Elétricos Lamborghini

Primeiro elétrico da Lamborghini pode ser um sedã

Primeiro elétrico da Lamborghini pode ser um sedã

Estamos perto de ver uma Lamborghini sedã com motor elétrico? De acordo com o site britânico Autocar, sim. O portal revelou nesta terça-feira (08) que a montadora dos supercarros deve usar, inclusive, a plataforma PPE em seu futuro sedã.


A PPE foi criada pela Audi e Porsche, ambas do Grupo Volkswagen (Lamborghini também faz parte). Ela é parecida com a J1, usada no Porsche Taycan e no Audi e-tron GT.

A Lamborghini já havia anunciado interesse em produzir um carro totalmente elétrico. “Se você observar o momento para uma quarta linha de modelo, existe o potencial de que este seja o momento certo para um veículo totalmente elétrico”, disse Maurizio Reggiani, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Lamborghini.

O sedã superesportivo pode ser mais rápido do que o futuro Audi e-tron e o Porsche Taycan. “O modelo de quatro lugares, que foi escolhido após ser avaliado em relação a um possível terceiro supercarro com motor intermediário, ficará ao lado do supercarro Huracán, do Aventador e do Urus SUV”, informa o portal.


VEJA TAMBÉM:

Primeiro elétrico da Lamborghini pode ser um sedã

Segundo o Autocar, o GT elétrico de quatro portas da montadora deve ser lançado só em 2025. No entanto, o Grupo Volkswagen precisa, primeiro, bater o martelo.

Mas antes de falar de carro elétrico da Lamborghini, Maurizio Reggiani quer, antes, consolidar a linha Urus. O chefe de pesquisa e desenvolvimento da empresa afirma que demorou 10 anos para eles estabelecerem o modelo V10, isso desde o lançamento do Gallardo, em 2003, até o Huracán. Em vista disso, ele diz que precisa garantir que o mesmo aconteça com o Urus.

Primeiro elétrico da Lamborghini pode ser um sedã

Ele acrescenta: “Há um mínimo de quatro anos antes do lançamento de um modelo para desenvolvê-lo.” Isso significa que esse carro deve começar a progredir a partir de 2021, o mais tardar, para estar pronto para 2025”, ressalta.

Além do aval do Grupo Volkswagen, o portal britânico explica que a realização do novo elétrico depende de boas vendas, especialmente do Urus. Com a comercialização em alta, a empresa terá segurança financeira para o seu modelo de 2025.

[Fontes: UOL/Autocar]

Primeiro elétrico da Lamborghini pode ser um sedã
Nota média 5 de 1 votos

Darlan Helder

Darlan Helder

Darlan Helder, natural de São Paulo, é jornalista e fotógrafo. Escreve na internet sobre o universo automotivo desde 2011. Além disso, atua com produção de conteúdo para plataformas digitais em agências de comunicação.

  • RicLuthor

    Nem precisaria ser um sedã super esportivo, bastaria ser um sedã esportivo e muito bem acabado para combater e/ou tirar clientes do Maserati Quattroporte, Mercedes-Benz Classe S AMG…

  • Saraiva

    A tirar pelo sucesso que é o urus, Eles podem lançar até uma SW que vai emplacar

  • Reginaldo Ferreira Campos

    O triste fim de uma era…

  • what_the_hell??

    Na verdade, a primeira Lamborghini elétrica será fabricada no Paraguai!!! kkkkkk

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email