Brasil Mercado PSA Tecnologia

Peugeot vai revelar motor Pure Tech Turbo para o 208 na próxima semana

puretech-turbo

Com 300.000 unidades produzidas na França, o motor Pure Tech Turbo – feito pela PSA em parceria com a Renault – deverá ser mostrado para a imprensa brasileira na próxima semana. O propulsor de três cilindros com turbo e injeção direta será introduzido inicialmente no Peugeot 208. Ele possui versões 1.0 e 1.2 litro.

Além da França, o Pure Tech Turbo é fabricado também na China. Ele geralmente entrega 110, 130 ou 136 cv, dependendo do modelo. O propulsor reduz em 18% o consumo de combustível e as emissões de CO2 em comparação com o tradicional 1.6 VTi, que no Brasil é Flex e tem até 122 cv. Lá fora, ele equipa os modelos 208, 308, 2008, 3008, C3, C4, C4 Picasso, DS3 e DS4.

[Fonte: Automotive Business]





  • Eduardo

    Que pena que os modelos de entrada do 208 vão usar a porcaria do 1.5, com uma potência e torque pequenos para a capacidade cúbica.

    • T1000

      cara, sera que é tão ruim assim esse motor? No canal acelerados do youtube, o rubinho virou mais rápido com um 208 1.5 que com o hb20 1.6. Dá uma olhada lá.

      • Jonathas Costa

        Realmente não é…Lógico que não é o mais moderno ou mais potente, mas tem uma boa distribuição de torque, bom consumo de combustível e desempenho satisfatório pra um motor de 1460cc…

        • th!nk.t4nk

          É e não é né? Depende do referencial. O 1.5 do Fiesta por exemplo é bem mais forte e ao mesmo tempo também mais econômico. Não significa que o 208 com esse motor seja ruim, mas tecnologicamente já ficou bem pra trás.

          • Edson Fernandes

            Pelo menos nas comparações já feitas, o 1.5 da Ford consumiu mais que o 1.6 da propria Ford. Ou seja, acho dificil que o 1.5 seja economico no Fiesta (no Ka é).

            Mas que ele anda mais que o 1.5 da PSA isso não é novidade…rs

      • BillyTheKid

        Na verdade esse vídeo do Acelerados era com um 208 Griffe, ou seja, com o motor 1.6 de 122cv, e não com o 1.5.

        • T1000

          puts verdade vc está certo. Era o 1.6. Retiro o que disse do 1.5.

          • Cristiano_RJ

            Vale ressaltar também que testes em circuitos como o do Vlog Acelerados, o que se testa não é apenas o motor, mas motor, câmbio e o acerto de chassi dos modelos testados. Carros com motorização mais fraca podem eventualmente ir melhor do que carros com motorização mais forte.

        • Alligator

          Mas o Etios passou as mãos no Fiesta

    • Marco Aurelio

      Será? Se realmente tiver 1.0 e 1.2 turbo suponho que substituem o 1.5 e 1.6 aspirados, como vai ter o 1.6 turbo seriam motorizações demais para o carro. Acho então que teríamos 1.0 manual 1.2 automático de 6 marchas, e 1.6 manual, todos turbo.

      • Edson Fernandes

        Não faz sentido que o 1.2 aspirado é um pouco mais fraco que o 1.5. Seria melhor então colocar os motores 1.0 e 1.2 Pure Tech turbo mesmo. (e eu seria um forte candidato a ter um 28 1.2 “THP” automatico)

        • Marco Aurelio

          Faz sentido já que anda igual é mais econômico e menos poluente

          • Edson Fernandes

            Essa eu duvido. Já li avaliações de fora e o motor 1.2 será mais fraco sim. Sim, será tbm mais economico (ainda que o 1.5 seja muito economico) mas eu nesse caso, trocaria o 1.2 pelo 1.5 pela pouca vantagem na performance.

