Mercado Montadoras/Fábricas Peugeot

Peugeot responde sobre redução de concessionárias no Rio de Janeiro

Peugeot responde sobre redução de concessionárias no Rio de Janeiro

Temos visto várias marcas terem concessionárias fechadas em vários pontos do Brasil. De acordo com nossos leitores, as marcas francesas são umas das que tem sofrido mais com esse problema.


A respeito disso, nosso leitor Bruno Manoel nos enviou um email ontem, comentando sobre a situação da Peugeot no Rio de Janeiro:

“O número de concessionárias Peugeot vem caindo bastante nos últimos meses. Em 2013 por exemplo, haviam 170 concessionárias. Hoje só existem 109. Aqui no Rio, cerca de 2 meses atrás fecharam uma concessionária (SHC), e mês passado outra (AGO). Uma capital como o Rio tinha 5 concessionárias no início do ano, hoje só tem 3. Acho legal se o NA pudesse apurar o que vem acontecendo e fazer uma matéria a respeito.”

Por isso, questionamos a Peugeot a respeito desta redução no número de lojas, e a resposta oficial que recebemos foi essa:


“Em atenção aos nossos Clientes, a PEUGEOT vem informar que iniciou seu reposicionamento no Brasil e para acompanhar a nossa gama de veículos cada vez mais equipados, destinados a Clientes cada vez mais exigentes, que buscam refinamento, qualidade e tecnologia, estamos reestruturando toda nossa Rede de Concessionárias no país.

As futuras lojas seguirão um novo padrão e passarão a oferecer as melhores instalações e serviços de alta qualidade para que o nosso Consumidor tenha uma experiência completa em cada visita.

Hoje contamos com 111 pontos de assistência PEUGEOT em todo o território, sendo no Rio de Janeiro 8 lojas – Grupo Roma no Centro e Tijuca, Chamonix no Recreio, Grupo Dinisa em Niterói, La Vilete em Volta Redonda, Metz em Petrópolis, e Allure em Campos dos Goytacazes e Macaé.

Conheça mais da nova Rede PEUGEOT no nosso site https://carros.peugeot.com.br/concessionarias.html e venha ter essa experiência.”

Já tínhamos alertado o leitor que uma eventual resposta oficial não falaria especificamente sobre o porque a redução de lojas aconteceu no Rio, e pelo contrário, falaria em reestruturação ou reposicionamento.

O que sabemos e que as marcas geralmente não comentam é que concessionárias são empresas que tem um custo fixo mensal muito alto. Quando as vendas daquela unidade caem, fica impossível ter lucros e manter as portas abertas.

E infelizmente com os recentes aumentos de preço que temos visto na linha da Peugeot, isso está fazendo com que seus modelos vendam menos. O Peugeot 208, por exemplo, vendeu 727 unidades em março, 684 em abril, 669 em maio e 529 em junho. São menos de 5 unidades por loja. Isso se reflete nos lucros de cada concessionária individualmente.

Com o Peugeot 2008, a situação é similar. Em março vendeu 808 unidades, em abril 763, em maio 772 e em junho 604.

E você, o que acha dessa situação de concessionárias estarem sendo fechadas? Alguma unidade fechou perto de onde você mora? Acha que modelos como 208 e 2008 deveriam vender mais?

Peugeot responde sobre redução de concessionárias no Rio de Janeiro
Nota média 4.6 de 7 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email