Hatches Volkswagen

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos
Novo Polo 2019

Apresentado em agosto de 2018, a Volkswagen lançou no mercado brasileiro o Polo Beats. Além dele, o sedan Virtus também ganhou a configuração de som especial.

O pacote lançado pela VW, que já era ofertado no mercado europeu, chegou ao país sul-americano de olho no público jovem, que também é antenado em tecnologia. Exatamente essa proposta que o Volkswagen Polo Beats entrega: som e conectividade. Pode-se dizer que o Polo Beats é um carro de “entretenimento”.


A nomenclatura Beats presente em Polo Beats não é uma exclusividade da montadora alemã.

A Beats (Beats By Dr. Dre ou Beats Electronics) é uma empresa norte-americana especializada em equipamentos de áudio e headphones. Em 2014, outra companhia de tecnologia, a Apple, comprou a Beats por US$ 3 bilhões.

Polo Beats 2019 – história

O Volkswagen Polo nasceu em 1975. Já são mais de 40 anos de sucesso e mais de 16 milhões veículos comercializados. A primeira geração foi lançada como Audi e obteve mais de 500 mil Polos vendidos.

Posteriormente, em 1979, surge o primeiro Polo esportivo: o GT. Ele ganhou motorização 1.3 de 60 cv de potência. O carro até chegou ao mercado brasileiro, no entanto, a Volkswagen optou por apostar num modelo emergente. Portanto, o Gol.

Entre os anos de 1981 a 1994, já com plataforma MK2, é lançada a segunda versão do Polo, desta vez, com duas variações de carroceria, com diferenciação na parte traseira do carro (o modelo mais esportivo ganhou identificação de Coupé, o outro, como Hatchback, uma vez que parecia uma perua).

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

O Polo chegou a ganhar um facelift ainda na década de 1990, tendo como destaque: uma mecânica aperfeiçoada, novos faróis retangulares, ao contrário dos redondos. Também ganhou novas tecnologias: injeção eletrônica nos modelos 1.0 e 1.3, freios ABS e airbag para o motorista, dentre outros.

Com visual mais sofisticado e arredondado, a terceira geração chegou em 1994 e permaneceu até 2003. Fazendo sua estreia com quatro portas, o Polo tinha motor 1.0 e 1.2 que produzia 45 e 55 cavalos, respectivamente. Além desses, também havia um turbodiesel 1.9 (90 cv).

A terceira geração ainda foi responsável pelo surgimento do Seat Ibiza.

Em 2001, a Volkswagen anuncia a quarta geração do Polo. Em 2002, ele chegou ao Brasil e, desta vez, sendo produzido em solo brasileiro, na clássica fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

O Polo já era comercializado por aqui na versão Sedan (Polo Classic), importado da Argentina. Um ano depois (2002), um novo Sedan do carro era lançado, no Salão do Automóvel de São Paulo.

Adiante, o Volkswagen Polo chegou na sua quinta geração (de 2009 a 2017), mas ele não foi vendido no Brasil, apenas na Europa. A 6ª geração é produzida desde 2017 e passou a ser construído na plataforma MQB A0. Quando chegou ao Brasil, o “novo Polo” não trouxe itens que são oferecidos no mercado europeu.

Polo Beats – detalhes

Baseado em pesquisas feitas com clientes brasileiros e seguindo foco na regionalização, o Polo é um carro com design único se comparado a outros mercados em que atua.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

No Brasil, o Volkswagen Polo Beats está à venda nas versões Comfortline e Highline, sendo a última a mais completa. O motor é 1.0 200 TSI de três cilindros, com alta taxa de compressão, injeção direta de combustível, além de fazer a combinação da transmissão automática de seis velocidades.

A potência é de 128/115 cv (etanol/gasolina) e torque de 20,4 kgfm (etanol/gasolina).

Já a transmissão oferece trocas manuais sequenciais Triptronic através da alavanca do câmbio ou via shift paddles, no volante do Polo Beats. O motorista ainda poderá contar o acionamento esportivo (S), que altera momentos de trocas de marchas para rotação mais elevada. Isso faz com que o veículo tenha aceleração mais veloz.