    • edet

      Tenho um 208 1.5 e afirmo que esse motor está longe de ser uma porcaria, tendo um desempenho bem adequado para o porte do carro (sem grandes emoções, é claro). Me chamou atenção a economia para um motor de concepção antiga. Consumo é bem relativo, mas consigo fazer tranquilamente 16 km/l na estrada com ar ligado andando em média a 110 km/h, o que considero bom. Agora novidades são sempre bem vindas. Que esses novos motores equipem toda a linha com melhor eficiência energética.

      • Edson Fernandes

        É o que eu sempre falo, desde qdo ele era 1.4 (tive um C3 2008 desde 0km e ficou comigo até o ano passado) eu fazia facilmente 17km/l na estrada com gasolina andando nos limites das vias. (estrada clarO)

    • Don Ramón

      Se a Peugeot vai “revelar” o PureTech pra imprensa brasileira, então é justo supor que o 1.5 8V e o 1.6 16V serão substituídos, não?! Se não em todas as versões do 208/2008, pelo menos em algumas delas. O que já é um feito gigantesco para Peugeot-Br, que demoooooooooooooooooora pra se mexer…

    • oscar.fr

      Para de falar besteira, cara. O motor está longe de ser uma porcaria, como tu escreve. Ele exerce bem a função de ser motor de entrada para a gama 208, quem necessita potência, compra o 1.6. Claro, que se o 1.2 PureTech vier no lugar dele, será uma evolução. Mas não é por isso que o 1.5 atual deva ser chamado de porcaria.

    • pedro rt

      o 1.5 vai sair de linha em todas as versoes, o 1.2 pure tech sera agora o motor na versao de entrada, 1.6 16v aspirado na intermediaria e o 1.6 16v turbo na top THP

      • Edson Fernandes

        O Pure tech na versão de entrada? Acredito vir na intermediaria.

        Naõ seria nada ruim se fosse o 1.6 de entrada, 1.2 “THP” intermediaria e a 1.6 THP na de topo. (eu compraria o 1.2 turbo)

    • Ribeiro

      Eles usaão o 1.2(Pure Tech) sem turbo e com 3 cilindros. Mais econômico que o atual.

      “Tenho o prazer de anunciar hoje mais duas grandes novidades da PSA para o mercado latino americano: o nosso novo motor 1.2l de três cilindros Flex, que pertence à consagrada família PureTech desenvolvido para América Latina, e que representa o que temos de mais moderno em todo o mundo; e o nosso Novo Peugeot 208, cuja produção industrial se inicia agora, marcando mais uma fase importante para o nosso Grupo, que reforça seu compromisso de fabricar produtos modernos e de alta qualidade em Porto Real. Somando-se estes dois projetos, investimos cerca de R$ 200 milhões em seu desenvolvimento para os mercados latino-americanos”, declarou Carlos Gomes, Presidente Brasil e América Latina do Grupo PSA Peugeot Citroën.”

      • Ribeiro

        O motor PureTech 1.2 renderá potência 84cv a 5.750rpm e torque de 12,24kgfm a 2.750rpm quando abastecido com gasolina. Já com etanol no tanque a potência é de 90cv a 2.750rpm e torque de 12,95kgfm a 5.750rpm.

  • Ygor Soares

    Aleluia, porém agora com 3 concessionarias da Latour no Rio de Janeiro fechado as portas no final desse mês (Vila Isabel, Tijuca e Centro) a coisa fica ainda mais complicada de comprar um Peugeot!

    • No_Name

      Mas as Citroën estão prestando assistência para os Peugeot.

      • Ygor Soares

        A rede da Citroen pior ainda, fecharam muitas aqui no RJ!

    • Fernando

      Eles estão trocando 100% da rede. Parece que até o final do ano terão renovado todas. Estão literalmente recomeçando do zero para evitar vícios do passado.

