Finanças Governamental/Legal Mercado

Preço do álcool já apresenta queda real

O preço do combustível caiu 8,56% no mês de abril, animando os donos de carros flex, já que muitos optaram pelo bicombustível por causa da grande diferença de preço do álcool em relação à gasolina. Com o aumento do álcool nos meses anteriores, não havia diferença financeira em relação ao uso de um ou outro combustível. No primeiro trimestre deste ano, o álcool já havia subido 34,5%.

Segundo a pesquisa da AutoInforme, o preço médio em São Paulo, localidade onde o preço é menor, fechou abril em R$ 1,64. No mês anterior o preço médio estava em R$ 1,79.

No Rio de Janeiro, o álcool custa em média R$ 2,124; em Minas Gerais, R$ 2,187; no Rio Grande do Sul, R$ 2.547; em Pernambuco, R$ 1,962.

A queda de preço deve seguir nos próximos meses, já que a cana de açúcar está entrando na safra e o dono do carro flex vai poder avaliar qual é o combustível mais vantajoso na hora de abastecer. A conta que deve ser feita é simples: divide-se o preço do álcool pelo preço da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,7, coloque álcool; se for superior a 0,7, coloque gasolina.

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend