Hatches Preços Sedãs Volkswagen

Polo e Virtus também ganham aumento de preços em janeiro

Polo e Virtus também ganham aumento de preços em janeiro

A Volkswagen também aumentou os preços dos modelos Polo e Virtus, assim como fez com Gol, Voyage e up! no mês de janeiro. A alta na dupla chega a R$ 2.880. Em 2018, o hatch emplacou 69.584 unidades, ficando em sexto, enquanto o sedã vendeu 41.634 exemplares, ocupando assim a 17ª posição.


No Polo 1.0, que tem motor EA211 1.0 MPI de três cilindros com 75 cavalos na gasolina e 82 cavalos no etanol, tendo torque máximo de 10,4 kgfm, o hatch pulou de R$ 50.490 para R$ 52.360, alta de R$ 1.870.

Na versão 1.6, cujo motor EA211 de quatro cilindros 1.6 MSI 16V com 110 cavalos na gasolina e 117 cavalos no etanol, com torque máximo de 16,5 kgfm, o preço passou de R$ 56.990 para R$ 59.150. O acréscimo foi de R$ 2.160.

Polo e Virtus também ganham aumento de preços em janeiro


A mesma diferença de preço é vista no Polo 1.6 automático, que agora custa R$ 64.850 ante R$ 62.690. Nas versões Comfortline e Highline, os aumentos foram de R$ 2.490 e R$ 2.830, respectivamente, com preços passando de R$ 67.990 e R$ 72.990 para R$ 70.480 e R$ 75.820, respectivamente.

Já o sedã Virtus, em sua versão 1.6 manual, ficou R$ 2.050 mais caro, passando de R$ 61.390 para R$ 63.440. Na versão com câmbio automático Tiptronic de seis marchas, o três volumes compacto passa a custar R$ 68.870 ante R$ 66.525, alta de R$ 2.345.

Na versão Comfortline, que tem motor 1.0 TSI com câmbio automático, o preço passou de R$ 74.680 para R$ 77.330, uma diferença de R$ 2.650. No topo de linha Highline, com a mesma mecânica, o valor passou a ser de R$ 82.870 ante R$ 79.990, alta de R$ 2.880.

Polo 2019 e Virtus 2019 – Preços

  • Polo 1.0 – R$ 52.360 (antes era R$ 50.490)
  • Polo 1.6 – R$ 59.150 (antes era R$ 56.990)
  • Polo 1.6 AT – R$ 64.850 (antes era R$ 62.690)
  • Polo Comfortline 1.0 TSI AT – R$ 70.480 (antes era R$ 67.990)
  • Polo Highline 1.0 TSI AT – R$ 75.820 (antes era R$ 72.990)
  • Virtus 1.6 – R$ 63.440 (antes era R$ 61.390)
  • Virtus 1.6 AT – R$ 68.870 (antes era R$ 66.525)
  • Virtus Comfortline 1.0 TSI AT – R$ 77.330 (antes era R$ 74.680)
  • Virtus Highline 1.0 TSI AT – R$ 82.870 (antes era R$ 79.990)
Polo e Virtus também ganham aumento de preços em janeiro
Nota média 4.8 de 5 votos

  • JOSE DO EGITO

    Depois pergutam pq ONIX vende muito! parte da resposta esta ai !

    • Paulino Lino

      Faz sentido!

      • Jennifer D. Snyder

        relógio Bird Box HD 2018.. 1080p disponível… com a melhor qualidade e toda a linguagem…..
        Aqui —–>> XMOVIESHD-1.BLOGSPOT.COM.BR

    • Leonardo

      Mas também um só carro com várias faixas de preço

      • Danilo

        exatamente, tem o Onix pe de boi que entra na fatia tambem e esta na faixa de preço do Gol.
        Mas entre um Onix Activ Automatico e um Polo Comfortline, nem que se for pra financiar a diferença, iria no Polo.
        Onix alem de esquisito e fraco, nem se compara com Polo. Polo vende na europa, o que significa ser carro bom. O Onix vende só no Brasil e talvez argentina, nao sei.

        • MonHoe

          Mas esse Onix active estavam oferecendo por 62 mil o AT, uma diferença de 7 mil, faz diferença pra quem compra nessa faixa de preço

          • Fernando Gabriel

            Na minha opinião, o LTZ 1.4 AT é melhor que o Active e estavam oferecendo por 59.900

          • Edson Fernandes

            Eu já vi o Polo Comfortline sem pack, por R$59990. Se eles vendessem por R$62000 o pack 2 do comfortline… era possivel de eu tirar um. (esse pack geralmente tem pouquissimo desconto)

        • Victor Nunes

          E outra, o concorrente do Onix é o Gol, Argo e Ka.

    • A VW já está começando com o Polo o que fez com o Golf, que aumentou em torno de 50% em questão de 3 anos.