      • Ronaldo Santos

        Mas vou te falar aqui em BH ficou só , vou comprar pelo meu CNPJ , ai eu pedi mais informações ao vendedor quais o modelos fariam parte hj 2008 Allure Business aut , mas na vdd é 2008 Allure de linha normal, ele me disse q ñ poderia mudar o cambio,o cara nem sabia o q ele estava vendendo. De vendas aqui eles estão á pe ! kkkk

    • Gomes

      Vão fechar 3 La Tour lixo, mas abriram 2 novas, uma em Botafogo e uma na Barra, que ficaram bem bonitas! É outra, muitas marcas estão fechando tb.

      • alexandre

        Lixo é até elogio…
        PSA tem os melhores automóveis, em relação custo x benefício. O q emperra de crescer no Brasil é a rede de ccs, que queima a marca.

      • Gustavo73

        Só na Ayrton Senna na Barra fecharam 2 uma Ford e outra VW.

      • Ygor Soares

        Essas duas que abriram SHC nada mudou, so tem beleza. Eles cobram 2 mil de frete e mais 500 na pintura solida vermelho. É cada uma que eles inventam….

    • pedro rt

      parece q o pessoal ai do RIO gosta de um PSA vejo muitos por ai

      • Ygor Soares

        Tem que ver em Petropolis, é um PUG atras do outro lá!

  • Eduardo Brito

    Boa dentro da Peugeot! Pensei que este motor chegaria depois do 1.6 THP para o 208. Agora só falta o cambio auto de 6 marchas…

    • Cristiano_RJ

      Certamente é o que vai acontecer. Se realmente o Pure Tech vier e equipar os compactos da PSA (208, 2008, C3 e Aircross), será (finalmente) a “morte” do famigerado e anacrônico câmbio automático de 4 marchas da marca francesa.

      • PEDAORM

        Gostaria de ver o motor equipando também as versões aspiradas do 308.

        • Gustavo73

          A versão do 1.2 de 130cv tem 23 kgfm de torque. Ficaria muito interessante no 308.

          • Marco Antônio

            No 208, 2008 e C3 .. Fico pensando, nossa moeda e capacidade industrial está muito defasada. Esses ótimos motores só chegam com anos de atraso.! :

            • Gustavo73

              Esses motores não tem nem 2 anos na Europa. São novos ainda.

              • Marco Antônio

                Ponto para as Francesas. (y)

                • Gustavo73

                  Sem dúvida. Ninguém esperava que logo a PSA faria esse movimento.

                  • Marco Antônio

                    Eu, pra falar a verdade, sou bem ignorante. Não sabia da existência dessa família de motores. O que me deixou surpreso foi ir pesquisar as credenciais. Realmente, ponto pras francesas.

        • Cristiano_RJ

          Seria show!

  • Marcelo TB

    AGORA O CAMBIO AUTOMATICO DE SEIS MARCHAS FINALMENTE VAI SAIR. ATÉ QUE ENFIM. VOU PEGAR UM IGUAL AO QUE FOI LANÇADO NA EUROPA, LARANJA COM A RODA PRETA.

    • EuMeSmObYmYsElF

      só se você mandar pintar ou envelopar o carro de laranja hahaha contente-se com prata, preto, branco ou vermelho.. ou se for na Griffe, mais um azul ou marrom…

    • Jorge Osório Cortese Magalhães

      Feríssimo!

    • Davi Millan

      Bem que a Peugeot poderia pensar um pouco fora da caixa e colocar nem que seja como opcional um pacote “colors” e um “racing” com rodas, frisos, saias e cores diferentes. Seria uma ótima maneira de chamar atenção para as pessoas que gostam de customizar ao seu gosto (assim como o Fiat 500 assim que chegou ao Brasil).

    • pedro rt

      roda preta so se vc mandar pintar e laranja so se vc mandar envelopar pq pode esperar sentado… ja e dificil vender peugeot nas tradicionais cores prata/branco/preto imagina um laranja…

  • Burnout

    Mais um motivo para trocar meu Peugeot por outro! Ótima iniciativa! Espero que após a crise, a Peugeot volte com tudo.

