Governamental/Legal Renault Sedãs

Problemas de um leitor com seu Renault Megane

renault-megane-traseira Problemas de um leitor com seu Renault Megane

Este é um email que recebemos do leitor Fernando Beretta. O texto a seguir foi feito pelo referido leitor, e apenas o reproduzimos aqui no NA, ele não é de nossa responsabilidade:



Boa Noite. Deixo aqui, a minha reclamação referente ao veículo Mégane e ao atendimento prestado à Renault do Brasil à seus clientes. Gostaria que se possível ela fosse publicada para mostrar tamanho descaso da montadora com seus clientes.

No dia 01 de Agosto de 2007, retirei da concessionária Nova Concorde (localizada na cidade de Campinas – SP) um veículo Renault Mégane Sedan II, versão Dynamique 1.6 16V HiFlex Mecânico, ano 2007, modelo 2008 – 0Km.

Após algumas semanas com o veículo, recebi uma multa de um dos veículos que havia deixado como parte do pagamento do carro. Passadas algumas semana, passei a receber mais multas, de ambos os carros – demonstrando que a concessionária os revendeu sem antes terminar a sua parte de responsabilidade quanto à transferência dos veículos. As multas foram encaminhadas ao despachante (Paulo) da concessionária – que insiste que os veículos foram transferidos. Para completar, os pontos foram debitados em minha CNH e recebi o IPVA de um dos veículos. Após nove meses, a concessionária ainda não regularizou a situação dos veículos dados de entrada.

Um pouco antes do veículo atingir 10mil km, e após dois meses com o carro, o deixei na concessionária para que fosse verificado um ruído na coluna C direita e realizar uma correção do pára-choque dianteiro, que estava desalinhado e se soltando.Com 10mil km exatos, o veículo retornou a concessionária para a sua primeira revisão.Em torno de 13mil km, o carro passou a apresentar um forte ruído no Ar Condicionado, mas que após um tempo em funcionamento desaparecia – por esse motivo não o levei a concessionária.

A partir de 17mil km, o carro passou a apresentar dificuldade no engate de primeira e segunda marcha sendo que o veículo chegou a se desengatar uma vez enquanto rodava e o Ar Condicionado passou a não gelar mais; com 18mil Km, o pára-brisa trincou (na base, do lado do passageiro) sem nenhuma explicação enquanto o carro estava parado em minha garagem. No dia seguinte deixei o carro na concessionária para que fosse efetuado um diagnóstico do câmbio e do pára-brisa. Aproveitando (que ficaria mais de um dia sem o carro), solicitei que fosse feita a revisão de 20mil km, bem como a substituição das palhetas dos limpadores, que estavam sem nenhuma eficiência. Realizei o registro da reclamação no SAC da Renault e solicitei um carro reserva – que não foi liberado.

Assim que recebi o contato da concessionária, fui informado pelo consultor que o câmbio estava normal e que o trinco no pára-brisas foi causado por ‘algo externo’, assim como o desgaste da palheta dos limpadores. Sendo assim adquiri as palhetas originais por minha conta, já que trata-se de um item fundamental para a segurança.
Entrei em contato com meu seguro, e paguei a franquia para que o pára-brisa fosse trocado dentro do meu plano de seguro. Assim que deixei o carro na ‘Valicar’ (localizada em Vinhedo-SP e recomendada pelo seguro Liberty), encontrei mais um Mégane 2008 com o trinco no pára-brisa, exatamente no mesmo lugar.

Com 23mil Km, o trinco voltou a aparecer, desta vez no centro do pará-brisa, começando próximo ao teto e descendo em torno do retrovisor central. Visando evitar novos aborrecimentos com a concessionária ‘Nova Concorde’ (que o veículo esteve todas as outras vezes), novamente acionei a franquia do meu seguro e efetuei a segunda troca do pára-brisa.