      • Verdades sobre o mercado

        Creio que são outros tempos, tinha uma maior relação com dólar(que subiu muito nos 3 anos citados), o mercado vinha de um período de 5 anos sem aumentos nos veículos (final de 2008 ao final de 2013) e creio também que tinha uma estratégia de menor lucratividade para fazer o Golf voltar vender bem. Agora o veículo é nacional, tem menos dependência do dólar e é produzido aqui, ou seja, tem uma capacidade instalada de fábrica que a VW não quer perder, afinal já passou muito tempo com ociosidade alta.

        • Ygor Soares

          Não querem perder? O Golf não vende nem 300 unidades por ano agora! Eles conseguiram acabar com um ótimo carro e vão fazer o mesmo com o Polo! Estão seguindo a mesma receita da Fiat com o Cronos :/

          • Verdades sobre o mercado

            Você quis dizer 300 unidades por mês… em 2018 o Golf vendeu 3.000 unidades. Não esque

            • Ygor Soares

              Não, 3 mil unidades! faltou um zero ai!

              O único hatch que ainda tem uma venda tímida agora é o Peugeot 308, pois até o Focus a Ford matou aqui no Brasil e o Golf ficou um absurdo de caro :/

        • Edson Fernandes

          E as demais marcas comemoram esse feito.

    • Ronald

      Ônix vende muito porque a GM trabalha com descontos predatórios. Se a pessoa souber negociar então, mata a pau.

      • Felipe Insfran

        E a GM está certíssima.

      • oscar.fr

        Estão em momentos distintos no mercado. Onix está no último ano, Polo récem chegou. O novo Onix 2020 não deverá ter estes descontos.

        • Edson Fernandes

          Aí é problema da Vw. Pois para ela, se vendessem mais Polos, melhor ainda. E um modelo TSI não sai na pratica por menos de R$60000. Pensa aí vendendo a quantidade de Onix… a Vw não iria achar ruim dar descontos vendendo mto Polo.

          • oscar.fr

            Concordo contigo que vender mais seria bom para a VW. Mas não podemos esquecer que abaixo do Polo, a VW tem dois outros compactos que também precisam vender. A Chevrolet, ao contrário, tem apenas o Onix, tanto como modelo de entrada como compacto premium. A VW dilui isso em mais modelos. Apenas consultando as finanças das duas montadoras para ver qual escolha é melhor.

            • Edson Fernandes

              Isso é uma verdade. Creio que apenas a renovação do que parece eliminar numa tacada só up, gol e Fox para ter um “novo gol” e inteirar uma série de itens apreciados. Espero que no Gol mantenham a versão manual com motor 1.0 TSI.

              Mas vc está certo, as vezes os carros abaixo seguram os valores d modelo acima.

  • Domenico Monteleone

    O preço do Virtus é muito puxado pra cima em relação ao Polo, mesmo ele tendo diferenças na estrutura, se a GM cobra o memso preço pelo Cruze hatch/sedan, era possível que o Virtus custasse pouca coisa a mais que o Polo.

    • Ford Opala Attractive 200TSI

      Por isso q batch médio vende tão pouco, cobram a mesma coisa q o sedan.

      O certo é o hatch custar 3 a 5 k a menos q o sedan similar

      • Verdades sobre o mercado

        Em termos de como fomos “doutrinados” pelas montadoras, sim o sedan custa mais, afinal ele é maior, oferece maior possibilidade de carga (volume), mas na verdade o custo de produzir um sedan é igual ou menor que o do hatch em função da estrutura necessária para suportar a tampa traseira do hatch. Obviamente que Virtus x Polo há uma diferença adicional, onde o entre-eixos do Virtus é maior, portanto compartilham menos peças.

        • Ford Opala Attractive 200TSI

          Interessante isso, vc tem alguma fonte segura dessa informação?

          Até acredito que haja custo nessa estrutura da tampa, mas o sedan tem mais lataria, mais material de acabamento de forração, mais tinta, é mais pesado (o que supostamente demandaria mais estrutura).

          Li uma reportagem há um tempo atrás dizendo que alguns sedans são mais baratos que os respectivos hatchs nos EUA, mas o texto ressaltava que isso não se devia aos custos de produção.

          • Verdades sobre o mercado

            Eu não tenho a fonte para te mostrar mas li a respeito deste assunto pelo menos 2 vezes. Quanto ao material que o sedan leva a mais também é barato, aço, forração, tinta, baixo valor agregado. É por este motivo que digo que uma Spacefox deveria custar até 5 ou 6k mais que o Fox e não o exagero que cobram.

            • Edson Fernandes

              Mas também eles não são bobos.

              Qual a visão passada por um Polo e qual a visão passad por um Virtus?

