Antigos Europa História Porsche

Porsche 597 Jagdwagen: Marca de esportivos também teve seu jipe militar

porsche_597_2_jagdwagen_2

Porsche 597/2

Após a Segunda Guerra Mundial, o exército alemão fez um requerimento para um veículo leve para deslocamento rápido e que tivesse características semelhantes às do americano Jeep, do britânico Land Rover e do Volkswagen Kübelwagen, produzido para a Wehrmacht durante a guerra.

Na mesma época, a Volkswagen já estudava um sucessor de seu Kübelwagen e que acabaria gerando o Tipo 181 nos anos 60. Também existia uma proposta da DKW com o modelo Munga, que acabaria sendo produzido na Alemanha e também no Brasil.

porsche-597-jagdwagen-1

Porsche 597 Jagdwagen – Protótipo

Pensando nessa concorrência, a Porsche decidiu apostar na empreitada. Para atender ao exército germânico, a Porsche utilizou o chassi modificado com pouco mais de 2 metros de entre eixos e dotado de motor boxer a ar 1500 do esportivo 356.

Com 37 cv e 990 kg de peso, o veículo tinha câmbio manual de cinco marchas e opção de tração nas quatro rodas. Seu comprimento era de 3,7 metros e tinha a capacidade de enfrentar aclives de 65°, sendo essa uma vantagem importante, assim como simplicidade e robustez mecânica.

porsche_597_jagdwagen_4

Porsche 597/2

Porsche 597

Batizado de Porsche 597 Jagdwagen – nome que significa “caça carro” – o veículo não tinha portas e podia levar quatro soldados, tendo ainda linha de cintura alta e capota de lona retrátil. A suspensão era elevada e os pneus de uso off-road.

porsche_597_jagdwagen_7

Porsche 597/2

Graças ao monocoque envolvente, o modelo podia flutuar e possui alguma capacidade anfíbia, aproximando-o do antigo Volkswagen Schwimmwagen. O para-brisa era basculante e o estepe ficava embutido no exterior do capô.

Na traseira, o escape saía por cima da carroceria e barras de proteção impediam que o motor fosse danificado durante a transposição de obstáculos profundos.

porsche_597_jagdwagen_5

Porsche 597/2 – Interior

Apesar da proposta parecer boa, a produção tinha custo elevado e a capacidade da Porsche de atender rapidamente o volume exigido pelo principal braço do Bundeswehr era limitada. Assim, o vencedor da licitação foi o DKW Munga.

porsche_597_jagdwagen_8

Porsche 597/2 – Motor 1600

No entanto, a montadora conseguiu colocá-lo em produção, fabricando 71 exemplares entre 1955 e 1958, sendo que 49 foram para uso civil. Durante a produção, o motor 1500 foi substituído pelo 1600. Mesmo com o baixo volume, a empresa estudou uma versão maior e com mais derivados, mas o projeto foi cancelado.





  • Mr. Car

    Jipe militar Porsche? Chique, heim?! He, he!

  • Me pergunto o seguinte. O que seria de algumas grandes marcas (e grandes empresas ) se não tivesse existido a segunda guerra mundial. Creio que muitas empresas atuais não existiriam nos tempos atuais.

    • Pacheco

      Fecharam contrato com o Governo para produzir veiculos para guerra e hj se tornaram marcas de destaque.

    • Tosoobservando

      Esse questionamento é igual para a industria da informatica.

  • Gian

    Vovô do Cayenne? kkkk

  • Pedro Rocha

    Lendo outra matéria mais específica, o modelo 597 foi reprovado na licitação por conta do motor traseiro, que prejudicava o espaço útil do veículo.
    O Munga também havia sido reprovado, neste caso por conta do motor 2 tempos. Entretanto, por falta de algo melhor, acabou por ser adotado.

  • CÁSSIO

    impressionante como tem semelhança com o Gurgel , bacana esta matéria .



Send this to friend