Assim que completou 24mil Km, foi a vez de mais uma visita a concessionária (desta vez a Valec – localizada em Jundiaí-SP), para verificar a maçaneta da porta do passageiro que não permitia sua abertura pelo lado externo do carro, assim como realizar um novo alinhamento do pára-choque dianteiro, que segundo o consultor, estava para cair – isso sem o veículo ter sofrido qualquer tipo de colisão. O mais importante item a ser verificado dessa vez, foi o AirBag, o qual acusava uma avaria no painel do veículo, com a luz permanentemente acesa. (Deixo registrado que foi de grande dificuldade conseguir uma concessionária que tivesse horário disponível para atender esse tipo de problema – que deveria ser prioridade, pois trata-se de um equipamento fundamental).

Agendei para o dia 8 de Maio, mais uma visita a concessionária (Valec, Jundiaí-SP), para que fossem verificados os seguintes problemas: novo trinco no pára-brisa (novamente no centro do pará-brisa, começando próximo ao teto e descendo em torno do retrovisor central), bem como embreagem trepidando / patinando e câmbio com dificuldade de engate da primeira e segunda marcha). Após uma análise da consultora, fui orientado a retornar com o veículo na concessionária no dia 12 de Maio, uma Segunda-Feira, data em que o pára-brisa deveria ser entregue – e também para ver as outras anormalidades do carro. Aproveitando novamente, decidi realizar a revisão de 30mil Km. Ordem de Serviço nº 039420.

No mesmo dia, uma hora após deixar o veículo na concessionária, realizei novo contato com o SAC da Renault do Brasil, relatado os problemas e solicitando um veículo reserva enquanto estivesse sem meu carro. Após registrarem os problemas, solicitaram que eu aguardasse um contato da área responsável para a disponibilização de um carro reserva, que seria retirado na própria concessionária em que deixei o meu carro. Atendido sob o protocolo 1-237.209-28.
Entrando em contato com a concessionária, fui informado que o pára-brisa havia sido substituído pela garantia (e fotos enviadas à Renault), e que a embreagem realmente precisaria ser trocada – e que seria solicitada a aprovação da Renault do Brasil para a troca da mesma na garantia.

O veículo continua parado na concessionária aguardando um parecer pela Renault do Brasil, e enquanto isso, ainda permaneço no aguardo da liberação do veículo reserva prometido pelo SAC na Segunda-Feira – sempre com a mesma resposta; “sua solicitação já foi encaminhada ao setor responsável, e solicitamos que aguarde um contato dos mesmos”. Já entrei em contato com o SAC mais de 20 vezes e não recebo nenhuma atualização referente à situação em que se encontra meu veículo. Já estou a quatro dias sem o veículo e sem o carro reserva, tendo gastos e dificuldades com o transporte por táxi.

Se não fosse o bastante, fui informado pela concessionária que é necessário realizar a troca das pastilhas de freio dianteiras, pois já estão chegando a fim de sua vida útil. Fui proprietário de um Renault Clio 1.0 16V Expression 2007/2007, que rodei 18mil Km sem problemas, e o troquei por um Sandero Privilége 1.6 16V 2008/2009, o qual estou aguardando a chegada na concessionária, prevista para a segunda quinzena de Maio.

Como proprietário de três veículos da marca e gostaria de receber mais atenção da Renault do Brasil. Se em nove meses de uso, e 28mil km, o veículo apresentou tantos problemas, o que será daqui para frente? Não tenho mais confiança no carro. Aguardo um contato, antes de tomar providências jurídicas cabíveis contra a Renault do Brasil.