  • Filipo

    Fiquei surpreso com a notícia!
    Todos aguardando o Fiesta Ecoboost 1L e HB20 1.0T e de repente aparece o 208 1.0T?
    Nem sabia dos planos da Peugeot.
    Parabéns, mas temo que seja tarde demais para a marca recuperar seu prestígio no país.

    • Gustavo73

      Pelas informações o 1.0 é um Puretech mas não é turbinado. Turbinado é o 1.2 que também possui uma versão aspirada.

      • Zoran Borut

        Você publicou duas vezes o comentário de que não é turbo, mas a matéria fala que se trata do Turbo, com potência a partir dos 110cv… Penso eu que tenhamos no Brasil a versão 1.0 com turbo por conta de nossa legislação ser diferente da europeia.

        • Gustavo73

          A matéria usa.Como base a publicada no site Automotive Businesse lá não cita um 1.0 com turbo. E infelizmente acho pouco provável o desenvolvimento de um 1.0 exclusivamente para o nosso mercado em queda.

          • Zoran Borut

            E você acha que diante do atual posicionamento do 208, seria mais provável lançar o 1.0 de 68 cv? Eu creio que não. Agora, se o 1.2 Turbo tem entre 110 e 130 cv, seria muito mais provável desenvolver uma versão com a cilindrada reduzida para pagar menos imposto e aplicá-la em toda a linha em substituição ao 1.6 16V – não somente no 208, mas no 2008, no 308, no Citroen C3 e no AirCross, até por conta do InovarAuto, cuja primeira etapa acaba em 2017.

            • Gustavo73

              Desenvolver um motor mesmo que seja “só” a redução da cilindrada demanda tempo e dinheiro, e isso precisaria ter retorno. Depender só do mercado Brasileiro para isso acho difícil. Outro ponto é que não há em nenhuma das duas matérias menção em produção na nossa região. Então suponho que pelo menos em um primeiro momento venha importado da Europa. Como parece ser o caso do 1.0 Ecoboost. Creio que esse motor chegue primeiro nas versões mais caras e provavelmente junto com o at6 finalmente.

              • Marcos Medeiros

                Mas essa adaptação ao flex foi iniciada em 2012 com um investimento, se não me engano, de 500 milhões e na época o Brasil tinha espectativa de crescimento e por isso acredito que tenha sido uma adaptação do 1.0 para o nosso mercado uma vez que o alcool aumenta um pouco a cavalagem do motor.

                • Gustavo73

                  O Puretech turbo 1.2 são de 2014, e não são feitos aqui e sim na Europa. Então nada tem haver com esse investimento.

    • Matthew

      Acho que já tem vários 1.0 turbo na boca do forno esperando a situação do país melhorar um pouco.

      • Gustavo73

        Honda e GM seriam uns deles.

        • Davi Millan

          GM já anda trabalhando em um motor 1.0 Turbo? Pensei que era somente um 1.0 3 cilindros aspirado.

          • Gustavo73

            Na Europa existem as duas versões, seria o lógico. Mas pelo que andei lendo só lá pra frente.

  • Jonathas Costa

    Espero que o 1.0 não venha para substituir o 1.5, mesmo esse motor tendo pouco mais de 90cv, ele tem muito torque, é bem economico e ainda tem uma mecânica robusta…Falo isso por que tenho um 1.4 e sei bem como esse motor é ótimo! O que mais se houve falando por ai é de potencia, mas você pode colocar 200 cv num motor 1.0, no entanto o torque dele, que nessa faixa de cilindrada é o que mais importa, vai continuar girando na faixa dos 10kgf.m, prejudicando consumo e regime de rotação!