              Nao digo de status tá? Digo de impressão real sobre um produto. Que produto demonstra melhor impressão do consumidor? É por isso que os altinhos compactos fazem sucesso. A pessoa enxerga além da beleza, robustez, espaço (que as vezes é uma inverdade) e que é melhor que um “compacto” pelo preço.

              Na pratica estão levando mto menos por mais. E a visão certeira do Virtus é essa. Se a Vw tivesse na epoca do Voyage adotado o visual coupé que foi previsto, ele teria tid uma atenção maior que o proprio Gol pelo visual chamativo. (mas ali entrava custos, já que a tampa traseira naquele prototipo era como um Fast back: Inteiriça. Por isso não foi lançado)

              Mas teria feito muito sucesso que agora o Virtus demonstra o resultado. Entao as vezes o preço é relacionado a impressão do produto do que o que ele realmente vale.

              • Verdades sobre o mercado

                Sim, sempre um produto será precificado pelo valor que o mercado aceita pagar pelo mesmo, por isso afirmo que fomos doutrinados a pagar mais pelo sedan, como sendo mais bonito (eu particularmente na maioria dos veículos prefiro a versão hatch, exceto A3 e Cruze 1a geração), mais útil (pelo maior porta-malas), por supostamente ser mais caro de produzir afinal é mais lata…

          • Leonardo M. G.

            Deve ser porque sedan vende muito mais lá que as versões hatches, ganham no volume …

          • Louis

            No caso do Yaris, hatch e sedan têm o mesmo peso.

          • Gio

            Esta informação já saiu na revista 4 Rodas faz um certo tempo, também tenho certeza de que já li isto. O Sedan só custa mais por oferecer mais “status”, pois o hatch é mais caro de produzir, pela estrutura da tampa traseira e por ter limpador traseiro..

  • Danilo

    nao tem justificativa plausivel pro virtus custar 7mil a mais que o Polo e muito menos pra custar entre 77-82 mil. no minimo ta inflado 10mil reais, pra mais.
    Carro não é tudo isso tambem não. Ele é o que os outros modelos mais baratos ja deveriam ser. Ê carro pra custas completo highline estourando 70mil e polo 65mil.

    bom eu nao moro mais no brasil, minha realidade pra carros é muito diferente. 70mil euros aqui compro um RS3 completo e ainda sobra pra fazer stage2.
    Ai voces estão encrencados com preço de carro.

    • Paulino Lino

      Com preço de TUDO! Até mesmo da caneta bic.

    • Mr. Pereba

      70 mil euros é 300 mil reais, aqui tbm da pra pegar um RS3 com esse valor ou bem próximo disso. O problema não é nem tanto a realidade de preços dos veiculos, mas sim a realidade da renda da população em geral.

      • Verdades sobre o mercado

        é a realidade da renda mais a realidade dos custos absurdos para se produzir, na maioria das vezes motivados por altos impostos.

        • T1000

          a realidade é nosso mercado cartelizado. O preço de venda é dado pelo valor de mercado, não pelo custo. Se há cartel, o cliente não tem para onde correr.
          Ou vai me dizer que o custo da mão de obra na europa por exemplo é menor que o nosso?

          • Verdades sobre o mercado

            Discordo quanto haver cartel, é um oligopólio em minha visão. Cartel existiu até cerca de 15 anos atrás.

            Qualquer produto é vendido pelo preço que o mercado aceita pagar e não pelo custo, até um simples coco no supermercado. Se os custos fossem menores para produzir seria possível vender mais barato (aumentando o numero de consumidores) mantendo-se a mesma lucratividade, ou seja, ganharia-se % a mesma coisa por unidade, mas com volume maior.

      • T1000

        o problema é que o salário é o mesmo, sendo 5mil euros ou reais por mês. Então já aí você vê a sacanagem que é nosso mercado cartelizado.

    • Guedes

      é tipo aquele meme do Dollynho que mostra uma SAVEIRO dizendo “corte 50% do carro e cobre 50% a mais no preço”

  • Annita Fingenberg

    Queria que meu salário subisse na mesma proporção que o valor dos automóveis. Daqui uns dias só terei dinheiro pra comprar uma pop 100 zero.

    • Ford Opala Attractive 200TSI

      O q justifica o aumento de preços dos carros? Nós, q continuamos comprando como se fosse água.

      • Matthew

        Como se fosse água também não. A maior parte do aumento nas vendas observado em 2018 se deu pela compra direta de locadoras e outros frotistas; dentre pessoas físicas, também houve aumento importante dos consumidores que compram carro pra trabalhar como motorista de aplicativos. Ainda estamos distantes do pico de 4 milhões de unidades vendidas em 2013, desde então o mercado caiu quase à metade deste volume e os preços continuaram a aumentar do mesmo jeito. Lei da oferta e procura não se aplica à indústria automobilística, pois está muito longe de ser um mercado de livre concorrência. Pessoal fica papagaiando essa lei econômica como se fosse mantra, hoje quase nenhum mercado opera desse jeito.