Resumo dos Problemas Apresentados:

8 Mil Km
– Ruído na Coluna C direita
– Alinhamento do Pára-Choque Dianteiro

10 Mil Km
– Revisão de 10 mil quilômetros

12 Mil Km
– Ruído do Funcionamento do Ar Condicionado

18 Mil Km
– Câmbio com Dificuldade de Engate de Primeira e Segunda Marcha
– Ar Condicionado sem Funcionamento
– Pára-Brisas Trincado
– Palhetas dos Limpadores sem Utilidade
– Revisão de 20 mil quilômetros

23 Mil Km
– Pára-Brisas Trincado

24 Mil Km
– Porta Dianteira Direita não abre pelo lado Externo
– Alinhamento do Pára-Choque Dianteiro
– Avaria no Sistema de AirBag

28 Mil Km
– Revisão de 30 mil quilômetros
– Pára-Brisa Trincado
– Embreagem Trepidando
– Pastilhas de Freio com desgaste prematuro
– Câmbio com Dificuldade de Engate de Primeira e Segunda Marcha e Ré.

Muito Obrigado !!

Fernando

COMPARTILHAR:
  • Carlos A. Jr.

    Caramba, não é o primeiro relato de pessoa descontente com o mégane.

    Espero que o Fernando tenha seus problemas solucionados e o que entre em contato com o NA para sabermos o que aconteceu depois.

    Eu já teria enviado uma nota para alguns jornais, exigindo a troca do carro.

  • heliofig

    Tive um Megane igual ao do leitor acima; rodei 34.000km e apenas fiz as revisões da garantia, mas troquei as pastilhas dianteiras na revisão dos 30.000km. Gostei tanto do carro que troquei por uma Grand Tour, esta da idade do carro do leitor. Espero que não venham problemas pela frente, pois até agora não tive nenhum…
    Este tipo de reclamações, as concessionárias deveriam providenciar reparo de imediato, pois já basta a fama de carros ruins de manutenção que os Renault argentinos têm. Será que a Renault vai esperar os brasileiros terem a mesma fama??? O Clio que compramos junto com o Sedan também não deu qualquer tipo de problema.

  • Alexandre Costa

    Fica bem claro tanto no relato do “Fernando” como na opnião do “heliofig” que não podemos generalizar a qualidade de uma marca. Um teve sorte outro nem tanto. Mas realmente a Renault não pode vacilar, pois é agora em um momento que cresce em participação de mercado que tem que mostrar respeito com seus clientes. (Problemas todos os carros de todas as marcas tem). Mas como o heliofig comentou a Renault tem uma fama que conquistou graças a principalmente falta de qualidade de seu pós venda, desde o Renault 19 e o clio. O pior é um consumidor pagar um absurdo em um carro e ser mal atendido, pq quando vamos comprar somos bem tratado??? e depois parece q estamos pedindo favores.

  • Gustavo Souza

    São vendidos milhares de carros, entao um ou outro vai ter um problema, é o que eu acho que aconteceu com o caso do Fernado.

    Mas o problema de fato é o atendimento e descaso das concessionarias! Não é exclusividade da Renault, ou VW, ou chevrolet, é algo disseminado!
    Cobram o que querem por peças e serviços, sob ameaça de perder a garantia.
    Possuem atendimento sofrivel, demorado, e a não ser que o carro não ande por conta propria, o resto é normal!
    O consumidor é tratado como um ignorante, aproveitador, da pior estirpe, pois nunca, NUNCA, tem a razão!

    Assim, coisas que seriam simples de diagnosticar e arrumar tornam-se martirios para os consumidores. Falta açao dos fabricantes em exigir bom atendimento no pos venda, relatorios de cada carro seria uma boa, talvez com livre acesso as estatiscas pela internet! Seria possivel ver quantos carros no primeiro ano de uso tiveram o parabrisas trincado, e se isso justificaria ou não uma correçao pela Renault, por exemplo!

  • jurubeba

    A Renault é uma marca que está crescendo muito aqui e precisa melhorar o pós-vendas proporcionalmente. O atendimento foi um ponto que melhorou um pouco, mas o serviço e as concessionárias pararam no tempo…
    No entanto já vimos várias reclamações aqui no NA e concluo que um carro, seja qual marca for, tem chances sim de apresentar problema. Os meganes tiveram alguns problemas cronicos, principalmente em seu lançamento, no entanto ainda considero um dos melhores custoxbenefício da categoria.
    Abraços.

