Hatches Matérias NA Volkswagen

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

O Polo 2003 foi o primeiro carro global da Volkswagen a ser fabricado no Brasil desde a chegada do Golf em 1998. O hatch alemão chegou ao mesmo tempo que na Europa e trouxe avanços para o processo produtivo na fábrica da Anchieta.


Seu projeto exigiu investimento de milhões de dólares para criação de uma linha de montagem bem moderna dentro da velha fábrica, trazendo em 2002, a plataforma PQ24 com construção em aço de alta resistência e aços comuns.

O Polo quarta geração exigia uma linha de montagem com soldagem a laser e um processo robotizado de união das partes da carroceria, que era considerada bem rígida e resistente a impactos.

A carroceria vinha com partes em aço de alta resistência, o que tornava cara sua fabricação no Brasil, mesmo com a versão sedã sendo produzida. Foi um carro caro para sua época e não surtiu efeito em vendas.

O Polo iria ainda ganhar outros níveis, como a versão BlueMotion focada na economia nos anos posteriores, assim como motores Flex e câmbio automatizado ASG na versão I-Motion, que também foi outro fracasso, assim como o Polo 1.0.

O compacto premium tinha tudo para ser um carro ainda mais exemplar, pois, poderia ter usado o 1.0 16V Turbo de 112 cavalos e 15,8 kgfm do Gol Turbo, bem como caixa automática de quatro marchas e conversor de torque do Golf IV.

Mesmo assim, o Polo 2003 era um carro com muitos diferenciais em relação aos concorrentes, como airbag duplo, freios ABS com EDB, ar condicionado digital, luzes de leitura gerais, espelhos iluminados e interior com padrão elevado.

Direção eletro-hidráulica e design moderno faziam parte do pacote, assim como inúmeros itens de conforto e tecnologia. Quando chegou ao mercado, ele possuía apenas opções dos motores EA111 e EA113.

Estes eram 1.6 litro e 2.0 litros, que tinham cabeçotes de 8V e injeção eletrônica multiponto, sendo que o primeiro tinha 101 cavalos e o segundo entregava 116 cavalos, sendo que ambos tinham um bom torque em baixa.

O problema do Polo era o câmbio curto demais, que fazia o giro do motor subir enormemente em velocidade de cruzeiro na estrada, o que também não ajudava no consumo.

Para ficar ainda pior, a Volkswagen tentou aproveitar o IPI reduzido para carros 1.0 e adicionou o motor EA111 1.0 16V no portfólio do Polo 2003, porém, na mesma semana do lançamento, o imposto para esta categoria subiu enormemente.

Virou mico. Com baixo desempenho e eficiência, devido ao peso elevado, o Polo 1.0 não durou muito tempo no mercado nacional. A VW poderia ainda ter adicionado um motor extra, o EA111 1.4 8V que equipou a Kombi.

Ele foi exportado para a Europa a bordo do Lupo, que era o nosso VW Fox duas portas. Com 78 cavalos, ele poderia render pelo menos 82 cavalos com atualização para ficar acima do 1.0 16V usado pelo Gol.

Com apenas 4 portas, o Polo brasileiro saía do lugar comum à época, entregando um conjunto realmente bom e com muitas possibilidades, porém, sem a mesma visão em Wolfsburg.

A sede da VW chegou a barrar vários projetos brasileiros, inclusive uma minivan derivada do Gol. No caso do Polo, pelo menos a variante Sedan conseguiu embarcar junto com o hatch. Ainda bem elogiado pelos proprietários.

Lançado para cobrir o hiato que existia entre o VW Gol G3 e o Golf, o Polo ajudou também a enterrar o Polo Classic argentino, cuja produção retirou do portfólio o antigo sedã derivado do Seat Córdoba.

O Polo durou 11 anos no mercado nacional e foi retirado bem antes da chegada da geração atual, que trouxe o nome de volta e com produção na mesma fábrica, mas com o conceito MQB.

O Polo Sedan virou Virtus e ficou bem maior. Agora, o hatch não tem mais tanta diferença em relação ao Gol, mas ainda é um carro bem moderno e seguro.

Polo 2003 – detalhes

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

O Polo 2003 vinha com um design correspondente da época para a VW mundial, tendo frente com quatro faróis, sendo dois maiores e dois menores, sendo os primeiros com piscas e lanternas integrados, além de facho baixo.

Os menores tinham facho alto e o visual lembrava muito os carros da Mercedes-Benz daquela época. A grade horizontal quebrava a harmonia com o conjunto ótico e trazia o logotipo da VW bem maior.

Já o para-choque tinha grade inferior preta e bem horizontal, tendo faróis de neblina circulares e de dimensões reduzidas. Com carroceria hatch de forma equilibrada, tendo repetidores de direção nos para-lamas dianteiros.