        • Ford Opala Attractive 200TSI

          Acho q vc demonstra pouco conhecimento histórico. Digo o porquê:

          – 2013 foi o último ano em q se vendeu carros sem airbag e abs, os preços eram bem mais acessíveis por conta disso.

          – 2013 foi o último ano da bonança econômica. Depois disso, só crise. É natural q mais carros fossem vendidos.

          – Mesmo considerando a crise atual, hoje o povo compra proporcionalmente mais carros de valor agregado alto do que no próspero ano de 2013.

          – Papagaiada mesmo é dizer q os carros só aumentaram de preço desde então. Houve sim um aumento de preços geral devido aos airbags e abs. Mas se for considerada a inflação do período, se verá que houveram casos que aumentaram de preço e outros que baixaram de preço.

          Concluindo, as pessoas estão SIM gastando muito mais com carros novos e caros do que nossa situação econômica sugere e isto está SIM inflacionando o mercado.

          • Matthew

            Amigo, o poder de compra só diminuiu nos últimos anos. Tem uma elite econômica que comprava Focus e teve que trocar num Fiesta. Mas quem comprava Celta, Palio e Gol pelado sem air bag e ABS simplesmente foi excluído do mercado de automóveis zero. Ou tão segurando ao máximo o carro que conseguiram comprar na época de bonança e vão usá-los até acabar, ou tiveram que recorrer ao carro usado. Se eu desconheço fatos históricos, você desconhece dados estatísticos. A maior parte da recuperação das vendas no ano passado se deu pelas vendas diretas a frotistas, público PCD, etc, que têm grandes descontos na compra. Mesmo entre pessoas físicas tem muito motorista de aplicativo também. Então não tem nada com inflação de demanda que você está sugerindo aqui. O volume de vendas poderia cair 90% de um ano pro outro que não haveria redução de preço. Os aumentos foram muito além do que equipamentos como ABS e Air Bag fariam encarecer um carro. A maioria das pessoas que eu conheço se viram obrigadas a fazer downgrade de carro pra conseguir manter a mesma frequência de troca de antes. Gente que tinha Civic, Corolla e coisas do gênero passaram a City e Yaris, às vezes até carro pior.Tanto é assim que o público PCD tá se ferrando com essa história porque não corrigem o limite de 70 mil reais pra isenção. Não se compra nem Yaris mais dentro do teto. Virtus, que não passa de um sedã compacto anabolizado, tá batendo os 85 mil na versão mais completa, isso era preço de Civic há 4 anos. Conclusão: estamos muito longe de uma situação na qual as pessoas em geral estão “comprando carro como água”. Acho que muitas até queriam, mas não tá fácil assim não.

          • Guedes

            Justificar aumento de preço por conta de AIRBAG e ABS é complicado, hein? quantos anos todos carros já tem isso? vão ficar aumentando por 10 anos, pra compensar?

          • Edson Fernandes

            Vamos lembrar que os carros nessa epoca qdo começaram a ter air bag e ABS , nao traziam ar condicionado, direção hidraulica/eletrica, entre outros no preço. Então devido a chegada de concorrentes (que no mesmo tempo tomaram uma facada com um aumento desproporcional dos pontos de IPI) em teoria deveriam ter melhorado a oferta sem crescer o preço. Na realidade, ao colocar tais itens, os preços tbm subiram junto.

            E claro, a ganancia nos lucros.

      • Guedes

        Exatamente. Eu não sei quando as pessoas vão parar de colocar a culpa no “custo brasil” e nos “impostos”

    • Mr. Pereba

      A desculpa da montadora pode ser qualquer coisa, mas o verdadeiro motivo sempre acaba sendo a lei da oferta e da procura. Maximização de lucro é o objetivo principal de toda empresa capitalista, ninguém vai fazer caridade.

      • Verdades sobre o mercado

        Perfeito, pessoal não entende isso. Vivemos num país cujo risco do investimento de capital em produção é maior, portanto os retornos esperados são maiores, infelizmente para nós consumidores. O pessoal fica comentando como se os fabricantes fossem bandidos crueís que querem arrancar o coro dos consumidores, mas não entendem que eles tem que dar o retorno esperado pelos acionistas e dependem dos consumidores para isso, ou seja, tem que ter um certo equilíbrio entre preço e satisfação do consumidor senão já era.

        • Guedes

          Risco de investimento? Brasil está entre os 10 maiores produtores/ consumidores de carro no mundo. Que risco é esse? risco PT?

          • Edson Fernandes

            Caraca…. o risco é gigante nas regras do jogo.