  • MarcusJuris

    Ainda bem que tenho um Ford Focus! Gente, já é meu segundo Focus e nunca tive problemas semelhantes ao de nosso amigo dono do Mégane. Meu carro é um sedan, GLX, 1.6 Flex, 2.007/2.008 e está com 10.000 km rodados. É um senhor carro! E olha que temos um Vectra Elegance, também 2.007/2.008, na garagem. Mas não deixo de dirigir meu Focus por nada. O Focus dá um banho no Vectra. Muito mais gostoso de dirigir. Até estamos pensando em vender o Vectra e comprar outro Focus. Esse Vectra está apenas com 1.200 km rodados e tem mais barulhos que o meu Focus (encho a boca pra falar meu Focus). Talvez esperemos pela nova geração. Dá nisso seguir modismos. Já me recomendaram civic, corolla e mégane, mas, retruco sempre e passo eu mesmo a recomendar o Focus. Por isso, meu amigo do Mégane, recomendo, também pra vc, um Focus. Não se deixe levar por modismos! Faça um teste drive no Focus para se apaixonar!

  • MarcusJuris

    Aliás, quero lançar uma campanha pessoal aqui: Sou apaixonado pelo meu Focus!

  • Johnwest

    A solução dos problemas citados pelo leitorseria trocar o Mégane por um belo e muito, mas muito, muuuito mais confiável Honda Civic.

  • MarcusJuris

    Não concordo com o nosso amigo Johnwest. Essa não seria a solução. Trocar um Mégane por um Civic é o mesmo que cair no buraco duas vezes. Ambos são novidades e se tornaram objetos do desejo, simplesmente por isso. E se ele fizer a troca, ele terá uma agravante: estará pagando bem mais caro. Assim não dá, não é?! O Civic nem bonito é. Ele pode ser ousado. Contudo, ousadia não é o mesmo que beleza. Pra ser sincero, acho que até faltou criatividade na Honda. Painel digital também não é sinal de modernidade. Lembro os leitores que até o antigo Chevrolet Monza já teve painel digital. Sem contar que, no caso do Civic, painel digital é pouco funcional: em dois andares?! Como já disse, sinto-me com muita sorte por possuir um Ford Focus! Pra dizer a verdade, sinto-me até muito honrado, apesar das injustiças que são cometidas no mercado de usados com esse modelo. Quero ver o que vai acontecer daqui há alguns anos quando o tal painel digital do civic começar a falhar e faltarem peças de reposição, como ocorreu com o velho Monza!

  • MarcusJuris

    Sou apaixonado pelo meu Ford Focus!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Livmeup

    Mégane, modismo????

  • Johnwest

    Hmm… que seja… essa é a SUA opinião, mas o FATO é que o Honda Civic é muito mais confiável do que o Mégane.

    Nada contra o Focus até porque eu também gosto muito do Focus. Mas como eu disse, os FATOS mostram que o Civic também é mais confiável que Focus e Mégane.

  • theo

    [Comentario #84332 sera citado aqui]

    prefiro megane todo carro tem problema o megane tem chave cartao e botao d ignição e e taum belo quantu

  • Gustavo Souza

    [Comentario #84333 sera citado aqui]

    O camarada ae em cima quer foder (literalmente) o focus dele!

    Arruma uma mulher cara… urgente!

  • victor

    quando era o fox era só esse tipo de comentario:
    “ah, esse doido nao sabe que existe um manual’
    AGORA:
    “eh,renault nao presta mesmo”

  • RafaelJDias

    Conheço outra pessoa que teve vários problemas com o Megane… Acho um carro bonito, mas vejo que muita gente tem problemas com ele.