Os retrovisores eram na cor do carro e as maçanetas também. Ele ainda vinha com rodas de aço aro 14 polegadas ou liga leve de mesmo tamanho, ambos com pneus 185/60 R14. Havia opção de aro 15 polegadas e pneus 195/55 R15.

A traseira tinha lanternas compactas e tampa do bagageiro com logo VW grande, assim como puxador para abertura da mesma, além de vigia ampla com limpador e lavador, bem como desembaçador.

Por dentro, o Polo 2003 era bem acabado, embora com painel todo em plástico duro. A montagem e a qualidade das peças era muito boa, no entanto, o conjunto frontal vinha com difusores de ar laterais em posição vertical.

Os centrais eram horizontais, sendo que o painel tinha ainda cluster analógico com velocímetro, conta-giros, nível de combustível e temperatura de água, fora relógio digital e hodômetros digitais.

Havia ainda um display central para computador de bordo. O volante tinha quatro raios e podia receber airbag (de série nos 2.0 litros) e ajustes em altura e profundidade, bem como revestimento em couro no Sportline.

A assistência da direção era eletro-hidráulica, um avanço em relação à hidráulica comum. O painel tinha ainda sistema de áudio com CD player e MP3 de tamanho 1din, além de porta-objetos abaixo e ar condicionado digital opcional.

O painel ocultava ainda um prático porta-copos retrátil, bem ao lado do rádio. O porta-luvas tinha bom espaço e havia espaço para o airbag do passageiro, também de série com motor 2.0. Na Sportline, os pedais eram esportivos.

Havia cinzeiro com tampa, bem como comandos dos vidros elétricos nas portas e dos ajustes dos espelhos retrovisores. O Polo 2003 tinha ainda teto em tecido e luzes de leitura, além de retrovisor dia e noite e espelhos iluminados nos para-sois.

Os cintos de segurança de 3 pontos dianteiros tinham ajustes em altura, assim como o assento do motorista. Atrás, cintos de 3 pontos e apoios de cabeça nas laterais, além de encosto inteiriço, mas rebatível.

Já o porta-malas era pequeno, tendo apenas 270 litros de espaço e iluminação, com o estepe sob o assoalho. Faltava um encosto bipartido para aumentar a versatilidade.

Polo 2003 – versões

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

  • Volkswagen Polo 1.0
  • Volkswagen Polo 1.6
  • Volkswagen Polo 2.0
  • Volkswagen Polo 1.6 Plus
  • Volkswagen Polo Comfortline 1.0
  • Volkswagen Polo Comfortline 1.6
  • Volkswagen Polo Comfortline 2.0
  • Volkswagen Polo Sportline 1.0
  • Volkswagen Polo Sportline 2.0

Equipamentos

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

Volkswagen Polo 1.0/1.6/2.0 – Transmissão manual de cinco marchas, mais direção eletro-hidráulica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, rodas de aço aro 14 polegadas com calotas, pneus 185/60 R14, faróis duplos, repetidores de direção nos para-lamas, para-choques na cor do carro, borracha dos para-choques pretos, maçanetas e retrovisores pretos, lavador e limpador do vidro traseiro, desembaçador traseiro, para-brisa degradê, cluster com conta-giros, airbag duplo (apenas no motor 2.0), cintos de 3 pontos nas laterais, central traseiro subabdominal, apoios de cabeça para quatro pessoas, banco traseiro inteiriço e rebatível, iluminação no porta-malas, iluminação interna, retrovisor interno dia e noite, retrovisores externos com controle interno, banco do motorista com ajuste em altura, gaveta sob o banco do condutor, bancos em tecido, fonte 12V, capô com amortecimento, espelhos nos para-sois, travamento elétrico do porta-malas, entre outros.

Opcionais: ar condicionado, airbag duplo (apenas 1.0 e 1.6), freios ABS com EDB, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, chave com telecomando, alarme, espelhos iluminados nos para-sois, luzes de leitura, sistema de áudio com CD/MP3 e computador de bordo.

Volkswagen Polo 1.6 Plus – Itens da versão básica, mais retrovisores e maçanetas na cor do carro, borrachas dos para-choques na cor do carro, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, espelhos iluminados nos para-sois, luzes de leitura, sistema de áudio com CD/MP3 e computador de bordo.

Opcionais: ar condicionado, airbag duplo, freios ABS com EDB e rodas de liga leve aro 14 polegadas.

Volkswagen Polo Comfortline 1.0/1.6/2.0 – Itens da versão básica, mais vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, chave com telecomando, alarme, espelhos iluminados nos para-sois, luzes de leitura e computador de bordo.

Opcionais: sistema de áudio com CD/MP3, ar condicionado, airbag duplo (apenas 1.0 e 1.6), rodas de liga leve aro 14 polegadas, vidros elétricos nas portas traseiras, retrovisores com ajustes elétricos, ar condicionado digital, bancos em couro, entre outros.

Volkswagen Polo Sportline 1.0/2.0 – Itens do Comfortline, mais visual personalizado, rodas de liga leve aro 15 polegadas, pneus 195/55 R15, airbag duplo (apenas 2.0), freios com ABS e EDB (apenas 2.0), bancos com padronagem diferenciada, volante em couro, vidros elétricos nas portas traseiras, retrovisores com ajustes elétricos, alavanca em couro, entre outros.

Opcionais: sistema de áudio com CD/MP3, ar condicionado, airbag duplo (apenas 1.0 e 1.6), rodas de liga leve aro 14 polegadas, ar condicionado digital, bancos em couro, entre outros.

Preços

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

  • Volkswagen Polo 1.0 – R$ 14.057
  • Volkswagen Polo 1.6 – R$ 16.094
  • Volkswagen Polo 2.0 – R$ 16.691
  • Volkswagen Polo 1.6 Plus – R$ 15.500
  • Volkswagen Polo Comfortline 1.0 – R$ 15.456
  • Volkswagen Polo Comfortline 1.6 – R$ 17.067
  • Volkswagen Polo Comfortline 2.0 – R$ 17.724
  • Volkswagen Polo Sportline 1.0 – R$ 15.917
  • Volkswagen Polo Sportline 2.0 – R$ 18.089

Polo 2003 – motor

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

O Polo 2003 teve três motores, sendo dois da família EA111 e um da EA113. Da primeira família, o 1.0 16V foi introduzido por último, sendo o mesmo motor empregado no Gol no final dos anos 90.

Tinha bloco de alumínio e quatro cilindros em linha, tendo cabeçote de 16V. Os dois comandos eram acionados por correia dentada, sendo que os periféricos eram acionados por correia em V.

Com injeção eletrônica multiponto sequencial, ele ainda não tinha tecnologia flex e era abastecido apenas por gasolina, tendo 11,5:1 de taxa de compressão, com seus 999 cm3 entregando 79 cavalos a 6.500 rpm e 9,7 kgfm a 4.500 rpm.

Esse motor foi empregado para poder oferecer uma opção mais barata ao Polo, porém, os incentivos acabaram no dia em que ele fora lançado. Ele durou pouco no mercado nacional por conta disso, visto que os preços ficaram bem próximos.

O outro propulsor é o 1.6 litro, que tinha 1598 cm3 e cabeçote de 8V, igualmente acionado por correia e sem variação de abertura e fechamento de válvulas. Com a mesma arquitetura do 1.0 litro, este 1.6 litro foi modificado posteriormente.

Ele tinha 9,8:1 de taxa de compressão com 101 cavalos a 5.500 rpm e 14,3 kgfm a 3.250 rpm, ambos com gasolina apenas. A versão Flex surgiria apenas um ano depois.

Por fim, a geração EA113 era derivada do motor AP brasileiro e tinha bloco de ferro fundido com cabeçote de alumínio de 8V, sem variação de abertura e fechamento de tempo de válvulas.

Ele trazia ainda fluxo cruzado na câmara e uma boa robustez, com boa confiabilidade. Entregava 116 cavalos a 5.200 rpm e 17,3 kgfm a apenas 2.400 rpm. Com isso, o Polo tinha um excelente desempenho.

Apesar de tanta força em baixa, especialmente no 2.0, o Polo 2003 era bem preso, já que o câmbio manual MQ200 tinha relações de marcha muito curtas, que faziam o motor esgoelar, sendo que nem era preciso devido à carga em baixa.

Com o tempo, a VW foi alongando as marchas após críticas dos clientes, ganhando ainda uma versão automatizada com sistema ASG na versão I-Motion. Poderia ter tido um câmbio automático de verdade, pelo menos.

Desempenho

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

O Polo 2003 tinha um desempenho abaixo do esperado na versão 1.0, já que seu motor 1.0 16V era fraco para mover seus mais de mil kg de peso e oficialmente fazia de 0 a 100 km/h em 13,5 segundos. A máxima chegava a 168 km/h.

No 1.6, o desempenho era melhor, fazendo pouco mais de 11 segundos até 100 km/h e 180 km/h de final. Por fim, o 2.0 fazia tudo em 10 segundos e chegava quase a 200 km/h.

O lado ruim de tudo isso era o câmbio realmente curto. Com transmissão manual de cinco marchas, o Polo 2003 chegava a 4.000 rpm a 120 km/h no 2.0 e 4.500 rpm no 1.0 16V, rotações elevadas demais para qualquer dos propulsores.