            Eu vivo a ver na parte tributaria e isso torna claro como a coisa é pesada. Vou primeiro dar exemplo da minha profissão e depois falar sobre os automoveis:

            Eu sou consultor que faço implantação de sistemas. Atualmente, faço manutenção ou atualização em clientes sobre soluçoes fiscais. Em outras palavras, presto suporte.

            Consultor que atua em consultoria prestando unicamente consultoria, fazendo implantações, instalações e afins, tiveeram o teto de taxa de serviço aumentada ao dobro.

            De 6% de taxa que eu pago sobre minha prestação, meus colegas pagam 15,5%. Coloca um salário de 5000 brutos x 6% e agora aplique 15,5% . Eu pela minha empresa que não exige nenhum tipo de PJ especifico, faz eu ter o menor teto que é o Simples Nacional.

            Tenho amigos que são Lucro Presumido. Além dos 15,5%, eles precisam pagar trimestralmente PIS e COFINS. (1,65% + 7,60% sobre a prestação, como é trimestral, paga-se o valor a cada 3 meses). Isso só para ser um mero consultor.

            Voltando a carros:
            Uma empresa do porte da VW (abordo esta pelo fato da noticia reportar carros da mesma), tem que ter capital aberto. Isso indica sua transparencia financeira e também fiscal aos olhos no Brasil.

            Para isso, ela obviamente tem um departamento fiscal e contabil. (no meu caso, eu pago um contador para cuidar das minhas obrigações e taxas, enquanto eu administro meu dinheiro liquido)

            Do ano passado tivemos algumas obrigações
            – Sped fiscal (analisa-se dados por documentos fiscais)
            – Sped contabil (analisa-se sua contabilidade, balancete, prejuizo e lucro)
            – Sped ECF (contabil fiscal – analisa seu lucro, seu prejuizo, faz interação entre contabil fiscal de uma forma mais segregada através de saldos mensais e seus rendimentos)
            – Sped REINF (novo) – Aborda impostos retidos (nesse caso INSS, ou de participação em times de futebol, seja patrocinio ou licença e retenções de impostos voltados a responsavel rural)

            Isso sem contar outros já tantos. Isso eu to falando de obrigações que são necessárias entregas daquilo que é comprovado. Abriu REINF, abriu ESocial, abriu E-Financeiro e assim por diante. Onde o risco entra?

            Você tem sua empresa que a atividade principal é a fabricação de automoveis.

            Só que para ter isso, vc precisa de um sistema integrado para ter seus documentos fiscais, internos, contabilidade, RH, entre outros. Só que toda hora, todos os setores que geram custos e não receitas, tem algo novo para implantar. Aí entra os custos diretos e indiretos:
            – Impostos
            – Manutenção do ferramental
            – Manutenção da folha de pagamento
            – Manutenção da taxa e tributos sobre sua fabrica

            Só que nisso, sua fabrica sofre aumento no preço da luz (não porque aumentou o numero de horas, até porque basicamente é um valor quase fixo, uma VW trabalha geralmente em 3 turnos para suportar a demanda atual, então são pelo menos 16 horas de luz), só que esse preço é devido ao aumento do tributo na luz, que veio da redução do nivel dos locais onde fornecem agua, logo sua agua assim como da industria fica mais caro, aí nesse interim, eu tenho carros produzidos localmente e outros importados.

            A depender para o país que eu exporto (e a VW faz isso), eu pago tributos a mais para leva-los. A lei brasileira hoje diz, que para vc exportar sem custos adicionais vc deve produzir X por cento do carro com peças nacionalizadas. Não atingiu esse X por cento? Paga imposto adicional.

            Vai importar carros? Legal, só que terá a taxa de Imposto de importação e um adicional de IPI de 25 pontos percentuais. Aí amanhã o governo (que é federal, ou seja, nacional) decide mudar por canetada algum imposto federal (IPI é um deles), se sua empresa estimou que em 2019 gastaria, veja bem, gastaria cerca de 25 bilhões de reais por tudo que vai fazer, sejam lançamentos, desenvolvimento, treinamento, produção, cada mudança brusca dessas, gera uma total desconfiança tributaria e politica. Logo, mexe com o bolso da empresa.

            O que essa empresa faz ? Ela precisa ter um saldo para possíveis prejuizos. Então existe um lucro almejado pela industria? sim. Existe sim muito lucro? Sim. Só que sempre se faz em cima de calcular riscos.

            Hoje estamos falando da diminuição do dolar, mas coloca a empresa que pensou em um custo e sofreu no período o aumento do dolar?

            “Ahhh mas eles aumentaram o preço dos carros”. Quais deles? Pois muitos deles ficam congelados. A Chevrolet diz que um Onix Joy custa R$47000 hoje. Esse carro com os demais na pratica são vendidos por volta dos R$40000. Ou seja, o brasileiro enxerga descontos, mas enxergandopara o lado da empresa, chego a conclusão que na pratica para manter um ritmo saudavel de vendas, ela precisa dar espaço aos concessionarios. Percebe o embolo todo que existe em volta disso? Tudo isso ajuda a criar um cenário ruim.