  • djowl

    Esse problema de trincar o vidro do megane é muito comum. Existe muitos carros relatados no ORKUT na comunidade: NOVO RENAULT MEGANE OFICIAL.

    Entrem na comunidade do orkut e vejam o tópico “Algum problema com o seu megane”.

    Existe também o tópico “PARABRISA TRINCADO”.

    Esse problema não é comum e a Renault tem usado de má-fé falar que o parabrisa foi quebrado por fora devido a pedras ou outros problemas.

    Acho que existe um problema de torção do monobloco para que tantos vidros quebrem.

    Quanto à qualidade, a renault foi bem com o clio ( sendo que chegou a fabricar todos com air-bag ) mas depois começou a focar em carros com o custo mais baixo possível. E o reflexo desse baixo custo está nas inumeras reclamaçôes que tem recebido ultimamente.

    É só ver que quase todo logan e sandero tem barulho nos bancos e ninguém faz nada.

    Acho o megane lindo, e é uma delícia fazer o teste drive dele e que todo carro pode dar problema , isso pode, mas comparar o megane com o civic em qualidade é dureza!!!

  • pete

    trabalho com projeto de cabines, e digo, vidro trincando, pode ser erro de planicidade das chapas onde o vidro é colado, problema de qualidade, cola outro , e a chapa defeituosa continua la, para quebrar o proximo.
    quanto ao amigo do focus, tenho a dizer uma coisa , fiz um test drive no focus ha uns quatro anos atraz e me apaixonei tambem, sem querer comprei um astra que é bom, mas to contando os dias para comprar um focus. ele tem suspensao multilink igual ao meu omega que eu simplismente me divirto dirigindo ele.

  • Marcio Anildo

    Gosto muito do Megane, acho ele um otimo carro, problemas acontecem com todas as marcas e pelo jeito os primeiros Meganes ´´premiados´´ (2006/2007 e 2007/2007) seviram para que o modelo 2008 viesse sem esses bugs.
    Falando em comparação olhem o numero de reclamaçoes do Civic e Vectra. O problema não é apenas da Renault e sim da nossa industria sem qualidade e que nos metem guela abaixo produtos de qualidade duvidosa.

  • Gustavo Miranda

    Eu tive problema parecido há dois anos atrás quando deixei um Xsara em uma loja e peguei um Celta, recebi o IPVA do Xsara depois de 3 meses, felizmente onde sempre troco meus carros a loja é idonea e sempre honrou com seus compromissos, foi confusão do despachante, que acabou por ter que arcar com a multa do Detran.

    Mas nesse espaço de tempo eu fiquei sabendo de uma coisa que ajuda bastante, ao se desfazer do carro usado, vá logo no Detran fazer uma declaração, custa algo como 35 reais, mas te livra de qq encrenca com multas, impostos e outros gerados depois que o carro não está mais contigo.

  • AndreMartini

    A Revista Quatro Rodas já testou um Renualt Megane Expression 1.6 16v Hi-Flex no seu Teste de Longa Duração e o carro foi super elogiado durante todo o teste, tendo apresentado poucos problemas, como por exemplo, troca do câmbio logo no início do teste dentro da garantia, desalinhamento da tampa do porta-malas, imprecisão do marcador de combustível, além de outros poucos problemas.

  • ikari

    [Comentario #84376 sera citado aqui]

    Vc trabalha para Renault, ne?

    Porque falar que o carro foi super elogiado e teve que trocar “apenas” o câmbio(!!!) e outras “pequenas coisasinhas” é muita falta de vergonha na cara…

    E outra, eu li a reportagem… e é muita coisa q deu problema viu! imagina esse carro velho? só vai dar dor de cabeça!!!

  • Ferdinand

    Minha sugestão!!

    Passa essa bomba pra frente.
    Até hoje ainda não tive condições de tirar um carro Zero KM, mas até hoje quando meus carros começram a dar problema eu sempre passei.
    Se livra desse abacaxi antes que vire um casamento.

