Europa Híbridos Porsche SUVs

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos

A Porsche lançou mais duas versões de seu SUV esportivo, o Cayenne. Os Cayenne Turbo S E-Hybrid e Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé foram lançados na Alemanha e chegam com mais potência ao portfólio do produto.


Focados na redução das emissões de CO2 e no consumo, mas sem perder o apelo pelo alto desempenho, a dupla desembarca com um powertrain mais forte e que permite média de consumo de até 27 km/l e emissão de somente 85 g/km de CO2.

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos

Por estes números, os Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid e Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé deveriam ter um conjunto motriz mais fraco para beber menos, mas é o contrário. Eles entregam nada menos que 680 cavalos de forma combinada e mais de 91,4 kgfm da mesma forma.


Isso é garantido pela junção do motor V8 4.8 de 550 cavalos, usado normalmente no Cayenne Turbo, bem como um motor elétrico de 136 cavalos dentro da caixa de transmissão automática da ZF que vem com a tecnologia Tiptronic e oito velocidades.

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos

Dessa forma, os Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid e Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé vão de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos e possuem velocidade final de 295 km/h. Nos dois, pode-se rodar até 40 km usando somente a energia elétrica da bateria de lítio, tendo assim emissão zero.

A Porsche ainda aproveitou o momento para acrescentar uma terceira novidade na linha do SUV, o Cayenne E-Hybrid Coupé, versão equipada com motor V6 2.9 twin-turbo com motor elétrico e potência combinada de 462 cavalos e 71 kgfm, sendo o mesmo conjunto que equipa o Panamera 4 E-Hybrid, já avaliado pelo NA.

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos

Com esse conjunto, o Porsche Cayenne E-Hybrid Coupé tem consumo de no mínimo 32,2 km/l com emissão mínima de 72 g/km de CO2. O SUV cupê pode rodar até 43 km sem emitir poluição, usando somente a energia das baterias. Em todos os casos, a bateria de lítio tem 14,1 kWh e a velocidade máxima com eletricidade é de 135 km/h.

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid e Cayenne Turbo S E-Hybrid Coupé – Galeria de fotos

 

Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid surge com 680 cavalos
Nota média 4.3 de 3 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • El Gato!

    “Nunca que esses híbridos e elétricos vão dar o prazer de condução que um motor 100% a combustão entrega ao motorista, mimimi, blablablá…”

    ENGOLE O CHORO!!!

    • oloko

      Acho que as pessoas falam isso de carros tipo prius, agora essa cayenne ainda tem um V8, se ficar sem carga no motor elétrico, ainda tem 550cv hahaha

  • Pablo

    Lindo, mas o mesmo problemas que os outros SUVs que não são a diesel no Brasil, não da para sair de determinadas cidades ou pegar certas estrada, já que podium é algo raro no interior.

    • Franco Heringer

      Nao ha problema algum Pablo. Eu tenho este novo Cayenne, bem como o Porsche Macan S e utilizo com extrema frequencia a V-Power da Shell e não vejo nenhuma diferença.

      • and2sm .

        Isso prova exatamente o que as pessoas não entendem: rico tem pavor de perder dinheiro!

    • KOWALSKI

      Elas rodam tranquilamente com gasolina comum.

      • Pablo

        Não sei, a logo prazo o álcool deve aumentar e muito a manutenção. Nos primeiros km não deve fazer diferença mesmo. A bmw é um exemplo disso, os 6 cilindros e 8 cilindros usando gasolina comum logo dão problema.

        • Pablo

          Gasolina comum tem mais álcool que a podium.

          • and2sm .

            Pablo , contanto que o motor seja regulado para 27% de etanol ( comum ) ao invés de 25% da podium não há problema. Entretanto , a podium tem 50% menos enxofre que a comum. Isso impacta diretamente a vida útil de carros com injeção direta e alta taxa de compressão. Os primeiros motores tsi sofriam muito por causa disso.

  • Vitor Santos

    Amigo, se um carro com quase 700cv e 91,4 de torque, não te satisfazer, talvez não exista um carro que te dê prazer. Potência e torque brutal. Não vale comparar com Golf GTI ok? AHHA

  • and2sm .

    Híbridos plug in são um embuste. A indústria homologa com baixa emissão , mas se o dono não carregar a bateria , as emissões sobem muito além do divulgado.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email