    • Gustavo73

      O 1.0 Tsi do Up tem 16 kgfm ( tem versão com desse motor com 20 kgfm, mais que muito 2.0) de torque mais que o 1.5 do Pug o mesmo do 1.6 16v. Isso a partir de 1.500rpm. O 1.5 8v da Pug tem 14 no etanol lá nos 3000 rpm. Mas esse 1.0 Puretech é aspirado, a não ser que a PSA desenvolva um específico para o nosso mercado. Com turbo só o 1.2.

      • Zoran Borut

        Gustavo, a matéria menciona o Turbo mesmo, com potência a partir de 110cv.

        • Gustavo73

          O motor 1.2 aspirado tem 82cv, a primeira versão com turbo 110cv e a segunda 130cv na Europa. Essas são as opções por lá. E como falei hoje não existe na PSA o 1.0 Puretech turbo. E esse motor não é citado na reportagem original.

          • Guilherme Eduardo

            Seguindo essa lógica eles poderiam trazer o 1.2 aspirado para colocar no lugar do 1.5, manter os 1.6 aspirado com nas versões intermediárias e trazer o 1.2 turbo de 130 para as mais caras, e com o tempo o 1.6 vai sendo trocado pelo turbo.

      • Jonathas Costa

        Exatamente, mas 1.0 T acho difícil, talvez os 1.2 que substituiriam o 1.6 16v…. Tenho um 206 1.4 flex e já dirigi HB20 1.0, UP! 1.0 (aspirado), novo Ka 1.0, Celta VHCE…. Todos com potência similar, mas nenhum conseguiu se sair com a mesma desenvoltura que o simples 1.4 8v….E o melhor, a média cidade/estrada do 206 comigo sempre foi 11 km/L no álcool, sendo na pista (260 km de Campinas a Caraguatatuba) eu já consegui médias de 13 km/L com o mesmo combustível! Um uno economy, que pesa 200kg a menos q o PUG e tem várias medidas passíveis para economia, fez no máximo (utilizando a escala verde do econômetro) 11,5 km/L no álcool…

        • Gustavo73

          O 1.0 3 cilindros aspirado nunca tem como objetivo substituir um motor aspirado maior mesmo que mais antigo. Eles são melhores e mais econômicos que os 1.0 4 cilindros que foram substituídos. Consumo pessoal.depende de vários fatores mas a minha namorada com um Uno só a gasolina tinha números muito melhores que esses.

          • Jonathas Costa

            Nossa que bom que a sua namorada conseguia números melhores que esses com gasolina num uno de 55cv, 8v e uma boa distribuíção de torque desde baixas rotações…. mas também né… a gasolina tem um consumo muito maior que o álcool, por isso que o álcool geralmente consome menos que a gasolina, além da gasolina custar menos de 70% do preço do álcool… só que não… comparar consumo de álcool com o de gasolina é o mesmo que comparar consumo de gasolina com diesel…. ou um quattroporte com um palio…. são mundos diferentes, casos diferentes…até o acerto de injeção e ignição para um carro a gasolina é mais real que um Flex que fica no meio termo da coisa…. poderia passar a noite toda discutindo sobre mecânica, consumo e carros… mas prefiro fazer outras coisas…. o que eu posso dizer, tenho um 206, tenho um 307 e só troco eles por outro PSA. Estou satisfeito com o consumo e desempenho dos dois e feliz com o que os carros me entregam…. Expertos são los hermanos que adoram um PSA, assim como os europeus!

        • Guilherme Eduardo

          Meu último carro era um 207 1.4 8v flex. Meu pai tinha comprado ele 0km no começo de 2009 e saiu o mesmo preço que os 1.0 da VW, Chevrolet, Ford e Fiat. Ele tem suas limitações, mas não era ruim. Quem sabe quando for trocar o Fox daqui um tempo eu não volte para um Peugeot 1.2 turbo AT6…..

