Cupês Elétricos Esportivos Europa Lançamentos Porsche

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

Ele é o primeiro elétrico da Porsche, mas chega como um produto comum da marca de esportivos de Zuffenhausen. O Taycan surge em duas versões e com potências diferentes, sendo estas 680 cavalos na Turbo e 761 cavalos na Turbo S.


Sim, o termo “Turbo” foi empregado pela Porsche em seu mais novo carro, que não usa sequer uma gota de gasolina premium. Com preços elevados, o Taycan ainda terá versões mais fracas, que deverão chegar a partir de 2020.

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

O cupê esportivo de quatro portas se revela muito próximo do conceito e, felizmente, longe da aparência disfarçada do protótipo, que visualmente despistava os curiosos com faróis e lanternas exageradamente enormes.


O trabalho foi bem feito, já que o Porsche Taycan apresenta um visual bem interessante, mantendo os quatro LEDs diurnos em cada farol, marca atual do fabricante alemão, assim como lanternas em LED formando um conjunto único, que lembra modelos como o Cayenne, por exemplo.

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

O olhar cerrado traz uma carroceria bem delineada e aerodinâmica, que parece maior que o Panamera, mas não é. O Taycan mede 4,963 m de comprimento, 1966 m de largura e 2,900 m de entre eixos. Este é o porte da versão Turbo, já que a Turbo S tem pula para 4,980 m e 2,960 m, respectivamente comprimento e base.

Na motorização elétrica, a Porsche introduziu dois motores elétricos de 625 cavalos. No entanto, existe um modo Overboost no Taycan, que é o que faz a diferença de força entre as duas versões. No Turbo, ele alcança 680 cavalos com 86,4 kgfm, enquanto o Turbo S chega a 761 cavalos e impressionantes 106,7 kgfm.

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

Com isso, o Porsche Taycan Turbo vai de 0 a 100 km/h em 3 segundos e faz o mesmo em 2,6 segundos no Turbo S, ambos com o Launch Edition ativado. A máxima é limitada em 260 km/h. Dotado de sistema elétrico de 800 volts e baterias de lítio de 93,4 kWh, o bólido tem autonomia de 450 km no Turbo e 412 km no Turbo S, ambos WLTP.

Numa estação de 270 kW, o tempo de recarga rápida (80%) é de 22 minutos, enquanto com carregador de 150 kW, serão precisos 36 minutos. Em tomada comum de 220V, o tempo de recarga lenta será de 11 horas.

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões

Com coeficiente aerodinâmico de 0,22, o Taycan traz quatro assentos, cluster digital com cinco mostradores virtuais e mais quatro telas para entretenimento, navegação, climatização e outras funcionalidades espalhadas pelo painel e console central.

Assim como outros da marca, o Porsche Taycan traz suspensão pneumática adaptativa com PASM (Porsche Active Suspension Management), assim como Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport) com Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus). Vem ainda com os modos de condução Normal, Sport, Sport Plus e Range.

Porsche Taycan 2020 – Galeria de fotos

Porsche Taycan surge com até 761 cavalos em duas versões
Nota média 5 de 2 votos

Ricardo de Oliveira

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 23 anos. Há 12 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.

  • th!nk.t4nk

    Conseguiram superar o Model S em todas as métricas, exceto na autonomia. Interessante como a Porsche escondeu bem o jogo. Sabíamos que o Taycan seria bom, mas eles superaram as expectativas. Enfim, é o novo elétrico esportivo referência no mercado.

    • Breno Zanata

      Vc tá bem animado hein?

      • th!nk.t4nk

        Pra ser sincero eu já estaria muito feliz com o Model 3 hehe. É o único que dá pra sonhar por enquanto :)

    • Carlos Eduardo Barbosa

      Discordo quanto ao “em todas as métricas”. É mais “atualizado” (beleza é subjetivo e não temos comparativos em dirigibilidade na pista de corrida), mas o Taycan ainda perde em arrancada e autonomia para o Model S. Além disso, a versão Turbo S custa quase o dobro do Model S Perfomance.

      Vejo o Taycan como o primeiro concorrente efetivo da Tesla – ou seja, que possui capacidades equivalentes. Mas, com esse preço, vai ser um carro de nicho.

      O melhor de tudo é que o seu lançamento vai pressionar a Tesla para atualizar o Model S.