            Elas irão sim ter lucro, sei disso, eu tbm não concordo com os preços praticados, tant oque não possuo um carro 0km ou tenho comprado carros 0km, mas é que é uma realidade que essa insegurança politica no meio financiero gera para a industria uma desconfiança.

            Por isso é dificil principalmente ter algo proprio no Brasil. Aqui ele não foi feito exatamente para ser concorrido, mas simter uma fatia para alguem, talvez vc ter seu lucro e dividir com os fornecedores e funcionarios o restante. Pode parecer um comentario gigante defendendo, mas é que eu vi muita gente se dando mal com mudanças ocorridas.

            Vou dizer de uma ultima só para ilustrar: Emenda constitucional 87 . Essa emenda na pratica, decreta que aos poucos, toda a divisão de aliquotas entre estados será apenas para o destino. Se o estado que tem a empresa produtora ou vendedora de algo deixa de receber, o vendedor deixa de poder ter credito sobre a venda. Isso nesse mundo é uma forma de girar capital através de crédito de imposto. O que acontece com essa emenda é que ela acabou com os pequenos comerciantes de e-commerce. Isso porque eles dependiam disso para venderem seus produtos.

            Com a redução do diferencial de aliquotas, é mais uma forma de perderem dinheiro indiretamente. Teve empresas que fecharam as portas no dia em que a Emenda começou a valer.

            • Guedes

              Olha, a maioria das coisas que você falou não é risco. Impostos são regras do jogo Brasil. Duvido muito que o “custo Brasil” inclua possíveis impostos vindouros na conta. O imposto é fato, não é risco.

              • Verdades sobre o mercado

                Pelo maior risco o governo paga maiores taxas de juros por seus títulos, e na visão de quem investe um investimento em produção tem que ter um retorno maior pelo capital investido do que a taxa de juros paga pelo governo, portanto a lucratividade tem que ser maior no Brasil. Além disso nossa economia é mais suscetível a variações como bem vimos recentemente e portanto os períodos de vacas gordas cobrem os de vacas magras. Infelizmente é a realidade, que é cruel para nós consumidores.

                • Guedes

                  Sem querer ofender, mas vocês seguem como gado os mantras do mercado.

                  Procurem no google uma materia da tv record, de 2011 explicando o porquê de carro ser caro no Brasil.

                  Alguns comentários aqui pincelaram uma coisa: se o Brasil segue tanto o mercado/ indices, por que a lei da oferta e da procura não está se aplicando agora?

                  Por que o lucro/ margem das montadoras aqui é dos maiores do mundo? Por que nenhum carro abaixa de preço nunca aqui, mesmo com vendas pífias?

                  Se o senhor mercado é tão poderoso, todas as “leis”deveriam ser aplicadas aqui.

                  • Verdades sobre o mercado

                    Pense na seguinte situação: mercado forte, comprador, baixa ociosidade da indústria, famílias querendo realizar o sonho de ter um zero km e crédito farto. O que aconteceria com os preços neste caso ?

                    • Guedes

                      Isso aconteceu em 2011, no auge do IPI reduzido. Não me lembro de preços serem muito mais baratos nesse auge da indústria automobilistica no Brasil.

                    • Verdades sobre o mercado

                      Então do final de 2008 ao final de 2013 os preços dos carro ficaram estagnados(5 anos !), quando dentro da lógica de mercado deveriam subir acima da inflação. A inflação no período foi de 27% (IPC). Porque neste momento a lei de mercado não funcionou também ?

                    • Guedes

                      Quero fontes e dados, por favor. Estagnados por 5 anos, no Brasil? duvido.

                    • Verdades sobre o mercado

                      Trabalhei no ramo de 1994 a 2015. Sei do que estou falando. PEsquise.

              • Edson Fernandes

                Como não é risco ?

                Se eu aumento o valor de imposto isso me ferra pq mudam-se meus custos. Eu estou em um cliente americano em que no ano passado, estimava-se que iria gastar R$800000 em manufatura de peças.

                Ele gastou r$1500000. Explique isso para o seu chefe americano que isso foi culpa de aumento de imposto? (e ocorreu devido a uma operação que deixou de ser valida para a empresa. Ela fazia uma operação triangular, onde saia uma peça importada para o comprador sendo que a saida da nota era nacional, isso só vale para produtos combustiveis hoje). Essa operaçao quase dobrou o valor em impostos. Não a toa, a manufatura quase dobrou de custo para a empresa.