O Polo Beats nada mais é do que um pacote opcional. Para tê-lo, o consumidor terá de desembolsar R$ 3.020 para a Comfortline ou R$ 2.400 na Highline.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Ao optar pelo pacote Beats na Comfortline, o consumidor levará: sistema de som Beats com quatro alto-falantes, dois tweeters, amplificador e subwoofer com ajustes especiais, pneus 195/55 R16, rodas de liga leve 16″ Design Avalanche, rede no porta-malas, adesivos laterais e soleira das portas dianteiras com aplique “Beats”, “s.a.v.e.” – porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço e sobre tapetes dianteiros e traseiros em carpete.

Já na Highline, versão topo de linha do Polo, dispõe de: sistema Beats com quatro alto-falantes, dois tweeters, amplificador e subwoofer com ajustes especiais, “s.a.v.e.” – porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço, adesivos laterais e soleira das portas dianteiras com aplique “Beats” e rede no porta-malas.

Polo Beats – novidades / diferenciais

O grande diferencial do Volkswagen Polo Beats é sobretudo o som, seguido do design. O pacote Beats foi criado com especialistas da empresa de equipamentos de áudio. Já o sistema de som premium possui 300 watts, amplificador digital de oito canais e subwoofer com ajustes especiais.

Um dos atrativos para quem busca adquirir esse carro é exatamente o som. Em vista disso, ele dispõe de algumas configurações como: ajuste de grave, médio e agudo.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Por fora, há mudanças na estética: o retrovisor tem coloração avermelhada, o emblema BeatsAudio está identificado na lateral do veículo, nas soleiras das portas e nos tweeters.

Na parte interna há destaque para o vermelho tornado presente no painel, bem como nas costuras do banco.

O Volkswagen Polo Beats também é um dos carros mais seguros da América Latina.

VW Polo Beats – equipamentos

Veja abaixo os equipamentos de série:

Volkswagen Polo Beats

Segurança: Controle eletrônico de estabilidade (ESC), Controle de tração (ASR) e Bloqueio eletrônico do diferencial (EDS), fixação da cadeirinha de criança com sistema ISOFIX, alerta sonoro e visual de não utilização dos cintos de segurança dianteiros.

Conforto: ar-condicionado, apoios de cabeça dianteiros com ajuste de altura, descanso de braço dianteiro com porta-objetos (+ saídas de ar traseiras e portas USB para carga), espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis.

Visual e acabamento: para-choques dianteiro e traseiro na cor do veículo, manopla da alavanca de transmissão em couro.

Tecnologia: volante de direção multifuncional, suporte para celular com entrada USB para carga, sistema de som touchscreen “Composition Touch” com App-connect, limpador do para-brisa com temporizador, computador de bordo multifuncional, sensor de estacionamento traseiro, assistente para partida em aclive/subida.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Polo Beats – preços

  • Polo Highline 200 TSI + pacote Beats Sound: R$ 79.390
  • Polo Comfortline 200 TSI + pacote Beats Sound: R$ 74.580

Polo Beats – cores

A Volkswagen disponibiliza o Polo nas seguintes cores:

  • Preto Ninja: sem custo adicional
  • Vermelho Tornado: R$ 490,00
  • Branco Cristal: R$ 490,00
  • Azul Night: R$ 1.570
  • Cinza Platinum: R$ 1.570
  • Prata Sirius: R$ 1.570
  • Prata Tungstênio: R$ 1.570

Polo Beats – motor

O Volkswagen Polo Beats está disponível apenas com motor 1.0 TSI com três cilindros e 999 cm³ de cilindrada.

Derivado da família EA211, o Polo é total flex, possibilitando rodar com os dois combustíveis misturados em qualquer proporção.

Já a potência máxima é 115 cv com gasolina e 128 cv no etanol. O torque máximo é de 200Nm (20,4 kgfm) com etanol ou gasolina, de 2.000 a 3.500 rpm. Logo, o carro proporciona muita eficiência em desempenho, assim como no consumo de combustível.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Com esse conjunto, o carro tem 192 km/h de velocidade máxima e faz de zero a 100 km/h em 9,6 segundos.

Tanto Confortline como Highline são equipados com câmbio de seis velocidades. Ele oferece trocas manuais sequenciais Tiptronic, que possibilita as mudanças via alavanca de câmbio ou pelas aletas shift paddles.

O condutor também pode usufruir da Posição “S”, um acionamento esportivo que muda momentos de trocas de velocidade para rotações mais elevadas. Assim, a aceleração fica mais ágil.