      • th!nk.t4nk

        0-100 km/h em 2.6 s. O Model S P100D em Ludicrous Mode faz em 2.4 s numa única arrancada, e na seguinte já está mais lento, então é inútil (e ainda dá um aviso no painel dizendo que pode causar danos ao sistema haha). Compare todo o resto: capacidade de regeneração de energia (literalmente o dobro no Taycan), capacidade de arrancar múltiplas vezes sem limitaçao do sistema, carregamento extra-rápido, possibilidade de upgrades futuros com o sistema de 800 V, a suspensão Porsche, eixo traseiro direcional, qualidade do acabamento, etc. Quanto a custar o dobro, é um Porsche. Eles fazem valer o dobro na atenção aos detalhes. Mas daí entraríamos naquela velha discussao a respeito do preço dos Porsches, que a meu ver é um tópico totalmente diferente e onde nunca chegaríamos num consenso.

    • tiago

      Na verdade, ele perde em quase todas os critérios. O Model S Performance, comparado ao Taycan turbo S, tem menor autonomia 345 milhas contra 256; é mais pesado 5.121 Lbs contra 4.883; É menor, em todas as dimensões, comprimento, largura, entre-eixos; O porta malas fica complicado pro Porsche, 365 litros do Porsche para 744 litros do Tesla; A bateria do Tesla é maior 100kWh contra 93 kWh do Porsche e, por fim, O Tesla é mais eficiente fazendo 3.45 milhas por kWh contra 2,75 milhas por kWh do Porsche.
      Resumindo, o Porsche é menor, mais pesado, tem menor autonomia, menor eficiência, custa o dobro do preço e não carrega metade da bagagem. O Porsche deve ser melhor em Trackdays, ter melhor dirigibilidade e carregamento rápido.

      • th!nk.t4nk

        O Taycan é um Gran Turismo. Lógico que ele vai ser “pior” nos aspectos citados, pois isso é característico da categoria (o foco é esportividade). Mas em refinamento mecânico dá uma verdadeira surra em qualquer Tesla. O Posche tem menor coeficiente aerodinâmico, centro de gravidade mais baixo, regenerador com o dobro da capacidade, acelera de forma consistente sem apresentar fadiga, tem carregamento mais rápido, sistema elétrico de 800 V e foi todo pensado pra ter a melhor dinâmica possível, se aproximando do comportamento de um 911. Isso não é pra track-day: é pro dia-a-dia, como todo Porsche. A questao é que neste momento o Taycan é sim o melhor esportivo elétrico “civil” no mercado, fato. O Model S é mais racional, mas não é esportivo: é um sedã com efeito dragster, como dito.

    • Miguel

      Graças a deus, né?
      Porque lançar um Porsche que não consegue superar um carro lançado anos atrás seria bem feio!
      E como os amigos falaram, não é o carro perfeito, apenas o mais moderno…

      Custa o dobro, precisa entregar mais. Só não acho justa a comparação, além disso depois da TESLA o resto viu que teria que sair correndo atrás da sua parcela no mercado ou ficariam pra trás. Tesla fez todos irem à luta.
      Obviamente esperamos uma segunda geração do Model S, que deve vir com mais tecnologia e know-how da Tesla.

    • Luiz Felipe S. Silva

      Mas pelo preço divulgado ele não deve concorrer com o Model S. Dependendo da versão chega a custar o dobro do Tesla

  • Natán Barreto

    O Tesla Model S acabou de envelhecer alguns anos.

  • Ernesto

    Muito bonito!
    Só achei um pouco estranho os 4 leds diurnos em cada farol. Achava melhor, visualmente falando, se fosse um único, formando um oval.

    • Julio Alvarez

      Pra ver como beleza é subjetiva (tirando no novo HB20), acho os quatro leds uma das coisas mais bonitas nesse carro inteiramente bonito.

      • Ernesto

        Sim, é bem subjetiva mesmo. Mas esses 4 leds diurnos, mesmo eu achando que eles ficaram estranhos, não seriam empecilho para eu comprar uma beleza dessas. Claro, se tivesse $$ suficiente. Rsrsrs.

  • Lucio Adriano Mendonça

    Só o nome começando com T remete aos suv da VW. Podia ter um nome melhor.

  • Alex Ruski

    Esse Taycan concorreria em categoria com o futuro Tesla Roadster 2020… mas entendo o pessoal comparar com o Model S P100D.

  • Murilo Soares de O. Filho

    O coisa chata carro elétrico.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email