        • João Martini

          O Up faz mais que isso no álcool tranquilamente. Digo isso tendo um e rodado quase 35 mil km.
          Minha média dele na Fernão Dias Atibaia – SP – Atibaia é pouco mais de 14 no álcool. Mas isso sem se preocupar excessivamente com o consumo, andando normal.
          Sobre desempenho, realmente o motor acorda bem mais tarde que um 1.4 8v. Mas em altas rotações, de 5000 a 6700, o Upzinho embala pra valer.

          • Edson Fernandes

            Mas poxa…. o up vai muito bem na estrada inclusive. Mesmo o aspirado.

            Eu não acho que seja necessário esticar até o limite ainda que o up faça isso lisinho (e muito melhor que o 1.4 da PSA, digo pq tive o C3 com esse motor). E acho que em situações de uso de limite de giros, ele (o up) iria melhor.

            Mas é que os motores 1.4 e 1.5 da PSA respondem muito bem em giros baixos e médios.

  • G.Alonso

    Na verdade, com o 1.6 THP sai esse ano também no 2008, a caixa automática que equipa esse 1.2 turbo na Europa é menor que as que equipam os THP aqui, então, só adaptar ela ao motor aqui e ao veículo.

    • Gustavo73

      A questão é que ele cabe junto com os Puretech que tem 3 cilindros o THP tem 4, mesmo na Europa as versões à diesel 1.6(4 cilindros) não tem a opção at6. Mas dependendo do espaço é sim possível.
      Acho que você queria falar 208 e não 2008, que tem o 1.6THP desde o lançamento(versão que não existe na Europa. Lá só o desejado 208 GTI(1.6THP).

      • João Martini

        3 ou 4 cilindros a posição do câmbio não muda. Se cabe com um, cabe com o outro.

        • Gustavo73

          João são as informações que aparecem, talvez pelo tamanho menor do 3 cilindros. Tanto que com o 1.2 tem o at6, enquanto com o 1.6 4 cilindros a diesel e antes com o 1.6 16 v gasolina só o at8(4 marchas). Mas veremos agora.

    • Ygor Soares

      A caixa que equipa esse 1.2 lá fora é a mesma que está equipando o nosso 308 THP 2016!

      • Marco Aurelio

        A caixa AT6 não cabe nos motores atuais do 208, mas o 1.2 turbo AT com.6 marchas vai ser ótimo, o 1.6 Turbo será apenas manual, excelente opção mas como vai ser mais potente que o 2008 deve custar mais.

        • Gustavo73

          O 208 THP ter mais potência que o 2008 ou 308 é certo ou uma suposição sua?

          • Marco Aurelio

            É o que diz a imprensa especializada.

        • Ygor Soares

          É mesma caixa que vem no 308 THP 2016, não existe diferença alguma!
          Possivelmente essa será a caixa do 2008 THP

          • Marco Aurelio

            Não cabe no cofre do motor, não adianta se iludir. Com o motor pure tech indo na versão turbo a 130 CV e podendo ter a at6 porque você acha que a Peugeot Brasil vai usar uma caixa compacta para fazer caber no cofre com o motor 1.6 no 208? Agora vale torcer para que pelo menos na linha 2017 do 2008 (que com certeza não recebe o facelift europeu) venha o turbo 1.2 com at6.

            • Ygor Soares

              Ok!!!

      • João Martini

        Não é! A PSA desenvolveu junto a aisin uma caixa mais compacta.

        • Marco Aurelio

          Acho difícil acreditar já que essa combinação não existe em lugar nenhum do mundo no espaço do 208/2008 nem DS3, cujo recém reestilizado tem automático apenas no motor menor.

        • Ygor Soares

          Sim, e seria a mesma do 308 THP 2016

          • João Martini

            Ah sim, tinha me esquecido que no 2016 o 308 estava com a EAT6.

            • Ygor Soares

              Sim, essa caixa é muito menor! Vi uma ao lado da outra é a diferença é bem gritante!

  • Renato Dias

    AT6, finalmente!

    • Ronaldo Santos

      Sim , Sim !Pagou-se caro por esse erro!

  • Guilherme Eduardo

    Esse 1.2 turbo 3 cilindros, se vier com o câmbio de 6 marchas, dá até para ser colocado nos demais veículo da Peugeot.

    • th!nk.t4nk

      É o que ela faz na Europa… Equipa a linha toda com ele, só modifica a potência (quando necessário).

    • PEDAORM

      Concordo, cairia como uma luva nas versões de entrada dos médios da marca, pelo menos do 308.

  • João Martini

    O que dói são os discos sólidos. Último carro que lembro de não ter discos ventilados fora o 208 1.5 era o Mille.

    • Gustavo73

      Achei que tinham mudado isso já.

  • Espero que a Peugeot aproveite e aposente de uma tacada só o TU4 e o EC5, usando o PureTech com 110 CV nas versões mais baratas e com 130 nas mais caras, já pensou? Seria ótimo pra aumentar a escala.

    Aí é bom que sobra mais espaço no cofre pra colocar um câmbio de 6 marchas.

  • Hugosw

    Se vier acompanhando com o câmbio automático de 6 marchas aí sim será uma ótima renovação.

  • Cleidson

    Na Europa o 208 tem ESP. Custa botar isso no 208 brasileiro?

  • Gustavo73

    Pug seja esperta, junto com o 1.2 Pure Tech coloque o at6, e mãos isofix de série e ESP no 208/2008. Com as questões que a Ford está passando com o PS, e uma boa propaganda a sua situação pode mudar.

  • Davi Millan

    Ótimo! Agora pode ser que eu troque de carro (dependendo do preço). Mesmo tendo um sedan médio eu iria para um 208 top com um motor muito competente e muito econômico (em tempos de crise isso é relevante quanto aos preços dos combustíveis). Se tiver um cambio automático de seis marchas melhor, haja visto que tenho um manual hoje. RÁPIDO DONA PEUJEOT!!!

  • Fábio

    Afinal, esse 1.2 virá turbinado ou não? Tem lugar dizendo que não será turbinado e substituirá o 1.5 e o 1.6 aspirado vai ser mantido, o que faz sentido. Agora não tem sentido é colocar o 1.2 Turbo e manter o 1.6 aspirado.
    Acredito que virá o 1.2 3cil mas sem turbo, manterá o 1.6 aspirado e terá o GT 1.6 Turbo THP. INFELIZMENTE não será dessa vez que a PSA vai nos surpreender positivamente com 1.0 e 1.2 Turbo.

    • Gustavo73

      O 1.2 Pure tech sem turbo tem 82cv não seria um substituto do 1.5 pelos números de potência e torque. Mas poderia via abaixo dele. Tem a questão de custos mas dava pra usar só o 1.2 com a variação aspirada e as duas turbinadas com 110cv 20 kgmf e com 130cv 23 kgfm nos modelos superiores.

      • Edson Fernandes

        Finalmente alguem que entendeu recado. Ainda que a resposta do motor 1.2 aspirado sejam o pico em 2750rpm, ele tem 11,8kgmf de torque. Distante dos 13,1 e 13,9 do 1.5 (a 3250rpm).

        • Gustavo73

          As notícias sobre a chegada dos novos motores ainda estão desencontradas. Mas colocar esse 1.2 aspirado no lugar do 1.5 é loucura da PSA. Ele pode vir abaixo fazendo o que o 1.4 já fez no passado o diferencial aos 1.0 (mesmo pagando mais IPI) mas C3 e 208 teriam versões mais simples e baratas para dar mais volume as vendas. Acima as versões turbinadas aí sim com a opção do AT de 6 marchas. Falam nos ajustes no pós venda e nas CSS do grupo, mas também precisam trazer o consumidor para dentro das CSS. Os novos motores podem ajudar, mas a PSA não pode errar.

          • Edson Fernandes

            Mas te confesso que seria a cereja do bolo ter o motor 1.2 “THP” com o cambio EAT6 viu.