Polo Beats – consumo

Segundo dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) do Inmetro, o Volkswagen Polo Beats faz:

  • Consumo 11,4 km/l de gasolina na cidade e 13,9 km/l na estrada;
  • Consumo 7,9 km/l de etanol na cidade e 9,5 km/l na estrada.

Polo Beats – desempenho

Segundo dados informados pela própria montadora, os números de desempenho do Volkswagen Polo Beats são:

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos com etanol;
  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos com gasolina.

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos

Polo Beats – garantia e revisões

A família Polo, assim como o Gol, é comercializada com três anos de garantia de fábrica.

Veja abaixo os preços das revisões tabeladas do Comfortline e Highline:

  • Revisão de 10.000 km ou 1 ano: R$ 523,55
  • Revisão de 20.000 km ou 2 anos: R$ 583,35
  • Revisão de 30.000 km ou 3 anos: R$ 511,05
  • Revisão de 40.000 km ou 4 anos: R$ 923,14
  • Revisão de 50.000 km ou 5 anos: R$ 511,05
  • Revisão de 60.000 km ou 6 anos: R$ 583,35
  • Revisão de 70.000 km ou 7 anos: R$ 511,05
  • Revisão de 80.000 km ou 8 anos: R$ 923,14
  • Revisão de 90.000 km ou 9 anos: R$ 511,05
  • Revisão de 100.000 km ou 10 anos: R$ 583,35

Polo Beats – ficha técnica

Motor 

1.0 – Comfortline 200 TSI 1.0 – Highline 200 
TipoEtanol e GasolinaEtanol e Gasolina
Número de cilindros 3 em linha3 em linha
Cilindrada em cm3 999999
Válvulas por cilindro44
Taxa de compressão 10,5:110,5:1
Injeção eletrônica de combustível DiretaDireta
Potência Máxima Líquida Gasolina: 116 cv @ 5500 rpm / Etanol: 128 cv @ 5500Gasolina: 116 cv @ 5500 rpm / Etanol: 128 cv @ 5500
Torque Máximo20,4 kgfm com gasolina / etanol a 2.000/3.500 rpm20,4 kgfm com gasolina / etanol a 2.000/3.500 rpm

Transmissão

TipoAutomática de 6 velocidadesAutomática de 6 velocidades

Tração

TipoDianteira Dianteira 

Freios

TipoDisco ventilado na dianteira e disco na traseiraDisco ventilado na dianteira e disco na traseira

Direção

TipoElétricaElétrica

Suspensão

DianteiraIndependente, braços sobrepostosIndependente, braços sobrepostos
TraseiraEixo de torçãoEixo de torção

Rodas e Pneus Polo Beats

Rodas 16″ Design Avalanche16″ Design Avalanche
Pneus195/55 R16195/55 R16

Dimensões

Comprimento total (mm)4.0574.057
Largura sem retrovisores (mm)1.7511.751
Altura (mm)1.4681.468
Distância entre os eixos (mm)2.5652.565

Capacidades

Porta-malas (litros) 300300
Tanque (litros) 5252
Carga útil (kg)433447
Peso em ordem de marcha (kg) 1.1471.178

Polo Beats – fotos

Polo Beats: detalhes, preços, consumo, desempenho, fotos
Nota média 5 de 2 votos

Darlan Helder

Darlan Helder

Darlan Helder, natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011. Além disso, atua com produção de conteúdo para plataformas digitais em agências de comunicação.

  • fsjal

    Sistema de som Beats, assim como os fones, é só marca.
    Temos um Compass com subwoofer Beats no porta-malas e não tem absolutamente nada de mais.

    • Corujinha Feliz

      Concordo! Tive aquele fone StudioBeats, que comprei nos EUA, gostava muito mas depois de experimentar um Harman/kardon, nunca mais usei.

      • fsjal

        Harman/Kardon, Allen & Heath, Bose, JBL…
        Todas melhores em todos os sentidos

        Beats é só graça.