                Os impostos podem sim quebrar as pernas de tudo. Tanto que hoje existem empresas especificadamente para encontrar para seu tipo de negocio, saidas para não se pagar o imposto cheio, ou por vezes esse é suspensão e/ou imune…. tudo para conseguir manter a saude financeira da empresa em ordem. E perceba: As empresas pagam por isso para reduzir seus impostos, já que a depender da operação, ela pode ter N cobranças que distorcem os custos operacionais onde o risco de quebra ou prejuizo é enorme. E essa indecisão seja por motivos politicos ou não, gera desconfiança na industria.

                Perceba o que fazem as empresas que produzem papel, chocolate entre outros… diminuem o tamanho dos seus produtos mantendo o valor que cobravam nos produtos que eram maiores.

                Não sei para ti, mas eu ODEIO pagar mais por menos. Mas é uma realidade. Se vc precisa adequar sua empresa a algo que é demandado pelo governo por custos menores, isso é imposição por tributos e impostos existentes. Isso poderia te complicar a empresa, pq as vezes vc tem um produto ideal, mas a motorização dele te impede que comercialize com lucro favoravel, criando-se o risco de não só deixar de comercializa-lo, mas também nao valer a pena ter um custo operacional por uma margem pequena nas vendas. (pelo valor a maior que vc paga)

                Por isso que por exemplo, uma Fiat Toro tem o motor 2.4 que o Renegade que possui o mesmo nos EUa, não pode ser oferecido no Brasil pelo valor adicional de imposto. Só estou te citando que as vezes isso complica as manobras de uma empresa para atuar com um produto tbm.

      • T1000

        isto seria verdade se o mercado não fosse cartelizado, como é o caso no Brasil.

        • Verdades sobre o mercado

          Na minha visão cartel existiu até cerca de 15 anos atrás, hoje é um oligopólio.

    • T1000

      o que justifica? propina para políticos e cartel.

    • invalid_pilot

      Resposta: cartel e protecionismo via ANFAVEA, isso reflete no preço de auto peças também.

  • Matheus Rozante

    Poxa, meu pai está namorando um Polo Comfortline tsi com o pacote tech 1 faz um tempinho e estava 69.990,00. Ficou chateado :(

    • Cláudio Modesto

      E vai continuar subindo forte, se não comprar louco vai ficar na saudade.
      Talvez um semi novo.

      • Matheus Rozante

        Verdade, pena que infelizmente agora ainda não pode.

        • Danilo

          Eu fiquei na saudade! Estava namorando esse Polo quando por 70 mil se comprava a versão Highline. Hoje optei pelo C4 Cactus nessa faixa de preço porque achei uma sacanagem os aumentos excessivos da VW. Meu dinheiro vale mais do que minha vontade!!!

          • Matheus Rozante

            Isso ai, tem que valorizar o seu dinheiro. Quem perdeu foi a VW, você comprou de outra marca! Ah, parabéns pelo Cactus, lindo demais!

            • Danilo

              Obrigado. Acredito que estou muito mais contente do que se estivesse com o Polo, apesar de ter uma pequena queda por carros da VW, os franceses têm me surpreendido no atendimento pós-venda.

    • Ananias Anacleto

      Eu, pouco menos de dois anos atrás, estava “namorando” a possibilidade de trocar meu Clio 2007 em um Up tsi. Mas com esse aumento desenfrado dos automóveis (que também reflete no valor dos usados), pensei pensei e pensei, fiz contas e mais contas, e quer saber…. não troco mais, vou levando meu velhinho e mantendo a manutenção em dia e, o dia que o motor chegar ao final da vida útil, vai para a retífica e segue o baile. Gosto de carro mas gosto mais de viver (viajar por exemplo), isso de trabalhar pra sustentar carro perdeu a graça para mim, perdi o “tesão” nessa história de querer ter carro mais novo e atual, continuo com o museu que tenho, é só um meio de transporte mesmo.

      • Matheus Rozante

        Entendo seu ponto de vista, recebi críticas quando comprei ano passado um Gol 2013 2 portas(com pacote de dignidade mínimo > ar, direção e vidros elétricos). Precisava de um carro com manutenção barata e econômico pra vir trabalhar, foi o que pude ter sem precisar passar sufoco financeiro. Não é o sonho de consumo mas atende no momento e é melhor isto do que não conseguir dormir preocupado se terei como chegar no final do mês com dinheiro pra bancá-lo…

        • Edson Fernandes

          Pois é…

          Mas isso tem sido meio comum de se ver. Eu mesmo tenho um Fluence. Esse ano eu iria troca-lo por um carro downsizing. Mas as diferenças estão tão abissais, que para abrir mão do que ele possui, eu iria comprar um compacto simples.

          Abri mão e mantenho ele. E olha que um dos carros que eu iria comprar (ou era pretensioos a comprar) era o Polo.