    Abs.

  • Quintanilha

    Tive um pálio Weekend que deu o mesmo problema de trincar o párabrisa e foi constatado erro de planicidade da chapa. A FIAT não só trocou o párabrisa, como consertou o problema.

  • Rodrigo joi

    Infelismente ninguém esta imune a ter problemas, muitos casos é puro azar mesmo … ouço bons comentários sobre o megane, além do carro ter um preço bem atrativo, mas assim como donos de carros de marcas muito mais tradicionais no nosso mercado, ele também esta sujeito a problemas … acho que o negócio é tentar trocar de carro e bola pra frente, não adianta ficar se estressando.

  • Paullo

    Ao Fernando:Só resta lamentar e recomendar que ele venda o Megane,se vc gosta muito do carro(extremamente apaixonado),dê ele de entrada em outro 2008/2008.Com certeza ñ terá esse problema novamente.Mas volto a dizer,só se vc for realmente apaixonado.Afinal todo carro tem problemas,e carro tb é sorte.
    Agora a esse louco “MarcusJuris”, sinceramente uma pessoa dessa ñ pode ser normal.Comparar o Civic ao Monza? Sem nossão!!! 1o que Honda nao é Chevrolet.
    Ele pode até nao gostar do design do Civic,isso até posso aceitar. Mas dizer que o Focus é melhor.Ah isso nao dá. Com certeza ainda nao dirigiu um Civic. Mas sinceramente acho que nao teve grana para comprar um. Se bem que nao pode ser boa da cabeça uma pessoa que tem um Vectra na garagem (me desculpe aos outros proprietarios) e ainda tem coragem de criticar um Civic.
    É cada coisa que se ler aqui. Como disse um sabio ai em cima, vai procurar uma mulher !!!

  • AndreMartini

    [Comentario #84377 sera citado aqui]

    Pel visto você só lê mesmo gibis de Walt Disney e Turma da Mônica porque revistas automotivas tá f…!!!

  • R2

    Não tem essa de sorte não. Qualidade é qualidade, eles tem de garantir que NENHUM veiculo saia da montadora com defeito.

    E outra, essa do carro reserva, é PROCON e deu!

    Vai ver se carro da Honda aparece com parabrisa trincado 2 3 vezes seguidas….

    Pra mim Renault nunca foi sinonimo de qualidade, e não é dificil notar isso ao se dirigir um carro da marca.

  • Robson Levy

    Se torne sócio da melhor organização de defesa do consumidor e relate p/ eles q vc ganha. http://www.proteste.org.br/

  • denilson

    bem, depois de ler todos os comentarios, desiti de comprar um renault. não pq tenho medo de coisa nova ou q ele venah dar defeito, como esse q o amigo teve, pq acho q no caso dele, foi um simples execesso de azar msm. heheheh. e tem mais uma coisa, qualquer coisa de pessoa xata, da defeito mesmo. bem voltando ao meu caso. eu tenho um omega 93/93. gls 2,2 unico dono q sou eu msm, tudo funcionando perfeitamente, com toda tapeçaria em couro, original, e que não deixa nada a dejeja a nenhum carro zero desses q tem por ai hoje em dia. entuam ao envez de comprar um carro zero, comprei um bom e velho fusca, esse sim não da problema mesmo, e quardei o meu bom e velho omega, soh pra dar umas bandas e viajar com minha familia. naum q eu queira com issu diser q vcs tenhan q vender o carro de vcs. mas acontece q esse carro novos são muito bons pra estradas, pra bater no dia dia, com esses buracos q temos em nossas cidade, esquece.

    Aproveitando o assunto carro, quero deixar aqui uma reclamação, pq esses cabeçudo q projetan carro, naum fazem uma longa viagem no banco trazeiro, parece q os carro soh foram feito pra quem anda na frente, quem vai atraz q se lixa, com o aperto entre bancos. por essa razão q naum vendo meu omega. pq tenho um filho de 13a q tem 1.73cm como q ele pode viaja em banco trazeiro sem empurar a minhas costas, heheh ate parece q ele fabricam carro pra japones, pq o corola e o honda na frente eh uma blz, mas no banco trazeiro eh uma trajedia.