        • Fanjos

          Tem algumas marcas que porque chegaram em um patamar alto através da tecnologia (que no momento atual não tem mais) ou do Marketing mesmo lançam qualquer coisa a preço Ultra inflacionado e o pessoal paga sorrindo, exemplo:

          Beats (é da Apple também… tinha que ser né…)
          Apple
          Razer
          Alienware
          Nintendo

          • Eduardo 1981

            Por incrível que pareça, quem explica isso é Karl Marx, intitulando tal compra como “o fetiche do capitalismo”. Paga-se a marca, o nome, o aparecer o(tentar) ser… e não o valor/utilidade em si.

            • mjprio

              Se vc parar pra pensar que quem mais se seduz por status e marca são os esquerdalhas seguidores desse infeliz, não me parece tão surpreendente. Idolatram a foice e o martelo, mas gostam mesmo de uma maçã, uma estrela de três pontas, um jacaré, etc..

              • Eduardo 1981

                Sim, são tudo uns “comunistas caviar”. Onde o mote é: comunismo pra vocês, capitalismo pra mim.

          • fsjal

            A Apple só comprou a Beats bem depois. Esta se beneficiou logo de cara por ter sido fundada pelo rapper Dr. Dre. Só.
            Tecnicamente sempre foi inferior. Chegam a montar os fones com algumas peças peças de metal no interior só pra dar a impressão de peso e qualidade.

    • Mayck Colares

      Também compartilho da mesma opinião, tive um com esse pack premium os graves são bons mas nada excepcional, eu que gosto mais de ouvir a voz do cantor/cantora não era bom. Em casa temos um outro carro da Land Rover com o som meridiam bem melhor, em todos os aspectos

    • Marcio Souza

      Beats é muita modinha de jogador de futebol que usa headphone da marca. Apesar que como não existe almoço grátis, a marca investiu bastante neste tipo de divulgação. Agora é tratada como supra sumo. Som de qualidade é JBL, Bang & Olufsen e Bose.

  • Chris

    Esse vermelho no painel é uma tragédia para a maioria dos consumidores, era pra ter opção entre vermelho e black piano, por exemplo. O interior mais escurecido (os demais plásticos), dá um aspecto mais agradável, do que as outras versões.

    • Corujinha Feliz

      Eu achei muito bonito! Não sei depois que o carro envelhecer um pouco…

      • Chris

        A primeira vista não achei tão ruim, mas acredito que deva enjoar bastante no dia dia, mas para a maioria do nosso mercado, não é agradável, basta olhar as cores de pintura disponíveis em nosso mercado, bastante monocromático, se dividindo basicamente em branco, prata , preto e cinza. E isso é uma pena.

    • Carlos AM

      Essa é a minha principal crítica à essa versão.
      Eu que sou fã do Azul Night desconsidero a versão Beats pois ficaria ridículo o carro azul com interior vermelho.

    • Piston head

      Esses detalhes em vermelho em qualquer lugar, dentro ou fora, é muito ”paia”..

  • STF vergonha

    faz 1 reportagem comparando Yaris com Polo?

  • Fanjos

    A VW podia lançar uma versão especial do Polo a versão Polo Capa de Trilho de Banco Edition… iria fazer sucesso!

    • Dan RF

      kkkkkkkkkk. muito boa!

  • Fabão Rocky

    E a VW continua c/ essa mania de colocar esse vermelhão brega nos retrovisores.

    • Emanuel Schott

      Retrovisor é o de menos, da pra trocar. Problema é esse vermelho do painel.

      Uma vez nos interessamos por uma Saveiro Pepper por ser tão completa quanto a Cross e custar muito menos. Problema era o bendito retrovisor vermelho. O vendedor disse que com mais R$100 saia da loja com capas pretas.

      • Fabão Rocky

        kkk! Palhaçada essas lojas autorizadas! Dá p/ ir em qq loja de envelopamento e o cara cobra 30 pila p/ fazer o msm trabalho!

        • Emanuel Schott

          Os R$100 seriam pra trocar a capa inteira, não só envelopar.

          • Fabão Rocky

            Ah tá!

  • Daniel Pirolli

    Pra mim esse vermelho dentro é horrivel, claro que é gosto né. Mas pra mim, só por isso ja nao pegava. E se querem marca de som descente é como ja citado aqui, Harmon, Bang, nao esse Beats, por favor!!!

  • Marcio Souza

    Tento, logo desisto. Toda vez q olho para esse carro me lembra um Gol reestilizado. E saber que a Volkswagen tirou o Golf de linha pra fazer um SUV desse veículo é triste. Mas o mercado manda.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email