  • Volkswagen Polo 1.0 – 13,5 segundos e 168 km/h
  • Volkswagen Polo 1.6 – 11,4 segundos e 180 km/h
  • Volkswagen Polo 2.0 – 10,2 segundos e 198 km/h

Consumo

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

Já no consumo, o Polo 2003 era estranhamente econômico na estrada. O motivo do “estranhamente” era que o hatch da VW tinha câmbio com relações bem curtas e isso exigia muito dos motores em velocidade de cruzeiro na estrada.

Não raro, giravam acima de 4.000 rpm acima de 100 km/h, o que normalmente faz o consumo ser maior. Contudo, mesmo assim, o Polo 1.0 fazia mais de 14 km/l na estrada, enquanto o 1.6 conseguia 13,5 km/l. Já o 2.0 fazia bons 12 km/l.

Isso tudo com rotação alta e cabeçote de 8V nos 1.6 e 2.0, que normalmente rendem melhor em giros mais baixos. Apenas o 1.0 16V parecia estar em casa. Na cidade, os três faziam mais ou menos a mesma coisa: 8 km/l.

  • Volkswagen Polo 1.0 – 8,1 km/l e 14,2 km/l
  • Volkswagen Polo 1.6 – 8,4 km/l e 13,5 km/l
  • Volkswagen Polo 2.0 – 8,0 km/l e 12,0 km/l

Polo 2003 – manutenção e revisão

Polo 2003: fotos, consumo, detalhes, motor, ficha técnica

A Volkswagen tem um plano de manutenção com revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, porém, isso é apenas para carros novos. Na época do Polo 2003, a garantia era de apenas um ano e a revisão obrigatória era única.

A recomendação era de revisar o carro a cada 10.000 km ou seis meses, sendo que nesse último, a troca de óleo ocorria por tempo, considerado já bem curto em relação às demais marcas.

Na VW, essa política de seis meses só mudou após o lançamento do Novo Polo. Outra prática da época do antigo Polo era os preços das revisões, nunca tabelados de forma nacional, o que obrigava os consumidores a pesquisarem em cada loja.

O prejuízo para o cliente era enorme, visto que os custos eram relativamente enormes. Assim, a grande maioria esperava dar os 365 dias de garantia para “se livrar” da rede autorizada, buscando oficinas especializadas ou não para fazer revisão.

No manual, a revisão do Polo 2003 recomendava troca de óleo lubrificante, filtro de óleo, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine, filtro de combustível, velas, correia em V, correia dentada, fluido de freio, entre outros.

Apesar dos serviços mais caros, a rede VW estava pronta para realizar diversos serviços no Polo, como funilaria, pintura, alinhamento, balanceamento, cambagem, parte elétrica, manutenções mecânicas gerais e instalação de acessórios.

Também havia serviço de higienização do habitáculo e do ar condicionado, lavagem geral e lubrificação de peças e componentes móveis. Havia ainda inspeção de suspensão, freios, direção, rodas, pneus, motor, elétrica e outros itens.

Polo 2003 – ficha técnica

Motor1.01.62.0
Tipo
Número de cilindros4 em linha4 em linha4 em linha
Cilindrada em cm399915981984
Válvulas1688
Taxa de compressão11,5:110,8:110,8:1
Injeção eletrônicaIndiretaIndiretaIndireta
Potência máxima79 cv a 6.500 rpm (gasolina)101 cv a 5.500 rpm (gasolina)116 cv a 5.200 rpm (gasolina)
Torque máximo9,7 kgfm a 4.500 rpm (gasolina)14,3 kgfm a 3.250 rpm (gasolina)17,3 kgfm a 2.400 rpm (gasolina)
Transmissão
TipoManual de 5 marchasManual de 5 marchasManual de 5 marchas
Tração
TipoDianteiraDianteiraDianteira
Direção
TipoEletro-hidráulicaEletro-hidráulicaEletro-hidráulica
Freios
TipoDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseirosDiscos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
DianteiraMcPhersonMcPhersonMcPherson
TraseiraEixo de torçãoEixo de torçãoEixo de torção
Rodas e Pneus
RodasAço ou liga leve aros 14 ou polegadasAço ou liga leve aros 14 ou polegadasLiga leve aro 15 polegadas
Pneus185/60 R14185/60 R14195/55 R15
Dimensões
Comprimento (mm)3.8973.8973.897
Largura (mm)1.6501.6501.650
Altura (mm)1.4841.4841.484
Entre eixos (mm)2.4602.4602.460
Capacidades
Porta-malas (L)270270270
Tanque de combustível (L)454545
Carga (Kg)435498465
Peso em ordem de marcha (Kg)1.0451.0821.115
Coeficiente aerodinâmico (cx)NDNDND

Polo 2003 – fotos

https://www.youtube.com/watch?v=gbTuBxSXh6M

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

    Quem somos

    O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por 15 anos. Saiba mais.

    Notícias por email