tem poucos componentes internos? Sim! Mas motores elétricos costumam dar problema também e esses mais modernos não permitem manutenção. Imagine o custo de trocar todo o motor elétrico de um veículo?

  • Traduzindo: “fizemos os cálculos e vai ficar caro demais fazer um carro elétrico que ninguém vai comprar sem redução de imposto.”

    • Saulo Gomes

      Fizeram as contas e viram que não tinham dinheiro em caixa, vão fazer o que der com o que tem e rezar …

  • Edson Fernandes

    “Eu quero fazer um plano de negócios rentável e sustentável, com o mix
    correto de powertrains, a fim de lidar com os regulamentos sem perder
    dinheiro. Estaremos prontos com nosso ecossistema global para atingir as
    metas não apenas em 2021, mas também em 2025 e 2030″

    Com o mix correto de powertrains….
    Mt + 1.2 aspirado
    At + 1.2 turbo
    Mt + 1.6 turbo
    Motor eletrico
    Motor hibrido

    E só.

    Motores 1.8, 2.0, V6? Não… concentração de motores a gasolina unicos e motores eletricos ou hibridos unicos. Não citei os diesel que a PSA tem alguns na gama.

    • Mario Souza

      Excelente, não precisamos mais que isso. Qualquer coisa acima disso, pode ficar para carros esportivos, pickups, luxo e outros de menor produção.

  • Erivelton Freitas

    Eu acho que ela ta certa nesse ponto. Os PureTech são bem econômicos, mas pecam em potência, ou seja, não são tão interessantes. Acho que esse processo de eletrificação por fases, começando pelos híbridos, até os definitivamente elétricos, é o mais certo a se fazer. E das Europeias, acho a PSA uma das mais avançadas nesse ponto, porque pouco se houve falar do VW Group e Renault-Nissan com Elétricos por lá, embora, saibamos que existam!

  • Ricardo

    Não com a nossa gasolina. Hahaha

  • Mario Souza

    95% da população brasileira não consegue nem comprar carro normal e manter, quanto mais elétrico ou híbrido

    • Edilson

      no caso do eletrico acho q até fica mais barato manter.

    • FrankTesl

      Se fosse pensar assim, os consumidores nacionais deveriam só andar à cavalo ou de carroça

      • Mario Souza

        E a maioria anda de que? O povo da cidade sempre esquece do interior!

  • Romulo’

    É o mais certo a fazer.
    Basta ver que esses elétricos, cada 500e e bolt vendido é um prejuizo enorme pras montadoras.
    Esses carros não tem competitividade nenhuma hoje em dia.

  • Luciano RC

    A PSA precisa urgente continuar investindo em novos motores aqui no Brasil. O 1.2 Turbo, e também uma melhoria no motor 1.6 THP.

  • FocusMan

    Segundo fabricante que divulga esse tipo de opinião em 6 meses. A Mazda foi a primeira. Vamos ver até quando a onda da eletrificação em massa vai.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email

receber-noticias Notícias por email