PRF apresenta sete viaturas importadas que custam R$ 2 milhões

PRF apresenta sete viaturas importadas que custam R$ 2 milhões

A Polícia Rodoviária Federal comemorou 93 anos de criação e mostrou em Brasília, algumas viaturas novas, divulgadas pela força policial nas redes sociais. Trata-se de veículos de luxo, apreendidos em uma operação contra o tráfico de drogas.


No total, os sete carros valem o equivalente a R$ 2 milhões. Elas foram apreendidas na Operação Status, realizada no Mato Grosso do Sul. São eles: Range Rover Velar, Mercedes-Benz E300, BMW 320i, BMW 330i, Toyota Tundra, Porsche Cayenne e Jeep Grand Cherokee.

PRF apresenta sete viaturas importadas que custam R$ 2 milhões

Segundo a PRF, as novas viaturas se somam às já existentes desse nível de luxo, como Chevrolet Camaro e Dodge Challenger Hellcat.

A Polícia Rodoviária Federal agradeceu aos “procuradores da justiça federal que apoiam que o patrimônio ilícito seja utilizado para cultivar uma cultura de respeito e incentivo às forças de segurança pública”.

Da lista, o Range Rover Velar é da versão SE R-Dynamic 2019 com motor Ingenium 2.0 de 300 cavalos, com transmissão automática de oito marchas e tração integral. O bólido tem uma pegada muito esportiva.

PRF apresenta sete viaturas importadas que custam R$ 2 milhões

O Mercedes-Benz E 300 2019 tem motor 2.0 Turbo de 245 cavalos, além de câmbio automático 9G-Tronic de nove marchas, mais tração traseira.

No caso dos BMW, o 320i é nacional e tem motor 2.0 com 184 cavalos, enquanto o 330i da PRF tem 258 cavalos, no mesmo 2.0 Turbo. O primeiro é da versão Sport GP 2020, enquanto o segundo é o M Sport 2019.

Não comercializada no Brasil, a picape grande Toyota Tundra Crewmax 2014 é uma nipo-americana com motor V8 5.7 de 386 cavalos abastecidos por gasolina.

PRF apresenta sete viaturas importadas que custam R$ 2 milhões

Alemão, o Porsche Cayenne GTS 2016 tem motor V6 2.9 Biturbo com 440 cavalos. Mais rápido de todos, o SUV esportivo vai de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos.

Já o Jeep Grand Cherokee Limited 2012 tem motor Pentastar V6 3.6 de 286 cavalos, dispondo de transmissão automática de cinco marchas e tração 4×4 QuadraTrac.

Com as novas viaturas, a PRF dá uma destinação aos carros usados pelos traficantes, diferente do que acontece em outros países, como as Filipinas, onde o governo destruiu alguns carros de alto luxo que custavam milhões de dólares.

Viaturas da Polícia Rodoviária Federal – Galeria de fotos

[Fonte: UOL/Fotos: Divulgação]

 

 

Ricardo de Oliveira

Técnico mecânico, formado há 25 anos. Há 14 anos trabalha como jornalista no Notícias Automotivas, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz nossos testes e avaliações. Também trabalhou nas áreas de retificação de motores, comércio e energia.