Governamental/Legal Trânsito

Placa Mercosul começa a ser implantada no Rio de Janeiro

Placa Mercosul começa a ser implantada no Rio de Janeiro

Demorou, mas chegou. A placa em padrão do Mercosul finalmente foi liberada para veículos novos e transferência de propriedade no Brasil. A partir desta terça-feira (11), os veículos que forem comprados no estado do Rio de Janeiro ou transferências começam a ser emplacados com a identificação atualizada.


Esse novo padrão do Mercosul, assim como  anterior, tem uma taxa de emplacamento de R$ 219,35. Ou seja, não houve aumento de tarifa para esse serviço, mas no caso de transferência de veículo, ela será cobrada para um novo emplacamento do carro. A partir de agora, o relógio começa a correr contra os estados, que serão obrigados a implementar o novo padrão até 1 de dezembro de 2018.

Nesse momento inicial, os proprietários de veículos não são obrigados a instalarem a nova placa, mas de acordo com o Detran-RJ, o padrão é mais seguro que o anterior, pois evitam a possibilidade de clonagem. Já implementadas nos vizinhos Argentina, Paraguai e Uruguai, a nova identificação permitirá que os veículos do bloco econômico possam ser identificados em toda a região.

Isso possibilitará a aplicação de maior fiscalização sobre os veículos e evidentemente a cobrança de multas, mas também a possibilidade de rastreio de um carro roubado num dos países do bloco, por exemplo.


Apesar do padrão ser o mesmo, cada país tem um conjunto de cores e posição de números e letras diferenciado, assim como alguns caracteres usados para aumentar a segurança contra clonagem ou falsificação. No Brasil, a placa tem faixa azul na parte superior e fundo branco, tendo ainda quatro letras e três números, diferente da usada ainda hoje por aqui.

Selos identificam estados e municípios na composição visual da placa, o que dificultará a percepção da origem do veículo de longe, sendo possível observa-la apenas de perto e mesmo assim, a pessoa terá de conhecer bem tais selos para saber a origem do emplacamento. Nesse aspecto, a segurança será ampliada, retirando-se o nome da cidade e a sigla dos estados.

Com 40 cm de largura e 13 cm de altura, a nova placa ainda tem outros selos anti-falsificação e QR Code para verificação dos dados do veículo. Para identificação do tipo de veículo, as cores serão diferentes: preta (particular), vermelha (comercial/aprendizagem), azul (oficial), verde (especial), amarela (diplomático) e prateada (colecionador).

 

 

 

Placa Mercosul começa a ser implantada no Rio de Janeiro
Nota média 4.3 de 6 votos

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email