            Seria então justamente incluindo o ESP, tudo que eu gostaria em um compacto. (além dos itens já conhecidos do 208)

            • Gustavo73

              Na atual faze da minha vida um 2008 com esse motor ESP e isofix estaria na conta direitinho.

              • Edson Fernandes

                O meu seria um 208 mesmo… seria perfeito para meu tipo e necessidade de uso.

                • Gustavo73

                  O 208 com esse 1.2 mostrou como o Up está caro. Na tabela mesmo o aspirado. O carro é bom e os motores modernos, mas a VWB vai ter que se mexer. E a PSA acertou, espero que ela colha os frutos.

                  • Edson Fernandes

                    Eu ainbda acho que tbm está caro (o 208). Mas sem duvida ele é bem mais carro que o up.

                    Pena não terem disponibilizado logo o 1.2 THP.

                    • Gustavo73

                      Acho que esse 1.2 turbo chega junto com a nacionalização dos Puretech.

  • Matheus Ulisses P.

    Ótima notícia! Esses motores colecionam prêmios e elogios na Europa.
    Um 208 marrom completo + teto de vidro ficaria uma joia com ele! Aguardemos os preços.

  • duhehe

    1.2 Turbo + cambio automático de 6 marchas, ai fica bom.

  • Wagner Lopes

    Excepcional motor! Quando tiver coragem de trocar meu 407, o 208 com esse motor vai me tentar pra valer!

  • Cassio

    Peugeot no Brasil tem que remar muito ainda. Não será um bom motor que mudará as coisas.

  • fbl

    Bela jogada da PSA se colocarem tambem o AT de 6 marchas.

  • V12 for life

    O 208 vai ficar bem mais interessante.

  • The Monster Man

    Se o 208 1.5 já possui um consumo exemplar imagina esse novo, só espero que não quebre como vem acontecendo com o UP TSI.

  • Marcio Santos

    Sim, com o detalhe que o fiesta tem esp que não pode ser destativado, e no teste eles não comentaram sobre desativar o controle de tração.
    O próprio up que é mais rápido que fiesta e etios também ficou pouca coisa a frente do toyota, novamente o controle de tração do carro não pode ser desativados.
    Já no sandero rs o controle de tração pode ser desativado, este recurso não existiria se não fizesse diferença.

    • fbl

      Sim pode ser, mas que foi engraçado foi.

  • Guilherme Batista

    Eu já aluguei um 208 na França com esse motor 1.2 Pure Tech manual. Viajei por cerca de 2400 km com ele.
    Posso afirmar que o motor é excelente, tem desempenho melhor que a maioria dos 1.6 aspirados que já andei, isso porque ele tem uma performance boa na arrancada.

    Eu não fiz médias de consumo o tempo todo, mas o consumo médio da viagem toda com percussos variando entre cidade e estrada foi de 17km/l .

    Na época me apaixonei pelo carrinho e agora vou ficar com muita vontade de ter um por aqui.

  • pedro rt

    aqui onde moro agora so tem 2css peugeot e 1css citroen/DS antes dessa crise q começou em 2014 tinha 3css peugeot e 3css citroen

  • Marco Aurelio

    Péssima notícia que não vai ter 1.2 turbo nem câmbio de 6 marchas, um dia quando tiver uma nova geração na europa quem sabe a Peugeot daqui muda com uma das suas reestilizações caseiras a la 308/408. Gostaria de acreditar que o 1.6 aspirado automatico com 4 marchas seria substituído pelo 1.2 turbo com 6, mas não me espanta mais uma decisão errada da Peugeot.

  • Edson Fernandes

    Eu já acho o 1.6 da VW mais forte, porém bebem mto mais.

  • GPE

    Agora vai!

  • DUDU_Teixeira

    Saiu o 1.2 comum no lugar do 1.5 …. mas o 1.2 turbo ainda não. Aguardando.



Send this to friend