Cupês Elétricos Europa Porsche

Porsche Taycan revela seu interior antes de estreia em Frankfurt

Porsche Taycan revela seu interior antes de estreia em Frankfurt

O Porsche Taycan já foi visto várias vezes por fora, tanto na versão conceitual quanto no protótipo. Mas, o interior apenas em pequenos pedaços, durante flagrantes dos paparazzi europeus.


Agora, o ambiente do primeiro carro totalmente elétrico da Porsche se revela. Bem mais tecnológico do que se esperava, o superesportivo elétrico tem um painel cheio de telas, mas ainda com desenho remetendo aos demais produtos da marca.

O volante é o já conhecido, tendo inclusive o seletor de modos de condução e o botão do Sport Response, que acrescenta força extra durante 20 segundos. O cluster é totalmente digital, mas isso não o impede de imitar o clássico analógico de cinco mostradores.

Porsche Taycan revela seu interior antes de estreia em Frankfurt


Existem mais três telas, sendo uma do PCM com 10,9 polegadas e centralizada, outra com 10,9 polegadas para entretenimento do passageiro e uma terceira de 8,4 polegadas para climatização. Só a instrumentação tem uma tela de 16,8 polegadas com os modos Classic, Map, Full Map e Pure.

O Porsche Taycan terá ainda comando de voz inteligente com a chamada “Hey Porsche” para ativação de diversas funcionalidades do veículo. O interior possui revestimento com dois tipos de couro natural e mais uma microfibra chamada Race-Tex.

O interior poderá ser adquirido nas tonalidades Black-Lime Beige, Blackberry, Atacama Beige e Meranti Brown. Semm alavanca, o console central do Porsche Taycan vem com porta-copos iluminados e botão giratório para opção de marchas.

Porsche Taycan revela seu interior antes de estreia em Frankfurt

O Porsche Taycan medirá 4,85 m de comprimento por 1,990 m de largura e 1,300 m de altura, tendo entre eixos bem longo. Com sistema elétrico de 800 volts, o bólido elétrico vai de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e tem máxima superior a 250 km/h. Até 200 km/h, ele precisa de 12 segundos.

O Taycan virá com um conjunto de motores que chega a 680 cavalos de forma combinada, além de baterias de lítio que permitem autonomia de mais de 500 km no ciclo WLTP.

 

Porsche Taycan revela seu interior antes de estreia em Frankfurt
Nota média 3.2 de 5 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • JDeliberador

    impressionante, não economizaram em nada nesse interior

    • Tochio

      E também não vão economizar no preço !

      • fsjal

        sendo Porsche, me surpreenderia se fosse o contrário

  • CanalhaRS

    Eu acho poderia ficar menos atrelado ao 911 e ousar um pouco mais.

    • JDeliberador

      concordo, penso que não quiseram dissociar para que o público ainda o reconheça como um Porsche e não cause estranheza e rejeição do projeto, quase como quem diz: quer algo diferentão vá de Tesla aqui é para os mais conservadores e entusiastas

    • Gilberto Mariani

      Porschistas tendem a ser conservadores, quando lançaram o Cayenne muitos torceram o nariz pois era muito diferente da cultura da porsche, o mesmo com o Panamera. Talvez a Porsche tema o mesmo agora.

    • V12 for life

      O problema é que sempre que fizeram isso deu muito errado, simplesmente aprenderam com os erros, Porsche é igual a design de 911 independente de qual carro seja.

      • Gilberto Mariani

        Concordo contigo, quem quer algo ousado geralmente não busca um porsche, quem quer um porsche exige que ele tenha a alma do 911, mudar isso é uma heresia.

  • Luiz Felipe S. Silva

    Realmente tem necessidade de tanta tela assim? Os passageiros da frente não estão se contentando com a tela central? Precisam de uma só pra eles? Pra que? Vai distrair o motorista igualmente…..

    • Raimundo A.

      Precisa. O nível de preguiça das pessoas tem crescido. Anos atrás, direção eletro-hidraúlica era ótimo. Hoje, é pesada, quando quebra, comparada a elétrica. Posição da saída de ar condicionada baixa é criticada em veículo simples porque é muito esforço mudar a posição do difusor, mas num veículo de luxo, com botão Auto, não veem a mesma posição ruim. No entanto, botões giratórios são cansativos, então melhor colocar tela touch – quando quebrar fica sem operar o sistema – que é mais chique.
      Aí, você critica pra quê uma tela para o passageiro? Bem, se em veículos da Porsche há telas nos apoios de cabeça, opcionais, para os passageiros laterais do banco de trás, por que não uma em frente ao passageiro da frente, pois querendo ou não, a CMM central é compartilhada.

      E por que eu vejo, principalmente mulher, no banco do passageiro, em veículo de luxo, mexendo no bendito do smartphone, provavelmente vendo rede social, porque provavelmente a tela central está em uso com outra coisa, mapa, não descartando impossibilidade de acessar redes sociais, seria via espelhamento, contudo posição ruim para manusear/teclar.

  • Sasaki

    Tem mais tela dentro do carro do que aqui na minha casa!!!

  • Murilo Soares de O. Filho

    Eu sou mais purista, e particularmente não gosto do que vejo.

  • Josimar Genm Tavares

    E o limitador de velocidade, será que vão manter?

  • Guilherme Martins

    Mexendo no ar= Tom Cruise em Minority report rsrs

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email