  • André Corte

    Excelente carro quando funciona! É isso que eu costumo dizer do meu Megane quando as pessoas me perguntam dele. Já fui guinchado para a conscecionária mais de 8 vezes em menos de um ano com diversos problemas como anomalia eletronica, limpador de parabrisa que ligava quando queria, vidro elétrico com vontade própria, etc… Meu sócio tambem comprou um Megane e ja teve tambem que ser guinchado 2 vezes com problema na caixa de direção. Tanto o meu megane quanto o do meu sócio após uma viagem a embreagem fica trepidando. Não aconselho a ninguem comprar Megane. Nem um fusca antigo que tive a mais de 20 anos atrás me encomodou tanto.

  • Luciano

    [Comentario #144711 sera citado aqui]
    Em relação a anomalias meu Mégane apresentou “as poucas” descritas abaixo:
    – desde 0km o sistema de limpador (palhetas) se mostra ineficiente;
    – sistema de embreagem tido como defeituoso e substituído aos 4099 quilômetros;
    – forração do assoalho trocada por estar fora das dimensões também aos 4099 quilômetros;
    – novamente o sistema de embreagem apresentou problemas e foi trocado aos 10814 quilômetros;
    – a caixa de direção também apresentou ruídos e folga e foi substituída aos 10814 quilômetros;
    – aos 11140 quilômetros o computador de bordo acusou “Anomalia Injeção” e foi constatado problema na abertura da borboleta;
    – aos 12 900 o problema anterior reapareceu impedindo a locomoção por meios próprios.

    • Eduardo Diaz

      Luciano e Eber, meu MEGANE apresentou alguns problemas semalhantes:
      barulho na coluna traseira – não solucionado
      barulho nas portas – não solucionado
      troca da bomba de injeção de gasolina – 10.000 km
      reprogramação da injeção eletronica – fumaça preta e não dá partida – 50000 km
      pau na injeção eletronica de novo (luz do airbag e service acesas) – 80000 km
      (vou ver se consigo ver com alguém se é esta tal de borboleta, pois não aguento mais ficar na rua com este carro)

  • Adriano Galdino

    Pessoal, tenho uma triste notícia para dar a todos!
    Carro é sorte, sabe porque?
    Espero que todos que um dia for comprar um carro zero km, tenha a sorte de comprar um carro que a maioria das peças tenham sido fabricadas entre terça e quinta feiras.
    Porque estou dizendo isto, imagine o pião trabalhando na segunda-feira, cansado pelo final de semana badalado, vai sair uma merda de serviço.
    Agora pior um carro que a maioria das peças foram fabricadas na sexta-feira, o cara tá louco para ir para casa curtir o fim de semana, vai sair mais merda ainda.
    Quem me contou foi um cara que trabalhou comigo e que trabalhou por dez anos em uma montadora vw. :bate: :bate:

  • Carlos Ribeiro

    :bate: :bate:UMA certa bomba de gasolina com 30% de água e carro está avariado porque anida não passa dos 120 porque se passar dos da ia vai parece um travão de montanha

  • Rodrigo

    Cara li todo teu relatório de erros e defeitos
    comcordo com devidos defeitos, mas voce tambem chutou o baude! tu deve ter dado pau nesse carro pra ele ter estragado de tal forma!
    carro como o Megane nao é nem um carro pra corrida nem pra dale pau, é carro pra passeio, carro pra comforto, e isso ele tem e esbanja.
    tenho um carro desses e peguei ele zero! e até hj eu só tive problema com as rodas originais, por tanto resolvi trocar e colocar uma 17" peneu perfil baixo que nao me fez mais defeitos.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email