          • Matheus Rozante

            Acho que a tendência vai ser esta mesma, as diferenças realmente estão “abissais” como você disse(melhor termo pro momento mesmo).
            Abraço.

    • Verdades sobre o mercado

      Então diga para ele parar de enrolar a moça e casa logo senão este casamento vai ficar mais caro ou nem sair, ainda dá tempo de comprar com preço antigo, certamente tem muitas unidades nas css com preço antigo e boas promoções. Mês de janeiro é um bom mês para comprar pois as vendas despencam.

      • Matheus Rozante

        rsrs
        Realmente se ele pudesse já fecharia negócio agora, infelizmente surgiram alguns fatores que farão esperar mais um pouco. Talvez depois ainda consiga algum modelo 2018/2019 pra negociar mais em conta…
        Valeu

  • Matheus_P

    So imagino o preco do Polo e Virtus GTS depois disso…

    • Cláudio Modesto

      105 mil

  • HENRY ME

    Efeito cartel ( rota 2030 )

  • A-MG

    Corrigindo: A Volkswagen do Brasil aplicou um ΔP (preços) > 0 nas linhas 2019 de Polo e Virtus, com variações nominais positivas…

  • Alexandre Maciel

    Fanjos anda sumido das notícias de prosperidade.

    No mais, pelo visto, a inflação da VW foi maior do que a do Frankstemer.

    • Fanjos

      Agora apareci

      • fschulz84

        E o churrasco da prosperidade? Sai quando? :D

        • Edson Fernandes

          Não esquece de me dizer onde…rs

          • fschulz84

            Opa, assim já aproveito e tento vender meu PUGzinho baratinho neste churras hahaha

            Não conhece ninguém que quer comprar não?

            • Edson Fernandes

              Ow loko… ja?

              E pensando que eu estou com o Fluence até hoje…rs

              Já vai partir para um médio?(maybe Subaru? rs) ou só vai pegar outro compacto superior?

              • fschulz84

                Sim… Patroa conseguiu uma condição legal na VW (ela é funcionária do banco) e acabei pegando no programa de aluguel deles um Virtus Highline.

                Já peguei o carro e agora o PUGzinho tá a venda :)

                • Edson Fernandes

                  Entendi! E pensar que eu queria dirigir o 208 que até hoje não o fiz…rs

                  E agora vc pega outro carro que eu gostaria de dirigir (no Virtus eu só andei no MSI e de carona).

                  Espero que aproveite! Agora volta o consumo “Fluence” de cidade com consumo de 208 na estrada…rs

                  • fschulz84

                    Você demorou hehe

                    Ah, vamos ver, como peguei o carro agora, ainda tá amaciando (veio 0km) mas acho que não terei consumo de Fluence na cidade não… Acredito que, depois de amaciado, eu consiga perto de 7km/l no etanol na cidade… Mas vamos ver né…

                    • Edson Fernandes

                      Eu vejo pelo grupo de donos que não é bem assim…rs

                      Mas tomara que seja… ao menos performance ele com certeza deve andar mais!

                      Então, sobre o demorar…. fazer projetos longe de SP me inibe de conhecer as coisas. Isso que tem me deixado chateado. Quero me mudar logo para o interior e não depender de empresa em SP para isso. Se isso ocorrer e eu me mudar, o que fica mais facil é marcar por ter rotina, que não tenho atualmente…rs

            • Edson Fernandes

              Se o seu fosse o Allure… eu conversaria contigo…rs

  • Hugo Leonardo Dos Santos

    Quase toda linha VW teve aumento de preços, pela tabela que vi vale a pena apenas o Fox connect por R$ 50.990 e Xtreme por R$ 56.000, o resto está muito fora da realidade

  • Cosi fan Tutti

    Agora parece que o CAOAChery Arrizo 5 ficou até barato frente à concorrência, pelo que oferece. Vamos ver a resposta do mercado. E viva a livre concorrência, tomara que venham outros players pro nosso mercado.

    • Tosca16

      Por isso que digo que os preços dos CAOA CHERY são bons, demora-se muito a ter reajuste; fora que tem negociação pesada nas D21 Motors do grupo Caoa. Daqui a pouco o Arrizo vai está mais barato que todos hehe.

      • Louis

        Tosca, você acha que a CAOA Chery vai descontinuar logo o QQ? Talvez eu tenha que trocar meu Peugeot velho ainda este ano, e o QQ zero é um carro que tenho interesse. Mas se for descontinuar, complica.

        • Tosca16

          Eles prometeram o facelift, sem data definida, mas vem ainda em 2019 pelo visto. Vão continuar, é o que se sabe.

        • Verdades sobre o mercado

          Penso que a tendência é descontinuar. QQ é fraco demais de mercado e parece que a CAOA Chery vai trocar tudo.

  • O céu é o limite para a VW BR…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 12 anos. Saiba mais.

Notícias por email